Polícia

DJ Ivis é indiciado por mais dois crimes, além da agressão à ex-mulher

Foto: Reprodução

Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, foi indiciado pela Polícia Civil do Ceará por mais dois crimes, sendo aos todo por lesão corporal, injúria e ameaça; ele também vai responder por agressão à ex-mulher, Pamella Holanda, pelo qual já está preso há quase 15 dias no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, na Região Metropolitana de Fortaleza. DJ Ivis, foi preso no dia 14 de julho.

Um novo inquérito policial, portanto, será aberto para investigar essas novas denúncias e eventualmente poderá ocorrer um outro pedido de prisão contra DJ Ivis, conforme chegou a afirmar o secretário da Segurança Pública, Sandro Caron.

(Correção: o G1 errou ao afirmar que DJ Ivis responderia por mais três crimes, além da denúncia de agressão. Ele vai responder por um total de três crimes, conforme a Polícia Civil. O erro foi corrigido às 6h58.)

DJ Ivis está detido em uma área de triagem no presídio, de acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) do Ceará. Ele está em uma situação especial de segurança para que seja garantida a integridade física, uma vez que o caso teve grande repercussão.

O caso das agressões praticadas por DJ Ivis veio à tona depois que Pamella Holanda publicou vídeos nas redes sociais onde aparece sendo agredida de diversas formas e em vários momentos diferentes pelo artista. As agressões aconteceram na frente da filha e de outras duas pessoas, a mãe dela e um funcionário do produtor musical. As imagens foram divulgadas por Pamella no dia 11 de julho.

Ivis exibia fotos íntimas da ex

A digital influencer Pamella Holanda revelou, em entrevista exclusiva ao Fantástico que o ex-marido exibia fotos íntimas dela ao amigo Charles, que o cantor considerava como “braço direito”.

Charles também presenciou Ivis agredir a ex-mulher e não reagiu. Em entrevista na semana passada, ele disse que “travou” e não conseguir protegê-la.

“A gente começou a discutir porque ele mostrou uma foto minha íntima para o Charles, para esse amigo dele. Eu pergunto o que é, volto pra cozinha e ele continua. Até a hora que eu vou e é a hora que ele me agride”, disse Pamella.

Em outro trecho da entrevista ela relata uma das agressões.

“Depois ainda ele me solta e eu ainda vou pra cima dele, mas ele se esquiva; depois, quando eu dou as costas, ele me dá um soco, me dá um chute, me deu um soco nas costas que eu caí no chão e fiquei sem conseguir respirar”, completa.

(mais…)

Opinião dos leitores

  1. Boa parte das mulheres hoje se cuidam pra arranjar um dj Ivis da vida, um rapaz que tem dinheiro, que ostenta e que pode lhe proporcionar uma vida de luxo. Isso é fato. A mulherada devia escolher melhor com quem vai se relacionar, as vezes o cara que rala e que nao tem “posses” tem algo que vale muito mais: dignidade e respeito. Ps: a culpa não é e nunca vai ser da vítima.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Joice descarta participação de marido no que classifica como ‘atentado’: “Não sou mulher de malandro e seria a primeira a denunciar”

FOTO: YOUTUBE/ REPRODUÇÃO – MONTAGEM R7

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) descartou, nesta sexta-feira (23), a participação de seu companheiro, o neurocirurgião Daniel França, no atentado que diz ter sido vítima.

Joice informou que sofreu fraturas no rosto e na coluna em um incidente ocorrido em seu apartamento funcional em Brasília, no último domingo (18). De acordo com o texto, a deputada “acordou já caída no chão do corredor, entre o quarto e o banheiro, com o rosto em uma poça de sangue, sem saber exatamente o que aconteceu”.

Do chão, ela conseguiu chamar o marido – o neurocirurgião Daniel França, que estava no apartamento, mas tinha dormido em outro quarto – para socorrê-la e prestar os primeiros socorros.

Nas redes sociais, usuários questionaram a atuação do neurocirurgião. Um membro disse que França deveria ser o principal suspeito “até que câmeras e a investigação mostrem o contrário”.

“Esse tipo de ilação só ajuda os criminosos. Não vou permitir injustiças e calúnias em cima de gente decente, honesta, nobre, em cima de um homem que daria a vida por mim. Isso é pura canalhice especulatória”, rebateu Joice.

A deputada disse que os homens, inclusive, deveriam fazer curso com França. “Um lord que nunca sequer levantou a voz para mim, que abre a porta do carro, puxa a cadeira para eu sentar, me espera com flores e uma taça de champanhe sempre que pode em casa”, contou.

“Não sou mulher de malandro e seria a primeira a denunciar qualquer agressão, seja de marido, irmão, pai, ou quem quer que seja. Meu marido médico foi quem me socorreu. Se estou viva e não afogada numa poça de sangue é por ele”, completou.

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) prestou solidariedade a Joice, questionou o “sono” do marido da deputada e disse que o caso é muito complicado. A parlamentar respondeu o colega ao avaliar que não tem o “perfil de mocinha indefesa que sofre violência doméstica”. “Eu enfrentaria e denunciaria. Ademais, é fácil eu dar uma sova nele caso tentasse algo.”

Exames constaram traumas pelo corpo (joelho, costela, ombro e nunca), cinco fraturas na face e uma na coluna. A segurança no apartamento da parlamentar foi reforçada. Joice desconfia ter sofrido um atentado e, por isso, acionou o Departamento de Polícia Legislativa para abrir investigação sobre o caso. As imagens da câmera de segurança do edifício devem ser analisadas.

R7

 

Opinião dos leitores

    1. Como é chifrudo, essa senhora aparece com uma história dessas mais que braba e tu vem falar asneiras, deixa de ser imbecil, chegue em casa assobiando alto, seu problema está no armário.

  1. Vários pontos obscuros… Havia uma pessoa no apartamento e não ouviu nada… A pessoa é agredida brutalmente e não lembra de nada… O caso só é comunicado muito tempo depois… A pessoa que socorreu apesar de médico e da gravidade dos ferimentos, não acionou uma ambulância…

  2. Agredida ou acidentada ela foi, as marcas ficaram, afirmar que está muito estranho está facil. Esses prédios não dispõem de segurança? Alguma porta foi arrombada? Cameras existem? A razão da demora em comunicar a policia e a mídia? Porque polícia legislativa? Com tantas agressões e tão contundentes, ninguém escutou nada ou ouviu nada? Que sono danado esse do marido? Tantos traumas não se produzem em tempo recorde? Deus perdoe, tudo muito estranho, mais nada difícil de descobrir, a não ser que alguém queira esconder ou esteja mentindo.

  3. Muito estranho, aconteceu no domingo e só na terça foi que levou o caso a público! Sei não…

    1. Não era nem pra ter levado.
      Vai se dar mal.
      Essa história tá muito mal contada.
      Vcs vão vê.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Fátima confirma afastamento de PMs em episódio de agressão em mulher para apuração de responsabilidades: “Uma cena abominável”

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, usou as redes sociais na tarde desta sexta-feira(16) para comentar uma ocorrência que resultou em agressão de um policial militar contra uma mulher no interior. “Assim que tomei conhecimento do episódio lamentável que ocorreu ontem em Santo Antônio liguei para o secretário de Segurança Pública, Cel Araújo; o comandante da PM, Cel Alarico; a delegada-geral, dra Ana Cláudia, e determinei que fossem tomadas as providências imediatas para apuração e punição dos responsáveis”, disse. (VEJA MAIS – VÍDEO FORTE: Policial militar agride mulher durante atendimento a caso de violência doméstica no interior do RN).

A governadora ainda emendou:

“Uma cena abominável que agride não só a nós, mulheres, mas a uma sociedade atenta a um contexto que, infelizmente, continua a nos horrorizar e a nos indignar”.

A governadora reforço que medidas já foram adotadas, com afastamento dos policiais envolvidos na ocorrência, para apuração das respectivas condutas,com direito de defesa, como determina a lei.

“Não mediremos esforços e seguiremos firmes para tornar o Rio Grande do Norte um Estado livre do feminicídio, onde as mulheres possam viver com dignidade e sem violência”, finalizou.

Veja post da governadora abaixo:

Opinião dos leitores

  1. E se cala quando bandidos assassinam policiais.
    Isso é discurso de bandido.
    A chefe da polícia do RN não incomodar-se com a morte de seus subalternos!
    Tem coisa errada aí.

  2. do poder hemana do povo e povo tem os governantes que merecem .horrivel a sena mas não tem comparação com os policias mortos e não temos a mesma msg da governadora .

  3. Se a governadora cala, é criticada.
    Se toma providências, também o é.
    Se manda apurar, tá perseguindo a polícia.
    Se não, tá protegendo.
    Resumindo: ela tá reeleita, pq o povo sabe que ela agiu certo. Até 2026!

  4. Essa Governadora Medíocre, só aparece para jogar para platéia, no casos dos PMs assassinados cruelmente, não mereceu uma linha sequer. Acho que pra ela, vida de policiaís não importam.
    O Secretário de Segurança pública e o Comandante Geral, até hoje estão Surdos e mudos. Poderiam fazer um favor a sociedade, entregarem os cargos.

  5. Fátima Bezerra não se manifesta quando um policial é assassinado,ou se o faz, é bem tardiamente. Mas se for contra às polícias, é numa rapidez incrível. Não estou aqui diminuindo o crime ora noticiado, mas ela usa dois pesos e duas medidas. Ela nunca gostou das forças de segurança. Ninguém duvide da força que possuem a PM, os BMs e a PC, juntos.

  6. Continua sem dar um piu sobre os policiais militares que perderam a vida.
    Como é que fica os familiares desses servidores públicos assassinados desgovernadora.
    Dê um piu aí comunista.
    Preste pelo menos as famílias enlutadas.
    Faça uma ação.
    É facil e Simples.
    Basta querer.
    Vou dizer uma coisa.
    Tudo por ideologia política.
    Deixam de ser humanas.
    Mas pra quem deixou mais de 900 pessoas morrerem numa fila, a questão desses policias, é fichinha.
    PQP…

    1. O policial estava certo,a mulher e uma bandida mesmo atacou o policial devia ter levado era um tiro de fuzil está vagabunda maconheira

  7. Engraçado. Quando é a polícia que era, noosaaaa. Fica indignada nas redes sociais e imediatamente solicita providências. Agora quando é um cidadão de bem ou policial morto , não diz um piu. Não tem indignação, e nada é feito.

  8. Só sabe quem está la na hora, fardado dentro de uma viatura, falar de dentro de um gabinete é muito fácil, que o policial responda pelos seus erros, mas seria bom que a governadora e o secretario fossem rápidos também na hora de dar resposta aos bandidos quando matam policias. lamentável a covardia desse governo.

  9. Sergio vc é gado mesmo. Ao afastar o Policial ela não está pedindo para apurar e se comprovado a culpa (que já está comprovado) o PM seja punido. É gado mesmo.

  10. Não sei o que ocorreu nesse caso, então não tenho que dizer.

    Mas é inacreditável que ela apareça agora, mas morrem policiais um atrás do outro e ela não diz nada. Não se pronuncia. Não dá uma palavra. Não aparece nos velórios. Não consola as famílias. Sendo ELA a chefe da polícia!

    É muita crueldade.

  11. É muita safadeza dessa governadora, uma quenga dessa agride a polícia joga pedras na viatura vai presa, e essa governadora quê punir os policiais, agora, se essa quenga têm dado um tiro uma facada no policial essa governadora ficava bem caladinha,

    1. Você é uma desgraça de pessoa, a mulher chamou a polícia porque o lixo de marido dela estava agredindo-a. Daí apanhou da polícia com um BEBÊ no colo. Você com certeza faria a mesma coisa, seu desgraçado.

    2. Ei D. Paula.
      Não se trata disso.
      Ninguém está defendendo o policial.
      Sr errou tem que ser punido.
      Se….!!!!
      Já policias foram assassinados, e esse Fátima GD paraibana não dá um piu.
      Entendeu??
      Ou quer que desenhe?
      É imoral esses esquerdopatas invencíveis.
      Um bando de sem futuro, pregando o inverso e vc emprenhada pelos ouvidos, sem saber diferenciar o joio do trigo.
      Presta atenção mulher.
      Vc tá votando contra se mesmo.
      Esse povo, não tem o que te dá.
      No maximo, um PF ou um Pão com mortadela.
      Vc deveria se indignar, ao invés de defender esses crapulas.
      Entendeu?
      Entendeu??
      Entendeu???
      Nãaaaao????
      Então vote em Lula ladrão da Silva.
      Pronto!!!
      Vc está se condenando ao atraso.

  12. Acho interessante, quando matam policiais essa Comunista não se expressa nas mídias…Mas quando um policial reage a um desacato essa incompetente quer aparecer…Se o policial errou que seja punido…Esse Governo do mal só sabe fazer sensacionalismo barato…

    1. Na primeira parte da sua postagem concordo com vc. Já na segunda não! A polícia pode até prender por desacato mas não bater se não houver resistência, ainda mais numa mulher com um bebê no colo! As imagens da agressão covarde do PM são claras e totalmente desnecessárias.

    2. Deixa de falar 💩 gado imundo!
      O policial não reagiu, ele agrediu uma Mulher..
      Você pelo jeito é macho com Mulheres também né!?
      Mas deve ser uma tchutchuca com outro macho.

    3. pois é amigo, policiais morrendo e a governadora junto com o secretario calados, sem dar resposta a altura a esses bandidos, mas pra punir um policial que erra são bem rápidos. lamentavel.

    4. policial ainda anda armado e tem com se defender. Ruim é o cidadão q não tem arma.

    5. Ze tomaz sempre tomando.
      Kkķkkkkkk
      É um Ze gado mesmo, ou seria un entregador de pizza??
      Vai contar quantos postes tem na via costeira jagunço digital petista.
      Tá ganhando pra ser besta né??
      Seu boi tabaco.!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

VÍDEO: Novas imagens mostram agressões de advogados a jornalistas na porta da plantão zona sul de Natal

O Via Certa Natal destaca nesta terça-feira(13) novas imagens que mostram agressões de advogados a jornalistas na porta da plantão zona sul de Natal na noite dessa segunda-feira(12). Segundo imagens divulgadas pelo canal Via Certa Natal, jornalistas de diversas emissoras faziam cobertura de uma prisão de uma advogada que teria sido detida no presídio de Alcaçuz recebendo um bilhete de um apenado que seria endereçado a um chefe de facção com informações sobre o tráfico de drogas e de entrada de entorpecentes no presídio. A advogada foi detida por policiais penais e encaminhada para o flagrante. Entenda mais AQUI.

Confira imagens abaixo:

Opinião dos leitores

  1. Interessante que assitindo os videos, se ver claramente que um cidadão de camisa vermelha empurra um advogado que está na frente do grupo, e esse cidadão sai correndo exatamente para agredir esse advogado e apenas após essa agressão é que o grupo de advogados se dirige a esse cidadão de camisa vermelha. A pergunta é se o vídeo não mente, a agresssão não partiu dos advogados e sim desse cidadão de camisa vermelha. Outro ponto é, se era um bilhete que estava com um preso, quem entregou ao preso o papel e a caneta para ele escrever dentro da cela e trazer para entregar a advogada? A advogada tem o contato pessoal com o preso ou fala com ele através de interfone, separados por um vidro fechado e uma parede onde nada pode passar de um lado para o outro? quem tem o contato direto com o preso é a advogada ou os policiais penais? Se tem que cortar na própria carne como a Presidente do Sindicato relatou, vai ser aberta investigação na unidade prisional para identificar quem entregou a caneta e o papel ao preso e será esse cidadão punido?

  2. Os advogados são os piores !!! So vai ser honesto no dia que forem condenados juntos a seus clientes por ser cúmplices, pq pra mim uma pessoa que sabe que vc cometeu um crime e te instrui a criar álibis ela e tão criminosa quanto ou no mínimo cúmplice!!!

  3. Os pedidos não foram entregue e portanto qualquer condenação ficou prejudicada. A Policia é uma ineficiência de fazer dó, pois só era esperar mais uns dias e pegava a advogada e o chefe da facção. Aí não tinha defesa.
    Nesse caso ela obrigatoriamente vai ser posta em liberdade, se já não foi.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

VÍDEO: Advogados partem para agressão contra jornalistas em saída de delegacia de Natal

Na noite dessa segunda-feira um episódio violento entre advogados e jornalistas foi registrado na Central de Flagrantes Zona Sul em Natal.

Segundo imagens divulgadas pelo canal Via Certa Natal, jornalistas de diversas emissoras faziam cobertura de uma prisão de uma advogada que teria sido detida no presídio de Alcaçuz recebendo um bilhete de um apenado que seria endereçado a um chefe de facção com informações sobre o tráfico de drogas e de entrada de entorpecentes no presídio. A advogada foi detida por policiais penais e encaminhada para o flagrante.

Segundo relato policial, a profissional estaria em um parlatório, com um detento do presídio Rogério Coutinho Madruga – conhecido popularmente como Pavilhão 5 de Alcaçuz – em Nísia Floresta, na Grande Natal, quando os policiais penais flagraram o homem mostrando um bilhete para ela.

No papel, havia orientações sobre o tráfico de drogas e inclusive para entrada de entorpecentes no presídio dentro de tubos de creme dental.

O preso – um homem de 33 anos apontado como líder do tráfico de drogas em um bairro da Zona Sul de Natal – ainda chegou a rasgar o bilhete, que foi “remontado” pela polícia.

Na saída da delegacia ao tentarem entrevistar a advogada, os profissionais de imprensa sofreram agressões com socos e empurrões dos advogados de um grupo intitulado Grupo de Apoio e Valorização da Advoacia – GAVAC que atua de forma independente da OAB-RN e que estiveram na ocorrência.

Os equipamentos de cinegrafistas quase foram danificados e na saída em um carro quase um profissional foi atropelado.

Os profissionais de imprensa fizeram um boletim de ocorrência contra o presidente do GAVAC.

Veja vídeo abaixo:

Justiça Potiguar, com informações do G1-RN

Opinião dos leitores

  1. Até no blog os comentários são cortados, imagina os adevogados, esses se acham um micro deuses.

  2. Porque não divulgam o nome do traficante e da advogada ? Porra , é por isso que esse país é uma vergonha. Só pobre se fode, nessa porra !

  3. Tudo isso no pátio de uma delegacia, a policia deveria ter chamado todos para dentro da delegacia e dá voz de prisão.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Mulher de DJ Ivis explica detalhes da agressão. Ouça áudio

Foto: Reprodução

A coluna Leo Dias acompanha de perto o caso de agressão cometido por DJ Ivis contra a mulher Pamella Holanda, de 27 anos e mãe de Mel, de apenas 9 meses, fruto do relacionamento do casal. Com exclusividade, tivemos acesso aos áudios da moça relatando os momentos em que foi agredida (veja abaixo).

“A primeira vez que ele me bateu foi quando eu estava grávida. Ele é extremamente explosivo e agressivo. É um cara que não tem paciência com nada e explode com tudo. Ele não é nada do mostra e aparenta nos stories dele todo alegre. Ele é assim com todo mundo, e todos sabem”, começa ela.

“Me batia dentro de casa, me deixava sem dinheiro, cartão e comida. Barrava até a farmácia na portaria,” disse ela.

Pamella relata sobre a relação e como começou a confusão após a chegada de Ivis de uma viagem: “Eu sempre pegava ele em conversa com outras mulheres, até dentro do banheiro em chamada de vídeo. Um dia deitei com ele na cama e resolvi mostrar o print da traição que rolava em grupos do WhatsApp. Foi na hora que ele quebrou meu telefone, jogou na porta e veio pra cima de mim”.

“Tentou me estrangular no banheiro e na cama. E o tempo todo dizendo que iria fazer uma besteira, que iria me matar. Me deu uma cotovelada no olho, me encheu de socos nas costas. Fiquei cheia de hematomas,” continua ela afirmando que está tudo no exame pericial.

Ela ainda revela que a mãe do DJ saiu em defesa do filho. “Ele quebrou meu telefone, me espancou, a mãe e a babá ouviram. A mãe dele chegou a dizer que não tinha nada em meu olho e que eu ficasse calada, porque eu tinha tudo”.

A coluna repostou cenas fortes de câmeras da casa onde viviam divulgadas por Pamella no último domingo (11/7). Ela leva chute, tapas e socos em frente a filha.

Coluna Léo Dias – Metrópoles

 

Opinião dos leitores

  1. Isso é um verme que deveria ser pisado pela população.

    Covarde, safado.

    A justiça é falha em relação a um ser dessa natureza que por sua vez já era para estar preso. Crime sem fiança.

  2. É mulherada, tornem-se independentes financeiramente, quanto mais submissas, principalmente financeiramente, mais sofrimento.

  3. Isso é um safado, covarde. Cadê que ele vai pra cima de um homem, dar uma de arrochado? Vai uma p…. . Um frouxo , covarde da pior espécie. Além da cadeia, ele merecia um bom aconselhamento físico, cabra de peia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homem é preso em flagrante após agredir mulher até desmaiar em rodoviária da Grande Natal

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN noticia nesta quinta-feira(03) uma ocorrência policial de uma mulher que foi agredida com socos e chutes e acabou desmaiando após cair a bater a cabeça, na noite dessa quarta-feira (2), por volta das 20h, na rodoviária de São José de Mipibu, na Grande Natal. Na ocasião, testemunhas acionaram a Polícia Militar, que prendeu o companheiro da vítima ainda no local do crime, no saguão onde passageiros aguardam os ônibus, no terminal.

Segundo o G1-RN, a PM prestou o apoio à vítima e fez a condução do agressor até a Delegacia Especializada na Defesa da Mulher, onde descobriu que o homem já tinha passagem por outro crimes. Ele foi autuado em flagrante.

Opinião dos leitores

  1. caso volte ao presídio terá toda regalia e favorecimento da podre lei de execuções penais. Inclusive motel/visita intima às custas do contribuinte.

    1. Pode bater não, se bater vão quebrar ônibus, fechar rodoviária kkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Filipinas ordena volta de embaixadora por ter agredido doméstica no Brasil

A embaixadora das Filipinas no Brasil, Marichu Mauro – 26/10/2020 Reprodução/Divulgação

O governo das Filipinas ordenou, nesta segunda-feira, 26, o retorno de sua embaixadora no Brasil, Marichu Mauro, após um vídeo no qual a diplomata agride fisicamente uma empregada doméstica ter sido divulgado.

“O Departamento de Relações Exteriores ordenou que a embaixadora da Filipinas no Brasil volte imediatamente após a publicação de algumas imagens em vídeo que a mostram repreendendo e maltratando sua empregada doméstica”, diz o comunicado. O governo filipino abriu uma investigação para apurar o ocorrido.

Receba as novidades e principais acontecimentos, bastidores e análises do cenário político brasileiro. Inscreva-se aqui para receber a nossa newsletter

A ordem do governo filipino ocorre no dia seguinte a divulgação das imagens de uma câmera de segurança pela emissora brasileira GloboNews. O vídeo mostra Mauro agredindo repetidamente a funcionária que trabalhava na residência oficial da embaixadora em Brasília.

A denúncia das agressões contra a funcionária ocorreu em agosto. As imagens só vieram à tona após a volta da doméstica para as Filipinas, que, segundo o governo local, ocorreu no dia 21 de outubro. “Vamos garantir seu bem-estar e cooperação na investigação”, disse o departamento.

De acordo com a emissora, um outro funcionário da embaixada viu as cenas pelo circuito interno de televisão e as organizou para fazer uma denúncia contra a diplomata de carreira.

Mauro chegou ao Brasil há dois anos e meio, tendo sido recebida pelo então presidente, Michel Temer. A embaixadora também representava seu país na Colômbia, Guiana, Suriname e Venezuela.

Veja

Opinião dos leitores

  1. Era bom ela levar uma surra na rua antes de ir embora. Muitos filipinos na mesma situação, esse não é um caso isolado !

  2. Filipinas não alivia couro de gente pela patente. Essa deve levar uma pisa de cipó de broxa pra aprender a tratar pessoas hiporsuficiente .

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Homem agride covardemente mulher em frente de prédio

Um vídeo que corre no zap chegou como denúncia ao BG.

No vídeo, um homem agride uma mulher covardemente. Segundo as informações, as agressões teriam ocorrido em frente a um prédio no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal.

Se algum leitor tiver informações de quem é e detalhes do acontecido, vamos mostrar a sociedade quem é esse monstro.

Opinião dos leitores

  1. Monstro!!!! Na frente de uma criança, aparentemente parente da mulher que apanha, a criança corre pra cima dela no instinto de defendê-la.

    1. Errado …era pra ela ter chamado a polícia, nesses casos 100% acaba em morte , o lado mais fraco é a mulher indefesa , todos sofrem

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Vejam detalhes da agressão de empresário em bar em Natal nesse sábado

Foto: Reprodução

O Blog do BG tomou conhecimento que o agressor de um homem em um bar em Natal nesse fim de semana foi identificado como Daniane Jorge Vale, empresário;

Conforme imagens que circulam com grande repercussão em redes sociais e portais do Rio Grande do Norte, o agressor desfere um soco lateral na vítima, que estava de lado e mexia aparentemente no celular.

O agredido precisou ser socorrido, e confirmou que precisará colocar uma placa após afundamento da face, e que vai acionar o agressor judicialmente.

Segundo relatos no whastapp, o agredido disse que a agressão não tem justificativa, que não conhece o empresário, e que mesmo ele estando acompanhado de sua esposa, o homem teve uma crise de ciúmes achando que o mesmo estaria olhando para a mulher dele.

 

Opinião dos leitores

  1. Ele é famoso em fazer barraco, os amigos dele são do mesmo jeito, metidos a machões, essa não é a primeira vez! E se eu fosse a mulher dele sairia de perto desse monstro porque a próxima pode ser nela.

  2. Eu acho que quem te que analisar a vida, é a esposa dele. Porque ela tem um inseto em casa, um covarde capaz de comentar um ato desses. Sr. Daniane… tú és um fraco. Homem faz diferente…

  3. Boa tarde! Venho em nome da familia da vítima pedir que não fiquem colocando mensagens maldosas sem saber a versão verdadeira do ocorrido. Nós somos tementes a Deus e em minuto algum pensamos em justiça com as próprias mãos, ao contrário. Todas as medidas judiciais cabíveis serão tomadas em face do agressor. Repudiamos qualquer agressão contra o sujeito que praticou esse crime, que ele responda tudo na forma da lei. Quanto as alegações sobre uma eventual briga entre lojistas, essa não procede, A VÍTIMA NÃO É LOJISTA! Registramos que a vítima não conhecia o agressor, nem mesmo sabe o porque foi vítima de tamanha agressão.
    Diante desse cenario triste, pedimos apenas empatia e respeito. Agradecemos o apoio e compreensão de todos. Fiquem com Deus.

  4. Mandou um cara pro hospital pq "achou" que estava olhando pra mulher. Se você, Daniane Jorge Vale, estiver lendo isso, repense a vida que você está levando. Esse tipo de insegurança é tola. Se a sua mulher não quiser você mais, não será esse tipo de atitude que irá segurá-la.

    Infelizmente muitos homens acreditam que tudo se resolve com violência. Esse tipo de comportamento só tende a nos prejudicar e machucar as pessoas ao nosso redor. Se alguém compactuar ou apoiar atitudes como a desse cara, por favor procure ajuda.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bolsonaro diz que agressão a jornalista é coisa de “infiltrado” e de “algum maluco” e merece punição

Fotoarena / Agência O Globo

Um dia depois do ato na Praça dos Três Poderes com palavras de ordem contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF) e agressões a jornalistas, o presidente Jair Bolsonaro disse que a manifestação de domingo foi democrática.

Bolsonaro disse, nesta segunda-feira (4), que não viu jornalista sendo agredido, mas declarou que, se ocorreu, foi coisa de “infiltrado” e que a conduta do agressor merece ser punida.

“Eu não vi nada. Estava dentro do Palácio. Recriminamos qualquer agressão que porventura tenha havido. Se houve agressão, é alguém que está infiltrado, algum maluco e deve ser punido. Não existe agressão. Agora vaia e apupo é parte da democracia”, disse o presidente na portaria do Palácio da Alvorada.

Último Segundo – IG

Opinião dos leitores

  1. Até onde eu lembro na história do Brasil, a bandeira nunca foi vermelha e nem mesmo no governo do PT. Não vi revolução comunista ou socialista e nem movimento algum que levasse a isso. O que vejo são discursos rasos e fracos argumentos, junto a uma ignorância intelectual e interesses de pessoas que apenas substituíram outras e continuam fazendo a.mesma coisa ou pior. A infiltração que está correndo o Brasil é aquela que desagua dos corredores de Brasilia espalhando a água podre que corre nas veias dos que lá estão. E por favor não me venham com ESTÓRIAS de esquerda, de comunista e de Ptista, porque não me identifico. Mas me recuso a beber da fonte da ignorância coletiva que alguns bebem e querem que outros o façam a força através de argumentos pífios de mentes que não pensam.

  2. É não. Issoné uma reação do povo que não aquenta mais essa imprensa sebosa e sensacionalista que só pensa em deturpar a imagem.do presidente. E por causa de uns todos acabam pagando o pato. Lembrando que quando o pt estava no poder a imprensa também leva-va cassete.

  3. É a velha estratégia do "morde e assopra": o Capetão estimula a agressão do seu gado bravo e em seguida aparece para tentar amenizar as consequências irresponsáveis.

  4. Nossa bandeira é vermelha!!! E azul e branco…pq somos e sempre fomos o quintal do EUA… cloroquina ja foi que venha Remdsevan

  5. Qual o sentido de uma manifestação política com presença do presidente da República, na rampa do Palácio do Planalto – sede do Poder Executivo nacional -, com pessoas brandindo bandeiras de países estrangeiros?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: Youtuber lésbica defensora de Bolsonaro sofre agressão homofóbica brutal

Foto: Reprodução

A youtuber Karol Eller, conhecida por ser defensora do governo Bolsonaro, foi alvo de um ataque homofóbico que deixou seu rosto desfigurado.

Segundo o colunista Leo Dias, do Jornal de Brasília, a agressão ocorreu no último domingo (15) em um quiosque na Praia da Barra da Tijuca. Ela estava acompanhada pela namorada quando foi agredida a socos e pontapés. Chegou inclusive a desmaiar diante da brutalidade da ação, segundo o relato do jornalista.

Karol Eller se pronunciou sobre o caso em sua página no Instagram. Escreveu que estava sem condições de falar sobre o assunto.

Ela também publicou um vídeo, onde um amigo fala sobre sua situação: “Só um esclarecimento: a Karol está a base de remédios, não está enxergando muito bem, não pode falar direito e está em prazo de recuperação. Isso foi uma covardia que fizeram com ela. Ela está em estado de choque. Obrigado pelo carinho, vamos orar e torcer pela recuperação dela”.

Amigo da youtuber, o vereador Carlos Bolsonaro postou mensagens em seu Instagram e no Twitter com a foto de Eller após a agressão. “Vivemos onde palavras foram propositalmente inseridas como mais chocantes que isso abaixo, a seletividade da indignação, a desproporcionalidade dos fatos justificam seu ego. Gerações doutrinadas a serem frouxas e jamais reagir dentro da legalidade. Tudo montado em décadas!”

A deputada Carla Zambelli também se manifestou nas redes sociais: “Nosso mais absoluto repúdio à agressão praticada contra Karol Eller. Domingo, ela foi brutalmente espancada por um covarde enquanto estava com a namorada num quiosque na Barra da Tijuca. Exigimos que as autoridades punam severamente o responsável! #SomosTodosKarolEller”.

DEFENSORA DO GOVERNO BOLSONARO

Karol Eller tem 79 mil seguidores no YouTube e 239 mil no Instagram. Somadas, as duas redes totalizam 6.022 publicações.

Nas fotos, nos vídeos e nos textos, a youtuber aparece posando com o presidente Jair Bolsonaro, seu filho Eduardo, além dos ministros Sergio Moro, Paulo Guedes e Damares Alves.

Amiga próxima de Jair Renan, o caçula do clã Bolsonaro, Eller aparece com o rapaz em suas postagens na residência e no carro oficiais do presidente.

Recentemente, Eller também aproveitou para defender o presidente em entrevista no canal do YouTube de Antônia Fontenelle. “Para mim, ele foi a única pessoa que defendeu minha história. Eu tentava contar e ninguém me ouvia. Eu me sentia suja, me sentia errada. Eu era culpada daquilo e era do demônio. Ele [Bolsonaro] pode ser o Shrek, aquele ogro que o Brasil precisa. Você ser um político bonzinho, para abraçar, isso aí o Lula já foi”, disse.

Homossexual assumida, Eller disse na entrevista que não vê diferença entre homofobia e preconceito.

“Homofobia é alguém que não suporta alguém, ela é agressiva. Preconceito é quando você tem o pré-conceito da figura do gay. E conservadorismo é quando você não tem nenhum preconceito, mas também você não quer para o seu filho. Que pai que quer ter o filho gay?”, questionou, ressaltando que não falava em nome da comunidade LGBT.

Em seu Instagram, ela publicou um vídeo abraçando Damares Alves, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em 19 de novembro. Na postagem, a política elogia a youtuber: “Eu sigo ela, eu me inspiro nela, é uma mulher guerreira e valente”.

Eller devolve a gentileza: “Eu que me inspiro na senhora, o Brasil inteiro também se inspira. Parabéns pelo trabalho”.

Época

 

Opinião dos leitores

  1. Não vi nenhum apoiador de Bolsonaro comemorar esse ato repugnante, mas a turma do Lulinha paz e amor foi a loucura !!!

  2. Esses seguidores doentios de bolsonaro precisam se tratar. Não conseguem entender nada. Minha nossa!

  3. Vítima do próprio veneno, de qualquer forma deixamos toda solidariedade.
    Talvez esse episódio a faça repensar ela defender a cultura do ódio que representa o preconceito o racismo o machismo a LGTBfobia espalhada pelo grupo de Bolsonaro.
    Deixamos nossa solidariedade Karol Eller.

  4. Intolerância esquerdista, quem não seguir a cartilha vermelha merece paredão. São um bando de demagogos.

    1. Intolerância esquerdista?! KKKKKKK! Quem prega a intolerância e o ódio é a extrema-direita! Isso está parecendo mais "fogo amigo"!

    2. Intolerância sempre foi uma bandeira esquerdalha, desde os tempos que luladrão era derrotado, pichavam muros com FORA, IMPEACHMENT… Outras baboseiras, depois que assumiram o poder, se apresentam moderado, mais a intolerância está latente, e qualquer hora aflora, não conseguem segurar, aí já viu. No fundo são radicais.

    3. Dulce, você compara pichação de muros com essa barbárie que foi feita com quem professa sua mesma ideologia política?! Acho que você não deve saber o que realmente significa intolerância! Pois atos como este me deixam chocado e indignado, mesmo sendo praticado com defensora de Bolsonaro! Vocês, Minions, não tem empatia nem entre vocês! Depois ficam por aí dizendo que pregamos o ódio e a "intolerância"!

  5. Faz "arminha" que passa, chama o amiguinho do planalto que ele ajuda a resolver rapidinho.

    1. Não. Ela não fará isso. Vai esperar com os gays que apoiam a corrupção do PT façam algo.
      Opa… espera… Só fazem algo em favor de outros gays que apoiem a corrupção do PT.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Sessão em Câmara Municipal no interior do RN termina em agressão

Foto: Reprodução

É destaque no portal G1-RN. Uma sessão na Câmara Municipal de Umarizal, que fica a 340 km de Natal, nesta terça-feira (12), terminou com um vereador agredindo um blogueiro. Tudo foi registrado por uma transmissão ao vivo.

As imagens mostram o vereador Marcos Antônio (PSB) levantando, indo em direção e agredindo o blogueiro, Cleumy Cândido. Outros vereadores tentam separar os dois. Veja vídeo e reportagem completa clicando aqui.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Caso Neymar: em entrevista a revista, ex-marido de Najila confirma relato de agressão, mas nega estupro

Neymar e Najila Foto: REUTERS e Reprodução SBT

Estivens Alves, ex-marido de Najila Trindade, a mulher que acusa Neymar de agressão sexual, afirmou em entrevista à revista “Isto é” que a modelo não foi estuprada pelo jogador do PSG. Seu relato se baseia em conversas com a ex-mulher e no vídeo do segundo encontro entre ela e o craque da seleção, em Paris, ao qual Estivens teve acesso na íntegra. Ele confirmou, porém, os relatos de agressão.

O ex-marido de Najila conta que, após o primeiro contato entre os dois na capital francesa, a modelo relatara que Neymar havia sido “escroto” e “imbecil”. “Ela falou que ele tinha sido muito agressivo, mas não citou nada sobre relação sexual e estupro. Então, ela me disse que ia andar um pouco para esfriar a cabeça”, relata o Estivens.

“Estupro é uma palavra muito pesada. Estupro propriamente dito não houve. Essa é a conclusão do Estivens. Não houve estupro. No máximo houve um desentendimento entre ambos no meio da relação sexual. Ele assumiu que bebeu antes e pode ter ultrapassado o limite”, acrescenta.

O publicitário contou que teve acesso à íntegra do vídeo de 7 minutos do segundo encontro entre Najila e Neymar num hotel em Paris. Uma versão reduzida desse episódio, que vazou na internet nos dias seguintes ao escândalo, mostrava a modelo batendo no jogador. Ele narra o que diz ter visto nas imagens:

“Ela vai recebê-lo na porta [do quarto], beija e tudo. Vão para a cama. Ela dá um tapa nele. […] Ele recua um pouco e ela fala: ‘Você vai me bater. Não vai devolver?’. Ele se levanta e ela fala: ‘Você me bateu e me deixou aqui sozinha’. Nesse momento, ela se recolhe. Não dá para ver se está inclinada, não dá para saber se está caída ou abaixada. Mas dá para ouvir. Ele fala: ‘Linda, calma. Relaxa, relaxa’. Ele fica ao lado dela uns três minutos, tentando acalmá-la. Ele a levanta pelos braços, sem agressividade. Com as mãos nos bolsos ela começa a chorar. E pergunta: ‘Por que você fez isso comigo? Por que você me bateu e me deixou aqui?’. E chora. Ele pede calma repetidas vezes, sem responder às perguntas dela.”

E completa:

“Ele se mostra uma pessoa muito assustada com tudo que estava acontecendo, sem esperar por aquela reação dela. Até que ele consegue ter algum controle sobre a situação. Ele senta ela na cama e fala: ‘Eu não te falei que não conseguiria ficar com você. Lembra que eu te falei para trazer uma amiga? Era para você não se sentir sozinha. Eu tenho meus compromissos. Tenho que treinar, tenho meu médico, meus tratamentos e minhas campanhas’. Ela fala: ‘Me perdoa? Eu te machuquei? Eu não queria ter te machucado. Eu estraguei tudo’. Não tenho certeza, mas parece que ele pergunta o que poderia fazer por ela, que responde: ‘Quero ir embora, para minha casa’. Ele pega o celular, liga ou manda mensagem para alguém. Ela levanta, vai ao banheiro, onde estava o celular, e encerra o vídeo.”

O Globo

 

Opinião dos leitores

  1. Isso é coisa da mídia atrás de noticia e audiência.
    Não tenho procuração para defender Neymar, mas desde o começo q a coisa está toda dissimulada, com o intuito claro de se obter alguma vantagem com a situação.

  2. Eu não consigo entender o que o ex t com isso. Vai já ser convidado pra fazer novela.
    Noticias requentadas…..

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Jovem que acusou MC Reaça de agressão não está grávida, diz hospital

A jovem de 28 anos que, segundo a denúncia de familiares, foi agredida pelo músico Tales Volpi Fernandes, o MC Reaça, não está grávida. A gravidez, que teria motivado as agressões, conforme informações passadas à polícia, foi descartada em exames feitos no Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC), de Indaiatuba (SP), onde a mulher está internada e se recupera das lesões. O resultado foi divulgado nesta terça-feira, 4, pelo hospital, com autorização da paciente.

O cantor, de 25 anos, foi encontrado morto à margem da rodovia D. Pedro I, em Valinhos (SP), na tarde de sábado, dia 1º. A Polícia Civil acredita que ele cometeu suicídio. Em áudios gravados após as supostas agressões, MC Reaça fez menção à gravidez da namorada e pediu perdão à esposa e familiares.

O músico ficou conhecido por ter gravado músicas em apoio à campanha eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PSL). No domingo, dia 2, o presidente comentou a morte do artista em rede social e prestou condolências à família. Os filhos de Bolsonaro também fizeram postagens em redes sociais.

Em nota, a assessoria do hospital informou que a paciente autorizou a divulgar que ela não está grávida. “Somos impedidos por lei de comentar detalhes por se tratar de uma questão de sigilo médico/paciente, porém, devido a rumores, a vítima autoriza que seja esclarecido que, ao dar entrada na unidade hospitalar, foi realizado exame Beta HCG, cujo resultado é negativo, ou seja, não está grávida”, informou.

Ainda segundo o hospital, a paciente, que tem o nome mantido em sigilo por se tratar de vítima de violência, permanece internada, em estado estável. “Será necessário realizar uma cirurgia devido aos ferimentos sofridos, porém, ainda sem data definida, pois é preciso aguardar a diminuição dos edemas”, informou.

Estadão

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Empresa de cruzeiros marítimos é responsabilizada por agressão durante viagem, confirma justiça no RN

Os desembargadores da 2ª Câmara Cível do TJRN e à unanimidade de votos negaram a Apelação Cível n° 2017.020823-7 e mantiveram a condenação imposta a uma empresa realizadora de cruzeiros, nacionais e internacionais, a qual terá mesmo que indenizar dois clientes, por agressões sofridas no interior do navio. A sentença inicial se deu nos autos da Ação de Indenização por Danos Morais registrada sob o nº 0115416-30.2013.8.20.0001, que gerou a obrigação de pagar, a cada um dos autores da demanda, o valor de R$ 3 mil, a título de danos morais.

A empresa alegou, dentre outros pontos, que a responsável pelo ocorrido foi uma passageira do navio, que teria sido responsabilizada, tendo as partes firmado acordo judicial em processo que tramitou na 2ª Vara Federal e que, desta forma, não existiria ato ilícito praticado, o que resulta na necessidade de reforma da sentença para que seja extinto o feito sem resolução do mérito.

Contudo, para o relator do recurso, o juiz convocado Luiz Alberto Dantas, o Código de Defesa do Consumidor, no seu artigo 14, dispõe que “O fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos”.

A decisão também destacou que os autores, de fato, sofreram o ataque de outra passageira dentro da boate localizada no navio da empresa, tendo as partes feito composição civil no âmbito de processo de natureza criminal que tramitou na 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio Grande do Norte. “O que não impede aos autores de buscarem a reparação civil”, ressalta, ao apontar que ficou demonstrado pelos próprios autores e existindo nos autos, também, fotos, atestados, narrativa dos fatos e boletim de ocorrência, que deixam claro o ocorrido.

O juiz convocado pelo TJRN reforçou, mais uma vez, o fato de que uma terceira pessoa ter praticado a conduta geradora do dano não exclui a empresa de responsabilidade. “À vista da documentação acostada aos autos, restam configurados os danos morais alegados na exordial, em virtude da situação constrangedora ocasionada pelos fatos narrados, caracterizado o ilícito praticado pela empresa de cruzeiros marítimos apelante na omissão desta em prestar segurança de qualidade na boate do seu navio”, conclui.

TJRN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *