FOTO: Professor entra armado com besta na Secretaria de Educação do Distrito Federal e é detido

(Foto: Ana Rayssa/CB/D.A. Press)

Um professor de música de 53 anos foi detido, nesta sexta-feira (15), após chegar armado ao prédio da Secretaria de Educação do Distrito Federal e pedir para falar com o responsável pela pasta, Rafael Parente.

A segurança do órgão agiu e o deteve. A Polícia Militar foi acionada e o homem, levado algemado. Em seguida, o prédio onde funciona a secretaria, no Setor Bancário Norte, foi isolado.

Informações da secrearia são de que o homem estava armado com um facão e uma besta, arma que lança flechas e também foi utilizada no ataque à Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), na última quarta-feira (12/3).

Segundo a Polícia Militar, o fato de o professor estar muito alterado e parte da besta ter sido vista fez com que os seguranças agissem e acionassem a corporação.

Professor afastado

O incidente foi confirmado por Parente por meio do Twitter. Em uma segunda mensagem, também na rede social, o secretário informou que o professor foi afastado por determinação do governador em exercício, Paco Britto.

A Secretaria de Estado de Educação do DF emitiu nota. Leia:

“A Secretaria de Estado de Educação do DF informa que um professor, armado com uma faca e uma besta com cinco setas, entrou na Sede I do órgão, no Ed. Phenínia, Setor Bancário Norte, no final da manhã desta sexta-feira (15). Ele subiu até a assessoria do gabinete, no 12ª andar. Funcionários perceberam o cabo da besta para fora da mochila que ele carregava e acionaram a Polícia Militar. Dois policiais chegaram rapidamente e o renderam. O professor não chegou a utilizar as armas. A ocorrência foi registrada na 5ª Delegacia de Polícia.”

Correio Braziliense

 

Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal cassa o registro do ‘Doutor Bumbum’

Denis Cesar Barros Furtado, o “Doutor Bumbum” – Reprodução

O Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) cassou nesta quinta-feira o registro do médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como “Doutor Bumbum”, em um processo ético-profissional. A decisão ainda deve ser submetida ao Conselho Federal de Medicina (CRM), e cabe recurso. O médico, que está foragido, é acusado de provocar a morte da bancária Lilian Calixto, de 46 anos, após um procedimento estético dentro de um apartamento na Barra da Tijuca.

Em março de 2016, o “Doutror Bumbum” foi alvo de uma interdição cautelar para o exercício da profissão, a qual foi suspensa três meses depois pela Justiça. O CRM-DF informnou que o processo é sigiloso e não deu detalhes sobre o caso. O médico também possui registro profisional no CRM de Goiás.

” Estão sendo cumpridos os prazos e as etapas administrativas previstas na legislação competente”, diz a nota do conselho.

Uma das denúncias feitas no conselho é referente ao procedimento de “cura neural”.

BUSCAS EM SÍTIO

Policiais do 10º BPM (Barra do Piraí) realizaram nesta quinta-feira buscas em uma fazenda e um hotel em Vassouras, no Sul Fluminense, para tentar localizar o médico conhecido como Dr. Bumbum, que está foragido. Os agentes fizeram buscas na Fazenda Santa Lúcia e no Santo Hotel, que pertencem ao empresário Carlos César Matosso Furtado, pai de Denis. Dr. Bumbum não foi localizado, mas o pai confirmou que o filho esteve no local na quarta-feira, dia 11.

Os agentes chegaram a entrar na fazenda e observaram várias pessoas dentro da casa, inclusive uma mulher loira que parecia com a mãe de Dr. Bumbum. Ela também é médica e está foragida. Maria de Fátima Barros, de 66 anos, estudou medicina em Vassouras. Ela também teve o registro cassado, pelo Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal.

Na quarta-feira, a advogada Naiara Baldanza, que defende o médico, afirmou que o seu cliente pretende se entregar, mas não revelou onde e quando isso vai acontecer. Naiara não respondeu porquê Denis atendia sem registro, realizava procedimentos em casa, nem sobre as investigações que vieram a tona depois da morte bancária.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    O fato do mesmo ter registro no CRM do Distrito Federal não o Habilita automaticamente a atuar no Rio de Janeiro, ele para isso teria que possuir uma inscrição secundária, se não tinha mais um erro profissional.

Bolsonaro lidera corrida presidencial no Distrito Federal

O pré-candidato à Presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro (RJ), durante ato de filiação ao PSL (Partido Social Liberal), na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF) – 07/03/2018 (Mateus Bonomi/AGIF/Folhapress)

Jair Bolsonaro lidera a corrida presidencial no Distrito Federal. É o que mostra um levantamento do Paraná Pesquisas.

No primeiro cenário, sem Lula, o deputado teria algo em torno de 25,2% das intenções de voto, contra 14,3% de Marina Silva e 10,5% de Ciro Gomes.

Caso o ex-presidente Lula concorra, Bolsonaro apareceria com 24,3%, contra 21% do petista.

A pesquisa foi registrada no TSE sob número 23.549/2017.

Radar On-Line, Veja

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. natalsofrida disse:

    Petistas sem noção, é melhor JAIR ACOSTUMANDO. Ladrão não terá vez no governo do capitão Pau nos vagabundos!!!

  2. Jadson disse:

    Vendo essa notícia, me surgiu uma grande dúvida. Se eleito, ele será a repetição de Jânio ou Collor?

  3. VALTER disse:

    NUNCA TINHA OBSERVADO BOLSONARO, MAS DE DEPAREI COM O SEGUINTE:
    RAZÕES PARA VOTAR NO BOLSONARO!
    1- O LULA ODEIA ELE;
    2- A DILMA ODEIA ELE;
    3-O PT ODEIA ELE;
    4- A ESQUERDA BRASILEIRA ODEIA ELE;
    5- O CIRO GOMES ODEIA ELE;
    6- O JEAN WILLIS ODEIA ELE;
    7- O AECIO NÃO GOSTA DELE;
    8 – FHC NÃO GOSTA DELE;
    9- PARTE NO SUPREMO ODEIAM ELE;
    9-A GLOBONÃO GOSTA DELE;
    10- MARIA DO ROSÁRIO ODEIA ELE;
    11 – RENAN NÃO GOSTA DELE;
    12 – A FAMÍLIA SARNEY TEM RESTRIÇÕES A ELE;
    ENTÃO CONCLUI QUE ELE É O CANDIDATO E MERECE MEU VOTO.

    • Luladrão disse:

      Concordo. SE o PT não gosta, é sinal de que Bolsonaro é o Presidente ideal.

  4. AUGUSTO CÉSAR disse:

    AQUI EM NATAL, MEU VOTO É DELE!!!!!!

    • Antônio Morais disse:

      Sem Stevenson no PSL, BOLSONARO deverá lançar nome de notoriedade ao senado no RN.