Geral

Após novo decreto municipal, fim de semana não registrou ocorrência em Natal

Fotos: Divulgação/Semurb

A fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) não registrou nenhuma ocorrência durante o fim de semana, de 24 a 25 de abril, em Natal. As equipes de plantão não receberam denúncias de aglomeração nas ruas ou desrespeito às normas previstas no decreto em vigor por bares, restaurantes ou similares. A Prefeitura de Natal publicou na última sexta-feira (23), um novo decreto que normatiza a retomada gradual das atividades.

De acordo com as novas regras, está autorizado o funcionamento de restaurantes, pizzarias, lanchonetes, bares, food parks e similares todos os dias da semana, das 11h às 22h, com a permissão de venda de bebida alcoólica. Já os shoppings centers, inclusive as praças de alimentação, também poderão abrir todos os dias das 9h às 22h.

Os permissionários de quiosques localizados na extensão da orla marítima também foram autorizados a retomarem a operação de seus estabelecimentos, permitindo a execução das atividades de locação de mesas, cadeiras e guarda-sois até o limite de 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade, cumprindo todos os protocolos sanitários.

A fiscalização também esteve atuando nas feiras livres para o ordenamento da atividade. No domingo (25), fiscais estiveram monitorando a montagem das bancas da feira das Rocas, na Zona Leste, como objetivo de verificar o respeito às regras de distanciamento. O trabalho está ocorrendo rotineiramente visto que durante outras fiscalizações foram detectadas uma série de irregularidades nesses locais.

“Fomos até a feira das Rocas fazer a conferência do distanciamento entre os módulos das bancas, orientamos aos banqueiros, advertimos sobre o uso de máscaras e a disponibilização de álcool em gel para os clientes”, disse o supervisor de fiscalização da Semurb no plantão, Evânio Mafra.

A organização e espaçamento entre as bancas já vêm sendo cobrados dos feirantes desde o início da pandemia. E todos já foram orientados via Termo de Audiência quanto às regras de distanciamento e quantidade de bancas, inclusive convocados para reuniões na Semurb.

Já no sábado (24), o trabalho da fiscalização foi mais de orientação, as equipes estiveram nas praias e não observaram nenhuma alteração. “Em Ponta Negra, por exemplo, todos os locadores e quiosqueiros estavam obedecendo a quantidade de até oito jogos de mesas, cadeiras e guarda-sóis”, relata Iang Chaves, supervisor de fiscalização de plantão no dia.

Nos fins de semana e feriados, caso a população presencie alguma cena de aglomeração ou outra situação que viole as regras, basta realizar denúncia, que pode ser anônima, pelo canal 24h do Ciosp, no número 190 e também no disque denúncia da Polícia Civil no 181. Já de segunda a sexta-feira as denúncias podem ser feitas das 8h às 16h, pelo telefone da Ouvidoria da Semurb no (84) 3616-9829 ou e-mail [email protected]

Opinião dos leitores

  1. De desde o início da pandemia tivessem feito assim, liberação limitada, e fiscalização, álcool em gel e máscara , não tinha acabado com tantos empregos, e empresas desse ramo, mas preferiram fechar tudo, e o resultado tá aí, covid matando, empresas fechando, e os desempregados passando fome, infelizmente

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Delegado Sérgio Leocadio é novo presidente municipal do PSL, e é pré-candidato a prefeito em Natal

Foto: Reprodução

Ao Blog, o delegado Sérgio Leocadio confirmou que é novo presidente municipal do PSL, e é pré-candidato a prefeito em Natal.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Minuto da Câmara Municipal de Natal – recursos (data 29/06)

Minuto da Câmara no ar trazendo os assuntos mais importantes debatidos nas últimas semanas, na Câmara Municipal de Natal, disponibilizado nesta segunda-feira(29). Na pauta, corte de gastos na Casa, a disponibilidade de recursos, e a devolução de mais de R$ 1 milhão ao Município, para a utilização no enfrentamento novo coronavírus.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

OPORTUNIDADE: Prefeitura de Parnamirim assina contrato para concurso com 50 vagas para Guarda Municipal

Foto: Ascom/Parnarmirim

O prefeito Rosano Taveira assinou, na tarde desta segunda-feira (17), no Centro Administrativo, contrato com a Funcern, instituição que executará o Concurso da Guarda Municipal, cujo edital está previsto para ser lançado já na próxima semana e ofertará 50 vagas.

De acordo com o prefeito Rosano Taveira, este é mais um passo importante para a realização do concurso. O titular do Poder Executivo Municipal  destacou também o seu compromisso com a questão da segurança pública.

“Este é um grande anseio da população e a garantia da Funcern é de que no dia 17 de dezembro, aniversário da cidade, estaremos entregando a Guarda Municipal à população, trazendo um novo reforço  para a segurança no município”, disse.

O secretário de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (Sesdem), Marcondes Pinheiro, adianta que as provas estão previstas para serem realizadas no final do mês de julho. Segundo ele, os 50 novos guardas vão trabalhar em conjunto com as demais forças de segurança do estado.

Wilde Leiros, coordenador Geral do Núcleo Permanente de Processos Seletivos da Funcern, explica que a instituição também será a responsável pela formação dos agentes, através da contratação de empresa de segurança especializada.

O presidente da Câmara Municipal de Parnamirim, Irani Guedes, destacou o empenho do prefeito para formar a Guarda Municipal. “Taveira está fazendo história na cidade de Parnamirim, cumprindo um de seus principais compromissos de campanha”, disse.

Opinião dos leitores

  1. Acho que Irani Guedes está certo o prefeito Taveira está fazendo história em Parnamirim, mais é uma pena porque é uma péssima história ,e não sou só eu q acho isso se quiser tirar a prova pode se candidatar e verá

  2. A guarda será um avanço realmente…mas se deixar o descaso tomar conta, assim como no trânsito, só existirá no nome! Pior gestão…que já se passou por essa prefeitura.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Rodrigo Cintra terá que devolver mais de R$ 44 mil ao erário municipal

O secretário municipal da Juventude, Esporte e Lazer de Natal, Rodrigo Martins Cintra, teve as contas de 2011 referentes a passagens aéreas e diárias consideradas irregulares pelo Tribunal de Contas e foi condenado a ressarcir ao erário a importância de R$ 44.023,69. O voto foi relatado pela conselheira Maria Adélia Sales na sessão da Primeira Câmara da última quinta-feira (19/04) pela manhã.

          A conselheira relatou ainda processo da prefeitura de Serra de São Bento – 2003, documentação comprobatória de despesa a cargo do sr. Ionas Carvalho de Araújo Filho. O voto foi pela irregularidade, com restituição ao erário do valor de R$ 193.973,00, referente a doações sem a comprovação de recebimento por parte dos beneficiários e aquisição de material sem destinação específica.
          O conselheiro Marco Antônio de Moraes Rego Montenegro relatou os seguintes processos: da prefeitura de Almino Afonso, Balancete do Fundef – exercício de 2002, responsável Bernardo Carlos Belarmino de Amorim. O voto foi pela irregularidade na prestação de contas, com restituição pelo gestor à época dos fatos da quantia de R$ 19.875,71 referente à ausência de documentação comprobatória de despesa, além de remanejamento pelo atual gestor do município das quantias de R$ 21.847,95, referente a valor não utilizado do percentual mínimo de 60% destinado ao magistério e R$ 45.244,24 concernente a execução de despesas alheias ao Fundef.
          Da prefeitura de Ipanguaçu, Balancete do Fundef referente a janeiro de 1999, a cargo do sr. José Wilson de Souza. O voto foi pelo remanejamento, por parte do atual gestor das quantias de R$ 35.473,00, alusivo a despesas alheias ao Fundef e R$ 13.700,81, referente à realização de despesas do exercício anterior.
          Da prefeitura de Equador, inspeção extraordinária – exercício de 2002, responsável Vanildo Fernandes Bezerra. O voto foi pela restituição de R$ 130.098,83 referente à documentação comprobatória de despesa e remanejamento de  R$ 74.481,87 não aplicado ao percentual de 60% destinado ao Fundef. Também de Equador, prestação de contas do 1º bimestre de 2007, sendo o responsável o sr. Zenon Sabino de Oliveira. O voto foi pela irregularidade, com restituição de R$ 80.251,00, correspondente à totalidade dos valores cuja legalidade de seu emprego não foi comprovada.
          Da prefeitura do Paraná, prestação de contas referente ao 1° bimestre de 2007, responsável Geraldo Alexandre Maia. Diante da inércia do ordenador da despesa em responder aos questionamentos do TCE, o voto foi pelo ressarcimento de R$ 287.343,35 pertinente a valores gastos e não comprovados. Da Câmara Municipal de Almino Afonso, prestação de contas referente ao 1º bimestre de 2006, responsabilizando José Nunes de Araújo. O voto foi pela restituição aos cofres públicos da quantia de R$ 135.655,39, referente a valores gastos e não comprovados.
          Relativa à prefeitura de João Dias, apuração de responsabilidade referente aos exercícios de 2004 e 2005, sendo os responsáveis Irene Florência de Oliveira e Paulo de Tarso Veríssimo. O voto foi pela aplicação de multa de R$ 10.850,00 e R$ 33.450,00, correspondentes ao atraso na entrega das prestações de contas, relatórios de gestão fiscal e relatórios dos anos fiscalizados. É bom ressaltar que os ordenadores de despesas ainda podem recorrer das decisões.

Opinião dos leitores

  1. Isso é mais do que certo! Passeou muito e não plantou nada… nunca se reuniu com os representantes dos centros esportivos dos bairros…nenhum projeto! so fazia mentir…. que pague mesmo e COM JUROSSSS…. e esse cidadão ainda quer dar um de correto.

  2. Isso é mais do que certo! Passeou muito e não plantou nada… nunca se reuniu com os representantes dos centros esportivos dos bairros…nenhum projeto! so fazia mentir…. que pague mesmo e COM JUROSSSS…. e esse cidadão ainda quer dar um de correto.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *