Goleiro Jean, do São Paulo, é preso nos EUA, acusado de agredir a esposa

Ficha da prisão do goleiro Jean nos Estados Unidos — Foto: Reprodução

O goleiro Jean, do São Paulo, foi preso nos Estados Unidos. O atleta foi detido acusado de agredir a esposa. Sua ficha já aparece no sistema do Departamento de Correções do Condado de Orange, na Florida.

Consta na ficha de Jean que ele foi preso no começo da manhã e pré-sentenciado por violência doméstica. O São Paulo estuda seriamente rescindir o contrato do jogador.

As acusações de violência vieram a público na madrugada desta quarta-feira, quando a esposa do jogador postou uma série de vídeos, com o rosto machucado, acusando Jean de agressão. O casal estava de férias em Orlando e havia visitado a Disney.

– Eu tô aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater. Gente, socorro – diz ela em um dos vídeos.

Os vídeos postados por Milena acabaram salvos por pessoas que os assistiram e circulam por redes sociais, apesar de apagados por ela. Em outro vídeo, a esposa de Jean pede justiça, e é possível escutar uma voz masculina ao fundo, sugerindo que ela se preocupe com o futuro das filhas.

– Jean, goleiro do São Paulo. Olha o que ele fez comigo. Eu quero justiça – diz Milena.


O empresário de Jean, Paulo Pitombeira, está em contato com a diretoria do São Paulo para decidir os próximos passos. A ideia inicial do clube é rescindir o contrato. O Tricolor, antes de a prisão ser noticiada pelo GloboEsporte.com, soltou a seguinte nota oficial:

“O São Paulo Futebol Clube informa que acompanha o caso envolvendo o atleta Jean Paulo Fernandes Filho e aguarda apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis.

Em seus quase 90 anos de existência, o São Paulo construiu uma história pautada por princípios sólidos de conduta dentro e fora de campo, e não abre mão deles.”

O GloboEsporte.com entrou em contato com o Itamaraty, o ministério das relações exteriores brasileiro, que ainda não respondeu.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cidadão Indignado disse:

    Canalha! Como todos os embustes que agridem mulheres. Cadeia nessa cambada de delinquentes…

Esposa larga emprego para servir o marido: “Homens precisam ser mimados”

FOTO: DIVULGAÇÃO / FACEBOOK

Já pensou em viver em favor da rotina de um homem? Katrina Holte sim. A britânica de 30 anos, esposa de Lars, deixou sua carreira no departamento de recursos humanos em uma empresa para dedicar-se total, e exclusivamente, ao marido.

Ao The Sun , a esposa falou sobre sua atual rotina. Ela acorda às 06h30, passa as roupas do marido , faz o café da manhã e prepara o almoço para ele levar para o trabalho . Depois, ela passa o dia limpando, lavando e passando roupa até que chega a hora de preparar o jantar.

A rotina em nada lembra àquela bem-sucedida no departamento de recursos humanos, sobre isso, ela declara. “Me sinto vivendo como sempre quis. É a vida dos meus sonhos e meu companheiro compartilha comigo essa visão. É muito trabalho. Muita louça, roupa, mas eu amo passar o tempo tomando conta do meu parceiro”.
Ao ser questionado sobre um possível acomodamento de seu companheiro, a ex-exetutiva não teme: “Ele cresceu em uma casa onde tinha que ajudar a mãe a cozinhar e limpar, então, de modo algum, ele é um acomodado. É a pessoa mais gentil que eu já conheci”, afirmou.

Para temperar o ambiente de mimo ao maridão, a ex-executiva ainda adotou a decoração e o estilo dos anos 50, que mescla o vintage com o pin up. A televisão, inclusive, fica escondida para não destoar de toda a decoração. “Eu acho que os homens precisam ser mimados pelas mulheres sempre que possível”, afirmou ela.

Sobre as várias críticas que recebe sobre sua atitude, a esposa pondera: “Acredito que nós mulheres devemos nos apoiar. Se uma disse que quer ser dona de casa, não podemos dizer que isso não é certo. O que é certo para mim pode não ser para outra pessoa. Todos temos o direito de saber o que é bom para nós mesmos”.

IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Minha mula Adelaide também me trata muito bem, não tenho do que reclamar.

Em áudio, desembargador de Minas propõe vaga fantasma a filho, esposa e sogra

O desembargador do TJ-MG Alexandre Victor de Carvalho – Cláudia Ramos/CCS/TRE-MG

Em interceptações telefônicas da Polícia Federal, o desembargador Alexandre Victor de Carvalho, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, propõe que o filho e a mulher dele atuem como funcionários públicos fantasmas, sem cumprir as cargas horárias exigidas para os cargos, e sugere até um esquema de “rachadinha” para dividir salário a ser pago pelo erário à sogra.

A transcrição dos áudios, obtida pela Folha, consta de investigação iniciada em 2015, cujo foco são supostos esquemas de corrupção e troca de favores envolvendo magistrados do segundo maior tribunal de Justiça do país.

O inquérito da PF sustenta, com base nas gravações, que o desembargador negociou com políticos e outros agentes do estado empregos para os familiares. Os diálogos são de setembro a dezembro daquele ano.

Segundo pessoa com acesso ao caso, ouvida pela reportagem em abril, a investigação tramita em sigilo no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Integrante da 5ª Câmara Criminal do TJ mineiro, o desembargador articula, nos áudios, um revezamento dos parentes em cargos públicos.

Trata da nomeação do filho, Guilherme Souza Victor de Carvalho, para um cargo comissionado na Câmara Municipal de Belo Horizonte, em substituição à mulher, Andreza Campos Victor de Carvalho, que ocupava esse mesmo posto e estava de partida para uma vaga na Assembleia Legislativa de MG. Ambos são advogados.

O objetivo do desembargador, segundo a PF, era aumentar os rendimentos familiares. Em contrapartida, ele teria aberto espaço para que políticos lhe pedissem favores na corte. Além disso, teria apoiado a então advogada Alice Birchal para integrar a lista tríplice que disputaria a nomeação para uma vaga no TJ-MG, o que também seria de interesse de políticos.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz Augusto Santiago Neto disse:

    Ainda bem que esse tipo de absurdo não existe aqui no nosso honroso TJ.

  2. Anchieta disse:

    Judiciário, melhor poder.

  3. José Wilson disse:

    Continuo dizendo que ainda não nasceu o homem para resolver o maior problema do Brasil. Onde procurar safadeza vai ser encontrado. Não tem quem resolva.

  4. BBjones disse:

    A principal mulher do Molusco preso nuncá trabalhou. Mas recebe uma aposentadoria de 28.000 da câmera dos Deputado. É viva a putaria.

  5. Silva disse:

    Grande novidade!! Enquanto a punição for aposentadoria remunerada tudo vai continuar. Na China a coisa seria diferente.

  6. Sérgio disse:

    Qualquer semelhança com certa familia presidencial, é mera coincidência…

  7. escritor disse:

    Sera punido exemplarmente. Aposentadoria .

    • Curioso disse:

      Palhaçada essa dos vestais terem apenas a aposentadoria como punição máxima. Se juiz ou desembargador cometeu crime, deve perder o cargo!

FOTO: Polícia prende na Grande Natal jovem acusado de tentativa de homicídio contra esposa

IMG-20140214-WA0000

Marigel Custódio Filho, de 20 anos, foi preso por volta das 6h desta sexta-feira(14), sob mandado de prisão preventiva, acusado de tentativa de homicídio contra a sua esposa. Na ocasião, a mulher foi vítima de vários disparos no último domingo(9).

Segundo a Polícia Civil, o acusado foi preso dentro de sua residência na cidade de Macaíba, região metropolitana de Natal.

Astro do cinema americano revela fantasia sexual inusitada da esposa

Hugh Jackman atende à criatividade de Deborra-Lee Furness nos momentos mais íntimos do casal. Em entrevista à revista alemã Freundin, o ator declarou que se disfarça de corretor da bolsa de valores para satisfazer as fantasias da esposa.

“Me disfarço de corretor e começo a falar sobre ações”, revelou.

O ator, de 44 anos, também falou que a Deborra, de 57, não está muito satisfeita com o corpo musculoso dele:

“Ela acredita que um bom marido deve se descuidar do corpo para olhar melhor para quem está ao seu lado”, contou.

O ator de Os Miseráveis é casado com Deborra, há 17 anos, e o casal tem dois filhos adotivos, Oscar e Ava. Nesta segunda-feira (15), Hugh participou de um evento de lançamento do filme Wolverine – Imortal, na Coreia do Sul. O longa deve chegar ao Brasil em 26 de julho.

De O Fuxico

Polícia Civil prende homem acusado de esfaquear a esposa

Gilvany Ferreira da Silva - esfaqueou a esposa em Macaíba (1)

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor),prenderam na manhã de hoje (20), na localidade de Cajueiro, município de Touros, o foragido Gilvany Ferreira da Silva, de 35 anos. Ele é acusado de desferir oito facadas na sua esposa, em meados do ano passado, na cidade de Macaíba.

A prisão se deu em cumprimento de um mandado de prisão expedido pela Justiça de Macaíba. Gilvany estava envolvido com tráfico de entorpecentes em Cajueiro e ameaçava de morte os usuários de drogas daquela localidade, caso não pagassem o que dinheiro que deviam.

 

Estudante de Educação Física mata a esposa e a mãe na frente da filha de cinco anos

Paciente portadora de doença pulmonar obstrutiva crônica ganhou na Justiça o direito de receber, gratuitamente, Terapia com Oxigênio Domiciliar (concentrador de Oxigênio, Umidificador, Válvula Reguladora Com Fluxômetro, Cilindro De O2 Pequeno (760 L), Suporte Para Cilindro, Catéter Nasal Tipo Óculos E Extensão Para Conectar A Fonte De O2 Ao Catéter Nasal). A decisão é da juíza do Juizado Especial da Fazenda Pública, Valéria Maria Lacerda Rocha. O estudante de Educação Física André Vasconcelos da Silva, de 25 anos, matou a mãe e a mulher a facadas e deixou o pai gravemente ferido dentro da casa da família, na Vila Brasilândia, zona norte de São Paulo. A filha de André, uma criança de 5 anos, presenciou o surto do pai.

A mãe do suspeito, Luciene Vasconcelos da Silva, de 55 anos, e a esposa, a ajudante geral Marília Fernandes da Silva, de 23, morreram no local. O pai de André, José Cardoso da Silva, de 61, foi socorrido no Hospital das Clínicas, onde passou por uma cirurgia. Ele permanecia internado em estado grave até a noite de ontem.

André era viciado em cocaína e álcool e fazia tratamentos com antidepressivos, de acordo com familiares e vizinhos. “Ele costumava agredir a esposa, a mãe e o pai. Eles sempre tentaram ajudá-lo, mas ontem ele infelizmente cometeu esse ato de crueldade, sem explicação”, afirmou o primo do acusado, Josenildo Maia de Vasconcelos, de 39 anos.

Momentos antes do crime, André foi visto na rua de touca, com uma garrafa de bebida. “Por volta das 4 horas, ouvimos uma gritaria. Vi ele saindo de casa e trancando o portão. A filha dele é quem chamou ajuda. Ela dizia que a mãe e a avó estavam mortas e precisávamos ajudar seu avô, pois ele estava muito ferido. Ela não chorou em nenhum momento, mas estava em estado de choque”, disse uma vizinha da família.

De acordo com relatos de testemunhas à polícia, a filha do casal implorou para que ele não matasse sua mãe e os avós. A PM levou cerca de 40 minutos para chegar ao local. Até o início da noite de ontem, domingo, o estudante não havia sido localizado. “Ele estava passando por um tratamento. Mas teve uma recaída. A droga foi responsável por essa tragédia. Espero que ele seja preso e pague pelo que fez. Se é que ainda terá tempo para isso”, disse Vasconcelos.

