Vias no entorno do Hotel Reis Magos serão interditadas a partir de segunda

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), informa que as ruas no entorno do antigo Hotel Reis Magos serão parcialmente interditadas a partir de segunda-feira (11/11), devido ao perigo de colapso da edificação.

Segundo o órgão, a interdição vai estreitar seis metros da Av. 25 de Dezembro, a partir do muro do hotel, até o término da primeira faixa de rolamento de veículos do lado esquerdo da via, se estendendo por cerca de 126 metros. Já a Rua Mascarenhas Homem, será estreitada cerca de cinco metros, também do muro do hotel até o término da primeira faixa de rolamento do lado esquerdo da via e se estenderá por cerca de 69 metros.

Ainda de acordo com a STTU, devido à distância da edificação do hotel até a Av. Pres. Café Filho e Rua Feliciano Coelho, não haverá bloqueios nessas vias. Também não haverá mudanças de itinerários nas linhas de ônibus que circulam na região.

A estrutura de bloqueio será composta por defensas e placas de sinalização indicando a motoristas e pedestres que a área está interditada, não existindo prazo para liberação da região. Em caso de dúvidas, o cidadão pode ligar para o Alô STTU, no telefone 156.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joao maria disse:

    ESTOU DE PLENO ACORDO COM O JB BATISTA, TEM ALGUMA OU MUITA COISA POR TRAS DESTE INTERESSE DESFREIADO DO PREFEITO DAS BANDAS MILIONARIAS. EM DERRUBAR O HOTEL, TENDO PREDIOS EM ESTADO MUITO PIOR NA RIBEIRA

  2. Terreno celeste disse:

    Isso daí é o retrato de uma cidade e de um estado atrasados. Vivas ao atraso, à involução e à mediocridade.

  3. JBBatista. disse:

    Sou totalmente a favor da derrubada desse monstrengo que é uma vergonha para Natal, o que causa estranheza e a insistência do prefeito Alvaro Dias nesse assunto, vejamos que a Ribeira tem muitos prédios em pior estado e não vemos nenhuma providência da prefeitura como o hotel da BRA na Via Costeira, ele falou na 96FM que era a favor da construção de prédios altos na praia e que se pudesse compraria um apartamento lá, tem coisa pro trás desse assunto;

  4. Papudim disse:

    Homi… pense num moído sem futuro…. Implode logo essa tranqueira que só tá servindo para guardar muriçocas e marginais e constrói algo novo e bom, que realmente sirva à sociedade….. Se alguém achar ruim, que compre e faça bom uso….

  5. paulo disse:

    BG
    Isso é que é um puxa-incoé da mulesta, tá faltando dinamite em Natal???. Bota esses ECO CHATOS para dormir lá embaixo da estrutura.

Prévias carnavalescas sem autorização da Semurb são interditadas na Zona Norte

Foto: Divulgação/Semurb

Uma operação da secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) no início da tarde desta sexta-feira (15), no Passo da Pátria, Zona Norte, resultou na interdição de duas prévias carnavalescas previstas para o fim de semana. A medida cautelar ocorreu em virtude dos eventos não possuírem a Licença de Uso do Espaço Público (LUEP). A Guarda Municipal de Natal (GMN) e Policia Militar deram apoio para o cumprimento da legislação.

A licença popularmente conhecida como LUEP deve ser solicitada com até oito dias de antecedência na Semurb, conforme art. 2º da lei 218/2003. Seu objetivo é o ordenamento da festa, ou seja, as regras para realização de eventos em espaços públicos, que fizer uso de trio elétrico, palco ou palanque, instalação de iluminação ou sistema de som e interdição de rua.

“A LUEP estabelece, por exemplo, as condições sanitárias , respeito aos níveis de barulho permitidos pela legislação, a não utilização de paredões de som, presença obrigatória de banheiros químicos e limpeza adequada do local após o seu término”, explica o Supervisor de Fiscalização Sonora e Atmosférica da Semurb, Gustavo Szilagyi,

Ele ressalta que o objetivo do licenciamento é garantir aos frequentadores a segurança e as devidas condições nos eventos, por exemplo. E para aos moradores do entorno, a mitigação dos impactos ambientais causados. Szilagyi reforça ainda importância da população no papel de denunciar qualquer ação que possa acontecer em desacordo com a legislação ambiental.

“A Semurb possui uma Ouvidoria cujo telefone é 3616-9829, que funciona das 8h as 14h,de segunda a sexta, no qual o cidadão pode realizar a denúncia de forma anônima. E dessa forma como uma extensão do olhar da fiscalização” finaliza. Já nos finais de semana a população pode informar os casos pelo 190.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciana Morais Gama disse:

    Espaço público não pode fazer festa….. pode ser ocupado por ambulantes, cigarreiras, treiller de lanches, etc…. tudo isso com aval dos órgãos competentes.