Mulher suspeita de enviar carta envenenada para Trump é detida

Foto: Patrick Semansky/AP

Uma mulher suspeita de enviar uma carta envenenada para o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi detida ao tentar entrar em território americano. A correspondência foi interceptada pelo serviço postal da Casa Branca na semana passada, mas o incidente só foi divulgado no sábado (19).

A detenção aconteceu na ponte Peace, que liga o Canadá ao estado de Nova York, de acordo com uma declaração à AFP de Aaron Bowker, oficial do serviço de proteção de alfândega e fronteiras.

De acordo com relatos da imprensa americana, a suspeita portava uma arma no momento em que foi abordada pelas autoridades.

Envelope

A correspondência com a sustância tóxica, enviada de um endereço no Canadá, foi recolhida antes de chegar ao centro de distribuição que fica dentro da sede do governo norte-americano, em Washington, na semana passada.

Fontes do FBI confirmaram a presença no envelope de ricina, substância letal extraída da mamona e que pode matar uma pessoa apenas com uma pequena quantidade.

Todas as correspondências endereçadas para a Casa Branca passam por uma triagem em busca de produtos tóxicos ou perigosos, como medida de segurança. Em 2013, uma carta com ricina foi enviada para o então presidente Barack Obama e interceptada pelo Serviço Secreto.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Direita Honesta disse:

    Essa esquerdopatia continua cegando as pessoas e destruindo cérebros. O sujeito sequer se dá ao trabalho deler o artigo porque lá está escrito que essa prática também foi tentada contra o Obama, "queridinho" da esquerda americana. E já foi pega uma suspeita pelo atentado.

    • Nono Correia disse:

      O sujeito que diz que a esquerda "destrói cérebros" é o mesmo que escreve "deler". Seria perdoável, mas em seguida ele sugere que Obama é de "esquerda", aí já não dá mais. Mas ainda piora. Ele também sugere que, pelo fato de um presidente ter sofrido um atentado, jamais uma farsa poderá ser montada nesse sentido. O que é ridículo já que um dos maiores baluartes da direita, o ex-presidente criminoso dos EUA, Ronald Reagan, sofreu um atentado a bala em 1981. O outro criminoso de guerra, John Kennedy foi abatido em um atentado. Na pela lógica desse "inteligente", nunca haverá uma farsa nos EUA exclusivamente por esse motivo. Um típico exemplo da "burrice ostentação" que tomou conta do país.

    • Cristian disse:

      O sujeito se denomina Direita Honesta, por ser um raro exemplar.

    • Direita Honesta disse:

      Sr. Nono, até aplaudo sua tentativa infantil de "assassinato de reputação". Mas, seu pífio conhecimento de alguns fatos históricos não basta. Até um mero erro de "dedada" (faltou um "espaço") se presta a seu devaneio. O Partido Democrata abriga sim a esquerda americana (e vc deve saber disso). No mais, vc mistura alhos com bugalhos e tenta me imputar coisas que não escrevi. A propósito, nenhum dos atentados que vc mencionou foi uma farsa. E a prisão da suspeita nos EUA atenta contra essa sua mentira (chamam hoje de "fake news", não é?). Ou ela se voluntariou para mártir? Lá a coisa é séria e vai pesar prá ela. A propósito, quem planejou e financiou o Adélio? E quem pagou seus caros advogados, vc sabe?

  2. Nono Correia disse:

    Operação "Adélio Bispo II". A carta "envenenada" é versão da "fakeada" no bozoró. Coincidentemente tudo acontece no período eleitoral. Só otário para acreditar nisso. Como aqui no Brasil temos uma legião, talvez cole.

Mulher dirige carro de luxo pela contramão e provoca acidente no viaduto de Ponta Negra

Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal(PRF) registrou uma ocorrência na zona sul de Natal, madrugada desta quinta-feira (17), em que uma mulher de 34 anos foi detida e levada à delegacia após dirigir sob efeito de álcool pela contramão e provocar um acidente no viaduto de Ponta Negra. Na ocasião, a caminhonete Mercedes-Benz dela atingiu outro veículo de frente e o motorista do carro, de 28 anos, ficou levemente ferido.

Segundo a PRF, o homem que dirigia o outro veículo ficou levemente ferido, mas não precisou de socorro. Acionada ao local, os rodoviários realizaram dois testes do bafômetro e, nos dois exames, realizados às 3h54 e às 4h16, os resultados apontaram que condutora estava embriagada. Diante do flagrante, a mulher foi conduzida à Central de Flagrantes da Polícia Civil e poderá responder pelos crimes de conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada e lesão corporal culposa. A caminhonete dela foi levada para o pátio da PRF.

Com informações do G1-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Márcia Guedes disse:

    Além de Zé Pedreiro ficar uns dias trancafiado, sem direito a fiança, ainda teria o nome dele em LETRAS GARRAFAIS, com fotos e filmagem nas mídias sociais.
    Cadê o nome e fotos desta infrator??????

  2. Jânio Edno disse:

    Ela poderá responder por está dirigindo embriagada? É isso?
    Se fosse seu Zé pedreiro certamente estaria preso sem direito a fiança…

    • Licurgo disse:

      O Zé Pedreiro ainda ficaria um ou dois dias em cana. Provavelemnte saria após uma audiência de custõdia. A diferença é essa.

  3. Vitória disse:

    Ave… Medo de encontrar uma irresponsável dessas quando estiver dirigindo com meu filho dentro do carro.

FOTO E VÍDEO: Brasileira Maya Gabeira volta a estabelecer recorde mundial com a maior onda já surfada por uma mulher; veja dimensão de 22,4 metros

A brasileira Maya Gabeira voltou a estabelecer o recorde mundial com a maior onda já surfada por uma mulher. O Big Wave Awards (principal premiação mundial de ondas grandes) anunciou nesta quinta-feira que a onda que a brasileira surfou em Nazaré, Portugal, em fevereiro deste ano, chegou a 22,4 metros de altura. A marca anterior já pertencia a Maya, com uma onda de 20,7 metros.

Se é dificil dimensionar o tamanho do feito, pense que 22,4 metros é quase equivalente à altura de um prédio de sete andares. Mais alto que a Esfinge, no Egito. Não é pouca coisa.

Foto: Arte O Globo

— A velocidade era muito alta e o barulho que a onda fez quando quebrou me fez perceber que esta era provavelmente a maior onda que surfei — disse Maya.

Em julho deste ano, Maya foi escolhida a segunda maior surfista da história do Brasil em eleição promovida pelo GLOBO com 30 jornalistas especializados, ficando atrás apenas da cearense Silvana Lima.

A marca de maior onda da história também pertence a um brasileiro. O paulista Rodrigo Koxa pegou uma onda de 24,4 metros, também em Nazaré, em 2017.

O Globo e R7

STJ permite que mulher retire prenome Ana de nome composto

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acolheu o recurso de uma mulher que desejava retirar o prenome Ana de seu registro civil e passar a ser identificada apenas por seu segundo prenome, Luíza.

Os ministros do STJ reformaram uma decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), que havia negado a mudança, sob a justificativa de que o prenome Ana seria “incapaz de expor qualquer pessoa ao ridículo ou gerar constrangimento ou situações vexatórias, sendo, inclusive, bastante comum e utilizado em nossa sociedade”.

Contudo, o relator do caso no STJ, ministro Antonio Carlos Ferreira, destacou que a motivação da mulher para mudar de nome não estava relacionada a uma causa meramente estética ou situação vexatória, mas à falta de identificação e o sofrimento emocional resultantes do prenome Ana, que fora escolhido pelo pai, com quem ela não tem relação.

Para o ministro, cujo entendimento prevaleceu no caso, tais motivos são justos e o pedido deve ser deferido, ante a ausência de má-fé. Ele destacou que a requerente já é identificada socialmente apenas pelo prenome Luíza, não havendo risco de descontinuidade na identificação civil.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João luis disse:

    Ridículo….
    Onde vamos parar.

  2. Oswaldo disse:

    Hoje em dia já se defende que as crianças nasçam sem o sexo definido, poderiam tb nascer sem o nome e só registrar o nome oficial quando se tornar maior de idade, por enquanto fica usando só uma numeração! Cachorro e gato tá menos complicado de se criar!

  3. H.m disse:

    Sou a favor de quando completada a maioridade quem quiser mudar de nome mude! E outra tem cada nome escroto q os pais colocam .

  4. Rafael disse:

    Respeita a polícia

  5. Everton disse:

    Se ela pagou, que não deve ter sido barato, por esse nome, que seja decidido. Os advogados gostam de adequar a peças para sempre ser possível recorrer as últimas instâncias.

  6. Paulo disse:

    Tanta coisa engavetada por essas cortes, ai perde-se tempo com isto. Se ela não tem relação com o Pai, qual o problema do nome constar Ana.

  7. Edison Cunha disse:

    #GrandeMerda

Polícia tenta localizar homem que teve os genitais arrancados por mulher no Piauí

Foto: Divulgação/PC

A Polícia Civil está tentando identificar o homem que teve parte dos órgãos genitais arrancados no sábado (5), na cidade de Miguel Alves, no Piauí. Segundo a Polícia Militar, uma mulher teria usado os dentes para cometer o crime.

Francírio Queiroz, delegado de Polícia Civil, informou que iniciou uma investigação preliminar para identificar a vítima e a autora.

“O caso ainda não foi comunicado formalmente na delegacia. Nós já estamos em uma investigação preliminar no sentido de identificar ambas as partes envolvidas, mas por enquanto não obtivemos êxito nesse sentido”, informou.

“O caso ainda não foi comunicado formalmente na delegacia. Nós já estamos em uma investigação preliminar para identificar os envolvidos, mas ainda não conseguimos encontrá-los”, informou.

Entenda o caso

Uma mulher está sendo procurada suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem na cidade de Miguel Alves, no Piauí. A agressão aconteceu no sábado (5), na casa do homem, durante a madrugada. Segundo a Polícia Militar, a suspeita mora na casa ao lado da casa da vítima.

Ainda de acordo com a PM, o homem foi levado para o Hospital Estadual de União. Ele recebeu alta ainda no sábado, e foi para a casa de familiares em União, a 53 km de Miguel Alves.

G1

Mulher de Fabrício Queiroz coloca tornozeleira eletrônica

Márcia Aguiar, mulher de Fabrício Queiroz, se apresentou hoje (17) à Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) do Rio de Janeiro e colocou uma tornozeleira eletrônica. Depois de ficar três semanas foragida, ela voltou para casa no último dia 11, depois de conseguir o benefício da prisão domiciliar junto com o marido.

No entanto, como ela ainda não havia colocado a tornozeleira eletrônica, a Justiça do Rio de Janeiro deu ontem (16) um prazo de 24 horas para que ela se apresentasse à Seap e colocasse o equipamento de monitoramento.

No dia 18 de junho, o Ministério Público prendeu Queiroz, na casa do advogado Frederick Wassef, que era advogado da família Bolsonaro, em Atibaia (SP).

Queiroz é investigado em um esquema de rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro quando ele era assessor do então deputado estadual e hoje senador Flávio Bolsonaro. Márcia também trabalhou no gabinete de Flávio.

Segundo a Seap, além de colocar o equipamento, Márcia “recebeu as orientações necessárias e cumpriu todos os trâmites de praxe para o cumprimento da decisão judicial”.

No dia 18 de junho, o senador Flávio Bolsonaro disse, pelo Twitter, que encarava a prisão do ex-assessor com tranquilidade e que a verdade iria prevalecer.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Farol de Mãe Luiza disse:

    Se o Adriano da Nóbrega soubesse que como foragido da justiça poderia ser beneficiado assim igual a Marcia Aguiar não teria morrido pelo jeito. Difícil de entender como uma pessoa que estava ridicularizando e desafiando a justiça recebe tal regalia para se “entregar”!

  2. Pedro disse:

    JR & JR, se essa bonitona for investigada, julgada e declarada culpada deve ir mesmo, inicialmente ficar com a perna cabeluda, depois ir para o presídio, o que não pode é nove dedos ter sido condenado e continuar em casa com a mesma pulseira, isto é incoerente.

  3. JR & JR disse:

    A bonitona tava se fazendo de doida e ficando por casa sem colocar a tornozeleira, agora vai ficar com a perna cabeluda, né?

TRAGÉDIA EM GENIPABU: Briga de casal acaba com os dois mortos

Uma discussão envolvendo um casal, em uma residência em Genipabu, no município de Extremoz, no litoral norte potiguar, acabou em tragédia na tarde desta quinta-feira(16), com as mortes de marido e mulher, a golpes de faca.

Ainda não se sabe o que foi discutido a ponto de terminar no desfecho trágico com vias de fato.

Informações preliminares dão conta que a mulher ainda chegou a ser atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU), mas não resistiu.

Um policial confirmou ao Blog a ocorrência. A mulher foi identificada como Karenine Rêgo, de 49 anos, enquanto o homem, de 62 anos, foi reconhecido como Luiz Guilherme.

A Polícia Militar esteve no local, assim como o Itep, para perícia e recolhimento dos corpos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Giovanni Sérgio Rêgo disse:

    Bruno, bom dia.
    Está “tragédia em Genipabu” não foi resultado de uma única briga doméstica , mas, sim, um desfecho trágico de uma relação abusiva , uma modalidade atroz e covarde que é o crime de ódio baseado no gênero e na violência contra a mulher no ambiente doméstico. Perdi uma irmã, mulher que por anos foi vítima silenciosa do menosprezo pela condição feminina e que em ato final reagiu ao agressor.
    Na nossa dor um alerta para que homens lutem e mulheres reajam a essa brutalidade persistente pautada no ódio em função do gênero.

    • bruno disse:

      Um grande abraço e os nossos sentimentos. Conheci sua irmã em Genipabu, fizemos parte do mesmo bloco, e da mesma época maravilhosa da praia.

Mensagens inéditas de mulher de Fabrício Queiroz vinculam Wassef ao apelido ‘Anjo’; advogado rebate e pontua sucessão de “mentiras e fake news”

Foto: Igo Estrela/Metrópoles

O Ministério Público do Rio tem em mãos um áudio que vincula diretamente o nome do advogado Fred Wassef com o apelido “Anjo”, nome da operação que prendeu Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro. Até agora, haviam sido divulgadas apenas mensagens de texto de familiares de Queiroz usando a expressão, mas sem vínculo direto ao nome do advogado. Desde o mês passado, Wassef vem negando que seja conhecido como “Anjo”.

Em 31 de outubro do ano passado, Marcia Aguiar, mulher de Queiroz, enviou mensagens para o advogado Luiz Gustavo Botto Maia demonstrando preocupação com um áudio de Queiroz publicado pelo GLOBO. Nele, o ex-assessor de Flávio explicava a um interlocutor os mecanismos sobre nomeações no Congresso mesmo estando afastado da política desde a exoneração da Assembleia Legislativa do Rio em outubro de 2018: “tem mais de 500 cargos, cara, lá na Câmara e no Senado. Pode indicar para qualquer comissão ou, alguma coisa, sem vincular a eles (família Bolsonaro) em nada”, disse. “Como está a temperatura desses áudios?”, perguntou Marcia a Botto, que respondeu em seguida: “Bom dia, minha amiga. Tudo bem? Agora nem se fala mais nisso”.

No dia seguinte, às 13h55, Marcia enviou para Botto uma foto de Queiroz dormindo e o seguinte áudio, que pela primeira vez cita Fred Wassef e Anjo em uma mesma frase. “Ele e Felipe foram levar a Ana (Flávia Rigamonti, advogada que trabalhava com Wassef) em São Paulo porque o Anjo queria falar com ela. Aí ele disse que deixou a Ana lá na casa do Fred e quando estava indo embora, falou: ‘Felipe, vamo para o Rio? Vieram para o Rio sem mochila, sem nada. E chegou hoje de manhã aqui, mas pediu para não falar com ninguém não que ele tá aqui”. Botto Maia riu das imagens e do áudio e respondeu por mensagem de texto: “Maluco. Mais tarde vamos tomar cerveja”.

Em três momentos anteriores, o MP já havia encontrado mensagens com a referência ao apelido “Anjo”, mas sem o vínculo a Wassef.

Em uma conversa datada de 21 de novembro do ano passado, Márcia perguntou a Queiroz: “Anjo falou alguma coisa?”. Ele, cujo contato estava salvo como “Casa Q” no celular dela, respondeu: “Não” e, em seguida, completou: “Ele tá que (sic) em Brasília”.

‘Está na caso do Anjo?’

Dias depois, no dia 24 de novembro, às 13h54, Márcia pergunta a Queiroz novamente: “Está na casa do Anjo?” E Queiroz responde: “Estamos”. Márcia então questiona se eles dormiram lá: “Dormiram na casa dele ou no hotel?” e Queiroz escreve: “Sem bateria, 1%. Dormimos”.

Em 2 de dezembro, uma semana depois, outra troca de mensagens mencionou o apelido. Márcia perguntou “Anjo já foi?” e recebeu como resposta de Queiroz: “Já”. Dias depois disso, Márcia foi encontrar a Raimunda Veras Magalhães, mãe de Adriano Nóbrega, em Astolfo Dutra, Minas Gerais. Para o MP, eles foram discutir um plano de fuga.

Em entrevista ao “Jornal Nacional” da TV Globo, a advogada Ana Flávia Rigamonti contou que trabalhou para Wassef no ano passado e conviveu com Queiroz na casa de Atibaia. Na ocasião, ela disse que sempre chamou o chefe de “Doutor Fred”. Mas, ao ser questionada se entre ela, o Queiroz e a Márcia, alguma vez eles se referiram a Wassef como “Anjo”, ela não disse: “Bom, essa pergunta eu prefiro não responder.”

Gustavo Botto, como é conhecido, atuou como advogado de Flávio em causas eleitorais às vésperas das eleições de 2018. Em dezembro daquele ano, ele disputou uma “pelada” de fim de ano no Maracanã ao lado de Flávio.

Ele foi apontado pelo MP em situações com ex-funcionários de Flávio na Alerj que, para os investigadores, podem caracterizar obstrução de Justiça. Botto se juntou à mulher de Queiroz, Márcia de Oliveira Aguiar, em uma visita no fim de 2019 a Raimunda Magalhães Veras, mãe do miliciano Adriano da Nóbrega, em Astolfo Dutra (MG). Segundo o MP, o encontro serviu para combinar um “plano de fuga” em caso de avanço das investigações da rachadinha, retomadas naquela época após sinal verde do Supremo Tribunal Federal (STF).

Também foi Botto, segundo o MP, que atuou para adulterar a folha de ponto de Luiza Souza Paes, classificada como “assessora fantasma” pelos investigadores. Botto convenceu Luiza e seu pai, o policial Fausto Antunes Paes, amigo de Queiroz, de que não havia problema em ir à Alerj, no início de 2019, para assinar retroativamente o ponto de 2017.

Por esses fatos apontados, o MP pediu busca e apreensão em seus endereços durante a operação Anjo em junho e pediu o afastamento dele das funções públicas na Alerj, o que já ocorreu. Botto Maia era assessor parlamentar do deputado estadual Renato Zaca (sem partido).

Procurado, Frederick Wassef disse que não possui apelido de anjo e nunca foi chamado assim. “Após a prisão de Queiroz, apareceram vários outros personagens que deram entrevistas e afirmaram que estavam com ele direto e o ajudavam e cuidavam dele. Estas pessoas se encaixam com perfeição no papel de anjo”, afirma a nota.

Já Paulo Emílio Catta Preta, que defende Fabrício Queiroz e sua família, disse pensar que questionamentos sobre as conversas “devem ser respondidos pelo Frederick”.

Íntegra da Nota de Frederick Wassef

Jamais abriguei Queiroz ou qualquer pessoa de sua família em qualquer propriedade minha ou de conhecidos meus na cidade de São Paulo. Não estive com Queiroz ou seu filho no referido endereço e nem levei ninguém lá. Minha ex-companheira não tem e nunca teve qualquer relacionamento com Queiroz e sua família assim como também nunca teve relacionamento com a família Bolsonaro. Ela não conhece Michele Bolsonaro e nunca estiveram juntas. Ela não tem nada que ver com a minha profissão e meus clientes. Ela nada tem a ver com nenhum assunto ou tema relacionado a mim ou ao Presidente da República com quem nunca teve relação de amizade.

Ela é apenas, assim como eu, uma vítima desta campanha suja de mentiras e fake news. De forma criminosa e proposital alguma autoridade pública do Rio de Janeiro está vazando a conta gotas “supostas” informações de um procedimento que está em segredo de justiça. Se após uma perícia, ficar provado que, de fato, tais mensagens de celular não foram fraudadas ou manipuladas, elas devem ser analisadas dentro do contexto e na íntegra. Nunca tive acesso a este material, e não sei do que se trata. Sempre o Grupo Globo tem informações vazadas de autoridades que nem mesmo a defesa técnica teve acesso e isto deve ser investigado pelo Ministério Público do Rio e pelo CNMP. O filho de Queiroz nunca foi investigado e a apreensão de seu celular é ilegal e arbitrária, o que acarretará futuras nulidades.

Conforme inúmeras reportagens mostraram, após a prisão de Queiroz, apareceram vários outros personagens que deram entrevistas e afirmaram que estavam com ele direto e o ajudavam e cuidavam dele. Estas pessoas se encaixam com perfeição no papel de anjo. Nunca tive apelido de anjo e nunca fui chamado assim por ninguém. Após 2 anos e meio de investigação sem obter nada, pescam supostas mensagens de cel fora de contexto e tentam criar fantasias sobre as mesmas.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Minion alienado disse:

    Anjo decadente

  2. Emerson Fonseca disse:

    Esperando os comentários dos seguidires do " mito" ? Vergonha pouca é besteira em Kkkkk 😂

  3. PRISÃO DOMICILIANA disse:

    Estamos aos poucos conhecendo a verdade, e a verdade nos libertará do fake messias.

  4. Neto disse:

    Parece que a OAB ficou muda

Atriz Kelly Preston, mulher de John Travolta, morre aos 57 anos

Foto: Eric Gaillard/Arquivo Reuters

A atriz Kelly Preston, mulher de John Travolta e conhecida por seus papéis em filmes como “Irmãos Gêmeos” e “Jerry Maguire: A Grande Virada”, morreu neste domingo (12) de complicações por um câncer de mama, informou a edição online da revista People. Ela tinha 57 anos

“Na manhã de 12 de julho de 2020, Kelly Preston, uma amada esposa e mãe, faleceu após uma batalha de dois anos contra o câncer de mama”, disse um representante da família à publicação.

“Depois de decidir realizar sua luta em particular, ela passou por tratamento médico por um tempo, ajudada por sua família e amigos mais próximos”, continuou o representante. “Ela era uma alma brilhante, preciosa e amorosa, que se importava profundamente com os outros e trouxe vida a tudo o que tocou”, acrescentou.

Travolta confirmou a morte de sua esposa através de uma mensagem no Instagram.

“Lamento muito informar que minha linda esposa Kelly perdeu sua luta de dois anos contra o câncer de mama. Ele lutou com coragem e o amor e apoio de muitos (…) o amor de Kelly e sua vida sempre serão lembrados”, escreveu o ator.

Preston e Travolta têm dois filhos: Ella, 20, e Benjamin, 9 anos. Em janeiro de 2009, eles sofreram a perda de seu filho Jett, aos 16 anos. Os atores se casaram em setembro de 1991, quando a atriz estava grávida de Jett.

Kelly Preston e John Travolta em foto de 2015 — Foto: Danny Moloshok/Arquivo Reuters

Carreira

A carreira de Preston começou em 1985 com um papel no filme “A Primeira Transa de Jonathan” e ela ficou famosa em suas aparições em “Irmãos Gêmeos” (1988), “Jerry Maguire: A Grande Virada” (1996) e “Por Amor” (1999). Mais tarde, ela apareceu em “A reconquista” (2000), “Sentença de morte” (2007) e “Surpresa em Dobro” (2009).

Ela também apareceu no videoclipe da música “She Will Be Loved”, do Maroon 5.

Sua última interpretação nos cinemas foi em “Gotti: O Chefe da Máfia” (2018), ao lado de Travolta, onde ela interpretou a esposa do mafioso John Gotti.

 

Ver essa foto no Instagram

 

It is with a very heavy heart that I inform you that my beautiful wife Kelly has lost her two-year battle with breast cancer. She fought a courageous fight with the love and support of so many. My family and I will forever be grateful to her doctors and nurses at MD Anderson Cancer Center, all the medical centers that have helped, as well as her many friends and loved ones who have been by her side. Kelly’s love and life will always be remembered. I will be taking some time to be there for my children who have lost their mother, so forgive me in advance if you don’t hear from us for a while. But please know that I will feel your outpouring of love in the weeks and months ahead as we heal. All my love, JT

Uma publicação compartilhada por John Travolta (@johntravolta) em

G1

“Cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você” – (VÍDEO): Empresa demite mulher flagrada por TV desrespeitando fiscal em bar no Rio

A distribuidora de energia Taesa informou hoje, por meio de suas redes sociais, que demitiu uma funcionária que desrespeitou as regras de prevenção à covid-19 e as normas de segurança da companhia.

A empresa não citou o nome da funcionária na nota, mas, em contato com a reportagem do UOL, confirmou que trata-se da mulher flagrada em reportagem do Fantástico exibida na noite de ontem desrespeitando fiscais em um bar no Rio de Janeiro.

O caso ganhou repercussão após a mulher na reportagem dizer: “cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você” para um profissional que fiscalizava o cumprimento das medidas de segurança contra a covid-19 em bares cariocas.

“A Taesa tomou conhecimento do envolvimento de uma de suas empregadas em um caso de desrespeito às leis que visam reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus e compartilha a indignação da sociedade em relação a este lamentável episódio, sobretudo em um momento no qual o número de casos da doença segue em alta no Brasil e no mundo”, diz a nota da empresa.

Foto: Reprodução

A empresa disse ainda que adotou “inúmeras iniciativas para proteger a saúde de seus profissionais e familiares”, e que a funcionária foi demitida por desrespeitar a “política vigente na empresa”.

“A Taesa ressalta que segue respeitando o isolamento [social] e as mais rigorosas regras de prevenção ao coronavírus e que a empregada em questão desrespeitou a política vigente na empresa. Diante dos fatos expostos, a Taesa decidiu por sua imediata demissão”, afirma a nota.

UOL

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lúcio de Lima disse:

    Parabéns pela imprensa ao denunciar esse caso de violação das medidas de proteção! E parabéns a empresa Taesa nos procedimentos educativos a essa cidadã . Quem sabe com isso ela vai aprender a respeitar as pessoas, instituições e os funcionários públicos do país!

  2. Manoel disse:

    Um doce pra quem advinhar de quem ela é fã e eleitora.
    É sempre a mesma "coincidência "

  3. Marcos Benício disse:

    Passou vergonha duas vezes: uma por ser idiota em rede nacional, outra por perder o emprego.
    O ser humano perdeu a noção mesmo!

  4. Sandro rangell de Rodolfo Fernandes disse:

    Parabéns para a empresa, pois é de atitudes como essas que mudaremos um pouco dessa sociedade preconceituosa, repleta de brasileiros que pq tem um emprego melhor acha que pode sair pisando em cima dos outros….

  5. Jk disse:

    Fazia tempo que não ouvia e via uma imbesilidade infanto juvenil de alto grau como o dessa mulher. O "Eng Civil não cidadão, deveria construir um cérebro novo pra ela, porque o dela as paredes já desabaram com esse comentário leproso…

  6. Manoel disse:

    Pegue! Pra deixar de ser babaca!

TJ do Rio autoriza prisão de mulher de Fabrício Queiroz

Foto: Reprodução/Facebook

O Ministério Público do Rio de Janeiro prendeu na manhã desta quinta-feira o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz. Além dele, o juiz Flávio Itabaiana Nicolau, da 27ª Vara Criminal do TJ do Rio, expediu mandado de prisão contra a mulher de Queiroz, Márcia Oliveira de Aguiar.

O casal e o senador são investigados pelo esquema da rachadinha na Assembleia Legislativa do Rio. Queiroz foi preso em Atibaia, no interior de São Paulo e deve vir para o Rio, onde é investigado. A operação denominada “Anjo” teve o apoio da Polícia Civil. O mandado de prisão contra Márcia está sendo cumprido com auxílio da Polícia Federal.

Márcia esteve no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio entre 2007 e 2017. Ela foi um dos sete parentes que Queiroz emplacou na estrutura do mandato de Flávio. Também foram lotados outros sete parentes dele no gabinete de Flávio desde 2007. Entre os parentes de Queiroz investigados junto com o casal estão ainda a enteada e duas filhas, uma delas é a Nahtalia Queiroz, conhecida por ser personal trainer.

No ano passado, O GLOBO revelou que Márcia nunca teve crachá na Alerj e, durante um processo que ela moveu na Justiça, Márcia se declarou “cabeleireira”. Nunca mencionou assessoria parlamentar.

O MP do Rio também cumpre mandados de busca e apreensão em diversos endereços da capital. Um deles é a casa de Bento Ribeiro, escritório político da família Bolsonaro.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Tô com o cabelo grande. Onde fica mesmo o salão?

  2. Cidadão pagador de impostos disse:

    Vem delação premiada por aí
    É p glorificar de pé!!

  3. José Macedo disse:

    Bg vê se acha alguma reportagem informando se o JB estava envolvido?

  4. MORO e MANDETTA 2022 disse:

    Delação é a solução.

  5. Antônio disse:

    Perseguição ao homem mais honesto do Brasil e fundador da nova política.

Eduardo Bolsonaro destaca que “apoiadora” que cobrou Bolsonaro já foi assessora de líder do MBL: “só coincidência, tudo espontâneo”

Foto: Reprodução/Instagram

O deputado federal Eduardo Bolsonaro citou o “novo escândalo da mídia”, no episódio desta quarta-feira(10) em que uma mulher cobrou o presidente, no meio de seus apoiadores, e foi convidada a se retirar. “Só faltou contar o seguinte: a tal “apoiadora” é a youtuber @crisbernart , que já foi nomeada assessora do vereador Fernando Holiday, líder do MBL.

“Mas claro, é só coincidência, tudo espontâneo!”, encerrou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    Tudo bem espontâneo, nada armado…Só tem santinho!!!!

  2. Samuel Uel disse:

    Olavo chamou o pai dele de covarde e ainda ameaçou derrubar o governo….o Bananinha ficou caladinho. Será que o Astrólogo da Virgínia sabe de algum podre?????

  3. MORO 2022 disse:

    Tem gente que está cada dia mais nervosa e ao mesmo tempo mais educada. O castelo feito de areia e fake em cima de lama está desMOROnando.

  4. Santos disse:

    E não pode cobrar? Até onde eu me lembre, o MBL apoio a candidatura do Presidente, no entanto rompeu poucos meses após peeceber que era tudo bravata e não tinha nada de liberalismo no governo.
    Quem deve cobrar é quem votou nele mesmo, pois quem não votou já sabia o que ia acontecer.

  5. Flavinho disse:

    Questionou as mortes e os cargos pra o centrão, era só responder. Matéria pro JN hoje, Quem não deve não teme.

  6. Cidadão Indignado disse:

    Essa CATERVA não está nem aí em governar o Brasil! Só ficam criando caso e deixando milhares de brasileiros à mercê da própria sorte. Impressionante!

    • Hugo disse:

      Chora não bebê, corre pra pegar tua 2 parcela do auxílio, e aproveita e leva Flavinho tbm.

Com cobrança em cartaz, mulher entre apoiadores cita mortes, diz que Bolsonaro “traiu a população”, e presidente rebate: “Sai daqui, você já foi ouvida. Cobre seu governador”

Foto: Wallace Martins / Estadão Conteúdo

Uma mulher que estava entre os apoiadores de Jair Bolsonaro (sem partido) na conversa matinal promovida diariamente no Palácio da Alvorada cobrou a postura do presidente em relação à pandemia do novo coronavírus. Ela disse que votou em Bolsonaro nas eleições de 2018, mas que se sentia traída.

Após cobrar o presidente, ela foi hostilizada por apoiadores no espaço reservado a eles dentro do Alvorada —o novo local de conversa fica distante da imprensa e faz parte da estratégia do presidente para driblar os repórteres. Um cartaz que ela exibia, com números de mortos pela covid-19, foi recolhido. Na sequência, ela acabou sendo retirada por agentes de segurança.

Assim que o presidente deixou o carro, a mulher citou o número de mortes provocadas pelo coronavírus no Brasil, já superior a 38 mil.

“Não são 38 mil de estatísticas, são 38 mil famílias, que estão morrendo, chorando. E o senhor como chefe da Nação, eu votei no senhor, eu fiz campanha para você, acho que você até me conhece, eu sinto que você traiu nossa população”, disse.

Primeiramente, Bolsonaro ficou em silêncio e passou a ouvir outros apoiadores. Depois, ainda com a voz da mulher ao fundo, disse: “Sai daqui, você já foi ouvida. Cobre seu governador. A partir de então, passou a ignorá-la.

Com UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carla disse:

    Como se o Bolsonaro fosse ligar para as 30 mil mortes. Covarde, traidor !

  2. Jailson disse:

    Bolsonaro é o maior vagabundo que já passou pelo palácio do planalto!!

    • Marpia disse:

      Maior louco que já comandou o país eu poderia concordar com o senhor, mas sua afirmação foi sobre o maior vagabundo, e qualquer "homem médio do povo" sabe que o maior vagabundo, mentiroso e condenado pela justiça do país, é seu Luiz Inácio, o nove dedos.

  3. Francisco disse:

    A diferença entre esse imbecil e ciro gomes, é que ciro pelo menos tem uma justificativa esfarrapada, esse é um cavalo batizado. kkkkKkkk

  4. Realista disse:

    Bolsonaro teve como moeda de campanha a segurança, e não tenho tomado conhecimento de mudanças na segurança, não falou mais em baixar a maioridade idade penal. Vem apenas com um continuísmo na segurança, na de impactante como prometia na campanha. Aos poucos vem se igualando aos demais politicos, o que me faz a cada dia acreditar mais ainda que todo politico calça 40… Ou seja! Tudo farinha do mesmo saco.

  5. Fernando disse:

    Blog do BG. Esta mulher é ativista do MBL (Grupo opositor ao presidente), ou seja, nada espontâneo. Tudo articulado!

    • Dinho disse:

      Exatamente!
      Tudo vagabundo de esquerda. Ainda se referem aos apoiadores do Presidente de “Gado”. E esses esquerdistas, são oq? Ienas? Ou só burros mesmos?

    • .40 disse:

      Mesmo que ela não seja apoiadora, o presidente não pode ser cobrado? Questionado? Antes de mais nada, quero a PTralhada longe do poder.

    • Carlão disse:

      MBL só foi bom p tirar Dilma. Moro só prestou p tirar Lula. Agora são todos comunistas.

    • João Neto disse:

      E o MBL apoiou quem?

    • Badú disse:

      Respondendo ao amigo que perguntou quem o MBL apoiou, ele não apoiou, usou Bolsonaro pra se eleger e voltaram pro ninho. Ou seja, pra velha esquerda ladrona.

Deputados aprovam criação da Delegacia Virtual do RN para enfrentamento à violência contra a mulher

Foto: João Gilberto

Em mais um dia de votação durante sessão ordinária por videoconferência nesta quarta-feira (20), os deputados estaduais votaram projetos que beneficiam diretamente a população do Rio Grande do Norte. Entre eles a implantação da Delegacia Virtual para enfrentamento à violência contra a mulher, a suspensão da cobrança dos consignados aos servidores estaduais, a suspensão dos prazos para os concursos públicos vigentes no RN e decretos de calamidade pública em sete municípios do Estado.

“Hoje tivemos mais uma manhã de muito trabalho, onde aprovamos projetos e decretos importantes e que resultam em benefícios diretos para a população. Essa é uma demonstração de que essa Casa Legislativa segue atenta às demandas da população e em busca de soluções para as problemáticas que aflige o nosso povo”, comentou Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa.

Preocupados com o crescimento nos números da violência doméstica contra a mulher no Estado e em virtude da pandemia, os deputados aprovaram, por unanimidade, o Projeto de Lei Nº 97/2020, de autoria da deputada Isolda Dantas (PT) que dispõe sobre o registro de violência doméstica e familiar por meio da Delegacia Virtual no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte.

“A aprovação dessa matéria é muito importante devido ao aumento considerável dos casos de violência contra as mulheres. Esse instrumento vem dizer a essas mulheres que elas não estão sozinhas e que, como entes políticos, nós nos preocupamos com elas e estamos atentos e em busca de soluções para essa causa”, comemorou Isolda Dantas.

A aprovação do projeto foi celebrada também pelas deputadas estaduais Eudiane Macedo (Republicanos) e Cristiane Dantas (SDD), presentes à sessão. “É mais um canal importante para nós mulheres. Poder fazer essa denúncia do celular ou do computador vai encorajar nossas mulheres que, na maioria das vezes, sofre essa violência dentro de casa, o que a impede de pedir socorro”, disse Eudiane. “Esse instrumento vai incentivar as denuncias de uma forma célere, mas é preciso união para que essas leis sejam implementadas e que elas funcionem de forma efetiva no combate a esse crime que só cresce”, destacou Cristiane Dantas.

Outro projeto aprovado por unanimidade pelos deputados foi o Projeto de Lei Nº 50/2020, de autoria do deputado Hermano Morais (PSB) que suspende imediatamente todos os prazos relativos aos concursos públicos no RN, em razão da pandemia da Covid-19.

“Esse projeto tem um alcance social muito grande. Especialmente para aqueles aprovados em concursos que estão com o prazo para se vencer. Além disso, gera economicidade para os cofres públicos, visto que permitirá a contratação desses aprovados, quando se fizer necessário, evitando o gasto com a realização de novos concursos públicos”, explicou o autor do projeto.

O projeto Nº 59/2020, de autoria do deputado Coronel Azevedo (PSC), que dispõe da suspensão de cobranças de empréstimos para servidores ativos, foi aprovado por 18 votos favoráveis, dois contrários, que foram dos deputados José Dias e Gustavo Carvalho, e as ausências dos deputados Kelps Lima e Nelter Queiroz.

“Entendo que os servidores ativos continuam recebendo seus salários sem nenhum prejuízo e, por isso, declaro meu voto contrário ao projeto”, disse o deputado José Dias (PSDB).

Coronel Azevedo destacou que projetos como esse foram aprovados em outros estados. “Temos que lembrar as dificuldades vividas pelos servidores públicos com folhas salariais em atraso e, mais recentemente, com a pandemia do novo coronavírus”, declarou.

“O servidor público que contraiu empréstimo não vai dar calote em ninguém. O que a proposta pede é que essas parcelas sejam deixadas para o final do contrato. Uma forma de reconhecer o trabalho que esses servidores vêm realizando em favor do povo do Rio Grande do Norte”, justificou Coronel Azevedo, autor do projeto que recebeu admissibilidade da Comissão de Constituição e Justiça da Casa e aprovação da matéria.

Seguindo a pauta de votação do dia, os parlamentares votaram decretos de calamidade pública, em razão da grave crise de saúde pública decorrente da pandemia da Covid-19, e suas repercussões na saúde e nas finanças públicas dos seguintes municípios: Alto do Rodrigues, Caiçara do Norte, Carnaúba dos Dantas, Porto do Mangue, São Jose do Mipibu, Tibau do Sul e Touros.

Os projetos agora seguem para sanção por parte do Governo do Estado.

ALRN

Bombeiros resgatam mulher presa em ferragens após acidente na Grande Natal

FOTO: CBM/ASSECOM

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) foi acionado, nesta terça-feira (12), para atender uma ocorrência de vítima presa às ferragens de veículo na estrada de Tororomba, no município de Nísia Floresta, Região Metropolitana de Natal. O acidente de trânsito ocorreu por volta das 11h e envolveu um ônibus e um automóvel modelo Strada que estava sendo dirigido pela mulher.

A ocorrência foi registrada pela central do CBMRN e imediatamente uma guarnição do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) foi enviada para realizar o salvamento. A ação durou cerca de 15 minutos e apesar do susto a mulher foi resgatada consciente, apresentando apenas ferimentos leves nos braços após ser atingida por estilhaços de vidro. A vítima ficou sob os cuidados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. CIDADAO55 disse:

    Parabéns aos sempre-alertas e incansáveis homens e mulheres do Corpo de Bombeiros Militares do RN.

CASO CHOCA O PAÍS: Ex-BBB e advogada criminal oferece ajuda a mulher que foi dopada e agredida por marido em vídeo; homem compartilhou imagens de agressão na web e viralizou

Ex-BBB Gizelly Bicalho oferece ajuda à mulher que foi agredida -Foto: Instagram/@gizellybicalho

Na madrugada desta quinta-feira (8), um caso de agressão chocou a internet. Um homem gravou e compartilhou nas redes um vídeo dele agredindo a mulher depois de dopá-la, conteúdo que rapidamente se espalhou pela web.

Gizelly Bicalho(FOTO EM DESTAQUE), participante do BBB 20 e advogada criminal, usou seus Stories para falar sobre o caso e afirmou já ter tentado entrar em contato com a moça para ajudá-la.

“Eu estava indo dormir e eu vi o que aconteceu coma Sabrina aqui no Instagram, essa moça que foi dopada e agredida pelo companheiro Eu estou chocada, estou apavorada. O cara filmou, eu não consegui ver o vídeo. Mandei um direct para Sabrina, mas quem tiver o contato dela, não sei se ela vai conseguir ver direct, comentei a foto dela. Queor muito ajudar essa menina, essa moça, essa mulher. Não sei nem se vou conseguir dormir depois dessa cena horrorosa que vi. Gente, durante esse tempo de quarentena os casos de violência doméstica aumentaram muito, isso é muito sério. E o caso da Sabrina é só um em meio a tantos que estão acontecendo no Brasil”, afirmou Gizelly em uma série de vídeos.

O CASO

Na última quarta-feira (6), um homem compartilhou em seu perfil no Instagram uma série de fotos de vídeos agredindo sua mulher depois de dopá-la, confirmando os atos na legenda, além de afirmar que estava deixando uma dívida no nome dela.

O perfil da mulher, Sabrina, foi encontrado e ela fez um longo relato sobre sua situação, que aconteceu durante uma viagem para um chalé pouco antes dos dois se separarem.

Ela conta que o ex-marido tinha diversos problemas com drogas e bebida e chegou a ser preso por dirigir sob influência, e que estava drogado na noite das agressões. Hoje o homem está internado em uma clínica de reabilitação.

Sabrina afirmou ainda estar sendo ameaçada pela família do ex-marido, que ela conta ter ficado do lado dele após o ocorrido. “A mãe dele que me tinha como uma filha foi pagar motel com duas prostitutas pra ele enquanto eu quase morria”, escreveu em parte do texto.

Nos Stories, ela ainda expôs áudios enviados pelo pai do ex-marido a ameaçando, afirmando que o ex-sogro pretendia “tirar o filho que é dependente químico da clínica para ele resolver o problema dele comigo”.

Leia o relato na íntegra:

“Todos que me conhecem de verdade, sabem o quanto que trabalhei e trabalho pra conquistar minhas coisas. Sabem que abri mão da minha vida pra ajudar Keko a sair das drogas, fui cega durante anos vivendo em um relacionamento abusivo. Fiz tudo o que eu podia pra ajudá-lo. No entanto ele decidiu ir para o caminho das drogas. Durante a separação ele me dopou me agrediu, acabou com o meu nome. Tínhamos rota de semi joias juntos e tudo era no meu nome, ele gastou tudo em droga. Me deixou endividada. A máscara da família dele caiu, que ficou a favor dele, a minha sogra que me tinha como uma filha nem deu as caras com o acontecido. Fui Salva pelo o recepcionista do chalé. A mãe dele que me tinha como uma filha foi pagar motel com duas prostitutas pra ele, enquanto eu quase morria, até ele ser preso por dirigir embriagado e drogado. Desacato à autoridade. A ficar doido na casa das pessoas em Natal, que decidiram internar. Porque a lei Maria da Penha nada fez até agora. Na primeira internação dele paguei todos os cheques que no tempo era no nome da mãe dele, comprei terrenos ao pai dele que se nega a me devolver. Reformei a casa, pagava carro enquanto ele vivia deitado ou na farra se fazia muito era dirigir. Trabalhava até de madrugada, montando pano fazendo de tudo para termos um futuro. Cega em um relacionamento abusivo de anos cheguei quase a morte. Hoje estou passando por uma depressão pq quando durmo lembro dessas cenas. Que ele fez questão de filmar enquanto estava drogado e mandar para as pessoas. Mesmo com provas e testemunhas estou lutando na justiça. Mulher nenhuma merece passar por isso. Todas as vezes que tento subir um degrau acontece algo pra me despedaçar por dentro. Mulheres que passam por qualquer tipo de abuso procurem ajuda. Mas saiam dessa. A pessoa que eu amava foi a que mais me machucou. A mãe dele que é mulher que já foi desrespeitada várias vezes por o próprio filho, está lutando a favor do machismo e o pai me ameaçando, quando o filho deles mas precisava deles nem as caram deram, disseram que não podia ir pra Natal, nas recaídas quem o ajudou foi eu. Espero um dia cicatrizar todas essas feridas. Se conseguir me manter viva.”

Mulher relata ameaças de ex-sogro após agressão (Foto: Reprodução/Instagram)

Mulher relata ameaças de ex-sogro após agressão (Foto: Reprodução/Instagram)

Globo, via Quem

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cidadão Indignado disse:

    VAGABUNDOS agressores de mulheres! Merecem prisão perpétua. Muitos monstros presos e quem sofre são as mães de seus filhos. Bandidos! Triste essa classe lixo de homens agressores. Não valem nada.

  2. CIDADAO55 disse:

    A ele os rigores da lei. Tranquem-no numa cela e joguem a chave fora!