Milton Ribeiro aceita convite de Bolsonaro para ser ministro da Educação

Foto: Reprodução

O pastor presbiteriano Milton Ribeiro aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro para ser ministro da Educação, apurou a CNN nesta sexta-feira (10). A expectativa é de que Bolsonaro anuncie ainda hoje o novo nome para o MEC.

Integrante da Comissão de Ética Pública da Presidência da República desde maio de 2019, Ribeiro é vice-presidente do conselho deliberativo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, onde foi vice-reitor. Segundo a universidade, Ribeiro é doutor em Educação pela USP e mestre em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ele também tem graduação em teologia e em direito.

Apesar de Ribeiro ser da Igreja Presbiteriana, seu nome não é consenso na bancada evangélica da Câmara. Muitos integrantes da frente apoiavam o nome do reitor do ITA (Instituto Tecnológico da Aeronáutica), Anderson Ribeiro, para o MEC.

Segundo fontes ouvidas pela CNN agora à tarde, o presidente chegou a sondar, por meio de interlocutores, a bancada evangélica para saber se eles fariam uma carta de apoio a Milton Ribeiro — o que não aconteceu. A escolha foi sustentada por integrantes do núcleo duro do governo.

CNN Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Beto Araújo disse:

    Ele é melhor do quê todos os desqualificados que a famíglia arranjou. Conhecereis a verdade e a verdade vós libertará. Ou eu tô errado?

  2. N.Silva disse:

    Qualquer um que fosse indicado seria melhor do que os ex-ministros de educação do governo do PT, ao qual deixou o país em último lugar do PISA.

    Dizem que investe na educação, mas estamos nas últimas colocações em virtude dos péssimos resultados durante os 16 anos.

    • .40 disse:

      Muuuuuuuuuuuuu. PTralhas nunca mais, mas esse desqualificado presidente também é uma negação em todas as áreas, aliás, todas as áreas não, para a família dele, ele é excelente.

    • Brasil disse:

      Exatamente. Até porque muitos não tem que ficar toda hora falando de política. Tem que ensinar o que é necessário para os estudantes.

Arábia Saudita convidou o Brasil para entrar na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), diz Bolsonaro

Foto: FAYEZ NURELDINE / FAYEZ NURELDINE/AFP

A Arábia Saudita convidou informalmente o Brasil para se juntar à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) , disse o presidente Jair Bolsonaro . O convite seria um sinal da crescente importância do país como produtor de petróleo e do desafio que impõe à influência do grupo de produtores nos mercados de petróleo.

Bolsonaro recebeu o convite nesta quarta-feira, após realizar reuniões esta semana com autoridades sauditas, incluindo o príncipe herdeiro Mohammed Bin Salman , disse o presidente brasileiro, ao participar da conferência da Iniciativa de Investimento Futuro, em Riad. Na terça-feira, o governo anunciou que a Arábia Saudita investirá até US$ 10 bi em projetos no Brasil .

— É o primeiro passo para talvez implementar essa política no Brasil — disse Bolsonaro.

O presidente acrescentou porém que precisaria consultar a equipe econômica e o Ministério de Minas e Energia antes de concordar em participar. Ele disse em um painel de discussão na conferência que estava ansioso pelo Brasil aceitar o convite.

— Podemos conversar sobre isso. Eu teria que ouvir o meu ministro da Economia e meu ministro também das Minas e Energia para que, uma vez eu anunciando algo nesse sentido, a palavra seja cumprida lá na frente. Eu costumo sempre conversar com os ministros antes de tomar uma decisão. Afinal de contas, é a melhor maneira que nós temos de manter a nossa credibilidade. Mas, particularmente, gostaríamos que integrássemos a Opep. Sim. Temos potencial para isso. Temos reservas de óleo maiores que alguns países que já integram a Opep —, afirmou Bolsonaro, que fez menção ao lmegaleilão de pré-sal, durante seminário de parecerias econômicas.

O Brasil se prepara para se tornar um grande produtor de petróleo, com a entrada em produção de áreas do pré-sal. Na próxima quarta-feira, será realizado o megaleilão de cessão onerosa e, segundo estimativas da Agência Nacional do Petróleo (ANP), a arrecadação de União, estados e municípios com royalties e impostos vai dobrar .

Se ingressar, o Brasil poderá se tornar o terceiro maior produtor da Opep, depois da Arábia Saudita e do Iraque. A crescente produção brasileira está dificultando o esforço da Opep em manter os preços do petróleo no atual patamar diante da crescente oferta dos campos de petróleo não-convencial dos EUA e do enfraquecimento da economia global.

As reservas de petróleo do Brasil são maiores do que as de vários membros da OPEP, disse Bolsonaro. O Brasil e a OPEP poderiam formar “uma grande parceria” ajudando uns aos outros a estabilizar os preços globais de combustíveis fósseis, afirmou o presidente.

O Brasil produziu 2,71 milhões de barris por dia em 2018, segundo a Agência Internacional de Energia (AIE), que prevê que a produção média do país chegue a 2,9 milhões este ano e 3,22 milhões em 2020.

A produção brasileira em agosto subiu 220 mil barris por dia para um recorde de 3,1 milhões, a AIE disse em seu relatório mais recente.

Flerte com Opep

Criada em 1960 em Bagdá, no Iraque, a Opep busca coordenar a oferta de petróleo por países produtores para sustentar preços.

O grupo, que é liderado na prática pela Arábia Saudita e tem 14 membros, incluindo países como Irã, Kuweit e Venezuela, está no momento implementando um pacto de cortes de produção em associação com outros produtores não associados, como a Rússia, em aliança conhecida como Opep+.

O Brasil flertou com o grupo de produtores em algumas ocasiões desde a descoberta de enormes reservas de petróleo em áreas de pré-sal, na década passada.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a afirmar em entrevistas que desejava ver o Brasil como membro da Opep, mas o movimento não se concretizou mesmo após um convite formal do Irã em 2008.

Mais recentemente, no governo de Michel Temer, o Brasil se descolou do discurso da Opep, ao defender uma rápida expansão da produção local em momento em que o cartel buscava aliados para conter a oferta global e sustentar os preços do petróleo.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ems disse:

    O Brasil tendo o reconhecimento que merece !!!

  2. Ivan disse:

    Enquanto isso, no Brasil, com o apoio da Globo/CBN (desesperada por verba oficial), tentam vincular sua imagem a tudo de ruim…A bola da vez é o caso Mariele…Sabatagem chula, porém, antes disso, já tentaram até matá-lo…

Joanilson confirma convite de José Adécio para se filiar ao PSDC: “Mas sem presidência”

joanilson-de-paula-rego-wr-2-1024x679O vereador de Natal Joanilson de Paula Rego, presidente estadual do PSDC, confirmou ao blog que convidou o deputado estadual José Adécio para se filiar ao partido, mas foi enfático ao afirmar que o convite não envolve a presidência.

“José Adécio é um grande político. Sua experiência, história e força, com certeza, fortalecerão o partido e a ele mesmo. Esse convite foi feito para que ele se filie aos quadros do PSDC e esperamos que ele aceite, mas nada de presidência. A Presidência do partido continua comigo”, pontuou.

Segundo Joanilson, o partido ampliou as cadeiras em várias câmaras municipais espalhadas pelo estado, conquistou espaços importantes nesses últimos anos e que está trabalhando para manter ou ampliar as duas cadeiras na Câmara Municipal de Natal (CMN).

“O partido cresceu sob meu comando. Não faz sentido a troca na Presidência. Acho que houve um mal entendido nessa informação. continuo na Presidência”, afirmou.

Depois de ser excluído da executiva estadual do DEM sem qualquer comunicado prévio, José Adécio aguarda a janela de transferências sem perda do mandato para trocar de partido. Ele que sempre foi ligado politicamente ao presidente do DEM e senador José Agripino Maia, teve divergências nas eleições do ano passado ao decidir apoiar o governador Robinson Faria. Ele ainda estuda para qual partido ir.

Em novo revés, Câmara aprova convite para presidente da Petrobrás explicar denúncias

O “blocão”, grupo informal de deputados descontentes com a articulação política do governo, impôs na manhã desta quarta-feira, 12, mais um revés ao Palácio do Planalto e apoiou a aprovação de um convite para que a presidente da Petrobrás, Graça Foster, vá a Câmara falar sobre denúncias de corrupção que citam a estatal e a holandesa SBM Offshore.

A votação do requerimento ocorreu na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara. Trata-se de mais um capítulo da crise política entre o Executivo e parte da sua base aliada na Câmara, rebelião capitaneada pelo líder do PMDB na Casa, deputado Eduardo Cunha (RJ).

Cunha costurou acordo com deputados da oposição para a aprovação do convite a Graça Foster. Caso ela não compareça à Casa em até 30 dias, os deputados no colegiado se comprometeram em aprovar um requerimento de convocação do ministro Edison Lobão, de Minas e Energia, para falar sobre o caso. Como parte do acertado, os deputados retiraram da pauta desta quarta o requerimento que previa a convocação de Lobão.

Nessa terça, o líder do PMDB já havia coordenado em plenário a aprovação de um requerimento para criar uma comissão externa destinada a acompanhar, na Holanda, investigações de um suposto esquema de pagamento de propina da holandesa SBM Offshore a funcionários e intermediários da Petrobrás, em negócios envolvendo fretamento de plataformas. A votação de ontem em plenário foi uma dura derrota para o governo.

Os parlamentares da Comissão de Fiscalização Financeira também vão votar pedido para convocar o ministro da Saúde, Arthur Chioro, a fim de prestar esclarecimentos sobre o regime diferenciado de contratação dos médicos cubanos participantes do programa Mais Médicos.

O Palácio do Planalto tentou isolar Cunha para debelar a crise, mas a bancada peemedebista fez um desagravo nessa terça, 11, a seu líder e declarou independência nas votações da Câmara.

Estadão

Silvio Santos convida Ivete Sangalo para ter programa no SBT

dtmbwmd0h47b97zo0fp5wmvsf

Silvio Santos aprovou mesmo a participação de Ivete Sangalo no Teleton 2013. Segundo o jornal “O Dia”, o dono do SBT ficou ainda encantado com a cantora e, logo após a apresentação de Ivete, foi pessoalmente fazer uma proposta à baiana.

Ele a quer num programa da emissora no dia que ela quiser, no horário que ela quiser e com o salário que ela estipular.

“Silvio Santos é um ícone brasileiro. Foi um prazer estar com ele no sábado. Ainda mais pelo motivo especial do encontro. Acredito que os motivos fazem os encontros serem especiais. Foi uma noite de alegria e ele foi um querido comigo”, disse Ivete, ao ser questionada pela publicação se aceitaria a proposta de Silvio.

A parceria entre Ivete e Silvio levou o Teleton à liderança no Ibope da Grande São Paulo.

Folha

Mulher de Cachoeira diz que recusou convite da Playboy para posar nua

A esposa do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, recebeu um convite para posar nua em ensaio na revista “Playboy”. Em entrevista ao jornal “O Globo”, Andressa Mendonça afirmou que recusou a proposta.

“Não vou dar esse gostinho, não. Deixa só para o Cachoeira. Eu contei do convite e ele gostou, morreu de rir”.

Aos 27 anos, bonita e cotada para se tornar a “musa da CPI”, Andressa conta que foi convidada a conhecer o processo de produção da revista. “Me ligaram convidando, foram super educados. Mas eu agradeci e disse que meu papel, nesse momento, não é esse”, garante.

Andressa não comentou o escândalo envolvendo o marido nem as relações dele com o senador Demóstenes Torres e outros políticos. No entanto, ela falou um pouco sobre sua vida privada e disse que prepara o casamento para quando Cachoeira deixar a prisão.

“Existe essa possibilidade. Já combinamos e demos entrada nos proclames. Mas não quero me casar com ele preso, não! A gente merece coisa muito melhor que isso”.

Sobre a CPI, ela comentou apenas que Cachoeira está está “superorientado” e não vai prejudicar ninguém. “Acredito que ele vai aproveitar esse momento para levantar uma grande bandeira pela legalização dos jogos no país. Ele está nessa batalha há muitos anos e agora é a hora de conscientização”.

Fonte: Band

Adolescente consegue companhia gratuita de atriz pornô para baile de formatura através do Twitter

Muitos jovens fantasiam em levar a garota dos sonhos para a tão esperada valsa da formatura. Essa situação já foi retratada em diversas histórias do cinema, como no filme “Show de Vizinha” (2004), quando o personagem principal se apaixona pela vizinha e deseja levá-la como acompanhante para o baile de despedida da escola.

Mas para um estudante de Oakdale (Minnesota, EUA), esse sonho se tornou realidade. Depois de muitas tentativas pelo Twitter, o adolescente de 18 anos, Mike Stone, conseguiu uma companhia inusitada para seu baile de formatura do colégio: a atriz de filmes adultos Megan Piper.

De acordo com o Daily Mail, Mike Stone passou o último mês convidando atrizes do pornô e cantoras de rap para a festa, e finalmente recebeu um “sim” de Piper depois de ter mandado mensagens para mais de 600 pessoas. “Eu só queria fazer algo diferente”, contou o jovem, dizendo que antes chegou a convidar garotas da escola, mas foi rejeitado por elas. Segundo o site, nem os pais nem a escola do adolescente sabiam dos convites feitos por Stone.

O único problema é que a atriz pornô afirmou não ter dinheiro para pagar a passagem de Los Angeles, local onde ela mora, até Oakdale. Em conversas pelo Twitter, Piper diz que “se você me conseguir a passagem, então a resposta é sim”.

Stone está tentando conseguir ajuda financeira para a passagem, mas com a fama que sua história tem ganhado na web ele já cogita que outras celebridades pornográficas se interessem em ser sua acompanhante. No topo da lista dele estão Eva Angelina, Madelyn Marie e Bree Olson.

Fonte: Olhar Digital