Saúde

Prefeitura de Parnamirim inicia ano letivo de 2021 da rede municipal de ensino e abre matrículas para novos estudantes

A Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), iniciou na última segunda-feira (5), o ano letivo de 2021 da rede municipal para os alunos já matriculados nas modalidades do ensino fundamental (anos iniciais e finais) e Educação de Jovens e Adultos (EJA). A partir do mesmo dia também estão abertas as matrículas para os novos estudantes.

Em razão da pandemia da Covid-19, as aulas seguem acontecendo em formato remoto, com atividades impressas, as quais são entregues nas escolas e também enviadas através do whatsapp para os que possuem acesso.

As matrículas dos novos alunos estão acontecendo de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, nas Unidades de Ensino. Para realizar matrícula, os pais ou responsáveis devem levar os seguintes documentos: xerox da certidão de nascimento, 3 fotos 3/4, xerox do comprovante de residência e declaração do histórico da escola de origem.

Opinião dos leitores

  1. A prefeitura de Parnamirim tem que agilizar a vacinação. Enquanto Natal vacina a população com 64 anos aqui está programado para 65 anos até o dia 14/04. Estão vacinando por ordem alfabética. Tem que agilizar esse processo. É possível, é só querer.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Escola de Natal vai estender ano letivo até 2021 para valorizar aprendizagem

Após recesso, Maple Bear Natal vai concluir calendário em fevereiro para turmas de ensino infantil e fundamental. Fotos: Divulgação

Depois de um ano totalmente atípico, com interrupção das atividades, aulas on-line e retorno ao convívio presencial, tudo que a escola, os pais e os alunos desejam é que não ocorram prejuízos para o aprendizado. Por isso mesmo, a Maple Bear Natal vai encerrar o ano letivo de 2020 em 2021. A instituição vai ultrapassar o quantitativo de carga horária exigido para o ensino fundamental e cumprir mais do que o mínimo determinado para as turmas de ensino infantil.

De acordo com o Ministério da Educação, esse ano, os alunos do ensino fundamental devem cumprir 800 horas/aula. A carga horária leva em conta também as aulas remotas. Na Maple Bear Natal, os alunos já são matriculados para cumprirem mais de 1mil horas/aula e isso será mantido. As aulas vão até o dia 12 de fevereiro de 2021, com recesso entre os dias 23 de dezembro e 17 de janeiro.

No ensino infantil, o mínimo exigido pelo MEC, diante do atual momento, são 480 horas/aula. Na escola, os alunos dessa faixa tiveram acréscimo de 45 minutos na carga horária diária e aulas aos sábados. Dessa forma, a Maple Bear Natal vai ministrar mais de 600 horas/aula para as crianças. O calendário prevê um recesso de 24 de dezembro a 10 de janeiro, com as últimas turmas em aula até o dia 12 de fevereiro do próximo ano. As atividades aos sábados serão mantidas apenas no mês de dezembro e o acréscimo no horário diário permanece após o retorno. No ensino infantil, as aulas remotas passaram a contar para o ano letivo apenas após o retorno das atividades presenciais, em setembro.

“Nossa compromisso é com a aprendizagem dos alunos, preparar essas crianças para o próximo ano letivo. Entendemos que vão existir dificuldades e demandas e, por isso mesmo, já começamos a colocar em prática um plano de ação, para acompanhar esses estudantes. Nosso objetivo é diminuir ao mínimo possível qualquer tipo de prejuízo causado pela pandemia. A gente quer que os alunos da Maple Bear Natal aprendam com qualidade, sem atropelos, logo estamos dando mais dias de aula”, explicou Julyana Freitas, diretora da unidade do ensino infantil.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Ano letivo de 2020 no RN deve ser concluído em 2021, diz secretário de Educação

Foto: Getty Images

Em entrevista ao Bom Dia RN da Inter TV Cabugi nesta quarta-feira(01), o secretário estadual de Educação, Getúlio Marques, disse que o ano letivo de 2020 no Rio Grande do Norte poderá ser concluído no ano que vem por causa da pandemia de Covid-19. Na ocasião, reconheceu que apesar das tentativas de amenizar o impacto no ensino com aulas pela internet e distribuição de materiais impressos, “boa parte” dos alunos não possui condições necessárias para o aprendizado fora das salas de aulas. Embora as perdas sejam significativas, o secretário acredita que o ano não está perdido.

Segundo Getúlio, a proposta inicial que está sendo discutida é a recuperação do ano letivo por meio de ciclos, que se estenderiam até 2021, com o conteúdo do ano anterior.

“O ano está comprometido, mas não está perdido. Provavelmente é o que vai acontecer, se não for assim aí é que vai ficar complicado porque o ano letivo de 2021 vai entrar em 2022”, destaca.

Nessa terça-feira(30 de junho), a governadora Fátima Bezerra anunciou que as aulas presenciais no estado podem ser retomadas em 14 de agosto, portanto quase seis meses depois do início da paralisação. A chefe do Executivo do RN ressaltou ainda que a data é apenas um indicativo e não está definida.

As aulas nas redes públicas e privadas estão suspensas desde 18 de março.

Com acréscimo do G1-RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Bolsonaro suspende obrigatoriedade de dias mínimos do ano letivo, mas mantém carga horária

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quarta-feira (1º) uma medida provisória que suspende a obrigatoriedade de escolas e universidades cumprirem a quantidade mínima de dias letivos neste ano. No entanto, ele manteve a obrigatoriedade da carga horária mínima.

Na prática, as instituições de ensino vão ter que cumprir a carga horária mínima em uma quantidade menor de dias letivos.

A medida vem após a suspensão de aulas para tentar frear a transmissão de casos de coronavírus, em meio à pandemia. O objetivo é evitar aglomerações.

Atualmente, a legislação determina que a carga horária anual deve ser de pelo menos 800 horas para o Ensino Fundamental e para o Médio, distribuídas em pelo menos 200 dias letivos. No caso do Ensino Superior, o ano letivo mínimo também é de 200 dias.

Educação em saúde

De acordo com a medida provisória, o ensino superior em medicina, farmácia, enfermagem e fisioterapia também terão os dias letivos abreviados, desde que cumpram algumas regras:

75% da carga horária do internato do curso de medicina
75% da carga horária do estágio curricular obrigatório dos cursos de enfermagem, farmácia e fisioterapia

Aulas a distância

Algumas instituições têm adotado aulas a distância para manter o aprendizado dos estudantes enquanto cumprem quarentena.

A modalidade enfrenta desafios, já que nem todos têm acesso à internet de qualidade ou estão preparados para a autonomia nos estudos.

No caso das universidades, ao menos três instituições federais de ensino suspenderam as aulas virtuais, em busca de manter a qualidade do ensino.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Para esclarecer, a carga horária mínima já está sendo trabalhada obrigatoriamente, talvez o ministro da educação e seu gestor maior não fazem ideia do cenário que estamos vivendo junto com a comunidade escolar. Não vejo acrescentar nada nessa tomada de decisão senão pensando no lado financeiro que prejudica as instituições educacionais privadasde porte pequeno.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Prefeitura implementará passe-livre a partir do início do ano letivo; alameda na ZN e atrações do carnaval confirmadas

Por interino

Untitled-2

Prefeito Carlos Eduardo anunciou as novidades no fim da manhã desta segunda-feira(5), através do microblog twitter. (Imagem-Reprodução).

Opinião dos leitores

  1. Enquanto isso, as paradas de ônibus (quando existem) estão CAINDO na cabeça das pessoas. Vamos dar uma atenção a isso, senhor prefeito!

  2. OUTRO, TOGANDO FOGO NO DINHEIRO DO POVO, CARNAVAL, É PARA O FOLIÃO QUE QUER BRINCAR GASTAR. DINHEIRO PÚBLICO NÃO ERA PARA PATROCINAR FESTA DE JEITO NENHUM. PEGUE ESSE DINHEIRO E VÁ APLICAR NA PASSARELA DA BERNARDO VIEIRA QUE TEM MUITO MAIS SERVENTIA.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Atraso em reforma de CMEIs de Mãe Luiza adiam ano letivo‏

imageA vereadora professora Eleika Bezerra (PSDC) visitou três Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) no bairro de Mãe Luiza, que foram beneficiados no ano passado, através de emenda da parlamentar, com recursos para reformas. Segundo o que apurou in loco, o ano letivo será adiado por causa do atraso das obras.

“A Prefeitura Municipal do Natal nos garantiu que essas obras ficariam prontas até o início do ano letivo e não foi o que verificamos”, disse a vereadora, que assegurou no ano passado recursos da ordem de R$ 274 mil para reformas nos CMEIs Padre João Perestrello, Galdina Barbosa Silveira Guimarães e Nossa Senhora de Lourdes, todos localizado no bairro de Mãe Luiza.

image-1

Segundo informações da Secretaria Municipal de Educação, o ano letivo nos três CMEIs irá iniciar no dia 10 de fevereiro. “Esperamos que não haja mais nenhum atraso, porque prejudica os alunos, que serão os maiores beneficiados com as reformas”.

image-2

Salários atrasados

A vereadora também constatou o atraso nos salários de boa parte dos terceirizados da Educação. “Alguns profissionais estão a até 2 meses de salários atrasados. Isso é um absurdo que acontece constantemente com esses profissionais contratados pelas empresas que prestam serviço às escolas”, denunciou.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Secretaria da Educação muda início do ano letivo para 28 de janeiro

A Secretaria de Estado da Educação comunica a mudança do início do ano letivo para o dia 28 deste mês. Tal mudança decorre da grande procura de matrículas nas últimas 48 horas, o que exige maior tempo para efetivação da matrícula na escola. Um novo Calendário Escolar será disponibilizado nos próximos dias.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *