CPI da Arena cobra informações sobre pagamentos e convoca Control

Foto: Reprodução

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o contrato entre o Governo do Estado e a Arena das Dunas decidiu, em reunião nesta segunda-feira (8), convocar o controlador geral do Estado, Pedro Lopes, para ser ouvido pelos deputados estaduais que compõem a comissão. Além disso, os parlamentares deliberaram sobre o assessoramento técnico da CPI da Arena das Dunas e o encaminhamento de questionamento direto à governadora Fátima Bezerra. A comissão é formada pelos deputados Coronel Azevedo (PSC), Sandro Pimentel (PSOL), Isolda Dantas (PT), Allyson Bezerra (Solidariedade) e Tomba Farias (PSDB).

Presidente da CPI da Arena das Dunas, o deputado Coronel Azevedo abriu a reunião, que é a segunda do grupo, enaltecendo a importância da investigação e a forma isenta com que os trabalhos vão ocorrer ao longo dos 60 dias de trabalhos.

“A CPI é um dispositivo democrático e uma ação de pluraridade. É um fato grave o que iremos investigar, mas sem anunciar juízo de valor, acusar ou defender antecipadamente. A Assembleia Legislativa é uma casa política e está em busca da verdade. Será uma investigação minuciosa”, disse o parlamentar, citando os nomes dos deputados que subscreveram a instalação da CPI da Arena das Dunas: Alysson Bezerra, Cristiane Dantas (Solidariedade), Coronel Azevedo, Eudiane Macedo (Republicanos), Francisco do PT, Isolda Dantas (PT), Kelps Lima (Solidariedade), Raimundo Fernandes (PSDB), Sandro Pimentel e Ubaldo Fernandes (PL).

Entre as deliberações, os parlamentares membros da comissão decidiram modificar a reunião do grupo para as segundas-feiras, às 10h, além de solicitação de assessoramento técnico específico. O relator da CPI da Arena das Dunas, Sandro Pimentel, indicou os nomes do advogado Kennedy Diógenes e do contador Edvan Ferreira Borges para integrarem o grupo junto a outros seis membros do corpo técnico da Assembleia, sendo cinco da área de Direito e uma da área administrativa. As indicações foram aprovadas por todos os membros da comissão.

Além disso, Sandro Pimentel também requereu o encaminhamento de questionamento direto à governadora Fátima Bezerra sobre os pagamentos dos repasses fixos do Estado à Arena das Dunas. O deputado quer saber se o Governo cumpriu a recomendação da Controladoria-Geral do Estado, que apontou pagamento de R$ 109 milhões a mais do que deveria ser repassado pelo Executivo e sugeriu a suspensão dos pagamentos até o encontro de contas. A solicitação também foi aprovada pelos demais membros.

Já para a próxima sessão, o relator pediu a convocação, na condição de testemunha, do controlador geral do Estado, Pedro Lopes, para que participe da próxima reunião na condição de testemunha. “Já lemos o relatório e agora teremos também questionamentos que precisam ser feitos. Por isso, acredito que é necessária a convocação”, disse o relator, ressaltando que se tratava de uma convocação, não de um convite. O presidente da comissão, Coronel Azevedo, submeteu o pedido a votos e também houve aprovação unânime.

Ao fim da reunião, o presidente solicitou à assessoria técnica da CPI da Arena das Dunas o encaminhamento dos ofícios e também disse aos demais parlamentares que as outras solicitações feitas pelo grupo ao Tribunal de Contas do Estado sobre o levantamento realizado pela Corte de contas acerca do contrato do Governo com a Arena também foi encaminhado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lira disse:

    Esse elefante branco só de manutenção custa uma fortuna. Vai chegar um ponto que vai ficar igual aquelas BMW velhas, ninguém quer, pois a manutenção inviabiliza o uso.

Depois da Arenas das Dunas, Fonte Nova é alvo de ação da PF, que aponta desvios

Depois da Arena das Dunas, chegou a vez do estádio da Fonte Nova, em Salvador.

Por lá, a PF está nas ruas na manhã desta segunda-feira (26) com a Operação Cartão Vermelho, com o objetivo de cumprir sete mandados de busca e apreensão no âmbito da investigação que apura irregularidades na contratação dos serviços de demolição, reconstrução e gestão do estádio Arena Fonte Nova

Dentre as irregularidades que foram apontadas no inquérito policial, estão fraude na licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro.

Conforme apurado durante as investigações, a licitação que culminou com a Parceria Público- Privada (PPP) foi direcionada para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações (FNP), formado pelas empresas Odebrecht e OAS.

A obra, segundo laudo pericial, foi superfaturada em valores que, corrigidos, podem chegar a mais de R$ 450 milhões, sendo grande parte desviado para o pagamento de propina e o financiamento de campanhas eleitorais.

Os mandados – expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região – são cumpridos em órgãos públicos, empresas e endereços residenciais dos envolvidos no esquema criminoso, e têm por objetivo possibilitar a localização e a apreensão de provas complementares dos desvios nas contratações públicas, do pagamento de propinas e da lavagem de dinheiro.

A Polícia Federal informou que mais informações sobre a ação serão dadas em coletiva na sede da Superintendência da PF na Bahia às 10h, para dar mais informações sobre o caso.

Em decisão de 2016, o Pleno do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) considerou ilegal o contrato no modelo de Parceria Público-Privada (PPP) que realizou a reconstrução da Arena Fonte Nova, em Salvador, para a Copa do Mundo de 2014. No parecer, os conselheiros do órgão consideraram que houve gastos excedentes nos custos das obras, diz o G1.

Juizado do Torcedor faz reunião com clubes, Arena, MP e Polícia Militar nesta segunda, em Natal

Nesta segunda-feira (7), o juiz responsável pelo Juizado do Torcedor, Agenor Fernandes, reúne dirigentes do América, Globo, Alecrim, ABC e representantes da Polícia Militar, do Ministério Público e da Arena das Dunas para que sejam tomadas providências para agilizar o atendimento ao torcedor. A reunião começa às 14h na Sala da Coordenação dos Juizados Especiais, no Complexo Judiciário de Potilândia.

Muitos adeptos desses clubes de futebol procuraram o Juizado para que sejam encontradas soluções para diminuir filas e facilitar o acesso dessas pessoas ao estádio durante os jogos do campeonato estadual.

O juiz destaca que recebeu informações sobre vários casos de torcedores que somente conseguiram entrar na Arena depois do jogo iniciado e com o primeiro tempo bem adiantado. Outros problemas foram relatados em relação a demora dos proprietários de veículos e suas famílias em sair do estacionamento do estádio.

Com informações do TJRN

RN é o 1º lugar em apenados empregados em obras de Arenas para a Copa 2014

Criado para gerar oportunidades de ressocialização de apenados, o programa Novos Rumos na Execução Penal, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), termina 2013 com uma vitória a comemorar. O Rio Grande do Norte é o Estado-Sede da Copa do Mundo de 2014 com maior número de pessoas oriundas do sistema prisional empregadas nas obras de construção de arenas nas 12 capitais escolhidas pela Fifa. Com 145 apenados empregados na obra, o RN superou as outras 11 sedes com folgada margem. Os Estados que se aproximaram do resultado potiguar foram Minas Gerais (96), Bahia (16) e Paraná (11). O Novos Rumos sozinho gerou 54% do total de vagas abertas para trabalho de presos em obras de estádios para o Mundial em todo o Brasil.

Nesta quarta-feira (18), o Pleno do TJ potiguar aprovou moção de reconhecimento pela participação da Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A, pela maior número de contratações de apenados em um estádio participante do próximo campeonato mundial de futebol. A proposta do desembargador Saraiva Sobrinho, que presidiu a sessão, foi aprovada à unanimidade pela Corte.

Durante reunião do Grupo de Monitoramento do Sistema Carcerário, realizada no Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), nessa segunda-feira (16), sob a presidência do conselheiro Guilherme Calmon, o TJRN e a Arena das Dunas foram confirmados como os melhores parceiros no programa “Começar de Novo”.

Esta iniciativa surgiu por meio do TACT nº 001/2010 firmado entre o CNJ, União, Comitê Organizador, Estados e Municípios Sedes da Copa 2014 ao estabelecer que 5% das vagas de trabalho criadas nas obras e serviços fossem destinadas a presos, egressos do sistema prisional, cumpridores de penas e medidas alternativas e adolescentes em conflito com a lei.

O TJ potiguar foi representado na reunião pelo juiz Gustavo Marinho, coordenador do Novos Rumos. O encontro tratou dos presos empregados, por meio de convênios, nas obras da Copa quando foram anunciados o Estado homenageado e a empresa empregadora. Como instituição parceira, a Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A receberá o Selo Começar de Novo, do CNJ, na inauguração do estádio, prevista para janeiro.

Moção de Reconhecimento

Segundo o desembargador Saraiva Sobrinho, o Rio Grande do Norte foi o Estado-Sede de Copa que efetivamente cumpriu o termo de cooperação, vindo por intermédio da Arena das Dunas a gerar a contratação de expressivo número de apenados, encaminhados pelo Novos Rumos. “O expressivo resultado traduz ação concreta de inclusão social de um público para quem parcas são as oportunidades e grande é o preconceito de que é alvo”, ressalta o propositor da moção.

Para o magistrado, os contratados para o quadro funcional da construção da Arena das Dunas foram aproveitados sem distinção, com direitos e deveres, e no período noturno cursaram aulas de Educação para Jovens e Adultos (EJA) e ensino profissionalizante.

Os apenados trabalharam nas obras do novo estádio de Natal como serventes, montadores, auxiliares de serviços gerais, armadores, pedreiros, operadores de martelete e ferramenteiros.

TJRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ed Lorega disse:

    Essa notícia merece ir para TV em abrangência nacional.

Primeiro poço da obra do Túnel de Drenagem da Arena das Dunas será escavado nesta terça

A secretaria municipal de Obras e Infraestrutura (Semopi) informa que na manhã desta terça-feira (21) será iniciada a escavação do primeiro poço da obra do Túnel de Drenagem da Arena das Dunas. Os trabalhos acontecem na Avenida Jerônimo Câmara, via que já foi totalmente preparada para receber a intervenção. Nesta primeira fase da obra serão escavados dez poços. O secretário adjunto de operações da Semopi, Caio Múcio, explica que cada poço necessita de uma equipe independente para realizar o trabalho, exigindo a instalação de uma estrutura complexa com refeitório, geradores, compressores e vários outros equipamentos. Seguindo o rigorosamente o cronograma de obras apresentado, Caio Múcio acredita que até o final dessa semana mais poços sejam escavados.

A ordem de serviço para o inicio das obras do de construção do Túnel de Drenagem no entorno da Arena das Dunas foi assinada no inicio de abril. O objetivo da obra é levar as águas das lagoas e áreas próximas até o seu destino final: o Rio Potengi. O benefício tem custo aproximado em R$ 200 milhões e faz parte do complexo de obras da Copa do Mundo devendo ter a sua primeira parte concluída até maio de 2014. A construtora Queiroz Galvão é a responsável pela execução dos serviços. As intervenções constam da limpeza e urbanização de cinco lagoas: a de São Conrado em Dix-Sept Rosado, duas do Centro Administrativo (que serão interligadas por meio de nova tubulação com diâmetro superior ao existente); e duas da Cidade da Esperança.

Essas cinco lagoas serão interligadas a um túnel com 4.500m de extensão e diâmetro medindo 2,20 a 3,00m que será construído a partir das lagoas do Centro Administrativo. O túnel segue adiante passando pela Av. Jerônimo Câmara até chegar a Av. Interventor Mário Câmara – onde haverá uma bifurcação – com um braço saindo para a Lagoa de São Conrado e outro para as lagoas da Cidade da Esperança. O percurso prossegue na Av. Jerônimo Câmara até a Rua dos Caicós, pegando a Rua Miguel Castro a esquerda em direção ao Rio Potengi.

"Das coisas boas e importantes de Natal ninguém fala", desabafa Demétrio Torres

O Governo do Estado reuniu a imprensa no início da tarde desta terça-feira (22) para fazer uma coletiva para mostrar o andamento da execução das obras da Arena das Dunas com a presença da governadora Rosalba Ciarlini e outros envolvidos na obra. Mas, antes do encontro começar, o secretário extraordinário para Assuntos Relativos à Copa do Mundo de 2014 (Secopa), Demétrio Torres, desabafou contra alguns veículos de comunicação que jogam contra.

“A Grante Natal tem aproximadamente 40 mil leitos de hotel. Isso com população de 1,5 milhão de habitantes. Belo Horizonte, com quatro milhões tem 16 mil leitos de hotel. Quer dizer: das coisas boas e importantes de Natal ninguém fala. Se aproveitam de notícias requentadas para diminuir. Sou eu que recebo as delegações de empresários estrangeiros que ficam preocupados com essas notícias negativas e inventadas”, desabafou.

O desabafo de Demétrio Torres é verídico. Muito se teme pelo não cumprimento do cronograma de obras, mas os engenheiros, o Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), o consórcio Arena das Dunas, o Governo do Estado. Enfim, todos são unânimes em garantir que está tudo dentro do previsto.

Lógico que todos que estão de fora ficam preocupados em ver que a Arena não está “subindo”, mas essa é a parte mais demorada da construção: a que fica em baixo. Concluída essa etapa, aí sim todos vão ver alguma coisa subir.

Se o estádio não ficar pronto até dezembro de 2013, aí sim, a população vai ter que cobrar as falsas promessas. Do contrário, fica o desabafo do secretário Demétrio Torres.

Arena das Dunas antecipa instalação de pilares pré-moldados

Foto Canindé Soares

A construção da Arena das Dunas, estádio que receberá os jogos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 em Natal, antecipa mais uma etapa do seu cronograma, com o início das instalações dos pilares pré-moldados, nesta terça-feira (22), às 13h30.

A governadora Rosalba Ciarlini acompanhará o início desta nova fase da construção do estádio, que será marcado por um almoço com a imprensa e os trabalhadores no refeitório do canteiro de obras, a partir das 12h.

De acordo com o cronograma aprovado pela FIFA, a etapa de montagem dos pré-moldados estava prevista para ser iniciada apenas no mês de julho. O pilar tem 18 metros de altura, o que equivale a um prédio de seis andares e pesa em torno de 22 toneladas.

Segundo dados atualizados em 30 de abril, a obra da Arena das Dunas já está 23,03% concluída. Até o final deste mês, cerca de 750 colaboradores estarão trabalhando no canteiro de obras do estádio, que será entregue em dezembro de 2013.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Claudino Jr disse:

    Isso ninguem gosta de comentar. Só comentam quando a notícia é negativa. Coisas dos inimigos da cidade, dos pessimistas, dos influenciados.

Obras da Arena América deverão ser iniciadas até o final deste mês

A Comissão que foi formada para cuidar dos assuntos relativos à Arena América, trouxe boas notícias para o torcedor americano. Foi confirmada que as obras do estádio estão previstas para ser iniciadas na segunda quinzena do mês deste mês. Segundo o engenheiro Cláudio Negreiros, um dos membros da comissão, que é formada pelo Presidente do Conselho Deliberativo do América, Dr. José Rocha e do engenheiro Francisco Sobrinho, o cronograma está sendo cumprido. “Estamos rigorosamente em dia com o cronograma da obra e todos os projetos estão prontos. Esta é uma fase de muitos estudos e cálculos, mas o torcedor não precisa se preocupar”, afirmou.

A expectativa é que nos próximos dias seja escolhida a empresa que fará o serviço de terraplanagem. “Oferecemos o projeto a quatro empresas que irão oferecer o preço. Esparemos receber as propostas o quanto antes para escolher a que irá realizar o serviço”, explicou Cláudio. Segundo o engenheiro, esta fase da obra deve durar aproximadamente 90 dias, já se trata de um terreno com um desnível de aproximadamente 9 metros.

A comissão também esclareceu que em paralelo ao serviço de terraplanagem será executado a parte de fundação das colunas e construção das peças pré-moldadas. Essas peças serão estocadas para uso no momento que a estrutura começar a ser erguida. “Esta é uma das fases mais importantes em todo o projeto e estamos tendo todos os cuidados para que o torcedor possa ver o estádio pronto o mais breve possível”, enfatizou Cláudio Negreiros.

Além dos projetos de terraplanagem, a comissão confirmou que já foram concluídos: arquitetura, estrutura, elétrico, instalação hidráulica, iluminação, combate a incêndio, vias de acesso, além de outros projetos paralelos. “Estamos prontos para adequar o projeto as necessidades do clube. Na Arena haverá entradas exclusivas para ônibus e as chamadas vias de serviço, que facilitará o acesso das pessoas que estarão trabalhando nos jogos e eventos. Tudo está sendo cuidado para que o torcedor tenha ainda mais tranquilidade e conforto”, finalizou Claudio Negreiros.

Fonte: Site do América

Operários da Arena das Dunas ameaçam demissão coletiva

Foto: Douglas Coé

A Arena das Dunas é um dos mais atrasados na corrida par conclusão para sediar os jogos da Copa do Mundo 2014. Com apenas 20,5% do cronograma completo, o estádio só não é o pior, porque a Arena Beira-Rio está com apenas 20%.

Vale lembrar que esse baixo desempenho foi o responsável por deixar Natal de fora da Copa das Confederações.

Agora, mais uma bomba. Hoje, após os protestos que deixaram o trânsito caótico contra a demissão de 12 funcionários da obra, os operários do consórcio Arena das Dunas deixaram os postos de trabalho nesta terça-feira (3) ameaçando voltar amanhã com as carteiras de trabalho nas mãos.

O objetivo desse ato? Promover uma demissão em massa, que pode atrasar o cronograma, que aparentemente está atrasado, mas que tanto a construtora OAS, quanto o secretário extraordinário da Copa (Secopa) Demétrio Torres, garantem estar plenamente em dia.

Cenas dos próximos capítulos nesta novela da vida real prometem ser emocionantes nesta quarta.

Copa 2014: Reportagem aponta Arena das Dunas e Beira-Rio como estádios mais atrasados

O Ministério do Esporte divulgou nesta terça-feira um balanço sobre as obras em estádios para a Copa do Mundo de 2014. Faltando 800 dias para o início da competição, oito das doze arenas tem menos de 50% das obras realizadas. Os números divulgados são mais otimistas do que os do Tribunal de Contas da União (TCU), que coloca apenas dois estádios com obras além da metade.

O levantamento oficial do governo tem como base visitas feitas pela equipe de monitoramento do ministério do Esporte e informações recebidas de representantes das sedes. De acordo com estes dados, o estádio Castelão, em Fortaleza (CE), é o que tem as obras mais avançadas, com 60,4%. Na sequência aparecem Belo Horizonte (MG) e Salvador (BA), ambos com 55%, e Brasília (DF), com 54%. Para o TCU, porém, apenas Fortaleza e Salvador estavam neste patamar superior à metade.

Itaqueirão

Os estádios com andamento mais atrasado são o Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), com 20%, e a Arena das Dunas, em Natal (RN), com 20,5%. Palco da abertura da Copa, o Itaquerão, em São Paulo (SP), tem 30% das obras executadas, de acordo com o balanço do governo. Estádio da final, o Maracanã, no Rio de Janeiro, tem 39% de execução.

Estão ainda abaixo dos 50% a Arena Pernambuco, em Recife, 32%, a Arena da Amazônia, em Manaus (AM), 38%, e a Arena Pantanal, em Cuiabá, 43%. Os números do governo em relação à cidade de Curitiba fogem do padrão.

Em vez de dar um total de obras executadas, o governo optou por informar que a parte da reforma do estádio está com o andamento de 52% enquanto as novas instalações, que incluem parte da arena, centro de imprensa e estacionamento, têm apenas 11% de execução.

O balanço do governo federal é mais otimista do que o divulgado pelo TCU para 11 das 12 sedes, apesar de os dois levantamentos serem em março. Apenas no Beira-Rio, onde as obras estão paradas, ambos concordam que o andamento é de 20%. A maior divergência de dados acontece em Brasília, onde o governo vê execução de 54% das obras e o TCU somente 42,5%.

Fonte: Estadão

Governo celebra contrato de doação do terreno do Arena das Dunas

O Governo do Rio Grande do Norte, através da Procuradoria Geral do Estado (PGE), celebrou com o município de Natal o contrato de recebimento em doação do terreno do Arena das Dunas.

A área de quase 143 mil metros quadrados foi doada pela Prefeitura do Natal ao Governo do Estado, através da Lei Municipal 6.127, do dia 9 de junho de 2010. A PGE abriu o procedimento para receber a propriedade e a transferência foi concretizada na tarde desta quinta-feira (9), entre o Procurador Geraldo Estado, Miguel Josino; o Procurador chefe da Procuradoria do Patrimônio e Defesa Ambiental, Francisco de Sales Matos; e o Procurador Geral do Município, Bruno Macedo Dantas.

Com a oficialização da doação, o Estado passa a ser proprietário do imóvel e pode fazer a legalização fundiária do empreendimento.

“Isso é mais uma etapa de um processo exitoso que a Procuradoria Geral do Estado participa para viabilizar o maior evento esportivo do mundo, que é a Copa 2014. A PGE vem atuando desde o início do processo, com orientação na formatação do edital, na constituição do Fundo Garantidor e agora assegura a titularidade da área para construção do Arena das Dunas”, comemora Miguel Josino.

Caicó doa terreno para construção de Hemocentro

O Governo do Estado oficializou também a doação de um terreno, feita pela Prefeitura de Caicó, para a construção de uma unidade do Hemocentro naquele município. O Hemocentro de Caicó vai atender à população de toda Região do Seridó.

Ministro do Esporte almoça com políticos e segue para Arena das Dunas

O ministro do Esporte Aldo Rebelo (Esporte) já está em solo potiguar cumprindo intensa agenda de visitas. Ele desembarcou no início da tarde de hoje no hangar da Força Aérea Brasileira (FAB), onde foi recebido pela governadora Rosalba Ciarlini, pelo prefeito de São Gonçalo Jaime Calado e pelo deputado federal Paulo Wagner, além de vários assessores e secretários de Estado.

Tão logo pisou em solo, ele se dirigiu para almoçar com os políticos da comitiva de recepção e com os deputados federais Rogério Marinho, João Maia, Fátima Bezerra e Sandra Rosado; deputados estaduais Ricardo Motta, Hermano Morais, Tomba, Poti Junior, Gilson Moura.

Prosseguindo a agenda, Aldo Rabelo segue para uma visita ao canteiro de obras da Arena das Dunas para acompanhar o cronograma de obras e o seu andamento, que foi alvo de observações desagradáveis por parte do secretário geral da Fifa, Jérôme Valcke.

Juiz suspende licença ambiental do túnel de drenagem da Copa por 40 dias

Em decisão proferida na última quinta- feira, 02, o juiz Geraldo Antônio Mota acatou pedido do Ministério Público e suspendeu os efeitos da licença ambiental dada pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA), referente ao projeto de edificação de um túnel de drenagem de águas pluviais, interligando uma área que parte do Centro Administrativo  até o rio Potengi.

Para a autorização da licença ambiental, seria necessário a realização de um Estudo Prévio de Impacto Ambiental e o seu  respectivo Relatório (EIA/RIMA), nos moldes declinados na Constituição Federal. Entretanto, o IDEMA realizou apenas um Relatório de Avaliação Simplificada – RAS,  o que não contempla todas as exigências ambientais já que a obra possui proporções e dimensões diferenciadas para cada região, e atinge diversos bairros da cidade do Natal.

O IBAMA foi notificado para, em um prazo de quinze dias, informar se há risco de impacto ambiental e se há necessidade, ou não, de realizar-se estudo de Impacto Ambiental principalmente referente aos efeitos  na qualidade da água do rio Potengi , decorrente do lançamento de dejetos oriundos do túnel de drenagem.

Sobre Arena das Dunas, Rosalba garante: "Não há motivo de preocupação"

A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, visitou as obras da Arena das Dunas nesta segunda-feira (23). Acompanhada pelo titular da Secopa RN, Demétrio Torres, a Governadora recebeu a imprensa local e explicou que o cronograma de trabalho apresentado à FIFA está sendo cumprido rigorosamente.

“Não há nenhum motivo de preocupação. A obra segue o ritmo planejado, de acordo com o cronograma que foi apresentado à FIFA em janeiro de 2011 e que inclusive foi aprovado pela entidade. Se compararmos com as cidades que começaram as obras antes de nós, realmente há um atraso, mas estamos cumprindo nosso cronograma rigorosamente, segundo o qual a Arena das Dunas estará pronta em dezembro de 2013”, declarou Rosalba.

Em relação à declaração da FIFA de que a capital potiguar passaria a ser monitorada especialmente agora, a Governadora disse estar tranquila e reforçou que Natal já vem sendo monitorada desde o início do trabalho da atual gestão. “Quando assumi em janeiro de 2011 e trabalhei para resgatar a Copa em Natal, parte do acordo feito com a FIFA era justamente de que Natal fosse monitorada de perto pela FIFA, com acompanhamento permanente. Portanto, esse acompanhamento já vem sendo feito e não é nenhuma surpresa para nós”, reforçou.

Durante a visita às instalações do canteiro de obras, cópias do cronograma completo foram entregues aos jornalistas para que estes também possam acompanhar todo o desenvolvimento da obra, juntamente com o Governo do Estado, a FIFA e o COL (Comitê Organizador Local, com sede no Rio de janeiro).

“Na verdade, além de estarmos em dia com o cronograma, estamos também avançando além do que estava planejado. Procuramos sempre ganhar tempo com as fases da obra, antecipando o máximo possível e isso poderá ser acompanhado a partir de agora pela imprensa. Exemplo disso é que hoje iniciamos a execução do bloco de coroamento das estacas, um trabalho que estava previsto para começar somente em março”, explicou o secretário Demétrio Torres.

Cerca de 450 operários estão trabalhando neste momento em diferentes frentes dentro da obra, que segue de acordo com o planejado. Segundo Demétrio Torres, não há razão para modificar o planejamento agora, mas isso poderá ser feito nas próximas etapas, dependendo da necessidade.

Para ver o cronograma em um tamanho maior, copie a URL da imagem e cole na barra de endereços em seu navegador

Secopa assegura que cronograma da Arena das Dunas segue rigorosamente em dia

Em virtude das declarações dadas pelo secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, sobre a situação das obras da Arena das Dunas em Natal, o titular da Secopa RN, Demétrio Torres, assegura que a construção do novo estádio está seguindo rigorosamente o cronograma apresentado pelo Governo do RN e aprovado pela FIFA e COL (comitê Organizador Local, com sede no Rio de Janeiro) no início de 2011, que determina a conclusão da Arena das Dunas em dezembro de 2013.

“O cronograma que foi apresentado por esta gestão está sendo totalmente cumprido, posso dizer que até mesmo com certa folga, uma vez que em 2011 conseguimos adiantar todas as etapas previstas para o ano com 30 dias de antecedência, e agora estamos iniciando em janeiro uma etapa que estava prevista para ser iniciada apenas em meados de março, que é a instalação do bloco de coroamento para unir as estacas e levantar a estrutura a partir deles”, esclareceu o secretário Demétrio Torres.

Quanto à afirmação de que a cidade passará a ser monitorada diretamente pela entidade máxima do futebol, Torres explicou que Natal já conta com monitoramento direto da FIFA desde o início das obras, com a instalação de duas câmeras de vídeo que transmitem o andamento da obra 24 horas por dia para o COL.

De acordo com o Secretário Especial para Assuntos Relativos à Copa  2014 (Secopa), Demétrio Torres, as obras da Arena das Dunas seguem o prazo determinado pela Federação. “Com relação à Arena das Dunas, nós estamos rigorosamente dentro do que o cronograma da Fifa determina”, disse. “Está tudo em conformidade com o que eu tinha assumido”, concluiu o secretário.

Demétrio Torres inclusive destacou que na quarta-feira (18) mesmo havia mantido contato com membros do Comitê Organizador da Copa do Mundo e de que não foi informado sobre atrasos nas obras ou monitoramento especial.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. caio fábio disse:

    Nem Tico nem Teco, nem Machadão nem Arena das Dunas, esse é o resultado das "administrações" da Rosa e da Borboleta, talvez no dia em passarmos a ser administrados por pessoas, as coisas se resolvam. 

Fifa vê atraso nas obras e avisa que Arena das Dunas está sob monitoramento

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, demonstrou preocupação nesta quinta-feira com o andamento das obras da Arena das Dunas, sede de Natal para a Copa do Mundo de 2014. Ao lado de Aldo Rebelo, ministro dos Esportes, e de Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local (COL), o dirigente francês não garantiu a participação do estádio na competição.

“Temos um estádio que está sob monitoramento da Fifa para a Copa do Mundo, que é o estádio de Natal, onde definitvamente há muito atraso. O monitoramento deste estádio vai ser permanente pela Fifa, para termos certeza de que ele vai voltar ao ritmo e ser parte da Copa”, declarou o secretário, em entrevista no Rio de Janeiro.

O dirigente esteve com Rebelo e Ronaldo no Nordeste brasileiro para vistoriar estádios nesta semana, passando por Fortaleza (CE) e Salvador (BA). A comitiva chegou ao Rio de Janeiro na última quarta-feira.

“Tivemos um bom encontro, bastante normal, em que nossa equipe técnica se atualizou sobre todos os estádios, confirmou se vamos ter que esperar até junho sobre os estádios da Copa das Confederações”, disse Valcke. “Também falamos muito sobre transporte público e movimento de pessoas durante a Copa do Mundo entre os estádios, cidades e aeroportos”.

Valcke também aproveitou para elogiar a preparação das cidades brasileiras para abrigar seleções em treinamento durante a Copa do Mundo. “A boa noticia em relação aos CTs das seleções é que temos um bom número. Seis equipes já vieram ao Brasil para verificar diretamente o nível de serviços e de organização que esperam para 2014. Mais equipes virão ao Brasil nos próximos meses, mas a boa notícia é que há muitas opções potenciais para esses países na Copa do Mundo do Brasil”, exaltou.

Fonte: Terra