Diversos

Tibau: falésia Pedra do Chapéu requer cuidados, adverte Idema

FOTO: Reprodução/Idema

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema entregou uma notificação, nesta segunda-feira (29), a Prefeitura Municipal de Tibau, sobre o desmoronamento de partes da falésia Pedra do Chapéu, com riscos de acidentes, localizada na praia de Tibau, no litoral da Costa Branca potiguar.

O documento propõe que a Prefeitura promova ações como, isolar a área; instalar placas de sinalização, advertindo sobre os riscos de deslizamento; fiscais municipais, alertando do perigo; campanha educativa com pescadores e frequentadores da área; interditar a passagem de veículos próximo a falésia; e a divulgação com mensagens de alerta nas redes sociais para que os turistas evitem passar próximo ao local de risco.

A equipe de fiscalização do Idema realizou neste domingo (28) uma ação de vistoria no município de Tibau, na Região Oeste do Estado. Durante a inspeção no trecho conhecido como Pedra do Chapéu, ponto turístico, foi averiguado que a área afetada vem sofrendo um processo erosivo muito grande, uma ação antrópica (realizada pelo homem) e da natureza que têm intensificado os deslizamentos de pedras.

Para o diretor-geral do Idema, Leon Aguiar, é muito importante a parceria e o diálogo com os municípios, “a Fiscalização Ambiental é uma ação de controle para proteger e manter a integridade do meio ambiente, bem como assegurar o uso racional dos recursos naturais, coibindo as ações prejudiciais sobre a natureza. Além dos cuidados com a população”, afirmou o diretor.

Segundo a fiscal do Idema, Lissandra Cavalcanti, esteve com a equipe no local para avaliar a situação do dano ambiental e dos riscos. “A situação requer muito cuidado e atenção das autoridades para evitar uma tragédia, o ambiente está sem sinalização e a população indo muito próximo do monumento, e ainda tem carros trafegando. O nosso encontro com a prefeita de Tibau, Lidiane Marques da Costa, ocorreu de forma muito positiva. E a gestão municipal vai acatar nossas solicitações. Na ocasião, a prefeita nos solicitou vistorias nas áreas de dunas que vamos atender prontamente”, afirmou a fiscal do Instituto Ambiental.

A Pedra do Chapéu está situada na divisa do Rio Grande do Norte com o Ceará, muito frequentada por banhistas e turistas. O encontro ocorreu na Prefeitura com a participação da fiscal do Idema, Maria da Silveira, dos secretários Municipais Aureliano Marques (Obras), Márcia Cristina (Saúde), chefe de Gabinete, o chefe de Gabinete, Nazareno de Souza, e o vereador Daniel Roberto.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Após problema de alta complexidade, Caern religa poço de Tibau e água normaliza em 48 horas

Foto: Ilustrativa

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) religou, no final da noite dessa quinta-feira (14), o poço da cidade de Tibau. A água foi reservada ao longo da madrugada para ser distribuída. Às 5h da manhã desta sexta-feira (15), começou a distribuição. A previsão é que a normalização ocorra em 48 horas para Tibau. Para atendimento, a cidade foi dividida em duas.

Nesta sexta-feira (15), a água irá para o setor do Centro, e por volta das 5h da manhã do sábado irá para o setor das Emanuelas. Ao constatar o aumento de vazão no poço, que ocorreu após o desgaste da bomba presa à tubulação, a Caern decidiu aproveitar a água captada para distribuir na cidade. Foi colocada um novo conjunto motobomba, equipamento de grande porte, para captar água a uma profundidade de 180 metros.

De acordo com o gerente da Regional Oeste, Márcio Bruno Dantas, o poço estará sendo monitorado, pois passou por uma recuperação recente. “Continuaremos acompanhando o desempenho do poço. Pois tivemos um problema de alta complexidade e vamos manter o monitoramento do mesmo”, ressalta.

Esforços operacionais foram feitos pela equipe da Caern e Geopetro, que diuturnamente, permaneceram trabalhando para retomar o abastecimento da cidade. Diante um problema complexo, que envolveu equipamentos de grande porte e o desafio de trabalhar com a bomba que ficou a 380 metros de profundidade, as equipes mantiveram o foco para garantir o resultado positivo.

CONFIRA AS AÇÕES DA CAERN

29/12 – Início do problema com a queda dos componentes (colunas, cabos e conjunto motobomba) no poço. A bomba caiu quando a Companhia realizava o rebaixamento do equipamento, a ação era necessária pela redução do nível da água no poço.

30/12 – Içamento (pescaria) dos equipamentos. A Caern retirou os cabos e colunas do poço, entretanto a bomba ficou presa a uma profundidade de 380 metros.

31/12 – Caern tentou montar o poço com outra bomba, mas não teve sucesso, pois a bomba presa impedia a passagem de água que seria bombeada

01/01 – Foram feitas outras tentativas de colocar o poço para funcionar

02/01 – Caern confecciona novo equipamento pescador, de grande porte, para içar bomba

03/01 – O pescador é utilizado no poço, com tentativas realizadas até a madrugada de 04/01, foram retirados do poço, canos PVC e resto de cabos com auxílio de guindaste.

04/01 – Foram realizadas três tentativas de pescas sem sucesso, em cada descida eram feitos ajustes no pescador. O serviço seguiu até a manhã desta terça-feira (5)

05/01 – Caern está em tratativas para utilizar uma sonda para resgate da bomba

06/01 – Será iniciado o trabalho com uma sonda

08/01 – A sonda retirou parte de peças da tubulação

09/01 – Um novo pescador foi confeccionado para fazer rotação e puxar a bomba (serviço em oficina). Equipe trabalhou até a manhã de domingo (10). Mais equipamentos foram retirados, mas cerca de um metro da bomba ainda permaneceu presa à tubulação

10/01 – Serviços de tornearia e nova adaptação da ferramenta denominada pescador (serviço realizado em oficina).

11/01 – Houve limpeza do poço e avaliação de passagem de água. A sonda continuou fazendo a rotação (girando) a bomba presa à tubulação.

12/01 – O pescador, que é uma peça de grande diâmetro e altura foi alterada, com a construção de ganchos, para que a mesma prendesse e fizesse o desgaste da lateral da bomba. A ferramenta ficava girando e desgastando a bomba

13/01 – Durante a manhã, a ferramenta continou fazendo o desgaste da bomba. As medidas operacionais surtiram efeito e a passagem da água foi constatada. Serviço com a sonda continua para desgastar e fazer a retirada da mesma.

14/01 – Boa vazão de água permite religar o poço com o uso de outra bomba, bem acima da que está presa.

Opinião dos leitores

  1. Noticia release da Caern. Foram incompetentes e ponto. No mais é ver os comentários dos babões e dos esquerdas que piram com a lentidão, q independente da complexidade deveria ser feita com a máxima urgência. Queria ver se fosse uma empresa privada. Ia ter um monte de multas… no caso da Caern vamos ver apenas parabéns dos que não querem perder seus empregos.

  2. Queria informar que quem resolveu o problema do poço foi uma empresa ( geometro), contratada para executar e executou a tarefa. A Caern ficou só olhando e após conclusão, entregou para a Caern agora quer ter o mérito.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Caern segue com serviço de alta complexidade com sonda para retomar abastecimento em Tibau, prejudicado nos últimos dias

O serviço continuado com a sonda rotativa no poço de Tibau alcançaram resultados positivos. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) já constatou a subida de água com boa vazão no poço da cidade. Antes do trabalho com a sonda, a bomba impedia completamente o fluxo do líquido. A descida de ferramentas específicas que fizeram a rotação e o desgaste em torno da bomba ajudaram a diminuir a pressão do equipamento na tubulação e permitiu a passagem da água. Ao longo desta quinta-feira (14), novos testes de vazão de água e avaliação da situação da bomba serão feitos.

O poço capta água subterrânea, a cerca de mil metros. A água entra pela tubulação, sobe até próximo ao solo e a bomba é o equipamento que joga a água para o reservatório da cidade. Com a queda da bomba a 380 metros do subsolo, ela ficou presa em uma parte da tubulação que é mais reduzida e não permitiu mais a passagem da água captada a mil metros.

“Nós estamos trabalhando para aliviar a pressão lateral da bomba. A permanência da bomba na tubulação pode ser comparada a uma rolha em uma garrafa. No nosso trabalho, é preciso imprimir uma pressão maior do que a pressão da bomba presa à tubulação” ressalta Márcio Bruno, gerente da Regional Oeste.

Uma ferramenta de grande porte, com diâmetro de 30 centímetros, desceu várias vezes ao longo dos últimos dias, tanto para corroer o equipamento, como para puxar o equipamento preso à tubulação. É importante destacar que o serviço é complexo, feito a 380 metros do subsolo. Para ser ter uma ideia, somente para a ferramenta chegar até a bomba é necessária uma hora. Ela permanece rotacionando no subsolo para desgastar a bomba. E leva mais uma hora para ser içada de volta. “É um serviço de alta complexidade. Nós estamos, equipe Caern e Geopetro, fazendo todo o esforço para resolver o problema do poço. Estamos trabalhando desde o ocorrido para termos resultados positivos”, reforça Márcio.

Também foi feita a injeção de ar para ajudar na retirada da bomba. O objetivo é levantar e retirar todo o material que existia na tubulação. “Estamos observando que está havendo contribuição de água no poço. Que é um ótimo indicador”, avalia Márcio.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bomba cai 380 metros dentro de poço e cidade de Tibau fica uma semana sem abastecimento de água

FOTO: CAERN/ASSECOM

Engenheiros civis, operadores, mecânicos, auxiliares mecânicos, eletromecânicos e técnicos de engenharia. Ao todo são 20 empregados, além de diversos equipamentos da Caern, envolvidos no conserto do poço da cidade de Tibau. Desde a última terça-feira (29 de dezembro de 2020), a equipe está nesta operação de forma incansável, com equipes trabalhando 24h por dia.

A bomba caiu no poço a uma profundidade de 380 m e desde então todas as medidas estão sendo tomadas para resolver esta situação e retomar o abastecimento. O equipamento é imprescindível para o funcionamento do poço. Mesmo sendo um serviço no qual a equipe já possui experiência, esta situação tem se mostrado mais complexa e com um alto grau de dificuldade. Para este trabalho foi necessário, inclusive, a confecção de ferramentas especiais.

A previsão atual da Companhia é que o serviço seja concluído até a próxima terça-feira (05), com um prazo de normalização de até 48h após a conclusão.

Opinião dos leitores

  1. Grande governadora. Colocou como presidente da CAERN um grande GESTOR o Sr. ROBERTO SÉRGIO funcionário de carreira da CEF onde chegou a SUPERINTENDÊNCIA DA CEF por competência e fez um grande trabalho junto aquele órgão e esta também fazendo uma grande GESTÃO na CAERN.

    Não tenho dúvidas a professora será REELEITA fácil para governar os destinos do RN até 2026. Anote BG ganhará no PRIMEIRO TURNO ???

  2. Tibau virou um descaso com seus moradores e veranistas. Tanto pela prefeitura, como pelo governo do estado. Uma cidade sem lei, cada um com seus paredões de som, e a falta de água pela Caern. Carro pipa sendo vendido até quinhentos reais, mas a Caern não oferecia nada. Cidade da exploração.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Casal que voltava de movimentação política morre degolado por cabo de telefonia em acidente em Tibau

Foto: Blog Fim da Linha

Um casal morreu degolado no início da madrugada desta segunda-feira, 5, na rodovia estadual Dehon Caenga, proximidades da Praia de Gado Bravo, em Tibau. As vítimas ainda não foram identificadas até o fechamento desta reportagem.

A Polícia Rodoviária Estadual informou que o homem e a mulher estavam em pé em uma carroceria de uma pick-up Saveiro, e viajavam com destino a Tibau, após uma movimentação política em Grossos. Na ocasião, foram atingidos por um cabo de telefonia que estava a meia altura e atravessado na rodovia. Os dois tiveram os pescoços degolados e morreram na hora.

O ITEP aguarda a presença de familiares com documentação para que os corpos sejam identificados e depois liberados.

Com informações do De Fato e Blog Fim da Linha

https://defato.com/seguranca/91983/casal-morre-degolado-aps-acidente-na-rodovia-dehon-caenga-em-tibau

https://www.fimdalinha.com.br/casal-morre-de-acidente-apos-sair-de-movimentacao-politica-em-tibau-vitimas-foram-degoladas-por-cabo

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comunidades em Pipa, Tibau e Baía Formosa contestam veracidade de coronavírus

Com a suspeita ainda não confirmada do 1º caso de coronavírus no Rio Grande do Norte pela Secretaria de Estado da Saúde Pública(Sesap), que aguarda exames do paciente de 25 anos  internado no hospital Giselda Trigueiro na quarta-feira (12), circulam nas redes sociais questionamentos quanto a veracidade do quadro. Entre os debates, as dúvidas sobre a versão apresentada e o dimensionamento.

Noticiado nesta quinta-feira(13), de acordo com informações de uma unidade hospitalar, o homem diz que teria tido contato com um grupo de chineses que estava em Pipa, no litoral sul do Rio Grande do Norte. Na ocasião, a suspeita só foi levantada em uma consulta de rotina, no momento de uma triagem, em que o jovem, que não é da região do litoral sul, comentou com o médico.

O paciente se encontra em uma bateria de exames. A Sesap, a partir dos resultados, fará um posicionamento oficial.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem é assassinado e jovem baleada dentro de carro em Tibau

Foto: PM/Divulgação

A Polícia Militar registrou o assassinato de um homem e uma jovem baleada dentro de um carro no início da madrugada desta quinta-feira (1º) na cidade de Tibau, na região Oeste potiguar. De acordo com informações preliminares, a mulher foi ferida na perna e socorrida para o hospital de cidade. Ela contou que ela e os dois homens são de Mossoró, e que estavam a caminho da Praia das Emanuelas, quando o carro em que estavam, um Palio, foi fechado por um outro automóvel. Foi quando um homem desceu deste carro e começou a atirar.

Segundo conta a vítima, um outro homem, que também estava no veículo, conseguiu fugir. Tibau fica a 40 quilômetros de Mossoró. Ainda não se sabe quem fez os disparos nem a motivação do crime.

Com acréscimo de informações do G1-RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tibau: MPRN recomenda exoneração de parentes de servidores da Prefeitura

A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Areia Branca emitiu recomendação ao prefeito do município de Tibau para que efetue, no prazo de 15 dias, a exoneração de todos os ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou função gratificada, que detenham relação de parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com representantes da Prefeitura.

A recomendação também visa evitar a prática de nepotismo cruzado em Tibau. Deste modo, deve ser feita a exoneração daqueles que tenham relação de parentesco com o Governador do Estado e Vice-Governador, Secretários Estaduais, qualquer outro servidor comissionado do Estado, Deputados, ou com Conselheiros e Auditores do TCE/RN, membros do Poder Judiciário e do Ministério Público.

Foi recomendada ainda a rescisão contratual, igualmente no prazo de 15 dias, em casos excepcionais de dispensa ou inexigibilidade de licitação, de pessoa jurídica cujos sócios ou empregados se encaixem nos mencionados perfis que caracterizam o nepotismo, e ainda nos casos de contratos realizados por tempo determinado, para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.

A partir do recebimento da recomendação, a Prefeitura deve se abster de nomear, contratar, manter, aditar ou prorrogar contratos de pessoas com ligação de parentesco com servidores do Poder Executivo Municipal ou de outro Poder, o que caracteriza o nepotismo cruzado.

O prefeito de Tibau deve remeter a 1ª Promotoria de Justiça de Areia Branca, mediante ofício, dez dias após o término do prazo estabelecido, cópia dos atos de exoneração e rescisão contratual que correspondiam às hipóteses referidas no documento enviado pelo Ministério Público, com a identificação dos tipos de parentesco conforme discriminado.

O não acatamento da recomendação implica na adoção das medidas legais necessárias a fim de assegurar o seu cumprimento, inclusive, por meio de ajuizamento de Ação Civil Pública de responsabilização pela prática de ato de improbidade administrativa e reclamação perante o Supremo Tribunal Federal.

http://www.mprn.mp.br/portal/inicio/noticias/6968-tibau-mprn-recomenda-exoneracao-de-parentes-de-servidores-da-prefeitura

Opinião dos leitores

  1. Que bom seria se isto se tornásseis prática a ser cobrada de todas as prefeituras, quem sabe assim as coisas melhorass por este nosso RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Tibau: MP ajuíza ação para que prefeito não promova eventos enquanto perdurar situação de seca

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ajuizou uma ação civil pública (ACP) contra o Município de Tibau e o prefeito, Josinaldo Marcos de Souza, para que não seja realizado nenhum gasto público com festas enquanto perdurar o estado de emergência de seca. A proibição deve valer enquanto a situação for reconhecida pelo Decreto nº 24.700/2014 e pelos seguintes que, eventualmente, prorroguem seus efeitos, tanto em relação aos carnavais como no tocante a qualquer celebração festiva, incluindo inaugurações da administração pública.

Assim, o MP pede que a Justiça determine que o Município de Tibau se abstenha de empenhar, ordenar ou de qualquer outra forma pagar quantia, a título de prestação direta ou indireta, para custeio de shows de bandas ou artistas de qualquer natureza, gastos acessórios como montagem de palco, iluminação, som, recepção, segurança alimentação, hospedagem, abastecimento de veículos de artistas ou pessoal de apoio, dentre outros.

A ACP, assinada pela 1ª promotora de Justiça da Comarca de Areia Branca, Micaele Fortes Caddah, foi ajuizada com pedido de antecipação de tutela na Vara Cível da Comarca e pede que seja estipulada pena de multa diária (por evento) a ser aplicada em caráter pessoal ao prefeito  no valor mínimo de R$ 100.000,00.

Condenar o demandado Josinaldo Marcos de Souza em caso de de realização de gastos públicos com o carnaval 2015 (ainda que por meio de doações a blocos carnavalescos como, por exemplo, à Troça Areia Colorida) a ressarcir o erário na integralidade das despesas efetuadas.

Seca prolongada

Em 11 de abril de 2012, a então Governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, editou o Decreto nº 22.637/2012 reconhecendo a emergência de diversos Municípios, dentre os quais o de Areia Branca, Grossos e Tibau, devido a desastre natural causado pela intensa redução de chuvas (estiagem prolongada).

O fato motivou a expedição da Recomendação Conjunta nº 01/2012, pelo MPRN, Ministério Público Eleitoral, o Ministério Público Federal e o Ministério Público Especial Junto ao Tribunal de Contas por meio da qual se recomendou aos prefeitos dos Municípios em situação de emergência que “abstenham-se de realizar despesas com eventos festivos, incluindo a contratação de artistas, serviços de ‘buffets’ e montagens de estruturas para eventos”, considerando que tais despesas públicas poderiam caracterizar dano ao erário e ato de improbidade administrativa nos termos do art. 10, Lei nº 8.429/92.

O Decreto vigorou por 90 dias e, posteriormente, foi renovado de modo que está em pleno vigor o estado de emergência de acordo com o mais recente reconhecimento promovido pelo Decreto nº 24.700, de 29 de setembro de 2014. Assim, a situação permanece vigente até março.

Também houve emissão de nova Recomendação Conjunta nº 01/2013, de 22.01.2013, pelo Procurador-Geral de Justiça e pela Corregedora Geral do MPRN, com o fim de orientar às Promotorias de Justiça, com atribuições na defesa do patrimônio público, a fiscalização dos gastos públicos eventualmente efetuados pelas administrações municipais com a realização de eventos festivos – notadamente nos Municípios afetados pela seca e, em sendo necessário, a adoção das medidas pertinentes no sentido de obstar a realização de despesas com os referidos eventos.

TAC não firmado

Nesse sentido, a 1ª Promotoria de Justiça de Areia Branca, com atribuições na defesa do patrimônio público, convidou cada Prefeito dos Municípios da Comarca para audiência. A finalidade foi esclarecer a necessidade de evitar grandes gastos públicos e celebrar um Termo de Ajustamento de Conduta.

Os gestorews de Areia Branca e Grossos firmaram TAC’s assumindo a responsabilidade de não realizar festividades. No entanto, o Município de Tibau não celebrou termo de ajustamendo de conduta.

Então, diante dos fatos de que há divulgações de apoio da Prefeitura de Tibau às festas de carnaval da iniciativa privada, inclusive com indicação de que a municipalidade é colaboradora da troça Areia Colorida e de que o chefe do executivo pretende realizar a inauguração do Centro Administrativo (que certamente envolverá grandes gastos públicos com contratação de bandas, buffet, montagem de estrutura para a festa), o MPRN não teve outra saída senão buscar a tutela jurisdicional para prevenção dos gastos públicos e conseguinte dano ao erário e à sociedade.

Com informações do MPRN

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Ex-prefeitos de Tibau são condenados a prisão por não prestação de contas de convênio com Governo Federal

O ex-prefeito do município de Tibau Francisco Nilo Nolasco foi condenado pela Justiça Federal a quatro anos e seis meses de reclusão, em regime inicialmente fechado. Já o ex-prefeito Francisco de Assis Diniz foi condenado a 11 meses de prisão. A sentença é resultado de uma ação penal ajuizada pelo Ministério Público Federal, em virtude da não prestação de contas ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) de convênio para execução do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (PNATE), em 2007.

De acordo com o Ministério Público Federal, o ex-prefeito Francisco Nilo Nolasco, no cargo de janeiro de 2005 a setembro de 2007, deixou de prestar contas dos recursos do PNATE. Já Francisco de Assis Diniz, que assumiu o cargo após a cassação do primeiro, ocultou a documentação necessária para a referida prestação de contas, cometendo o crime previsto no artigo 305 do Código Penal.

A sentença do juiz da 8ª Vara da Justiça Federal destaca que a materialidade delitiva foi comprovada pela documentação apresentada pelo FNDE, que informa a inadimplência do município de Tibau na prestação de contas dos recursos do PNATE. As consequências extrapenais decorrentes da falta de prestação de contas consistiram na suspensão pelo FNDE do repasse dos recursos que deveriam ser empregados no PNATE, deixando, assim, as escolas da rede de ensino público municipal sem a referida verba, acarretando prejuízo a toda a rede de ensino público municipal e a toda uma coletividade, explica o juiz.

Em ambos os casos, embora a pena fixada seja inferior a 8 e 4 anos, o juiz optou por não aplicar o regime semiaberto e sim o regime inicialmente fechado em virtude de circunstâncias judiciais desfavoráveis. Francisco de Assis Diniz e Francisco Nilo Nolasco também terão que pagar multa. Eles poderão recorrer ainda ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região contra a decisão.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Governo inicia duplicação da RN-013

As obras da duplicação da RN-013, entre Mossoró e Tibau, foram iniciadas esta semana e fazem parte das ações voltadas à interiorização do turismo, área considerada importante pela governadora Rosalba Ciarlini à geração de emprego e renda no Oeste do Rio Grande do Norte.

A duplicação da estrada Mossoró/Tibau está prevista para ser concluída em 12 meses, segundo informações da Secretaria de Estado da Infraestrutura. Para a obra, o Governo do Estado está investindo pouco mais de R$ 38 milhões.

Para a governadora Rosalba Ciarlini, a duplicação da RN-013 atende reivindicação antiga dos municípios de Mossoró e Tibau. É que a cidade praiana de Tibau chega a receber até 100 mil pessoas na alta estação e o tráfego chega a ficar intenso em alguns trechos, principalmente na entrada da cidade-praia.

Com a duplicação, o tráfego fluirá sem problemas e garantirá segurança aos motoristas, além de proporcionar também segurança aos ciclistas que fazem o percurso Mossoró/Tibau/Mossoró diariamente.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

[VÍDEO] Confira a entrevista com o assassino da menina Cinthia

Foi divulgado hoje o vídeo de uma entrevista exclusiva do Jornal de Fato com o assassino Poliano Cantarelle, que confessou ter matado a menina Cinthia Lívia, de apenas 12 anos. No vídeo, ele disse que fez o que fez por vingança.

A forma como ele relata o crime que chocou o Rio Grande do Norte causa um embrulho no estômago.

As imagens são do Jornal de Fato. A reportagem é de Andrey Ricardo e as imagens são de Marcos Garcia. Confira:

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Vizinho confessa ter matado menina Cinthia em Tibau

Após o reconhecimento do corpo da menina Cinthia Lívia, 12, pela família, o suspeito de praticar o crime foi preso e encaminhado para a delegacia de Mossoró. Poliano Cantarele Fernandes Lacerda, de idade ainda não confirmada, trabalhava como caseiro em frente a casa onde o corpo da criança foi encontrado. Além disso, segundo a polícia, Poliano morava em frente a residência da criança. O suspeito está nesse momento prestando depoimentos a polícia, mas já confessou ser autor do crime.

A revolta da população em Tibau é grande.

Com informações do DN Online e de Cezar Alves.

Atualizada às 15:22h – O monstro que cometeu o assassinato da garota, já tinha inclusive namorado a irmã dela. Ele confessou no seu depoimento que matou Cinthia estrangulada e jogou o corpo dela no cacimbão porque a irmã dela não o queria mais.

Cadê a pena de morte nesse País??????????

Opinião dos leitores

  1. Já existe pena de morte neste país. Porém, só que tem o direito de usufruí-la são os marginais, bandidos e monstros. Ou não é verdade???

  2. #Quetriste A gente NUNCA sabe onde mora o inimigo… Que Deus dê conforto aos famíliares dessa criança.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Tibau: Menina de 12 anos permanece desaparecida

A busca pela menina Cíntia Lívia, 12 , continua. A garota desapareceu no último dia 21 após ir a uma venda próxima de casa, em Tibau. A garota vestia blusa branca, saia preta e sandálias rosa.

A informação é de que o conselho tutelar de Tibau já descartou a possibilidade de a garota ter fugido. Bastante tranquila, Cinthia não tem namorado, não brigou com os irmãos e irmãs, e também não discutiu com mãe ou com o pai.

Quando saiu de casa, a mãe estava no trabalho. Ela estava com a irmã mais velha e disse que iria no Mercantil Fernandes comprar chiclete. Entre a casa e o mercantil, havia uma área escura. A família desconfia de rapto.

Quem tiver alguma notícia ou localizar Cíntia, ligar para 84 8857.1159/ 9471.3100

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

Criança de 12 anos desapareceu há 26 horas em Tibau

A menina Cíntia Lívia, 12 anos, desapareceu há aproximadamente 26 horas após ir a uma venda próxima de casa, em Tibau. A garota vestia blusa branca, saia preta e sandálias rosa.

Quem tiver alguma notícia ou localizar Cíntia, ligar para 84 8857.1159/ 9471.3100

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

TCE condena ex-prefeito a devolver R$ 3,7 milhões aos cofres públicos

O ex-prefeito de Tibau, Sidrônio Freire da Silva, teve as contas relativas ao exercício de 2004 rejeitadas pelo Tribunal de Contas e foi condenado pela Primeira Câmara de Contas a restituir aos cofres municipais a quantia de R$ 3.729.121,61, referente à totalidade de cheques emitidos, transferências e débitos autorizados nas contas correntes da prefeitura, sem documentação comprobatória de despesas. O conselheiro relator, Marco Montenegro, votou ainda pela remessa de cópias dos autos ao Ministério Público Estadual, em razão de possível cometimento de atos de improbidade administrativa e/ou ilícitos penais.

Relatou ainda processos da prefeitura de Tibau, balancete do Fundef, exercício de 2001, sendo ordenador da despesa o sr. Francisco Nilo Nolasco. O voto foi pela irregularidade, com restituição da quantia de R$ 20.615,88, referente a realização de despesas com ausência de documentos comprobatórios, além de remanejamento pelo atual gestor das quantias de R$ 7.808,50, concernente a despesas alheias ao Fundef e R$ 23.634,82 que não foi utilizado no percentual mínimo de 60% do Fundef.

Da Câmara municipal de Rio do Fogo, prestação de contas referente ao 6º bimestre de 2006, sob a responsabilidade dos srs. José Francisco Alves e Pedro Paiva Neto. Considerando a inércia dos gestores em apresentar a documentação necessária à instrução processual, o voto foi pela não aprovação das despesas, com restituição ao erário da quantia de R$ 64.421,70. Da prefeitura de Carnaubais, prestação de contas referente ao 1º bimestre de 2005, responsável Antônio Ferreira da Cunha. O voto foi pela irregularidade, com restituição ao erário da quantia de R$ 26.180,00, pela ausência de documentação comprobatória de despesa.

De Coronel Ezequiel, prestação de contas referente ao 2º bimestre de 2002, responsável Antônio Faustino da Costa. O gestor não apresentou a documentação necessária à comprovação da regularidade das despesas, por isso teve as contas rejeitadas, devendo ressarcir ao erário a quantia de R$ 22.806,73. Da câmara municipal de Coronel Ezequiel, prestação de contas relativas ao exercício de 2006, responsável José Francisco dos Santos Filho. O voto foi pela não aprovação das contas, com restituição de R$ 15.115,00, relativo a concessão irregular de diárias, ausência de destinação dos gastos com locação de veículo.

Da Câmara municipal de João Pessoa, prestação de contas de 2005, sob a responsabilidade de Marilene Alves Cardoso. O voto foi pela irregularidade, com restituição de R$ 33.851,00, referente a aquisição de combustível sem demonstração de sua destinação pública, além de concessão de diárias sem comprovação necessária da realização da despesa em prol do poder público.Prefeitura de Currais Novos, balancete do Fundef – 1999, responsável Geraldo Gomes de Oliveira. O voto foi pela restituição ao erário da quantia de R$ 64.872,92, decorrente da aquisição de material sem destinação especifica e pagamento de despesas estranhas ao Fundef. Voto ainda pelo remanejamento do montante de R$ 34.662,40, referente as despesas estranhas á área de abrangência do Fundef.

O conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes relatou processos da prefeitura de Lagoa Salgada, prestação de contas 2002, responsável Francisco Canindé Freire. O voto foi pela irregularidade, ante a omissão do gestor em prestar contas, impondo ao responsável pela despesa o dever de ressarcir integralmente o débito imputado, no valor de R$ 37.466,65, devidamente atualizado pelo corpo instrutivo, além de multa de R$ 11.240,00. Da câmara municipal de Serrinha, apuração de responsabilidade – exercício 2004 e 2005, responsável João Ferreira Sobrinho. O voto foi pela aplicação de multa de R$ 10.760,00, em decorrência dos atrasos na entrega das prestações de contas bimestrais e relatório de gestão fiscal do 3º e 6º bimestre de 2005.Prefeitura de Nova Cruz, apuração de responsabilidade a cargo do sr. Cid Arruda Câmara. Em decorrência do atraso na entrega dos relatórios de gestão fiscal de 2004 e 2005, o voto foi pela aplicação de multa no valor de R$ 56.406,40.

A conselheira Maria Adélia Sales relatou os seguintes processos: da prefeitura de Jardim do Seridó, documentos e balancetes do Fundef – exercício de 2002, responsável o sr. Patrício Joaquim de Medeiros Júnior. A conclusão do voto: sob a responsabilidade do ordenador das despesas, restituição de R$ 9.591,00, pela ausência de documentação comprobatória de despesas. Ao atual gestor, apresentação no prazo de 30 dias do plano de aplicação de valor não utilizado para remuneração do magistério, totalizando R$ 54.629,96, cujo pagamento deve ser efetuado aos professores em trinta dias após o prazo ante dito. Prefeitura de Goianinha, prestação de contas do exercício de 2006, sendo ordenador da despesa o sr. Rudson Raimundo Honório Lisboa. Em decorrência da não apresentação de documentação solicitada pelo TCE, o voto foi pela irregularidade, determinando-se a restituição de R$ 182.219.00 de valores executados e não comprovados.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *