Diversos

Após problema de alta complexidade, Caern religa poço de Tibau e água normaliza em 48 horas

Foto: Ilustrativa

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) religou, no final da noite dessa quinta-feira (14), o poço da cidade de Tibau. A água foi reservada ao longo da madrugada para ser distribuída. Às 5h da manhã desta sexta-feira (15), começou a distribuição. A previsão é que a normalização ocorra em 48 horas para Tibau. Para atendimento, a cidade foi dividida em duas.

Nesta sexta-feira (15), a água irá para o setor do Centro, e por volta das 5h da manhã do sábado irá para o setor das Emanuelas. Ao constatar o aumento de vazão no poço, que ocorreu após o desgaste da bomba presa à tubulação, a Caern decidiu aproveitar a água captada para distribuir na cidade. Foi colocada um novo conjunto motobomba, equipamento de grande porte, para captar água a uma profundidade de 180 metros.

De acordo com o gerente da Regional Oeste, Márcio Bruno Dantas, o poço estará sendo monitorado, pois passou por uma recuperação recente. “Continuaremos acompanhando o desempenho do poço. Pois tivemos um problema de alta complexidade e vamos manter o monitoramento do mesmo”, ressalta.

Esforços operacionais foram feitos pela equipe da Caern e Geopetro, que diuturnamente, permaneceram trabalhando para retomar o abastecimento da cidade. Diante um problema complexo, que envolveu equipamentos de grande porte e o desafio de trabalhar com a bomba que ficou a 380 metros de profundidade, as equipes mantiveram o foco para garantir o resultado positivo.

CONFIRA AS AÇÕES DA CAERN

29/12 – Início do problema com a queda dos componentes (colunas, cabos e conjunto motobomba) no poço. A bomba caiu quando a Companhia realizava o rebaixamento do equipamento, a ação era necessária pela redução do nível da água no poço.

30/12 – Içamento (pescaria) dos equipamentos. A Caern retirou os cabos e colunas do poço, entretanto a bomba ficou presa a uma profundidade de 380 metros.

31/12 – Caern tentou montar o poço com outra bomba, mas não teve sucesso, pois a bomba presa impedia a passagem de água que seria bombeada

01/01 – Foram feitas outras tentativas de colocar o poço para funcionar

02/01 – Caern confecciona novo equipamento pescador, de grande porte, para içar bomba

03/01 – O pescador é utilizado no poço, com tentativas realizadas até a madrugada de 04/01, foram retirados do poço, canos PVC e resto de cabos com auxílio de guindaste.

04/01 – Foram realizadas três tentativas de pescas sem sucesso, em cada descida eram feitos ajustes no pescador. O serviço seguiu até a manhã desta terça-feira (5)

05/01 – Caern está em tratativas para utilizar uma sonda para resgate da bomba

06/01 – Será iniciado o trabalho com uma sonda

08/01 – A sonda retirou parte de peças da tubulação

09/01 – Um novo pescador foi confeccionado para fazer rotação e puxar a bomba (serviço em oficina). Equipe trabalhou até a manhã de domingo (10). Mais equipamentos foram retirados, mas cerca de um metro da bomba ainda permaneceu presa à tubulação

10/01 – Serviços de tornearia e nova adaptação da ferramenta denominada pescador (serviço realizado em oficina).

11/01 – Houve limpeza do poço e avaliação de passagem de água. A sonda continuou fazendo a rotação (girando) a bomba presa à tubulação.

12/01 – O pescador, que é uma peça de grande diâmetro e altura foi alterada, com a construção de ganchos, para que a mesma prendesse e fizesse o desgaste da lateral da bomba. A ferramenta ficava girando e desgastando a bomba

13/01 – Durante a manhã, a ferramenta continou fazendo o desgaste da bomba. As medidas operacionais surtiram efeito e a passagem da água foi constatada. Serviço com a sonda continua para desgastar e fazer a retirada da mesma.

14/01 – Boa vazão de água permite religar o poço com o uso de outra bomba, bem acima da que está presa.

Opinião dos leitores

  1. Noticia release da Caern. Foram incompetentes e ponto. No mais é ver os comentários dos babões e dos esquerdas que piram com a lentidão, q independente da complexidade deveria ser feita com a máxima urgência. Queria ver se fosse uma empresa privada. Ia ter um monte de multas… no caso da Caern vamos ver apenas parabéns dos que não querem perder seus empregos.

  2. Queria informar que quem resolveu o problema do poço foi uma empresa ( geometro), contratada para executar e executou a tarefa. A Caern ficou só olhando e após conclusão, entregou para a Caern agora quer ter o mérito.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sindicatos confirmam greve geral de 48 horas, dias 03 e 04 de fevereiro, contra Reforma da Previdência no RN

Foto: Divulgação

Os sindicatos no Rio Grande do Norte anunciaram uma greve geral de 48 horas contra a proposta do governo Fátima pela reforma da Previdência no Estado.

A manifestação está programada para os dias 3 e 4 de fevereiro, com a concentração a partir das 9h, em frente a Assembleia Legislativa.

 A governadora pretende encaminhar o projeto para votação no dia 4 de fevereiro, na Assembleia Legislativa. Por isso, os sindicatos estão convocando o ato com pressão aos deputados contra a aprovação da reforma.

Opinião dos leitores

  1. Pelo fim dos sindicatos bandidos ! Só sindicatos sérios que contribuam para o bem do país devem sobreviver. Sindicatos que arrecadam para manter mordomias e privilégios para a diretoria deverão se acabar.
    Acabou a mamata , mangote de vagabundos.

  2. Vai ser a famosa "greve consentida".
    Jogo de cartas marcadas entre a sindicalha pelega e a madrinha Fatão GD.
    Em tempo: o próprio presidente do Ipern, Nereu Linhares, é "sincalhista histórico" da base governista.

  3. Só vagabundos, se sindicato tivesse alguma utilidade,ninguém ganharia apenas o salário mínimo.

  4. Sinceramente quando leio uma noticia dessa me da nojo desses pilantras, vagabundos, parasitas, chamados de sindicalistas, esses idiotas deveria fazer essa paralisação de 48 horas no sábado e no domingo pra não perturbar o transito e o sossego de quem realmente que trabalhar, fazem essa baderna em plena segunda e terça feira para passar 02 dias sem fazer o que eles mais gosta que é não trabalhar, esse tipo de baderna merece somente desprezo da população norte riograndense e a policia dando de cacete no lombo desses parasitas.

  5. Não acredito nisto. É só jogo de cena. Na primeira reunião "abrem as pernas" (desculpe o termo chulo), mas é assim mesmo. Todos estão comprometidos com o governo do PT. São todos esquerdistas. Foi assim no ano de 2019 e vai ser do mesmo jeito este ano. Os Sindicatos e Associações não enganam a mais ninguém. Estão desacreditados e perderam suas forças.

  6. É a professora petista rezando a cartilha de Paulo Guedes. Viva à esquerda! Viva aos servidores públicos de esquerda. É vida de gado!!!!

  7. Complicado…kkk passar anos fazendo parte de um governo ladrão, ter passado a ser gestora, e querer fazer descer de goela abaixo um reforma que só prejudica os funcionários do estado. Fatao G. Duro vai ter que mostrar muito jogo de cintura (que não tem) por ser quadrada, para sair dessa enrascada…..kkkk

  8. Reforma da previdência tem que ser feita e ponto final, mas antes de qualquer reforma, deveria ser feita uma reforma política, acabar com regalias, privilégios e penduricalhos, em todas as esferas. Os políticos deveriam cortar na própria carne, até para servir de exemplo para a população. Segundo, tem que separar previdência de assistência, para aí sim, fazer uma reforma previdenciária.

  9. Reformar a Previdência é necessário em todo o país. O governo federal já fez a sua, sofrendo a oposiçào irresponsável dos governadores da oposição, que diziam não ser necessária pois não existiria déficit é tudo não passaria de ruindade do governo como intuito de retirar direitos dos trabalhadores. O blá blá blá mentiroso de sempre. Bastou retirar estados e municípios da proposta que a conversa virou ao avesso. E a proposta de Fatão, com base no que está sendo divulgado, será ainda mais dura que a federal. Esse governo petista é uma piada, uma catástrofe anunciada, tendo em vista o que fizeram com o Brasil. Mas, o povo potiguar teimou e elegeu essa porcaria. Agora, aguentem.

  10. Espero ver a Governadora Fátima nessa greve também, já que ela sempre foi contra. E agora?????

    1. Calma flor! É só OBRIGATORIEDADE dos governos estaduais obedecerem a reforma do mito. huahuahuha

  11. Quem votou nela deve tá adorando, a Reforma de Fatão dá de 10 a zero de maldade na de Bolsonaro, Com a palavra os petistas de carteirinha.

  12. Dizem que a governadora Goipi vai ser contra a previdência no Estado! Ops, ela só era contra a reforma da previdência de Bolsonaro… A do Estado ela sabe que tem que fazer !!! Aliás, tem que fazer em todos os Estados e em todas as categorias… O servidor ainda não entendeu que o sistema previdenciário está super deficitário e que sem a reforma ele não vai receber salário???

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Mourão assume o exercício da Presidência por 48 horas

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O vice-presidente, Hamilton Mourão, assumirá o exercício da Presidência da República por 48 horas, a partir desta segunda-feira (28), durante a recuperação do presidente Jair Bolsonaro, da cirurgia para a reconstrução do trânsito intestinal. Mourão deverá conduzir na terça-feira (29) a reunião ministerial, que Bolsonaro passou a realizar uma vez por semana no Palácio do Planalto.

A informação foi confirmada pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros. Segundo ele, Mourão exercerá a Presidência no período da cirurgia e por 48 horas após o procedimento cirúrgico.

A previsão é que o período de recuperação do presidente dure dez dias. O porta-voz da Presidência informou que Bolsonaro pretende despachar do próprio Hospital Albert Einstein.

Rêgo Barros disse que deverá haver briefings diários no hospital para detalhar o estado de saúde do presidente e as atividades previstas para o dia seguinte. Os boletins médicos de Bolsonaro serão emitidos pelo Albert Einstein, porém a divulgação ficará sob “tutela” do porta-voz.

Paralelamente, o presidente pretende trabalhar no hospital, onde foi organizada uma espécie de gabinete para ele: com equipamentos, dispositivos técnicos e local adequado para despachos com autoridades.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

    1. Kkkkkkk
      Bolsonaro é realmente incrível.
      Fazer um PTralha torcer pra um General assumi a presidência, não é pra qualquer um não.
      Kkkkkkkkkkkkkkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *