Geral

FOTO: Cães da raça pitbull em condições de maus tratos são resgatados de imóvel em Natal

Foto: Divulgação/Semurb

Na última sexta-feira (23), dois cães da raça pitbull, que estavam abandonados e submetidos a maus tratos em um imóvel no bairro de Lagoa Seca foram resgatados pelas equipes da Semurb com apoio do Grupamento de Ações Ambientais da Guarda Municipal (GAAM/GMN) e da Companhia Independente de Proteção Ambiental da Polícia Militar (Cipam).

Segundo relatos de populares a casa está abandonada há cerca de anos e uma pessoa viria deixar comida e água de vez em quando para os animais. Um deles estava com uma das patas machucadas e não conseguia ficar de pé. Os pitbulls recolhidos foram entregues a uma ONG de proteção animal e serão colocados para adoção.

Já o tutor que submeteu os cães a maus tratos foi autuado pela Semurb com multa grave e responderá inquérito policial por crime ambiental junto a Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (Deprema).

Denúncias podem ser feitas pela população pelo canal 24h do Ciosp, no número 190 e também no disque denúncia da Polícia Civil no 181 nos fins de semana e feriados. Já de segunda a sexta-feira das 8h às 16h, pelo telefone da Ouvidoria da Semurb no (84) 3616-9829 ou e-mail [email protected]

 

Opinião dos leitores

  1. Maus tratos aos animais era pra ser crime hediondo!
    Quem maus-trata um animal, faz a mesma coisa com uma criança, um idoso.
    Teria que prendê-lo e jogar a chave fora, ir deixar água e comida só de vez em quando…

    1. Ele apenas sancionou!
      Relator foi o senador Fabiano Contarato, seu mito não tem capacidade para tal.
      Ele passou 28 anos no congresso, esqueceu?
      Pela vontade dele, ele premiaria quem maltratasse um animal.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Criança de 3 anos é atacada por pitbull na Grande Natal e tem parte do rosto desfigurada

O portal G1-RN noticia nesta sexta-feira(29) o caso de uma criança de três anos que foi atacada e teve o rosto parcialmente desfigurado por um cão da raça pitbull na noite dessa quinta-feira (28), por volta das 21h, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal. De acordo com o pai, a mãe da criança estava trabalhando e ele estava no quarto de casa, quando ouviu o rosnado do cão e o grito da criança na sala. A menina teria tentado brincar com o cachorro, que a atacou. O pai da menina ainda diz que o cão é da família e ela era acostumada a brincar com ele.

Após o ataque do animal, a criança foi socorrida para o Hospital Walfredo Gurgel, onde passou por uma cirurgia plástica, na madrugada desta sexta-feira (29), para reconstruir parte do rosto. Segundo a unidade, ela não corre risco de morte. Durante a manhã desta sexta-feira (29), após a cirurgia plástica para reconstrução de parte da face, a menina aguardava liberação no Centro de Recuperação de Operados da unidade de saúde.

Segundo o pai da menina, o animal tem 2 anos e meio e desde filhote era acostumado a brincar com a criança. A menina foi atacada na altura da boca e ficou com a arcada dentária exposta, após o ataque.

Com G1-RN

Opinião dos leitores

  1. A criança pode ter pego algum brinquedo que era do cachorro também creio que ele não ia avançar sem motivo se era acostumado é da casa tem que averiguar o que houve direito é não querer que matar o animal só Porque é essa raça!!

  2. O cachorro ñ tem culpa ninguém estava la para vê se a criança ñ o machucou ou até tivesse dormindo ou comendo. Só vai saber o valor de um pitbull quem realmente cria é dócil,companheiro ,meigo ñ late por besteira .

  3. E a culpa de deixar uma criança de 03 anos sozinha brincando com um pitbull deve ser do Pitbull.

  4. A responsabilidade é do tutor!!! Do mesmo jeito que tem cães que atacam, tem cães que salvam, que são carinhosos, companheiros, que ajudam a muita gente. Repito, o tutor é o responsável.

  5. Engraçado que existe ataque de outras raças mais ninguém divulga, mais e pitbull ai pronto todo mundo quer matar o cachorro. Tenho pitbull tenho amigos que tem ele e outras raças e nunca teve problema. Qualquer raça e tudo questão de criação, antes de querer matar o cachorro veja o histórico do dono, como o cachorro e tratado .

    1. Espero que a princesa se recupere sem nenhuma sequela.
      Eu também tenho cachorro, tenho uma filha e graças a Deus e os cuidados que tenho, nunca tive problemas.
      Porém é mais fácil julgar o animal… Eu vi na reportagem que o pai da criança estava no quarto mexendo no celular…
      O correto era levar esse pai para delegacia para saber o histórico de criação desse animal…

  6. Ave maria não pode tocar no cachorro!É a lei brasileira,ele(cachorro) pode matar qualquer um ,mais não pode tocar,nem um tapinha no cachorro.

  7. Espero que não sacrifiquem o animal.
    Por muitas vezes os animais são mais racionais que nós, porém neste caso, o animal poderia estar passando por algum estresse, fome, etc.

    1. Pitbull não era nem para existir , existem Paises onde essa raça é proibida. Tem que sacrificar mesmo.

    2. O animal desfigura uma criança e vc quer mantê-lo? Cada uma…

    3. Stresse o que tem que da um fim nessa peste quase mata a menina, o cara ainda tem coragem de defender o cachorro de vez do ser humano, é um animal mesmo.

