Destaque nacional: Executiva Agência vence duas categorias do Prêmio Colunistas 2019

Fotos: Divulgação

A Executiva Agência de Comunicação está fechando o ano de 2019 com mais premiações de destaque no universo da propaganda. Com a direção dos publicitários Erick Gurgel e Odemar Neto, a Executiva foi a agência vencedora do RN no Prêmio Colunistas Norte e Nordeste 2019, um dos mais importantes na área de comunicação, publicidade e marketing do Brasil, realizado pela ABRACOMP.

As categorias conquistadas pela Executiva foram de mídia exterior e mídia impressa com as seguintes colocações: Bronze de Mídia Exterior: Campanha Moto; e Finalista de Mídia Impressa: Não Deixe o Trânsito lhe Transformar. Ambas as campanhas foram produzidas para o Detran/RN, via Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte.

O diretor Odemar Neto comemora não somente o prêmio, mas a soma de resultados positivos que marca o ano de 2019. “Está sendo um ano de muitas conquistas, ganhamos destaque internacional na Ahrquives com os clientes Cei e kale to go; fomos três vezes destaque Ads of the words com Detran, Potigás e Agora FM, e pra fechar, já chegando aos últimos meses do ano, estas duas premiações no Colunista 2019 com a Assecom. Só temos que agradecer a toda equipe e investir cada vez mais na criação e envolvimento com os nossos clientes. O melhor prêmio, sem dúvida, é a satisfação e resultado positivo de cada um deles”, afirma.

Motoristas de Natal entram em greve na abertura da Copa e afetam 530 mil, destaca UOL

Usuários de ônibus em Natal enfrentam problemas para pegar transporte coletivo nesta quinta-feira (12), dia do início da Copa do Mundo no Brasil. Cerca de 530 mil pessoas estão prejudicadas com a greve dos rodoviários, iniciada hoje na capital potiguar, que é uma das cidades-sede do Mundial.

O eletricista Álvaro Barros da Silva, 37, reclamou da demora dos ônibus no bairro da Candelária, nesta manhã. Ele contou que chegou atrasado para um serviço que está prestando no bairro da Ribeira. “Passei quase uma hora no ponto do ônibus esperando um transporte. Avisei ao cliente que ia chegar atrasado e vou sacrificar meu horário de almoço para terminar o que tinha de fazer hoje aqui na Ribeira”, disse Silva.

A estudante universitária Riana Lins, 21, também reclamou da espera no ponto de ônibus e acabou conseguindo uma carona para a UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte). “Demorei 40 minutos e nada de o ônibus passar. A minha sorte foi que a mãe de uma amiga me deu carona e mesmo assim enfrentamos um trânsito terrível”, disse.

Reivindicações

O Sintro (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Rio Grande do Norte) pede 16% de reajuste nos salários dos motoristas e cobradores e o valor de R$ 450,00 para o tíquete-alimentação.

A categoria recusou a proposta do SET (Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Natal) de 5,82% de reajuste, com base do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

“Informamos aos empresários que o abono de 5,82% não foi aceito pela categoria e como não houve contraproposta vamos manter a greve por tempo indeterminado”, disse o presidente do Sintro, Nastagnan Batista, ao sair da reunião entre a rodoviários e a classe patronal, que foi intermediada pelo MPT (Ministério Público do Trabalho), nesta manhã.

Atualmente o valor da passagem de ônibus é de R$ 2,20. Durante a reunião com empresários e rodoviários, a Semob se comprometeu de estudar reajuste da tarifa.

Durante todo o dia, equipes da Semob estarão nas portas das empresas de ônibus para registrar o número de veículos que estão saindo às ruas. O controle do número de ônibus deverá ser informado ao TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 21ª região.

O desembargador José Rêgo Júnior determinou, nessa quarta-feira (11), que os rodoviários mantivessem pelo menos 70% da frota operando em horário de pico e 50% nos horários de pouca demanda de passageiros para que a greve não prejudique os usuários do transporte coletivo. O horário de pico compreende o intervalo entre 5h e 9h e 16h às 20h.

Em caso de descumprimento, foi determinada ainda a multa diária no valor de R$ 100 mil para ser aplicada ao Sintro.

O TRT determinou ainda que o Sintro não extrapole as ações sindicais nesta quinta-feira, como fechar vias públicas, impedir o acesso de trabalhadores às garagens, como também depredação de ônibus.

UOL

REPERCUSSÃO NACIONAL: Policiais e bombeiros militares entram em greve no RN, destaca O Globo

Policiais e bombeiros do Rio Grande do Norte entraram em greve nesta terça-feira. As categorias reivindicam melhorias estruturais, envio da Lei de Promoção de Praças para a assembleia do estado e concurso público. Nesta manhã será realizada uma assembleia para decidir pelo fim ou pela manutença da paralisação.

O secretário de Segurança Pública e da Defesa Social Elieser Girão afirmou que o estado possui efetivo suficiente para atender os serviços de segurança mesmo com a paralisação. O secretário se pronunciou após publicação de mensagens na internet que alertavam para possíveis arrastões e saques durante a greve.

— Isso não vai acontecer — garante.

Elieser Girão classificou os textos como terroristas e informou que a Secretaria abriu uma investigação para apurar suas origens.

— Estamos com investigações abertas em função de mensagens, que eu classifico como sendo mensagens terroristas, pregando o terror na população, dizendo que vai haver quebra, saques, homicídios, por causa dessa paralisação — disse em entrevista a Intertv, afiliada da TV Globo.

Sobre a greve, Girão afirma que o governo não aceita a greve porque a negociação não foi interrompida e que a paralisação foi originada de uma associação e não de um sindicato.

— A associação tem papel de associação e não de sindicato. Eles precisam entender isso. Não vou aceitar que pessoas levantem bandeiras políticas no meio da associação. Eles são profissionais que estão trabalhando e devem trabalhar.

O Globo

A notícia já ganhou destaques em outros grandes portais, como Estadão, Uol e outros.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Claus disse:

    Esse secretário é um palhaço mesmo, dizer que o estado tem como atender os serviços de segurança mesmo com a paralisação, secretário o estado não tem como atender o tal serviço com o efetivo completo imagine com essa paralisação, secretário volte pro seu EB, e pare de conversar asneira.

  2. Sergio Nogueira disse:

    Triste ocaso de um Governo que na verdade ninguém sabe se começou. Passados os quatro anos a Prefeita estadual não tem nada o que apresentar, nenhum projeto que alavancasse o RN, nenhuma ação concreta que trouxesse melhorias ao povo.
    Crise na saúde, que até Secretário demitido em feriado após reportagem da Globo, na educação, na segurança, estradas que não foram recuperadas, o prolongamento da Prudente que não conseguiram fazer 250 metros por ano e enfim concluí-lo.
    Penso que o caso é de sentir vergonha pela incapacidade administrativa cujos auxiliares, domésticos, inclusive, e outros que só conheciam o horizonte mossoroense do mundo, afundaram, impediram ou nada fizeram.
    Aguarda-se pedido de desculpas.

Folha destaca anúncio de investigação do TJRN a desembargador

 O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte vai investigar se houve falta ou infração funcional na conduta do desembargador Dilermando Mota, suspeito de humilhar um garçom numa padaria de Natal no último dia 29.

A portaria para instaurar a investigação preliminar será publicada até esta quarta-feira (8), de acordo com a assessoria do Tribunal, e terá prazo de 60 dias para a conclusão. Nesse período, o magistrado permanecerá normalmente em suas funções no TJ-RN.

Se as investigações indicarem que houve infração por parte de Mota, ele poderá ser alvo de sindicância ou de processo administrativo disciplinar. Se a corte entender que não houve falta, o caso é arquivado.

O episódio envolvendo o desembargador do TJ-RN ocorreu no dia 29 de dezembro, durante café da manhã na padaria Mercatto, na zona sul da capital potiguar.

Vídeos publicados no YouTube por testemunhas mostram o momento em que o desembargador discute com outro cliente, o empresário Alexandre Azevedo, 44.

Segundo Azevedo, que estava em uma mesa ao lado de Mota, o desembargador ficou irritado porque o garçom não colocou gelo em seu copo e gritou com o funcionário da padaria na frente dos demais clientes.

Ainda de acordo com Azevedo, o magistrado “puxou o garçom pelo ombro”, exigiu que lhe tratasse como excelência e ameaçou agredir o funcionário.

O empresário disse à Folha que entraria com uma representação contra o magistrado no CNJ (Conselho Nacional de Justiça) por abuso de autoridade.

MAGISTRADO NEGA ABUSO

Em nota divulgada pelo TJ-RN, o desembargador Dilermando Mota afirma que não houve abuso de autoridade e nega ter humilhado o garçom.

“A verdade é que um simples e moderado pedido de esclarecimentos de um cliente a um garçom, que já havia sido solucionado, gerou uma reação de um terceiro com ameaças, gritos e total desrespeito ao público presente. Não houve abuso de autoridade como o propagado, mas somente uma atitude de defesa pessoal e da família presente, inclusive uma filha menor de dois anos de idade”, afirmou o desembargador.

Ainda na semana passada, a assessoria de imprensa da padaria Mercatto divulgou nota em que lamenta o episódio e afirma que a empresa “está oferecendo todo o suporte necessário ao funcionário envolvido”.

O garçom tinha sido afastado do trabalho e passou por consultas com psicólogos após a confusão, pois ficou “muito abalado” com a confusão.

Folha

Escola Estadual no interior tem uma das seis melhores gestões do país e disputa título de referência

A Escola Estadual Terezinha Carolino, de Jaçanã(147 km de Natal), é uma das seis escolas estaduais de melhor gestão do país, segundo o Comitê Nacional de Avaliação do Prêmio Gestão Escolar 2013, do Conselho Nacional de Secretários de Educação – Consed. Além da escola potiguar, outras cinco escolas do país receberão um prêmio de R$ 10 mil e o diploma de “Escola Destaque Nacional”. Dentre elas, sairá a grande vencedora, que receberá R$ 30 mil e o título de “Escola Referência Brasil”, no dia 31 de outubro, em Brasília.

Essa é a segunda vez consecutiva que uma escola do Rio Grande do Norte se classifica para a final do prêmio de Gestão Escolar. Em 2012, a escola estadual Presidente Kennedy, de Natal, também ficou entre as seis melhores do país e conquistou destaque nacional. Feliz com o resultado, a secretária de Estado da Educação, Betania Ramalho, parabenizou o diretor da escola, Oton Mário, e a equipe da unidade. “Não há segredo para uma escola conseguir bons resultados. Quando o diretor e os professores trabalham juntos, com o acompanhamento da comunidade escolar, os alunos sempre saem ganhando.”

Ligada à 7ª Diretoria Regional de Educação, a escola Terezinha Carolino apresenta um prédio bem conservado, possui sete salas de aula, salas administrativas bem organizadas, grêmio estudantil e um serviço de rádio que permite a comunicação entre as salas de aula. Entre as ações desenvolvidas em parceria com o grêmio, a equipe gestora e docente articula a realização de atividades temáticas e passeios ciclísticos, envolvendo a comunidade. Além disso, dispõe de materiais, como globos, mapas, dicionários, revistas, paradidáticos, moldes, projetores, TV , jogos matemáticos, tela digital e videoteca, para as práticas pedagógicas.

De acordo com o presidente da comissão estadual do Prêmio de Gestão Escolar, Edmilson Simplício, um dos critérios usados para a participação no prêmio é o Índice de Desenvolvimento de Educação Básica – IDEB. “Nos últimos anos, a Escola Estadual Terezinha Carolino, aumentou seu índice de 3,2 para 4,3. Sem falar do crescente índice de aprovação e diminuição da reprovação, que também contaram para a conquista na final nacional.”

O diretor da escola, professor Oton Mário de Araújo, relaciona o resultado aos projetos pedagógicos e científicos realizados em conjunto com os professores e alunos. “Todos estavam bastante empolgados com a possibilidade de realizar um bom trabalho na escola, tanto que a comunidade também nos ajudou, de forma voluntária, a manter a escola bem cuidada”, disse ele. Em novembro, Oton Mário irá participar de um intercâmbio nos Estados Unidos, onde passará 22 dias conhecendo escolas e trocando experiências de políticas públicas em educação.