Mulher morre em Parnamirim após suspeita de Covid-19, destaca reportagem

Uma mulher de 47 anos faleceu nesta quinta-feira (19) em Parnamirim após procurar atendimento médico e lhe ter sido indicada a suspeita de que estava com covid-19. De acordo com o Blog do Dina – por Dinarte Assunção, a mulher procurou atendimento médico particular na terça-feira (17) pela manhã. Ela tinha febre, tosse seca e dificuldades de respirar. Na ocasião, segundo familiares, o médico que a atendeu,  indicou suspeita de Covid-19 e, em razão dos sintomas, a encaminhou para atendimento hospitalar. Ao chegar à UPA Nova Esperança, no entanto, a paciente e o familiar que a acompanhou se depararam com a informação de que ela não seria testada para covid-19 porque não teve vínculo epidemiológico com estrangeiros.

Segundo a reportagem, encaminhada para casa, as dificuldades respiratórias da mulher pioraram. O SAMU foi acionado e ela foi socorrida novamente na quarta-feira (18), mas não resistiu e morreu e nesta quinta (19). Até o momento, a morte foi dada como complicações causadas por pneumonia.

“A Secretaria Municipal de Saúde de Parnamirim (SESAD), juntamente com uma equipe da Secretaria Estadual de Saúde (SESAP), estão realizando neste momento os protocolos de identificação a respeito de óbito ocorrido na manhã desta quinta (19) na cidade de Parnamirim, a fim de determinar a sua causa”, diz a saúde no município, em nota encaminhada ao Blog do Dina. No texto, também se afirma que tão logo os resultados sejam concluídos, serão divulgados.

http://blogdodina.com/2020/03/19/mulher-morre-em-parnamirim-apos-medico-indicar-suspeita-de-covid-19-mas-upa-recusar-testa-la-para-doenca-e-libera-la-para-casa/

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ana Flávia Silva disse:

    Será que é mentira?

  2. Ceará-Mundão disse:

    Péssimo momento para o RN enfrentar uma pandemia. Hospitais sucateados e sendo até fechados, falta de controle, falta de equipamentos essenciais para os profissionais de saúde, incompetêncía do atual governo, crise financeira sem solução à vista… Que Deus se apiede do RN.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Vamos torcer pelo nosso Estado e pelo nosso País. Chega de tanto ódio, chega de tanto amor por políticos, pensemos um pouco mais em soluções e proatividade, e vamos incentivá-las de onde vierem.
      Que Deus se apiede de todos nós, mesmo !

  3. Jório disse:

    BG, o que se observa é a falta de Ação, de gestão dos Poderes Públicos.
    BG, por favor, interaja com outros órgãos de imprensa, e cobrem ação efetiva.
    Uma solução emergencial é destinar algumas UPAS para atenderem exclusivamente pacientes com doenças respiratórias. Só assim haverá controle e atendimento digno.
    A população está sem atendimento, vai pra um canto, encaminham pra outro, no final, não é atendido.
    Responda se recebeu e leu.

  4. Jório disse:

    BG, o que se observa é a falta de Ação, de gestão dos Poderes Públicos.
    BG, por favor, interaja com outros órgãos de imprensa, e cobrem ação efetiva.
    Uma solução emergencial é destinar algumas UPAS para atenderem exclusivamente pacientes com doenças respiratórias. Só assim haverá controle e atendimento digno.
    A população está sem atendimento, vai pra um canto, encaminham pra outro, no final, não é atendido.

  5. Eudes disse:

    um dos que morreram no sudeste, em hospital apropriado para idosos não tivera contato com estrangeiros.

  6. Priscila Vasconcelos disse:

    Absurdo! Tem q internar as pessoas com sintomas graves.

  7. Gilzilene disse:

    Estão dizendo que é fake

    • Lila disse:

      Será que é fake! O que eu achei estranho é que no site da tribuba do norte fala-se de um homem de 65 anos.

Câmara Municipal de Natal: Projeto cria Liga contra a Violência para ampliar proteção à mulher

No combate à violência contra a população feminina, a Câmara Municipal de Natal aprovou na sessão ordinária dessa quarta-feira (11) o Projeto de Lei nº 202/18, de autoria da vereadora Carla Dickson (PROS), que dispõe sobre a criação da Liga contra a Violência para proteger mulheres vítimas da violência doméstica. A matéria define uma linha de cuidados para as mulheres no município, efetivando o atendimento emergencial e especializado nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) e nas maternidades.

Os procedimentos devem abranger a orientação aos familiares ou amigos; encaminhamento para os serviços adequados da rede de saúde (psicoterapia) e acionamento dos serviços de proteção social.

“Entende-se por violência, nesse contexto, o uso intencional de força física, ameaça, contra si ou contra outrem, que pode ou não resultar em lesão, morte, dano psicológico, deficiência de desenvolvimento ou privação”, explicou a vereadora Carla Dickson, ao defender sua proposição.

“Salientamos a importância de conectar a rede de assistência e proteção intersetorial existente no município, de acordo com a necessidade de cuidados. No caso de violência contra crianças, adolescentes e mulheres, além da notificação compulsória é recomendado ao profissional de saúde acionar os órgãos competentes em virtude da legislação de amparo a esse público”, completou.

Outros três projetos também receberam parecer favorável do plenário: PL 1/2019, de autoria do vereador Luiz Almir (Sem Partido), que denomina de Arena Cultural Itapetinga o logradouro público localizado na Avenida Itapetinga, Bairro Potengi, Zona Norte; PL 157/2019, de autoria do vereador Chagas Catarino (PDT), sobre a colocação da palavra “Olhe” em todas as faixas de pedestre da capital potiguar; PL 282/2019, de autoria do vereador Aroldo Alves (PSDB), que reconhece a utilidade pública do Lar Bom Jesus.

Por fim, foram aprovadas duas homenagens para concessão do Título de Cidadão Natalense: uma encaminhada pelo presidente da Casa, vereador Paulinho Freire (PSDB), para o Irmão José Getúlio Silveira, e outra de iniciativa da vereadora Divaneide Basílio (PT) para Ozany Aparecida Gomes da Silva.

Mulher viraliza ao descobrir que planta regada por 2 anos é de plástico

Caelie Wilkes, uma amante de plantas, viralizou na internet ao contar, em sua conta do Facebook, que regou por dois anos uma suculenta de plástico — motivo pelo qual ela sempre estava em “perfeitas” condições.

Segundo o relato da norte-americana, além de regar todos os dias, ela se certificava de que o vaso recebia a quantidade certa de luz solar e limpava regularmente suas folhas. Ela até admitiu ter um plano de rega, dizendo que ficava “na defensiva” se alguém tentasse fazer isso por ela.

Wilkes afirma que sempre sentiu orgulho da plantinha, que ficava na janela de sua cozinha. Porém, queria colocá-la em um vaso mais bonito e, quando decidiu que estava na hora de replantar, se surpreendeu: sua amada suculenta era falsa.

“Fui tirá-la do recipiente de plástico original e soube que esta planta era falsa. Coloquei tanto amor nessa planta! Lavei as folhas. Fiz o meu melhor para mantê-la bem e é completamente de plástico. Como eu não sabia disso. Sinto que esses últimos dois anos foram uma mentira”, desabafou na rede social.

Após a publicação, a jovem contou que uma grande rede varejista dos Estados Unidos, que vende produtos para casa e construção civil, irá enviar suculentas de verdade para ela.

Galileu

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zuza disse:

    Essa é bem atenta!!!

Homem é condenado por culpar mulher em gravidez indesejada

Foto: Ilustrativa

A juíza de Direito Shirlei Hage, da vara de Proteção à Mulher de Rio Branco/AC, condenou um homem por agressão física e psicológica contra mulher com quem teve relacionamento amoroso. Ele deve cumprir um ano e 20 dias de detenção, em regime inicial aberto, além do pagamento de R$ 5 mil como reparação mínima para a vítima.

Os crimes ocorreram ao longo do relacionamento e o acusado ofendeu a integridade psicológica da vítima, quando a destratou por conta de gravidez indesejada. A mulher conta que ele foi agressivo quando tentava pegar seu celular, segurando seus braços com força.

Detalhes aqui no Justiça Potiguar

Mulher gasta R$ 48 mil em ‘vingança’ após descobrir que namorado tinha noiva

Jo Ann antes e depois da transformação por amor próprio Foto: Reprodução/Instagram(@real_estate_barbi)

Após 1 ano e meio de namoro, Jo Ann Munz descobriu que o namorado tinha outra. Mais: ele estava noivo! Foi um choque, já que a moradora de Las Vegas (Nevada, EUA) dizia não ter qualquer motivo para desconfiar. Jo Ann decidiu se vingar. Mas uma vingança diferente, de paz e amor. Próprio.

A americana, de 54 anos, abriu o cofre e gastou R$ 48 mil em procedimentos estéticos para mostrar o que o ex nem desconfiava que perderia. Jo Ann disse que até a depressão sofrida após o término ajudou: ela perdeu 14 quilos.

Desde o fim do relacionamento, Jo Ann já estrelou um ensaio picante no deserto e passou a ser mais conhecida como mais uma Barbie humana, apelido que ela diz curtir bastante.

Jo Ann em ensaio no deserto Foto: Reprodução/Instagram(@real_estate_barbi)

Jo Ann, que trabalha no mercado imobiliário, lançou uma carreira de modelo amadora no Instagram.

Jo Ann estrelou ensaio picante Foto: Reprodução/Instagram(@real_estate_barbi)

“A vingança foi o ímpeto originalmente para minha primeira sessão de fotos, mas, depois que comecei a receber respostas positivas das mulheres, percebi que estava inspirando algumas delas a sair de suas zonas de conforto”, disse Jo Ann, em reportagem no “Mirror”.

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo disse:

    Continuou feia!Médico faz cirurgia e não milagres!

Marido confessa ter matado mulher a machadadas no interior do RN ‘por ciúmes’, diz Polícia Civil

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN destaca nesta segunda-feira(02) um crime brutal no interior nesta fim de semana. Trata-se do caso de um homem de 32 anos, que confessou ter matado a própria esposa a golpes de machado na manhã de domingo (1º) em Taipu – município distante cerca de 50 quilômetros de Natal. Ele foi preso em pela guarda municipal da cidade e disse que o motivo do crime teria sido ciúmes. De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu por volta das 6h30 na casa onde estava o casal, na comunidade de Poço do Antônio. A vítima tinha 28 anos. Veja detalhes aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antônio disse:

    Essa é a claque do bolsotralha…..MARGINAIS….essa PESTE DE BOLSONERO PIOR PRESIDENTE DESSE PAIS…SO DESGRAÇAS

Carro fúnebre que carregava mulher morta é roubado em frente a Igreja

Foto: Google Maps

Um carro fúnebre foi roubado na parte de fora de uma Igreja , nesta quinta-feira (27), na cidade californiana de Pasadena, nos Estados Unidos . O autor do crime levou também o cadáver de uma mulher que estava dentro do veículo, e ainda não se sabe se ele estava ciente da presença do corpo.

O carro, um Lincoln Navigator preto, foi roubado quando estava estacionado nas proximidades da Igreja Ortodoxa Grega de Santo Antônio. Segundo o porta-voz da polícia, o rabecão se encontrava sozinho no momento do crime porque o motorista se afastou para descarregar outro caixão.

A delegacia do Condado de Los Angeles usou o Twitter para fazer um apelo ao criminoso.”De todas as decisões ruins que você tomou, tome ao menos uma boa e traga de volta a pessoa falecida e o caixão que estavam dentro do Navigator”, diz a publicação na página oficial do departamento.

Último Segundo – IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Delano disse:

    Se o Brasil foi roubado em bilhões de reais na negociação de uma refinaria exatamente aí, imagina o resto. Isso é uma cidade azarada do cabrunco

    • VERA disse:

      Meu filho santíssimo ,
      Leia, compreenda o texto, o seu sentindo. Internalize a compreensão e serás feliz!
      Ps.: ISSO NÃO ACONTECEU NO BRASIL, INFELIZ!!

    • ELEITOR disse:

      Vera com certeza vc não entendeu o comentário de Delano.

Mulher pega coronavírus pela 2ª vez no Japão

Foto: Eugene Hoshiko/AP

Uma mulher que trabalha como guia de ônibus de turismo no Japão pegou o novo coronavírus por duas vezes. A informação foi divulgada pelo governo da província de Osaka, no oeste do país, segundo a agência Reuters.

A mulher, que tem por volta de 40 anos, fez o teste pela segunda vez na quarta-feira (26) após ter dor de garganta e no peito.

A primeira vez em que a guia de turismo foi infectada foi no fim de janeiro. Ela ficou internada e recebeu alta do hospital em 1º de fevereiro.

Embora esse seja o primeiro caso conhecido no Japão, infecções reincidentes foram relatadas na China, onde a doença se originou no fim de 2019.

Na quinta-feira (27), o número de casos confirmados no Japão aumentou de 170 para 186. Esses casos registrados pelo Ministério da Saúde japonês estão separados dos 704 registrados no navio cruzeiro Diamond Princess, que ficou em quarentena em Yokohama, uma cidade ao sul de Tóquio.

Um total de sete pessoas morreram no país, incluindo quatro do navio.

Na quarta, Tóquio pediu que grandes encontros e eventos esportivos sejam suspensos ou reduzidos por duas semanas para conter a expansão do vírus.

Temor de cancelamento da Olimpíada

A expansão do vírus acontece poucos meses antes do início dos jogos olímpicos, que começam em 24 de julho. A ministra japonesa a cargo da Olimpíada tentou apaziguar os temores de que o evento possa ser cancelado.

Dick Pound, membro do Comitê Olímpico Internacional (COI), disse que é mais provável cancelar do que adiar ou transferir os Jogos se a ameaça do vírus forçar uma mudança de calendário, relatou a agência Associated Press, e que uma decisão será necessária até maio.

“O COI está se preparando para os Jogos de Tóquio tal como programado”, disse a ministra Seiko Hashimoto no Parlamento ao ser indagada sobre o comentário de Pound. “Continuaremos nossos preparativos para que o COI possa tomar decisões sensatas”.

Mais de 80 mil infectados

O surto, que começou em Wuhan, na província de Hubei, espalhou-se rapidamente. Desde a primeira morte, um chinês de 61 anos que faleceu em Wuhan no dia 9 de janeiro, mais de 2,7 mil pessoas já morreram em decorrência do novo coronavírus. A grande maioria das mortes ocorreu na China continental. A infecção está presente em pelo menos 42 países, inclusive no Brasil, que confirmou seu primeiro caso nesta quarta-feira (26).

G1

 

Covid-2019: Vinda da Itália, natalense é examinada e liberada para cumprir quarentena de isolamento em sua residência

Dos três pacientes monitorados na capital potiguar, o Blog entrou em contato com o Hospital do Coração, que confirmou que deu entrada na unidade hospitalar, uma natalense de 45 anos, vinda da Itália, que passou por todos os exames necessários, no qual foi descartado o coronavírus. Após os procedimentos, a mulher foi orientada a ficar em quarentena em sua residência.

Chegada em Natal vindo da Itália

A paciente foi atendida na tarde desta quarta-feira(26) esteve na Itália do dia 12 ao dia 25 deste mês, e chegou a capital potiguar com sintomas iniciados há 5 dias. Atendida conforme o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde, e após coleta de todos os exames indicados para o caso, observou-se que todos estavam normais. Medicada, foi liberada com orientação para cumprir quarentena de isolamento no seu domicílio.

Nota SESAP

A Secretaria de Estado da Saúde Pública informa que no momento está apurando os fatos para que possa inferir se há ou não casos suspeitos de Infecção Humana pelo Covid-2019 (Novo Coronavírus), uma vez que para ser considerado caso suspeito esse deverá atender aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde para notificação.

No momento, o Estado do Rio Grande do Norte possui três investigações em curso, iniciadas na tarde desta quarta-feira (26), quando as informações sobre esses casos foram repassadas à Sesap.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Boy mave disse:

    Atenção autoridades.
    Tem que botar o pinguço, trambiqueiro em quarentena, ele fez recente viagem pros lados da Itália.
    De preferência no presídio de Tremembé.
    Foi beijar a mão do papa Chico.
    E na Itália, pode ter sido infectado por esse vírus.
    Ou não??
    Dizem que vaso ruim não quebra.
    Ou quebra??
    Kkkkkkk

FOTO: Mulher toca violino durante cirurgia em seu cérebro

Foto: Getty Images / Minha Vida

Cirurgias, normalmente, são realizadas com o paciente sedado e ele dificilmente consegue sentir ou ter consciência do que está acontecendo durante o procedimento. É exatamente por isso que uma operação realizada em uma mulher inglesa está dando o que falar no mundo.

A instrumentista Dagmar Turner, de 53 anos, precisou passar por uma cirurgia no King’s College Hospital, em Londres, para a remoção de um tumor no cérebro. Os médicos, no entanto, optaram por mantê-la acordada e ainda pediram para que ela tocasse um violino durante a operação.

Localizado no lobo frontal direito, o tumor de Turner estava próximo de áreas cerebrais que são responsáveis por coordenar os movimentos de sua mão esquerda. Essa região é crucial para quem toca violino e, em alguns pontos, o tumor estava tão perto que qualquer erro poderia ser catastrófico.

Por isso, antes do procedimento, um time de especialistas passou duas horas mapeando todo o cérebro de Turner para descobrir quais eram as áreas ativadas quando ela tocava o violino.

Após as análises, os médicos conseguiram remover mais de 90% do tumor sem comprometer as habilidades motoras de Turner. Recuperada da cirurgia, ela pode voltar para casa com sua família apenas três dias depois do procedimento.

“Nós fazemos cerca de 400 ressecções (remoção de tumores) todos os anos, que frequentemente envolvem pacientes ativos para fazermos testes de linguagem. Mas esta é a primeira vez que vejo uma paciente tocar um instrumento durante a cirurgia”, disse o neurocirurgião Keyoumars Ashkan, que atendeu Turner.

Apesar de inusitada, a decisão foi tomada como forma de garantir que a musicista não perdesse as habilidades motoras e cognitivas responsáveis por seu talento musical. E o resultado não poderia ser mais surpreendente.

Terra, com Minha Vida

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. lula presidente disse:

    Quer dizer q não precisa de cérebro pra tocar violino? Pensei q essa dispensa era só pra sanfoneiro exclusivamente. Kkkkkkk

    • Juninho Play disse:

      "só" e "exclusivamente" na mesma oração. Tinha que ser um filho de lula mesmo. kkkkk

    • Chico da Burra disse:

      Quem está precisando de um cérebro é você amigo!!!

    • Seca Mané disse:

      Pra tocar violino eu não sei mas pra entender o que lê e fazer comentários é preciso ter cérebro sim.

CHIFRE TEM VALOR? Mulher se livra na Justiça de pagar R$ 10 mil em danos morais por suposta traição na Paraíba

Foto: Ilustrativa

Uma mulher foi liberada de pagar R$ 10 mil de danos morais por uma suposta traição, acusação feita pelo ex-companheiro dela. Ela havia sido condenada em primeira instância, mas foi absolvida pela Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba. A Justiça considerou que infidelidade, por si só, não é causa para reparar dano moral.

Após a separação, o ex-companheiro pediu a partilha de bens e processou a mulher por danos morais após uma suposta traição. A mulher foi condenada em 1° grau a pagar uma indenização por danos morais no valor de R$ 10 mil, além do pagamento de custas e honorários e determinando a partilha de lotes de terrenos em loteamento localizado em Sapé, na proporção de 50% para cada parte.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

FOTOS: Após corte com papel, mulher é infectada por bactéria “devoradora de carne”

Tem coisa mais chata do que cortar o dedo com papel? Enquanto para a maioria de nós esse é apenas um inconveniente, para a norte-americana Heather Harbottle, de 52 anos, o “cortezinho” que fez enquanto mexia com caixas de papelão se tornou algo bem mais sério — e quase causou sua morte.

Como Harbottle contou ao DailyMail, ela resolveu ir ao hospital após passar a noite sentindo fortes dores na mão esquerda e tendo febre. Os médicos examinaram a região e concluíram que o corte, feito com o papelão das caixas que a paciente manuseara, havia sido infectado pela bactéria Staphylococcus — e a paciente precisava ser tratada imediatamente.

Segundo os especialistas do Hilo Medical Centre, no Havaí, onde Harbottle foi tratada, os microrganismos entraram na corrente sanguínea da paciente pelo corte feito com o papel e se espalharam por seu corpo. A condição evoluiu a ponto de afetar o funcionamento dos rins e do coração da norte-americana. Mais tarde, a mulher foi diagnosticada com fasceíte necrosante, comumente conhecida como doença da “bactéria devoradora de carne”.

“Eu estava achando que era uma torção ou luxação do meu dedo mindinho. Mas entre o dedo mindinho e o dedo anelar havia um corte, pensei que (…) deveria ter batido ou algo assim”, afirmou Harbottle, segundo o LadBible. “Depois de ser diagnosticada com fasceíte necrosante, os médicos ficaram extremamente hesitantes em tocá-lo [o dedo]. O primeiro passo foi usar todos os antibióticos e esperar por resultados.”

Ela estava perto da morte e enfrentava uma possível amputação se a infecção não melhorasse, pois as bactérias já haviam atingido os tendões da mão e do braço e já atingiam sua axila. Felizmente, pouco depois do tratamento ser iniciado, o quadro começou a melhorar e seus médicos puderam realizar um enxerto de pele na região.

Felizmente Harbottle se recuperou da infecção e passa bem, entretanto ela ainda precisa realizar terapia ocupacional para aprender a usar os dedos novamente após as cirurgias. “A longo prazo, agora estou sempre ciente do que poderia acontecer como resultado de algo tão minúsculo”, disse a norte-americana. “Também monitoro qualquer sinal de febre, pois, não fosse isso, eu não teria questionado os sintomas que tive à época. Agora uso luvas quando faço qualquer trabalho, especialmente fora de casa.”

Galileu

Mulher que sentia extrema dor no sexo diz que lubrificante de maconha “a salvou”

Foto: Reproduçao/DailyMail

A britânica Emma Alitt, de 24 anos, diz que um lubrificante à base de cannabis – um dos princípios ativos da maconha – foi o responsável por “mudar sua vida sexual”. De acordo com ela, até os 22, a experiência sexual com penetração era “tão dolorosa que era mais fácil fingir que era lésbica”.

Ao portal DailyMail, Emma explica que sofre de uma doença conhecida como vaginismo, que causa a contração involuntária dos músculos da vagina, tornando o sexo difícil e doloroso. Devido às péssimas experiências, o caso de Emma foi agravado por uma condição psicológica que dificultava ainda mais sua vida.

“Eu desenvolvi muito medo de homens e sentia que era incapaz de experienciar o que as pessoas dizem ser a parte mais íntima de um relacionamento ”, conta ela. A ansiedade social fez com Emma se isolasse não apenas de encontros amorosos, mas da maioria dos seus amigos, mesmo as mulheres.

Além disso, a autoestima da jovem também foi prejudicada. “Eu não sabia o que havia de errado comigo e comecei a odiar meu corpo”, recorda. “Os garotos me chamavam para sair e eu não sabia o que dizer, então inventei que era lésbica”, diz.

Após o diagnóstico, que chegou quatro anos após o início da vida sexual, Emma iniciou um tratamento físico e psicológico. “Precisei redescobrir minha relação com o sexo, parar de antecipar a dor e aprender a relaxar’, explica a britânica.

Um medicamento específico, porém, ganhou destaque na vida da garota. De acordo com ela, foi um lubrificante à base de canabidiol, um dos ativos presentes na maconha, que ajudou seu quadro a regredir. “Eu não queria um analgésico forte. Queria um produto que me ajudasse a aproveitar o sexo de maneira natural o que, pela primeira vez na vida, consigo fazer’, diz.

O produto, que tem venda legal na Europa, pertence a um fabricante chamado Havn Hemp, especializado em medicamentos à base de CBD. Além do componente, o lubrificante à base de água combina princípios ativos de outras ervas e flores.

Para se adaptar ao uso, Emma conta que começou devagar com o atual namorado. “Usamos primeiro como um óleo de massagem, depois fomos avançando aos poucos até o perceber que não sentia dor”, explica. “Hoje eu uso absolutamente todas as vezes em que faço sexo ”, diz.

IG, com DailyMail

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alisson Dutra disse:

    A britânica Emma Alitt, de 24 anos, diz que um lubrificante à base de cannabis – um dos princípios ativos da maconha – foi o responsável por “mudar sua vida sexual”. De acordo com ela, até os 22, a experiência sexual com penetração era “tão dolorosa que era mais fácil fingir que era lésbica”.

    Ao portal DailyMail, Emma explica que sofre de uma doença conhecida como vaginismo, que causa a contração involuntária dos músculos da vagina, tornando o sexo difícil e doloroso. Devido às péssimas experiências, o caso de Emma foi agravado por uma condição psicológica que dificultava ainda mais sua vida.

    “Eu desenvolvi muito medo de homens e sentia que era incapaz de experienciar o que as pessoas dizem ser a parte mais íntima de um relacionamento ”, conta ela. A ansiedade social fez com Emma se isolasse não apenas de encontros amorosos, mas da maioria dos seus amigos, mesmo as mulheres.

    Além disso, a autoestima da jovem também foi prejudicada. “Eu não sabia o que havia de errado comigo e comecei a odiar meu corpo”, recorda. “Os garotos me chamavam para sair e eu não sabia o que dizer, então inventei que era lésbica”, diz.

    Após o diagnóstico, que chegou quatro anos após o início da vida sexual, Emma iniciou um tratamento físico e psicológico. “Precisei redescobrir minha relação com o sexo, parar de antecipar a dor e aprender a relaxar’, explica a britânica.

    Um medicamento específico, porém, ganhou destaque na vida da garota. De acordo com ela, foi um lubrificante à base de canabidiol, um dos ativos presentes na maconha, que ajudou seu quadro a regredir. “Eu não queria um analgésico forte. Queria um produto que me ajudasse a aproveitar o sexo de maneira natural o que, pela primeira vez na vida, consigo fazer’, diz.

    O produto, que tem venda legal na Europa, pertence a um fabricante chamado Havn Hemp, especializado em medicamentos à base de CBD. Além do componente, o lubrificante à base de água combina princípios ativos de outras ervas e flores.

    Para se adaptar ao uso, Emma conta que começou devagar com o atual namorado. “Usamos primeiro como um óleo de massagem, depois fomos avançando aos poucos até o perceber que não sentia dor”, explica. “Hoje eu uso absolutamente todas as vezes em que faço sexo ”, diz.

  2. Lidia disse:

    Ola BG, tudo bem?
    ELIMINAR definitivamente a Ejaculação Precoce da sua vida!
    Que tal Uzar fórmula caseira natural,simples e eficaz?
    Acesse esse link e aproveite já: http://bit.ly/ELIMINAEJACULAÇÃOPRECOCENATURALMENTE

  3. Antonio Turci disse:

    Esta jovem está tendo seus momentos de glória "holofotária".

  4. Jd disse:

    "Vagina maconheira" e "levando fumo" ! Brasileiro é criativo demais!

  5. Pepekão disse:

    Eita agora teremos a pepeka noiada, é cada uma que se ver.

  6. Zulmira Melo disse:

    Tudo agora é a maconha,a salvação da humanidade,misericórdia,até o priquito tá fumando… é,estamos no fim dos tempos literalmente.

  7. VTNC disse:

    LEVANDO FUMO !!KKK

  8. CURITIBA JA disse:

    pense em uma vagina maconheira

Mulher diz que não bebe água há um ano e que ‘jejum seco’ a curou

Foto: Reprodução/Instagram

A professora de ioga Sophie Partik, de 35 anos, mora em Bali, na Indonésia, e afirma que parar de beber água mudou completamente a sua vida.

Ela tinha problemas com inchaços e sofria de dores nas articulações, mas garante que foi curada depois de mudar os hábitos.

A professora pratica jejum diariamente por pelo menos 13 horas e consome líquidos apenas por meio de sucos, frutas e água de coco, o que ela chama de “água viva”.

Sophie afirma que desta forma consegue obter todos os nutrientes que seu corpo precisa.

“Eu tinha inchaço extremo no rosto e nas articulações, estava tão inchado que parecia doente. Os médicos me diziam que não havia nada errado comigo e, se eu quisesse me livrar dos olhos inchados, poderia ser submetida a uma cirurgia”, contou a professora .

Sophie conheceu o jejum seco por meio de um amigo e decidiu tentar.

“Logo de cara o inchaço começou a melhorar, então eu queria pesquisar um pouco mais”, contou.

“Eu tenho procurado respostas durante toda a minha vida e pensei que era a maneira do universo de enviá-las para mim. Quando você começa a jejuar a seco, logo percebe que seu corpo não precisa de água”, afirma.

Vale ressaltar que, apesar do depoimento de Sophie, especialistas da área da saúde alertam para a importância de ingerir o líquido.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nica disse:

    Essa cara inchada tá mais pra pudim de cana!
    Kkkkkkkkkkk

  2. Fábio disse:

    Em resumo: ela bebe água. Suco é líquido feito com… água. Pasmem! Água de coco é água. Ganhou 15 minutos de fama. Fim.

  3. Matematica disse:

    Já ganhou os 15 minutos de fama. Tá bom. Já deve ter milhões de seguidores pagando pela sua cura.

Polícia Civil prende mulher por ocultação de cadáver em São Miguel do Gostoso

Foto: Ilustrativa

Policiais civis da Delegacia Municipal de Touros, com o apoio da Polícia Militar, cumpriram um mandado de busca e apreensão, nesta sexta-feira (07), em uma residência na cidade de São Miguel do Gostoso. Na ocasião, foi encontrado o corpo de Evandro Ronielinton da Silva.

De acordo com investigações, Evandro Ronielinton teria sido assassinado, em dezembro de 2019, pela companheira dele, Jaqueline Barbosa de Araújo, que assumiu a autoria do homicídio.

O corpo foi encontrado no quintal do imóvel onde o casal morava. Jaqueline Barbosa foi conduzida à delegacia para autuação em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. aof disse:

    Mais um hominicídio.

  2. Fernando Antonio disse:

    Como sempre esse velho Guedes só faz agredir e o pior, ele generaliza.

Mulher beija namorado que tentou matá-la com 5 tiros durante julgamento no RS

Foto: Divulgação

Um homem acusado de tentar matar a namorada a tiros em agosto de 2019 foi condenado a sete anos de prisão em Venâncio Aires, interior do Rio Grande do Sul, nesta terça-feira (28). Lisandro Rafael Posselt, de 28 anos, estava preso desde o ataque a mulher, mas agora ficará em liberdade pois não possui antecedentes e a pena foi menor do que oito anos. As informações são do Zero Hora.

O julgamento teve um momento completamente fora do protocolo. Micheli Schlosser, a sobrevivente dos disparados, pediu autorização aos jurados para beijar o agressor. Ela também garantiu que o perdoava logo após prestar seu depoimento.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    É o pêia de mel

  2. ValLima disse:

    Parabéns para o advogado de defesa !

  3. antonio disse:

    Realmente este país é da impunidade, o sujeito tentar matar a noiva com 5 tiros, passa menos de 1 ano preso é julgado e posto em liberdade, pois pegou menos de oito anos de reclusão. Lamentável.

  4. Assis disse:

    Que dizer que o rapaz deu 5 tiros na namorada durante o julgamento e ainda recebeu beijo da vítima. Eu estou aqui igual ao gordinho risadinha " não entendi nada".

  5. BOSCO disse:

    Anotem aí : Breve mais uma vítima de feminicídio !

  6. Chicão disse:

    Essa é mais uma que faz de tudo pra desestabilizar o sujeito, até o mesmo reagir com irracionalidade, tanto que o perdoou. Casos assim são mais comum do que imaginamos.

    • Lucas disse:

      A moça levou 5 tiros e vc tá dizendo q a culpa eh dela e quem atirou eh vítima?
      A sociedade tá doente.

  7. Omar disse:

    Deveria a Juíza ter aproveitado a reconciliação e disponibilizado uma salinha pra visitas íntimas.