    4. Leva pra tua casa.
      É sempre o pitbull. E tem quem se orgulhe de possuir isso.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Homem salva menino de 5 anos de ataque incensante de pitbull no Rio de Janeiro

ASSISTA VÍDEO AQUI em texto na íntegra

Um homem tem sido chamado de herói desde a última quinta-feira depois de salvar um menino de 5 anos de um ataque de pitbull na Zona Norte do Rio de Janeiro. Patrick do Céu contou que ao ver o menino sendo atacado, só conseguiu pensar na sua filha e por isso agiu tão rápido.

Imagens de câmeras de segurança mostram a criança passando com a babá quando o cachorro começa a atacar. A mulher tenta afastar o cão, mas sem sucesso. Patrick então entra em cena e começa a lutar para que o pitbull soltasse a criança.

Quando finalmente conseguiu afastar o cachorro do menino, Patrick o colocou em cima de um carro. O cão então voltou os ataques a ele e ele próprio subiu no veículo para fugir.

Ao jornal “Extra” ele contou que não teve esta atitude para ser chamado de herói e sim porque lembrou de sua filhinha. “Não sou herói, longe disso. Quando vi o que estava acontecendo, só consegui pensar na Lara. Fiz por aquele menino o que eu faria por ela. Não pensei em mim em nenhum momento, só queria fazer com que ele ficasse seguro. Agi por instinto”.

Segundo ele, o cão não é de ninguém da vizinhança e apareceu naquele mesmo dia do ataque. “Quando ele chegou eu nem queria que ele ficasse por perto, porque sei que o pitbull pode ser perigoso. Mas depois dei água, ração e carinho porque achei que algum dono poderia estar procurando por ele. Quando ele se agitou ao ver a criança, pedi pra todo mundo tentar não demonstrar medo, mas ele avançou. Foi quando corri pra fazer alguma coisa”.

O animal foi levado pelo Corpo de Bombeiros e o dono ainda não foi identificado. Patrick, a babá e a criança foram ao hospital para tratar os ferimentos do ataque. De acordo com o “Extra”, o menino teve ferimentos em várias partes do corpo e levou cinco pontos no pescoço, a babá ficou com um machucado no braço por conta da queda e Patrick levou um ponto na mão, e teve ferimentos nas pernas e braços, causados pelas mordidas.

UOL

Opinião dos leitores

  1. A raça é perigosa de fato, é ter cuidado e adestrar de forma carinhosa, porém todo cuidado é pouco. Semana passada, meu amigo aqui da Zn foi atacado por um Pitbull e levou uma mordida nós órgão genitais (ovos) e levou cinco pontos, qdo ia entrar na casa de um parente o cachorro o atacou. Portanto quem tem um tem que ter cuidado.

  2. Essa raça deveria ter sido eliminada, não existe Pitbull manso, isso já comprovado, é uma máquina de matar.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Jeniffer Lopez, Pitbull e Cláudia Leitte cantarão música oficial da Copa-2014

Pitbull-Claudia-Jeniffer-Fotos-Divulgacao_LANIMA20140123_0120_47A Fifa e o COL confirmaram nesta quinta-feira os intérpretes da música oficial da Copa. Os escolhidos foram a cantora americana Jeniffer Lopez, o também americano e rapper Pitbull, além da brasileira Claudia Leitte.

O nome do hit escolhido é “We Are One” (Somos Um, em português). Em 2010, a música-tema foi “Waka-Waka”, e fez grande sucesso na voz de Shakira.

Pitbull e Cláudia estiveram no Maracanã, durante a coletiva pós-reunião no COL e falaram sobre a oportunidade. JLo não pôde comparecer por conflito de agenda.

– É um prazer representar meu pais. Sabemos torcer, comemorar, representar. Ninguém sabe entregar amor e alegria como nós. É um prazer gigantesco, os dois porque são talentosos demais. Eles parecem dois brasileiros, vão sambar muito. A música está pronta, tem partes em espanhol, português e inglês. Tem uma diversidade rítmica também. Tem Brasil em tudo quanto é canto – disse Cláudia, referindo-se também aos companheiros.

– “We Are One”. É isso que vamos fazer como nossa música, juntar todas as pessoas – completou Pitbull.

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke ainda ressaltou a mobilização que os artistas podem causar.

– A música é o único evento que consegue juntar tantas pessoas quanto o futebol. E é só preciso uma pessoa. No futebol, precisamos de 22. Isso é incrível – ressaltou o secretário-geral da Fifa.

Lancenet

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Mulher é atacada por três pitbulls na parada de ônibus

Está no DN Online. Uma mulher de 33 anos foi atacada por três cães da raça pitbull nesta quinta-feira (5), em uma parada de ônibus na rua dos Cardeais no conjunto Cidade Satélite, Zona Sul de Natal. A vítima ficou bastante ferida e foi socorrida para o Hospital Walfredo Gurgel.

Segundo informações do agente Márcio, da 11º DP,  o irmão da vítima afirmou que por volta das 7h a mulher estava esperando o ônibus para ir trabalhar, quando o portão de uma casa se abriu para o dono dos cachorros sair com o carro e neste momento os animais fugiram e avançaram na vítima, que após alguns instantes foi socorrida por populares e encaminhada ao hospital.

Familiares da vítima devem prestar queixa na delegacia, em seguida deverá ser intimado o dono dos cachorros para prestar depoimento e a vítima passar por exame de corpo de delito para que seja apurado o inquérito criminal.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *