Brasil tem 92 mortes e 3.417 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde

Arte Coronavírus — Foto: Arte/G1

O Ministério da Saúde divulgou o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. Os principais números são:

92 mortes

3.417 casos confirmados

2,7% é a taxa de letalidade

São Paulo concentra 1.223 casos, e o Rio, 493.

No balanço anterior, que marcou o primeiro mês da circulação do novo coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil, os números apontavam 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Em relação às mortes, o aumento foi de 19%, e de 17% em relação aos casos do dia anterior.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Xô petralhas disse:

    Bom são os comentários destes cientistas apartidários…kkkk…deixem de falar m _ _ _ _!!!

  2. Carlos Sérgio disse:

    Eu estava agora a tarde conversando com um bolsominions e ele falava que as mortes nada tem com o coronavirus, coisas da mídia, coisas da Globo, perguntei a respeita das mortes na Itália, ele falou que era o dia de quem morreu morrer mesmo.
    Falou que deve abrir tudo, nada de confinamento, perguntei a ele a respeito dos necrotérios montados ao meio das ruas em uma cidade americana. Ele falou que não assiste TV a alguns dias
    Deixei de entender como ele teve as opiniões e conclusões relatadas..estranho
    Kkkkkkk

  3. João disse:

    É o próprio governo que está contabilizando, mas daqui a pouco, quando ficar difícil contar, os terraplanistas vão falar que não morreram todos de covid-19

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, está com o novo coronavírus

Foto: Isabel Infantes/AFP

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, de 55 anos, está infectado com o coronavírus, de acordo com uma nota do governo divulgada nesta sexta-feira (27). O politico conservador teve sintomas leves e vai se isolar.

De acordo com um comunicado do governo britânico, ele vai continuar a liderar os esforços contra a epidemia.

Em uma rede social, ele afirmou que nas últimas 24 horas ele apresentou sintomas leves e seu teste para a doença Covid-19 foi positivo.

“Agora estou me auto-isolando, mas vou continuar a liderar a resposta do governo via vídeoconferência enquanto nós lutamos contra esse vírus”, afirmou ele.

Ele agradeceu o sistema público de saúde do Reino Unido por estar trabalhando para ajudar o país a atravessar a pandemia, e reiterou que ficar em casa é fundamental para impedir o espalhamento do vírus.

Segundo um porta-voz do governo, os sintomas apareceram na quinta-feira, um dia após Johnson ter ido ao Parlamento do país para uma sessão de perguntas e respostas.

A mídia britânica afirma que outros ministros podem se isolar, por terem tido contato com Johnson.

O Reino Unido tem 11.658 casos confirmados de coronavírus. Até sexta-feira (27), 578 pessoas haviam morrido por causa da doença que ele causa.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jr Laranjeiras disse:

    Eita, e não era um superdimensionamento dos dados? agora o "super primeiro ministro" vai provar do próprio veneno, né ?

AVANÇO: Cientistas europeus testam quatro novos tratamentos contra o coronavírus

Foto: DENIS BALIBOUSE / REUTERS

A Europa colocou em andamento um teste clínico de quatro tratamentos experimentais contra o novo coronavírus. Até o momento, não há tratamento específico para a Covid-19. O teste, batizado de Discovery, incluirá 3.200 pacientes de Alemanha, Bélgica, Espanha, França, Holanda, Luxemburgo e Reino Unido, e, talvez, de outros países.

Cada paciente receberá um dos quatro tratamentos terapêuticos de forma aleatória, distribuídos mediante uma operação de informática, de forma que não são os médicos que escolhem.

— Isto nos permite definir a amostra do teste — explica a médica Florence Ader, infectologista no hospital da Cruz Vermelha do Centro Hospitalar Universitário (CHU) Lyon, que comanda o projeto.

No caso da França, por exemplo, o teste clínico será aplicado em 800 pacientes internados no setores de doenças infecciosas e reanimação. Tratam-se de pessoas que apresentam sintomas respiratórios, principalmente pneumonia, e/ou com necessidade de fornecimento de oxigênio, segundo Florence.

O tratamento começou rapidamente para estes pacientes, uma vez que “os prazos parecem ser um fator importante nesta doença”, assinala a especialista.

As moléculas devem aliar dois efeitos: eficácia e tolerância.

Conheça os remédios

Remdesivir

É um antiviral concebido inicialmente para o vírus ebola, mas “com um raio de ação mais amplo, uma vez que interage com outros vírus e é, sobretudo, capaz de bloquear a reprodução deste novo coronavírus”, detalha Bruno Lina, professor de virologia no CHU de Lyon..

— Esperamos muito desta molécula, uma vez que os primeiros resultados in vitro foram muito bons — comenta.

Lopinavir combinado com o ritonavir

Trata-se da “reciclagem” de um medicamento contra o HIV, que “consiste em bloquear a reprodução do vírus”, segundo o pesquisador.

— Percebemos que, no tubo de ensaio, funciona.

A combinação já foi testada na China, mas com resultados mitigados, principalmente porque muitos pacientes “foram incluídos tardiamente, até mesmo depois do 10º dia de doença”, segundo Lina. O teste Discovery será, portanto, complementar.

Combinação lopinavir/ritonavir, associada ao interferon-beta

Esta associação é considerada interessante, uma vez que a Covid-19 compreende duas fases: uma “para a qual acreditamos que os antivirais podem ter um efeito importante”, e outra “com uma síndrome inflamatória que pode gerar degradações em nível pulmonar, e esperamos que o interferon bloqueie este processo inflamatório”, explicou o virologista.

Hidroxicloroquina

Este medicamento, semelhante à cloroquina, não estava previsto, a princípio. Foi incluído a pedido da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do governo francês.

— Pareceu lógico para nós acrescentá-lo, uma vez que nos proporcionaram dados recentes, principalmente um estudo chinês de 9 de março publicado na revista de infectologia mais importante dos Estados Unidos, com argumentos de peso — explica Florence Ader.

Por que a hidroxicloroquina, em vez da cloroquina? As duas moléculas agem da mesma forma, mas a primeira apresenta menos riscos de toxicidade, segundo Lina.

Prazos

Os primeiros tratamentos na França começaram no domingo, no hospital Bichat de Paris e no CHU Lyon. A escolha dos hospitais é feita “em função do mapa da epidemia”. Em outros países, “dependerá da capacidade dos mesmos de realizar seus respectivos testes”, diz Florence Ader. A primeira avaliação clínica ocorrerá no 15º dia de tratamento.

— Nas próximas semanas, começaremos a ter os primeiros resultados — afirma Ader.

No momento em que um teste “mostrar a superioridade de um dos quatro diagramas terapêuticos, poderemos propor aos órgãos reguladores o seu uso”, explicam os especialistas. O tratamento poderá, então, ser liberado “muito rapidamente, levando em conta que estamos em situação de carência terapêutica”, assinalam, pedindo, no entanto, cautela, uma vez que “ainda não se conhecem os efeitos” destes tratamentos.

Extra – O Globo, com AFP

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcello disse:

    Acredito que as pessoas faltaram a aula de Matemática sobre progressão geométrica e também a aula de biologia sobre vírus. Meu Deus, quanta ignorancia! Na Itália, também havia a mesma discussão sobre o impacto do vírus na economia e adotaram medidas frouxas de quarentena. Bom, o que temos hoje lá? Mais de 600 pessoas morrendo por dia.

  2. Pedro disse:

    Fonte: Universidade de Hamburgo
    O número de mortes no mundo nos primeiros dois meses de 2020 por doença:

    – 2.360: Coronavírus
    – 69.602: Resfriado comum
    – 140.584: Malária
    – 153.696: Suicídio
    – 193,479: Acidentes de carro/ônibus
    – 240.950: morte por HIV
    – 358.471: Álcool
    – 716,498: Fumar
    – 1.177.141: Câncer

    Então, o Corona é tão perigoso a ponto de fecharem todo o comércio, as estradas, as viagens ao ponto de acabar com a economia do país e do mundo?

    • Maria disse:

      Criatura não vale fazer comparativos com essas epidemias, o que está em questão é a disponibilidade de UTI, vc lembra se na epidemia de dengue. Há essa necessidade de UTI? De sarampo houve? A necessidade de manter as pessoas isoladas é que irá achatar a curva e os hospitais dêem conta do atendimento.

    • José disse:

      Maria essa questão de disponibilidade de leitos, remédios, material hospitalar é responsabilidade municipal, estadual e federal, igual e diretamente, mas na prática a cobrança vai toda para o federal, como se 01 fosse responsável por tudo que os prefeitos e governadores não fizeram no passado e não estão fazendo no presente. Decretar o isolamento está longe de ser a solução e até aqui foi a única atitude nos municípios e estados. Cadê as outras necessárias providências?

    • Ricardo disse:

      Maria, obrigado por desenhar.

    • Anderson disse:

      Esse dado é mentiroso, inventado

    • Neto Falcão disse:

      Esse tá doidão.

    • Wladimyr disse:

      Sobre a fonte, tem algum link, algum estudo publicado ou pesquisa para consulta na íntegra? Se sim, poderia postar aqui?

    • Erik disse:

      Favor disponibilizar a fonte desses dados, me cheira à fakenews.

  3. Sara disse:

    O G1 acabou de noticiar que levara de um a um ano e meio para surgir a vacina para o COVID19.

    • Higino disse:

      G1 virou mãe diná?

    • Carlos Algusto disse:

      O passo mais importante já foi dado, descobriram remédios no mercado que cura pacientes graves com o coronavírus. Vacina tem efeito social, pois a vacina que protege contra o influenza A, não protege contra o influenza B. Assim se o vírus mudar, a vacina perde a eficácia.

    • Vitor Silva disse:

      Higino, faz uma pesquisa rápida no Google que você descobre o motivo. Tão simples…

Técnica usada em vacina contra ebola pode ser aplicada ao novo coronavírus

Estratégia usada para desenvolver uma candidata à vacina contra o ebola, elaborada pela farmacêutica americana Flow Pharma em parceria com pesquisadores brasileiros, pode orientar a criação de um imunizante contra o novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19.

Em testes com camundongos, a vacina experimental contra o ebola demonstrou ser capaz de conferir, com uma única dose, imunidade contra o vírus hemorrágico que se propagou na África Ocidental entre 2013 e 2016.

Os resultados dos testes do imunizante em modelo animal foram descritos em um artigo publicado no final de fevereiro no bioRxiv – um repositório de acesso aberto de artigos em fase de pré-print na área de ciências biológicas.

“Uma abordagem semelhante à usada para desenvolver essa vacina contra o ebola pode ser possível de ser aplicada contra o novo coronavírus”, disse à Agência FAPESP Edécio Cunha Neto, professor do Instituto do Coração (Incor) da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e um dos autores da plataforma.

O projeto também tem a participação de Daniela Santoro Rosa, professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

“Daniela e eu somos autores da busca da sequência para a vacina contra o ebola”, contou Cunha Neto, um dos pesquisadores principais do Instituto de Investigação em Imunologia – um dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs) financiados pela FAPESP no Estado de São Paulo.

A vacina contra o ebola é composta por fragmentos de proteínas (peptídeos) do vírus – capazes de estimular o sistema imune e de induzir uma resposta potencialmente protetora – encapsulados em partículas micrométricas.

Para mapear regiões da estrutura do vírus ebola mais promissoras para identificação desses peptídeos capazes de serem usados como antígenos para o desenvolvimento da vacina, os pesquisadores usaram algoritmos computacionais.

Um dos critérios que estabeleceram para os algoritmos localizarem essas potenciais regiões na estrutura do vírus é que tinham de ser muito conservadas, ou seja, não poderiam variar muito de um isolado viral para outro. Isso garante que a vacina será eficaz mesmo contra variantes do patógeno.

Outro critério é que as regiões escolhidas sejam capazes de serem reconhecidas pelo sistema imune da maioria das pessoas.

“Esse critério é muito importante porque garante a cobertura ampla da vacina, uma vez que essas regiões do genoma viral mudariam muito pouco de um microrganismo que circula em um determinado local em relação ao que está aparecendo em outro, e o sistema imune dos pacientes induzirá resposta contra a vacina”, explicou Cunha Neto.

Os potenciais peptídeos localizados em regiões mais conservadas do vírus foram testados em células de 30 pacientes sobreviventes do surto do ebola no Zaire, entre 2013 e 2016.

As análises indicaram que células do sistema imune, chamadas linfócitos T CD8+, de 26 desses 30 pacientes sobreviventes ao ebola responderam a uma proteína denominada NP44-52.

Com base nessa constatação, foi fabricada uma vacina experimental com a NP44-52 encapsulada em microesferas, na forma de um pó seco, estável à temperatura ambiente e biodegradável.

A vacina experimental foi inoculada em camundongos geneticamente modificados (C57BL/6), usados como modelo de doenças humanas.

Os resultados do estudo indicaram que a vacina produziu uma resposta imune protetora nos animais 14 dias após uma única administração.

“A plataforma que desenvolvemos possibilita a fabricação e a implantação rápida de uma vacina de peptídeo para responder a uma nova ameaça viral”, afirmam os autores no artigo.

Vacina contra a COVID-19

Na avaliação dos autores do estudo, a mesma abordagem poderia ser aplicada à Covid-19, uma vez que o vírus também possui regiões conservadas e é possível identificar peptídeos potenciais para o desenvolvimento de uma candidata à vacina.

“Se agirmos agora, durante a pandemia de Covid-19, talvez seja possível coletar e analisar amostras de sangue e criar rapidamente um banco de dados de peptídeos ideais para inclusão em uma vacina com cobertura potencialmente ampla, com desenvolvimento e fabricação rápidas”, afirmam.

Cunha Neto também trabalha em outra estratégia de vacina contra a Covid-19, desenvolvida no Laboratório de Imunologia do Incor, com apoio da FAPESP.

“A ideia de usar a mesma estratégia da candidata à vacina do ebola para desenvolver um imunizante contra a Covid-19 é da farmacêutica americana, com quem continuamos a colaborar em outros projetos. A estratégia da vacina que estamos nos baseando aqui, no Brasil, é um pouco diferente”, disse.

O pesquisador e algumas das maiores autoridades mundiais em vacina, como Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos (NIAID, na sigla em inglês), têm ponderado, contudo, que o desenvolvimento de uma candidata à vacina contra a Covid-19 deve demorar de um ano a um ano e meio.

Esse tempo é necessário para a realização de todas as fases de testes, inicialmente em animais e depois em humanos, a fim de assegurar a segurança e a eficácia do imunizante, ressaltam os especialistas.

O artigo An effective CTL peptide vaccine for ebola Zaire based on survivors’ CD8+ targeting of a particular nucleocapsid protein epitope with potential implications for Covid-19 vaccine design, (doi.org/10.1101/2020.02.25.963546), de CV Herst, S Burkholz, J Sidney, A Sette, PE Harris, S Massey, T Brasel, E Cunha Neto, DS Rosa, WCH Chao, R Carback, T Hodge, L Wang, S Ciotlos, P Lloyd e R Rubsamen, pode ser lido no bioRxiv.

E o artigo Coronavirus infections – more than just the common cold (10.1001/jama.2020.0757), de Catharine I. Paules, Hilary D. Marston e Anthony S. Fauci, pode ser lido no Journal of the American Medical Association (JAMA).

Galileu

 

 

Tenista brasileiro Thiago Wild testa positivo para o novo coronavírus

Foto: © Lucas Balduino/CBT/Direitos Reservados

O tenista brasileiro Thiago Wild testou positivo para o novo coronavírus (covid-19). O atleta, de 20 anos, postou um vídeo na rede social Instagram na noite de ontem (24), em que revela ter começado a sentir os primeiros sintomas – gripe e febre – há cerca de dez dias.

“Eu vou ficar bem, já venho me sentindo bem nos últimos dias, mas estou passando aqui, principalmente, para alertar todo mundo que tem que ficar em casa, que tem tomar cuidado com isso, que é uma doença séria, mas pode ser controlada com a força de todo mundo”.

O jovem tenista – segundo melhor do país,atras apenas de Thiago Monteiro – se destacou após vencer o ATP 250 de Santiago, no Chile, em 1º de março. Aos 19 anos, Wild entrou para história se tornando o mais jovem brasileiro a conquistar um ATP, superando o catarinense Gustavo Kuerten (Guga) que foi campeão de Roland Garros (França), em 1997, quando tinha 20 anos. Atualmente, Wild ocupa a 114ª posição no ranking mundial,trás apenas de Thiago Monteiro (82ª).

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil e RN acima de tudo disse:

    Não se preocupe Thiago, você é atleta, isso não passará de uma gripezinha ou resfriadinho.

  2. Guilherme disse:

    Só pega rico. Fico besta!

    • Maria disse:

      Será que Bolsonaro tem mais preparo físico e jovialidade que esse moço?

    • Silva disse:

      Estão distorcendo o que Bolsonaro disse ! Todos podem ser contaminados, mas os sintomas e efeitos serão de acordo com cada organismo.

    • Marieta disse:

      Sobre as interpretações da fala do Presidente: A questão é que a oratória e discurso do representante são terríveis! Precisa rever isso daí, talkey!?

Presidente do Grêmio testa positivo para o novo coronavírus; quadro é assintomático e de isolamento residencial

Foto: © Grêmio/Divulgação/Direitos Reservados

A pandemia do novo coronavírus (covid-19) segue causando baixas nos clubes brasileiros. O Grêmio confirmou, em nota oficial, que o presidente Romildon Bolzan testou positivo para a covid-19. De acordo com o clube, Bolzan se encontra em bom estado de saúde, assintomático e em isolamento residencial.

Não é o primeiro caso de infecção por coronavírus na cúpula do tricolor gaúcho. No sábado (21), o vice-presidente Marco Bobsin também foi diagnosticado positivo para o novo coronavirus. O Grêmio informou que o dirigente está em observação no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, e em breve vai cumprir o protocolo de quarentena domiciliar. Outro vice-presidente, Cláudio Oderich também foi submetido ao teste com resultado positivo. De acordo com o clube, Oderich está em casa e em bom estado de saúde.

Além deles, o assessor adjunto da Presidência, Eduardo Fernandes, também testou positivo para Covid-19. Outro assessor, Luiz Ferrari, realizou o teste, porém o resultado foi negativo. Com isso, já são quatro casos confirmados na diretoria gremista.

Oficialmente, na última terça-feira (17), o clube suspendeu as atividades do Departamento de Futebol Profissional e de Transição até hoje, com reapresentação amanhã (24) às 9h, no Centro de Treinamento (CT) Luiz Carvalho. Entretanto, com o atual cenário, a tendência é que esta data seja modificada ainda nesta segunda-feira (23).

As atividades desportivas das categorias de formação, Escola do Grêmio, departamento de base e futebol feminino estão suspensas até o dia 31 de março. Todos os funcionários no grupo de risco foram dispensados compulsoriamente.

O Grêmio realizou uma ação de prevenção com todo o elenco, comissão técnica e funcionários na última sexta-feira (20). Eles passaram por uma avaliação clínica, com aplicação da vacina influenza tetravalente.

Agência Brasil

Veja os principais pontos da MP trabalhista editada por Bolsonaro em função do novo coronavírus que busca evitar demissões em massa

Foto: Pablo Jacob

O presidente Jair Bolsonaro editou na noite deste domingo a Medida Provisória (MP) que estabeleceu novas regras trabalhistas para enquanto durar o período de calamidade pública sanitária em função da pandemia de coronavírus. O documento também é assinado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. A MP foi publicada pelo governo federal às 23h20, horário de Brasília.

Em suma, os empregadores poderão, de forma unilateral, determinar medidas emergenciais, como o teletrabalho, a concessão de férias coletivas, a antecipação de férias individuais, o aproveitamento e antecipação de feriados e o direcionamento do trabalhador para qualificação.

Fica suspensa, também, a exigibilidade do recolhimento do FGTS pelos empregadores, referente às competências de março, abril e maio de 2020. A medida dá força aos acordos individuais entre empregado e empregador. Eles ficam mais fortes do que as leis em geral (incluindo a CLT). O único limite que a MP traz é a Constituição.

— O foco da MP é a manutenção das relações de trabalho, flexibilizando prazos e regras contidas na CLT que durante o período de calamidade pública e a necessidade imediata dos empregadores, ficam prejudicadas — disse o advogado Rafael Eidi Enjiu, especialista em Direito Trabalhista e sócio do Faria, Cendão e Maia Advogados.

Veja algumas das alterações:

Teletrabalho: aviso de quarenta e oito horas de antecedência; fornecimento dos equipamentos em regime de comodato;

Férias individuais: antecipação de férias vincendas por determinação do empregador; concessão de período não inferior a 5 dias corridos;

Férias coletivas: fica dispensada a comunicação prévia dos sindicatos e do Ministério da Economia. Não aplicação do limite máximo de períodos anuais e o limite de dias corridos previsto na CLT;

Aproveitamento e antecipação de feriados: o empregador pode antecipar feriados não religiosos e informar seus funcionários com antecedência de quarenta e oito horas, podendo ser por escrito ou eletronicamente. Feriados religiosos dependem de concordância do funcionário;

Banco de horas: durante o período de interrupção das atividades pelo empregador fica permita a compensação por meio de banco de horas, por um período de até dezoito meses, contados do encerramento do estado de calamidade pública e respeitando o limite de até duas horas extraordinário por dia;

Diferimento do recolhimento do FGTS: o empregador pode adiar o recolhimento do FGTS de seus funcionários dos meses de março, abril e maio de 2020, com o respectivo pagamento de forma parcelada em até 6 parcelas com o primeiro vencimento para o sétimo dia do mês de julho de 2020.

Lauro Jardim – O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rômulo© disse:

    Isso não passa de um estratagema do Bozo para não ter de desembolsar com seguro-desemprego em massa para a população! Como sempre, só pensa no dinheiro e na economia. O povo que se exploda!

  2. Saulo Ferreira Limeira Correia disse:

    Se estiver errado me corrijam:
    Tem um monte de críticas as iniciativas do governo, apontaram alguma solução?
    Tem muita gente preocupada em criticar, mas não tem a decência moral e dever ético de apontar soluções.
    Qualquer alternativa que o governo apresente vai está submetida ao caráter e compromisso do empregador, de como ele gerencia sua empresa. Mas a esquerda não sabe o que é isso, eles vivem do que os recursos públicos podem dar, do quanto eles podem usufruir do Estado, então ficam na crítica pela crítica.
    Tem muitos soltando críticas nas mídias sociais, de repente, aqueles que nunca tiveram preocupação real com os mais necessitados, postam vídeos chorando se dizendo preocupado com o povão. É o uso político de uma crise mundial, coisa que os irresponsáveis sabem fazem.
    Mas o povo apoiou quando construíram campos de futebol para a copa do mundo e vila olímpica para as olimpíadas e não se viu 10% dos recursos destinados ao esporte ser gasto com hospitais e novas escolas. Agora esperneiam com o problema mundial de saúde e toda falta de estrutura existente. Os mesmos que deram as costas a essa questão, hoje vão a mídia cobrar solução.

  3. Breno disse:

    Covardia! O Patrão lucra, lucra, lucra e não dividde com ninguém. Agora quando tem prejuízo iminente, poderá fazer uma atrocidade dessas ampartado pela "Lei". Que País é esse? Não existe " acordo" entre patrão e empregado, existe vontade do Patrão, e só.
    Lembrando q em situações como essa o FAT (fundo de amparo ao trabalhador ) era usado para pagar os trabalhadores e preservar o emprego. Até isso o ignóbil acabou.

    • Ricardo disse:

      Não existe um patrão no Mundo que esteja tranquilo com essa situação.

  4. Ricardo disse:

    No Brasil, essa MP vai funcionar assim:

    – Patrão manda funcionário embora, pra ganhar os 4 meses de fôlego
    – Não paga os salários
    – Paga qualquer curso online, só pra ter a comprovação
    – Na volta, demite o funcionário

  5. Alexandre Magnus disse:

    Até o momento não fizeram nada pelos milhares de contratos de PJ que tanto foi estimulado as empresas fazerem após a reforma trabalhista. Muitos sendo rescindidos e trabalhadores sem direito algum.

  6. Ana Lígia disse:

    Porque não suspender os AUXÍLIOS-MORADIA de deputados, membros do Ministério Público e qualquer outra que possua e que estão trabalhando EM CASA?

  7. André Fortes disse:

    Segundo a nova medida provisória de Bolsonaro, o empregador afastar o funcionário e ficar até 4 meses sem pagar o salário. Como nós somos os empregadores do presidente da República sugiro que afastemos Bolsonaro, e sem salário, até o Janeiro de 2023.

  8. Rivanaldo disse:

    Ela suspende o contrato de trabalho sem pagamento de salários por 4 meses. No momento em que o trabalhador mais precisa, a solução do governo foi deixá-lo à própria sorte. Tem assalariado defendendo.

  9. Leo disse:

    É necessário um recurso urgente ao STF para sustar, e já, o artigo 18 da Medida Provisória 927, baixada ontem pelo Presidente da República, sob pena de termos milhões de pessoas sem renda alguma pelos próximos quatro meses.

    É que, a pretexto de “qualificar o trabalhador” durante a crise da pandemia do Covid-19, Jair Bolsonaro e Pulo Guedes se valeram de um dispositivo enfiado na Consolidação do Trabalho para tornar “ampla, geral e irrestrita” a suspensão dos contratos de trabalho previsto na legislação que criou o lay-off para preservar empresas em crise.

    Qual é a diferença? É simples e brutal: para haver esta suspensão era imprescindível a previsão em convenção e acordo coletivo, via sindicato. Ali eram estabelecidos pagamentos mínimos compensatórios, estabelecia-se quantidade de trabalhadores que seriam postos em lay off e se evitava que a autorização servisse para criar “demissões provisórias”, sem que o trabalhador recebesse coisa alguma.

    E recebia, porque durante o período de suspensão do contrato de trabalho, o salário dos empregados era pago pelo Governo através de recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), no limite do teto do seguro desemprego aplicável na data da suspensão contratual.

    Não será mais.

    Agora, é “livremente acertado” (quá, quá, quá) entre patrão e empregado, o valor da merreca, se houver uma, sem que o sindicato possa criar limites e sem pagamento pelo governo. O cidadão vai receber nada, literalmente, a não ser que tenha benefícios concedidos espontaneamente, como plano de saúde.

    Ou, no máximo, ganhar uma esmola, de qualquer valor, enquanto mofa em casa:

    O empregador poderá conceder ao empregado ajuda compensatória mensal, sem natureza salarial, durante o período de suspensão contratual nos termos do disposto no caput, com valor definido livremente entre empregado e empregador, via negociação individual.

    É mais do que clara a violação da determinação da Constituição (art. 7º, XXVI) de que é indispensável a convenção ou o acordo coletivo em casos de redução (neste caso, a zero) dos salários, sob qualquer pretexto.

    O fundamento é absolutamente claro: o trabalhador, sozinho, é hipossuficiente ante a empresa.

    Traduzindo do juridiquês: ou aceita ou rua! E quero ver você arranjar emprego agora!

  10. Chicó disse:

    Enquanto isso, o governo estadual não tomou uma medida sequer para proteger a economia e, consequentemente, os mais pobres.

  11. Manoel disse:

    Nao existe acordo individual entre patrão e trabalhador, a disparidade das posições nao permite isso. O trabalhador vai sempre sair perdendo mais.

    • Dilermando disse:

      Isso é verdade.

    • Antonio Barbosa Santos disse:

      Pronto. Então pede demissão e deixa de ser inferior a alguém
      Uma crise dessa e um filósofo do Beco da Lama apontando suas teorias inúteis para o vento.

Número de mortos na Itália por novo coronavírus passa de 4 mil; 627 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

Itália registrou nesta sexta-feira (20) mais 627 mortes pelo novo coronavírus — a maior alta diária desde o início da pandemia. Com isso, o número de vítimas de Covid-19 no país chegou a 4.032.

Na quinta-feira, as mortes pela doença na Itália ultrapassaram o total de vítimas na China pela primeira vez. O país asiático, primeiro epicentro da pandemia de Covid-19, passou a registrar números mais baixos de contágio nos últimos dias.

O número de casos do novo coronavírus na Itália aumentou de 41.035 para 47.021 em apenas um dia, o que representa aumento de 14,6%. A situação é mais crítica na Lombardia, no norte italiano, onde foram registradas 2.549 mortes e 22.264 casos.

G1

Brasil tem 621 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (18) o novo balanço de casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil. Os principais dados são:

621 casos confirmados, eram 428 na quarta-feira (18)

Maioria está em dois estados: SP tem 286 e o Rio de Janeiro, 65.

Na região Norte, há casos nos seguintes estados: Acre (3), Amazonas (3) e Tocantins (1).

Na região Nordeste, há casos nos seguintes estados Alagoas (4), Bahia (30), Ceará (20), Paraíba (1), Pernambuco (28), Rio Grande do Norte (1) e Sergipe (6).

Na região Sudeste, Espírito Santo (11), Minas Gerais (29), Rio de Janeiro (65) e São Paulo (286).

Na região Centro-Oeste, Distrito Federal (42), Goiás (12), Mato Grosso do Sul (7).

Na região Sul, Paraná (23), Santa Catarina (20) e Rio Grande do Sul (28).

Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Véi de Rui disse:

    Interessante como só veio se falar em coronavirus depois do carnaval, olhem os números e verificamos que as maiores incidência são nos estados onde tiveram grande participação de turistas: São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco. É brincadeira

  2. Chico 100 disse:

    Certamente se o Abestalhado do presidente tivesse alertado o gado dele desde cedo, algumas pessoas teriam tomado mais cuidado e não pegariam o covid19. Mas enfim, o gado não liga, pensa que é imune! O pior de todos é Paulo Guedes, ofendeu os servidores públicos e quer acabar com o funcionalismo. Queria ver o que seria do povo se o Estado não intervisse. O neoliberamerda de Paulo Guedes tá tomando no C.

    • Ceará-Mundão disse:

      Comentário totalmente destrambelhada, sem nexo ou qualquer associação com a realidade, como é de praxe da parte dessa gente. Incrível.

    • Francisca disse:

      Rapaz!
      Tu é idiota mesmo.
      Homem dê gracas a Deus no teu país ter um cara PHD em economia, e ainda sorte sua tá no atual governo.
      Tu já pensou uma crise dessas no governo petista, onde o dinheiro não rende, só serve pra ser roubado??
      Tu tava fudido.
      Vai conversando merda viu, se prepare, se vc tiver emprego no Estado, ou algum parente, pode avisar pra arrochar o cinto que os salários vão atrazar de NOVO vai se somar a o que o governo anterior, não pode pagar e vcs diziam que era incompetência de Robson Faria, e de Fátima que não pagou os atrazados e NÃO VAI PAGAR DAQUI PRA FRENTE EM DIAS é o quê????
      Fala petralha adorador de ladrão.
      Veja o RN já está fudido certo?? IMAGINE COM A QUEDA BRUTAL NO FPE E ICMS.
      Fala babacas.
      Quero só ve o que tu vai falar, avermelhado.

    • Ricardo lúcido disse:

      Comentário espetacular . Ceará
      Mundão arruma tua trouxa e Aí bater panela lá na praça do Ferreira .

    • Chico 100 disse:

      Sou servidor do judiciário, não atrasa! PHD só se for pra trazer benesses pro bolso dele e os bancos. Kkkk. Queria ter ao menos 10 salários pra receber no Governo de Fátima. O atual governo Federal Tá uma bosta mesmo! Há e para não esquecer , Francisca! Sei bem quem faka merda e quem é Idiota ķkkkk

Trump diz que “vírus chinês” é denominação “muito adequada” para novo coronavírus

Foto: Brendan Smialowski / AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu nessa terça-feira o uso da expressão “vírus chinês” para referir-se ao novo coronavírus, enfurecendo Pequim. O vírus “veio da China. Acho que esta é uma fórmula muito precisa”, disse Trump. “A China difunde informações erradas de que nosso exército teria transmitido o vírus. Em vez de me meter em polêmica, disse: chamarei ele usando o país de onde vem”.

Já o governo chinês ordenou que correspondentes do New York Times, Washington Post e Wall Street Journal entreguem suas credenciais de imprensa em duas semanas, o que de fato significa sua expulsão do país. O ministério das Relações Exteriores disse que a medida foi tomada em retaliação à decisão de Washington de reduzir o número de chineses autorizados a trabalhar para a mídia estatal chinesa em solo americano.

China x EUA

Este é o último capítulo de uma série de desacordos entre os dois países nesta crise global da saúde. Nos últimos dias, várias autoridades chinesas divulgaram teorias sobre uma suposta conspiração e até apontaram que o coronavírus foi trazido para a China pelos militares dos EUA. Por sua parte, os membros do governo Trump usam termos para descrevê-lo que estigmatizam a China.

“Os Estados Unidos apoiarão fortemente as indústrias, como companhias aéreas e outras, que são particularmente afetadas pelo vírus chinês”, escreveu Trump no Twittter na segunda-feira. Mais tarde, o presidente americano foi ainda mais explícito. O vírus “veio da China. Acho que esta é uma fórmula muito precisa”, disse Trump. “A China difunde informações erradas de que nosso exército teria transmitido o vírus. Em vez de me meter em polêmica, disse: chamarei ele usando o país de onde vem”. Vários aliados de Trump já se referiram à pandemia como “coronavírus chinês”.

A China reagiu nessa terça-feira, dizendo que está “indignada” com essa expressão, que considera uma forma de “estigmatização”. Os Estados Unidos devem “cessar imediatamente suas acusações injustificadas contra a China”, disse o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Geng Shuang. A agência de notícias chinesa Xinhua afirmou que usar “termos racistas e xenófobos para culpar outros países pelo surto revela a irresponsabilidade e incompetência dos políticos que apenas intensificam o medo do vírus”.

“Alimentar a intolerância”

A guerra de declarações reacende as tensões entre os dois países, constantes desde a chegada de Trump à presidência, principalmente em relação ao comércio. Os comentários de Trump também foram criticados nos Estados Unidos por medo de criar tensões com a comunidade asiática no país. “Nossa comunidade asiático-americana – pessoas a quem você serve – está sofrendo muito. Elas não precisam de você para alimentar a intolerância”, escreveu no Twitter o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, cujo estado é um dos mais afetados pelo vírus nos Estados Unidos.

O novo coronavírus foi detectado pela primeira vez na China em dezembro do ano passado. As autoridades disseram que ele apareceu em um mercado de Wuhan onde animais vivos estavam sendo vendidos. Mas, desde então, a China tem mantido reserva sobre a natureza do vírus e diz que sua origem é desconhecida. O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, em conversa telefônica com Yang Jiechi, uma autoridade chinesa, expressou seu descontentamento pelo fato de os canais oficiais chineses “agora acusarem os Estados Unidos pelo Covid-19”, segundo o Departamento de Estado.

Pompeo enfatizou que “agora não é o momento de espalhar desinformação e rumores, mas de unir todos os países para combater essa ameaça comum”, segundo seu gabinete. Na sexta-feira, o Departamento de Estado chamou o embaixador chinês nos Estados Unidos, Cui Tiankai, para denunciar as teorias da conspiração espalhadas por Pequim, muito presentes nas redes sociais.

Um porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, sugeriu na semana passada no Twitter que o “paciente zero” da pandemia pode ter vindo dos Estados Unidos. Por sua parte, Pompeo vinculou o vírus à China, falando várias vezes do “vírus de Wuhan”, apesar dos profissionais da saúde refutarem esse tipo de apelo geográfico e preferirem um nome neutro para se referir à doença.

Correio do Povo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    Meu Deus enquanto estivermos debatendo na geo política o vírus se espalha. Parem dessa guerra pois o inimigo não escolhe lado de esquerda ou direita.

  2. Henrique disse:

    Pobre RN de adoradores de bandidos e jumentos, seu futuro declina a cada dia.

  3. Daniel disse:

    #VirusChinês e ponto final.

  4. Véi de Rui disse:

    Trump pode falar, Eduardo Bolsonaro não pode!

  5. Luiz Antônio disse:

    Por isso que o quase embaixador falou asneiras contra a China, o seu patrão deu a corda.
    É muito despreparado.

  6. Lá e Cá disse:

    É simples:
    Se a China acusar os EUA, a esquerdalha vai adorar, aplaudir, achar corretíssimo, será uma expressão maior de liberdade de expressão e exemplo de democracia.
    Sendo os EUA falando da China (partido comunista), na estrita verdade, é autoritarismo, fascismo, imposição descabida, acusação desnecessária.
    Assim eles atuam lá e aqui, onde o autoritarismo que eles usam, jogam nas costas dos outros, onde a democracia que eles não aceitam é desvirtuada para uso indevido pelos comunistas.

    • Amauri disse:

      Ah ,a internet democratizou a fala aos idiotas. PARABÉNS 👏👏👏👏👏👏👏

  7. Chavier disse:

    Moooooooom

  8. Leo disse:

    Falou e disse,Pte Trump!!!!!

  9. Francisca disse:

    Com a palavra o embaixador chinês, nos Estados Unidos. O LOTE DE JUMENTOS POTIGUARES, PALPITEIROS E ADORADORES DE LADRÃO denominados de PETRALHAS podem opinar também.
    Quero vê!!
    Bora lá!!!

Hemonorte adapta atendimento por causa do novo Coronavírus

O Hemocentro do RN (Hemonorte) segue em funcionamento para receber doações de sangue e visando garantir maior segurança aos doadores de sangue adotou algumas medidas de prevenção para evitar a propagação do Coronavírus.

Além do uso do álcool em gel em cada etapa do processo de doação, as acomodações no hall foram alteradas para minimizar o contato entre os doadores. Somado a isso o serviço social está realizando palestras informativas acerca das mudanças no processo para doação de sangue.

Quanto ao atendimento no Anexo de Hematologia serão suspensos, no momento, apenas os procedimentos eletivos como a infusão de Noripurum e a sangria terapêutica. Os demais serviços como consultas e transfusões continuam funcionando normalmente, sendo que os pacientes idosos (acima de 65 anos), debilitados e crianças terão direito a um acompanhante.

Protocolo da Anvisa/Ministério da Saúde para doadores

· Doadores que tenham se deslocado ou que sejam procedentes de regiões com casos autóctones confirmados de infecções pelo vírus Sars, Mers e/ou Covid-19 estão inaptos por 30 dias após o retorno destas áreas.

· Doadores que tiveram contato, nos últimos 30 dias, com pacientes com diagnóstico clínico e/ou laboratorial de infecções por Sars, Mers ou Covid-19 estão inaptos pelo período de 30 dias após o último contato com essas pessoas.

· Doadores que tiverem diagnóstico positivo para as doenças acima estarão inaptos por 90 dias após completa recuperação.

UNP anuncia suspensão de aulas presenciais em razão do novo coronavírus

Como medida de prevenção e ação que visa ajudar a mitigar o avanço da COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus, a UnP comunica que as aulas presenciais estão suspensas em todas as Unidade e Polos pelo período inicial de 15 dias. Para garantir o cumprimento do semestre letivo, sem prejuízos pedagógicos, as aulas presenciais serão ministradas de forma remota por meio da plataforma Blackboard/Collaborate.

Blackboard é uma ferramenta com a qual você já está familiarizado, afinal é utilizada como apoio às aulas presenciais e como Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) para as disciplinas on-line. O Collaborate é um recurso da Blackboard, que permite encontros síncronos e que podem ser gravados para visualização posterior. Ambos são acessados de computadores de mesa (desktops), notebooks, tablets ou smartphones, a partir do Autoatendimento ou por aplicativo disponível nas lojas Apple Store e Play Store.

Durante esse período, as atividades que já são ministradas na modalidade on-line acontecerão normalmente e as unidades permanecerão abertas para atendimento, matrículas, entre outras demandas administrativas.

Fique atento e acesse diariamente os canais oficiais da UnP: site, Autoatendimento e redes sociais para as orientações relativas às aulas na plataforma Blackboard e às atualizações sobre qualquer mudança de cenário.

Secretaria de Estado da Administração comunica alteração dos atendimentos nas Centrais do Cidadão como medida preventiva contra o novo coronavírus

Em sintonia com o Decreto Nº 29.512, de 13 de março de 2020, assinado pela governadora Fátima Bezerra, a Secretaria de Estado da Administração (Sead), que conduz o Programa das Centrais do Cidadão, emitiu nesta terça-feira (17) comunicado que define alterações nos atendimentos realizados em todas as unidades no Estado. As medidas adotadas valem a partir da próxima quinta-feira (19) e visam diminuir significativamente a aglomeração de pessoas nos locais, como forma preventiva de contaminação pelo novo Coronavírus (Covid-19).

Entre as medidas definidas estão a redução no número de distribuição de fichas/senhas para atendimentos; horários diferenciados para atendimentos por determinados serviços, como Itep e Detran; atendimentos do Itep realizados exclusivamente por meio de agendamento online; e também definição do turno matutino da quarta-feira como exclusivo para atendimento às pessoas idosas (a partir de 60 anos).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Delano disse:

    O governo, se tivesse visão e vontade de cuidar de seu povo, já estaria em curso, estudos pra transformar o arena das dunas em um grande centro de atendimento aos pacientes infectados pelo corona virus. Acredito até que o governo federal também já se preparasse pra esse mesmo objetivo das outras arenas. Isso salvaria muita gente da morte.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Se as fronteiras não forem fechadas e os vôos internacionais proibidos por um tempo, nada disso adiantará, infelizmente.

Novo coronavírus: paralisação da Copa do Nordeste é formalizada por Liga que organiza o torneio

Foto: Reprodução/Twitter

O que já era esperado, foi formalizado. Por causa do novo coronavírus, a Copa do Nordeste está paralisada por tempo indeterminado. A oficialização saiu na manhã desta terça-feira, nas redes sociais da competição.

De acordo com a nota, a competição será retomada “com a última rodada da fase de grupos e fase final”.

A princípio, a ideia era de que a última rodada da primeira fase fosse disputada de portões fechados ao público. Mas conforme esta segunda-feira passou, houve pressão por parte de alguns clubes, conforme apurou o GloboEsporte.com, principalmente por conta das viagens de avião.

A Copa do Nordeste tem oito partidas previstas para acontecer na última rodada da primeira fase. Todas elas ainda estão marcadas para as 16h do próximo sábado, dia 21 de março. As novas datas não devem ser definidas neste primeiro momento. Neste cenário, Confiança-SE, CSA-AL, Imperatriz-MA, Ceará, Náutico, América-RN, Vitória e Santa Cruz viajariam para jogar fora do estado de origem.

Globo Esporte

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sandra disse:

    Futebol eh dispensavel, mesmo sem virus.

Cabo Telecom toma medidas para apoiar população durante crise do Novo Coronavírus

Foto: Divulgação

Empresa de telecomunicações amplia acesso a canais e conteúdos dos planos digitais de TV por assinatura e aumentará espontaneamente, dependendo da demanda, a velocidade de navegação

Sensível ao atual cenário provocado pela pandemia do Novo Coronavírus (COVID-19) e, diante das recomendações das autoridades de saúde para que as pessoas evitem aglomerações, diminuam os contatos físicos, estimulem a prática de trabalho remoto (home office) e, quando necessário, adotem a quarentena, a Cabo Telecom anuncia algumas medidas que já estão valendo deste essa segunda-feira (16).

Por um período indeterminado, está disponibilizando – sem qualquer custo adicional – a ampliação do acesso aos canais e ao conteúdo dos planos digitais de TV por assinatura. Desta forma, os usuários podem ter mais acesso às fontes de informações e conscientização sobre as medidas preventivas para o COVID-19, ao mesmo tempo em que, diante do cenário de maior distanciamento físico entre as pessoas, amplia as opções de entretenimento e lazer das famílias em seus lares.

Em relação ao serviço de internet banda larga fixa, a Cabo Telecom informa que toda a sua equipe técnica está acompanhando e avaliando continuamente a disponibilidade e a capacidade de rede, de modo a garantir a conectividade e a comunicação dos usuários.

Desse modo, em se verificando picos de demandas no serviço de internet banda larga fixa, a empresa providenciará, sem qualquer custo adicional e respeitadas as condições técnicas necessárias, aumento nas velocidades de navegação.

“O Brasil começa agora a enfrentar essa doença que já afetou milhares de pessoas ao redor do mundo. Entendemos que este é um momento de nos voltarmos para a coletividade e solidariedade, visando o objetivo em comum de retardar o avanço do vírus. Pretendemos com essas ações estimular as pessoas a ficarem em casa e proporcionar mais entretenimento durante estes dias tão difíceis”, comenta Claudio Alvarez, diretor presidente da Cabo Telecom.

Para mais informação sobre os canais e conteúdos liberados, em conformidade com as tecnologias e os planos digitais de TV por assinatura disponibilizados pela Cabo Telecom, os clientes poderão acessar o site www.cabotelecom.com.br.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Funcionários Terceirizados disse:

    Será que a Cabotelecom está seguindo o DISTANCIAMENTO SOCIAL recomendado pelas autoridades de saúde?
    Compreendo isolamento, como isolamento. Quando vc contrata o serviço de TV há a necessidade de dois funcionários TERCEIRIZADOS pela Cabotelecom, antes de ir até sua residência, visitar outros clientes possivelmente contaminados com a covid-19.
    Reflitam: Será que sua família estará segura recebendo essas visitas?
    Será que esses funcionários estão devidamente protegidos, quando diariamente por 8 horas ou mais transitam por toda região metropolitana da Grande Natal, sabe se lá, levando ou trazendo o Corona vírus da sua casa ou para a sua casa?
    Será que esse serviço é essencial mesmo?
    Ler um livro, brincar com os filhos não seria mais seguro?

  2. Felix disse:

    Pena que é fake news! a minha internet continua a mesma coisa, não aumentou velocidade coisa nenhuma, a de alguém aumentou?

  3. Carlos Augusto disse:

    Parabéns a Cabo Telecom pela iniciativa.

  4. Cli disse:

    Atitude sensível! Parabéns!

  5. Gustavo disse:

    Louvável iniciativa, parabéns à Cabo!

  6. Everton disse:

    Boa!

Governo do RN estuda medidas para contenção do novo coronavírus, entre elas, suspensão de aulas e bloqueios ou barreiras sanitárias em portos e aeroportos

O Comitê Estadual de Emergências em Saúde Pública irá se reunir nesta terça-feira (17) para definir medidas de contenção do novo coronavírus no Rio Grande do Norte.

Em entrevista hoje ao programa Bom Dia RN, na InterTV Cabugi, o secretário estadual de saúde, Cipriano Maia, afirmou que está sendo estudada a possibilidade de suspensão das atividades escolares e bloqueios ou barreiras sanitárias em portos e aeroportos.

“O Governo está comprometido e, de forma parceira, instituindo o diálogo com os municípios e diversos órgãos para o enfrentamento desta emergência. Não queremos criar pânico, nem ser lenientes. Já há uma tendência, baseada nas experiências de outros estados, de suspensão das atividades escolares. Nós temos características no nosso país de profunda desigualdade social. São crianças que dependem da merenda fornecida nas escolas. Então, também precisamos pensar qual vai ser a repercussão sobre estas famílias. Estamos escutando especialistas e a evolução dos casos é que vai permitir a tomada de medidas oportunas. Há ainda algumas divergências e leituras diferenciadas sobre o que estamos vivenciando”, disse Cipriano.

De acordo com o secretário, existe uma tendência de crescimento exponencial de casos, que chegam a um pico e depois começam a cair. “Não temos segurança da extensão dessa curva, acredita-se que em torno de três meses a partir de quando se instala a transmissão comunitária. O que queremos é evitar que a curva não tenha uma situação aguda para não sobrecarregar o sistema de saúde”.

Cipriano Maia afirmou que desde a confirmação, em 12 de março, do primeiro caso de coronavírus no RN, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) adotou medidas para prevenção, inclusive com a publicação, no sábado (14), do decreto Nº 29.512 que dispõe sobre medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo novo Coronavírus (COVID-19) no âmbito do Poder Executivo Estadual. Com validade de trinta dias, o documento define orientações para manutenção da prestação dos serviços públicos.

“Orientamos que as pessoas, se puderem, fiquem em casa; evitar aglomerações, evitar contato, manter uma distância segura e fazer o distanciamento social para retardar a progressão da epidemia. Recomendamos a suspensão de eventos de massa, estimulando atividades a distância (reuniões e teletrabalho), a higiene dos ambientes e a proteção dos idosos. A atitude, compromisso e responsabilidade de cada indivíduo é um ato de cidadania. Cada um deve se proteger e proteger aos seus”.

Para que o aumento da demanda por assistência respiratória não sobrecarregue o sistema de saúde, a orientação é procurar atendimento hospitalar apenas em casos graves. “A população pode procurar as unidades básicas de saúde dos municípios que tem fluxo e protocolos definidos. Os casos críticos e suspeitos de gravidade são avaliados pelos médicos, em função de protocolos definidos pelo Ministério da Saúde. Hoje não há estrutura para todo mundo fazer o teste diagnóstico, então é necessário utilizar o kit em casos com situação clínica e vínculo epidemiológico”.

Cipriano Maia informou ainda que está aguardando que a Fiocruz envie para o Laboratório Central (Lacen) do RN os kits para diagnóstico do Covid-19 e que o Ministério da Saúde está planejando a locação de leitos em unidades privadas, caso necessário.

Novo boletim

No novo boletim epidemiológico do Covid-19, com informações contabilizadas até às 20h do dia 16 de março, o RN possui 58 casos notificados para o novo coronavírus. Destes, 24 casos já foram descartados e os 33 casos suspeitos ainda aguardam resultados dos exames laboratoriais. A concentração de casos suspeitos é no município de Natal, na faixa etária de 30 a 39 anos.

Os pacientes seguem com estado geral bom, em isolamento domiciliar ou hospitalar, sendo esta medida a recomendada para casos sem complicações clínicas, conforme Protocolo Clínico Estadual e Nacional.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Otavio disse:

    Aeroportos e portos ja deveriam estar fechados desde a semana passada quando foi confirmado o 1o. caso.

  2. Rafael Pinheiro disse:

    A governadora deveria aproveitar as medidas, e deixar o cargo também…

    Fora governadora incompetente!!

  3. Rozana disse:

    Já fez tarde quanto as barreiras em Aeroportos, portos, etc

  4. Mily disse:

    Fecha tudo gente, pelo amor de DEUS!