Esporte

Secopa assegura que cronograma da Arena das Dunas segue rigorosamente em dia

Em virtude das declarações dadas pelo secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, sobre a situação das obras da Arena das Dunas em Natal, o titular da Secopa RN, Demétrio Torres, assegura que a construção do novo estádio está seguindo rigorosamente o cronograma apresentado pelo Governo do RN e aprovado pela FIFA e COL (comitê Organizador Local, com sede no Rio de Janeiro) no início de 2011, que determina a conclusão da Arena das Dunas em dezembro de 2013.

“O cronograma que foi apresentado por esta gestão está sendo totalmente cumprido, posso dizer que até mesmo com certa folga, uma vez que em 2011 conseguimos adiantar todas as etapas previstas para o ano com 30 dias de antecedência, e agora estamos iniciando em janeiro uma etapa que estava prevista para ser iniciada apenas em meados de março, que é a instalação do bloco de coroamento para unir as estacas e levantar a estrutura a partir deles”, esclareceu o secretário Demétrio Torres.

Quanto à afirmação de que a cidade passará a ser monitorada diretamente pela entidade máxima do futebol, Torres explicou que Natal já conta com monitoramento direto da FIFA desde o início das obras, com a instalação de duas câmeras de vídeo que transmitem o andamento da obra 24 horas por dia para o COL.

De acordo com o Secretário Especial para Assuntos Relativos à Copa  2014 (Secopa), Demétrio Torres, as obras da Arena das Dunas seguem o prazo determinado pela Federação. “Com relação à Arena das Dunas, nós estamos rigorosamente dentro do que o cronograma da Fifa determina”, disse. “Está tudo em conformidade com o que eu tinha assumido”, concluiu o secretário.

Demétrio Torres inclusive destacou que na quarta-feira (18) mesmo havia mantido contato com membros do Comitê Organizador da Copa do Mundo e de que não foi informado sobre atrasos nas obras ou monitoramento especial.

Opinião dos leitores

  1. Nem Tico nem Teco, nem Machadão nem Arena das Dunas, esse é o resultado das "administrações" da Rosa e da Borboleta, talvez no dia em passarmos a ser administrados por pessoas, as coisas se resolvam. 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

Fifa vê atraso nas obras e avisa que Arena das Dunas está sob monitoramento

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, demonstrou preocupação nesta quinta-feira com o andamento das obras da Arena das Dunas, sede de Natal para a Copa do Mundo de 2014. Ao lado de Aldo Rebelo, ministro dos Esportes, e de Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local (COL), o dirigente francês não garantiu a participação do estádio na competição.

“Temos um estádio que está sob monitoramento da Fifa para a Copa do Mundo, que é o estádio de Natal, onde definitvamente há muito atraso. O monitoramento deste estádio vai ser permanente pela Fifa, para termos certeza de que ele vai voltar ao ritmo e ser parte da Copa”, declarou o secretário, em entrevista no Rio de Janeiro.

O dirigente esteve com Rebelo e Ronaldo no Nordeste brasileiro para vistoriar estádios nesta semana, passando por Fortaleza (CE) e Salvador (BA). A comitiva chegou ao Rio de Janeiro na última quarta-feira.

“Tivemos um bom encontro, bastante normal, em que nossa equipe técnica se atualizou sobre todos os estádios, confirmou se vamos ter que esperar até junho sobre os estádios da Copa das Confederações”, disse Valcke. “Também falamos muito sobre transporte público e movimento de pessoas durante a Copa do Mundo entre os estádios, cidades e aeroportos”.

Valcke também aproveitou para elogiar a preparação das cidades brasileiras para abrigar seleções em treinamento durante a Copa do Mundo. “A boa noticia em relação aos CTs das seleções é que temos um bom número. Seis equipes já vieram ao Brasil para verificar diretamente o nível de serviços e de organização que esperam para 2014. Mais equipes virão ao Brasil nos próximos meses, mas a boa notícia é que há muitas opções potenciais para esses países na Copa do Mundo do Brasil”, exaltou.

Fonte: Terra

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Pouco mais da metade da população acredita na conclusão da Arena das Dunas para a Copa

Enquanto o Machadão estava de pé, o descrédito de Natal como cidade-sede da Copa do Mundo Fifa 2014 era enorme. Visivelmente, ninguém acreditava. A própria imprensa ficou procurando por diversas vezes trazer notícias negativas da cidade.

Agora, mesmo após a demolição do Machadão e o início das obras da Arena das Dunas, a pesquisa Sinduscon/Consult revela que apenas a metade ainda confia na conclusão do projeto antes da Copa. Ou seja, pronto para sediar os quatro jogos que o cronograma prevê.

De acordo com a pesquisa, 56,1% acredita que vai ficar pronto o estádio. Uma fatia de 30,1% está menos otimista e acredita que o estádio não estará concluído antes do mundial.Outros  13,8% não souberam responder.

A encomenda da pesquisa foi feita pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon). Nela, foram entrevistadas mil pessoas de 43 localidades de Natal. Essa é a primeira pesquisa eleitoral registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) este ano.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Arena é construída com areia das Dunas de Genipabu

Ontem contamos aqui que os entulhos do Machadão e Machadinho estão sendo depositados na Área de Proteção Ambiental (APA) de Genipabu. Mas isso é apenas um lado da moeda.

Valdir Julião conta hoje em texto na TN que o pouco ou não se sabia. Além de depósito de entulho, a APA esta servindo de fonte de areia para construir a Arena das Dunas.

Quer dizer…

… Ela é duplamente fonte de degradação.

O que permite essa manobra é uma licença do Idema que e expira hoje e um mandando de segurança que a empresa JC Oliveira, contratada à OAS, obteve na Justiça.

Quando se denominou Arena das Dunas o nome do estádio, era para ser apenas homenagem, e não literal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *