REFORMA DA PREVIDÊNCIA: Bolsonaro diz que primeira-dama pediu retirada do item que prevê que deficientes intelectuais com grau leve ou moderado deixem de receber pensão em caso da morte dos pais

Imagem: Carolina Antunes/Presidência da República

O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta sexta-feira que seja retirado da proposta de reforma da Previdência um item que prevê que deficientes intelectuais com grau leve ou moderado deixem de receber pensão em caso da morte dos pais. O texto, em tramitação na comissão especial da Câmara, destina a pensão apenas aos deficientes com grau grave ou inválidos.

Bolsonaro chegou na manhã desta sexta a Goiânia, acompanhado do ministro da Infraestrutura, Tarcisio Freitas, e do líder do governo, Major Vítor Hugo (PSL-GO). Ele foi recebido pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado, para um café com outras autoridades no Palácio das Esmeraldas, sede do governo.

No Palácio, Bolsonaro deu uma rápida entrevista à TV Brasil Central (TBC), emissora do governo goiano. O conteúdo foi distribuído pela assessoria do governador. A repórter perguntou a Bolsonaro sobre a possibilidade de o corte nas pensões deixar a reforma e recebeu uma sinalização positiva:

— Você sabe que os pedidos da primeira-dama (Michelle Bolsonaro) geralmente são irrecusáveis e inadiáveis. Já passamos para o Rogério Marinho (Secretário de Previdência do Ministério da Economia) e tenho certeza que ele vai atender a primeira-dama — disse Bolsonaro.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Hernandes Júnior disse:

    Lembrando q dia 14 GREVE GERAL em todo Brasil…. Não a essa reforma da previdência ✊✊✊✊

  2. Jorgensen disse:

    O bode está solto na sala

  3. Marcelo Castro disse:

    A reforma é desmoralizada pelo próprio governo! Não pela opinião da primeira dama, mas todo mundo que dá um palpite é acatado! Virou uma gozação essa reforma. kkkkkkkk

  4. MELO disse:

    toda bosta manda nessa reforma da previdência
    esse e o militar mais sem moral que conheço

  5. Jl disse:

    Será q manda?

Instituto de pesquisa do RN usa nome de estatístico em pesquisa sem autorização

Após o estatístico Paulo de Tarso denunciar no Twitter, o blog foi atrás e descobriu que o instituto de pesquisas denominado de ITEM, com sede na cidade de Lagoa Nova-RN, registrou um pesquisa eleitoral, para divulgação, realizada no município de Serra do Mel, utilizando indevidamente o nome do estatístico Paulo Ricardo Cosme Bezerra, de registro no Conselho Regional de Estatística (Conre) 8083.

A presença de um estatístico é fundamental para garantir o registro da pesquisa junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Regional Eleitoral (TRE). Paulo Ricardo não apenas não participou da pesquisa como também teve seu registro usado sem autorização.

O estatístico, que é funcionário do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), procurou a Associação dos Institutos de Pesquisas do Rio Grande do Norte (Assinp) para abrir uma reclamação contra a empresa. Ele também irá abrir uma denúncia sobre o instituto junto ao TRE e à Polícia Civil pelo uso indevido de sua identidade.

“Estive ontem no TRE de Natal e me foi informado a procurar a 34ª Zona Eleitoral em Mossoró, local onde a pesquisa foi registrada. Chegando lá procurar a promotora Dra. Ana Araújo Ximenes Teixeira Mendes. Estou saindo amanhã cedo para Mossoró”, avisou a vítima.

Carlos Eduardo segue como pré-candidato mais cotado: 39,1% da preferência

Entre os pré-candidatos à Prefeitura de Natal, o nome do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves segue em alta. Na última pesquisa do instituto Item Pesquisa Técnica encomendada pelo PP para avaliar uma provável candidatura de Albert Dickson, o nome de Carlos Eduardo foi novamente o mais escolhido entre os entrevistados. O ex-prefeito ficou com 39,1% dos eleitores na amostra.

A pesquisa utilizou o método de amostra com um público de 989 pessoas entre os dias 26 e 28 de dezembro de todas as partes da capital com 98% de confiabilidade e uma margem de erro de 2,5% para mais ou para menos.

Com menos da metade das intenções de voto e em segundo lugar aparece a professora Wilma de Faria, ex-prefeita e ex-governadora, com 17,9% da preferência do eleitorado. O deputado federal Rogério Marinho, que já se articula nos bastidores para conseguir viabilizar a campanha é o terceiro com 4,9% dos entrevistados.

Mesmo não estando entre os três mais preferidos, o blog acredita que a pesquisa tenha sido satisfatória, porque até hoje o nome de Dickson ainda não havia surgido entre os prováveis candidatos à Prefeitura. Na pesquisa, ele aparece colado com Micarla de Sousa (3,1%) e a frente de Fernando Mineiro (2,2%).

 

Resultado da pesquisa estimulada para Prefeitura:

Carlos Eduardo (PDT) – 39,1%

Wilma de Faria (PSB) – 17,9%

Rogério Marinho (PSDB) – 4,9%

Micarla de Sousa (PV) – 3,1%

Albert Dickson (PP) – 2,6%

Fernando Mineiro (PT) – 2,2%

Hermano Morais (PMDB) – 2%

Indecisos ou não quiseram opinar – 28,2%

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joaozinho-batista disse:

    dr.carlos eduardo,sou eleitor de carteirinha,de sua administraçaõ,tenho um bar aqui nas quintas,aguardo sua presença,situado na rua marcos cavalcante,02,proximo ao mercado pulblico,gostaria de conhecer pessoalmente,aconpanho programa pela radio globo,abraços do grande eleitor dida.