Esposa de Joesley Batista nega acerto de propina em Jantar com Fábio Faria e Patricia Abravanel

Uma reportagem da Globo News traz a informação de que a esposa do empresário Joesley Batista negou qualquer acerto de propina com o deputado federal Fábio Faria e sua esposa, Patrícia Abravanel.

O deputado e Patrícia vão entrar com um pedido de anulação de parte da delação de ex-executivos da JBS. A principal prova segundo eles é uma mensagem de voz enviada por Ticiana Vilas Boas, mulher de Joesley Batista, na qual ele desmente o acordo do pagamento de propina.

“É… aquele jantar, imagina só, não tem nada a ver… do que falaram, foi um jantar normal, eu não vi nada de, de, de, dinheiro, de… de nada que beirasse ser ilícito”, disse Ticiana em áudio enviado à Patrícia Abravanel, mulher do Fábio Faria que, segundo Saud, estaria presente no jantar.

O material foi protocolado por advogados de Patrícia Abravanel em uma ação civil contra Saud em que ela pede uma multa de R$ 300 mil por danos morais.

“Joesley me falou que é um amigo dele [Saud], é… com uns casais, é… jantar em casa, como tem, praticamente como tinha, praticamente, milhõ…, jantar todo dia na minha casa, com vários políticos, vários empresários, tudo presidente, tudo na minha casa, ia, então, óbvio, não achei nada demais, nada de diferente do que… do que eu tô acostumada e não conversamos nada sobre isso”, afirma Ticiana na gravação.

Veja a reportagem: 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. marcio disse:

    Esse Joesley e cia eram p estar preso!!! Ele financiou campanhas politicas p geral em troca de favores e de informacoe$$$ construiu o imperio da jbs com dinheiro publico!!! e ainda esta solto morando nos estados unidos!!! So na republica de bananas msm que isso acontece!!!

  2. Júnior cortês disse:

    Agora todo político corrupto, quer Santo. Onde a fumaça há fogo.

  3. Botelho Pinto disse:

    De acordo com minha bola de cristal começou a Operação Abafaajato.
    Lula inocenta Aécio, Aécio inocenta Lula, Fachim inocenta Temer, Temer faz encontro secreto com a nova Procuradora e misteriosamente os delatores começam a se contradizerem. Todos os acusados políticos são inocentados e volta tudo como era antes. Os políticos voltam a ser santos, como no tempo de FHC.
    O próximo passo é mandar prender os juízes e Delegados da Lavajato por acusação de motim contra as pessoas de bem como Aécio, Eduardo Cunha e Temer.
    Depois mudam o sistema para Parlamentarismo por Decreto (Dane-se a Constituição ) para impedir Lula de se eleger e ter a audácia de colocar novamente um presidente honesto ou menos corrupto.

  4. Gonçalo Alves disse:

    Ficamos impressionados com a agilidade desse blog em divulgar matéria "supostamente" favorável a algumas pessoas. Parabéns pela eficiência e tomara que esta mesma eficiência seja posta em prática em assuntos de interesse da população.
    Sobre a matéria do suposto pedido e recebimento de propina por membros do clã Faria junto à JBS a polícia, a justiça e as autoridades deverão certamente apurar com base em provas e fatos.
    Por fim, é verdade que o envolvimento da Sra. Patrícia Abravanel poderá até pesar em favor dos acusados e influenciar parte da imprensa e da opinião pública. Mas seria bom que antes de processar alguém a família Abravanel pudesse primeiro explicar os bastidores da venda do quebrado Banco Panamericano (propriedade e responsabilidade da família do Sr. Silvio Santos) no governo do meliante Lula da Silva.
    É realmente emocionante a demonstração da "Tici" para com a "Paty". Esse país nos sensibiliza a cada novo dia…

  5. João Maria disse:

    Aliás blog do BG a cada dia gosto muito da imparcialidade política deste blog.
    Por que não falar também quê a mesma mulher desmentiu as " contas de Lula e Dilma".
    Imparcialidade a gente ver aqui.

  6. Rogério Rocha disse:

    Ela falou que não viu nada, muito diferente de não ter acontecido, pior ela é ou foi funcionária do SBT e o pior o próprio delator falou que as mulheres não sabiam do acordo de propina.

  7. João Maria disse:

    Falar agora é fácil pra livrar a cara deste parasita Playboy que ganhou a vida com a cara e o capital cultural e político da família.
    Depois quê o homem do baú entrou de cabeça a favor das (de)formas providência e trabalhista fica fácil limpar a herdeira Adravanel é o GARANHÃO

  8. Sandra disse:

    Vou acreditar

  9. Sincerão disse:

    Pessoa de muita credibilidade elaKkkkk
    Trabalhava no SBT ia falar diferente?!
    Fala, sério! Ela iria confessar? Conta outra!

Assassinos da juíza Patrícia Acioli usaram munição comprada pela PM do Rio

Veja

Os indícios de que o assassinato da juíza Patrícia Lourival Acioli foi tramado e executado por policiais ganhou indícios de peso nesta segunda-feira. As balas usadas no crime, como mostra reportagem do jornal carioca O DIA, fazem parte de um lote de 10 mil munições do calibre 0.40 compradas para a Polícia Militar do Rio de Janeiro. Ainda não há confirmação sobre quais unidades da PM receberam o material, mas as pistas, segundo a reportagem, levam ao 7º BPM (São Gonçalo).

Os estojos recolhidos no local do crime indicavam, segundo a perícia, que Patrícia foi atacada com armas do calibre .40, usadas pela PM, e calibre .45, empregadas pelas Forças Armadas. A juíza foi atingida por 21 disparos.
(mais…)

TJ negou proteção a Juíza Assassinada

Folha.com

Um documento exibido em reportagem do “Jornal da Band” na sexta-feira (19) mostra que o Tribunal de Justiça do Rio negou um pedido de proteção da juíza Patrícia Acioli, morta na semana passada quando chegava em sua casa em Niterói, na região metropolitana do Rio.

De acordo com a reportagem, a juíza enviou um ofício ao tribunal, datado do dia 5 de setembro de 2008, pedindo providências relativas a sua segurança. Quase cinco meses depois, a resposta vem por meio de outro ofício. Uma juíza diz que, por ordem do desembargador Luiz Zveiter, “determina o arquivamento do presente por não se vislumbrar a necessidade de adoção de qualquer medida extraordinária de segurança”.

Segundo o “Jornal da Band”, Zveiter foi procurado pela reportagem e afirmou que o texto “provoca diversas interpretações” e “não retrata um pedido específico de escolta”.

(mais…)

Matar a Juíza pode. Colocar algemas e publicar fotos não

Acusada por dezenas de bandidos de cumprir o que a lei determina e aplicar-lhes sem medo as penas previstas no Código Penal, Patrícia Acioli, 47 anos, juíza da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, foi condenada há muito tempo à morte por fuzilamento. No fim da noite desta quinta-feira, quando estacionava seu carro no condomínio onde morava em Niterói, a sentença enfim se materializou. Empunhando armas de calibres 40 e 45 ─ de uso estrito à polícia e às Forças Armadas ─, os carrascos dispararam 22 tiros. Só um errou o alvo.

Ninguém tem o direito de surpreender-se. Em janeiro, ao ser capturado no Espírito Santo por ordem da juíza, Wanderson Silva Tavares, vulgo “Gordinho”, chefe de um grupo de extermínio que age em São Gonçalo, levava no bolso uma lista com os nomes de 12 pessoas marcadas para morrer. A presença de Patrícia Acioli na relação renovou a ameaça reiterada incontáveis vezes: se continuasse a julgar com rigor casos envolvendo policiais fora-da-lei, não teria vida longa.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Borges Neto disse:

    Códigos Penal e de Processo Penal do século passado… Processos morosos… Impunidades… Leis que não metem medo em ninguém… Sistema carcerário africano em termos de condições… Sistema carcerário americano em termos de gastos… Descumprimento da pena (também conhecido por progressão de regime)… Proibição de uso de algemas e de mostrar a cara dos meliantes… Utilização de coleiras de fácil rompimento… Esse é o sistema penal brasileiro. Os de bem se protegem, se amedrontam e tem suas vidas e bens devassados. Os bandidos estão soltos, roubam, matam, estupram, sequestram, arrobam caixas eletrônicos, corrompem, são corrompidos, lavam dinheiro com consultorias, desviam verbas públicas dos Ministérios, levam carros para a Bolívia e no final só um de cada dez meliantes é realmente punido. Esse é o Brasil!