Segurança

Brasil dobra o número de armas nas mãos de civis em apenas 3 anos, aponta Anuário

Foto: Elcio Horiuchi/G1

O Brasil dobrou o número de armas nas mãos de civis em apenas três anos, de acordo com dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta quinta-feira (15).

Em 2017, segundo a Polícia Federal, o Sistema Nacional de Armas (Sinarm) contabilizava 637.972 registros de armas ativos. Ao final de 2020, o número subiu para 1.279.491 – um aumento de mais de 100%.

Além disso, o número de pessoas físicas que pediram registros para atuarem como caçadores, atiradores desportivos e colecionados (os chamados CACs) ao Exército Brasileiro aumentou 43,3% em um ano: de 200,1 mil pessoas, em 2019, para 286,9 mil, em 2020.

O crescimento no número de registros ocorreu no Brasil como um todo, mas em algumas unidades da federação o aumento foi muito maior que a média nacional. Onze unidades tiveram aumento superior aos 100% desde 2017, como o Distrito Federal, que saltou de 35.693 registros para 236.296 em 2020, um aumento de 562%.

Além de novas pessoas se cadastrando para ter armas, houve também um aumento do arsenal. Decretos editados pelo presidente Jair Bolsonaro e a formalização da PF, em agosto de 2020, para a compra de quatro armas de fogo por pessoa, fizeram com que mais armas entrassem em circulação. Foram registradas 186.071 armas novas por civis, um aumento de 97,1%.

Para Isabel Figueiredo, advogada, mestre em direito constitucional pela PUC e integrante do Conselho de Administração do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o aumento da circulação de armas está relacionado com os decretos, mas não só com os que facilitaram o porte como também os que fragilizaram mecanismos de controle. Com os decretos emitidos neste ano, um aumento ainda maior deverá ser observado nos próximos anos, estima.

Com mais armas em circulação, aumenta a violência, segundo Isabel, para quem uma arma comprada precisa ser analisada por dois ângulos.

“Tem que olhar essa arma que está na mão do sujeito que comprou a arma. É uma arma que pode agravar situações de violência doméstica, pode agravar a situação interpessoal. As armas escalam uma situação de violência. Um bate-boca ou uma briga com uma arma tem uma tendência de ter um resultado piorado. Um estudo do Ipea mostra que, com 1% a mais de circulação de armas, aumenta em 2% o número de homicídios. Também há um aumento de acidentes, envolvendo crianças, e um aumento de suicídios”, diz.

“E o segundo impacto é que essa arma não fica na mão de quem comprou, essa arma é perdida, roubada, furtada, extraviada e até vendida, e ela está aumentando a criminalidade em geral. No mínimo 40% das armas apreendidas pela polícia são dos chamados ‘cidadãos de bem’, promotores, comerciantes, etc, que de alguma forma tiveram a arma extraviada e, com isso, vão alimentar a criminalidade urbana em geral”, afirma.

Caça

O aumento expressivo no número de registros de CACs (43%) é preocupante porque, além do acesso ilimitado a tipos de armas e calibres com alto poder ofensivo, o Exército Brasileiro tem dificuldade em fiscalizar os “caçadores” que tendem a ter muitas armas em suas casas, explicam Isabel e Ivan Marques, advogado, presidente da Organização Internacional Control Arms e integrante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Os especialistas chamam a atenção para o fato de que a caça é considerada ilegal desde 1967, salvo em raras exceções destinadas ao controle de animais exóticos. Ainda assim, o país ganhou 7.634 novas armas desde 2019 destinadas à atividade, contando com 56.323 registros em 2020.

Com a liberação do “porte de arma em trânsito”, por meio de decreto, foram observados casos em que atiradores passaram a portar armas sem necessariamente estar a caminho de treinos ou competições.

Isabel e Ivan Marques também relatam que há traficantes de armas com registro de colecionadores e atiradores desportivos.

Apreensões e destruição das armas

Apesar de não haver uma queda expressiva entre 2019 e 2020 no número de apreensões em todo o território nacional, é importante observar que houve uma redução contínua ao longo dos últimos anos. Ao analisar as unidades da federação, o estado do Rio de Janeiro diminuiu em 24% o número de apreensões em 2020, o Pará, em 25,7%, e o Acre em 38,6%. Já o Amapá aumentou as apreensões em 58,7%.

Dados do Anuário coletados nas secretarias da Segurança estaduais mostram que houve 109,1 mil armas apreendidas em 2020. Foram 111,8 mil no ano anterior.

Para além das apreensões, os especialistas chamam a atenção para a diminuição na destruição das armas. O Exército diz ter reduzido em 50,4% o número de armas destruídas em 2020 em comparação com o ano anterior.

G1

Opinião dos leitores

  1. Quem estiver achando que não resolveu em nada as medidas do nosso PR Bolsonaro Mito show, é só ir traquinar numa fazenda ou em uma granja pelas altas horas da madrugada que a família do meliante toda fica sabendo se vale a pena ou não portar uma arma pra defender a família e o patrimônio.
    Simples assim!!!

  2. Matéria tendenciosa. Só opinião e dados de desarmamentistas. Cadê as opiniões dos pró-armas, dados a favor do cidadão de bem que quer se proteger contra os “coitadinhos vítimas da sociedade”.

  3. Deve ser por isso que tem amigo atirando em amigo no bar ou em confraternização, adolescente atirando em amiga dentro de casa e etc…

    1. Isso das pessoas se matarem, até mesmo sendo amigas, nunca na história deixou de acontecer, com arma liberada ou não, afinal, vivemos numa sociedade hipócrita, recheada de indivíduos como vc, que só vai fechar a porta depois de ser roubado, por outra, seu partido se encarregou de armar a marginalidade, enfim, não possuo arma, porém, gostaria de ter o direito de poder possuir. Vc não possuiria e não compraria, tudo dentro da legalidade e do seu desejo pessoal.

  4. E não houve a tão propalada redução da criminalidade ou da violência causada pelas ditas armas de fogo. Muito pelo contrário.

    1. Aqui no RN diminui o muito assalto a ônibus, os comparças do lula ladrão estão comedo que exista alguém portando arma dentro dos ônibus.
      Sem falar nas granjas e fazendas.
      Se botar a cara, é chumbo do grosso pra cima não tem boquinha não.
      Ok??

    2. As invasões de terras diminuíram.
      Bota pra torar Bolsonaro

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

China aprova uso emergencial da Coronavac para crianças a partir dos 3 anos

(Foto: Getty Images)

A China aprovou o uso emergencial da vacina da Sinovac contra a covid-19 para crianças a partir dos três anos. Segundo informações da Global Times, mídia chinesa, o país se tornou o primeiro a permitir a oferta de doses para crianças tão pequenas. Foi autorizado o uso emergencial de CoronaVac, vacina contra a covid-19, para crianças entre três e 17 anos, disse o presidente da Sinovac, Yin Weidong, à mídia na sexta-feira. Essa vacina é distribuída no Brasil para maiores de 18 anos e produzida em parceria com o Instituto Butantan.

Um funcionário, do grupo de pesquisa e desenvolvimento de vacinas liderado pelo Conselho de Estado, também confirmou com a China Central Television (CCTV) no domingo que o país aprovou o uso emergencial das vacinas contra a covid-19 para aqueles com idades entre três e 17 anos. A CCTV não revelou o nome do funcionário.

O funcionário disse que especialistas confirmaram a segurança e eficácia de administrar as vacinas contra a covid-19 nessa faixa etária. Após a aprovação, a vacinação começará para a faixa etária conforme o Programa de Vacinação da China. No mesmo dia, Zeng Yixin, vice-diretor da Comissão Nacional de Saúde (NHC), confirmou em uma entrevista à Agência de Notícias Xinhua que a China pretende imunizar pelo menos 70% de sua população até o final do ano.

Em entrevista à Global Times, especialistas em vacinas chineses contatados disseram que vacinar crianças acima de três anos é a chave para o país alcançar a imunidade coletiva. Mas para lidar com questões de segurança, o país usará as vacinas com cautela nessa faixa etária, distinguindo-as em grupos diferentes por idade ou vacinando inicialmente menores que vivem em regiões mais suscetíveis ao vírus.

Feng Duojia, presidente da China Vaccine Industry Association, disse ao Global Times na segunda-feira que a aprovação da vacina da Sinopharm também está a caminho. Feng disse que a China solicitará gradualmente a vacinação das crianças, mas não de uma vez, porque há uma enorme demanda tanto do exterior quanto do país

Desde que o coronavírus surgiu pela primeira vez na China, Pequim já administrou mais de 777 milhões de doses de vacina até o último domingo.

Crescer – Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Secretaria de Tributação solta nota negando reajuste e confirmando que auditores tiveram bônus por produção que vai custar R$ 40 milhões em 3 anos

Nota de Esclarecimento

Sobre informações que têm circulado pela internet afirmando que o Governo do Estado concedeu reajuste de 12% para os auditores fiscais, a Secretaria de Estado de Tributação (SET-RN) vem a público esclarecer:

1. Não se trata de um reajuste salarial, mas da aplicação de uma legislação remuneratória. A Unidade de Parcela Variável (UPV) faz parte da remuneração dos auditores fiscais do RN desde janeiro de 2013, quando foi instituída por meio da Lei Complementar Nº 484/2013;

2. De acordo com essa legislação, o valor da parcela variável deve ser atualizado anualmente caso haja o atingimento de metas de arrecadação e de fiscalização, o que foi devidamente apurado seguindo o disposto na Lei Complementar N° 484.

3. Desde a criação em 2013, a UPV só foi atualizada três vezes, sendo esta a primeira ocorrida no atual governo e as duas outras na gestão anterior, através das resoluções interadministrativas 370, de 11 de novembro de 2017, e a 471, publicada em 22 de agosto de 2018.

4. A publicação no Diário Oficial, portanto, diz respeito apenas à atualização da UPV tendo por ano base 2016, e que deveria ter sido implementada desde julho de 2017;

5. A publicação da portaria se deu no cumprimento do disposto na LC 484, obedecendo aos princípios da legalidade e publicidade.

Diante dos esclarecimentos prestados para que não haja distorção dos fatos, a Secretaria Estadual de Tributação e a Secretaria Estadual de Administração reforçam o compromisso de agir sempre dentro da legalidade e com absoluta transparência.

Do Blog:

O cálculo de R$ 40 milhões foi feito pelo Sindicado dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do RN (SINSP/RN), que destaca um estudo de impacto da Coordenadoria da Folha de Pagamento (veja aqui), em janeiro de 2021,  estimando o impacto financeiro de R$ 40 milhões em três anos: R$ 12 milhões em 2021, R$ 13 milhões em 2022 e R$ 13 milhões em 2023.

 

Opinião dos leitores

  1. O Lula já explicou bem direitinho essa situação naquela comparação que fez entre os funcionários públicos e os políticos. Procure aí na net.

  2. Caro Ara, para estudar e se formar, não significa que vc tenha que ser funcionário público. Quanta bobagem. Até parece, que ser funcionário público, é algo para às mentes mais inteligentes. Pura bobagem! João Macena.

    1. Muito pelo contrário os mais ou menos ou bons vão pro serviço público; os ótimos e excelentes vão pra iniciativa privada.

    1. Ser funcionario publico so estudando neste país… mas, ser dono da caneta nao significa que pode abusar com quem paga impostos e nao recebe nada em troca. Ja ouviu falar da queda da bastilha? revolta dos farrapos? Revolucao farroupilha?? so sei que nao foi a nobreza que se revoltou. Basta uma revolta popular que essa Corte e sua realeza se faz tremer. Ja nao temos educacao, segurança e saude que preste pra justificar impostos altos e salarios de funcionalismo alto. Mandar estudar nesse sentido é imoral e falta o carater.

    2. O Lula já explicou bem direitinho essa situação naquela comparação que fez entre os funcionários públicos e os políticos. Procure aí na net.

    3. Passar em concurso não lhe dá o direito de fazer um rapa nos cofres do estado meu amor. Concurso é apenas uma forma de seleção.

  3. Mas que palhaçada: é um reajuste salarial! É assim, dessa forma patética, que o salário dos auditores do Estado explodiu nas últimas duas décadas. Ninguém sequer pode receber aumento, e eles recebem esse aumento camuflado, estourando as contas públicas, como se fosse comissão de vendas! Tenha santa paciência. Cadê o MPRN???

  4. 40 milhões de reais pra quem ja ganha muito bem não significa nada, mas pra quem ganha pouco representa muito, pior é que todo recursos pra combater essa doença medonha é pouco, ainda mais pras mãos desses privilegiados do serviço público. Repugnante essa nota, pior que a triste realidade.

    1. Estado sem GOVERNO.
      Um GOVERNO, que se dizia vê as classes oprimidas, rejeitadas, humilde, chamada PELEGAS, que vem há 13 anos sem REPOSIÇÃO SALARIAL, isto é uma vergonha. A GOVERNADORA FÁTIMA DO PT, já mentindo há 40 anos, nada pelo social. Veja o que este GOVERNO fez no primeiro ano de GESTÃO, aumento algumas classes outras não de 16,38% e ZERO para funcionalismo e agora mais aumento para uma classe privilegiada com mega salários . Onde está essa PETELHA ?
      VIVA O PT, VIVA O PT, está pior do que os EX-GOVERNADORES: ROSALBA E ROBINSON FARIA, que não desclassificou e não desmoralizou tanto quanto esse PT.
      “DESIGUALDADE SOCIAL E INJUSTIÇA SOCIAL “.

  5. A nota diz mais ou menos isso: nós vamos ganhar mais, no entanto não se trata de reajuste salarial.
    Esse povo só pode achar que lida com idiotas.
    Não importa o nome do aumento, importa o próprio. E falam que ele é devido a uma lei.
    Ora, e era para ser devido a quê? Só faltava algo assim não ter qualquer amparo.
    Mas um dia entenderão a diferença entre imoral e legal. Tenho fé nisso.

    1. Devido uma lei e quem criou esse LEI, qual objetivo dessa LEI subtrair dos outros e
      melhorar substancialmente suas qualidades de vida.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Justiça da França condena ex-presidente Sarkozy a 3 anos de prisão

Foto: Reprodução/CNN Brasil

Os juízes da França consideraram o ex-presidente Nicolas Sarkozy culpado por tentar subornar um juiz e usar a sua prerrogativa política para exercer tráfico de influência. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (1) e o condena a três anos de prisão, com dois anos de suspensão.

Sarkozy, que liderou a França de 2007 a 2012, negou qualquer irregularidade, dizendo que foi vítima de uma caça às bruxas por promotores financeiros que usaram meios excessivos para bisbilhotar seus negócios.

Aposentado da política, mas ainda influente entre os conservadores, Sarkozy tem 10 dias para apelar da decisão.

Ele é o segundo ex-presidente da França moderna, depois do falecido Jacques Chirac, a ser condenado por corrupção.

Os promotores convenceram os juízes de que Sarkozy se ofereceu para garantir um emprego com bos benefícios em Mônaco para o juiz Gilbert Azibert em troca de informaçõ

es confidenciais sobre uma investigação sobre alegações de que ele havia aceitado pagamentos ilegais da herdeira do L’Oreal Liliane Bettencourt por sua campanha presidencial de 2007.

Isso veio à tona, eles disseram, enquanto conversavam por escuta telefônica entre Sarkozy e seu advogado Thierry Herzog depois que Sarkozy deixou o cargo, em relação a outra investigação sobre o suposto financiamento líbio da mesma campanha.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Criança de 3 anos é atacada por pitbull na Grande Natal e tem parte do rosto desfigurada

O portal G1-RN noticia nesta sexta-feira(29) o caso de uma criança de três anos que foi atacada e teve o rosto parcialmente desfigurado por um cão da raça pitbull na noite dessa quinta-feira (28), por volta das 21h, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal. De acordo com o pai, a mãe da criança estava trabalhando e ele estava no quarto de casa, quando ouviu o rosnado do cão e o grito da criança na sala. A menina teria tentado brincar com o cachorro, que a atacou. O pai da menina ainda diz que o cão é da família e ela era acostumada a brincar com ele.

Após o ataque do animal, a criança foi socorrida para o Hospital Walfredo Gurgel, onde passou por uma cirurgia plástica, na madrugada desta sexta-feira (29), para reconstruir parte do rosto. Segundo a unidade, ela não corre risco de morte. Durante a manhã desta sexta-feira (29), após a cirurgia plástica para reconstrução de parte da face, a menina aguardava liberação no Centro de Recuperação de Operados da unidade de saúde.

Segundo o pai da menina, o animal tem 2 anos e meio e desde filhote era acostumado a brincar com a criança. A menina foi atacada na altura da boca e ficou com a arcada dentária exposta, após o ataque.

Com G1-RN

Opinião dos leitores

  1. A criança pode ter pego algum brinquedo que era do cachorro também creio que ele não ia avançar sem motivo se era acostumado é da casa tem que averiguar o que houve direito é não querer que matar o animal só Porque é essa raça!!

  2. O cachorro ñ tem culpa ninguém estava la para vê se a criança ñ o machucou ou até tivesse dormindo ou comendo. Só vai saber o valor de um pitbull quem realmente cria é dócil,companheiro ,meigo ñ late por besteira .

  3. E a culpa de deixar uma criança de 03 anos sozinha brincando com um pitbull deve ser do Pitbull.

  4. A responsabilidade é do tutor!!! Do mesmo jeito que tem cães que atacam, tem cães que salvam, que são carinhosos, companheiros, que ajudam a muita gente. Repito, o tutor é o responsável.

  5. Engraçado que existe ataque de outras raças mais ninguém divulga, mais e pitbull ai pronto todo mundo quer matar o cachorro. Tenho pitbull tenho amigos que tem ele e outras raças e nunca teve problema. Qualquer raça e tudo questão de criação, antes de querer matar o cachorro veja o histórico do dono, como o cachorro e tratado .

    1. Espero que a princesa se recupere sem nenhuma sequela.
      Eu também tenho cachorro, tenho uma filha e graças a Deus e os cuidados que tenho, nunca tive problemas.
      Porém é mais fácil julgar o animal… Eu vi na reportagem que o pai da criança estava no quarto mexendo no celular…
      O correto era levar esse pai para delegacia para saber o histórico de criação desse animal…

  6. Ave maria não pode tocar no cachorro!É a lei brasileira,ele(cachorro) pode matar qualquer um ,mais não pode tocar,nem um tapinha no cachorro.

  7. Espero que não sacrifiquem o animal.
    Por muitas vezes os animais são mais racionais que nós, porém neste caso, o animal poderia estar passando por algum estresse, fome, etc.

    1. Pitbull não era nem para existir , existem Paises onde essa raça é proibida. Tem que sacrificar mesmo.

    2. O animal desfigura uma criança e vc quer mantê-lo? Cada uma…

    3. Stresse o que tem que da um fim nessa peste quase mata a menina, o cara ainda tem coragem de defender o cachorro de vez do ser humano, é um animal mesmo.

    4. Leva pra tua casa.
      É sempre o pitbull. E tem quem se orgulhe de possuir isso.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

E NÃO FOI A PRIMEIRA VEZ QUE APRONTOU – (FOTO): Menino de 3 anos faz pedido de R$ 400 no McDonald’s pelo celular da mãe em Pernambuco

Foto: Acervo pessoal

Uma publicitária tomou um susto ontem à noite em Recife quando o porteiro do prédio anunciou que tinha uma entrega na qual ela não esperava. O filho de três anos pegou o celular da mãe para brincar e fez um mega pedido no McDonald’s, no total de R$ 400, através de um aplicativo de entrega de comida. Ao UOL, ela disse que não sabia se ria ou se chorava de nervosa, mas depois do susto, concluiu que foi um gasto de dinheiro em terapia de risadas. Já o menino, se sentiu orgulhoso de ter feito o pedido, mas ainda ficou frustrado por não ter chegado o brinquedo que queria.

Raissa Wanderley de Andrade, 32 anos, foi tomar banho e deixou o celular com o filho, Luiz Antônio, mais conhecido como Tom, como faz normalmente. Quando estava no sofá com a mãe dela, depois de meia hora, recebeu com surpresa uma chamada pelo interfone dizendo que havia uma entrega.

“A princípio eu disse: ‘Não, acho que é algum engano. Não pedi nada’. E disseram que estava no elevador. Eu imaginei que fosse alguém que tivesse mandado alguma coisa para mim. Daí quando eu cheguei na cozinha tinha lá um bocado de sacola do McDonald’s. Eu fiquei sem entender, daí chamei o meu marido achando que ele podia ter feito alguma compra e eu não sabia. Antes de abrir as sacolas eu peguei a nota fiscal e vi que estava no meu nome, então peguei o celular e vi que tinha feito, na verdade, dois pedidos, um em seguida do outro. E daí eu já entendi na mesma hora que tinha sido ele [Tom]”, lembrou a publicitária.

Raissa então questionou quem havia feito as compras e o filho não negou a autoria. “Ele falou todo orgulhoso. ‘Fui eu mãe, foi Tom’. Eu ri e chorei de nervoso. Porque eu vi uma conta de R$ 400 e quanto mais eu tirava os pedidos, mais eu ria. Dez milk-shakes, eu, minha mãe e meu marido em casa, três adultos, ele e uma bebê de 11 meses. Eu falo esta história e rio. Acho que eu passei uma hora rindo e até concluí que foram R$ 400 de terapia do riso porque fazia tempo que eu não ria tanto”, contou Raissa.

No total, Tom pediu seis promoções completas de hambúrgueres, seis Mc Lanches feliz, oito brinquedos extras, duas porções de nuggets (de 12 unidades cada), uma batata frita grande com bacon e cheddar, dez milk-shakes de ovomaltine, dois sorvetes top sundae de morango, duas tortinhas de maçã, dois sorvetes McFlurry, oito garrafas d’água, um suco de uva e dois molhinhos extras. Um banquete de fast-food custou o valor de R$ 400.

Com tanta comida em casa, Raissa não teve dúvidas e compartilhou tudo. Por sorte, os pais, a irmã, o cunhado e os sobrinhos moram no mesmo prédio. Então, deu para dividir para a família toda, além da funcionária doméstica e dos porteiros, que também desfrutaram do pedido.

Tom ainda ficou frustrado

Depois do ocorrido, Raissa disse que foi conversar com o filho para explicar que aquilo custava dinheiro, que ele não poderia fazer aquilo e que se comprava um brinquedo por vez. Neste momento, descobriu que ele não havia ficado de todo satisfeito.

“Quando ele viu que não tinha ganhado um minion dourado, que eu nem sabia que tinha, ele ficou arrasado. Acho que ele não imaginava que tudo o que ele apertasse ali ia chegar e ficou felicíssimo que chegou batata frita, nuggets tudo numa segunda-feira e um bocado de brinquedo, apesar da decepção de não ter vindo um minion dourado. Esta foi a única decepção dele. Eu ainda conversei um bocado, mas depois eu desisti e só fiz rir mesmo”, comentou a mãe de Tom aos risos.

Não foi a primeira vez

A publicitária contou que até que não demorou muito para entender que o pedido tinha sido feito por Tom, pois ele já tinha feito outros pedidos antes. “Uma outra vez ele também pediu um açaí pelo Ifood e já chegou a pedir um táxi, que eu tive que pagar porque o táxi chegou lá embaixo. Mas isso faz um bom tempo já, acho que uns seis meses, então, achei que ele tinha parado com esta mania de ficar mexendo e apertando nas coisas”, disse a publicitária.

Apesar de toda a surpresa, Raissa e o marido, o também publicitário André Lins Nunes, sabem que Tom é um menino muito esperto, mesmo com somente três anos de idade.

Segundo ela, o menino é apaixonado pelos Beatles, viciado em bandeiras nacionais e vive fazendo chamada oral sobre os nomes dos países com os pais. Além, é claro, de ser doente pelo Náutico, seu clube do coração, paixão esta que já o fez ser personagem de uma reportagem na televisão.

UOL

Opinião dos leitores

  1. Essa semana chegou R$ 200 de cerveja, foi minha menina que pediu, no lugar de eu ficar bravo, fui dar um cheiro nela, depois fui guardar na cervejeira.

  2. Ah povo mal humorado esse , nossa senhora que me defenda…bando de revoltados, frustados, mal resolvidos. Pra vcs só digo isso: Eeeeeeeeeeca!!!

  3. Provalvemente a mãe fez isso de caso pensando pra ganhar mídia, bem, ela ganhou. Qualquer compra em site solicita no mínimo o CVV do cartão.

    1. podemos ver aqui um cidadão que nunca comprou no iFOOD… pior de tudo é a fala com TOTAL CERTEZA… esse mundo tem cada morador viu.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Família na Grande Natal faz campanha para custear tratamento de menino de 3 anos com doenças raras

Ravi tem 3 anos e nasceu com uma deficiência na perna esquerda — Fotos: Cedidas

O portal G1-RN destaca o drama de família de um menino potiguar de três anos que tem duas doenças raras está fazendo uma campanha para tentar custear o tratamento da criança no Paraná e evitar a amputação da sua perna.

Manoel Ravi Carvalho tem três anos de idade, mora em Parnamirim, na Grande Natal, e já enfrentou muitos desafios desde o nascimento. Ele tem duas doenças raras: neurofibromatose – doença que provoca a formação de tumores no cérebro, na medula espinhal e nos nervos – e pseudoartrose congênita da tíbia – uma doença caracterizada por uma “articulação falsa”.

No primeiro ano de vida, os médicos não tinham esperanças de o menino andar. “A médica falou que Ravi nunca iria andar enquanto não fizesse a cirurgia. Quando eu recebi a notícia, meu mundo caiu, desabou”, conta Ingrid Sayonara, mãe do garoto.

O tratamento disponível no Rio Grande do Norte é a base de muitas cirurgias e com possível amputação da perna. “Aqui no estado o processo envolve várias cirurgias para serrar o ossinho dele. Já pensou? Todo esse sofrimento, serrando o osso? Até chegar o momento de amputar a perninha dele. Eu não aceito”, diz Ingrid.

Leia reportagem completa com contato para ajuda clicando AQUI.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

TODO CUIDADO É POUCO: Menino de 3 anos morre após ser picado por escorpião na casa da avó no PR

Foto: Reprodução

Um menino de 3 anos morreu depois de ser picado por um escorpião na casa da avó em Loanda, no noroeste do Paraná, na tarde de quinta-feira (23).

A prefeitura disse que a avó não viu quando o neto foi picado. A criança começou a vomitar e ela levou o menino até o posto de saúde municipal. De lá, ele foi encaminhado ao hospital municipal, que é referência para atendimento de acidentes com escorpião.

A criança recebeu o soro antiescorpiônico, mas não melhorou. O menino foi transferido para um hospital particular e, com o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi transferido para o hospital Santa Casa de Paranavaí.

A Santa Casa de Paranavaí informou que o menino não resistiu e morreu por volta das 21h30

O velório começou às 8h e o sepultamento está previsto para ser realizado às 12h desta sexta-feira (24).

G1

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Em leitura anual, prefeito de São Gonçalo apresenta balanço dos 3 anos e anuncia novos investimentos para 2020

Foto: Isaias Santana

“Compartilho com vocês a alegria de chegar aqui conduzindo o município de São Gonçalo do Amarante com estabilidade administrativa, equilíbrio financeiro, pagamento em dia e entregando uma obra por semana”. A fala é do prefeito Paulo Emídio, Paulinho, durante a leitura da sua mensagem anual na Câmara Municipal, na segunda-feira, onde o gestor fez um balanço de suas ações e ainda anunciou novos investimentos para 2020 em áreas essenciais.

De acordo com o gestor, a saúde e educação vão continuar sendo prioridades do Poder Executivo. O hospital geral, que já está com recursos empenhados pelo Ministério da Saúde, foi exaltado pelo prefeito como o “maior sonho do povo são-gonçalense”, o que lhe rendeu palmas calorosas do público presente.

Paulinho também destacou o programa ‘Saúde Melhor’ que é um conjunto de ações estruturais para ampliar, melhorar e humanizar cada vez mais o atendimento à saúde, que inclui reformas de todas unidades e construção de novas, além de um centro de pediatria e centro de reabilitação.

Na educação, o gestor afirmou que já existem projetos de seis escolas e nove creches no Ministério da Educação para suprir a demanda do município, que, segundo ele, cresce de forma diferenciada no Rio Grande do Norte.

“Sabemos que não adianta só construir, reformar, ampliar. É necessário também gerir, administrar bem as nossas escolas para que elas funcionem bem e prestem um bom serviço de educação, cumpra o seu importante papel na nossa vida. Para isso, estamos adotando os mais modernos sistemas de gestão para nossas escolas e investindo forte na modernização”, disse.

Ainda para 2020 Paulinho quer colocar em operação o Sistema Adutor Maxaranguape para distribuir água nas comunidades rurais e solucionar de vez os problemas enfrentados pela população. Ele ainda afirmou que o Saae – Serviço Autônomo de Água e Esgoto do município -, na sua gestão, ampliou em quase 10% o número de ligações de água, atingindo as 43.305 mil ligações, como também a ampliação, substituição e rebaixamentos na rede de abastecimento, ultrapassando os 55 quilômetros, totalizando uma rede de aproximadamente 499 quilômetros.

Outra ação importante, que já vem sendo executada, é a modernização do serviço público. Paulo Emídio citou o programa ‘Simplifica São Gonçalo’ que visa desburocratizar e modernizar os serviços públicos no município, além de facilitar a vida do cidadão ao ter disponível plataforma digital e aplicativo que possibilitam o cidadão requerer documento, solicitar informação, pedir algum serviço, registrar alguma reclamação ou sugestão de forma online.

Além de anunciar investimentos importantes, o prefeito demonstrou orgulho com alguns números de sua administração, entre eles o de 300 obras e ações executadas em três anos. Por fim, listou obras que, segundo ele, vão ficar para sempre na história de São Gonçalo, como a reconstrução da RN-160 , a escola de ensino médio no Bairro Jardins, a estrada da produção, o distrito industrial, o anel viário e urbanização da entrada da cidade, a ligação da RN-160 com a BR-406 no Golandin e a adutora para zona rural.

“Aquilo que foi planejado está acontecendo. Aquilo que foi prometido está se cumprindo. Aquilo que foi esperado está sendo entregue. E aquilo que foi sonhado, está se realizando”, finalizou.

Opinião dos leitores

  1. Esse Prefeito, tá mudando São Gonçalo do Amarante RN., Passo sempre pela Cidade, tem muita coisa se transformando no município, diferente do passado!!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Criança de 3 anos arranha 10 Audis à venda e rende prejuízo de R$ 40 mil

Foto: Divulgação

A filha de um casal chinês acabou dando um belo prejuízo para uma concessionária da Audi após uma visita. Segundo o canal australiano 7News, a menina aproveitou a desatenção de seus pais, encontrou uma pedra e fez desenhos em nada menos que dez carros diferentes em exposição.

Entre as vítimas da pequena artista estiveram veículos como os SUVs Q3 e Q8. Para se ter uma ideia, o Q8 pode custar mais de R$ 500 mil no Brasil.

A concessionária acabou por processar o pai da criança. Grande prejudicado, o estabelecimento teve que repintar os carros e coloca-los novamente à venda como seminovos, já que este trabalho de retificação descaracteriza o modelo como sendo novo, de acordo com o comerciante.

Assim, mesmo com a pintura pouco danificada, todos os carros serão vendidos com valor abaixo do que deveriam apesar de serem novos.

A concessionária pediu 200 mil renmimbis (moeda chinesa), cerca de R$ 116 mil, para cobrir os prejuízos. Entretanto, depois de conversas, um acordo foi firmado em “apenas” 70 mil renmimbis, aproximadamente R$ 40 mil.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

UOL

 

Opinião dos leitores

  1. Se eu fosse responsável pelo Marketing da Áudio já estaria pensando em um comercial explorando essa travessura da criança
    Kkkkk

    1. Perfeito. Renderia uma grana e ficaria massa agora no fim do ano.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Milhas de empresas aéreas: queixas contra programa de fidelidade triplicam em 3 anos

Aeroporto Santos Doumont (RJ): É preciso ficar atento às condições dos planos de milhagem Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Cada vez mais consumidores vêm aderindo a programas de pontos — em tempos de crise econômica, a troca por prêmios ou descontos é bem-vinda. No entanto, nos últimos três anos, o número de reclamações relacionadas aos planos de fidelidade aumentou significativamente: 344% no portal de intermediação de conflito Consumidor.gov.br, da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon). No mesmo portal, as reclamações referentes a fidelidade de empresas aéreas cresceram 211%.

Os aumentos foram identificados em estudo do grupo de pesquisa sobre práticas comerciais abusivas da UniCEUB, coordenado por Ricardo Morishita. Embora em sua maioria os casos tenham sido solucionados, o aumento no número de queixas chama a atenção.

Segundo o professor, os dois principais problemas envolvendo programas de fidelidade no setor aéreo são a falta de informação e a agressividade das ofertas.

— Há dificuldade em compreender as informações dos sites — explica Morishita.

O professor lembra que um dos princípios do Código de Defesa do Consumidor (CDC) é a transparência, que permite que o cliente faça uma escolha consciente.

— Há uma engenharia financeira por trás dos programas de pontos. As pessoas resgatam passagens muitas vezes sem informações básicas, como o valor da milha em reais. E, assim, não sabe se está pagando caro ou barato pelo tíquete aéreo — diz Morishita.

Atenção no resgate

Há três anos, a estudante de jornalismo Fernanda Freitas, de 26 anos, começou a acumular milhas. Com o tempo, percebeu que não acumulava tantos pontos com cartões de crédito e passou então a fazer compras por meio dos sites dos próprios programas de fidelidade. Ela já conseguiu viajar duas vezes para Londres e irá este mês para a Argentina.

— Sempre tinha que conferir meu saldo, cobrar a loja em que eu havia feito a compra e checar o programa de fidelidade, que nunca creditava os pontos no prazo estabelecido. Muitas vezes o cliente esquece de conferir. Além disso, não é fácil entender os sites dos programas — conta Fernanda.

Segundo o estudo d o grupo de Morishita, a Smiles, da Gol — plano com maior número de participantes do país (15,5 milhões) —, é a que mais registrou queixas nos últimos três anos, sendo 3.278 só em 2018. Em seguida, com 1.421 reclamações, vem a Multiplus (13 milhões de cadastrados), que está em processo de incorporação total à Latam até 2024. A Tudo Azul (10 milhões de clientes), da Azul Linhas Aéreas, teve 1.228 queixas, e o programa Amigo (6 milhões), da Avianca, 440 queixas no Consumidor.gov.br.

— Temos um desafio imenso em relação ao consumidor, o número de reclamações é preocupante. Somente em 2018, emitimos 5,8 milhões de passagens. Por mês, enviamos cerca de 120 milhões de e-mails promocionais. Se compararmos o número de queixas com o de transações, verificamos uma melhora no índice — disse Leonel Andrade, presidente da Smiles.

A Latam e a Avianca não comentaram o aumento nas reclamações. As duas afirmaram estar constantemente empenhadas em aumentar a satisfação dos clientes. Já a Azul diz que, nos últimos 12 meses, mais de 75% dos clientes tiveram suas queixas resolvidas.

Em janeiro, a Multiplus mudou algumas de suas regras e também houve queixas de consumidores sobre falta de clareza nas informações.

Max Oliveira, CEO da MaxMilhas, site especializado em na negociação de milhas, lembra que algumas aéreas vêm dificultando as condições para o consumidor, limitando, por exemplo, o resgate de passagens por CPF. Para se proteger de armadilhas, o consumidor deve pesquisar antes de aderir.

— Além disso, é preciso pesquisar o custo-benefício de entrar em um programa em que você se compromete, por exemplo, a pagar uma mensalidade em troca de pontos.

Saiba como usar melhor os pontos

Qual é seu perfil?

Quanto a pessoa gasta é determinante no mundo das milhas e pontos. Os cartões de alta renda, por exemplo, podem gerar até três vezes mais pontos, além de oferecer vantagens como acesso a salas VIP e a seguros de viagem. Mas a anuidade é mais cara. Por isso, é essencial identificar seu perfil para o cartão não se tornar um vilão do seu orçamento.

Caro ou barato

Ao avaliar o resgate de passagem , informe-se sobre o valor da milha em reais (nos sites das companhias aéreas, é possível simular o valor na opção de compras milhas). Só assim , diz Morishita, é possível avaliar se está pagando caro ou barato pelo bilhete.

Como acumular

É possível acumular milhas no cartão de crédito,na aquisição de pontos nos próprios programas de fidelidade, na assinatura de clubes de vantagens, em bônus de transferências e também em viagens de avião, diz Max Oliveira, diretor executivo da Max Milhas. Há quem aconselhe concentrar tudo em um único programa de fidelidade.

Antecedência

A maioria das empresas aéreas começa a venda até 330 dias antes do voo. Ao planejar data e destino, é possível aproveitar melhor as promoções e é mais fácil conseguir assentos, diz Fábio Vilela, um dos fundadores do site Passageiro de Primeira.

Atenção às ofertas

Ao receber oferta para o uso das milhas ou bônus de pontos, verifique as condições e validade. Se faltar clareza, reclame com a empresa e órgãos de defesa.

O Globo

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Intenção de consumo das famílias atinge maior nível em 3 anos, diz CNC

Foto: kleber.sampaio

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF), medida pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), atingiu este mês 91,2 pontos. É o maior patamar do indicador desde junho de 2015 (91,7 pontos).

A ICF de dezembro é 4,2% maior que a do mês anterior (87,6 pontos), a maior taxa desde 2010. O número também é superior (11,7%) ao de dezembro do ano passado.

Apesar disso, o indicador se mantém abaixo dos 100 pontos e, portanto, ainda é verificada uma insatisfação dos consumidores. A última vez que a ICF ficou acima de 100 pontos foi em abril de 2015 (102,9 pontos).

A alta da taxa de novembro para dezembro foi provocada por crescimentos nos sete componentes do indicador, com destaque para a avaliação de que o momento é bom para a compra de bens duráveis (11,2%) e para a perspectiva de consumo (7,2%).

Para a CNC, os juros em queda, com inflação em baixa, formam o cenário que dá suporte a uma maior disposição das famílias para o consumo de eletrodomésticos, cuja característica é o crédito.

Já na comparação com dezembro de 2017, os componentes com maiores altas foram o nível de consumo atual (24,3%) e a perspectiva de consumo (16,4%).

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Pai drogado mata o próprio filho de 3 anos a socos

O pai do menino de três anos encontrado morto na quinta-feira (3) em uma rua da zona leste de São Paulo confessou, segundo a polícia, ter cometido o crime sob o efeito de drogas. O homem de 31 anos foi interrogado na tarde desta quinta-feira pelos delegados do 24º DP.

Vigia encontra criança morta em rua da zona leste de São Paulo

De acordo com a polícia, ele disse que saiu com o filho de Itapevi (Grande São Paulo) na noite de quarta-feira (2) em direção à sua casa para que os dois passassem o fim de semana juntos.

No meio do caminho, ele teria parado o carro em um posto de gasolina e dado vários socos na criança, até que ela ficasse inconsciente. O pai ainda relatou à polícia que estava sob o efeito de drogas e que a criança agonizou durante aproximadamente meia hora antes de morrer.

Ao perceber que o filho tinha morrido, o homem teria dirigido por algum tempo até deixar o corpo próximo ao meio fio na rua Sambaíba, na Vila Marieta, zona leste de SP. Em seguida, ele fugiu do local.

O corpo foi encontrado por um vigia e tinha sinais de espancamento.

O pai deu uma bicicleta ao menino e participou de sua festa de aniversário na noite anterior ao crime.

A polícia já pediu a prisão temporária da suspeito.

Folha.com

Opinião dos leitores

  1. o qe me consola é saber que esse ser nao vai ficar mt tempo preso viu, tanto que mudaram ele de presidio pq os detentos nao aceitaram ele la.

  2. Meu Deus… Como ele teve coragem de uma barbaridade dessas. Tenho uma bebe de 2 anos tambem  e meu se fosse minha sinceramente eu mataria ele e se não tivesse coragem ou força  eu pagaria uma pessoa pra matar a porrada  um monstro desse ai… vai pro inferno maldito quando o diabo resolver carregar…

  3. meu deus eu tenho uma filha de um ano e um mês ela é minha vida, como que esse monstro teve coragem de fazer isto com um bebe, este monstro é uma coisa tão abominavel que não se encontra na cadeia biológica.

  4. Inacreditável, não tenho palavras para descrever tamanha barbaridade…Nem sou mãe, nem tenho sobrinhos, contudo posso imaginar o que a mãe dessa criança está sentindo, sinceramente tenho vontade de chorar agora. LUTO!

  5. O mundo está perdido, a onde iremos parar meu Senhor, até as criançinhas são vitimas da falta de amor ao próximo Jesus, eu lhe peço SENHOR Providencia,para o MUNDO PERDIDO!!! PENA DE MORTE PARA ELE.

    1. Esse homem ñ tem deus no coração como pode fazer uma barbaridade dessa com um ser inocente. acada dia eu fico mais pasma com cad historio que ouso

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *