Mulher que sentia extrema dor no sexo diz que lubrificante de maconha “a salvou”

Foto: Reproduçao/DailyMail

A britânica Emma Alitt, de 24 anos, diz que um lubrificante à base de cannabis – um dos princípios ativos da maconha – foi o responsável por “mudar sua vida sexual”. De acordo com ela, até os 22, a experiência sexual com penetração era “tão dolorosa que era mais fácil fingir que era lésbica”.

Ao portal DailyMail, Emma explica que sofre de uma doença conhecida como vaginismo, que causa a contração involuntária dos músculos da vagina, tornando o sexo difícil e doloroso. Devido às péssimas experiências, o caso de Emma foi agravado por uma condição psicológica que dificultava ainda mais sua vida.

“Eu desenvolvi muito medo de homens e sentia que era incapaz de experienciar o que as pessoas dizem ser a parte mais íntima de um relacionamento ”, conta ela. A ansiedade social fez com Emma se isolasse não apenas de encontros amorosos, mas da maioria dos seus amigos, mesmo as mulheres.

Além disso, a autoestima da jovem também foi prejudicada. “Eu não sabia o que havia de errado comigo e comecei a odiar meu corpo”, recorda. “Os garotos me chamavam para sair e eu não sabia o que dizer, então inventei que era lésbica”, diz.

Após o diagnóstico, que chegou quatro anos após o início da vida sexual, Emma iniciou um tratamento físico e psicológico. “Precisei redescobrir minha relação com o sexo, parar de antecipar a dor e aprender a relaxar’, explica a britânica.

Um medicamento específico, porém, ganhou destaque na vida da garota. De acordo com ela, foi um lubrificante à base de canabidiol, um dos ativos presentes na maconha, que ajudou seu quadro a regredir. “Eu não queria um analgésico forte. Queria um produto que me ajudasse a aproveitar o sexo de maneira natural o que, pela primeira vez na vida, consigo fazer’, diz.

O produto, que tem venda legal na Europa, pertence a um fabricante chamado Havn Hemp, especializado em medicamentos à base de CBD. Além do componente, o lubrificante à base de água combina princípios ativos de outras ervas e flores.

Para se adaptar ao uso, Emma conta que começou devagar com o atual namorado. “Usamos primeiro como um óleo de massagem, depois fomos avançando aos poucos até o perceber que não sentia dor”, explica. “Hoje eu uso absolutamente todas as vezes em que faço sexo ”, diz.

IG, com DailyMail

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    Esta jovem está tendo seus momentos de glória "holofotária".

  2. Jd disse:

    "Vagina maconheira" e "levando fumo" ! Brasileiro é criativo demais!

  3. Pepekão disse:

    Eita agora teremos a pepeka noiada, é cada uma que se ver.

  4. Zulmira Melo disse:

    Tudo agora é a maconha,a salvação da humanidade,misericórdia,até o priquito tá fumando… é,estamos no fim dos tempos literalmente.

  5. VTNC disse:

    LEVANDO FUMO !!KKK

  6. CURITIBA JA disse:

    pense em uma vagina maconheira

Mulher diz que não bebe água há um ano e que ‘jejum seco’ a curou

Foto: Reprodução/Instagram

A professora de ioga Sophie Partik, de 35 anos, mora em Bali, na Indonésia, e afirma que parar de beber água mudou completamente a sua vida.

Ela tinha problemas com inchaços e sofria de dores nas articulações, mas garante que foi curada depois de mudar os hábitos.

A professora pratica jejum diariamente por pelo menos 13 horas e consome líquidos apenas por meio de sucos, frutas e água de coco, o que ela chama de “água viva”.

Sophie afirma que desta forma consegue obter todos os nutrientes que seu corpo precisa.

“Eu tinha inchaço extremo no rosto e nas articulações, estava tão inchado que parecia doente. Os médicos me diziam que não havia nada errado comigo e, se eu quisesse me livrar dos olhos inchados, poderia ser submetida a uma cirurgia”, contou a professora .

Sophie conheceu o jejum seco por meio de um amigo e decidiu tentar.

“Logo de cara o inchaço começou a melhorar, então eu queria pesquisar um pouco mais”, contou.

“Eu tenho procurado respostas durante toda a minha vida e pensei que era a maneira do universo de enviá-las para mim. Quando você começa a jejuar a seco, logo percebe que seu corpo não precisa de água”, afirma.

Vale ressaltar que, apesar do depoimento de Sophie, especialistas da área da saúde alertam para a importância de ingerir o líquido.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nica disse:

    Essa cara inchada tá mais pra pudim de cana!
    Kkkkkkkkkkk

  2. Fábio disse:

    Em resumo: ela bebe água. Suco é líquido feito com… água. Pasmem! Água de coco é água. Ganhou 15 minutos de fama. Fim.

  3. Matematica disse:

    Já ganhou os 15 minutos de fama. Tá bom. Já deve ter milhões de seguidores pagando pela sua cura.

Polícia Civil prende mulher por ocultação de cadáver em São Miguel do Gostoso

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Delegacia Municipal de Touros, com o apoio da Polícia Militar, cumpriram um mandado de busca e apreensão, nesta sexta-feira (07), em uma residência na cidade de São Miguel do Gostoso. Na ocasião, foi encontrado o corpo de Evandro Ronielinton da Silva.

De acordo com investigações, Evandro Ronielinton teria sido assassinado, em dezembro de 2019, pela companheira dele, Jaqueline Barbosa de Araújo, que assumiu a autoria do homicídio.

O corpo foi encontrado no quintal do imóvel onde o casal morava. Jaqueline Barbosa foi conduzida à delegacia para autuação em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. aof disse:

    Mais um hominicídio.

  2. Fernando Antonio disse:

    Como sempre esse velho Guedes só faz agredir e o pior, ele generaliza.

Mulher beija namorado que tentou matá-la com 5 tiros durante julgamento no RS

Foto: Divulgação

Um homem acusado de tentar matar a namorada a tiros em agosto de 2019 foi condenado a sete anos de prisão em Venâncio Aires, interior do Rio Grande do Sul, nesta terça-feira (28). Lisandro Rafael Posselt, de 28 anos, estava preso desde o ataque a mulher, mas agora ficará em liberdade pois não possui antecedentes e a pena foi menor do que oito anos. As informações são do Zero Hora.

O julgamento teve um momento completamente fora do protocolo. Micheli Schlosser, a sobrevivente dos disparados, pediu autorização aos jurados para beijar o agressor. Ela também garantiu que o perdoava logo após prestar seu depoimento.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    É o pêia de mel

  2. ValLima disse:

    Parabéns para o advogado de defesa !

  3. antonio disse:

    Realmente este país é da impunidade, o sujeito tentar matar a noiva com 5 tiros, passa menos de 1 ano preso é julgado e posto em liberdade, pois pegou menos de oito anos de reclusão. Lamentável.

  4. Assis disse:

    Que dizer que o rapaz deu 5 tiros na namorada durante o julgamento e ainda recebeu beijo da vítima. Eu estou aqui igual ao gordinho risadinha " não entendi nada".

  5. BOSCO disse:

    Anotem aí : Breve mais uma vítima de feminicídio !

  6. Chicão disse:

    Essa é mais uma que faz de tudo pra desestabilizar o sujeito, até o mesmo reagir com irracionalidade, tanto que o perdoou. Casos assim são mais comum do que imaginamos.

    • Lucas disse:

      A moça levou 5 tiros e vc tá dizendo q a culpa eh dela e quem atirou eh vítima?
      A sociedade tá doente.

  7. Omar disse:

    Deveria a Juíza ter aproveitado a reconciliação e disponibilizado uma salinha pra visitas íntimas.

Mulher tem pé e dedos amputados após uso indevido de coletor menstrual

Sandrine Graneau, uma francesa de 36 anos que é mãe de três crianças, teve um pé e partes dos dedos das mãos amputados após desenvolver uma condição rara, conhecida como síndrome do choque tóxico (SCT). O caso ocorreu na França e foi noticiado pelo jornal local Le Parisien.

A SCT acontece quando entramos em contato com as toxinas produzidas pelas bactérias do gênero Staphylococcus, que pode estar presente naturalmente no nosso organismo. Estima-se que o microrganismo esteja presente nas fossas nasais de 20% a 30% das pessoas, sendo que ele também pode se instalar na pele e no útero, por exemplo.

Embora a síndrome possa ocorrer em homens e crianças, casos com mulheres se tornaram mais conhecidos pela associação ao uso de absorventes internos. Isso porque, quando esses itens de higiene permanecem dentro do corpo por mais tempo do que o recomendado, aumenta o risco de a proliferação das bactérias se proliferarem e liberarem as substâncias tóxicas que causam a infecção.

“É importante ressaltar que a menstruação foi feita para sair do corpo, e não ficar retida dentro da vagina por muito tempo”, alerta Eduardo Motta, ginecologista do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em entrevista à GALILEU. De acordo com o especialista, absorventes usados por muito tempo podem servir de porta de entrada para agentes infecciosos causadores de doenças graves, como é o caso da SCT.

O caso de Graneau, entretanto, surpreendeu os médicos franceses, pois ela usava um coletor menstrual quando foi contaminada. Segundo uma investigação realizada em 2019 sobre os conhecidos “copinhos”, eles são o método mais seguro dentre as opções disponíveis para as mulheres coletarem o sangue liberado durante a menstruação.

Segundo Motta, vale lembrar que tanto a segurança quanto a eficácia dos absorventes ou coletores dependem do uso correto dos produtos. É importante se atentar ao que está escrito na embalagem e nunca ultrapassar o tempo de uso recomendado pelo fabricante.

Graneau não lembra quanto tempo permaneceu com o coletor dentro do canal vaginal até retirá-lo. Contudo, ela afirmou ao Le Parisien que, muitas vezes, as recomendações variam entre fabricantes, o que pode confundir as consumidoras.

“Quando ouço que a infecção está relacionada ao uso inadequado de coletores e absorventes por mulheres, fico desanimada, pois as informações que nos são fornecidas não são claras”, disse a francesa. “Segundo o fabricante, está escrito nas instruções que os copinhos podem ser usados ​​por 4, 6, 8 ou 12 horas. Por que não é indicado um tempo de uso claro e padronizado?”, questionou.

Motta observa que é importante ter muita atenção ao utilizar coletores mentruais e absorventes internos, evitando usá-los em situações como em viagens ou durante a noite, quando o tempo de uso recomendado pode ser ultrapassado. “O ideal é que esses produtos sejam usados por curtos períodos de tempo, até quatro horas. Além disso, a mulher deve estar atenta à higiene da região íntima e do coletor ou absorvente reutilizável”, descata o especialista.

Galileu

 

Após 56 anos de casados, homem morre três horas depois da mulher no RS

Foto: Simone Frizzo Salvador/Arquivo Pessoal

Juntos há 56 anos, um casal de Caxias do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul, morreu com três horas de diferença na terça-feira (14).

Pouco depois do meio-dia, Roberto João Frizzo, de 80 anos, recebeu a notícia de que sua companheira de vida, Maria de Lourdes Frizzo, havia morrido. Cerca de 40 minutos depois de ser informado, ele também faleceu.

“Só ouviu, não falou nada. Fechou os olhos e foi se apagando”, disse a filha mais velha do casal, Simone Frizzo Salvador.

Ela morreu às 9h14, e ele partiu às 12h40. O casal deixa três filhas e quatro netos como símbolo da união. Os dois foram velados juntos, e durante a cerimônia tocaram músicas que Roberto gravou para Maria de Lourdes. O casal foi cremado.

“Eles irão juntos até o fim. Depois vamos combinar de jogar as cinzas dos dois em um lugar bem lindo, provavelmente no mar.”

Maria de Lourdes estava com 78 anos e há quase 20 convivia com a doença de Alzheimer. Roberto seguiu ao lado da esposa e por 15 anos cuidou dela, em casa.

Há alguns anos, atendendo um pedido das filhas, o marido aceitou deixar os cuidados da esposa com profissionais e ela foi internada em uma clínica.

Mesmo lutando contra um câncer de próstata com metástases pelo corpo, Roberto seguiu ao lado da mulher e a visitava toda semana.

“Ele queria que ela fosse antes, porque se sentia responsável por ela. Mas queria ir um minuto depois”, conta Simone.

A história do casal enfrentou dificuldades logo no início. Quando se conheceram, Maria de Lourdes estava noiva de outra pessoa. Com ajuda do romantismo das serenatas, ele conquistou a amada.

“Conheceu [ela] em uma festa e se apaixonou. Ele fez uma aposta [com os amigos] de que iria conquistar ela e conseguiu fazer ela desmanchar o noivado. Ela morava com uma tia e [ele] fazia serenatas na frente do quartel”, conta.

Juntos, a música continuou fazendo parte da vida dos dois. Usando as canções para demonstrar seu amor, Roberto gravou três discos e um clipe para esposa.

“Nos reuníamos para cantar. Ele cantava “quiero cantarte mujer” e ela gostava. É uma história linda de amor. Muito triste o final, mas lindo”.

Com uma história de dedicação ao próximo, o casal trabalhava na Cruz Vermelha e participava de atividades na paróquia que eram membros. O velório dos dois foi embalado pelas músicas gravadas por Roberto.

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rita de Cassia disse:

    Que Deus os Abençoe!

  2. Caio disse:

    Bonita história desse casamento. O segredo deles deve ter sido o respeito zelo e carinho com os quais cuidavam um do outro.

  3. Boi morto disse:

    Aí é azarado

  4. Paulão disse:

    Se eram Cristãos, a família devia depisitar as cinzas no cemitério, pois jogá-las no mar ou em outro lugar, é bonito em filme, mas mortal pra alma.

  5. Flauberto Wagner disse:

    Este casal praticou em vida o verdadeiro sentimento do amor, pois até na hora do epílogo de suas vidas foram correspondidos.

Mulher tenta fugir de arrastão no interior do RN e é morta a tiros

Foto: Ilustrativa

O distrito de Queimadas,  na cidade de João Câmara, no interior do Rio Grande do Norte, registrou na noite dessa terça-feira(14) um arrastão em um estabelecimento comercial que resultou na morte de uma mulher, que tentou escapar da ação criminosa. De acordo com a Polícia, a vítima tentou fugir para avisar o marido, e acabou baleada.

Segundo a Polícia, os criminosos fizeram um arrastão em uma sorveteria, um bar e na lanchonete da vítima.  O corpo da mulher foi levado ao Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) em Natal. Os bandidos fugiram com destino ignorado. A Polícia Civil investiga o caso.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Olimpio disse:

    O presidente quando quer colocar leis que. beneficie a sociedade vem o congresso e STF derruba, assim fica difícil pro presidente.

  2. CURITIBA JA disse:

    ESSES SÃO OS COITADINHOS EXCLUIDOS DA SOCIEDADE QUE É DEFENDIDO POR DIREITOS HUMANOS E ESTA CORJA DE POLITICOS QUE DEFENDEM CRIMINOSOS

  3. THOMASBACK disse:

    E depois da lei de abuso de autoridade, beneficiar bandido a criminalidade vai aumentar.

  4. Everton disse:

    E nada de Bolsonaro resolver o problema da segurança pública!

    • Andinho disse:

      Everton até que ele tem tentando amenizar um pouco, mais o congresso nacional e o stf bota a baixo e proíbe tudo que ele faz.

    • Manoel disse:

      A governadora que está mais próxima não resolve mesmo sendo a obrigação DELA, imagine se o presidente vai resolver sozinho…

    • Araújo disse:

      As leis que defendem esses bandidos são feitas pelo congresso (onde está a maior concentração desses delinquentes), e não por Bolsonaro. Não só Bolsonaro como todos nós temos que cumpri-las, por mais absurdas que sejam, isso é o Brasil essa vergonha.

    • Fábio disse:

      De fato não resolveu, mas em um ano de governo o n° de homicídio caiu 26%.
      E se o congresso ajudasse, estaria bem melhor.

    • Bruno disse:

      Everton eu acredito que uma parte de seus neurônios funcionam, todos tem visto o presidente tentando, mais infelizmente o congresso e o STF não deixam, aí é complicado.

    • Everton disse:

      Deveria parar de limpar a merda dos filhos e partir para o ataque.

Marido mata mulher a tiros e joga vítima de carro em movimento em viaduto de Fortaleza

O homem foi capturado próximo ao cruzamento das rusa Gustavo Sampaio com Raimundo Arruda, na Parquelândia — Foto: Leábem Monteiro/SVM

Um homem atirou na mulher e a empurrou de um carro em movimento, nesta terça-feira (7), no viaduto do Bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. A vítima foi socorrida, mas teve morte cerebral.

Segundo a polícia, o suspeito tentou cometer suicídio durante perseguição policial, mas foi capturado e levado para Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro da capital.

De acordo com a Polícia Militar, o homem efetuou três disparos contra a vítima. Logo em seguida, ele jogou a vítima do veículo e atirou na cabeça da mulher.

O suspeito tentou fugir, mas teve a placa do carro identificada por equipes do Raio, da Polícia Militar. Durante a perseguição policial, o homem tentou suicídio com um tiro na boca e com cortes de tesoura no pescoço.

Um inquérito foi instaurado e a polícia investiga a motivação do crime. O casal tem dois filhos.

G1-CE

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fábio disse:

    Isso é o que acontece com pessoas que não colocam Deus em primeiro lugar na vida: só desespero e desgraça. Que Deus tome providências em relação a isso porque esse homem, com certeza, foi usado pelo diabo. Ainda tem gente que diz que o diabo não existe. E é exatamente o que ele quer: que ninguém acredite nele.

Mulher garante que spray de cannabis melhorou – e muito – sua vida sexual

Foto: shutterstock

O cannabis, ou canabidiol, é uma das substâncias da maconha, tem efeito sedativo e é usado no tratamento de doenças e crises de epilepsia. Para britânica Grace Cole, um spray de cannabis foi a solução para combater a insônia e a ansiedade. De quebra, ela afirma que o uso do produto melhorou – e muito – a sua vida sexual.

“Desde que comecei a usar o spray de cannabis, eu me sinto mais calma e relaxada, e isso significou uma grande melhora na cama. Estou mais disposta para o sexo”, afirma a mulher em entrevista ao tabloide britânico The Sun .

E não foi só ela quem provou os benefícios do spray. “Meu namorado definitivamente notou e aprovou a diferença. Antes nós fazíamos sexo uma vez por semana. Agora é praticamente todos os dias”, revela Grace, de 22 anos.

Ainda segundo o jornal, a mulher usa o spray – que é aplicado debaixo da língua – três vezes por dia. Vale lembrar que o canabidiol , ou CBD, é legal no Reino Unido. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) regulamentou o registro de produtos à base de maconha no começo de dezembro.

Efeitos e cuidados com o uso do spray de cannabis

De acordo com The Sun , o spray de cannabis é invenção do farmacêutico Tom Chapman, que defende que o produto “pode ter efeitos realmente positivos sobre a libido”.

Entretanto, ele não deve ser usado de maneira indiscriminada. “CBD tem muitos efeitos indesejados, como diarréia e cansaço, e outros ainda podem surgir”, alerta ao jornal a médica Carol Cooper.

IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. avelino costa disse:

    OS LEGISLADORES BRASILEIROS QUE SE CUIDEM, NÃO LIBEREM A MACONHA , O PAÍS NÃO ESTA EDUCACIONAMENTE PREPARADO PARA ISSO. POIS BEM, NÃO DIGA QUE NÃO AVISEI.

Mulher é baleada em troca de tiros durante tentativa de assalto entre criminosos e vítima em parada de ônibus na Avenida Prudente de Morais

Foto: Ilustrativa

Uma troca de tiros entre criminosos e um homem que foi vítima de tentativa de assalto em uma parada de ônibus na Avenida Prudente de Morais, no bairro de Lagoa Nova, Zona Sul de Natal, deixou uma mulher baleada na noite dessa quarta-feira (18). De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a vítima que também estava na parada de ônibus levou um tiro de raspão na perna.

Segundo testemunhas, dois homens em um carro se aproximaram do local e anunciaram o assalto. Na ocasião, a vítima da ação criminosa se negou a entregar a bolsa, sacou uma arma e atirou nos bandidos que revidaram. Após a reação do homem no ponto de ônibus, os marginais fugiram sem levar nada. No local da tentativa de assalto, capsulas de pistola .40 foram encontradas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nica disse:

    Abafa, miga.

  2. Luciana Morais Gama disse:

    Cadê o OBSERVATÓRIO DA VIOLÊNCIA??? Sumiu pq?

Mulher descobre traição do namorado graças a Fitbit, que detectou “pico” de atividade física na madrugada

Foto: Digital Trends

Jane Slater, repórter da NFL (Liga Nacional de Futebol Americano, nos EUA) contou no Twitter a história inusitada de como descobriu a traição de um ex-namorado graças a um FitBit.

Ela conta que o FitBit foi presente de natal do próprio namorado e a princípio ela adorou a ideia. O objetivo era que ambos pudessem acompanhar as metas de atividade física do outro, como forma de se motivar.

Para isso, as contas foram sincronizadas. Tudo ia bem até que um dia Jane notou que, em uma noite em que o namorado não estava com ela, o FitBit dele registrou um “pico” de atividade física às 4 da manhã. Some 2 + 2…

O nome do rapaz não foi divulgado, mas a repórter depois voltou ao Twitter para inocentar um outro ex-namorado, que estava sendo inundado por mensagens de amigos tentando descobrir quem era o culpado.

Olhar Digital, com On Air with Ryan Seacrest

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Nobrega disse:

    Não era para ser considerada uma prova. Vai ver que o cara só tava batendo uma…

Mulher quase morre ao sofrer reação alérgica após fazer sexo sem preservativo

Foto: shutterstock

Uma mulher, de 46 anos, da cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, sofreu uma reação alérgica e quase morreu depois de fazer sexo sem preservativo com o marido. Uma hora depois da relação sexual, ela começou a suar profundamente, teve tontura, além de sofrer com quadros de diarreia.

Quando os sintomas pioraram, ela foi levada ao hospital. No local, ela revelou ter alergia à penicilina, mas negou ter tomado o antibiótico antes de fazer sexo ou ingerido alimentos incomuns. Após exames, os médicos descobriram que seu marido tinha ingerido nafcilina – uma forma de penicilina – para tratar uma infecção.

De acordo com o Daily Mail , a mulher, no caso, teve um choque anafilático, uma reação do sistema imunológico a uma substância que considera prejudicial. A reação alérgica grave faz com que a pressão arterial caia de forma repentina e as vias aéreas do paciente ficam mais estreitas, bloqueando a respiração.

Como resultado, os especialistas do Sinai Hospital disseram que a anafilaxia foi causada por conta de uma transferência da nafcilina através do sêmen . O caso, que acredita-se ser o terceiro do gênero já registrado, foi publicado no The American Journal of Medicine .

Como parte do tratamento, a mulher recebeu uma dose de adrenalina. Os sintomas da reação alérgica melhoraram em 24 horas e ela conseguiu sair do hospital. Os médicos ainda informaram para ela não fazer sexo com o marido por pelo menos uma semana depois que ele terminar o tratamento com antibióticos.

Médicos disseram que penicilinas, assim como outros antibióticos, são conhecidas por se concentrarem no sêmen humano e podem ser absorvidas pela vagina. Eles agora pedem que médicos e farmacêuticos estejam cientes dos riscos potenciais de prescrever medicamentos às pessoas se seus parceiros tiverem alergias.

IG

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Toni disse:

    pau assassino ou pau chuck boneco assassino!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkk e muita onda!!!!!!!!!!

  2. fernando disse:

    Pau assassino

OH LOUCO, MEU: Mulher diz que sexo a três com marido e profissional do sexo foi “empoderador”

Foto: shutterstock

Uma jornalista dos Estados Unidos, que não quis se identificar, revelou que fazer sexo a três com o marido e uma profissional do sexo foi “empoderador” para ela. Em um texto publicado no site SheSaid , a mulher confessou que esse era um desejo antigo.

Ela pontua que começou o relacionamento com o atual marido há 10 anos e que era virgem quando eles iniciaram o namoro. A moça conta que imaginava “como seria sentir o toque” de outra mulher e, para mudar essa história, quis ter a experiência de sexo a três .

“Quando meu marido planejou uma viagem de aniversário para Las Vegas, ele estava pensando em música ao vivo e longas viagens pelo sudoeste. Pensei em outra coisa: um trio formado por nós dois e uma profissional do sexo “, diz ela.

Na publicação, a norte-americana destaca que o companheiro se surpreendeu com a sugestão, mas aceitou. Enquanto isso, ela se dedicava a pesquisar sobre o desejo. Como em Nevada, nos Estados Unidos , o trabalho sexual não é ilegal, o casal não precisaria se preocupar em esconder a situação.

A mulher pontua que ela e o marido “desfrutaram de muito sexo gostoso” antes de encontrarem a profissional, e diz que estavam ansiosos para a ocasião. O casal escolheu uma profissional que “os fez se sentirem confortáveis” antes de começar a trabalhar e cumpriu todas as vontades da dupla durante a relação.

Ainda na postagem, ela admite ter gostado e aproveitado ao máximo a oportunidade “empoderadora” de tornar suas fantasias reais. “O sexo a três foi uma experiência sexual feita inteiramente para o meu prazer e fora das normas sociais, e foi fortalecedor”, conclui a jornalista, que também fez questão de enfatizar que não houve insegurança ou ciúmes em nenhum momento.

IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Samuel Vilar disse:

    Valorizem suas mulheres! Pq a sapatão no banheiro da festa oferece o mundo pra elas.

  2. Francisco Alves disse:

    O papangú do marido vai levar pontas logo, logo. Isso se não perdê-la para uma lésbica.

  3. Augusto disse:

    Ruim vai ser quando ela quiser levar o negão da picona.

  4. Zanoni disse:

    Bissexual isso sim. Queria só uma oportunidade.

  5. Diogo disse:

    Empoderador para ela, desempoderador para o marido. Enriquecedor para o pé de lã.

Mulher acusada de mandar matar a própria mãe a marretadas é absolvida na Grande Natal

Foto: Reprodução

Após quatro anos de espera e 13 horas de julgamento, o júri popular decidiu absolver uma mulher que era acusada de ser a mandante do assassinato da sua própria mãe, a marretadas. O crime aconteceu no município de Macaíba, região metropolitana de Natal, em julho de 2015.

Assassino confesso, o pedreiro Geraldo José Amaro do Nascimento, que trabalhava na casa da vítima, foi condenado a 12 anos e 6 meses de prisão por homicídio triplamente qualificado.

Taliany Masquiza de Freitas Lourenço, de 26 anos, foi acusada de ter sido a mandante do crime que vitimou sua própria mãe, Normalice de Freitas Lourenço, de 41 anos, na noite de 30 de julho de 2015, dentro de uma casa no centro de Macaíba, cidade da região Metropolitana de Natal.

“Foi feita Justiça, tanto da terra como de Deus, foi cinco anos guerreando, cinco anos orando, cinco anos tentando realmente provar minha inocência”, ela afirmou, emocionada.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

Mulher que engravidou depois de procedimento cirúrgico contraceptivo será indenizada, decide TJRN

Foto: Ilustrativa

Um médico foi condenado a pagar a quantia de R$ 30 mil (acrescida de juros e correção monetária) para uma paciente, a título de indenização por danos morais, em razão de procedimento cirúrgico contraceptivo para evitar nova gravidez que não surtiu o efeito desejado. A mulher ficou grávida apenas cinco meses após a cirurgia.

Ele também deverá pagar o valor de R$ 5.450,00, a título de indenização por danos materiais, referente ao que foi gasto com o parto cesariano, bem como com os valores gastos com o enxoval do bebê. O anestesista que atendeu a paciente e o Hospital Maternidade Nossa Senhora Aparecida (Hospital Municipal de Passa e Fica) também foram processados, mas não foram condenados.

A autora narrou na ação judicial que, após o nascimento de seus três filhos, buscou o Sistema Único de Saúde – SUS, mais precisamente um dos médicos que estão sendo processados, com o objetivo de realizar um procedimento cirúrgico contraceptivo para evitar nova gravidez.

Ela explicou que, após a consulta com o médico, este recomendou a realização de laqueadura e perineoplastia, marcando os procedimentos para a data de 05 de abril de 2006. Afirmou que, apesar de ter realizado tais procedimentos, ficou grávida apenas cinco meses após a cirurgia.

 

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Daniel disse:

    Laqueadura e vasectomia: dois procedimentos contraceptivos que não são 100% eficazes, AINDA QUE EXECUTADOS CORRETAMENTE. Até que ponto pode ser considerado erro médico?
    1 falha esperada para 2000-3000 casos

Preso marido que ameaçou esfaquear mulher que ouvia “Desça daí, seu corno”

Uma mulher foi ameaçada de ser esfaqueada pelo próprio marido por ouvir o arrocha “Desça daí, seu corno”, do cantor Nenho. De acordo com informações da Polícia Civil, José Bento da Silva Santos achou que tratava-se de uma indireta a uma suposta traição e ameaçou a mulher na última sexta-feira (4), em Itapicuru, norte da Bahia. O suspeito foi preso em flagrante e deve responder por ameaça.

Segundo testemunhas, o marido permaneceu olhando fixo para a mulher quando ela começou a tocar a música e passou a dançar. Ele pediu que ela parasse de tocar a canção. A mulher chegou a atender ao pedido mas, momentos depois, o filho do casal voltou a ligar o som.

Nesse momento, José Bento pensou tratar-se de uma indireta, ameaçou pegar uma faca e matar a mulher. Coube ao filho interceder e evitar que o ato ocorresse. A mulher, entretanto, optou por chamar a polícia. A PM chegou ao local minutos depois e acabou prendendo José Bento. Levado para a delegacia, ele foi enquadrado na Lei Maria da Penha.

Marcel Rocha, delegado que cuida do caso, informou que José Bento já foi indiciado e irá responder judicialmente pelo crime. Segundo o delegado, não foi estipulada fiança o réu deixar a prisão “por ter sido constatado risco à integridade física da mulher”, diz o delegado. “José Bento continua preso na carceragem da Delegacia Territorial de Itapicuru”, explica.

O delegado esclareceu ainda que a ameaça não chegou a ser executada. “Ele ameaçou a mulher com uma faca. O que fazia antes, para nós, é irrelevante, mas parece evidente que o casal tinha problemas pretéritos de ciúmes”, diz. A reportagem tentou localizar a família do indiciado, mas não conseguiu contato até o momento.

Universa – UOL