Polícia

FOTO: Polícia Civil desativa laboratório de drogas no Paço da Pátria em Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC), em ação conjunta com a Força-Tarefa de Combate ao Crime Organizado do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), desativaram, na manhã desta sexta-feira (12), um laboratório de drogas na comunidade do Paço da Pátria.

As diligências foram iniciadas após uma denúncia anônima informando que um imóvel naquela comunidade estaria sendo usado como laboratório para o refino de crack e cocaína. Chegando ao local, as equipes constataram a veracidade da informação.

Com a chegada das equipes, diversos fogos foram soltados, como forma de aviso, e com isso os ocupantes do imóvel conseguiram fugir. Porém, foram apreendidos, no local, uma prensa hidráulica para compactação da droga, um tablete de crack, balanças de precisão, radiocomunicadores, rolos de papel filme e cadernos de anotações.

As investigações continuarão no sentido de identificar os responsáveis pelo material encontrado. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

  1. Só para ajudar a Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS, que o correto é "PASSO" (com ss significa local de passagem estreita e difícil, desfiladeiro) e não "PAÇO" (com ç significa "palácio)".

  2. O negócio está tão fácil e bom que daqui a pouco vamos virar exportadores. A tentativa nefasta de liberar o uso de drogas, as facilidades de circulação permitidas nos últimos anos, só nos levam ao perigo da degradação e morte.

    1. Até agora a política de enfrentamento ao problema é um grande sucesso. Pra que mudar? Mete os ratinhos na jaula enquanto quem manda são os leões.

    2. Francisco de Assis, um deputado de esquerda do Rio (Alexandre Molon, do PSB) pediu ao STF para proibir a polícia de entrar nas favelas do Rio e de usar helicópteros.
      A Globo também vive falando mal da polícia.
      Por que a esquerda e a imprensa vivem falando mal da polícia?
      Bolsonaro queria colocar o exército.
      Se colocar a esquerda e a Globo vão chiar.
      Preferem traficantes.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Cosern desativa “gato” de energia pela 2ª vez em menos de 30 dias em fábrica de gelo na praia de Genipabu

Foto: Cosern/divulgação

Equipes técnicas da Cosern, com apoio da Polícia Civil, identificaram e desativaram uma ligação clandestina de energia elétrica (o popular “gato”) numa fábrica de gelo na praia de Genipabu, na Grande Natal, na manhã desta quinta-feira (14).

É a 2ª vez que a fraude é detectada no local em menos de um mês. A fábrica de gelo foi um dos endereços alvos da “Operação Gato Gelado” que a Cosern realizou em 22 de dezembro em 33 municípios potiguares e acabou desativando 25 irregularidades e resultando na prisão de 05 pessoas pela polícia.

Em dezembro, o responsável pela fábrica de gelo se evadiu do local. Nesta quinta-feira (14), ele foi preso em flagrante pela polícia e levado para a delegacia de Extremoz. Além do “gato” Identificado na fábrica de gelo, as equipes da Cosern retiraram ligações irregulares de outras 6 residências nas proximidades.

“O gato de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena para o responsável pela fraude pode chegar a 08 (oito) anos de reclusão” explica Gilmar Mikeias, Gerente de Recuperação da Receita da Cosern.

“Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode causar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos”, complementa o Gerente.

De acordo com Júlio Giraldi, Superintendente de Relacionamento com Clientes da Cosern, as ações de combate às ligações clandestinas serão intensificadas ao longo de 2021. “Vamos investir ainda mais em tecnologia e inteligência para dificultar cada vez mais a realização desse tipo de crime”, declarou Júlio.

A fraude é quando o consumidor já é cliente da Cosern e manipula o medidor de energia com o objetivo de reduzir o consumo faturado. Já o furto consiste em desviar energia diretamente da rede elétrica da Cosern sem a medição do consumo e o conhecimento da distribuidora.

Balanço da “Operação Varredura” em 2020

Ao longo de todo o ano de 2020, a Cosern realizou 67.303 inspeções em unidades consumidoras e desativou ou regularizou 7.206 ligações irregulares em todo estado. O volume de energia recuperado nas diversas fases da “Operação Varredura” seria suficiente para abastecer, por exemplo, os municípios de Parnamirim e de São Gonçalo do Amarante, juntos, por 30 dias.

A população pode denunciar as fraudes, de forma anônima e segura, no telefone 116 ou no site da Cosern (www.cosern.com.br).

https://servicos.cosern.com.br/sala-de-imprensa/noticias/Paginas/cosern-desativa-gato-de-energia-pela-2a-vez-em-menos-de-30-dias-em-fabrica-de-gelo-na-praia-de-genipabu.aspx

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Cosern desativa “gato” no Espeto do Bezerra

Fotos: Divulgação

Equipes técnicas da Cosern, com apoio da Polícia Militar, identificaram e desativaram uma fraude na medição de energia elétrica (o popular “gato”) em um restaurante localizado no bairro de Lagoa Nova, em Natal, na tarde de sexta-feira (04).

A gerente do estabelecimento foi conduzida para prestar depoimento na Delegacia Geral de Polícia (DEGEPOL). Com mais essa ação da “Operação Varredura”, 08 pessoas já foram conduzidas à delegacia ou presas em flagrante em todo estado praticando o crime de furto de energia elétrica em 2020.

“O gato de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena para o responsável pela fraude pode chegar a 08 (oito) anos de reclusão” lembra Gilmar Mikeias, Gerente de Recuperação da Receita da Cosern.

NúmerosDe janeiro até agora, a Cosern realizou 60.275 inspeções em unidades consumidoras e desativou ou regularizou 6.719 ligações irregulares em todo estado. O volume de energia recuperado com a ação até agora ainda está sendo calculado pela distribuidora.

Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode causar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos.

A população pode denunciar as fraudes, de forma anônima e segura, no telefone 116 ou no site da Cosern (www.cosern.com.br).

Assessoria Cosern

Opinião dos leitores

  1. Mais ladrão somos nós mesmo que vendemos o nosso voto no passado agora a pica chegou pra entrar no cu vcs querendo passar pro políticos a culta mais culpado de tudo isso e nos mesmo 10 ou 20 reais nos.se vendemos agora a conta chegou

  2. Brasil-sil-sil.

    Só tem ladrão.

    Será que a bebida e a comida servida passa por adulterações também?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Cosern identifica e desativa “gato” de energia em restaurante na praia de Pirangi do Norte

Fotos: Cosern/divulgação

Equipes técnicas da Cosern, com apoio da Polícia Militar, identificaram e desativaram uma ligação clandestina de energia elétrica (o popular “gato”) num restaurante na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, no final da manhã desta sexta-feira (20).

O proprietário do estabelecimento foi conduzido pela PM para a 2ª DP de Parnamirim.

Com mais essa ação da “Operação Varredura”, sobe para 06 o número de pessoas presas pela polícia em todo estado praticando o crime de desvio de furto de energia elétrica em 2020.

“O “gato” de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena para o responsável pela fraude pode chegar a 08 (oito) anos de reclusão” alerta Gilmar Mikeias, Gerente de Recuperação da Receita da Cosern.

De janeiro até agora, a Cosern realizou 58.256 inspeções e identificou e desativou 6.682 ligações clandestinas em todo estado. O volume de energia recuperado com a ação ainda está sendo calculado pela distribuidora.

Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode causar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos.

A população pode denunciar as fraudes, de forma anônima e segura, no telefone 116 ou no site da Cosern (www.cosern.com.br).

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA COSERN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Álvaro Dias informa que Prefeitura está desativando leitos da covid-19 em Natal: “Estamos virando o jogo contra o coronavírus”

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Em entrevista ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, afirmou que a Prefeitura começou a desativar leitos para pacientes de coronavírus nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPA). O chefe do executivo municipal  diz que o motivo é a diminuição dos casos da Covid-19 na capital potiguar. Apesar disso, o Hospital de Campanha será mantido para atender os casos que surgirem.

“Estamos desativando leitos de coronavírus nas UPAs, no Hospital Municipal. No Hospital de Campanha, hoje, de 100 leitos, devemos ter 50 ocupados e 50 disponíveis para ofertar a quem precisar. E UTIs, de 20, devemos ter 12 ocupadas e o restante disponível. Estamos virando o jogo contra o coronavírus”, afirmou.

Ainda na entrevista, o prefeito ainda defendeu que a redução dos casos de Covid-19 estaria relacionada ao uso de medicamentos como ivermectina, incluídos no protocolo do município. Questionado sobre o uso de medicamentos sem a devida comprovação, ele argumentou que já houve teste in vitro, que são parte do teste.

“Existem estudos in vitro, mas se funciona in vitro deve funcionar em vivos também. E ai os dados estatísticos comprovam isso. Essa diminuição de casos, esse esvaziamento dos leitos na cidade de Natal, por coronavírus é o quê? É o uso da ivermectina, é o tratamento precoce que estamos fazendo adotando hidroxicloroquina, azitromicina, utilizando corticoide, os medicamentos do protocolo aprovado pelo Conselho Regional de Medicina”, defendeu.

Com acréscimo do G1-RN

Opinião dos leitores

  1. Esses CAVALOS BATIZADOS que são contra esse medicamento,não tomem e esperem a morte chegar. Vão pro quinto dos infernos com tanto pessimismo.

  2. IVERMECTINA NÃO SERVE PARA O TRATAMENTO DO CORONAVÍRUS

    Para chegar ao nível necessário de ivermectina, teríamos que usar 17 vezes a dose máxima permitida para humanos. E essa dose máxima já é 10 vezes a dose usual, recomendada na bula. Ano de política esses larápios resolvem fzr verdadeiras atrocidades e agora baseados em "demagogia médica". A ignorância é mãe de todos os males.

  3. Sem esquecer também de parabenizar os médicos que tiveram a coragem de encampar o tratamento precoce. Está salvando muita gente.

  4. Sem duvida nenhuma o protocolo de tratamento precoce adotado pela prefeitura e negado pelo governo do estado, fez a diferença. Parabéns também ao presidente Bolsonaro, que desde o início, teve a coragem de defender, mesmo sem ser médico, o uso do tratamento no início da doença.

    O resto é blá blá blá

  5. Pelo menos o prefeito demonstrou resultados.. abriu hospitais, equipou, distribuiu teste, EPI, demonstrou capacidade de gerenciamento… enquanto isso o Governo do RN so fez papel carimbado propondo cadeia e multa, mandou dinheiro pra empresa que nao entregou equipamento nenhum, etc, ficando na dependencia do governo federal pra aparecer em algo e de doacoes de empresarios de alcool e epi.. lembrando que o governo petista antes da pandemia tava propondo fechar ate hospital…. Petista é muito cego. Pra economia do erario, o prefeito pode sim reduzir as despesas que agora sao desnecessarias. Muita gente tomou ivermectina e coincidencia ou nao, reduziu drasticamente os casos na cidade. O problema ainda ha no interior na qual alguns prefeitos ainda seguem a cartilha do governo estadual.

  6. Parabéns, Prefeito!
    Se são os remédios, não sabemos.
    O fato é que depois da adoção desse protocolo, os casos veem caindo abruptamente. Se formos esperar pela conclusão desses “estudos científicos” , estaremos mortos, todos.
    Ação neste momento é o que interessa.

  7. O prefeito fala de teste in vitro como se fosse garantido que irá ter a mesma eficácia dentro do corpo humano. Vários medicamentos tem resposta em vitro excepcional, mas, ao continuar os teste e chegar a fase humana comprava-se que não tem eficácia alguma. Há vários fatores complicantes, como até que parte do organismo esse medicamento alcança, pois, o vírus pode ficar em diversas partes do organismo. A hidroxicloroquina é uma delas que até a presente data esta tendo resultados que não ajudam em nada no combate da COVID, é propaganda enganosa. Alvaro Dias como médico deveria se envergonhar de passar essa informação a população.

    1. Não tome, simples assim. Faça como algumas pessoas que tem alergia, andam com plaquinhas, relatando os produtos que não podem utilizar.
      Comoque os nomes destas medicaçoes, esta resolvido seu problema.

    2. Tenho somente uma pergunta a você, cidadão. Então quer dizer que nenhum desses medicamentos exercem efeitos positivos ao organismo. Só gostaria que respondesse isso.

  8. Perto da eleição e os puxa-sacos todos querendo manter os cargos comissionados! Brasil sem jeito! MUDA BRASIL.

  9. Parabéns ? ? Desativando leitos em plena Pandemia ! ! O Prefeito de Natal falando e agindo como se já tivessem descoberto a vacina que cura plenamente a Covid-19 ? ?

  10. Parabéns prefeito! O Senhor fez a diferença! Se tivessemos ficado esperando pela governadora teria morrido todo mundo, só agora que as coisas estão melhorando que ela veio dá as caras…

  11. PARABÉNS PARA O PREFEITO E PROS 300 MÉDICOS QUE ASSUMIRAM PUBLICAMENTE O USO DE REMÉDIOS PARA PACIENTES COM PRIMEIROS SINTOMAS.
    ZERO PRA FÁTIMA DO PT, TAVA ENTOCADA NA MOITA, NUNCA NA LINHA DE FRENTE COMO TEM QUE SER UM GESTOR PÚBLICO.
    Fatao da acabando com o RN, fraca e inoperante.

    1. João, sinto muito em te dizer que quem primeiro começou a usar a ivetmectina foi lá no Serido, depois mais 30 dias que chegou a onda por aqui, lá observou-se que o povo estava tendo com sintomas leves, o que foi de mototaxi, todos tomaram. De Caicó só teve até agora 06 mortes e pelo que eu soube, 05 com comorbidades. Vc observe que lá nunca lotou. As outras mortes de lá são de outros municípios.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Natal atinge meta de vacinação para idosos e desativa postos volantes

Foto: Ilustrativa

O município de Natal atingiu nesta quinta-feira (02), a meta do Ministério da Saúde de vacinação contra influenza, com imunização de 90% dos 82mil idosos da capital. A boa participação das pessoas permitiu que esse número fosse alcançado antes do término da primeira etapa, que segue até 15 de abril, destinada ao público idoso maior de 60 anos e profissionais da saúde.

Com isso, a partir de segunda-feira (06), a vacina contra influenza passa a ser ofertada exclusivamente nas salas de vacina das 63 unidades básicas (UBS) da cidade. Os postos volantes criados com auxílio de parceiros, como os drives na Arena das Dunas, Nélio Dias, Via Direta e pontos da Cruz Vermelha, Hospital Varela Santiago e Praça Augusto Leite, deixam de funcionar a partir de hoje. A SMS Natal ainda ressalta que as doses não combatem o novo coronavírus.

“Vamos continuar a vacinação nas unidades básicas para atender a demanda remanescente de 10% do público idoso e profissionais da saúde que ainda não compareceram nessa primeira etapa. Também vamos garantir as doses destinadas para os condomínios cadastrados na plataforma do Lais onde os síndicos solicitaram a imunização nos imóveis, que recebe até 05 de abril novas solicitações; é possível requisitar esse serviço através do site natalvacinacaoidosos.lais.huol.ufrn.br “, destaca Juliana Araújo, diretora do Departamento de Vigilância em Saúde de Natal.

A campanha continua até 22 de maio de acordo com o cronograma pré-estabelecido pelo Ministério da Saúde, sendo de 16/04 a 08/05 destinada a profissionais das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários; de 09/05 a 22/05 voltada a professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, grávidas, mães no pós-parto até 45 dias, pessoas de 55 a 59 anos sem doenças crônicas, pessoas com deficiência e população indígena em geral. Mais de 250mil pessoas estão aptas a receber a vacina em Natal.

Opinião dos leitores

  1. Cadê a preocupação com o Coronavírus? Se já haviam filas de espera dentro dos veículos, e que chegavam até uma hora, porque sujeitar idosos ao confinamento dentro de um unidade de saúde para escapar do sol e da chuva? A coisa está feia para os idosos, pois correrão o risco de adoecer pegando calor e chuva além do risco de contágio do Coronavírus dentro da própria unidade de saúde.

    1. Nem todo idoso tem carro pra seguir no esquema drive thru, que funcionou bem. Qual a sua sugestão? Ficar só apontando problemas imaginários é irresponsabilidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Cosern desativa gato de energia em pousada na praia de Ponta Negra

Foto: Divulgação/Cosern

Equipes técnicas da Cosern, com apoio da Polícia Militar, identificaram e desativaram uma ligação clandestina de energia elética (o popular “gato”) numa pousada na praia de Ponta Negra, zona sul de Natal, na manhã desta sexta-feira (06).

O proprietário da pousada foi preso em flagrante pela Polícia Militar e conduzido para prestar depoimento na Delegacia de Plantão da Cidade da Esperança.

O “gato” de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena para o responsável pela fraude pode chegar a 08 (oito) anos de reclusão.

Com a ação de hoje, subiu para 14 o número de pessoas presas em flagrante em todo estado cometendo a irregularidade.

Neste mesmo período, o volume de energia recuperado pela Cosern com a “Operação Varredura” seria suficiente para abastecer, por exemplo, os municípios de São Gonçalo e Parnamirim, juntos, durante 30 dias (cerca de 331 mil residências).

Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode provocar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos.

A população pode denunciar as fraudes, de forma anônima e segura, no telefone 116 ou no site da Cosern.

Com informações da Assessoria da Cosern

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Cosern desativa 04 “gatos” de energia em fazenda de camarão, criadouro de peixes e plantio irrigado em São Gonçalo do Amarante

Fotos: Cosern/Divulgação

Equipes técnicas da Cosern, com apoio da Polícia Militar, identificaram e desativaram 04 ligações clandestinas de energia (o popular “gato”) que abasteciam de forma irregular uma fazenda no Distrito de Guanduba, zona Rural de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana de Natal, na tarde desta quinta-feira (10).

No local, a energia elétrica furtada abastecia as bombas de água utilizadas na criação de camarão, peixes e no plantio irrigado de capim, bananeiras e hortaliças. As equipes técnicas da Cosern recolheram cerca de 3 mil metros de cabos e fios e um medidor não cadastrado no local.

O “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode provocar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos.

A ligação clandestina de energia elétrica é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena para o responsável pela fraude pode chegar a 04 (quatro) anos de reclusão. De janeiro até agora, 12 pessoas já foram presas em flagrante em todo estado cometendo a irregularidade.

No primeiro semestre de 2019, a Cosern já fez 34.847 inspeções e identificou e desativou 4.291 ligações clandestinas em todo estado por meio da “Operação Varredura”. Com essa ação, o volume de energia recuperado pela concessionária seria suficiente para abastecer, por exemplo, os municípios de Pau dos Ferros e Extremoz durante um mês (ou cerca de 147 mil residências).

A população pode colaborar com a “Operação Varredura” denunciando as fraudes, de forma anônima e segura, no telefone 116 ou no site da Cosern.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *