Manutenção em poço suspende abastecimento de bairros da Zona Norte de Natal

Foto: CAERN/ASSECOM

A equipe de manutenção da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está trabalhando no conserto da bomba do poço 56, que atende os bairros Alvorada, Algimar, Santa Inês e adjacências, na Zona Norte de Natal.

A previsão da Caern é concluir a manutenção corretiva nesta quinta-feira (31) à noite, já o prazo de normalização é de 48h após a conclusão do serviço.

Acusado de tentar matar vizinho durante briga pelo uso da água em um poço no interior do RN irá a júri popular

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RN manteve a sentença de pronúncia de um homem acusado de tentar matar seu vizinho durante uma briga pelo uso da água em um poço. O caso ocorreu em Água Nova, em janeiro de 2014. De acordo com a pronúncia, o crime de homicídio não foi consumado por circunstâncias alheias à vontade do réu, uma vez que a vítima utilizou um animal como escudo para se proteger dos disparos.

A briga pelo uso da água foi considerado um motivo “fútil” e levado em conta na formulação do tipo penal: homicídio qualificado na forma tentada, crime pelo qual o réu foi pronunciado, em sentença da Comarca de Pau dos Ferros, na Ação Penal nº 0100719-37.2014.8.20.0108.

Segundo a Denúncia do Ministério Público, Francisco Pereira da Silva atentou contra a vida de Aldair Ferreira de Queiroz, disparando por três vezes contra ele, não conseguindo o resultado ‘morte’ por circunstâncias alheias à sua vontade, pois errou os disparos; contudo, por erro na execução, vindo a atingir e matar uma vaca, a qual foi utilizada como escudo pelo ofendido para se proteger.

“Com efeito, sobressaem dos autos a materialidade delitiva, por meio do Auto de Exibição e Apreensão da arma utilizada no crime, e os indícios de autoria capitaneados pela própria confissão do acusado”, ressaltam os desembargadores.

A decisão considerou que, mesmo que a defesa insista pelo afastamento da qualificadora do inciso II do parágrafo 2º, do artigo 121 do CP (motivo fútil), os elementos instrutórios apontam a outra constatação, diante da falta de importância do motivo ensejador da discussão entre os envolvidos.

O órgão julgador ainda acrescentou que, sendo a fase de pronúncia norteada pelo princípio “in dubio pro societate” (na dúvida, favorecer a sociedade), ainda que exista dúvida acerca do fato delitivo e de sua autoria, deve a autoridade pronunciante remeter os autos ao juiz natural da causa, o Tribunal do Júri Popular.

TJRN

Primeiro poço da obra do Túnel de Drenagem da Arena das Dunas será escavado nesta terça

A secretaria municipal de Obras e Infraestrutura (Semopi) informa que na manhã desta terça-feira (21) será iniciada a escavação do primeiro poço da obra do Túnel de Drenagem da Arena das Dunas. Os trabalhos acontecem na Avenida Jerônimo Câmara, via que já foi totalmente preparada para receber a intervenção. Nesta primeira fase da obra serão escavados dez poços. O secretário adjunto de operações da Semopi, Caio Múcio, explica que cada poço necessita de uma equipe independente para realizar o trabalho, exigindo a instalação de uma estrutura complexa com refeitório, geradores, compressores e vários outros equipamentos. Seguindo o rigorosamente o cronograma de obras apresentado, Caio Múcio acredita que até o final dessa semana mais poços sejam escavados.

A ordem de serviço para o inicio das obras do de construção do Túnel de Drenagem no entorno da Arena das Dunas foi assinada no inicio de abril. O objetivo da obra é levar as águas das lagoas e áreas próximas até o seu destino final: o Rio Potengi. O benefício tem custo aproximado em R$ 200 milhões e faz parte do complexo de obras da Copa do Mundo devendo ter a sua primeira parte concluída até maio de 2014. A construtora Queiroz Galvão é a responsável pela execução dos serviços. As intervenções constam da limpeza e urbanização de cinco lagoas: a de São Conrado em Dix-Sept Rosado, duas do Centro Administrativo (que serão interligadas por meio de nova tubulação com diâmetro superior ao existente); e duas da Cidade da Esperança.

Essas cinco lagoas serão interligadas a um túnel com 4.500m de extensão e diâmetro medindo 2,20 a 3,00m que será construído a partir das lagoas do Centro Administrativo. O túnel segue adiante passando pela Av. Jerônimo Câmara até chegar a Av. Interventor Mário Câmara – onde haverá uma bifurcação – com um braço saindo para a Lagoa de São Conrado e outro para as lagoas da Cidade da Esperança. O percurso prossegue na Av. Jerônimo Câmara até a Rua dos Caicós, pegando a Rua Miguel Castro a esquerda em direção ao Rio Potengi.