EMBAIXADA BRASIL-EUA: Parecer de Advocacia do Senado não vê nepotismo no caso de Eduardo Bolsonaro

Foto: Reprodução/Instagram

A Advocacia do Senado Federal deu parecer favorável, na terça-feira (3), à indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro, para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

A consulta ao órgão foi feita pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), para verificar a aplicabilidade da Súmula Vinculante nº 13 do STF (Supremo Tribunal Federal) à nomeação de chefe de missão diplomática permanente.

A decisão do tribunal trata sobre “a nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança ou, ainda, de função gratificada na administração pública direta e indireta em qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal’.

O parecer, publicado pelo órgão, considerou que a indicação de Eduardo não configura nepotismo e que não desrespeita a súmula.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rogério Rocha disse:

    Nem os maiores ditadores tiveram tamanha coragem…

  2. Bozó disse:

    Pra se dar bem na vida tem que saber fritar hamburger …. e tome peia…

  3. Delano disse:

    Só não é nepotismo, mandar Flávio bolsonaro pra papuda. Ele merece, sem sombra de dúvidas.

Gilmar Mendes dá ao TCU acesso a processo que investiga caso Coaf-Glenn Greenwald

Foto: Gustavo Stephan | Agência O Globo

O TCU a partir de agora terá acesso a todos os detalhes de eventuais investigações em curso sobre movimentações financeiras de Glenn Greenwald, que estariam sendo feitas pelo extinto Coaf.

Gilmar Mendes aceitou um pedido do TCU e autorizou, em despacho de cinco páginas, o compartilhamento integral dos autos da ação em que a Rede pede ao STF que suspenda quaisquer atos que tenham determinado a instauração de inquéritos com o objetivo investigar o dono do “The Intercept Brasil”.

O pedido do TCU foi feito pelo ministro Bruno Dantas, relator da representação aberta no tribunal acerca de eventuais irregularidades ocorridas no âmbito do Coaf em relação a Glenn.

Mendes autorizou o “compartilhamento integral das informações” que constam nos autos do processo.

Lauro Jardim – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Waldemir disse:

    Isso nao e justiça so defende bandido

  2. Ana leticia disse:

    Mais uma do bandido mor da justiça.

Marido encontra mulher no Tinder enquanto procurava caso extraconjugal

Foto: REUTERS/Mike Blake/Illustration

Usar o Tinder pode ser interessante para solteiros ou aos que vivem em um relacionamento aberto. No entanto, o aplicativo pode surpreender quando o objetivo é achar uma amante.

Foi o caso recente de um homem anônimo, de 32 anos, que compartilhou seu drama com usuários do Reddit. Ele conta que sua mulher, com quem está casado há um ano e conheceu há três no Tinder, fez uma viagem de negócios há um mês e precisou partir para outra viagem de uma semana em 15 de julho.

O rapaz então, na véspera de seu aniversário, se sentiu solitário e resolveu baixar a ferramenta. O que ele não esperava era encontrá-la na lista de pretendentes. “Fiquei chocado por um momento. Me perguntei se deveria deletar e fingir que nada aconteceu”, relata.

O homem chegou a pensar que um robô tivesse roubado a foto da mulher, de 29 anos, mas viu que tinha uma imagem do casal em que ele aparecia cortado.

Sem querer deixar a história passar batida, o marido selecionou o perfil dela e eles combinaram instantaneamente, o que significa que ela já havia ‘dado like’ no perfil dele.

Além disso, a mulher estava a 160 quilômetros de casa (distância entre a cidade de São Paulo e o município de Tietê, no interior do Estado), o que não condizia com a viagem de longa duração que ela lhe contou.

O anônimo disse que falaria com a companheira assim que ela voltasse da viagem para perguntar o que estava ocorrendo. Depois disso, ele não contou os desdobramentos na rede social, mas usuários especulam que ela baixou para ver se o marido era fiel ou só porque queria um momento extraconjugal, assim como ele. Leia aqui a publicação original.

Emais – Estadão

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos disse:

    Rapaz só sei fazer amor com uma mulher gemendo, se eu não gemer não valeu.

  2. Silvio disse:

    Mentira do inferno, eu sendo ele não queria mais ela. Mentira tem pernas curtas.

  3. Mentira do inferno. O que ele estava procurando lá? Ele é Santo? Ou esta é uma propaganda para o Tinder? Santo homem.

  4. Eduardo Peixoto disse:

    Blogueira do RN @thalitamoemablog condenada faz apologia a pedofilia em seu blog .
    https://www.instagram.com/p/B0oPpBMh6xB/

Bolsonaro compara Adélio ao caso Celso Daniel, e alerta para “queima de arquivo”

Jair Bolsonaro comparou Adélio Bispo de Oliveira a Celso Daniel:

“A defesa de Adélio fez a opção de passá-lo por maluco, mas ele tem a chance de falar agora (até com ele mesmo ou alguém da sua família do presidente).

E ainda:

“Estou dando uma chance porque ele está condenado, então tem que ser rápido porque o caso Celso Daniel foi muito rápido, foram nove vítimas executadas por queima de arquivo no processo todo.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ozanir disse:

    Pode a PF pra investigar Bolsonaro. Você é o Presidente. Ou vai me dizer que a PF é petralha também?

  2. Dilma disse:

    Porquê nenhum petralha indaga sobre a morte de Celso Daniel? É porquê sabem quem matou? Sabe-se que usaram o mesmo método da guerrilha, qualquer vacilo, queima o arquivo, seja quem for

Secretaria de Saúde explica caso de sarampo em Natal

Foto: Divulgação SMS

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) promoveram, nesta segunda-feira (29), uma coletiva de imprensa para explicar sobre o caso de sarampo confirmado em Natal na semana passada.

Segundo Vaneska Gadelha, chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI) da SMS, tanto o homem diagnosticado com a doença, quanto as pessoas que tiveram contato com ele, estão sendo observadas pelas equipes de saúde. “Foi feito o bloqueio vacinal de todas as pessoas que tiveram contato com o paciente e todos estão sendo acompanhados pelos próximos 30 dias para saber se apresentam algum sintoma”, destacou.

Com o bloqueio vacinal realizado dentro do que diz o Ministério da Saúde – até 72 horas após a notificação – o secretário adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli, destacou que não existe necessidade de pânico na população. “Foi um único caso e as equipes de saúde do município e estado agiram perfeitamente. Passamos 19 anos sem nenhum caso registrado em todo o Estado, o que significa que as vacinas funcionam. O que as pessoas precisam agora é manter a carteira de vacinação em dia”.

SMS e Sesap explicaram ainda que quem já foi vacinado contra sarampo não precisa tomar uma nova vacina. Entretanto, se uma pessoa até 49 anos não tem certeza se foi imunizado, pode buscar um posto de saúde para receber a dose. Acima dessa idade, não é feita a vacinação, já que existe o risco do paciente desenvolver a doença.

“As pessoas precisam aprender a cuidar de sua carteira de vacinação, como se cuidam de outros documentos, como carteira de identidade e motorista. É com a ela que o profissional de saúde vai saber se você está imunizado ou não para determinada doença”, explicou Vaneska.

O CASO

O paciente diagnosticado é do sexo masculino e tem 54 anos. Com histórico de viagem recente para o município de São Paulo – no período de 07 a 11 de julho – o paciente foi avaliado pelo médico infectologista e o material necessário foi coletado e encaminhado para análise, com a confirmação vindo dias depois.

SINTOMAS DA DOENÇA

Os sintomas iniciais apresentados pelos pacientes são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal estar intenso. Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Norman Lopes disse:

    Norman Lopes
    Jornalista – DRT PB 5237/90

    A última Leva de concursados, nos quadros da Secretaria de Saúde da Prefeitura do Natal, ainda continua ao deus-dará, tamanha indiferença do gestor, no tocante aopagamento das gratificações. O salário do enfermeiro, aprovado, nos quadros da Estratégia de Saúde da Família, por exemplo, sem a devida gratificação (GESF) vira um salário minguado e desprezível. Para se ter uma ideia do descaso e da falta de compreensão do prefeito Álvaro Dias (MDB), os funcionários recém concursados cumprem carga de 40 horas, mas o edital do concurso reza em letras garrafais 30 horas semanais. O direito à gratificação com o aumento da carga horária vira uma situação de vida ou morte. Salvo a primeira convocação dos aprovados, as últimas duas, a segunda e a terceira chamadas, ainda não receberam, apesar do longo período de 6 meses, um centavo da tão esperada gratificação.

    Os funcionários e suas respectivas famílias vêm de público conclamar MinistérioPúblico, Câmara de Vereadores e o Sindicatos das categorias. Não é possível que o simples capricho de um gestor sem coração ou bom senso condene famílias inteiras ao desprezo.

    Caso não haja a implantação do direito estabelecido, os concursados lesados pelo atual prefeito promoverão panelaços e apelarão, inclusive, pela tortura da greve de fome. É inadmissível que Ele, o prefeito – maior interessado no voto dos cidadãos – seja capaz de trair os funcionários concursados, justamente, em um ano pré-eleitoral.

  2. CABECINHA CARVALHO disse:

    Realmente o pessoal da secretaria passou no local para vacinar as pessoas que tiveram contato com o professor! Mas a pessoa que me referi não estava presente e vai passar no posto para tomar a vacina!!

  3. CABECINHA CARVALHO disse:

    Realmente o pessoal da secretaria passaram no local vacinar as pessoas que tiveram contato com o professor! Mas a pessoa que me referi não estava presente e vai passar no posto para tomar a vacina!!

  4. CABECINHA CARVALHO disse:

    Um professor também contraiu Sarampo , não sei se é a mesma pessoa!conheço pessoas que tiveram contato com o mesmo!! e não esta sendo assistida como diz a matéria da Secretaria de Saúde!

  5. Teresa disse:

    Em São Paulo tem muito casos.

Presidente da OAB diz que Moro ‘banca o chefe de quadrilha’ em caso de hackers

Foto: Adriano Machado-3.jul.19/Reuters

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, diz que o ministro da Justiça, Sergio Moro, “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”.

Na quinta (25), a Folha revelou que Moro telefonou para autoridades que teriam sido alvo dos hackers presos na quarta (24). E avisou que as mensagens das pessoas seriam destruídas em nome da privacidade.

Ele conversou com o presidente Jair Bolsonaro, com o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre.

A informação gerou forte reação: em primeiro lugar, Moro não poderia receber informações sobre o inquérito, que é sigiloso. Em segundo lugar, só o Judiciário, que supervisiona as investigações, pode decidir o que fazer com as provas coletadas na busca e apreensão feita na casa dos hackers.

Felipe Santa Cruz lembra que a OAB recomendou o afastamento de Moro do cargo quando as mensagens dele com procuradores da Lava Jato começaram a ser divulgadas. A entidade afirmou então que a gravidade dos fatos demandava “investigação plena, imparcial e isenta”.

“Muitos disseram que a OAB foi açodada quando sugeriu o afastamento do ministro, exata e exclusivamente para a preservação das investigações”, afirma o advogado.

Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ozanir disse:

    Porque ele quer destruir as gravações. Quem não deve não teme.

  2. Rivanilton disse:

    Kkkkkkkkkkkkk conta uma piada com um pouco mais de moral, porque esta é imoral.

  3. Lenice disse:

    A OAB, precisa rever seus conceitos!
    Só pode ser piada!!!

    rsrsrsrs

  4. Lenice disse:

    A OAB, precisa rever seus conceitos!
    Só pode ser piada!!!
    A bandidagem tem capacidade para tudo!
    rsrsrsrs

  5. Az disse:

    Procure saber sobre à história política desse cidadão. Ai vcs vão saber porque ele faz isso.

  6. Bento disse:

    Esse individuo que acusa o Herói Nacional é presidente de que mesmo, isso é uma seita, o que é
    isso, que na minha santa ignorância não sei. e ele pode pedir isso? Esse cara era para ir preso por
    acusar a maior autoridade da Justiça Brasileira.
    Esse cara só pode ser irmão de bu Tico Santa Cruz.
    Arre égua como o Brasil ta ficando chato, qualquer gato pingado agora quer mandar no Brasil.
    Vai dando teus coices prá lá.

  7. Luiz Fernando disse:

    Essa OAB não me representa.

  8. Jefferson disse:

    A polícia federal não é independente, ela tem autonomia administrativa.

Mencionando caso do picolé caseiro e ainda Natal Cap, senador Jean Paul Prates(PT-RN) esbraveja contra propagandas sonoras pelas ruas de Natal

Reprodução: Twitter

Após grande repercussão na capital potiguar nesta semana do episódio em que a Justiça negou pedido de um advogado para impedir anúncios de vendedores em sua rua em Natal, o episódio ganha mais um capítulo e solidariedade a autor da reclamação: trata-se do senador petista no Rio Grande do Norte, Jean Paul Prates, que usou as redes sociais para reclamar da poluição sonora.

Abaixo íntegra dos posts:

Veja mais: Advogado x picolé caseiro: Justiça nega pedido de autor para impedir anúncios de vendedores em sua rua em Natal

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tomaz disse:

    Petralha conversador de Bosta e sem Projetos.

  2. Hudson Jorge de MORAIS disse:

    A próxima campanha essa alma cebosa vai ficar dando uma se santinho.

  3. Morão e Moro disse:

    O bom é todo mundo que vende na informalidade passar todos os dias no prédio desse Carioca, quando souberem que ele está em cada.
    Isso é que é um cara sem projetos. O RN tá lascado com um senador desses, não pode ir pra frente de jeito nenhum. nenhum, mesmo!!!

  4. PÁDUA disse:

    QUER DIZER QUE VALE PARA CAMPANHA POLÍTICA TAMBÉM, NÃO É SENADOR?

  5. Julia disse:

    Moro no 20 andar de um prédio email consigo tirar uma sesta após o almoço pq aparece diariamente um maluco a berrar de forma amplificada: picolé caseiro…

  6. Neto disse:

    Se fosse um carro de som proclamando o mantra petista: "Lula livre", o Senador paraquedista, certamente, iria fazer campanha para que mais carros fizessem o mesmo. Agora, como é um trabalhador informal, que não deve pagar contribuição sindical, ele crítica.

    • Flávio A disse:

      Neto disse tudo com clareza!! Deixa o povo trabalhar,vcs encheram a burra no Governo dos PETRALHAS e agora vem reclamar de quem paga impostos para manter vcs no céu. Pois o Senado é o Céu na terra. Lá vcs tem de um tudo,que o povo nem imagina.

    • Flauberto Wagner disse:

      Neto, você matou a pau, pois é assim que coisa acontece e funciona.
      Vamos guardar este comentário do senador sem votos para usamos em 2020 na campanha.
      Prefiro um vendedor informal fazendo uso deste meio de comunicação, que os políticos mentido descaradamente em vias públicas.
      Estes palhaços só pensam neles e em sua corriola.

  7. Márcio Melo disse:

    Senador sem voto

  8. Ivan disse:

    Isso mesmo Senador (PT/RN), prendam esses trabalhadores ambulantes, são criminosos… Soltem nosso líder maior, ele não fez nada demais…Lulalivre!!!! ! kkkkkk, só pode ser piada…

  9. Antonio Turci disse:

    No caso do Picolé Caseiro Caicó, o carrinho passa frente à minha casa anunciando. Jamais chegou a incomodar pois, apenas passa. E o som é perfeitamente suportável. Na verdade, o ideal seria não precisar deste tipo de artifício para para se vender algo. Entretanto, considerando nosso estágio de pobreza e de dificuldades, creio que deveríamos ser um pouco mais tolerante. Incomodo, sim, e muito, quando o carra de som fica parado minutos e mais minutos fazendo anúncios com decibéis além do razoável. Não é o caso do picolé. Aliás, nunca provei o dito cujo. Mas vou experimentar.

  10. Manoel disse:

    É gópi!!!

  11. otavio disse:

    Ontem fiz 1 comentário não publicado sobre isso.Aqui no Barro Vermelho esse vendedor de picolé é o de menos.Pior são veículos anunciando o restaurante Paladar Tropical(o cara ainda acha pouco e para na frente do condominio)1 loja de moveis e o Natal Cap.

  12. TH Stricker disse:

    Senador Jeanpicolé, Agora eu quero ver alguém falar contra esses vigias de ruas com suas motos zoando de madrugada, acordando quem não contratou o serviço deles, deveria ter uma caixa de som no quarto de quem contrata esse tipo de serviço ???

  13. Evan Jegue disse:

    Tá certo mesmo, só quem mora em periferia é que sofre. É 19, é Maurisom…

  14. J. Dantas disse:

    Eu acho é pouco…. É gopi! Prende o trabalhador e solta o marginal: lógica desses doentes e fanáticos de seita política…kkkkkk

  15. Antônio José disse:

    Fica valendo também nas campanhas eleitorais.

  16. Helena disse:

    Pensei que um senador tinha assuntos mais importantes para se preocupar !

  17. lulapreso disse:

    uM zÉ mANÉ QUE NUNCA FOI NADA E AGORA ESTÁ SE ACHANDO. O IDEAL ERA QUE SEMPRE TER UMA NOVA ELEIÇÃO CASO O DETENTOR DO MANDATO DEIXASSE O CARGO. OUTRA OPÇÃO SERIA O SEGUNDO COLOCADO ASSUMIR.

    • Torá-Mundão disse:

      É triste isso, a maior parte dos comentários, em vez de focar na legitimidade e plausibilidade da questão, foca em atacar a pessoa ou o partido. Esse é um país muito pobre de debate político, muita gente rancorosa e carente interessada somente em difundir hostilidades, sem o menor interesse em escutar ou raciocinar sobre o debate político. É um retorno à era primitiva.

    • daniel disse:

      sera que todos os jean sao iguais? esse senadorzinho substituto ainda não desvobriu o que fazer ou para 'que serve um senador ? vai procurar o que fazer

  18. Nordeste com orgulho disse:

    Pois é. Ate agora estou me perguntando o q esse tal d JAN PÔ PARTES ta fazendo no senado…
    Ainda nao vi nem ouvi falar nada q esse bajulador tenha feito de concreto para nosso estado…

  19. José de Arimatea Lopes Fernandes disse:

    Babaquice de um senador, não tem preço, é falta do que fazer…

  20. sergio disse:

    Se é poluição, tem que ser combatida. Se não isso vira uma torre de Babel.

  21. adalberto disse:

    se a moda pega vai acabar com o mercado no interior do estado onde a principal ferramenta de divulgação são os carros de som anunciando.

  22. Jeilson disse:

    Quer mais barulho do q o silêncio desse senador q entrou de gaiato ! Q só tá lá por motivos pessoais e de interesse do pt! Não faz nada …o silêncio do inocente.

    • Torá-Mundão disse:

      É por essas e outras que discussões sérias e profundas sobre o país não avançam. O cara, por mais que eu tenha restrições ao PT, lançou uma discussão que diz respeito à qualidade de vida dos natalenses. Deveria ser apoiado, independente de sua sigla partidária. Essa poluição sonora é uma das expressões de nossa província subdesenvolvida e atrasada, onde pode se fazer o que quiser sem respeito às regras. Espero que a denúncia possa ganhar corpo e que a prefeitura leve a sério.

    • Cecília disse:

      Infelizmente esquecem que a crítica dele é válida. Existe abusos diários a população, infelizmente nem todos moram no Bosque dos Poetas para gozar de silêncio.

    • Flauberto Wagner disse:

      Torá-mundão, a qualidade de vida que os políticos roubaram e roubam do povo de Natal há muito tempo.
      Ninguém aqui dizendo que A ou B tá certo ou errado, agora esbravejava em redes sociais é a busca por mídia.
      Não esqueça do Carnaval e outros eventos feitos para riquinhos que o barulho é um verdadeiro inferno.

    • Everton disse:

      O carnatal já foi devidamente isolado, agora essas pragas de carro de som, continuam a rodo. Não é mitigar, é apenas regular para estar a um som não ofensivo, até porque alguns símios andam com o som estourado no carro, também incomodando.

  23. Torá-Mundão disse:

    Perfeito, Jean Paul. Em Ponta Negra, uma porcaria de um circo passou o último final de semana com um carro de som na av. Roberto Freire anunciando sua estréia, afetando a paz de quem quer descansar depois de uma semana de trabalho. Antes era a Barraca do Caranguejo. A pergunta é pertinente: e se todos os comércios de Ponta Negra começarem a fazer propaganda em carro de som?

  24. Ricardo disse:

    Simplesmente um babaca!

    • Junior disse:

      A parte incomodada deve ter recorrido ao senador suplente para ele soltar essa nota…simples assim! Poder da influência da classe alta!

    • Torá-Mundão disse:

      Ele tá errado? Não incomoda a vocês o barulho que empresas comerciais fazem, invadindo a privacidade e a tranquilidade do lar forçando a escutar propagandas que vocês não procuram e nem gostariam de ser obrigados a ouvir?

Defesa de Lula vai recorrer da decisão de TJ-SP que repassou caso a Moro

lulaA defesa do ex-presidente diz que apresentará recurso contra a decisão da Justiça de São Paulo, que repassou a denúncia do Ministério Público de São Paulo contra Luiz Inácio Lula da Silva, à Justiça Federal, informou o Instituto Lula em nota publicada em seu site. Os advogados de Lula entendem que a competência para analisar o caso é da Justiça de São Paulo.

A juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga de Oliveira, de 4ª Vara Criminal de São Paulo encaminhou a denúncia do Ministério Público do estado contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Justiça Federal do Paraná, mais precisamente para as mãos do juiz Sérgio Moro.

A denúncia contra Lula e mais 15 pessoas pede a prisão preventiva do ex-presidente, que será analisada agora pelo juiz da Lava Jato na primeira instância.

Na nota, os advogados do Lula afirmam que vão enviar recurso ao Tribunal de Justiça de São Paulo solicitando a impugnação da decisão proferida pela juíza.

“A competência para analisar o caso é da Justiça Estadual de São Paulo e não da 13ª. Vara Federal do Paraná, o que deverá ser reconhecido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, no julgamento do recurso que será interposto pelos advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus familiares”, diz a nota.

Os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins afirmam que:
– Lula e seus familiares não são proprietários do triplex do Edifício Solaris, em Guarujá (SP);
– Não há qualquer elemento que possa vincular o triplex ou a suposta reforma no imóvel a ‘desvios da Petrobrás’;
– Mesmo que fosse possível cogitar-se de qualquer vínculo com “desvios da Petrobras”, isso não deslocaria o caso para a competência da Justiça Federal;
– O imóvel está localizado no Estado de São Paulo e nenhum ato foi praticado no Paraná.
“Além disso, os advogados do ex-Presidente Lula também confiam que o Supremo Tribunal Federal irá decidir pela atribuição do Ministério Público do Estado de São Paulo, através de um promotor natural, escolhido por livre distribuição, para conduzir o caso, conforme recurso já interposto na ACO 2.833/SP”, diz a nota.
“A defesa do ex-Presidente Lula busca que os fatos sejam analisados pelas instâncias corretas, de acordo com a Constituição Federal e a Lei. Não se pretende evitar qualquer investigação. Ao contrário, o que se busca é evitar que alguns vícios evidentes no processo venham a motivar, no futuro, a sua nulidade, como já ocorreu em outros casos de grande repercussão”, completa a nota assinada pelos advogados.
A juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga de Oliveira entendeu que:
– os crimes denunciados são federais, e não estaduais;
– já há uma investigação em curso sobre esses crimes na Justiça Federal;
– toda a denúncia vai para a análise do juiz Sérgio Moro, incluindo as denúncias contra outras 15 pessoas, entre elas a ex-primeira-dama Marisa Letícia e o filho de Lula, Fábio Luís Lula da Silva, além do pedido de prisão de Lula e mais seis envolvidos;
– caso Moro entenda que a denúncia é de âmbito estadual, ele pode desmembrar o processo e devolver o que achar pertinente;
– o caso deixa de estar em segredo de Justiça em São Paulo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paulo disse:

    O homem mais honesto do planeta não pode ir para a cadeia.

  2. Fabio disse:

    Será se tem medo de Moro?????????? Vc né arrochado não molusco?????

  3. charles disse:

    Lascou-se molusco.

RN tem 188 casos notificados de microcefalia

microcefalia_0A Secretaria de Estado da Saúde Pública divulgou na tarde de hoje o mais recente boletim epidemiológico de microcefalia no Rio Grande do Norte. Até a semana epidemiológica nº 02, terminada em 16/01/2016, a Sesap registrou um total de 188 casos suspeitos de microcefalia relacionada ao Zika vírus, sendo três casos de intra-útero e 181 nascidos vivos, 2 nascimortos e 2 abortos. Até o momento ocorreram 16 óbitos.

Entre os casos notificados, 61 foram confirmados (53 por exame de imagem com alteração típica de infecção e quatro pelo isolamento do vírus zika e 4 óbitos pelo exame PCR) e 14 descartados para microcefalia relacionada à infecção congênita. Os casos notificados estão distribuídos em 49 municípios do RN.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP), através da Coordenadoria de Promoção à Saúde (CPS) recebeu recentemente a confirmação da associação entre o Zika vírus com a microcefalia e outras malformações. Um exame realizado pelo Centro de Prevenção e Controle (CDC) dos Estados Unidos confirmou a hipótese em quatro casos.

Os quatro casos são relativos a dois abortos e dois recém-nascidos falecidos com poucas horas de vida. Todos os casos foram positivos para Zika vírus usando PCR, e as amostras do cérebro dos dois recém-nascidos submetidas à análise imunohistoquímica foram positivas. Ambos apresentavam microcefalia e outras malformações.

De acordo com a investigação clínico-epidemiológica feita pela UFRN, todas as gestantes apresentaram febre e exantema (manchas vermelhas) durante a gestação. Em relação aos casos de aborto, as amostras foram testadas para toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, herpes vírus e dengue, todas com resultados negativos.

Namoradinho de autor global está pegando deputado de Brasília, revela jornalista

Deu no Blog da Fabíola Reipert, R7, conhecida por grandes furos no mundo das celebridades: Tem um cara que conseguiu se destacar numa recente novela da Globo pelo fato de ter se envolvido com o autor da trama. Isso acontece muito por lá…

Na história, ele era namorado de uma menina especial. Agora, depois que a novela acabou, o ator anda circulando para cima e para baixo em Brasília com um conhecido deputado. Dizem que estão super apaixonados. So faltou a blogueira revelar o nome do político. O ator ela só não disse o nome.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Natã disse:

    Amigo não deixa teu blog cair de produção não, o volume de notícias não é o mais importante o mais importante é a qualidade e a cima de tudo a imparcialidade.

  2. Fausto disse:

    Falou, falou e n disse p…. nenhuma!!! Mais uma noticia enganadora para dar ibope a um mísero blog. Parabens pela falta de informação!

ADEPOL emite nota sobre denúncias envolvendo os delegados da Polícia Civil no RN

ADEPOL l RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. wlac disse:

    ADEPOL é mais uma vergonha do RN. Em greves da PC sempre fica do lado dos governantes. São os delegados que saem ganhando. Enquanto os agentes trabalham duro, os delegados engravatados ficam no ar condicionado ganhando 20 mil e tendo esses "benefícios" do Estado. Uma vergonha !!! São os delegados que estão sepultando a policia civil do RN.

  2. Elves Alves disse:

    Defender o indefensável é uma falta de vergonha, em qualquer hipótese. Fatos como este só ajudam a concretizar o sonho dos que defendem teses esdrúxulas como as de unificação e desmilitarização das polícias. Ademais, corporativismo não dignifica nenhuma categoria profissional, muito pelo contrário. Absurdos assim são típicos do Brasil.

  3. Sergio Nogueira disse:

    Ainda não acredito no que li. Primeiro tentam justificar um erro com outros, esquecendo que cabe a Polícia apurar esses mesmos erros e encaminhar à Justiça. Depois supõe que as imagens criaram vilões. Ora, viaturas usadas para fins particulares não me parece exatamente o papel destinado a mocinhos cumpridores de seus deveres.
    Continuando chegam ao absurdo de criar um caminho jornalístico que primeiro passa pela Justiça, pelo MP e apenas se estes se omitissem é que a notícia seria divulgada, Não é todo tirano que tem coragem de defender uma ideia tão cheia de excrementos como essa. Então, por esse roteiro, só perto de 2036 o telejornal noticiaria o fato?
    Será que a PC só apresenta e expõe imagens de presos aos programas populescos depois de apurado o crime pelo MP e Justiça?
    Quanto a ser um fato isolado, até pode ser. Mas as vezes que esse fato isolado aconteceu me parece que foram muitas.
    No fim trata-se de uma nota em que o corporativismo negativo tentou usar máscaras, mas a que foi usada era de tamanho menor que o despudor defendido.

  4. Afra Andrade disse:

    É como diz o sábio: "Uma imagem vale mais que mil palavras." É impressionante a hipocrisia de muitos, notadamente de vampiros do dinheiro público como é o caso da corja de políticos que se deliciam com o dinheiro dos nossos impostos enquanto os serviços públicos mais básicos vivem no caos eterno.

    É pertinente lembrar que os péssimos exemplos muitas vezes vem de quem nunca imaginamos, onde é que já se viu um Delegado de uma polícia investigativa como a Polícia Civil do RN ser denunciado pela Imprensa em Rede Nacional, acusado de utilizar uma viatura em proveito próprio e ainda com uma adolescente de 17 anos num motel? Gente isso é muito grave e muito feio para o Rio Grande do Norte, afinal, onde estão nossas autoridades?

  5. Esídio disse:

    Justificar um erro com outro é demais, a Adepol justificar o uso de aviões da FAB por políticos desonestos com a vergonhosa atitude desses maus policiais chega a ser cômico, sabe àquela famosa frase: NÃO TEM O QUE DIZER, CALE-SE. Como dizem os mais velhos costume de casa você leva para a rua, desde a criação da Polícia Civil do Estado que isto ocorre, então a tendência é que o restante ache isso normal, além do mais a nossa polícia é uma das mais bem pagas do Brasil.

  6. paulo kasinsk disse:

    É como diz o Roteirista: era melhor a Adepol ter ficado calada. Mistura alhos com bugalhos. O texto, como diria um caseiro nosso, é um emboloado só. Diz mas não diz, quer mas não quer, e defende-se acusando. Chega a misturar fato (mostrado) com presunção. Em se tratando de uma entidade, em três linhas poderia ter se posicionado. E a questão, aqui, não é defender nem acusar; não cabe a mim: o texto está mal escrito.

  7. O roteirista disse:

    Era melhor a ADEPOL ter ficado calada.

    Corporativismo puro!

    E todo mundo sabe que inúmeros delegados utilizam viatura públicas com interesses particulares, o pior de tudo isso é ver que para a associação isso não parece ser nada demais.

  8. Bruno Nobre disse:

    Corporativismo !

    • Jeremias José disse:

      Corporativismo? Claro! Agora pronto, se a Adepol não defender seus filiados, então quem irá fazê-lo? Certíssima a Adepol em agir rápido na defesa de um de seus mais brilhantes membros, que é o Dr. Odilon. Se todo o problema da segurança no RN se resumisse a um suposto uso indevido de alguma viatura, estaríamos a salvo!

Delegado flagrado entrando em motel em Natal com menor é afastado; caso vai para Corregedoria

O Delegado Geral Adjunto da Delegacia Geral da Polícia Civil (DEGEPOL), Adson Kepler, falou à imprensa na manhã dessa quarta-feira (22) para prestar esclarecimento a respeito da denúncia contra dois delegados da Polícia Civil do RN, exibida em reportagem no SBT Brasil. O delegado garantiu que os procedimentos padrões estão sendo realizados e que não será descartada nenhuma hipótese nas investigações.

“As denúncias serão apuradas com toda isenção possível e já encaminhamos o caso para Corregedoria Geral da Polícia Civil e se realmente houver indícios de qualquer ilícito penal será designado um delegado especial para investigar o caso”, relatou.

Os delegados Odilon Teodósio e Alexandro Gomes, alvos da denúncia, já pediram afastamento de seus cargos para garantir a lisura das investigações. O delegado Adson Kepler ressaltou ainda que esse não é um caso corriqueiro na Polícia Civil do estado e que outras linhas de investigação não serão descartadas. “Não descartamos a possibilidade de retaliação em ambas as denúncias”, disse.

O Adjunto da DEGEPOL explicou também que as viaturas só podem ser utilizadas em serviço ou para o deslocamento do policial da residência até a delegacia, se houver necessidade, por questões de segurança. “As viaturas devem ser usadas em serviço ou para saída do policial até a sua delegacia como medida de segurança, não pode haver abusos. Qualquer uso indevido da viatura pode ser denunciado pelos cidadãos”, esclareceu.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcus Paulo disse:

    Esse delegado Odilon algum tempo atrás sofreu um atentado ao chegar na sua residencia, mas se arrisca em sair com uma jovem menor de idade para restaurante na Via Costeira proximo a Mãe Luiza e motel na praia do meio proximo de areas que são consideradas violentas, ou seja diante desse fato não existe motivo algum de questão de segurança para o delegado nos deslocamentos de sua residencia para delegacia…

  2. Marcus Paulo disse:

    Imagens de delegado entrando em motel com carro oficial podem ser montagem, diz polícia
    No site UOL tem essa reportagem sobre o delegado. A puliça querendo limpar a barra do delegado tarado pois a sujeira em todas as puliça é muito grande.

  3. Elvis disse:

    Trabalhei na polícia civil há 15 anos, tinha delegado da delegacia em que eu trabalhava que dizia que não era preciso ter carro particular não, pois a viatura devia servir (e servia) para os afazeres domésticos da esposa e filhos deste, ou seja, o Agente Policial (muitas vezes eu mesmo) servia de motorista para os familiares do delegado irem a banco, colégio, salão de beleza, bares, etc. etc. Então nada mudou, ou seja, piorou, pois nunca levei nenhum a Motel kkkkk

  4. Lassou disse:

    Policia investigando policia????
    Kkkkkk
    Resultado já se sabe!!! Pizza
    Pq não fazem um memorando comunicando ao MP o ocorrido? A investigação tem q ser de fora…
    O delegado Odilon tem a mania de mandar expedientes para o MP quando se trata de investigar colegas… Pq não manda agora???
    O adjunto passou para promotor e esta esperando ser chamado…. Ta começando bem!!!! Ensina direito e fazendo errado….
    Pega fogo cabaré!!!!!!!!

  5. JPedro disse:

    Absurdo. Delegado usando veículo público, gasolina paga com dinheiro do povo para ir jantar com garota menor de idade e depois a levando para motel?
    Enquanto isso, a polícia não pode fazer seu trabalho porque não tem gasolina kkkk
    Mesmo consensual, e que não seja crime (não sei se é), uma autoridade pública se dar ao um papel desses? Usar um bem público (carro e gasolina) para uso privado, isso é crime com certeza. Quanto ao sexo com a garota, ele vai ter que explicar para a esposa, caso seja casado kkkk Também é crime motel não pedir documento de quem entra e o cara levou uma menor pra fazer sexo lá dentro. Cadê o Ministério Público? Não vai fazer nada?? Por muito menos já tinha operação espetaculosa.
    Esse é daqueles casos "batom na cueca". Não tem desculpa ou jeitinho que dê jeito.

  6. Rafael Vale disse:

    Se afastar todos os delegados que usam as viaturas para atender interesses particular, não vai sobrar um único delegado no estado.
    Tem uma delegada que mora em Ponta Negra e que trabalha na ZN que todo dia a viatura vai pegar e deixar em casa, questionei um policial civil sobre aquele absurdo e ele disse que isso é prática comum na polícia civil.
    É uma prática tão comum que viaturas são usadas para irem ao banco, shoppings, comércio, consultas médicas… e até moteis.

  7. jonh disse:

    "e se realmente houver indícios de qualquer ilícito penal será designado um delegado especial para investigar o caso”,

    kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Folha destaca anúncio de investigação do TJRN a desembargador

 O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte vai investigar se houve falta ou infração funcional na conduta do desembargador Dilermando Mota, suspeito de humilhar um garçom numa padaria de Natal no último dia 29.

A portaria para instaurar a investigação preliminar será publicada até esta quarta-feira (8), de acordo com a assessoria do Tribunal, e terá prazo de 60 dias para a conclusão. Nesse período, o magistrado permanecerá normalmente em suas funções no TJ-RN.

Se as investigações indicarem que houve infração por parte de Mota, ele poderá ser alvo de sindicância ou de processo administrativo disciplinar. Se a corte entender que não houve falta, o caso é arquivado.

O episódio envolvendo o desembargador do TJ-RN ocorreu no dia 29 de dezembro, durante café da manhã na padaria Mercatto, na zona sul da capital potiguar.

Vídeos publicados no YouTube por testemunhas mostram o momento em que o desembargador discute com outro cliente, o empresário Alexandre Azevedo, 44.

Segundo Azevedo, que estava em uma mesa ao lado de Mota, o desembargador ficou irritado porque o garçom não colocou gelo em seu copo e gritou com o funcionário da padaria na frente dos demais clientes.

Ainda de acordo com Azevedo, o magistrado “puxou o garçom pelo ombro”, exigiu que lhe tratasse como excelência e ameaçou agredir o funcionário.

O empresário disse à Folha que entraria com uma representação contra o magistrado no CNJ (Conselho Nacional de Justiça) por abuso de autoridade.

MAGISTRADO NEGA ABUSO

Em nota divulgada pelo TJ-RN, o desembargador Dilermando Mota afirma que não houve abuso de autoridade e nega ter humilhado o garçom.

“A verdade é que um simples e moderado pedido de esclarecimentos de um cliente a um garçom, que já havia sido solucionado, gerou uma reação de um terceiro com ameaças, gritos e total desrespeito ao público presente. Não houve abuso de autoridade como o propagado, mas somente uma atitude de defesa pessoal e da família presente, inclusive uma filha menor de dois anos de idade”, afirmou o desembargador.

Ainda na semana passada, a assessoria de imprensa da padaria Mercatto divulgou nota em que lamenta o episódio e afirma que a empresa “está oferecendo todo o suporte necessário ao funcionário envolvido”.

O garçom tinha sido afastado do trabalho e passou por consultas com psicólogos após a confusão, pois ficou “muito abalado” com a confusão.

Folha

FOLHA DE SP: Acusado de humilhar garçom, desembargador vira alvo de críticas nas redes sociais

 O desembargador Dilermando Motta, do TJ (Tribunal de Justiça) do Rio Grande do Norte, virou alvo de críticas nas redes sociais depois de se envolver em uma discussão numa padaria de Natal e ser acusado de humilhar um garçom.

O episódio ocorreu no último domingo (29), durante café da manhã na padaria Mercatto, na zona sul da capital potiguar.

Vídeos publicados no YouTube por testemunhas mostram o momento em que o desembargador discute com outro cliente, o empresário Alexandre Azevedo, 44.

Segundo Azevedo, que estava em uma mesa ao lado de Motta, o desembargador ficou irritado porque o garçom não colocou gelo em seu copo e gritou com o funcionário da padaria na frente dos demais clientes.

“Não satisfeito com esse escândalo, este senhor puxou o garçom pelo ombro e exigiu que lhe olhasse nos olhos e o tratasse como excelência, e disse que deveria ‘quebrar o copo em sua cara'”, afirma Azevedo em nota divulgada após o episódio.

Nesse momento, o empresário decidiu intervir em defesa do garçom. Nos vídeos, ele aparece exaltado enquanto grita com o desembargador e o chama “safado” e “sem-vergonha”. O magistrado revida e chama Azevedo de “cabra safado” e “endemoniado”.

O empresário disse à Folha que não sabia com quem estava brigando, mas que não se arrepende de sua atitude.

“Eu fui tão selvagem quanto ele, mas precisei ser grosso para contê-lo. Ele ia de fato agredir fisicamente o garçom”, afirmou à Folha.

Azevedo afirma que teme sofrer algum tipo de represália e que vai entrar com uma representação contra o magistrado no CNJ (Conselho Nacional de Justiça) por abuso de autoridade.

“Queira ou não, é um desembargador, é um homem poderoso e eu tenho preocupação de sofrer perseguição dele”, disse.

‘NÃO HOUVE ABUSO’, DIZ MAGISTRADO

Em nota divulgada pelo TJ-RN, o desembargador Dilermando Motta afirma que não houve abuso de autoridade e nega ter humilhado o garçom.

“A verdade é que um simples e moderado pedido de esclarecimentos de um cliente a um garçom, que já havia sido solucionado, gerou uma reação de um terceiro com ameaças, gritos e total desrespeito ao público presente”, afirma.

No texto, Motta afirma ainda que “sem nenhum propósito revanchista, as medidas judiciais cabíveis serão adotadas”.

Durante a discussão, o desembargador acionou a Polícia Militar, que deslocou quatro carros para o local. O magistrado também xingou os policiais, chamando-os de “um bando de cagão”, segundo o relato do empresário, pois Motta queria que Azevedo fosse detido –o que não ocorreu.

A assessoria de imprensa da padaria Mercatto divulgou nota em que lamenta o episódio e afirma que a empresa “está oferecendo todo o suporte necessário ao funcionário envolvido”.

A reportagem tentou falar com o garçom, mas não conseguiu.

Folha

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. O roteirista disse:

    Terei que fazer um longa-metragem se quiser colocar a sétima arte para retratar os abusos que essa excelência já cometeu, o nome do longa seria "Sabe com quem você está falando?"

Caso Joaquim: menino foi morto dentro de casa, diz polícia

menino_sumidoO delegado Paulo Henrique Martins de Castro, que investiga o desaparecimento e a morte do menino Joaquim Ponte Marques, de 3 anos, afirmou nesta terça-feira ter provas para concluir que o garoto foi morto dentro da casa onde morava, em Ribeirão Preto (SP). A mãe da criança, Natália Ponte, e o padrasto, o analista de TI Guilherme Longo, continuam presos suspeitos de participação nos crimes.

– Não podemos divulgar, mas temos provas que nos levam a essa conclusão, e também pelo que foi apurado até agora – disse Castro, que descartou definitivamente, desde a reprodução simulada (reconstituição) do crime, na semana passada, que uma outra pessoa, que não o padrasto ou a mãe, tenha participado da morte de Joaquim.

O delegado aguarda para os próximos dias os laudos dos exames toxicológico e das vísceras do menino. Uma das suspeitas da polícia é que a criança, diabética, tenha sido morta com uma alta dosagem de insulina. A família descobriu a doença recentemente e começou a tratá-la.

Caso os laudos dos exames não sejam encaminhados ao delegado até a próxima terça-feira (10), quando vence o prazo de 30 dias para a conclusão, Paulo Henrique Martins de Castro afirmou que pedirá à Justiça tanto a prorrogação do inquérito quanto a das prisões temporárias de Longo e Natália.

O Globo