O rapaz era aluno do curso de Educação Física da Universidade Paulista (Unip), no câmpus da Barra Funda, na zona oeste. A mãe do jovem era quem pagava os estudos.

O pai de Marília, Cícero da Silva, de 48 anos, disse que a filha também já havia sido agredida pelo marido. “Pedi para ela voltar para minha casa diversas vezes, mas não quis, pois tentava salvar o casamento”, afirmou. O rapaz já tinha passagens pela polícia por furto. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

FABIANO NUNES – Agência Estado

Esposa é acusada de ter esquartejado empresário e ter espalhado partes de seu corpo pela cidade

A polícia prendeu nesta segunda-feira, 4, a bacharel em Direito Elize Matsunaga, acusada pela morte do marido, Marcos Kitano Matsunaga, de 42 anos, diretor executivo da Yoki, uma das principais empresas de alimentos do País. Desaparecido desde o dia 20, ele foi esquartejado e teve as partes do corpo espalhadas pela região de Cotia, na Grande São Paulo.

A Justiça decretou nesta segunda a prisão temporária de Elize, válida por cinco dias. Entre as suspeitas contra ela estão imagens de vídeo que mostram Marcos entrando em um edifício – em local ainda não confirmado pela polícia – e ela entrando na sequência. Depois, as gravações mostram Elize saindo do local com sacos nas mãos. E ele não foi mais visto. A motivação do crime, no entanto, não foi confirmada. Policiais também disseram que Elize tinha conhecimentos de Enfermagem.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) passou a tarde no apartamento onde o casal morava com uma filha, na Lapa, zona oeste, e fez testes com luminol – produto que identifica manchas de sangue invisíveis a olho nu. A prisão foi pedida após esse teste, mas a polícia não divulgou o resultado do exame.

Marcos é neto do fundador da Yoki, Yoshizo Kitano. A empresa esteve envolvida em um conturbado processo de venda que terminou na sua semana passada com sua aquisição, por R$ 1,95 bilhão, pelo grupo americano General Mills, um dos maiores conglomerados de produtos de gêneros alimentícios do mundo – enquanto Marcos ainda estava desaparecido.

Segundo Luiz Flávio Borges D’Urso, presidente da seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e advogado contratado pelos pais de Marcos, o executivo foi visto pela última vez após sair, a pé, do apartamento dele. Ao perceber seu desaparecimento, os parentes registraram queixa na polícia. Em nenhum momento, foi pedido resgate.

O advogado não confirmou a informação de um site ligado a policiais civis de que Marcos andava com seguranças particulares – policiais militares de folga – e havia suspeita de ligação deles com o crime.

Sacos plásticos. As investigações da polícia mostraram que partes do corpo do empresário foram congeladas antes de o assassino se desfazer delas, paulatinamente. “Encontraram em dias diferentes a mão e o braço, depois pernas e, por último, tronco e cabeça”, disse D’Urso. Elas estavam em sacos plásticos. A polícia disse que o apartamento do casal tinha mais de um freezer.

O advogado afirma também que os dois casos – o desaparecimento e o encontro de restos mortais – vinham sendo investigados em delegacias diferentes. Segundo D’Urso, quando a cabeça foi encontrada e a polícia percebeu que a vítima era oriental, a investigação foi centralizada no DHPP. Testes no Instituto Médico-Legal (IML) confirmaram a identidade.

Até o fim da noite de desta segunda, Elize permanecia com policiais civis no apartamento do casal e seguiria depois para o DHPP.

O advogado D’Urso afirmou que ela tinha um advogado próprio, mas não soube informar quem era. A reportagem não conseguiu contato com ninguém que pudesse apresentar a defesa de Elize.

Fonte: Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Surafa2010 disse:

    ela é muito burra a policia sempre acha o assacino deveria ter  prisão perpetua aqui no Brasil

Mulher de Cachoeira diz que recusou convite da Playboy para posar nua

A esposa do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, recebeu um convite para posar nua em ensaio na revista “Playboy”. Em entrevista ao jornal “O Globo”, Andressa Mendonça afirmou que recusou a proposta.

“Não vou dar esse gostinho, não. Deixa só para o Cachoeira. Eu contei do convite e ele gostou, morreu de rir”.

Aos 27 anos, bonita e cotada para se tornar a “musa da CPI”, Andressa conta que foi convidada a conhecer o processo de produção da revista. “Me ligaram convidando, foram super educados. Mas eu agradeci e disse que meu papel, nesse momento, não é esse”, garante.

Andressa não comentou o escândalo envolvendo o marido nem as relações dele com o senador Demóstenes Torres e outros políticos. No entanto, ela falou um pouco sobre sua vida privada e disse que prepara o casamento para quando Cachoeira deixar a prisão.

“Existe essa possibilidade. Já combinamos e demos entrada nos proclames. Mas não quero me casar com ele preso, não! A gente merece coisa muito melhor que isso”.

Sobre a CPI, ela comentou apenas que Cachoeira está está “superorientado” e não vai prejudicar ninguém. “Acredito que ele vai aproveitar esse momento para levantar uma grande bandeira pela legalização dos jogos no país. Ele está nessa batalha há muitos anos e agora é a hora de conscientização”.

Fonte: Band

Mulher diz que Cachoeira se considera um ‘bode expiatório’ e diz que Mossoró fazia-lhe muito mal

Mulher de Carlinhos Cachoeira, 49, Andressa Mendonça, 30, tem feito visitas regulares ao marido na cadeia. Deu-se na terça-feira (24) o último encontro. Em entrevista à repórter Catia Seabra, levada às páginas da Folha nesta sexta (27), ela conta o que vai na alma do marido.

Cachoeira está “revoltado”. Considera-se um “preso político”. Acha que o escolheram para “bode expiatório”. Mantém-se informado atrás das grades. Além do noticiário, “lê o Código Penal, a Bíblia e o inquérito.”

Perguntou-se a Andressa se Cachoeira levará os lábios ao trombone ao depor na CPI que leva seu nome. E ela, algo enigmática: “Ele reflete muito. Como toda pessoa que está presa, longe dos seus, pensa uma coisa e, depois, pensa outra. Difícil saber o que vai acontecer. Ele não tomou uma decisão.”

Confinado no presídio de segurança máxima de Mossoró (RN), Cachoeira perdera “quinze quilos”. Após a transferência para a penitenciária da Papuda, em Brasília, “já ganhou peso.” Segundo Andressa, “a cabeça dele está muito bem. As ideias estão se organizando. Mais tranquilo, menos ansioso. O isolamento de Mossoró fazia-lhe muito mal.”

Aos olhos da mulher, Cachoeira é um injustiçado: “Julgam o Carlinhos por isso ou por aquilo. Mas a pessoa que eu conheço não é essa. O Carlinhos que eu conheço faz caridade, doa caminhão de macarrão para creche, doa caminhão de brinquedo. É humano, comprometido e responsável.”

Andressa aborreceu-se com um comentário feito por Pedro Simon (PMDB-RS), ao pedir que o Conselho de Ética requisitasse proteção para Cachoeira na cadeia: “Fiquei muito chateada quando um senador, acho que Pedro Simon, disse que ele é o futuro PC [Farias]. Pegaram o Carlinhos, julgaram, condenaram e agora querem matar.”

Ela acha graça quando vê amigos renegando o marido: “Isso é cômico. Não entendo. O Carlinhos tem tantos amigos de todos os níveis sociais. Não vejo problema em dizer que o conheciam.” Tem falado com Demóstenes Torres? “Falei com ele antes, agora ele está cuidando da defesa dele.”

Quando se uniu a Cachoeira foi alertada de que ele operava no ramo do jogo? “Dizer isso seria afirmar uma contravenção. Posso dizer que fui avisada que ele estava batalhando pela regulamentação dos jogos. Lá fora, Carlinhos seria considerado um grande empresário. Aqui, é contraventor. […] Ele está batalhando. Ninguém quer ficar na informalidade. Ele também não.”

Fonte: Josias de Souza

Homem vê pornô na internet e descobre que atriz é a própria esposa

Um egípcio que resolveu assistir a um filme pornô na internet – segundo ele, pela primeira vez na vida, “por curiosidade” – teve uma grande surpresa: a atriz era a esposa dele!

O sujeito, identificado como Ramadan pelo site “Emirates 24/7”, desmaiou imediatamente no chão da lan house, na província deDakhalia. Depois de recobrar os sentidos, correu para casa.

Em princípio, a esposa negou a participação no filme. Depois, acabou confessando.

E disse mais a mulher: revelou que tem um caso extraconjugal com um ex-namorado e que nunca amara o marido, apesar dos quatros filhos e dos 16 anos de casamento.

“Encontrei 11 filmes mostrando a minha esposa em cenas indecentes com seu amante. Ela disse que o amante é jovem como ela e eu sou velho”, contou Ramadan.

*Com informações da KMEL FM e Page Not Found

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Renan disse:

    Mulher gostosa é igual a melancia… ninguem come sozinho 😉

Entrevista com mulher de Cachoeira mostra um pouco da relação de Demóstenes com bicheiro

A empresária Andressa Alves de Mendonça, de 30 anos, foi pivô de um conflito entre dois amigos: o empresário Wilder Pedro de Morais, primeiro suplente do senador Demóstenes Torres, e o bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso há mais de um mês no presídio federal de segurança máxima de Mossoró (RN). Andressa foi casada com Wilder por seis anos. Há oito meses, é a mulher de Cachoeira. Em entrevista ao Correio, ela diz que o marido está sabendo de toda a crise política envolvendo Demóstenes e outros parlamentares e que ele não quer “causar mais constrangimento”.

Amanhã é dia de Andressa visitar Cachoeira no presídio de segurança máxima. “A gente conversa sobre o quanto esse país ainda está mentalmente atrasado, o quanto o país é hipócrita”, afirma a mulher do bicheiro, que comemora a transferência de Lenine Araújo de Souza e José Olímpio de Queiroga Neto – presos na Operação Monte Carlo – do presídio de Mossoró para penitenciárias no DF. A decisão foi do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, o mesmo que analisa os pedidos de habeas corpus para Cachoeira. A seguir, trechos da entrevista:

Com que frequência você visita Cachoeira no presídio em Mossoró (RN)?

Tenho ido toda semana, às quintas-feiras. Dou apoio psicológico. Carlinhos está sabendo de tudo (sobre a crise política desencadeada pela operação da PF), está chateado e não quer causar mais constrangimento. A gente acredita que ele está para sair. Acreditamos muito nos novos advogados dele, no doutor Márcio (Thomaz Bastos), que vai impetrar um novo habeas corpus em breve. No presídio federal, o Carlinhos tem bons cuidados, tirando as limitações. Ele vai sair logo, logo.

O que seu marido diz durante as visitas?

Ele ajuda os advogados a bolar a própria defesa. Fala muito sobre a defesa. Comigo, ele conversa muito sobre a empresa que explorou jogos legalmente. A gente conversa sobre o quanto esse país ainda está mentalmente atrasado, o quanto o país é hipócrita.

O senador Demóstenes Torres expôs uma particularidade da sua vida, o fim do casamento com Wilder e o início da relação com Cachoeira, para tentar se livrar das evidências de proximidade com o seu marido. Como reagiu a essas declarações do senador?

Eu tenho uma relação muito próxima com o Demóstenes e com a mulher dele, a Flávia. Ele achou por bem dizer que as ligações a Carlinhos eram por minha causa. Foi uma pessoa que nos ajudou muito. Intercedeu muito por mim, pelo Wilder, para não acontecer um desgaste maior, já que o Wilder é um empresário de importância em Goiás.

Nesse período em que está com Cachoeira, como percebe a relação dele com Demóstenes?

Nunca vi se encontrarem. Eu ia às vezes na casa deles, para visitar a Flávia. O Carlinhos não ia comigo.

Não te incomoda, de alguma forma, todas as acusações que pesam contra seu marido?

Nem um pouco. Acredito nele, na verdade dele, sei quem ele é. Acredito que ele pode ter feito alguma coisa de contravenção, mas não acredito que ele tenha feito coisas erradas.

Fonte: Correio Brasiliense

Esposa ciumenta de Bin Laden revelou esconderijo do terrorista, diz investigador.

Osama bin Laden, o terrorista mais procurado do mundo e o mais respeitado dentro da organização al-Qaeda, foi supostamente traído por uma de suas esposas e pelo atual líder do grupo extremista, Ayman al-Zawahri. As informações foram reveladas em matéria do jornal “New York Times” por Shaukat Qadir, um militar paquistanês aposentado que investiga as circunstâncias da morte do terrorista e como ele conseguiu abrigo por seis anos em Abbottabad, uma cidade dominada por militares do país.

Segundo Qadir, Bin Laden era alvo de constante ciúmes de suas esposas e também havia perdido poderes dentro da al-Qaeda. Em 2003, ele teria sido aposentado pela organização, pois apresentava sinais de uma doença degenerativa. Uma de suas mulheres o teria traído, em uma trama apoiada pelo próprio grupo extremista.

Em uma visita à antiga casa do terrorista, o ex-militar descobriu que Bin Laden costumava dormir em um quarto no segundo andar, junto a sua esposa favorita: Amal Ahmed al-Sadah, a mais nova. Os problemas começaram quando uma das esposas mais velhas, Khairiah Saber, veio para a residência e teve que se instalar em outro quarto, no primeiro andar.

A desconfiança cresceu tanto que Saber afirma que Amal teria traído Bin Laden por ciúmes do marido com a esposa mais velha, recém-instalada na casa. As informações cedidas pela “esposa favorita”, com o apoio do vice-líder da organização, teriam levado a equipe dos Navy Seals a Abbottabad, no Paquistão, onde Bin Laden foi executado. Qadir acrescenta que ficou chocado com a falta de proteção e segurança da casa:

– Como um ex-soldado, fiquei surpreso com a forma ruim como a casa era defendida – afirmou – Não havia medidas de seguranças necessárias, nada minimante moderno, como era de se esperar.

Qadir admite que tem usado informações cedidas por militares dos dois países e que por isso pode estar sendo manipulado em suas teorias. No entanto, um ex-funcionário da administração de Obama, que não quis ser identificado, confirmou algumas das descobertas de Qadir, incluindo que Bin Laden fora traído por um de seus homens de maior confiança, o vice-líder da organização na época, Ayman al-Zawahri. De acordo com a fonte, brigas entre os dois terroristas teriam obrigado Bin Laden a se esconder no Paquistão.

– Essa divisão cresceu com o tempo e permaneceu uma forte tensão até o dia em que Bin Laden foi executado – disse – O papel de Osama foi desaparecendo na organização.

Fonte: O Globo

Esposa põe Marido a venda em site de classificados após ele passar 48 horas jogando videogame

“Fácil para manter, apenas comida e água a cada três, cinco horas”.

Não, não se trata de uma anúncio de venda de cachorro. Alyse Bradley , de Logan (Utah, EUA), está vendendo o próprio marido, Kyle, de 22 anos.

“Ele adora comer e jogar videogame o dia todo”, escreveu ela no site de classificados Craiglist.

Kyle não sai da frente do computador, reclama a esposa. O soldado retornou recentemente do Afeganistão por causa de um ferimento nas costas. Segundo ele, o videogame é a única forma de se manter em contato com outros militares em ação no país asiático.

“Eu quase não o vejo. Então um dia eu disse: Vou botá-lo no Craiglist”, afirmou ela ao “Logan Herald” após o marido passar 48 horas seguidas com o videogame. O jogo preferido dele é “Modern Warfare”.

O anúncio foi uma brincadeira de Alyse, mas é bom Kyle abrir bem o olho!

Apesar de ser uma brincadeira, Alyse recebeu várias ofertas por Kyle

PageNotFound

Paulo Davim admite que o imóvel locado a Prefeitura é da sua esposa

A Tribuna do Norte fez um resumo de toda a celeuma referente à locação do imóvel da esposa do Senador Paulo Davim, para a Prefeitura, o próprio Senador admitiu que a PMN locou de sua esposa um imóvel onde funcionou a clinica de propriedade dela. Segue reportagem:

O senador Paulo Davim (PV) creditou a uma “falha” na publicação do Diário Oficial do Município (DOM) o fato de aparecer o endereço do imóvel no qual ele morou no termo de dispensa de licitação de um contrato de aluguel da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas). O endereço que consta no documento publicado no DOM é de um imóvel na rua São José, em Lagoa Nova, local onde até pouco tempo ele residia com sua família. O extrato do primeiro contrato de locação, em setembro de 2009, foi assinado pela então secretária da Semtas, Rosy de Sousa, e pela esposa do senador, a médica Sânzia Davim. A denúncia, primeiramente veiculada por um blog da capital, mostrava também que o aluguel foi reajustado por duas ocasiões, sendo a última delas sábado passado (24), quando passou a custar R$ 4.479,43, um aumento de 7,3% do valor inicialmente firmado.

O senador argumentou, por meio da assessoria de imprensa, que o contrato publicado no DOM diz respeito ao aluguel de um imóvel na avenida Tenente Brandão, em Tirol, cuja propriedade pertence a Sânzia Davim e sócios. Lá funcionava a clínica “Natalis”, que acabou fechando as portas e sendo posteriormente locada à Prefeitura de Natal por intermédio da Procuradoria de Imóveis.

Imóveis
(mais…)

Justiça anula casamento após mulher permanecer virgem por 5 anos

Pense numa coisa esquisita, meu filho 5 anos de casado e sua esposa continuou virgem? So pode engatar uma ré federal esse rapaz.

Da BBC Brasil

Um tribunal da cidade de Rosário, na província argentina de Santa Fé, anulou um casamento ao se constatar, clinicamente, que a esposa continuava virgem, após cinco anos de casada.

O Tribunal da Família disse à BBC Brasil que a Justiça atendeu ao pedido feito pela esposa, que argumentou querer ter filhos e que desta maneira “não seria possível construir uma família”.

A decisão foi tomada em julho, mas divulgada somente na semana passada. Na decisão judicial de quatro páginas, a esposa foi identificada pelas iniciais D.M.C e o marido como D.C.S.

D.M.C. contou ao juiz que conheceu o marido em 1998 e que lhe disse que queria casar virgem, por questões religiosas.

O então futuro marido aceitou o pedido e o casamento ocorreu em abril de 2005. Ela declarou à Justiça que quase quatro anos mais tarde, em novembro de 2008, não tinham feito sexo e deixaram de dormir juntos.

Tribunal de Rosário (Foto: Divulgação)Tribunal de Rosário (Foto: Divulgação)

Impotência
Na ação, a mulher declarou à Justiça que o marido seria “impotente”. O juiz pediu exames médicos para o casal para verificar a acusação da esposa. Em janeiro de 2009, D.M.C foi submetida a exames ginecológicos que confirmaram sua virgindade.

O marido, porém, rejeitou a determinação judicial e não fez os exames solicitados. De acordo com a cópia das declarações do casal feitas à Justiça, o homem teria afirmado que era ela quem não queria fazer sexo, “porque lhe dava nojo”.

O caso foi publicado nos principais jornais argentinos e considerado “raro” pelos juízes das varas de família locais.

A advogada especializada em direito familiar Marta Carnielli disse que em 38 anos de carreira viu apenas um caso parecido, mas que, na ocasião, os exames médicos mostraram que ele tinha dificuldades para fazer sexo com a mulher”.