"Vá posar para a Playboy, não trabalhar com futebol", diz dirigente do Cruzeiro para bandeirinha musa

 

10320575_10151835546718239_2937580035009059029_nO diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, não mostrou papas na língua e reclamou da atuação da auxiliar de arbitragem Fernanda Colombo após a derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG neste domingo. O dirigente disse que a bandeirinha – que vem ficando famosa principalmente pela aparência – não aguenta a pressão de bandeirar em jogos importantes, como partidas de times grandes e clássicos, e “aconselha-a” a posar nua.

“Aí, a gente pega essa bandeira, bonitinha, que estava ali no canto. Os caras gritam no ouvido dela e como ela não tem preparo, levanta a bandeira, porque fica apavorada. Isso porque ela tinha errado na rodada passada. O São Paulo fez as reclamações e ela ganha de presente isso [o clássico]. Provavelmente ela vai ganhar um clássico de presente na próxima rodada do Brasileiro”, criticou Mattos, antes de começar a pegar mais pesado.

“Estão tentando promover ela porque ela é bonitinha e não é por ai. Ela tem que ser boa de serviço, profissional e competente. O erro dela foi muito, muito, muito anormal, coisa de quem está começando uma carreira. Se é bonitinha, que vá posar para a Playboy, não trabalhar com futebol”, finalizou o dirigente, sem restringir suas observações à parte técnica de Fernanda, que ficou famosa nacionalmente na partida entre São Paulo e CRB.

O Cruzeiro saiu da partida reclamando de um lance de impedimento mal marcado de Alisson no fim do jogo. Com o resultado, o Cruzeiro permanceu com sete pontos e caiu da quinta para a sétima colocação. Na próxima rodada, a equipe recebe o Coritiba – antes disso, a equipe enfrenta o San Lorenzo no jogo de volta das quartas de final da Libertadores (perdeu o jogo de ida por 1 a 0).

ESPN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Willamy Medeiros disse:

    Esse cidadão que se diz dirigente de futebol, mostra-se totalmente sem preparo para exercer o cargo que ocupa. É inadmissível ele proferir tais palavras com a assistente de arbitragem Fernanda Colombo.

    Faço essa defesa, não porque ela seja uma mulher bonita, mas sim, porque ela é uma profissional como qualquer outra(o), e por isso, merece todo o respeito. Esse comportamento preconceituoso, é típico e digno de pessoas pequenas…

    Para finalizar eu pergunto, por acaso, ela foi a única pessoa a erra a marcação de um impedimento????? Lógico que não, nem muito menos será a última com quem esse erro ocorreu.

    Afinal, não se pode perder de vista que errar é uma coisa inerente a natureza humana, e cometer erros, qualquer um de nós, seja homem ou mulher, pode incorrer.

Nanda Costa abre o jogo sobre não ter se depilado para a Playboy

10_35_07_201_fileNanda Costa foi alvo de crítica ao decidir não se depilar para posar para a revista Playboy. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, a atriz comentou sobre o assunto.

— Foi um modo de não me expor tanto e de estar mais protegida.

A atriz também deixou no ar a possibilidade de estampar a capa da publicação mais uma vez.

— Quem sabe na próxima apareço com outra depilação.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cardoso disse:

    Aí gente: MENOS!!!. Poxa, ou compra ou não compra a revista da moça. Agora nós vamos ditar como deve estar desenhada a perseguida da atriz? Caramba, o corpo é dela, o pelo também. Na verdade, a única coisa feia e muito feia que aparece nas fotos é o cenário. Se ela estivesse vestida de ouro e naquela paisagem, a cara de rampeira seria a mesma. Assim, que permaneça o capim alto naquele campo. Eu jogaria um bolão acolá.

  2. Fábio Nucci disse:

    Cadê meu comentário? Desde quando a palavra 'priquito' é proíbida? É censura, é? Depois ainda publica artigo condenando a decisão do Juiz, quando à posição de proibir o Novo Jornal de publicar máteria contra o IBAMA. Quem de isso cuida, disso usa, não é, BG?

  3. Maurício Giovani disse:

    Achei certa a posição da atriz quanto sua opção em não se depilar. Acho que deveria segurar um pouco mais a depilação para a próxima capa, onde possivelmente o ensaio será nas cavernas do Piauí, cercada de desenhos rupestres e morcegos pendurados por todos os lados, inclusive nela, mais precisamente, na sua barba de eremita. Não custa nada a atriz abraçar esta ideia, pois os fãs de Batman agradeceriam bastante.

Playboy: Nanda Costa precisou de Photoshop para "esconder fartura" em local cobiçado pelos homens

08_47_05_856_fileO ensaio da Playboy de Nanda Costa continua dando o que falar. Segundo o jornal Extra, as fotos contaram com um recurso de Photoshop bem no ponto mais cobiçado pelos homens.

Isso mesmo! A publicação explica que o ato serviu para “minimizar certa exuberância” da atriz. O jornal diz ainda que o estilo de depilação escolhido, à la Claudia Ohana, serviu para “disfarçar toda essa fartura”.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro Viegas disse:

    Negação ! Quem comprou foi arrependimento total. Sem graça alguma !

Atriz global limita uso de Photoshop em sua Playboy

14_26_11_698_filePrestes a lançar sua Playboy, a atriz Nanda Costa se disse muito feliz com o resultado das fotos, feitas em Cuba.

Em entrevista a Leo Dias, do Jornal O Dia, Nanda revelou detalhes do ensaio e contou que um policial de Havana se surpreendeu ao vê-la nua no meio da rua.

— A gente estava fotografando perto do Malecón, que é uma avenida à beira-mar bem famosa, aí veio um policial que queria saber o que estava acontecendo. Não foi nada demais, mas rolou uma tensão. Ficamos com medo de apreenderem o material.

Nanda disse ainda que não há nenhuma foto muito polêmica, mas garantiu que está será uma “Playboy quente”.

A atriz, que colocou silicone pouco antes de fotografar, admitiu ter limitado o uso de photoshop, pois não queria aparecer com uma “barriga chapada”.

— É, sim. As pessoas têm que se identificar com essa mulher. Além disso, fica mais bonito quando é de verdade.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. francisco das c a costa disse:

    EU SÓ QUERIA ENTENDER ; POR QUE A PLAYBOY DE UMA HORA PARA OUTRA RESOLVEU FOTOGRAFAR EM CUBA, FIRMARAM PARCERIA COM QUEM?KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Será possível? Reforma no grupo Abril pode fazer com que revista Playboy chegue ao fim

20130610181413663415aO Grupo de editoras da Abril anunciou, em comunicado oficial, que a empresa vai passar por uma reestruturação. A “reforma” é devido ao suposto equilíbrio que a editora pretende estabelecer “entre produção de conteúdo impresso e digital” e a “racionalização dos recursos”.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, com a nova estrutura, as divisões que estavam subordinadas à Abril Mídia passam a responder diretamente ao presidente da Abril S.A., Fábio Barbosa. De acordo com reuniões internas da empresa, o grupo de executivos afirmaram que pelo menos 11 revistas devem deixar de circular em breve. Entre elas estão a Playboy, a Capricho e a Contigo!.

Há boatos que o corte da Playboy estaria ligado ao prejuízo semelhante ao da revista Veja, também pertencente ao grupo Abril. Entre as duas, os donos tiverem que escolher qual seria eliminada e a Veja acabou se tornando preferência. A Abril não comentou a publicação.

Do Correio Braziliense

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. armando disse:

    para ver mulher nua de todos os gostos basta ir as nossas praias e mais barato.

  2. rolando mafra disse:

    A playboy esta ultrapassada.Quem gosta de ver mulher pelada é só acessar os vários sites de mulheres nuas não estaticas,como na revista

Mulher natalense é destaque em artigo da Playboy: " É atirada, direta, aborda sem deixar espaço para mal-entendido"

Um artigo publicado na Playboy deste mês está dando o que falar. Um texto assinado pelo jornalista Márcio Nazianzeno descreve a mulher potiguar como determinada e, até certo ponto, atirada. Algumas pessoas estão tratando o artigo como desrespeitoso. Não sei.

O que se não pode discutir, no entanto, é o bom humor muito bem utilizado e uma ótima divulgação das atrações de Natal.

Confira você mesmo:

 

Feliz é Natal

A capital potiguar é um harém ensolarado com vista para o mar

destaque-natal

Natal é mundialmente famosa por suas belezas naturais: as dunas, as praias, os coqueiros, a brisa, o sol e, acima de tudo, as mulheres. Num lugar em que as estações do ano são muito bem definidas (o verão, por exemplo, dura 12 meses), shortinhos, topzinhos e biquininhos são onipresentes.

E o que as natalenses têm? Tempero, amigo. Sempre de bem com a vida e o próprio corpo, (quase) todo dia elas se refestelam na areia, fritam sob o astro-rei, banham-se nas águas salgadas, secam-se no calor e no vento e nos matam do coração. O curioso é que as moças que vêm de fora – desde a baiana até a gaúcha, da paulista à sueca – acabam incorporando o jeito daquelas que nasceram na cidade. Um jeito leve de ser e gostoso de ver. Já ouviu falar em mimetismo, fenômeno pelo qual certos animais, a fim de escapar dos predadores assumem características de objetos e de seres do meio em que vivem? Então, em Natal esse fenômeno tem uma peculiaridade: as forasteiras imitam as nativas para, em vez de escapar, cair nas garras dos predadores. mundo animal.

Outro dia, no buraco da Catita, chorinho de publicitárias, jornalistas e fãs de Cartola, uma amiga de São Paulo desabafava:

– Mulher em Natal é mais sem-vergonha que homem!

Assenti com a cabeça, óbvio, porque dama que sofre de chifre não pode ser contrariada. Agora, já a uma distância segura, posso garantir que a natalense é uma santa. Dela somos devotos e nela depositamos não somente nossa fé, mas também nossos pecados. E não somente nossa fé e nossos pecados, mas também… Deixa pra lá.

Oremos, pois: ave, maria, ave, bianca, ave, Joana, ave, Paulinha, ave, Sandrinha… Todas elas são cheias de graça! ainda mais quando dançam descontroladas no Whiskritório, aquele reduto de universitárias delicinhas.

Brincadeiras à parte, o fato é que a natalense sabe o que quer. E ela quer a mesma coisa que a gente. É atirada, direta, aborda sem deixar espaço para mal-entendido. Questão de sobrevivência. Na capital do Rio Grande do Norte, tem muita fêmea para pouco macho. Dizem as boas línguas que a média é de seis delas para cada um dos nossos (se você terminar a noite sem ninguém, melhor sentar na margem do rio e chorar porque alguém ficou com 12). Acredite: mulher aqui trata homem como produto em liquidação. Ela se aproxima, olha a em balagem e, mesmo sem gostar muito, diz a si mesma: “Vou levar. Vai que acaba…”

Você quer entender direito essa história? Vá até o Seis em Ponto, na hora da missa, tardezinha de domingo. Como em um milagre, você vai se converter ao samba e, se Deus quiser, cair nas graças de pérolas com cabelos perfumados, pernas torneadas e quadris malemolentes.

Os barzinhos e as baladas de Ponta Negra também valem a sua visita. O Decky recebe muitas tigresas – senhoras experientes, não raro separadas, sem nenhum tempo a perder. O Vyola, como todo bar sertanejo que se preze, concentra potrancas siliconadas e acessíveis o bastante para compensar a música de qualidade duvidosa. Já o Taverna é um lugarzinho mais “civilizado”, com flores de todo tipo.

Para os homens mais focados: as patricinhas no estilo Paris Hilton vão ao Peppers Hall e ao Praia Devassa. Por lá, os narizes estão sempre empinados, mas os seios e as bundinhas também. Para aqueles mais loucos: as roqueirinhas tatuadas se aglomeram no fim de noite do Gringos.

Enfim, se ainda assim Natal não conquistou você, eu só posso crer que você comprou a revista errada… ah, vou ali para beber uma água de coco, que só de escrever esta crônica eu já fiquei com uma tremenda ressaca.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ndnlis disse:

    E para encerrar meus comentários, tentando explorar o lado cultural para explicar o comportamento sexual das femes em natal rn.

    O povo de natal em geral abre as pernas para quem vem de fora, nao precisa ser extrageiro, é tratado como se fosse um extraterrstre; enquanto nordestino lá fora (tirando o norte) nao precisa nem estar fora do brasil, é tratado como desprezo e antipatia, só serve de mao de obra barata, e é cnsiderado a escória do país, basta escutarem o sotaque.

    Mulher potiguar tambem sabe abrir as perna$ para quem vem de fora, por isso falei das prega$ que ela$ negam nao ter sido arrancada$ com a for$a do amor vagabundo, e do comportamento cultural para demostrar o que ela$ $ao.

    Para piorar.

    No rn é considerada mais mulher como se tivesse maduridade na cabeça se a mulher nao for virgem, elas sao mulheres quanto mais elas dao, e tiver filho, indica que deixou de ser criança, por isso pe comum ver garotas gravidas com 13 anos "mae de familia" junta com o marido, e ser considerado normal, dizr que ela virou mulher.

    Porem, cultura patriarcal mulher só pode ter um marido, quem tem um bilhoa de filhos é o homem.

    Mas mulher dar um jeito de "dar" fora da cerca, sem ser notada pq a cultura é desrrugulamente conservadora que fala pouco de sexo, só para procriar, e para quem elas dao? para malandros, playboys, e estrageiros que ja tem hora e data marcada na ponta negra, para os outros elas fazem cu doçe trando que nem lixo, sem querer ser chamadas de mau carater, só que no contexto, elas só acham que estao dando o cu para quem elas querem, negando DESRREPSIETAR uma classe de homens, pessoas em geral, e pior, a sí mesmas.

    Homem sem dinheiro indica que nao podem sustentar uma fmailia numa cultura patriarcal é considerado lixo, usam todos os adjetivos ofensivos para desmoralizar um homem, e justificar a solidao amorosa que podem passar, por isso as mulheres sao interesseiras porque sao irracionais.

    E se acham para caralho, como se fossem muito inteligentes e tivessem muitas virtudes, como dar para um vagabudo fosse o suficiente, e usando isso para inferiorizar os outros.

    Nao exi$te classe $ocial em natal, do norte ao sul, da patricinha "moça de familia" de clase media falida p*ta nao assumida, que é mais nojenta e rodada do que prostituta que consieguiu sair do interior para ir praticar libertinagem na cidade.

    Sao toda$ $ao iguais no a$pecto comportamento e pen$amento $exual.

    Sao mau carater e metidas.

    É fato, nao vou ser castigado por dizer a verdade, eu amo a minha cidade com todos os defeitos, porque nao estamos na africa, a macaxeira com carne de sol, praias, o clima, mas namoro vida sexual para homens honestos e etc…. nem pensar, só dor de cabeça, tem que ter sorte.

    Abraço.

  2. ndnlis disse:

    Sou nascido em natal, morador de muitos anos na cidade, posso dizer com toda "autoridade" rs do mundo!!!!!

    Que tem muita mulher bonita de natal sim, patricinhas e nao patricinhas; mas a maioria deixa a desejar; de corpo a maioria pode-se dizer que sao "gostosas" rabudas pela mistura de raça, ver-se isso por ter muita gente parda homens e mulheres, vai ai a contribuição do sangue negro na bunda das potiguares pardas haha.

    As patricinhas aqui poderia dizer que sao de classe media falida, ou classe media baixa mesmo, povo é muito arrogante se acham riquissimos sobretudo por ser um dos estados mais pobres do brasil, o rn esta la embaixo na arrecadação da soma das riquiezas produidas no pais é a 18ª economia dos 26 estados brasileiros, sendo uma das economia mais baixas do pais, longe de ser um lugar rico, tirando alguns empresários (dono nordestao redes riachuelo 1.. 2….) e o roubo praticado pelos politicos e só!!!! o que salva é o turismo, ou seja, gente que tras dinhieiro de fora…. bem, como a cultura expressa arrogancia pura, as mulheres tendem a se comportar como tal, se acham para caralho, mesmo nao tendo muito pela natureza pobre, mas querem carros dinheiro e o escambal, nao tem um pingo de respeito por ninguem, nao tem nerd gamer wicca frequentadora de floresta, universitaria de federal, moradora de zona sul e norte, sao todas iguaalmente arrogantes.

    E por falar em bunda, como elas fazem muito sexo com endinheirados e com margnais nos moteis, nas entocas, PORQUE NATAL NAO É UMA CIDADE SEXUAL, é uma cidade muito CONSERVADORA do tempo do avó, e se faz sexo muito pouco pela media de muitas outras regioes, dificil achar uma mulher gostosa e arrochada por aqui, nao adianta ter uma bunda atreante, quando meter o pau num vacou nao sentir gostosua nenhuma, nao sentir prega nenhuma, que muitos malandros ja fizeram a festa, depois de esperar tu otario ganhar dinheiro para se casar como se voce nao tivesse valor nenhum, fosse um pedaço de bosta, sao mal cararer alem de tudo, amizade ruls.

    Natal é atrasada, arrogante, conservadora de cabeça fechada, cheia de preconceitos sem fudamentos como ser majoritariamente mestiça e racista ao mesmo tempo, ser predominantemente pobre e se achando ricos ao mesmo tempo.

    As praias dao mais felicidade que as mulheres em natal.

    • ndnlis disse:

      O cara que escreveu esse texto só pode ser um playboy de classe media falida nativo da cidade que embora tenha poucos lugares para sair ainda os frequeta, ou um idiota que veio de fora para arrancar o resto das pregas das potiguares donzelas.

      Sobre mulher fazer o que ela quiser com o corpo delas, elas podem claro que podem……….. e eu faço o que quiser com meu dinhiero minha honrra, e trato como objecto sexual ou dou respeito se merecer quem eu quiser, boa noite.

    • ndnlis disse:

      Para fechar a contatação do que eu vejo a mais de 25 anos, sexo é tabu em natal que é uma cidade conservadora, é "safadeza" e falta de vergonha na cara, isso ja vem do interior, onde é praticado de forma patriarcal, as pessoas fazem um filho a cada transa, por causa do machismo historico e a falta de informação seja impulsionados pela pobreza classica da regiao, explica tambem ter muitas pessoas em lugares demograficamente pequenos, é comum ver uma familia com 20 irmaoes, isso quando o cara tem filhos com outra mulher, o homem, a mulher nao, só pertence aquele cara, e elas aceitam essa condição submissa, inclusive transar sem ter vontade para saisfazer o marido e pegue filho no mundo hahaha.

      Na capital as meninas ja sao metidas a feministas, e acham horrivel essa de trsnar sem ter vontade, NA CAPITAL PÓTIGUAR que é um porquinho mais desenvolvida das ideias do que no interior nao muito lá essas coisas, e elas só dao para playboys de classe media falida e pintas (projeto de marginal) e para marginais propriamente ditos, para os outros elas fazem cu doçe e tratam que nem lixo mesmo sao arrogantes e mau carater, se fazendo de vingens e inventando mil desculpas para justificar seu comportamento animalesco…………….. sao filhas da geração atual, que nao sao obrigadas a trabalhar como escravas no interior, sao patricinhas de classe media falidas de ponta negra, que tem mais liberdade aquela que no interior nao permite elas nem sequer estudar, até hoje infelizmente, ou felizmente vai saber!!!! fui no salto ontonio da onça nossa é horrivel o estilo de vida das pessoas só vale a pena vida rural no rn quando vc ja tem grana e é dono de fazenda.

      Fonte : eu, um homem de classe média baixa normal e aparemente honesto, que passei 28 anos sem ter vida seuxaul em natal.

      Dados economia rn/natal : https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_unidades_federativas_do_Brasil_por_PIB

  3. Jordana Gurgel disse:

    Sou natalense potiguar e a natureza do meu interesse não é o dinheiro que vem do sul, não nos insulte somos atiradas sim pois, sabemos o que queremos gostamos de nos vestir bem de encontrar nossas amigas de viver em nosso mundo livre de preconceitos idiotas, provavelmente bairrista né, mulher de verdade é uma prenda que não dá vazão as suas vontades o interesses nem sempre é viciado bando de ignorantes. E pq a sua prenda do sul uma "mulher de verdade" nos copia nós pobres nativa hipocrisia é defeito masculino também

    • JUNINHO disse:

      Já vestiu a carapuça! Vocês só se atiram para: 01) Playboys; 02) Vagabundos (pintosos) e 03) outras mulheres. Afinal, é moda hoje uma mulher chupar o grelo da outra. Em qual desses você se enquadra?

  4. Joao Dantas Queiroga disse:

    As mais bonitas não sei…mas,as mais interesseiras são!!! Sem contar que,mulher de verdade..só no sul mesmo…

  5. Elder disse:

    Ha! Ha! Ha!… Eu sou de Natal, não é novidade que infelizmente que minha cidade é ponto de turismo sexual internacional; fácil? Só se for para os turistas, já estive em vários lugares no Brasil, e as natalenses são as mais interesseiras que eu já vi, se vc não tiver um carro ou uma moto, não falo de qualquer carro e moto, vc não vá não meu amigo, fúteis, infiéis, a cidade que tem mais corno no nordeste! Eu não caso com mulher de lá nem que a vaca tussa! Tu é doido macho, vai pra paraíba, lá sim tem mulher de verdade, se vc tiver um prego numa sandalha elas te botam nas costas e te levam embora, corajosas, moralistas, religiosas, desinteressadas, quentes, bonitas… Vai se meter com as bruacas de natal pra tu ver a mala que tu vai arranjar!

  6. Naldo Bergsom disse:

    As mulheres de natal são tudo é maria gazolina e só as que prestam sao as maria gás butano, que nao saem da beira do fogao e nao ficam cacarejando na rua!!!

  7. Bruce disse:

    Acredito que o cidadão que escreveu essa cronica deveria estar "pra lá de bagdá", para não dizer bêbado!! quando a escreveu. Sou morador da cidade do Natal e eu gostaria muito que ele me demostrasse onde que estão as potiguares que de" belas curvas" que ele mencionou em sua cronica, pois posso lhe garantir que se alguma coisa está faltando nessa cidade, essa coisa é mulher bonita!! de modo geral elas são na sua maioria feias, mal educadas e metidas, e sobre tudo interesseiras….lêdo engano de quem vem para as terras potilhares pensando que irá ver mulher bonita!!, elas de fato existem, mas sao uma minoria insignificante diluida na multidão, já ouvi dizer que de "20 anos para cá ", a safra vem "melhorando", mas por mais que venha melhorando, posso lhe garantir que ainda está longe de ser considerado uma cidade de mulheres bonitas e com belas curvas e encantos!!.

    • JOSÉ MARQUES JÚNIOR disse:

      Concordo em número, gênero e grau. Você disse tudo!

  8. JACKSON BARROSO disse:

    Cara… eu moro em natal… não frequento os lugares que esse jornalista visitou, mas, sei que nesses lugares só vai esse tipo de mulher! vadia, interesseira, que libera tudo… e muitas dessas não saem sem dinheiro no fim da festa… viram puta por ocasião… nesses lugares só dá esse tipo de mulher… até as com cara de Família vira devassa nesses lugares… eu me refiro as que frequentam esses lugares citados, nenhum esses são ambientes familiar, são lugares pra curtição e pra quem gosta de sacanagem!!!

  9. RIckson Lira disse:

    Parabéns ao autor. Descreveu com toda exatidão as mulheres de Natal. Sou natalense e vejo isso que você falou todos os dias. As mulheres daqui estão cada vez mais bonitas e mais burras, bem como mais interesseiras e atiradas. Sem falso moralismo, não estou reclamando e querendo que as mulheres sejam santinhas não, estou apenas dizendo que é verdade o que ele falou. A descrição dos lugares também está perfeita.

    • JUNINHO disse:

      O Autor antes de escrever esse texto deveria primeiro consultar uma pessoa de fora que more em Natal. Pois é esse tipo de pessoa que pode dar um perfil bem exato da mulher daqui. Realmente Natal hoje em dia, tem um contingente bem maior de mulheres bonitas do que há 30 anos atrás, quando parecia que algum bruxo tinha rogado alguma MALDIÇÃO nesta cidade, pois nunca tinha visto antes uma praga tão grande de mulheres feias. Pior: além de feias, eram pedantes. E isso não mudou até hoje. Mesmo assim, a população de mulheres bonitas daqui talvez não chegue a 30% da contingente feminino da cidade. O restante continua sendo de mulheres FEIAS mesmo, e de doer. Isso sem falar que, a mulher natalense é pra lá de interesseira. Só para se ter uma idéia, os comerciais do NATALCAP tiram onda com o caráter da mulher potiguar em algumas chamadas, em especial as que expõem carros. Então, não acho que elas sejam atiradas, pelo menos não para todo tipo de homem, como diz o autor do texto. Essas daí têm o "público" certo. No mais, a mulher potiguar, bonita ou feia, continua sendo pedante, antipática, grosseira e mal-educada. Sempre achando que é a última fatia do bolo. Aliás, em matéria de postura, atitude, feminilidade, simpatia, conteúdo e… pegação, elas têm muito (mas muito mesmo) a aprender com as paulistas, cariocas e mineiras. Essas sim, exemplares da verdadeira beleza da mulher brasileira. A mulher potiguar hoje se divide em 05 (cinco) categorias: 01) Puta Enrustida (Adora se fazer de difícil para alguns homens, mas é muito fácil para outros ); 02) Falsa Patricinha (pobretona que adora se vestir bem, esnobar e se misturar com as galeras da classe A, ou que fingem ser); 03) Maria-Gasolina (odeia andar a pé ou de coletivo, por isso só ficam com os caras que têm carro); 04) Sapatão Encubado (como ainda não criaram coragem para sair do armário, ficam apenas embaçando os caras, sem nem ao menos gostar do negócio); 05) Maria-Noiada (curtem apenas com os vagabundos, viciados e traficantes ). Este último exemplar, é triste dizer, está cada vez mais em "moda" nas periferias. Portanto, nesse quesito de beleza e sensualidade, Natal ainda está um pouco longe de ser um paraíso, na verdade, está mais para um pedacinho do INFERNO.

    • bruce disse:

      concordo com vc!!! a cidade do Natal está longe de ser considerado uma cidade de mulheres bonitas!

    • Elder disse:

      Isso sim é precisão, o pior é que isso não é novidade há muito tempo!

  10. leo disse:

    Gente, esse é um artigo da Playboy. Eles sempre descrevem as cidades desse jeito mesmo, e falam das mulheres com uma linguagem sexualizada. Não é só com Natal não…

  11. jane disse:

    sera que vocês não percebem que ele só quer aparecer,e até agradece pela repercussão?

  12. Marcia Carvalho disse:

    ACHO TUDO PURA VERDADE……Quando chegamos para morar aqui, meu marido pensou que aqui era um galinheiro, e não faz diferença se é MOÇA DE FAMILIA ou NÃO…Aqui não tem classe social, o que tem muito é DUBLE DE RICO… Uma pena porque a cidade é linda, mas a falta de educação mata. As meninas mais novas, já estão mais bonitinhas, as coroas kkkkk são cheias de silicone, sem cintura e metidas a não sei o que…..Parabens ao autor.

    • juliana disse:

      Marcia carvalho seu marido e um SANTO cuidado para quando as coisas cai ele n te trocar por uma do bumbum levantado kkkkkkkkkk.

    • Izabela disse:

      Marcia Carvalho
      A sua maior frustração é porque você não consegue ser uma "galinha". Na realidade a sua revolta maior é porque o seu marido é o galo chefe do "galinheiro". Deixe de ser hipócrita falsa puritana revoltada e recalcada.

    • juliane disse:

      Muito interesante, essas pessoas saem do seu estado seja ele qual for pra vir escapar aqui em Natal, e ainda se acha no direito de humilhar as(os) cidadãs(os) natalenses, querida Marcia Carvalho, se vc acha que aqui é um galinheiro, o que voce esta fazendo aqui?, quem entra no galinheiro vira galinha tbm ou galo rei.

  13. Arthur Deyvison disse:

    Então senhor jornalista, quer dizer que so aqui em Natal-RN que se usam shortinhos, mini-blusas?
    Não demostra o minino de respeito pelas mulheres de minha terra, acho que pelo profundo conhecimento sobre os habitos e costumes das mulheres potiguares boa parte de sua familia deve ser daqui ou talvez o texto tenha sido redigido baseado no que voce mesmo falou ', PORQUE DAMA DE CHIFRE NAO PODE SER CONTRARIADA' teria o ilustrissimo se apaixonado por uma natalense que le disprezou ?
    Ou voce e mais um daqueles hipocritas sensacionalistas que fazem de tudo pra ter midia ? , Enfim … muito enfeliz em todas as suas colocações, Natal nao tem nada que nao se tenham em outras cidades, e se o amigo quiser posso te indicar lugares ai em sua provavel região (SUL) , que tem coisas bem pior que aqui !

  14. Jarlene DE NATAL disse:

    TENHO CERTEZAQUE AS MULHERES DA FAMÍLIA DESSECARA SÃO TODAS DA CIDADE DE NATAL (MINHA CIDADE) DADO O GRANDE CONHECIMENTO QUE ELE "JULGA" TER SOBRE A CIDADE E TOTAL DESCONHECIMENTO DA REALIDADE DAS DEMAIS CAPITAIS BRASILEIRAS. ACREDITO QUE A PARENTALIDADE DELE COM AS NORDESTINAS DEVE SER DE 1º GRAU POIS ALIENA-SE AO QUE ACONTECE APENAS AQUI, JÁ QUE SHORT CURTO E BUSA PEQUENA, BEM COMO MULHERES CUJAS DESCRIÇÕES ELE FEZ ESTÃO EM TODAS AS CAPITAIS BRASILEIRAS ISSO PORQUE IR AO BAR E NÃO A MISSA É MAIS COSTUME GENERALIZADO DE UM PAÍS QUE DE UMA CIDADE.

    VERGONHA ALHEIA A DELE EM ELOGIAR/CRITICAR UMA CULTURA TÃO DESCARADAMENTE, JÁ QUE ELOGIO SÓ NA CONCEPÇÃO DELE. RIDÍCULO E ALIENADO SEM COMENTAR MAIORES ADJETIVOS CUJA CULTURA NATALENSE NÃO ME PERMITE FAZER.

  15. Elizabeth disse:

    Li a crônica "Feliz é Natal – A capital potiguar é um harém ensolarado com vista para o mar" de autoria de Márcio Nazianzeno postada pela Playboy. Achei o texto agressivo e estigmatizante. A generalização é injusta. Mulheres exibindo peito e bunda com comportamento leviano podem ser encontradas em qualquer parte do Brasil, porque a inversão de valores está em toda a parte, não só aqui em Natal. É uma verdadeira chaga social.
    A real intenção do texto é fomentar a indústria do turismo sexual em Natal, afinal, pelo famigerado dinheiro, as pessoas fazem de tudo, como é o caso desse cidadão que, provavelmente, por um pagamento "justo", esqueceu de considerar suas raízes e não levou em conta as consequências negativas de uma publicidade desta natureza para a cidade. Será que os fins justificam os meios?
    Certamente, o autor desconhece princípios éticos e morais, além de não ter muita noção sobre civilidade, por isso rotula de forma tão leviana as natalenses, como se aqui mulheres vindas de outros estados não morassem e frequentassem o meio social descrito no artigo.
    Sou cidadã potiguar, tenho minhas origens neste chão e, além de ser mulher, sou mãe de três filhos, dois dos quais são meninas. Como pais e mães, encaramos a difícil a missão de educar e zelar pela integridade física e moral dos nossos filhos, por isso acho que precisamos reagir a qualquer tipo de rotulação, o artigo merece todas as notas de repúdio.

  16. Jacqueline Borges disse:

    Tomei conhecimento dessa reportagem na Universidade, e como natalense me senti extremamente ofendida com a reportagem desse tal Márcio Nazianzeno,e não venham me falar que o escritor foi feliz pela matéria falar das nossas belezas naturais. Concordo que temos mulheres lindas, assim como temos mulheres oferecidas, mas não podemos deixar que entender que esses tipos de comportamentos, (mencionados no artigo), acontecem em todo lugar, existem mulheres bonitas oferecidas, assim como mulheres bonitas e discretas, oque de fato NÃO gostei foi a generalização.

  17. ANDERSON disse:

    Comentario Ridiculo para um cara que se diz ser jornalista Ridiculo….. O problema dele e que a filha ou a mulher dele veio a Natal e um Natalense que não nega fogo pegou ela e ele ficou sem o que dizer e disse essas merdar. Jornalista Ridiculo…..

  18. Márcio Oliveira disse:

    éé a mãe e a irmã dele são daqui de natal, certeza absoluta!!!fazer textos elogiando as belezas naturais, paisagens e mulheres de uma cidade, não é pra qualquer um não, existe diversos animais que se acham jornalistas, mas quando na verdade são uns otarios, e frouxos como ele cita no artigo "Agora, já a uma distância segura, posso garantir que a natalense é uma santa". Queria ver ele voltar aqui e declamar esse artigo na minha frente!!!

    literalmente cara tenho vergonha que você se chama Márcio tambem!!!

  19. Marcos disse:

    Você deve ter visitado a sua família (sua mãe e irmãs).. Texto ridículo.

  20. emilia disse:

    Simplesmente ridículo. Não é porque as mulheres que ele conhece sejam vagabundas que todas o sejam. Generalizações são burras!

  21. Marina Furtado disse:

    Que artigo ridículo. Que a revista é machista, ninguém nunca duvidou. Mas essa reportagem tá o cúmulo. "A mulher de Natal é atirada, direta, aborda sem deixar espaço para mal entendido" Até aí tudo bem, que maravilha que somos assim, decididas e opiniosas… o fato é que as mulheres estão avançando na sociedade, em todos os sentidos, e os homens, coitados, estão completamente desorientados com essa mudança. Eles estão assustados, inseguros e precisam usar desses preconceitos p/ defenderem sua hegemonia sexual.. Homem que pega todas é o garanhão (ai céus, esse pensamento continua existindo??) e a mulher, que cada vez mais escolhe quem quer e o que quer, que seleciona, que usa de suas armas p/ atrair quem deseja, é oq ??? Esse objeto ao qual se refere o artigo??

    • lilian alves disse:

      Marina Furtado gostei da sua opinião mas esse trecho eu vou lhe responder: "e a mulher, que cada vez mais escolhe quem quer e o que quer, que seleciona, que usa de suas armas p/ atrair quem deseja, é oq ???"
      Mulher inteligente que cansou de ser usada e dominada e que passou a tomar as rédeas da sua vida.

    • Danrley disse:

      A MÃE DO JORNALISTA É DE NATAL!!!

  22. Marcio Nazianzeno disse:

    Grande Bruno Giovanni!

    Obrigado por publicar a minha cronica.
    E tambem a todos voces que compartilharam suas opinioes, ainda que divergentes.

    Fico muito feliz com a repercussao desse trabalho.

    Abs
    Marcio Nazianzeno

    http://flickr.com/buchoterra
    http://queridobunker.com.br
    http://twitter.com/buchoterra
    http://cargocollective.com/marcionaz
    http://marcionaz.tumblr.com
    http://jovensescribas.com.br

    • izabela disse:

      Caro Márcio
      Você deve ter muita ojeriza às mulheres. Acredito que há motivos especiais para que a sua raiva maior seja em relação a nós mulheres de Natal, porque a sua ignorância não permite distinguir o que são mulheres autênticas, independentes, letradas e destemidas. Aliás, isso não é uma peculiaridade nossa, mas sim feminilidade contemporânea globalizada. Sinto muito pela sua falta de competência para com as mulheres. Levou muito fora das mulheres aqui em Natal. Por isso, ficou revoltado. Um cara que escreve um texto desse não tem respaldo nem para sentir o cheiro de uma mulher, muito menos para seduzi-la. Você é do tipo de homem mala, que acredito que até as profissionais do sexo paguem para tê-lo bem longe delas. Patético vá procurar uma terapia que o seu problema é sexual ou profissional. Ainda, podem ser as duas coisas em conjunto.

  23. Joe Vieira disse:

    Como diriam os "boys" de Natal em portiguês….kkkk
    "Deixe de fuleragem ai, seu galado…Esse homi tá se amostrando d+ e tá lascando tudo. Vai arrumar arenga se trouxer mais macho pra cá! Já num basta a gringaiada se atolando aqui inté pra morar…Esse homi vem cum essas cunversa-mole de que tem mais muié aqui…Vai te reiá galado! É o freské? '' (kkkkkkk brincadeira! O artigo é bem humorado e verdadeiro! Mas, não divulgue…Queremos continuar com as 6 mulheres de vantagem hahahahaha

  24. Franco Sued disse:

    Não gostei dessa divulgação. Como se já não bastassem os gringos daqui a pouco isso aqui vai estar cheio de marmanjos caçando as nossas minas e aumentando a concorrência. E aí a proporção de 6 para um vai inverter de 6 para uma.

  25. Isa disse:

    Como já falaram abaixo, o artigo está bem escrito, porém o autor cometeu o pecado da generalização. Que existem mulheres atiradas aqui em Natal existem sim, mas isso é em todos os lugares e de ambos os sexos, como também existem pessoas reservadas e que se respeitam. Ah, e eu não fico o dia todo (nem todos os dias) tostando no Sol das praias daqui só pra constar, tenho responsabilidades, como também não fico me atirando para ninguém quando vou a uma festa, isso é ridículo. Se VOCÊ AUTOR, descrever o comportamento e a cultura das pessoas de um lugar, não generalize tá? Isso se aprende antes de sair do ENSINO MÉDIO.

    • Athos disse:

      Todos vcs esqueceram ou somente não perceberam que isto é uma CRÔNICA, gênero literário que difere da notícia, artigo e da reportagem porque, embora utilizando o jornal ou a revista como meio de comunicação, não tem por finalidade principal informar o destinatário, mas refletir sobre o acontecido. Desta finalidade resulta que, neste tipo de texto, podemos ler a visão subjectiva do cronista sobre o universo narrado. Assim, o foco narrativo situa-se invariavelmente na 1ª pessoa. Então que tal as crônicas de Nelson Rodrigues? que tal a vida como ela é? Honestamente não concordo com a generalização porque ele não fez nenhum estudo estatístico, apenas deu sua opinião e sim temos temos mulheres decididas e de atitude, a mulher brasileira já é uma guerreira por natureza e a nordestina muito mais !!!!

    • Kátia Marinho disse:

      CONCORDO TOTALMENTE, sou1/2 bahiana , 1/4 cearense e 1/4 natalense. Mistura perigosa….e generelizar por baixo é sacanagem…

  26. Bernard Medeiros disse:

    KKKKKKKKKKKKKKKKKK MULHERES BONITAS NATURAIS DE NATAL? KKKKKKKKKKKKKKK NÃO. Se vc realmente mora na cidade vc sabe que não.

  27. Joao Alfredo disse:

    É claro que ninguém gosta de escutar algo do tipo , porém, poderíamos mudar o nome da cidade e os locais citados, e seria a mesma conversa, ou seja, acho que esse camarada escreveu sobre a cidade dele, mas como o já tinham feito antes, mudou os nomes!
    " a alegria de alguém inteligente é fingir ser idiota perante a um idiota achando que é inteligente" . a vida com uma dose de cachaça e outra de bom humor é bem melhor!!!!! abraços ao povo dessa terra linda e invejada!!

  28. mesquita disse:

    As mulheres de natal sao mais liberais, liberam geral.

  29. Mariana disse:

    kkkkkkkkkkkk… Simplesmente ri horrores com essa materia!! Frequento quase todos esses lugares, mas não concordo com algumas coisas citadas acima. Que tem mulher interesseira isso é verdade, afinal que cidade não tem né! Aqui tanto mulher quanto homens são metidos a playboy e patricinha, isso não é novidade pra ninguem, agora só falar mal das mulheres já acho demais. Foi o tempo que só mulher era interesseira, vai dizer que os homens não são, acho que eles estão ficando até mais que as mulheres.

  30. Mariana Paiva disse:

    Kkkkkkk que povo besta!! Eu simplesmente adorei a matéria! Ri horrores e frequento muito desses lugares. Apesar de falar das mulheres não me senti nem um pouco atingida. E fala sério, ele só falou verdades. Divulguei para todos que conheço e todo mundo adorou.

  31. Armando Carneiro disse:

    Pura verdade. Tenho um filho de 19 anos. O carro dele é um Palio, o único que conseguimos dar quando ele passou no vestibular, considerando o preço abusivo dos carros no Brasil. Sempre fiquei impressionado com a quantidade de mulheres que ele traz para "dormir" aqui em casa desde os 17 anos. São muitas mesmo. Sem falar no que ele deve aprontar fora de casa. Eu me preocupo para evitar gravidez indesejada mas percebo que ele se cuida. Tenho uma filha de 16 e sei que em breve será ela, no sentido oposto. Em Natal o povo não quer saber de política, de votar em gente séria nem honesta, de exigir direitos do consumidor, enfim, o povo aqui não gosta de nada que dê trabalho nem que seja sério. Mas de "amar", disso o povo gosta. E muito. Playboy certíssima. Aqui é um balneário do amor livre, só que o povo não gosta é de assumir, para não ficar queimado.

  32. Félix Jr. disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkk. É assim mesmo. Claro que não são todas. Mas o grosso é desse jeitinho. E não sei o por quê que algumas se ofenderam. Será que a carapuça serviu!?

  33. Henrique S. disse:

    Gostaria de ver os nossos nobres ocupantes do parlamento municipal, que adoram conceder títulos de Cidadãos Natalenses a cantores de axé (ou outro ritimo qualquer) aprovar o título de Persona nom Grata para o autor desse texto, e solicitar da referida revista uma retratação a altura do texto publicado.

  34. Henrique S. disse:

    O texto apesar de bem escrito é de muito mal gosto e depreceativo ao extremo, pois em tempos de combate ao turismo sexual, ele so exalta a "beleza" sexual das nossas mulheres. Até concordo que nossas fêmeas estão se excedendo demais, e praticando em demasia o que tanto combatiam no universo masculino (bebidas, sexo casual e agora até brigas) mas não podemos generalizar, e impor a uma determinada parcela da população o estereótipo de libertinas desvairadas.
    O texto é no mínimo inoportuno e digno de um repúdio por parte da população e dos representantes da nossa Cidade.
    No mais, me parece mais uma matéria paga, feita para divulgar alguns estabelecimentos comerciais, se é que estes estabelecimentos querem seus nomes vinculados com este tipo de público citado no texto.
    Considero que o autor e a revista, foram no mínimo infelizes, em escrever e publicar um texto como este.
    Lamento muito por este tipo de jornalismo!!!!!

    • Luziane disse:

      Concordo. Para uma cidade que já padece do turismo sexual, é um "chama" desnecessário! Também, este artigo, vindo do tipo de revista que vem, não poderia ter conteúdo melhor…

    • Papagaio disse:

      Basta vc frequentar os lugares citados e perceberás q o autor foi SUAVE ao relatar os fatos. Claro q as moças de família, ñ são assim, mas as LIBERADAS são!
      A população de Natal deixou de frequentar a praia de Ponta Negra PQ? Pq os bares e restaurantes sairam da orla da praia e agora tá cheio de lojinhas de artesanato? Só ñ ver quem ñ qr! Claro q a verdade machuca, mas é a realidade.
      Vamos deixar de hipocrisia e ver q nossa cidade mudou!

  35. Lorena disse:

    Quanta hipocrisia ao chamar o artigo de desrespeitoso… Agora só tem santinha NATALENSE? Vejam que ele delimita bem os lugares que sao freqüentados, por nao ser baladeira, nao conheco nenhum deles, mas conheco algumas frequentadores e o perfil é realmente o descrito no texto! Sou nascida e criada em Natal e não fiquei nem um pouco ofendida com a realidade mostrada na crônica. É a verdade mesmo!!! Fazer o que?

    • Miriam disse:

      Concordo com vc. Acredito que quem se manifestou contra, se viu nestes ambientes passando por tais narrações , kkkkk como as pessoas são hipócritas, este texto faz com que nós, como pais, venhamos a repensar nos conceitos e na educação de nossos filhos, demonstrando como situações e comportamentos como esses poderao e irao denegrir suas imagens, ainda sou do tempo que para se divertir, não era preciso beijar na boca e (amar livremente sem compromisso), vamos usar esta reportagem para repensarmos e avaliarmos se não somos culpados por isso e correr atras do prejuízo. Obrigada ao jornalista para nos mostrar em linhas o que é tão obvio, mas na queremos ver e assumir.

  36. Carlos disse:

    "Observem bem e depois respondam esse post. As mulheres de Natal (do RN)são as mais lindas do Nordeste, quiçá do Brasil. Sem assepsia humana, observem direito e relatem. Nossas vizinhas não têm a beleza q potiguares possuem. Observem." kkkkkkkk Natal só é referencia de beleza no nordeste. Sul,sudeste e centro-oeste natal não chega nem perto. Bem as mulheres de natal não são atiradas. Como toda cidade pequena a patricinhas ou metidas a patricinha(natal é uma cidade de pobres) só são simpaticas com os conhecidos e ricos com o resto elas são ignorantes e arrogantes. Natal é uma das cidades com maior índice de obesos e sedentários do país então não espere corpos sarados,eles são raros. Resumindo natal não é tudo e nem as mulheres são atiras,é sim uma cidade movida por total aparência financeira ondas as belas mulheres estão com os mais feios.

    • JUNINHO disse:

      Cara o seu comentário foi o mais inteligente já feito até agora. É isso mesmo a que se resume o público feminino e masculino dessa cidade: Um bando de interesseiros. Chega até a ser deprimente testemunhar isso em alguns lugares. Logo a seguir, postarei mais comentários a respeito. Fique atento a eles.

  37. Gabriel disse:

    " Natal, onde temos o ar mais puro do país e qualidade de vida." Essa bravata natalense é tão velha que chega a ser brega. Natal é esquecida pelos seus próprios cidadãos que votam na mesma "txurma" há bastante tempo e só estão preocupados em não perder os favores políticos que já conseguiram, vulgo "mamata". Qualquer movimento em outro sentido é imediatamente desqualificado por nossa "sábia" classe média. Eu só gostaria que a revolta e repercussão que esse texto está causando fosse igual para os problemas que realmente importam na nossa cidade e no nosso estado. Sem mais.

    • Bruna disse:

      Concordo plenamente com você, Gabriel. Enquanto se orgulham de seus ares a velha oligarquia continua se revezando no poder, resultado: saúde horrível, transporte em petição de miséria, educação nem se fala… E a classe média fazendo luzes nos cabelos e passeando de buggy em Genipabu, afinal, é para isso que serve morar na cidade mais verde e com ar mais puro do Brasil. Nem que isso seja sinônimo de futilidade e alienação política.

    • Andreia disse:

      Bem colocado. Tantas questões natalenses muito mais importantes do que uma crônica perceptivelmente desenhada para despertar a fantasia masculina (embasada numa generalização de comportamento que, sim existe) e publicada numa revista masculina. Por favor…

    • Sandro Mucio disse:

      Desculpe, Andreia, mas esse he o espirito da coisa. A Playboy nao he um compendio de estudos antropologicos. O texto foi direcionado para quem compra a revista para ver mulher pelada. Vao querer transformar em uma revista cientifica? Gostei das dicas sobre bares e ambientes com seu tipo de mulher. He uma brincadeira e uma forma leve de brincar e dar dicas sobre os points da cidade. So isso. E misturar isso com problemas de saude e educacao he querer transformar a revista em um palanque eleitoral.[escrito sem acentos porque meu teclado esta desconfigurado, desculpe.]

  38. Wyatt disse:

    Antes de tudo, as mulheres de Natal são interesseiras (assim como qualquer natalense). Para um homem querer alguma coisa séria com uma mulher natalense, é fundamental ter um carro e quanto maior mais fácil será…

    Ademais, venho percebendo nos últimos tempos que as mulheres vem adotando cada vez mais um comportamento ''masculino'' como beber cerveja até cair, cometer várias barbeiragens no transito, grosseria e truculencia, além do perfil de ''pegadora'' como foi mostrado no texto.

    Apesar de não curtir muito as noites de Natal, acredito que o autor foi muito feliz em descrever o perfil da natalense baladeira.

  39. Adriana Carla disse:

    Na minha opinião esse rapaz "Márcio Nazianzeno", deve ter tido uma desilusão muito grande com alguma natalense que não o quis e resolveu generalizar dessa forma desrespeitosa. Sorte grande dele seria se, ele se apaixonasse realmente por uma natalense e viesse morar nesse paraíso chamado Natal, onde temos o ar mais puro do país e qualidade de vida. Concordo com você Eric, quando disse "As mulheres de Natal (do RN)são as mais lindas do Nordeste, quiçá do Brasil. Sem assepsia humana, observem direito e relatem. Nossas vizinhas não têm a beleza q potiguares possuem". Meus parabéns por suas palavras!

  40. Ildérica Nascimento disse:

    Achei o artigo de tremendo mal gosto, desrespeitoso, generalista e machista. Trata todas as mulheres potiguares como se todas fossem periguetes. Pelo visto, ele gosta e procura esse tipo de mulher, tendo em vista, que somente esse tipo que ele encontra e enxerga. Sinto muito, não pelas mulheres potiguares, mas por esse tipo de homem com visão míope. Uma pena.

    • alessandra disse:

      Concordo com você Ildérica Nascimento, o machismos é uma característica do nosso país, julgamos uma pessoa pelo que veste e se ela quer conhecer um homem ela não pode ir falar com ele, pois é atirada. Não pode ficar com um homem em uma noite ela é uma… por fazer sexo casual. Se bebe ela é uma bêbada. Mas se são homens é extremamente norma.
      Adorei a parte em que ele diz '(quase) todo dia elas se refestelam na areia, fritam sob o astro-rei, banham-se nas águas salgadas, secam-se no calor e no vento e nos matam do coração'. Se elas quase todo dia se refestelam na areia que dizer que ela quase nunca trabalham ou estudam, elas são extremamente ricas já que os homens só ficão uma noite. E se natal é um harém imagine o que são as grandes capitais.

  41. Flávia disse:

    Ridícula a colocação desse indivíduo sobre as mulheres de Natal!
    Aposto que vai chover de "bacanas" achando que as mulheres da nossa cidade se contentam com produtos de liquidação conforme foi dito na matéria.Lamento informar ao caro redator que infelizmente ele foi contemplado com uma parte(minoria) das mulheres que segundo ele "É atirada, direta, aborda sem deixar espaço para mal-entendido." deixando de fora a outra parte(maioria) que frequentam os mesmos locais por ele citado…Aposto que não teve o prazer de conhecer mulheres bonitas e inteligentes que não falam: “Vou levar. Vai que acaba…” e sim… "Vai me servir? Pra que?"

  42. João Silva disse:

    AH, VÁ! Vamos deixar de hipocrisia. Desde os áureos tempos dos "For All", quiçá bem antes, nossas meninas tem este IBOPE todo, e de todos os demais Institutos de Pesquisa. A coisa está disseminada, em todos os grupos sócio-econômicos, etnias, orientações sexuais, credos, profissões e faixas etárias. É o AMOR, minha gente. E, como a rapaziada está em extinção, o que é que pode acontecer?!?!?!?!?! Sintam-se elogiadas, sim. Afinal, as meninas continuam fazendo o mesmo de sempre: O JOGO DOS MENINOS, pensando que estão dando as cartas, quando eles continuam abusados e abusando, desde a mais tenra idade. E elas, para serem "MODERNAS", "POPULARES", não medem a ousadia, desde cedo, repito, para demonstrar seus dotes, onde, quando, como, com quem quiserem.

  43. Olívia disse:

    Esse cidadão pretende o que com esse tipo de texto? Denegrir a imagem de nós natalenses/potiguares? Ele pensa que aqui não vivem mulheres que preferem outras diversões ao invés de ficarem se oferecendo em qualquer bar? Esse tipo de homem me envergonha. É o tipo de cara que vem visitar uma cidade e a única coisa que observa são as bundas desfilando nos bares e acha que conheceu a cidade toda. Que vergonha!

  44. Nathalia disse:

    Sinceramente, esse texto é generalista e muito desrespeitoso. Pode até parecer que o autor com um excelente uso das palavras está tecendo elogios, mas na verdade o que se faz é uma caracterização depreciativa e que nao se pode aplicar a todas as mulheres potiguares ou de outros estados que aqui vivem. Muitas são sim bonitas, mas nao são atiradas e nao estão a disposição para quem queiram chegar e…pegar! Nao são mercadorias dispostas em prateleiras!

  45. Danilo disse:

    Na verdade Márcio não é jornalista. Ele é publicitário e escritor. O último livro publicado está aqui… http://danilosmedeiros.wordpress.com/2013/01/15/nazianzeno-o-homem-de-firme-destino/ e aqui http://www.jovensescribas.com.br/

    • Marcos disse:

      Bela porcaria amigo. Livrow Até Ana Maria Braga e Faustão tem.kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Triste sua referência. Coisa de quem não conhece ou vive natal.

    • Danilo disse:

      Marcos, qual a relação entre corrigir a profissão do autor da crônica com o fato de conhecer ou não Natal?

  46. eric disse:

    Observem bem e depois respondam esse post. As mulheres de Natal (do RN)são as mais lindas do Nordeste, quiçá do Brasil. Sem assepsia humana, observem direito e relatem. Nossas vizinhas não têm a beleza q potiguares possuem. Observem.

    • Renan Fernandes disse:

      Perguntem para os pernambucanos o que eles acham das mulheres potiguares.

    • Xavier disse:

      Primeiramente, é preciso analisar o artigo do "homem baladeiro" pelo viés do veículo de comunicação em que foi publicado e a reputação de tal veículo. Que a Playboy jamais será uma revista intelectual nem ao menos séria todos concordam, creio. Não me admira esse tipo de juízo de valor generalista em tal revista. A visão do autor do artigo enquadra-se perfeitamente naquela história de que fulano "viu o que queria ver". O admirável mundo mental do turista autor (acidental) de artigos viu o que queria ver em solo natalense. É verdade que Natal se caracteriza por ser uma cidade cuja noite oferece vários e vários barzinhos e, em função do bairro (que dá indícios das classes social e mental médias, porém não de forma determinista) e da vocação-proposta do barzinho (rock, samba, forró, etc), notam-se determinados comportamentos típicos que poderiam muitas vezes ser classificados como "atirados", mas daí a fechar um conceito de forma pobre e exaustiva é, francamente, falta de inteligência senão tendencionismo declarado mesmo. Sou natalense e, portanto, por conhecimento de causa, pretendo ver as minhas concidadãs como mulheres inteligentes (na média, claro). Será que o comportamento associado à mulher natalense no artigo pode ser considerado como inteligente? Não pretendo aqui excluir do meu comentário a existência de espécimenes que fazem jus à visão capenga do autour do artigo comentado, porém posso afirmar com falta de medo de ser criticado por inexistência de conhecimento (morei 30 anos na minha cidade) que a "imagem" geral da natalense corresponde muito menos que mais à "imagem" pretendida pelo articulista comentado. O turista que fica uma semana numa cidade e já se sente tão "nativo" a ponto de tecer comentários antropológicos (risos) de tamanha envergadura não merece o respeito dos que são nativos de fato.

    • Juliana disse:

      Achei ridículo…Caímos mais uma vez na praga do turismo sexual. Querer divulgar a cidade enfatizando sempre as mulheres seus contornos e posturas. Deplorável! Esse é um problema sério, nas entrelinhas do texto : " Conheça Natal, lá há muitas mulheres disponíveis…"O apelo turístico definitivamente não deveria ser esse.

Assessora de senador demitida por causa de vídeo sexual posou para Playboy

Exposta num vídeo sexual vazado na web e demitida do gabinete do senador Ciro Nogueira (PP-PI), a quem assessorava na CPI do Cachoeira, Denise Rocha, 28, vai às páginas de Playboy na edição de setembro.

Ela já posou para as lentes do fotografo J.R.Duran. Explicou as razões que a levaram a tirar a roupa de maneira singela: “…Fui exonerada do Senado e estava precisando de dinheiro. Até o último momento, eu não iria fazer.”

Carolina Ferraz recebe a maior proposta da Playboy no Brasil para posar nua

Tv Globo/ DivulgaçãoA atriz Carolina Ferraz recebeu uma das maiores propostas já feitas pela Playboy em sua história – algo em torno de R$ 3 milhões para ser capa da edição de aniversário da revista, em agosto.

Atualmente vivendo Alexia, personagem na novela Avenida Brasil, até o momento a atriz não confirmou ou negou a proposta.

Sonia Racy / Estadão

Playboy convidou Hebe Camargo para posar nua

O jornalista Juca Kfouri afirmou, durante entrevista do programa A Máquina, na TV Gazeta, que anos atrás foi o responsável por convidar Hebe Camargo a posar nua para a revista Playboy. De acordo com ele, após o convite, Hebe ficou animada com a possibilidade do ensaio e passou a considerá-lo um “Don Juan sedutor”.

“Um dia tivemos uma ideia na redação [da revista] de fazer um ensaio com Hebe Camargo. Evidentemente, não seria um ensaio como os outros. Seria um ensaio nu, entre véus e tal, mas ela bonita, sessentona”, afirmou.

Juca diz que mandou flores para a apresentadora, juntamente com a proposta da ideia. “Ela, maluca como você sabe que ela é, falou na televisão e disse que nunca tinha recebido um bilhete tão sedutor e que já começou a se imaginar fazendo fotos para a Playboy, dizendo que se olhava no espelho, olhava de lado: ‘até que eu não tô tão ruim, acho que dá'”.

Embora o ensaio nunca tenha ocorrido, Juca afirma que voltou a presentear a apresentadora e que, desde então, recebe selinhos de Hebe em todos os encontros. “Mandei uma caixa de bombom, e ela respondeu dizendo que os bombons iriam tirá-la de forma. Tivemos um namoro à distância e tal. E toda vez que ela me encontra quer um selinho porque diz que eu fui o cara que a deixou seduzida pela ideia de posar para a Playboy”.

Fonte: Blog E+

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. decio disse:

    a hebe foi um mulherão no seu tempo. muitos caras a desejaram. ELA TINHA LINDAS PERNAS. FUI.

Mulher de Cachoeira diz que recusou convite da Playboy para posar nua

A esposa do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, recebeu um convite para posar nua em ensaio na revista “Playboy”. Em entrevista ao jornal “O Globo”, Andressa Mendonça afirmou que recusou a proposta.

“Não vou dar esse gostinho, não. Deixa só para o Cachoeira. Eu contei do convite e ele gostou, morreu de rir”.

Aos 27 anos, bonita e cotada para se tornar a “musa da CPI”, Andressa conta que foi convidada a conhecer o processo de produção da revista. “Me ligaram convidando, foram super educados. Mas eu agradeci e disse que meu papel, nesse momento, não é esse”, garante.

Andressa não comentou o escândalo envolvendo o marido nem as relações dele com o senador Demóstenes Torres e outros políticos. No entanto, ela falou um pouco sobre sua vida privada e disse que prepara o casamento para quando Cachoeira deixar a prisão.

“Existe essa possibilidade. Já combinamos e demos entrada nos proclames. Mas não quero me casar com ele preso, não! A gente merece coisa muito melhor que isso”.

Sobre a CPI, ela comentou apenas que Cachoeira está está “superorientado” e não vai prejudicar ninguém. “Acredito que ele vai aproveitar esse momento para levantar uma grande bandeira pela legalização dos jogos no país. Ele está nessa batalha há muitos anos e agora é a hora de conscientização”.

Fonte: Band

A cunhada do vice-presidente é um sucesso total na web. Oh Loco Meu!!!

Fernanda Tedeschi, irmã mais nova da vice-primeira-dama Marcela Temer, posou nua para a Playboy.

A nudez da cunhada do vice-presidente da República enfeitará as páginas de uma das próximas edições da revista masculina.

Rendida à lógica que faz da propaganda a alma dos negócios, a Playboy cuidou de servir um “aperitivo” de Fernanda.

Foram à web imagens de uma desinibida ‘vice-cunhada’. Numa, de sutiã, ela ostenta trança idêntica à que Marcela Temer (aí à direita) usou no dia da posse do marido.

À época em que surgiram os primeiros indícios de que Fernanda enamorava-se de um contrato com a Playboy, Temer interveio em segredo.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Breno Cardoso disse:

    Ô LÁ EM CASA!!!!