Twitter de Mourão foi invadido para ‘apoiar’ divulgação de mensagens furtadas de Moro

Foto: Marcelo Camargo/ABr

Em mais uma investida criminosa, a conta no Twitter do general Hamilton Mourão, vice-presidente da República, foi invadida nesta segunda-feira (10) fazendo parecer que era de sua autoria uma mensagem em que ele criticaria o ministro Sérgio Moro (Justiça) e consideraria “graves” as mensagens divulgadas no site Intercept.

No fim de semana, o site divulgou mensagens furtadas de celulares de integrantes da Operação Lava Jato. A invasão das mensagens trocadas no aplicativo de mensagens Telegram foi considerada criminosa por Moro e pelos procuradores da República, que denunciaram a tentativa de destruir a Lava Jato.

Moro lamentou que a reportagem não indicasse a fonte das informações e o fato de não ter sido ouvido. Segundo ele, no conteúdo das mensagens que citam seu nome, “não se vislumbra qualquer anormalidade ou direcionamento da atuação enquanto magistrado, apesar de terem sido retiradas de contexto e do sensacionalismo das matérias, que ignoram o gigantesco esquema de corrupção revelado pela Operação Lava Jato”.

A força-tarefa da Lava Jato divulgou uma nota declarando que seus integrantes foram vítimas de ação criminosa de um hacker. E que esse hacker praticou os mais graves ataques à atividade do Ministério Público, à vida privada e à segurança de seus integrantes. O hacker invadiu telefones e aplicativos dos procuradores da Lava Jato e teve acesso à identidade de alguns deles. Para a força-tarefa, o autor do ataque obteve cópias de mensagens e arquivos trocados em relações privadas e de trabalho.

O site que divulgou as mensagens privadas do então juiz e os procuradores foi fundado pelo jornalista inglês Glenn Greenwald, casado com o deputado Davi Miranda (PSOL-RJ), que era suplente do ex-deputado Jean Wilis (RJ), aquele que abandonou o mandato para o qual foi reeleito, ainda que em último lugar, e escolheu viver no exterior fazendo pose de “exilado”.

Diário do Poder

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Irany Gomes disse:

    Está mais que explicado, tinha que sair desses vagabundos tipo o mama rola Jean Willy.

  2. Ana leticia disse:

    Essas mensagens pegas sao muito fortes, e abalaria qualquer governo, isso tem a força de um " peido de uma veia". Kkkkkk
    Otarios, se cuidem que vem mais lava jato por aí, está no forno, quero vê outra cambada de ladrões e corruptos atrás das grades.

Copa do Mundo Feminina na França: bares pelo país se mobilizam para apoiar o Brasil; Seleção estreia na manhã deste domingo

Foto: O Globo

Começa nesta sexta-feira, na França, a Copa do Mundo Feminina. O Brasil estreia no domingo, contra a Jamaica. Como o futebol para as mulheres é uma realidade, muitos bares do país se mobilizaram e terão telões nos estabelecimentos para que os torcedores possam assistir aos jogos e torcer pela seleção. O coletivo feminino “Peita”, com a campanha “Jogue Como Uma Garota” organizará os eventos com as transmissões das partidas em parceria com bares em 21 cidades brasileiras.

— Imagina como estão as jogadoras sabendo dessa mobilização nacional. Devem estar emocionadas sentindo essa energia toda — disse Karina Gallon, de 32 anos, a fundadora do movimento.

No Rio de Janeiro, o bar representante é o Fred Beer Club, em Todos os Santos, na Zona Norte. Para o jogo de domingo, às 10h30, a dona do comércio, Monike Lourinho, oferecerá café da manhã antes de a bola rolar e churrasco após a estreia da seleção brasileira.

— A real importância desse evento é dar visibilidade para o futebol feminino, apresentar um espaço no Rio onde se possa beber como uma garota e torcer por elas — disse Monike, de 26 anos: — Para atrair o público, vão rolar descontos progressivos no chopp a cada gol do Brasil e cardápio diferente a cada jogo. Quem acertar o placar ganhar o kit especial e 1 litro de chopp — acrescenta.

Mesmo fora do movimento, outros bares cariocas tiveram alguma iniciativa. O Hop Lab Pub, na Praça da Bandeira, também na Zona Norte, dará descontos para quem for acompanhar o time com vestido de verde e amarelo. Situações semelhantes na Casa Porto, na Saúde, e no Bar do Omar, no Santo Cristo, ambos na região do Centro.

Confira a lista com os bares nas 21 cidades

BELÉM (PA)

Fandom Pub

Rua Bernal do Couto, 456

BELO HORIZONTE (MG)

Dalva Botequim

Rua Ceará, 1548

BRASÍLIA (DF)

Barziin Gastrobar

CLN 413 | bloco E | loja 19

CATALÃO (GO)

Pub Cultura Livre

Rua 07, número 06, Praça do Setor Universitário

CURITIBA (PR)

Espaço 37

Rua Vicente Machado, 770

Premium Karaokê

Rua Francisco Parolim, 59

FLORIANÓPOLIS (SC)

Lá Kahlo Bodega

Avenida Hercílio luz, 633

FORTALEZA (CE)

Bar Teresa & Jorge

Rua João Cordeiro, 540

FOZ DO IGUAÇU (PR)

Soy Loco por Ti

Rua Engenheiro Rebouças, 847

LONDRINA (PR)

Vila Cultural Alma Brasil

Rua Mar del Plata, 93

MANAUS (AM)

Curupira Mãe do Mato

Avenida Sete de Setembro, 1710

NATAL (RN)

La Luna Bar

Alameda das Acácias, 10

PONTA GROSSA (PR)

Boteco da Estação

Rua Ermelino de Leão, 1565

PORTO ALEGRE (RS)

Cósmica

Rua Lopo Gonçalves, 378

RECIFE (PE)

Bar da Angela

R. Quadro Souza Leão, 73

RIO DE JANEIRO (RJ)

Fred Beer Club

Rua: José Bonifácio, 705 loja c

SALVADOR (BA)

Kombita

Avenida Professor Sabino, 179 | Chame Chame

SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA (AM)

Bar John

BR 307, N° 03

SÃO LUIZ DO PARAITINGA (SP)

A Bruxa

Rua Coronel Domingues de Castro, n°182

SÃO PAULO (SP)

Bar Das

Rua Fortunato, 133

SOROCABA (SP)

Casa da Frida Mex

Rua João Ferreira da Silva, 1129

VITÓRIA (ES)

Cleópatra Gaystro Bar

Rua Anísio Fernandes Coelho, 1645 | loja 4