Saúde

Turquia aprova uso emergencial da Coronavac; vacinação deve começar entre esta quinta e sexta-feira

Foto: Reuters

A Agência de Medicamentos e Dispositivos Médicos da Turquia concedeu autorização de uso emergencial para a vacina chinesa da Sinovac contra o coronavírus (Coronavac), informou a agência de notícias estatal Anadolu nesta quarta-feira (13).

Esta semana, o presidente Tayyip Erdogan disse que a vacinação deve começar entre quinta (14) ou sexta-feira (15), depois de a Turquia receber 3 milhões das 50 milhões de doses compradas do Coronavac da Sinovac.

Segundo o ministro da Saúde, Fahrettin Koca, a vacinação deve começar por profissionais de saúde.

A Indonésia também iniciou a vacinação com a Coronavac. O presidente do país, Joko Widodo, se tornou a primeira pessoa a receber o imunizante chinês.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza análise dos dados fornecidos pelo Instituto Butantan para decidir sobre o pedido de aprovação de uso emergencial.

A eficácia global do imunizante é de 50,38%.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Turquia diz que CoronaVac tem 91,25% de eficácia contra o novo coronavírus

Foto: Divulgação

A Turquia divulgou nesta quinta-feira (24) que a vacina CoronaVac teve eficácia de 91,25% contra o novo coronavírus nos testes de fase 3. Os pesquisadores turcos divulgaram ainda que não houve efeitos colaterais significativos entre os voluntários.

A CoronaVac é desenvolvida pela chinesa Sinovac, que tem acordo com o governo de São Paulo. O Instituto Butantan coordena os testes no Brasil e já trabalha na produção do imunizante a partir de matéria prima recebida da China. Em nota divulgada após o anúncio da Turquia, o Butantan disse “que não comenta informações relativas a contratos da Sinovac com outros países”.

Na quarta-feira, o governo paulista tinha a previsão de anunciar a eficácia da vacina, mas a divulgação foi adiada a pedido da fabricante chinesa. Nesta quinta, o secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse que a eficácia medida nos testes no Brasil é “bem superior” ao mínimo de 50% recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Entretanto, os percentuais obtidos no Brasil são diferentes dos verificados em outros países onde ela também é testada (China, Turquia e Indonésia). “(A Sinovac) quer entender por que tivemos um resultado, e, em outros países, outro”, disse Jean Gorinchteyn.

Resultados na Turquia

De acordo com a agência de notícias Reuters, os pesquisadores turcos disseram que é “provável que a taxa aumente com base em dados de testes em estágio avançado”.

Os pesquisadores, que integram o conselho científico do governo, afirmaram que nenhum sintoma importante foi detectado durante os testes da CoronaVac na Turquia, exceto por uma pessoa que teve reação alérgica. No país, os testes envolvem 7.371 voluntários.

A Turquia comprou 50 milhões de doses da CoronaVac em 11 de dezembro, mas o embarque foi adiado. O ministro da Saúde, Fahrettin Koca, disse que as vacinas chegarão à Turquia na segunda-feira (28), acrescentando que o país irá vacinar cerca de 9 milhões de pessoas do primeiro grupo, começando pelos profissionais de saúde.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Tem jegue esperando, os apressados estão comprando no Rio, tem umas feirinhas onde vc encontra com facilidade.
    .

  2. Primeiro aplica em Dória e Covas, depois em todo o STF, vai para o Congresso Nacional e pega todos, depois governadores, prefeitos, vereadores, a imprensa vermelha. Se passar nos testes, aplica na população.

    1. Vacina com 50% de eficácia pelo triplo do preço. Petista psolista, pedetista e STF primeiro

  3. Essa boiada imunda só serve pra levar no lombo
    Até o Chile já começou a vacinação em massa, enquanto nós aqui, temos um presidente que faz apologia a NÃO tomar a vacina

  4. Aguardar os Bolsominios faladores de bosta falarem alguma coisa. Kkkkkkk

    Eles inventam, interpretam, fazem de tudo pra criar caos mas no final, sempre estão errados e colocam o rabinho entre as pernas e saem de fininho.

    E os 89 mil de Micheque? E a grana que o Bozo disse que Queiroz depositou pra ele e que n era pra Micheque?

    Respondam, o Bozo num é o homem da honestidade, pq deixa todo mundo sem resposta?

  5. A negada torce contra a vacina só pq é chinesa e defendida pelo inimigo do seu mestre supremo, depois acusam o Doria de fazer politicagem. Hipocrisia tem nome e sobrenome.

    1. Me responda aí Rei dos ASNOS, por que a Turquia anunciou a pesquisa e o Governo de SP não? Tu sabe de nada inocente.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Após terremoto, pequeno tsunami causa inundação em cidade turca

Foto: Reprodução / Twitter

Após o forte terremoto de magnitude 7 graus na escala Richter que atingiu nesta sexta-feira (30) a Grécia e a Turquia, um pequeno tsunami causou inundações na cidade costeira turca de Seferihisar.

Embora nenhuma onda destrutiva tenha sido relatada, o nível da água subitamente subiu 1 metro e inundou grande parte da cidade turística, de 44.000 habitantes, de acordo com informações da emissora de televisão “NTV”.

As águas arrastaram vários objetos pelas ruas, e muitas embarcações que estavam no porto de iates da cidade se soltaram de seus ancoradouros. O vídeo abaixo, publicado no Twitter, mostra a água arrastando mesas, cadeiras e outros objetos por uma rua.

Seferihisar fica a 17 quilômetros do epicentro do terremoto, localizado no Mar Egeu, a cerca de 10 quilômetros da costa da ilha de Samos, na Grécia.

Já em Esmirna, 60 quilômetros ao norte, pelo menos 10 edifícios — alguns deles residenciais — desabaram total ou parcialmente, e as autoridades já iniciaram a busca por soterrados.

O ministro do Meio Ambiente e Planejamento, Murat Kurum, disse à “NTV” que “pessoas estão presas sob os escombros”, mas ainda não há dados sobre o número de vítimas.

R7

Opinião dos leitores

  1. A Natureza vai emitir a fatura por aqui também… Aguardem!
    Queimadas, mortes de milhares de animais, índios…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Forte terremoto no mar Egeu é sentido na Turquia e na Grécia, derruba prédios e deixa mortos e muitos feridos

Prédio desabou em Esmirna, na Turquia, após um terremoto no Mar Egeu — Foto: Tuncay Dersinlioglu/Reuters

Um forte terremoto atingiu o Mar Egeu nesta sexta-feira (30) e foi sentido na Turquia e na Grécia. Pelo menos quatro pessoas morreram e 120 ficaram feridas, de acordo com a agência turca responsável pelo atendimento após os desastres. Uma das vítimas morreu afogada.

Agências que monitoram tremores de terra registraram números diferentes. O órgão turco afirma que foi um terremoto de magnitude 6.6. O serviço dos Estados Unidos diz que foi maior, de 7.0.

A cidade mais atingida foi Izmir, na costa da Turquia. As pessoas correram para as ruas após o terremoto. A rede de TV turca TRT Haber mostrou um prédio caindo na região central.

O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, disse que seis prédios desabaram na cidade.

O prefeito, Tunc Soyer, afirmou que foram 20 edifícios na região.

Segundo os dados do órgão turco de monitoramento de tremores, o epicentro aconteceu a cerca de 17 quilômetros da costa da Turquia, a uma profundidade de 16 quilômetros.

Os americanos registraram que o terremoto acontece a uma profundidade de 10 quilômetros, e que o epicentro foi a 33,5 quilômetros da costa.

Em Istambul, a maior cidade da Turquia, sentiu-se o tremor, mas não há relatos de danos significativos.

As autoridades pediram aos moradores da ilha grega de Samos, de 45 mil habitantes, para que fiquem em casa.

Com G1

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Acidente de balão mata duas brasileiras na Turquia

Um balão de ar quente que sobrevoava a Capadócia, um destino turístico na região central da Turquia, caiu depois de colidir com outro balão nesta segunda-feira, matando duas passageiras brasileiras e ferindo mais de 20 pessoas, informou a agência de notícias turca Anatolian. Pelo menos cinco destes feridos são brasileiros.

O acidente ocorreu perto da cidade de Nevsehir. A maioria dos feridos sofreu fraturas. Segundo a agência Reuters, as duas mulheres que morreram tinham 71 e 65 anos. Os balões carregavam turistas, na maioria do Brasil, Argentina e Espanha, acrescentou a agência.

Segundo a agência Ansa, a primeira vítima morreu no momento do acidente e a outra, no hospital. De acordo com testemunhas, os dois balões se chocaram por volta das 6h (horário local), horário em que muitos balões são soltos na Capadócia para voos turísticos.

Um dos balões ficou desgovernado e acabou batendo, o que provocou o acidente.

A Capadócia é famosa por suas formas geológicas chamadas chaminés de fada. Passeios de balão são uma maneira popular de ver as formações cônicas, criadas pela erosão de cinzas vulcânicas em torno delas.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *