Diversos

Justiça penhora milhas de viagem para quitar débito de comerciante com distribuidora de combustível

Foto: Reprodução

Milhas usadas para viagem bloqueadas pela Justiça. Esse é o teor de determinação da juíza Daniela de Almeida Bayma Valdivia, da 11ª Vara Cível de Aracaju.

Atendendo a um pedido formulado pela advogada Deborah Cicco, do RRC Advogados, que representa uma distribuidora de combustível na cobrança de dívida acumulada por três ex-revendedores, a magistrada determinou o bloqueio de milhas do comerciante em todos os programas de fidelidade em que ele possua cadastro.

O processo é uma execução de título extrajudicial. Na decisão, a juíza determinou a expedição de ofício para todas as empresas de milhagem a fim de que os três empresários não façam uso do benefício.

Justiça Potiguar

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: PF investiga postos e distribuidora de combustível em operação contra lavagem de dinheiro de facção criminosa; segundo as investigações, PCC movimentou R$ 30 bilhões

Fotos: Divulgação/PF

A Polícia Federal em São Paulo realizou nesta quarta-feira (30) uma operação para desarticular um esquema de lavagem de dinheiro do PCC, facção que atua dentro e fora dos presídios do país, feito por meio de postos de gasolina e uma distribuidora de combustível. A facção movimentou ao menos R$ 30 bilhões. Ao todo, 13 pessoas foram presas.

Segundo a investigação, o principal alvo era a prisão de um homem conhecido como Alemão, cuja família é dona de cerca de 50 postos. As investigações também apontam o envolvimento dele com a morte de Rogério Jeremias de Simone, conhecido como Gegê do Mague, que foi um dos chefes da facção.

Foram cumpridos 43 mandados de busca e apreensão em apartamentos de luxo e empresas. No estado de São Paulo, a operação ocorreu nas cidades de Bauru, Igaratá, Mongaguá, Guarujá e Tremembé. Também são cumpridos mandados em Londrina e Curitiba, no Paraná, e Balneário Camboriú, em Santa Catarina.

Em São Paulo, além de Alemão, Antônio Carlos Martins Vieira, conhecido como “Tonhão”, foi preso e levado para a sede da PF. Segundo a investigação, ele foi identificado como responsável por parte das empresas usadas na lavagem de dinheiro.

Entre os alvos estão empresários do setor de combustíveis e uma pessoa que foi condenada pelo envolvimento no furto ao Banco Central do Brasil, ocorrido em Fortaleza, em 2005.

Mais de 70 empresas são investigadas e foram interditadas. Dentre elas, está a distribuidora de combustível.

A Justiça determinou bloqueio de R$ 730 milhões de contas bancárias suspeitas. Também foi determinado o bloqueio de 32 automóveis, nove motocicletas, dois helicópteros, um iate, três motos aquáticas, 58 caminhões e 42 reboques e semirreboques, com valor aproximado de R$ 32 milhões.

Crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro

Ao todo, 20 pessoas foram indiciadas. Eles responderão pelos crimes de organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A Polícia Federal pediu à Justiça que as 73 empresas usadas para lavagem sigam em funcionamento e passem a ser administradas pela Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas do Ministério da Justiça – medida que era inédita até aqui, de acordo com a corporação.

A rede de postos Boxter é o alvo principal da operação, que foi nomeada “Rei do Crime”. A reportagem tentou contato com a rede, mas não obteve retorno. Para não quebrar a empresa e evitar a depreciação, a PF pediu – e a Justiça autorizou – que sejam nomeados administradores, que vão tocar o negócio até o fim do processo.

A investigação foi realizada pelo Grupo de Investigações Sensíveis, unidade de inteligência que compõe a Delegacia de Repressão a Entorpecentes.

G1

Opinião dos leitores

  1. Mais uma vez venho elogiar o belíssimo trabalho que a polícia federal vem fazendo este ano, fechando mineradoras ilegais na Amazônia, recordes de apreensão de armas e drogas, prisão de corruptos.
    Precisou o JB mudar o chefe da PF para aumentar as investigações.
    Parabéns a toda equipe da PF.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

PREJUÍZO DE R$ 100 MIL – (FOTO): Bandidos arrombam distribuidora na Zona Sul de Natal e roubam quase 400 baterias para carros

Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(17) que bandidos arrombaram uma distribuidora de baterias de carro e roubaram quase 400 equipamentos, avaliados em mais de R$ 100 mil. De acordo com a reportagem, o caso aconteceu na tarde desse domingo (16), no bairro Neópolis, Zona Sul de Natal, mas só foi descoberto nesta manhã, segundo informou a própria gerência do estabelecimento. Veja detalhes em matéria completa aqui.

Opinião dos leitores

  1. Sugiro ao empresário que entre na Justiça para o Estado ressarcir o prejuízo. Afinal hoje em dia a Tributação Estadual sabe do estoque da loja em tempo real.

  2. O governo Bolsonaro através de ministro Sérgio Moro mandou o projeto anti crime que foi abrandando pelo congresso. Bolsonaro fez a parte dele mas o congresso não fez.

    1. Caso não tenha notado a violência diminuiu sim, mas casos de rombos, assaltos, latrocinios e etc sempre continuaram a acontecer, independente de quem estiver no poder.

      Antes de usar frase pronta dos esquerdopatas, pesquise.
      Eu já fui assaltado algumas vezes, sei bem como é, então se o presidente disse que ia focar ele esta focado, mas ele pode mandar um caminhão de dinheiro para equipar o RN, mas a gonvernadora jamais vai querer usar ou "dar o ibope" apenas para ser do contra.

      Outra coisa, sou do tempo que a gente conversava na calçada da rua até tarde, mas nos tempos de outro governo começou a não poder ficar mais, a policia foi desaparelhada e despreparada.

      Agora de quem é a culpa?

  3. Cada dia tá pior, o que esperar de uma governadora que foi apoiada por uma facção na campanha em 2018, os veículos que o governo federal mandou para o RN estão parados no pátio lá no centro administrativo, devem estar esperando chegar o dia 07 de setembro para a policia desfilar na praça cívica e quando for entregue a metade fica dentro do quartel para servir aos bacanas e mando os velhos para rua

  4. O RN vive uma grave crise na segurança e só quem não vê é a nossa (des)Governadora e os pelegos mandas do PT.
    A população sofre e o governo nada faz…
    Salvem o RN! Fora Fátima!

    1. PELEGAS ñ tem vez neste desgoverno . Por exemplo: aumento que o GOVERNO DO PT, deu para as classes de altos SALÁRIOS e PREVIDÊNCIA, empobreceu os APOSENTADOS E PENSIONISTAS, já a classe abastada conseguiu o seu índice e a GOVERNADORA, radicalizou para os menos favorecidos pagando uma conta que ñ fez.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Centauro compra Nike no Brasil e será distribuidora exclusiva no País

Foto: Centauro/Divulgação

O Grupo SBF, dono da marca Centauro, anunciou a compra das operações da Nike no Brasil, em um negócio de R$ 900 milhões. Com o acordo, que exclui alguns ativos, como direitos sobre propriedade intelectual, por exemplo, a dona da Centauro se tornará a distribuidora exclusiva de produtos Nike no País, incluindo vestuário, calçados, acessórios e equipamentos.

O grupo se tornará também o varejista exclusivo de lojas físicas de produtos Nike, podendo abrir e operar lojas da marca american no território brasileiro pelo período inicial de cinco anos. E ainda será o operador direto exclusivo do canal de vendas eletrônico por um período inicial de 10 anos.

A Nike do Brasil teve receita operacional líquida de aproximadamente R$ 2 bilhões no exercício encerrado em 31 de maio de 2019. A SBF Comércio financiará parte do valor a ser desembolsado na transação e contratou o Banco Santander Brasil, o Banco Itaú BBA e o Banco Bradesco BBI para auxiliá-la na estruturação e implementação do financiamento.

Segundo a SBF, a transação está sujeita à autorização por parte do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

As ações ON de Centauro tinham alta de 6,11% após o anúncio do negócio com a Nike do Brasil. No mesmo horário, o Ibovespa subia 0,78%, chegando aos 116.931 pontos.

Estadão

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Bando armado invade distribuidora em Natal, rende funcionários e rouba dinheiro e milhares de cigarros

Um bando armado invadiu uma distribuidora de produtos no bairro de Lagoa Seca na noite dessa segunda-feira (27), rendeu funcionários e realizou um arrastão no local, levando pelo menos 12 caixas de cigarros e R$ 4 mil. De acordo com a Polícia Militar, informações dão conta que as vítimas rendidas foram trancadas no banheiro do estabelecimento para a realização da ação criminosa.

Segundo a PM, os funcionários da empresa disseram que a ação dos bandidos foi rápida e organizada. Um deles ficou do lado de fora vigiando a ação do bando, que levou ao todo, 120 mil cigarros. Após o “rapa”, eles fugiram com destino ignorado em um veículo GOL, de cor preta pertencente a um dos funcionários. Horas depois, ele foi encontrado abandonado no Barro Vermelho.

A PM ainda confirmou que o bando acabou deixando cinco caixas das 12 levadas da distribuidora. Diligências foram realizadas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *