Acidente

Idoso morre após ser atropelado por motociclista em faixa de pedestres na Zona Sul de Natal

O portal G1-RN destaca em reportagem nesta quarta-feira(13) que um idoso de 69 anos morreu após ser atropelado em uma faixa de pedestres, na rua principal da Vila de Ponta Negra, perto da praça do Cruzeiro, na Zona Sul de Natal, na tarde dessa terça-feira(12). Segundo testemunhas, o motociclista que atropelou o homem fugiu sem prestar socorro.

Segundo a reportagem, o idoso saiu de um supermercado e foi até a faixa para atravessar. Segundo testemunhas, um carro parou e o idoso começou a travessia quando foi atingido por uma moto. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. Mais detalhes AQUI.

Opinião dos leitores

  1. Com raríssimas exceções, motoqueiros são pessoas totalmente desprovidas de respeito pelo próximo. Desrespeitam não só as passagens para pedestres, mas qualquer tipo de sinal. Pense numa PRAGA "coronavírica". As autoridades competentes têm que promover permanentemente cursos de educação no trânsito para esse pessoal.

    1. Isso explica o apoio massivo de motoclubes ao pai das rachadinhas.

  2. A poucos dias eu estava estacionado em uma pastelaria da Av. Abel Cabral, nessa ocasiao, fiquei espantado com a enorme quantidade de moto entregadores circulando, em alta velocidade, fazendo manobras arriscadas e tirando fino nos veículos estacionados como o meu. Resolvi contar, em um espaço de 10 minutos passaram exatamente 59 motos desse tipo, 59 x 60 minutos = 254, como estava antes do sinal, observei que 95% passaram no sinal vermelho, ou seja, isso é uma desmantelo total.

    1. Precisamos urgentemente iniciar uma campanha para não comprarmos mais comida de aplicativos cujos motoqueiros desrespeitam as leis de trânsito. Se você flagrar um motoqueiro desrespeitando, fotografe e envie para o administrador do aplicativo. NÃO COMPRE COMIDA DE APLICATIVO DO MOTOQUEIROS QUE DESRESPEITAM AS LEIS DE TRÂNSITO. MULTIPLIQUE ESSA IDEIA.

  3. É impressionante o total descontrole sobre o trânsito de motos em Natal. Basta um minuto em qualquer cruzamento para vermos diversas infrações cometidas por motoqueiros. Não respeitam faixa de pedestres, sinal vermelho, calçada, normas de preferência e por vai. As leis de trânsito não valem nada!!

  4. A praga do trânsito de Natal são os motociclistas, a maioria são irresponsáveis, tem que haver mais vigilância sobre esses monstros do trânsito.

  5. BG
    Com a adoção destes aplicativos de alimentos que pagem por produção o CAOS se instalou definitivamente no transito com esses indivíduos arrogantes, intimidadores no transito. E as autoridades fazendo de conta que não sabem de nada, dormindo em berço esplendido, vidas sendo ceifadas, hospitais cheios de acidentados, prejuízos com tratamento destes IRRESPONSAVEIS. Multas pesadas, apreensão das motos, cassação de CNH, pode ser um dos caminhos.

  6. BG
    Estamos presenciando diariamente a OMISSÃO das autoridades do transito STTU/PRE/PRF com esses SUICIDAS e HOMICIDAS motoqueiros, são contramãos, avanço de sinal,ultrapassagem pela direita, andando nas calçadas e tudo o mais. Será que um dia teremos LEIS neste País para por ordem nesta bagunça??????.

    1. Meu amigo prefeito seu comentário, na AV: Ayrton Senna 99% dos motoqueiros não respeitam as leis de trânsito e esses entregadores são o piores, no condomínio que eu moro está proibido a entrada deles

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

VÍDEO: Bueiro aberto em plena avenida em Natal gera riscos para pedestres e motoristas

Um beiro aberto em plena Avenida Deodoro da Fonseca, na Zona Leste de Natal, nas proximidades do Hospital Infantil Varela Santiago é registrado aberto, sem a tampa. Risco enorme de acidente para pedestres e até mesmo motoristas. Vídeo cedido pelo professor de Karatê, “Chicão”.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

STTU informa que mais de 3 mil pedestres atravessam trecho da Salgado Filho, quase 700 na Hermes da Fonseca, e reafirma importância de semáforos

Foto: Ilustrativa/via Estadão

Durante entrevista de Elequicina dos Santos – titular da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), no Meio-Dia RN com o BG, na 98 FM, nesta quarta-feira(11), o programa também contou com a presença de Walter Pedro, um dos nomes mais respeitados no órgão, que explicou o estudo citado pela secretária sobre a quantidade de pedestres ao dia nas áreas de implementações de semáforos questionados pela população, nas Avenidas Hermes da Fonseca e Salgado Filho.

Veja mais:Secretária Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) justifica instalação de semáforos como prioridade da política de mobilidade também ao pedestre

E também> VÍDEO MEIO-DIA RN: programa desta quarta entrevistou Elequicina dos Santos – titular da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU)

Walter Pedro, antes de tudo, informou que técnicos e profissionais da área monitoram a mobilidade da cidade, primeiro, em prol da vida humana. Disse que se for para um pedestre atravessar uma via com segurança, já vale o investimento. Ele ainda revelou que o estudo da STTU indicou uma média ao dia de três mil pedestres que atravessavam as imediações do entorno da Amintas Barros até a Igreja Universal, e de pelo menos 680 pessoas no trecho da Hermes da Fonseca, próxima de uma padaria.

Por fim, também destacou que em análise realizada após a instalação desses semáforos, o número de pedestres aumentou consideravelmente, o que levará a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana a realizar uma nova pesquisa de atualização dos números até o momento apresentados.

Opinião dos leitores

  1. Esse Walter Pedro eu nao entendo porque ainda nao esta demitido. O nome dele so se envolve em projeto sem futuro! Quero um novo prefeito proximo ano p/ botar esse Walter Pedro no olho da rua! Nada que ele comanda funciona nessa cidade, é so coisa da cabeça dele e da equipe dele, visao limitada! Façam viadutos e tuneis bando de dementes! A cidade agradece! Agora fica torrando dinheiro publico com soluções plaitivas que trazem outros efeitos negativos. Que se explodam os pedestres. A cidade tem mais carros circulando ou mais pedestres? precisa nem saber matematica basica p/ fazer essa conta. Façam viadutos e tuneis que tanto os carros quanto os pedestres serao beneficiados, é caro, mas juntando dinheiro um dia voces da sttu farao alguma coisa que preste. Vejam as obras federais! Essas sim dão orgulho ao cidadao e melhoram tudo. O complexo de viadutos e tuneis do arena, os viadutos e tuneis de parnamirim e da br 101. O que falta p/ STTU fazer isso dentro da cidade? dinheiro? juntem dinheiro entao. Agora torrar o pouco que tem de imediato com semaforos é porque estao querendo aparecer ne? querem uma fama muito rapido de que solucionaram os problemas da cidade é isso? juntar dinheiro p/ fazer viaduto a longo prazo isso vcs nao fazem ne incompetentes? a população ta revoltada sim pq sabe que são milhoes em multas que ela paga e esse dinheiro é mal usado p/ querer beneficiar uns poucos grupos (pedestres) e nao a maioria da população. Governam p/ minorias e nao p/ maioria, que democracia é essa?

  2. Três mil pessoas no sinal da IURD? Só se tiver todos os dias jogo de América x Abc na Arena das Dunas. Informação imoral e descabida.

  3. Pedestre atravessa em todo local, se o motivo é esse Bota semáforo em frente ao Natal shopping e ao atacadao, vamos encher a BR de semáforos. Vamos inutilizar o dinheiro gasto na obra dos viadutos. Afinal a sttu só faz cagada..

  4. Coloca cactus e agave em todo o canteiro, que o povo aprende a atravessar pela passarela. Se aprendem a rezar sem precisar de milho no joelho, aprendem a usar a passarela.

  5. Só na Hermes da Fonseca já temos 7 semáforos, considerando os 700 pedestres, dá uma média de 100 pessoas por semáforo durante o dia, por horas dá em média 15 pedestres e a cada 4 minutos passaria uma pessoa. O semáforo abre a pelo menos cada 2 minutos. Lógico que não segue nessa distribuição, mas a gente não vê engarramento de pedestres pra atravessar semáforo

  6. Todo pedestre quer mesmo é ser motorizado.
    E todo motorizado é puto com tudo q lhe obstacule do trânsito.
    Pode ter ctz q esses mesmos pedestre qdo estão em trânsito motorizado ficam putos qdo são obstaculados por esses inúteis semáforos.

  7. Quero APLAUDIR a equipe da STTU por fazer contagem in loco de quantas pessoas atraves essas ruas. ISSO É QUE É COMPETENCIA. VIVA.

  8. Impressionante a falta de argumentos !
    O trânsito ficou caótico em função destes semáforos. Pode ir atrás que vão achar o verdadeiro motivo !!!!!

  9. E a passarela, porque não dão um jeito nela e educa o pedestre a não ser preguiçoso e andar mais alguns metros para a passarela. Vergonha e depois querem que o Brasil seja uma nação. Educar é difícil para quem não tem educação não é STTU

  10. E não passariam pela passarela?
    Quanta incompetência!
    Demissão a toda equipe da STTU, por tamanha genialidade!!!
    SOCORRO!!!

  11. Ora, se é pra atender os pedestres, que se faça uma passarela ou passagem subterrânea. Atenderia um (pedestres) sem prejudicar a maioria (veiculos). O trânsito fluia e os transeuntes passariam.

  12. deve ser isso mesmo… 3 mil/dia. 2 igrejas com varias sessoes de arrecadacao em nome de algum santo deve da isso na soma da entrada e saída do culto. isso justifica prejudicar toda a populacao da zona sul, parnamirim e macaiba que circula naquele trecho. se for esse volume, depois que se permitiu construir sem planejamento (semurb) aqueles centros de doacao, caberia uma passarela, e nao uma faixa de pedestre.

  13. Essa tal de Elequicina não entende p**** nenhuma de trânsito, ela só fica nesse cargo para arrecadar dinheiro para campanha de prefeito, é por isso que ainda continua no cargo

  14. No que diz respeito a essa senhora e sua equipe técnica da STTU, busco justificativa na sapiência de um dos maiores homem da humanidade. O grande renascentista Leonardo da Vinci, em certa ocasião soltou a seguinte pérola: "Quando falares dos quadrúpedes põe alguns homens entre eles".
    Está frase engloba todas as cavalgaduras da STTU… E aja relinchos.

  15. Se for assim, vai ter um semáforo a cada 100m. Proxino ano não votem em Álvaro dias pls!! Partido novo logo!!

  16. Quem foi que contou esse povo todinho heim??
    Isso tá errado, corredor pro hospital Alfredo Gurgel.
    Não pode e nem deve ficar engarrafado.
    Idéia absurda desse prefeito.
    Carlos Eduardo fazia propaganda dessa avenida na época da copa do mundo, dizia ele que não teria mais engarrafamentos de jeito nenhum na Salgado Filho, agora tem em duas, Hermes da Fonceca também.
    Hoje, sem duvidas, um retrocesso descabido.
    Cadê os 29 vereadores de Natal??
    Cadê??

  17. Elequicina e seu staff trouxeram a ponte de Igapó para a Salgado Filho. Num país de vergonha, estavam todos demitidos

  18. No afã de defender o indefensável, ninguém se surpreenda se a próxima "justificativa" da STTU for a de que o semáforo foi colocado em frente a "Casa da Moeda" para facilitar o acesso ao Hospital do Coração.

  19. Deu ruim para a turma do busão, mais 5 minutos para chegar e voltar. Pedestres já passavam mesmo por lá, com ou sem faixa.

  20. Se for com essa filosofia e com esses argumentos o prefeito pode mandar licitar mais uns 500 semáforos e instalar ao longo de todas as principais avenidas de Natal. Não é assim que funciona.

  21. Elequina, pq não temos faixa de pedestres
    1- Em frente ao Colégio Auxiliadora. 2 – No sinal com a Rua Jundiaí. 3- No sinal com a Apodi, que também serve a Escola Doméstica. 4- No sinal da Angelo Varella. 5- No sinal da Alberto Maranhão (a 50 mts da Nacre). 6- No sinal do Aero Clube (a 100 mts da Nacre). 7- Na saída do Hospital do Exército. 8- No sinal da drogaria Globo (Alexandrino de Alencar). 9- No sinal de pedestre do Walfredo Gurgel. 10- No sinal do Midway. 11- No sinal da Antonio Basílio. 12- No sinal da Nascimento de Castro. 13- No sinal da Amintas Barros. Ou seja em todo percurso da Hermes da Fonseca e Salgado Filho, só tem duas faixas de pedestres sinalizadas, a da Padaria Nacre e da Igreja Universal. Pense numa competência dessa equipe.

  22. A STTU vai insistir no erro, está igual a bandido pego em flagrante, nega o que os olhos estão vendo, por maior que seja o problema. A STTU conseguiu dificultar e engarrafar o trânsito onde antes tinha fluxo tranquilo e favorável. A justificativa são os pedestres que não querem usar as passarelas. Pronto, que deixe o trânsito congestionado, o cidadão insatisfeito, desfavoreça 1000 e favoreça 50.
    Vamos fazer um comparativo simples nesses sinais.
    Toda vez que eles fecharem, filmem quantos pedestres passam de um lado para outro da rua, da mesma forma filmem o quando o tempo de sinal fechado vai formando o congestionamento.
    Pode ser também quantos pedestres passam no tempo que o sinal fica fechado e quantos carros passam nesse mesmo tempo. Aí começamos a ter uma avaliação justa das medidas tomadas que se mostram erradas e a STTU insistentemente, arbitrariamente, faz uma justificativa injustificável. Está mais para arrogância administrativa.

  23. E a passarela a menos de 100 metros deste semáforo da Universal? Melhor um transtorno à mobilidade do trânsito ao pedestre fazer esse pequeno esforço?
    Explica, mas não justifica nem convence.

    1. BG
      O ano que vem fora o "prefeito de Natal" de Caicó e fora a secretaria (Elequissina) e seu sub secretario, todos INCOMPETENTES.

    2. Fica Álvaro Dias, é um bom gestor. Te. Que exonerar alguns secretários, crias de Carlos Eduardo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Justiça manda prefeitura indenizar mulher que caiu em buraco na calçada em R$ 4.000.

Deu na Folha de S.Paulo. A Justiça tem responsabilizado a prefeitura e não o proprietário da calçada em casos de pedestres que caíram em passeios esburacados e moveram ação contra a administração municipal.

Veja na reportagem:

Ivonilde de Jesus Silva caiu em um buraco na calçada da avenida Pedroso de Moraes, em Pinheiros (zona oeste de SP), e teve ferimentos leves. Esburacada e malconservada, a calçada é de responsabilidade do proprietário da casa, mas a Justiça mandou a prefeitura indenizar Ivonildes em R$ 4.000.

A decisão é de junho, da segunda instância da Justiça paulista. A prefeitura já havia sido condenada em primeira instância em 2009. Ainda cabe recurso à decisão.

Casos assim são comuns em São Paulo: a reportagem identificou ao menos dez casos entre os anos de 2010 e 2012, julgados pela segunda instância, no Tribunal de Justiça de São Paulo.

Para o município, o proprietário é o responsável pelas calçadas. Só que esse argumento não tem convencido o Judiciário, para quem a atribuição é da prefeitura.

Pela lei municipal, de 2012, além de multa de R$ 300 por metro linear de testada do terreno, o proprietário pode ser obrigado a refazer uma calçada se ela estiver em desacordo com os padrões municipais.
Tropeço

Tereza Gazzillo tropeçou em uma tampa da Eletropaulo em uma calçada em obras na avenida Nove de Julho, nos Jardins (zona oeste), e fraturou o ombro.Ela pediu R$ 50 mil à Justiça pela queda, que culpou a prefeitura mas não deu tudo o que ela pedia: em junho, a indenização foi fixada: R$ 4.000.

Resposta
Questionada sobre as decisões judiciais, a prefeitura não comentou os processos e disse que reformou mais de 400 mil metros quadrados de calçadas entre 2009 e 2012, com o objetivo de padronizá-las.
Outros 33 mil metros quadrados de calçadas reformadas serão entregues até o final deste ano, ainda segundo a prefeitura.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Denúncia

Construtoras ocupam calçadas põem em risco a vida dos pedestres

As imagens falam por si.

Não é a primeira vez, e não há sinais de que será a última.

Tornou-se hábito na construção civil a ocupação do espaço público além da esfera comum da invasão. Não basta apenas dominar o os céus. É preciso se impor nas calçadas.

E quem sai perdendo? Não são os empreendedores dos imóveis. São os pedestres mesmo.

E numa cidade, então, em que os condutores de veículos estão acostumados a fazer das calçadas suas garagens particulares. É cada um por si.

As imagens abaixo foram registradas por um leitor.

A construtora deixou um espaço mínimo para a passagem de pedestres, que se arriscam num estreito trecho. Atenção redobrada com veículos passando a centímetros das pessoas.

E a quem compete a fiscalização? À Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo – a Semurb.

Opinião dos leitores

  1. Sim, Bruno. A
    fiscalização compete à SEMURB.
    E o Código de Obras do município de Natal prevê:
    “Cap. IV – Art. 44 – Nenhuma obra de construção, de
    ampliação ou de demolição pode ser feita no alinhamento dos logradouros
    públicos sem que haja na testada um tapume provisório de, no mínimo, dois
    metros (2,00 m) de altura, sendo ainda proibida a ocupação de mais da metade da
    largura da calçada, com a preservação do espaço restante livre de entulhos ou
    de materiais, para permitir a segurança e o livre trânsito do pedestre.

    Parágrafo único.
    A faixa da calçada livre de entulhos ou materiais, prevista no caput do artigo,
    não pode ser inferior a um metro e vinte centímetros (1,20 m). Portanto, esse passeio público me parece irregular. Abraço.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *