France Football cancela edição da Bola de Ouro de 2020 para melhor jogador do mundo no ano: ‘muito pouco para avaliar e julgar’

Foto: Reprodução

A revista France Football anunciou na manhã desta segunda-feira que não vai dar a Bola de Ouro em 2020 aos melhores jogadores de futebol do mundo, nas categorias masculino, feminino, goleiro e sub-21. Em comunicado publicado em seu site, a organizadora da premiação criada em 1956 para indicar o destaque ao fim de cada ano justificou que a interrupção do calendário de disputas entre março e maio e as mudanças nas regras afetam a credibilidade e legitimidade da eleição.

Enquanto isso, a Fifa não tem planos de cancelar o The Best, prêmio dado aos melhores da temporada. Consultadas nesta segunda-feira pela reportagem do GloboEsporte.com, fontes da entidade só reafirmaram a decisão de não realizar a festa de entrega dos troféus de maneira presencial, conforme anunciou em maio passado – em 2019, organizou a cerimônia em setembro.

“Acreditamos que um ano tão único não pode – e não deve – ser tratado como um ano comum”

– No nível esportivo, apenas dois meses (janeiro e fevereiro), dos 11 geralmente necessários para formar uma opinião e decidir entre os melhores, é muito pouco para avaliar e julgar, uma vez que os outros jogos ocorreram – ou ocorrerão – em outras condições (portões fechados, cinco substituições, quartas de final da Liga dos Campeões em uma única partida) que estão muito longe do panorama usual. Essa escolha “não nos encanta”, mas tem como objetivo proteger a credibilidade e legitimidade de tal prêmio – diz o comunicado da revista.

Apesar de não eleger os melhores do ano em cada uma das quatro categorias principais, pela primeira vez no masculino desde 1956, a France Football vai organizar a votação com 180 jurados para a seleção dos 11 jogadores que se destacaram em suas posições, incluindo a revelação de 2020.

– Nestes tempos turbulentos, fazer uma pausa é um luxo e uma necessidade inestimável, para que o futebol, como um todo, recupere o andamento e o momento, da paixão e da emoção. Que a bola doure…

Em dezembro de 2019, Messi recebeu sua sexta Bola de Ouro, o que lhe deixou como recordista da premiação, com uma a mais do que o português Cristiano Ronaldo – o troféu foi unificado com o Fifa The Best entre 2010 e 2015.

Ano passado, a americana Rapinoe ganhou na categoria feminina, o goleiro Alisson levou o Troféu Yashin, e o holandês De Ligt, então do Ajax, agora na Juventus, foi premiado com o Troféu Kopa de melhor sub-21.

Todos os vencedores da história da Bola de Ouro:

1º: Messi (2009, 2010, 2011, 2012, 2015 e 2019) : 6

2º: Cristiano Ronaldo (2008, 2013, 2014, 2016 e 2017): 5

3º: Cruijff (1971, 1973 e 1974), Platini (1983, 1984 e 1985) e Van Basten (1988, 1989 e 1992): 3

6º: Di Stéfano (1957 e 1959), Beckenbauer (1972 e 1976), Keegan (1978 e 1979), Rummenigge (1980 e 1981) e Ronaldo (1997 e 2002): 2

11º: Stanley Matthews (1956), Kopa (1958), Luis Suárez (1960), Sivori (1961), Masopust (1962), Yashin (1963), Denis Law (1964), Eusébio (1965), Bobby Charlton (1966), Flórián Albert (1967), George Best (1968), Gianni Rivera (1969), Gerd Müller (1970), Oleg Blokhin (1975), Allan Simonsen (1977), Paolo Rossi (1982), Igor Belanov (1986), Gullit (1987), Matthäus (1990), Papin (1991), Baggio (1993), Stoichkov (1994), Weah (1995), Sammer (1996), Zidane (1998), Rivaldo (1999), Figo (2000), Owen (2001), Nedved (2003), Shevchenko (2004), Ronaldinho Gaúcho (2005), Cannavaro (2006), Kaká (2007) e Modric (2018): 1

Globo Esporte

 

Bolsonaro, sobre edição de MP Trabalhista: “ao contrário do que espalham, resguarda ajuda possível para os empregados. Ao invés de serem demitidos, o governo entra com ajuda nos próximos 4 meses”

O presidente Jair Bolsonaro, através das redes sociais nesta segunda-feira(23), diz que “contrário do que espalham”, a edição da MP Trabalhista, “resguarda ajuda possível para os empregados. Ao invés de serem demitidos, o governo entra com ajuda nos próximos 4 meses, até a volta normal das atividades do estabelecimento, sem que exista a demissão do empregado”.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gilberto disse:

    Faltou dizer como vai ser esta ajuda. Veja só, o INSS até hoje não recebeu um programa atualizado, com as alterações da reforma da previdência, o que está gerando um caos, para a concessão de novas aposentadorias. Agora imagine quando é que esta ajuda vai chegar de fato ao trabalhador? Ele está mais preocupado em sanar o problema dos empresários, e deixar o trabalhador ainda mais vulnerável a esta crise.

  2. Junin disse:

    Esse bicho da cara de cavalo doido passa o tempo todo nas redes sociais e o resto do tempo falando e brigando….e agora mentindo….!!!!

    • David disse:

      É nescessário o governo se comunicar com a população toda hora, e anunciar as medidas que estão sendo tomada, o governo federal está sendo eficiente nas medidas, tem se antecipado em muitos problemas que surgirão. Temos q apoiar o governo e exigir da governadora e o prefeito que façam os mesmos. Que façam campanhas de arrecadação dos que estão na linha de frente, e se antecipem pra construção de hospitais de campanhas. Pensem na vida dos potiguares.

  3. Andreilson disse:

    Na medida provisória não consta nenhuma ajuda. Só fumo!!
    E vc empresário, não se engane, o fumo vai sobrar p vcs tbm. Não vai ter cliente P comprar porra nenhuma!

  4. Lucas disse:

    Qual é a ajuda que o governo dará ao empregado que ficará sem receber salário? Não tem nenhuma resposta na MP. Mais uma vez disseminando notícias falsas e tratando as pessoas com requinte de crueldade.

  5. João Neto disse:

    Mas, e o salário?

  6. Fernando Alves disse:

    E tome fumo no pobre do trabalhador! Cadê que suspende das Vossas Excelências?

  7. Manoel disse:

    Qual ajuda pseudopresidente? Fala pra gente? 200 reais por mês? Seja explícito.

Potiguar Ítalo Ferreira é indicado na edição deste ano do Laureus, principal premiação do universo esportivo

O surfista ítalo Ferreira, a skatista Rayssa Leal e o zagueiro Neto, representando a Chapecoense, concorrem ao troféu Foto: Editoria de Arte / O Globo

O Brasil terá três representantes na edição deste ano do Laureus, a principal premiação do universo esportivo. Ítalo Ferreira, campeão mundial de surfe, e Rayssa Leal, prodígio do skate, concorrem na categoria Atleta de Ação do Ano. A Chapecoense, por sua vez, está entre os indicados a momento esportivo mais inspirador das últimas duas décadas, período de existência do Laureus.

Ítalo e Rayssa, que estão na mesma categoria, terão a concorrência dos americanos Carissa Moore (surfe), Chloe Kim (snowboard) e Nyjah Huston (skate) e do canadense Mark McMorris (snowboard). Já a Chapecoense é a única representante brasileira numa disputa definida pela opinião popular, que pode ser votada por você clicando aqui.

Nas principais categorias, a briga é entre nomes de peso no esporte. O hexacampeão da Fórmula 1 Lewis Hamilton concorre com o tenista Rafael Nadal e o craque Lionel Messi, além do maratonista Eliud Kipchoge, do piloto da MotoGP Marc Márquez e do golfista Tiger Woods ao prêmio de melhor atleta masculino.

Entre as mulheres, a supercampeã da ginástica Simone Biles é a principal adversária do ícone do futebol Megan Rapinoe. Também estão na disputa as velocistas Shelly-Ann Fraser-Pryce e Allyson Felix, a tenista Naomi Osaka e a esquiadora Mikaela Shiffrin.

A seleção de futebol feminino dos EUA, capitaneada por Rapinoe no título mundial, rivaliza com o Liverpool campeão da Champions pelo prêmio de time do ano. Já entre as revelações, os destaques são as tenistas Coco Gauff, dos EUA, e Bianca Andreescu, do Canadá. Veja todos os indicados abaixo.

Os vencedores do Laureus serão definidos através dos votos de 68 membros da Academia e se tornarão conhecidos no dia 17 de fevereiro, durante cerimônia em Berlim, na Alemanha.

Confira todos os indicados ao Laureus

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Júnior disse:

    Ítalo merece muito, tendo em vista sua trajetória de luta, de um início desestruturado, conseguiu galgar Seu espaço, transpondo barreiras, superando adversário poderosos, com estruturas de competição fortes e de paises como Austrália, EUA, hawai, e europeu, além dos fenômenos brasileiros, portanto é um exemplo fenômenal de superação, e de inspiração pra pessoas, onde se conclui, não importa de onde você venha, tenha disciplina, foco e persistência, e você chegará lá!

Eduardo Bolsonaro defende edição de um novo AI-5 para conter excessos da oposição

Foto: Reprodução

Depois de propor fechar o Supremo com “um cabo e um soldado”, o deputado federal Eduardo Bolsonaro agora defende a edição de um novo AI-5 para conter excessos da oposição.

Ele disse isso em entrevista a Leda Nagle, divulgada há pouco em seu canal no Youtube.

“Tudo é culpa do Bolsonaro, percebeu? Fogo na Amazônia, que sempre ocorre nessa estação, culpa do Bolsonaro. Óleo no Nordeste, culpa do Bolsonaro. Daqui a pouco vai passar esse óleo, tudo vai ficar limpo e aí vai vir uma outra coisa, qualquer coisa e será culpa do Bolsonaro.”

Para Eduardo, “o que faz um país forte não é um Estado forte. São indivíduos fortes”.

“Se a esquerda radicalizar esse ponto, a gente vai precisar ter uma resposta. E uma resposta pode ser via um novo AI-5, pode ser via uma legislação aprovada através de um plebiscito como ocorreu na Itália. Alguma resposta vai ter que ser dada.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Infelizmente, essa declaração só prova que o mínimo que um parlamentar deveria entender ele não tem o mínimo de conhecimento que é a Constituição Federal de 1988.

  2. Ricardo disse:

    Bom era se fosse verdade mesmo!
    STF e congresso podre, acho que nem o ai 5 resolvia, tinha que ser uma bomba!
    O PT virou organização criminosa e a maioria dos políticos sao bandidos.”, deviam receber apebas seus salarios e nao existir essa história de verbas indenizatórias, um abuso de gasto de dinheiro público

  3. Ivan disse:

    Novo AI-5?? C´s não se lembram, naquela época não podíamos escuhambar o presidente, não tinha liberdade de expressão, cheio de polícia na rua, a bandidagem era executada, não tinha desemprego, não tinha greves recorrentes, as coisas funcionavam, não tinha desordem…C´s querem todo esse retrocesso de novo??? C´s tão doidos????

  4. Ricardo disse:

    O AI-5 praticamente instituiu a ditadura no Brasil viabilizando:
    – Censura ilimitada
    – Prisões sem julgamento
    – TORTURAS NÍVEL RATO NA VAGINA
    – ASSASSINATOS
    Eduardo Bolsonaro ameaçou hoje voltar com isso. Esse não é um tweet de piada. Isso não é uma piada.
    Isso é muito sério.

  5. Cristian disse:

    Forçou a barra, querer reprimir protestos é discutível, agora um AI-5 é declaração de anti-democracia.
    Regular mídia, governar por decreto, tá parecendo um certo partido que ficou 13 anos no poder…

  6. Pato disse:

    Abre a boca pra falar de Venezuela e Cuba, mas lá também são ditaduras! O que nos diferenciais deles?

  7. natalsofrida disse:

    INTERVENÇÃO já! Tenho dito.
    País onde o povo apoia bandidos, tem que ser jogo duro, pau nesses vagabundos Bolsonaro.

    • Gaius Baltar disse:

      E quem vai dar suporte a esse AI-5?
      O Congresso dominado por Maia (com quem o presidente disse querer casar) e Alcolumbre (colocado na presidência do Senado por Onyx Lorenzoni)?
      O STF com quem Bolsonaro fez um acordo: libertar Lula em troca de não mexerem com Flávio?
      Os militares que foram humilhados por Olavo de Carvalho, Filipe Martins e cia Ltda?
      Não se iluda, Bolsonaro conseguiu destruir o pouco apoio que tinha ao ser eleito. Ninguém vai apoiar essa bobagem.

  8. Melquizedequi disse:

    Será que o povo brasileiro merece passar por isso mesmo deputado?

    O Ato Institucional Número Cinco (AI-5) foi o quinto de dezessete grandes decretos emitidos pela ditadura militar nos anos que se seguiram ao golpe de estado de 1964 no Brasil. Os atos institucionais foram a maior forma de legislação durante o regime militar, dado que, em nome do "Comando Supremo da Revolução" (liderança do regime), derrubaram até a Constituição da Nação, e foram aplicadas sem a possibilidade de revisão judicial.
    O AI-5, o mais duro de todos os Atos Institucionais, foi emitido pelo presidente Artur da Costa e Silva em 13 de dezembro de 1968. Isso resultou na perda de mandatos de parlamentares contrários aos militares, intervenções ordenadas pelo presidente nos municípios e estados e também na suspensão de quaisquer garantias constitucionais que eventualmente resultaram na institucionalização da tortura, comumente usada como instrumento pelo Estado.

  9. BichA louca disse:

    Quem dirá PT 13 anos e não tivemos uma fagulha para ditadura, Bolsonaro em menos de 1 anos já tem ideia da ditadura , sedentos de poder, n querem mais largar

  10. Silvio. disse:

    E isso aí!!!
    Voto ligeiro no plebiscito, pra acabar de vez com esse cabaré que virou o país.
    Esses esquerdopatas ladrões, não pode de maneira alguma parar o País.

    • Gaius Baltar disse:

      A convocação de um plebiscito e um referendo é prerrogativa exclusiva do Congresso Nacional (art. 49, XV/CF) . É preciso que pelo menos um terço dos parlamentares de uma das Casas (no Senado, isso significa 27 senadores; na Câmara, 171 deputados) proponham um decreto legislativo convocando a consulta popular. Depois disso, o projeto de decreto deve ser aprovado pelas maioria simples do plenário do Congresso Nacional (metade mais um dos senadores e deputados presentes à sessão).
      Acha mesmo que vai acontecer?

  11. André Fortes disse:

    Se fosse qqr um ameaçando o país com um novo AI5, já seria grave. Mas trata-se do deputado federal mais votado da história do país. Filho do presidente da república. O mesmo q já falou sobre fechar o STF com um cabo e um soldado.

  12. Vitor Silva disse:

    O clã está engatilhando o golpe… colocaram um psicopata no poder, agora aguentem. Bolsonaro cismou em fundar um reino pra si. Depois dessa viagem pelo Oriente e a irmandade sentida e confessa pelo príncipe esquartejador, parece que o projeto ganhou a rubrica de urgente.

  13. Carlos Henrique Chal disse:

    Filho de louco, é louco ao quadrado.
    Este cara como os demais, Bolsoloucos, tem que ser interditado.
    Chegou ao limite de besteirol, o que tem que haver são melhores escolhas de políticos, para um desse desaparecer.

  14. Cidadão Indignado disse:

    Esse cara não tem noção do que fala. O próprio semblante dele é de uma pessoa totalmente desequilibrada.

  15. Olimpio disse:

    Já passou da hora das forças armadas colocar ordem nessa bagunça que vivemos.

    • Gaius Baltar disse:

      Sonho:
      “ Já passou da hora das forças armadas colocar ordem nessa bagunça que vivemos.”
      Realidade:
      Olavo de Carvalho, Filipe Martins e o próprio Eduardo Bolsonaro humilhando os generais Heleno, Santos Cruz, Mourão e Villas-Boas.
      ¯\_(ツ)_/¯

Prefeitura de São Gonçalo realiza mais uma edição das Olimpíadas Escolares

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN, através das secretarias municipais de Educação (SME) e Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), realiza mais uma edição das Olimpíadas Escolares. A competição, que reúne diversas modalidades esportivas, acontece de 12 a 16 de agosto.

Cerca de 40 instituições de ensino devem participar da edição 2019; entre escolas municipais, estaduais e particulares. As disputas irão acontecer nos ginásios do Centro, Santo Antônio e Jardim Lola.

Serão premiados os três primeiros lugares de cada categoria. As escolas também disputam na soma total de pontos. As três primeiras, com maior número de pontos acumulados em todas as modalidades, receberão troféus durante a cerimônia de encerramento.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gilvan disse:

    E o Novo Santo Antônio? a Unica olimpíada que disputamos aqui é a meia maratona correndo atrás de transporte publico, escola publica, área de lazer alem de postos de saúde. tá achando que é brincadeira? passa um dia circulando por aqui que você verão o que é um bairro abandonado. e viva o Prefeito.

ISTO É ALOPRA EM CAPA – (FOTO): Edição estampa Olavo de Carvalho com manchete “O Imbecil”

(Crédito: Vivi Zanatta/Folhapress)

Embora tenha se “inspirado” em livro do filósofo, Isto É lança edição com manchete polêmica, revolta bolsonaristas e leva a delírio os eleitores de oposição. Confira abaixo.

No livro “O imbecil coletivo”, escrito pelo filósofo Olavo de Carvalho há mais de 20 anos, ele acusa os intelectuais brasileiros de terem se corrompido pela “intoxicação ideológica” com a qual “imbecilizaram” seus leitores. Nos últimos dias, ao ultrapassar todos os limites do radicalismo e da insanidade na escalada de ataques sórdidos aos militares, o escritor e guru do governo Bolsonaro demonstra que o imbecil é outro. Ele mesmo. Engana-se quem pensa, no entanto, que o Eremita da Virgínia (EUA), onde reside e dispara seus tuítes desaforados, recheados de desrespeitos, chutes abaixo da linha da cintura e palavras de baixo calão, não age com método. Contraditório na essência, como quem veio para confundir, mas firme em seus propósitos, o ex-astrólogo comanda como um maestro distante, ao menos desde a campanha eleitoral, a ala ideológica do bolsonarismo. Com a ascensão de Jair Bolsonaro ao Planalto, seu séquito passou a ocupar postos estratégicos na Esplanada dos Ministérios, mas dois de seus apóstolos em especial justificam a astronômica influência que o ex-astrólogo exerce sobre o presidente da República: os filhos “02” e “03” do mandatário, Carlos e Eduardo Bolsonaro, respectivamente. Por intermédio deles, numa espécie de atalho afetivo, Olavo ocupa a mente e o coração daquele que foi eleito para comandar os destinos do País por 57 milhões de pessoas, com forte apoio do Exército, mas que, ao que parece, resolveu se deixar governar pelo exército de um homem só – o próprio Olavo.

Leia mais reportagem aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo Costa disse:

    O IMBECIL MESMO!!! e mais imbecil é quem o chama de GURU!!!

  2. Fagner disse:

    Retardado!

  3. Cigano Lulu disse:

    Orvalho de Cavalo é o cara… Arre égua!

  4. Realista disse:

    O guru tresloucado chama o militar de bosta engomada. Estão colhendo mais cedo do que se pensava o que ajudaram a plantar. Seria pior merda amassada.

  5. Bento disse:

    A revista IstoÉ não e da Globo .

  6. Bento disse:

    Dizem que não existe publicidade negativa,porque até isto por ser favorável ao atacado.
    Parabéns a isto é por torna-lo conhecido nacionalmente.
    Até nisso Olavo atinge seus objetivos, descontando seus exageros, tem muita coisa que serve de
    bom exemplo.

    • Orvalho de Cavalo disse:

      Exageros à parte, ela cantou muita pedra há anos sobre a big picture, enquanto ninguém sabia de nada. Foro de SP, tucanos e petistas encenando o bad cop x good cop, globalismo, marxismo cultural…

  7. Sandro disse:

    A globo começou a artilharia sai da frente.

Rock in Rio: edição de 2013 deverá ser menor por causa do " mau comportamento" de parte do público

Surpreendida pelo” mau comportamento” de parte do público do Rock in Rio, que resultou em mais de 500 furtos e em banheiros fétidos, e pela falta de responsabilidade de 300 prestadores de serviço, que simplesmente não apareceram para trabalhar, a vice-presidente do festival, Roberta Medina, chamou reforços.

Além do aumento de 30% no número de seguranças, foi convocada uma tropa de fiscais de banheiros para a segunda etapa da jornada, que começa hoje. O Bob’s, por sua vez, vai oferecer sanduíches de preparo mais rápido, e fechou lojas fixas para mandar funcionários extras à Cidade do Rock. Parte da equipe temporária não assumiu os postos – pegou a credencial de serviço e foi curtir os shows. Serão mais 50% latas de lixo.

O transporte para o festival, uma das principais reclamações do público na semana passada, também foi incrementado. Para melhorar a saída do público, um ponto de taxi vai funcionar a partir de 0h na Rua Salvador Allende, na altura da antiga Cidade do Rock.

Aprovação
Bastaram três dias para a organização perceber que cem mil pessoas por noite são demais para o Parque Olímpico Cidade do Rock e sua única via de uso de fornecedores. Portanto, já para 2013, o Rock in Rio será menor (não se sabe ainda quanto menor).

Vinda de quatro edições em Portugal e duas em Madri, Roberta se impressionou com problemas inéditos. “Na Europa não tem furto e as pessoas não fazem xixi na parede. Fiquei aborrecida, mas a pesquisa do Ibope mostrou que a nota média dada pelo público foi 8,7 – 9,3 no primeiro dia, o mais confuso.” Ela negou que a edição na Cidade do México esteja fechada para 2012. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.