Polícia Civil prende, no Paço da Pátria, homem por latrocínio contra policial militar em abril de 2018

Foto: Ilustrativa

Policias civis da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, na manhã desta quarta-feira (27), Janderson Ferreira Leones, 24 anos. Ele foi recapturado no bairro Paço da Pátria, na Zona Leste da Capital Potiguar. A prisão se deu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, decorrente de sentença condenatória pelo crime de latrocínio que vitimou o sargento da Polícia Militar, José Edivaldo do Nascimento, ocorrido em 21 de abril de 2018.

Em março, ele havia sido preso pelo crime de tráfico de drogas, quando foi encontrado com 25 porções de “crack”, o que somava 2,33 gramas da droga. Após essa prisão, realizada em março, ele passou a responder por dois processos: um referente ao latrocínio que vitimou o sargento e outro relativo ao tráfico de drogas que motivou sua prisão. Em razão de a conduta ter sido considerada posse de drogas para consumo pessoal, ele foi solto pela Justiça em setembro deste ano, apesar de haver um pedido de prisão preventiva por parte da Polícia Civil, referente à morte do policial militar.

Ainda no mês de setembro, Janderson Ferreira foi condenado pela Justiça, em primeira instância, a uma pena de 17 (dezessete) anos e 06 (seis) meses de reclusão, pela morte do sargento da Polícia Militar, José Edivaldo do Nascimento, ocorrida em 21 de abril de 2018. Com a condenação, a prisão preventiva de Janderson Ferreira foi decretada.

Durante as diligências realizadas nesta quarta-feira (27), no Paço da Pátria, foram encontrados, em outro imóvel, duas mesas de som, com valor de aproximadamente R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos mil reais), além de diversos produtos para cães, como coleiras, guias, rações e bolsa para transporte, os quais possivelmente são provenientes de roubos ou furtos. A proprietária do petshop, que foi vítima do crime de furto, foi identificada e o responsável pelo imóvel, no qual o material foi encontrado, foi atuado em flagrante por receptação dolosa.

Janderson Ferreira foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que o proprietário das mesas de som apreendidas, portando o respectivo boletim de ocorrência, procure a Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), localizada no endereço Av. Capitão-Mor Gouveia, 1339 – Cidade da Esperança, Natal, para reconhecimento e entrega do material.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Policial militar afastado é preso suspeito de assalto em Nova Parnamirim

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca nesta sexta-feira(18) que um policial militar afastado foi preso nessa quinta-feira (17) suspeito de participar de assalto a uma mulher em Nova Parnamirim, em Parnamirim, na Grande Natal. O suspeito estava sendo investigado por outros crimes e foi detido pela Guarda Municipal.

Segundo a reportagem, o suspeito que está afastado na corporação estava em um veículo, acompanhado de uma mulher, e teria abordado uma mulher que caminhava próximo à Avenida Abel Cabral. Após o assalto, a vítima entrou em contato com a Guarda Municipal de Natal. Uma equipe foi até a região e, com a placa do veículo, descobriu o endereço do suspeito. Veja matéria na íntegra aqui.

Polícia Civil prende suspeito pelo latrocínio de policial militar no bairro do Tirol

A Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu, na manhã desta quinta-feira (28), Janderson Ferreira Leones, 24 anos, suspeito da morte do sargento da Polícia Militar, José Edivaldo do Nascimento, no dia 21 de abril de 2018, no bairro Tirol, em Natal. Janderson foi detido mediante o cumprimento de um mandado de prisão temporária, no Passo da Pátria, Zona Leste de Natal.

Na ocasião, os policiais também cumpriram mandado de busca e apreensão na residência do investigado, quando foi encontrada certa quantidade de “crack”, razão pela qual Janderson Ferreira foi preso em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas. Em interrogatório prestado após a prisão, Janderson Ferreira confessou que atirou na vítima, após ter anunciado o assalto, e que não sabia que se tratava de um policial militar.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marco58 disse:

    execução sumária, daqui a hum ano está solto, infelizmente e a verdade com a falsa justiça que temos comprovou o delito bala no centro da cabeca. a população não aguenta mais.

Foragido de Alcaçuz morre durante tentativa de assalto a policial militar no interior do RN

Um foragido da Penitenciária Estadual de Alcaçuz foi morto nesta segunda-feira(18) durante uma tentativa de assalto a um sargento da Polícia Militar na cidade de Patu.

Segundo a Polícia Militar, o sargento se dirigia para a sua propriedade, quando foi abordado por uma dupla em motocicleta. Diante da ação criminosa, o policial reagiu e matou bandido.

O apenado, natura de Pau dos Ferros, de identidade a ser confirmada, havia sido encaminhado para o cumprimento de pena no regime aberto, e nunca mais se apresentou. Informações preliminares dão conta que estava morando na região Oeste do estado, na cidade de Mossoró.

FOTO: Polícia Civil pede ajuda da população para localizar homem que atirou em policial militar em Natal

Crime foi cometido em dezembro de 2018

A Delegacia de Furtos e Roubos (Defur) pede ajuda da população para o envio de denúncias anônimas que possam contribuir a localizar João Vitor Bezerra de Souza, conhecido como Galeguinho. Investigações da Polícia Civil revelam que ele foi o responsável por atirar em um policial militar, durante um roubo ocorrido em uma clínica de fisioterapia localizada no bairro Barro Vermelho, em Natal, no dia 13 de dezembro de 2018. Já estão presos por este crime, Romildo do Carmo de Oliveira e Dowglas John da Silva Marinho.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elvys disse:

    Cancela o CPF desse logo, sem choro nem vela.

  2. Joao silva disse:

    É de caico alto da boa vista bairro.

    • Everton disse:

      "A população pode fazer denúncias através do aplicativo pelo número (84) 98132-6057, podendo enviar, além das informações, fotos e vídeos. Assim como o 181, o horário de funcionamento é das 6h até meia noite."

      Faça seu dever cívico.

FOTO: Homens são presos na BR 101 Norte após troca de tiros com policial militar

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, no final da tarde deste domingo (20), no km 63 da BR 101, na rotatória de acesso à praia de Pitangui, no litoral norte do Estado, dois homens que seguiam em um Corolla prata, no sentido à Natal.

Por volta das 16h20, a PRF recebeu a informação de um policial militar, através do telefone de emergência 191, dizendo que estaria em acompanhamento a um Corolla de cor prata, ocupado por dois homens que teriam efetuado disparos contra ele, na praia de Maracajaú, na cidade de Barra de Maxaranguape/RN.

Prontamente foi acionada uma equipe que localizou o veículo em deslocamento, com pneus estourados e várias perfurações de tiro. Na sequência, foi abordado também o veículo em que seguia o policial militar.

Após a abordagem e vistoria aos ocupantes do veículo suspeito, foi constatado que o motorista, um homem de 28 anos, natural de Mossoró, possuía mandado de prisão em aberto expedido pela 5ª Vara Criminal de Natal, por assaltos. Este ainda apresentou documento falso. O passageiro, um homem de 45 anos, natural de Natal, responde por posse ilegal de arma de fogo.

Durante conversa com o Policial Militar, este informou aos PRFs que vinha em acompanhamento ao Corolla, quando os ocupantes começaram a atirar contra o carro dele, iniciando uma troca de tiros. Relatou ainda que após acabar a munição, os suspeitos jogaram uma arma de fogo pela janela do carro.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Plantão da Zona Norte, em Natal. Na delegacia, o passageiro do Corolla confessou ter atirado contra o veículo do policial militar. Foi constatado também que o homem de 28 anos, já havia sido preso em uma operação de combate ao crime da Polícia Civil do RN, em março do ano passado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Valdir antunes freitas disse:

    Parabéns à PRF que prontamente atendeu ao chamado do colega PM e respondeu à altura com prontidão. É visível a integração entre as forças na hora da necessidade. Só que ganha é a população do RN

  2. HSA disse:

    Parabéns para esses guerreiros que diuturnamente arriscam suas vidas em defesa da sociaedade. Todo o meu respeito.

  3. Luciana Morais Gama disse:

    Na audiência de custódia deverá soltar novamente esse marginal. A sociedade que se lasque.

Estudante de direito é preso após tentativa de assalto a policial militar na Zona Norte de Natal

Um homem de 31 anos, estudante de direito em uma universidade em Natal, foi preso na noite dessa quinta-feira(17) durante uma tentativa de assalto a um sargento da Polícia Militar, por volta das 20h30, na Zona Norte da capital.

Segundo a PM, o policial reagiu a abordagem e rendeu o acusado. Com ele, foi apreendido um simulacro de arma de fogo(arma falsa semelhante a uma verdadeira).

O acusado foi conduzido a Delegacia de Plantão Zona Norte, e autuado.

As informações são do 190 RN. Mais detalhes clicando aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Everton disse:

    O curso só aparece se for direito, como se cursar isso fosse um atestado de honestidade.

  2. luiz fernando disse:

    Isso é o que dá ter uma faculdade em cada poste.

  3. observador disse:

    Seria um ótimo advogado, misericórdia…

  4. Roger disse:

    Os bandidos tão se capacitando. Ontem foi uma estudante de direito, hoje outro…

Assaltantes levam arma e colete de policial militar na Região Metropolitana de Natal

Um policial foi assaltado enquanto durante o serviço em uma base da PM na noite desta quinta-feira, em Vera Cruz, Região Metropolitana de Natal. De acordo com o sargento da Polícia Militar, três homens chegaram em um carro anunciando o assalto. A arma e o colete balístico do policial foram levados pelos bandidos. Uma guarnição da Polícia ainda iniciou uma perseguição, mas o trio conseguiu fugir por um matagal após abandonar o carro.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. O MICO disse:

    Vots…
    Pensava que era só está armado que evitava assaltos e acabava com os bandidos.
    mkkkkkkkkkk

  2. Rafael disse:

    Mas a solução será "enteder " o lado desse vagabundo que é perseguido pelo neoliberalismo, os ricos opressores que impedem dele ser trabalhador. Além disso precisamos ter amor, distribuir flores e amar o próximo. E é nesse papinhu demagogo da esquerda que o Brasil registra índices de assassinatos com cidadãos de bem maiores que grandes guerras passadas.

Policial militar morre após ser baleado na Zona Norte de Natal

Por interino

Um policial militar foi baleado e morreu durante socorro médico na tarde desta sexta-feira(08) na Zona Norte de Natal. A vítima, identificada como cabo Melqui Djalcy Rodrigues, de 41 anos, pertencia ao 4º BPM.

Até a publicação deste post detalhes da ocorrência  ainda são desconhecidos.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ems disse:

    Onde está o rigor da lei para esses casos ? Onde está a indignação da sociedade e da imprensa ? O estado paralelo dominou o nosso RN e não vejo as autoridades constituídas preocupadas em solucionar esta situação.

Jungmann diz que vereador, policial militar e ex-PM estão entre os investigados no caso Marielle

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse nesta quinta-feira (10) que entre os investigados no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco estão o vereador Marcello Siciliano (PHS), um policial militar e o ex-policial militar Orlando Oliveira de Araújo, que está preso acusado de chefiar uma milícia. Segundo o ministro, a investigação está chegando ao fim.

De acordo com informações obtidas pelo jornal “O Globo”, uma testemunha contou à polícia que o vereador e o ex-PM queriam a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL). O vereador e o ex-policial militar negam participação no crime.

Durante entrevista concedida após a primeira reunião da Câmara Intersetorial de Prevenção Social e Segurança Pública, o ministro foi indagado se os três estavam entre os investigados.

“Eu disse lá atrás que tudo apontava para as milícias, não estou dizendo que são esses especificamente. O que eu posso dizer é que esses e outros são investigados e que a investigação do caso Marielle está chegando à sua etapa final, e eu acredito que em breve nós devemos ter resultados”, disse o ministro.

Sobre a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro, Jungmann disse que a percepção de mudança “ainda não alcançou a maioria da população, mas as medidas saneadoras estão sendo tomadas e elas vão apresentar resultados”.

Ele falou que, de acordo com o senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), o projeto que cria o Sistema Único de Segurança Pública (Susp) será votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado na próxima semana.

G1

 

Polícia Civil no RN prende suspeitos que estavam com arma furtada de policial militar

As equipes da Polícia Civil de Pau dos Ferros e da Delegacia Municipal de Alexandria prenderam Ricardo da Silva Neto ( 30 anos ) e Luís Tomaz da Silva Neto ( 37 anos), na manhã desta sexta-feira (20). Eles são suspeitos de terem envolvimento no furto de uma pistola ponto 40, dois carregadores e 23 munições do soldado da Polícia Militar, Sanderson Pimenta. O crime aconteceu no dia 23 de outubro, na cidade de Pau dos Ferros.

“As investigações foram iniciadas pela Delegacia de Polícia de Pau dos Ferros, que fez os pedidos de busca e apreensão para residências em Pau dos Ferros e Tenente Ananias. Com o apoio da delegacia municipal de Alexandria, conseguimos chegar até os dois envolvidos, que foram presos no povoado Vila Mata, zona rural de Tenente Ananias”, detalhou o delegado titular da Delegacia Municipal de Alexandria, Aroldo Chaves.

No momento da prisão, Ricardo da Silva Neto estava com a arma do policial militar. Ele afirmou à Polícia Civil que comprou a arma de Luís Tomaz da Silva Neto, pelo valor de R$ 3.400 reais. “Luis Tomaz irá responder pelo crime de venda de arma de uso restrito e Ricardo da Silva será autuado por porte de arma de uso restrito. Com a prisão dos dois, continuaremos a investigar para descobrir quem foi o autor do furto”, afirmou o delegado Aroldo Chaves.

Assaltante que roubou arma de policial militar teve participação em latrocínio que vitimou professor da UERN

O assaltante Ivan Bueno de Souza Júnior, 24 anos, preso na noite da última segunda-feira (30) portando a arma de um policial militar, é um dos criminosos que tiveram participação no crime que vitimou o professor da UERN Carlos Magno Viana Fonseca, 32 anos.

O latrocínio ocorreu no dia 20 de novembro de 2011, em Doutor Severiano/RN, e chocou a população pelo seu requinte de crueldade. Na época, os criminosos tocaram fogo no veículo do professor com a vítima no porta malas do carro, possivelmente ainda viva.

O corpo do professor foi encontrado dias depois, no carro carbonizado, em uma estrada de difícil acesso na localidade do Sitio Lagoa de Dentro.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eduardo disse:

    Esse bandido deveria morrer queimado também, tomara que toquem fogo na cela dele e deixem arder no fogo do inferno. O advogado dele já deve entrar com um Habeas Corpus, que logo logo será deferido por uma autoridade judicial, então ele voltará a matar, queimar, etc, etc. Alguns dizem: más é a Lei, tem que cumprir a Lei, ora que os Juízes ajam conforme o clamor social, ajam deixando essas mazelas presas pelo tempo que conseguirem, mesmo que fiquemos sustentando essas malas sem alça…

Soldado da PM é detido acusado de estuprar a ex-namorada

Foi preso nesta manhã de quinta-feira (20), um policial militar suspeito de estuprar sua ex-namorada, na cidade de Santa Cruz. O soldado foi detido para averiguação. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o crime teria ocorrido no dia 29 de agosto, no apartamento do PM.

Segundo o delegado Silva Júnior, o suspeito obrigou a vítima a entrar no carro dele, e depois seguiu para sua residência e manteve relações sexuais com a jovem. A ex-namorada teria sido coagida a obedecer às ordens do policial sob ameaça de uma arma. E que depois do crime, ele ainda teria ameaçado publicar fotos íntimas na internet.

Em depoimento prestado à Polícia Civil nesta manhã, o suspeito negou as acusações e alegou que a relação foi consensual. O soldado da PM disse também que mandou as mensagens por ciúme.

 

 

Repórter do Diário de Natal é agredida e ameaçada com arma por policial militar

Um evento lamentável no Nazarenão, durante o jogo do América e Paysandu, e que, por sorte, não terminou em tragédia.

A repórter fotográfica do Diário de Natal, Ana Amaral, foi agredida por um policial militar.

De acordo com uma matéria publicada há pouco no DN Online, Ana registrava um torcedor que estaria sendo espancado por policiais militares no momento em que um dos PM’s se aproximou da fotógrafa e empurrou, impedindo que ela registrasse as cenas.

A fotógrafa alegou que estava trabalhando. Em resposta, o PM teria apontado a arma para sua cabeça e exigiu que ela parasse de tirar fotos, intimidando o trabalho do Diário de Natal.
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Junior disse:

    Olha ontem na entrada, muitas senhoras, crianças principalmente o meu ficou barbarizado com a truculência de certos policiais, eles de longe atiravam balas de borrachas em direção quem não tinha nada haver com a confusão, são sim despreparados o comandante da PM tem que ver isso e punir esse que dizem PM, não são todos, mais quando tem uma laranja podre no meio dos bons atigem eles todos. policia para quem precisa, policia para quem precisa de policia.

    • Lúcia Azevedo disse:

      O que mais se espera dos responsáveis é a punição dessas laranjas podres…infelizmente não é o que a gente vê que acontece…

  2. Napoleandro disse:

    Tem que analisar muito bem essa história….Pode estar havendo corporativismo por parte da imprensa também

  3. Serapião disse:

    Por isso que defendo a exigência de curso de nível superior como pré requisito para concurso para as polícias civis e militares….Já que a imprensa é uma caixa de ressonância da sociedade poderia fazer bastante matérias nesse sentido…. No entanto, a Imprensa não vem cumprindo bem o seu papel, afundando na militância partidária, colonismo – É colonismo mesmo – social e outros coisas de menor importância…QUando não apelam para apelam para um jornalismo sórdido, mórbido e bárbaro, exalando gosto e cheiro de sangue.

  4. Breno Cardoso disse:

    às vezes fica difícil saber de que lado a polícia está

  5. Alexandre Cavalcante disse:

    Esse fato mostra a prepotência dos policiais Do estado, a arrogância e o despreparo causa o abuso de autoridade, quem eles pensam que são? 

  6. Eusir disse:

    Tem muitos policiais bons. mas muitos nem tem conhecimento da constituicao. A sociedade tera uma nova mentalidade, quando for reformulada a estrutura curricular e inserir o estudo do direito constitucional ao alunos do ensino medio para todos fazerem valer os seus direitos e deveres.

    • Lúcia Azevedo disse:

      Além do estudo de direito, deveriam fazer uma avaliação psicológica nesses policiais que cada vez estão extrapolando mais os limites de respeito a integridade física da pessoa humana, porque se acham superior…acima do bem e do mal…não generalizando, claro.

  7. LEILA disse:

    Infelizmente, hj tememos mais alguns policiais do q os bandidos, pq cm a farda da PM fica difícil imaginar q tenham atos tão absurdos…No início desse ano, uma família amiga minha foi vítima de uma ação muito semelhante na praia de Maracajaú…um policial militar simplesmente pq queria q a família retirasse o carro de um estacionamento PUBLICO, a pedido de um dono de restaurante apontou a arma para uma amiga minha e pasme, suas duas filhas, de 10 e 4 anos, pq a mesma teria dito q essa não era função da PM…o policial chegou a derrubá-la e puxar seus cabelostudo registrado em fotos)…foi aberto um inquérito administrativo contra o tal policial, com provas de ''exames de corpo delito"  e "fotos" do ocorrido, uma vez q uma pessoa presente registrou toda atrocidade desse policial…sabe no q deu???…até agora em NADA…alegam q tem muitos processos, e estão tomando depoimentos (há quase um ano!)…ms contra fatos e fotos não há argumento…na época do ocorrido, pedi p ver as fotos e a ampla documentação, inclusive depoimentos de moradores q ficaram indignados cm a situação…até sugeri q ela levasse o caso a imprensa e processasse o Estado já q esses PM'S são d responsabilidade deste, e ninguém toma providências…particularmente, acho q é por causa do coorporativismo q existe entre esses PM'S…se eu for autorizada, envio p vc as fotos absurdas e outros documentos por e-mail…eu fico muito triste cm isso tudo, as crianças ficaram tão traumatizadas q uma equipe do PROERD foi na escola q elas estudam, e as mesmas ficaram assustadas por causa do fardamento da PM….sei q nem todos tem esse comportamento, ms por causa da impunidade todos pagam….

    • Lúcia Azevedo disse:

      Cara Leila, também fui abordada por PM com armas, igual a esse caso e ao caso da repórter. O interessante é que ultimamente venho acompanhando casos de agressões desses policiais envolvendo mais mulheres e crianças. É lamentável como aqui esse processo fica impune. No meu caso, estou processando o Estado também, e como não morri quando apontaram a arma p mim, pois poderia ter acontecido até acidentalmente, pois os tais policiais diziam que o meu carro era roubado com arma apontada para mim,só vou sossegar quando houver justiça. Essa família deveria fazer o mesmo, pois acho que nem eles sabem qual a função deles. Apontar arma por causa de estacionamento? Isso só tem um nome: ABUSO. E no caso da fotógrafa? PM agora quer impor censura a imprensa? Esse tempo já passou, ou estamos voltando ao tempo da ditadura?

  8. Breno Cardoso disse:

    onde está a liberdade de imprensa????????? 

  9. Gledsonr disse:

    É a nossa polícia se preparando para 2014!

  10. O que é isso hem???? o que estar acontecendo com a humanidade ninguém respeita mais ninguém, em quem agente poderia confiar não confia mais POLICIAL hj agente ver um policial e corre comedo dele lógico toda regra tem excessão. Agente mãe q tem filho que gosta de esporte não tem segurança de deixa eles irem prestigiar o seu time espero que isso um dia acabe só DEUS.