Em briga judicial com a Globo, Flamengo informa que vai transmitir jogo contra o Boavista via streaming

Foto: Reprodução/Site Flamengo

Conforme noticiado pela mídia, a Globo entrou com uma ação judicial para impedir a transmissão do jogo do Flamengo contra o Boavista, na próxima quarta-feira, e o Poder Judiciário deverá decidir sobre esse pedido nos próximos dias. Portanto, se não houver impedimento judicial, no dia 1º de julho será dado um passo importante para o futebol brasileiro: pela primeira vez, o Flamengo irá fazer toda a produção e transmissão de uma partida oficial de futebol profissional em seu canal próprio, a FlaTV. O jogo será válido pela quinta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Os 42 milhões de torcedores do time, que formam a Maior Torcida do Mundo, poderão acompanhar a programação pela internet, começando a assistir à transmissão da FlaTV ao vivo, direto do estádio Maracanã, a partir de duas horas antes da partida. O pré-jogo levará aos espectadores matérias exclusivas e muita resenha, com o locutor Emerson Santos e os comentaristas Alexandre Tavares e Raul Plassmann, goleiro campeão do mundo pelo Flamengo.

Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo, destacou a grande transformação que pode acontecer no futebol com a aprovação da MP 984/2020 pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal.

Gustavo Oliveira, vice-presidente de Comunicação e Marketing. Foto: Divulgação

“É um marco para o futebol brasileiro. Com a MP, todos os clubes, além de se fortalecerem, ganhando maior poder de negociação, poderão fazer ações como esta para suas torcidas. Estamos trabalhando muito para oferecer uma transmissão de alto nível para todos nossos torcedores, nosso maior patrimônio. Essa transmissão representa a democratização do espetáculo. Ficaremos felizes em proporcionar essa alegria à torcida em um momento de tanta adversidade”, disse. O dirigente ainda chamou atenção para as mudanças na forma de se consumir o esporte nos últimos anos.

“O mundo mudou e o futebol precisa acompanhar as novas tecnologias e necessidades do mercado e do torcedor. Caso seja aprovada no Congresso Nacional e se converta em lei, essa MP vai possibilitar a universalização do acesso do consumidor ao conteúdo futebol nas mais diversas plataformas, aumentando sua liberdade de escolha. Será um enorme legado para o futebol brasileiro”, concluiu.

O Flamengo está negociando com diversas empresas para o patrocínio da transmissão, que deverá alcançar uma audiência recorde no canal do clube.

Com informações do site do Flamengo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Patuleia viciada em futebol, samba, jogos de azar, carnaval e vaquejada… e ainda tem o desplante de dizer que Deus é brasileiro! É, pode até ser… Só resta saber que Deus ordinário é este.

  2. Beemoth,Leviatã,Ziz disse:

    Eu não perco o meu tempo vendo 22 pessoas correndo atrás de uma bola, isso é uma tremenda falta de que fazer mesmo, passar entre 90 a 100 minutos ouvindo e olhando para uma televisão, para mim isso chamado futebol nada acrescenta de positivo na vida de alguém, eu não torço para nem um time de futebol local ou do Rio de Janeiro e de São Paulo nem pela chamada seleção de futebol e as pessoas ainda se ofendem entre si oralmente e até fisicamente, porque um torce por um time e um outro torce por outro um time considerado rival,e a mídia brasileira criou até uma rivalidade internacional contra os argentinos, muitas pessoas no Brasil não gostam dos argentinos e Argentinas e agora contra os alemães por causa dos 7 à 1, e nos bares ou em casa ou nos estádios as pessoas passam os 90 à 100 minutos tomando bebidas alcoólicas até ficarem agressivos, violentos, isto tudo é uma grande ilusão, delirio, fantasia, uma paranóia coletiva imposta pela midia radiofônica e televisiva e a pouco tempo passou a serem transmitidos via internet através dos aparelhos de computadores de mesa e computadores móveis; celulares,tablets, notebooks, netbooks, isso tudo não passa de um grande alucinógeno coletivo, principalmente pelas pessoas do gênero masculino e em menor proporção numérica de pessoas do gênero feminino.

  3. Manoel disse:

    A princípio pode parecer bom, mas escrevam o que digo: brevemente vao começar a cobrar para cada partida exibida na net ou até liberar para apenas os sócio torcedores.

VÊNUS PLATINADA EM SITUAÇÃO DIFÍCIL: Dona da ESPN Brasil e da Fox Sports, Disney pode herdar da Globo direito de transmitir a Copa do Qatar

Foto: Reprodução Sportv

A Fifa negociou a transmissão da Copa do Mundo da Rússia com 219 países e territórios.

A entidade sempre foi rígida nos contratos.

Assim que o brasileiro João Havelange assumiu a presidência, em 1974, ele tratou de fazer duas significativas mudanças.

A primeira, valorizar como nunca as transmissões dos eventos da Fifa. Especialmente a Copa do Mundo.

A segunda atitude foi criar um departamento jurídico fortíssimo para cobrar esses contratos.

Desde então, os valores foram aumentando substancialmente. Havelange percebeu quanto dinheiro a Copa mobiliza.

E cresceu também a firmeza na exigência do cumprimento dos contratos também.

Até para não haver o efeito cascata.

No caso de um país não honrar o contrato que assinou, e a Fifa ceder, outros também se sintam no direito de exigir descontos ou mais facilidades de pagamento.

É exatamente com essa predisposição que a Fifa vai enfrentar a TV Globo na Corte de Justiça na Suíça.

A emissora declarou com todas as letras não ter dinheiro para seguir pagando as nove parcelas de 90 milhões de dólares, desde 2015, cerca de R$ 468 milhões, para ter os eventos principais da entidade até 2022.

Disse que sua crise financeira é graças à pandemia.

A Globo cumpriu sua obrigação e pagou cinco parcelas. Mas admitiu não ter condições de pagar a sexta, que vence daqui seis dias, 30 de junho.

E procurou a Justiça brasileira.

Conseguiu ontem uma liminar na 6ª Vara Empresarial da Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Com a decisão conseguida junto à juíza Maria Luíza de Cristina Brito, a Fifa fica proibida de executar uma carta de fiança do banco Itaú, que assegurava o pagamento da Globo.

Se o fiador Itaú pagar a Fifa e a entidade aceitar o dinheiro, que estaria garantido por contrato de fiação, a juíza determinou multa de R$ 1 milhão por dia às duas empresas.

Jamais a Fifa foi tratada assim no Brasil.

A quebra unilateral de contrato não pode ser celebrada como vitória da Globo.

Porque a briga mal começou.

A questão será decidida na Corte de Justiça, na Suíça, pais que sedia a entidade esportiva.

Não foi por acaso que a emissora carioca procurou a Justiça.

A relação com a Fifa está desgastada.

Mudou muito, desde a aposentadoria de Marcelo Campos Pinto, executivo da emissora, que negociava as principais transmissões.

Ele saiu de cena assim que estourou o escândalo de 2015, quando membros da cúpula da Fifa foram presos.

A emissora foi citada diversas vezes nos processos de condenados.

Desde então, tudo ficou menos íntimo, menos fácil para a Globo.

A maior prova é ter de apelar para a Justiça para não pagar o que combinou.

A diretoria atual da Fifa não aceitou negociar nem a redução da parcela e muito menos aumentar o prazo de pagamento.

A ameaça maior da Globo, caso perca o processo final na Suíça, é romper o contrato e abrir mão da transmissão da Copa do Mundo de 2022.

Caso isso aconteça, o Brasil não ficará sem acompanhar a principal competição de futebol do planeta.

A Disney, dona da ESPN Brasil e da Fox Sports, tem real interesse em assumir os direitos totais da Globo: tevê aberta, tevê a cabo e Internet.

Suas emissoras a cabo retransmitiriam o Mundial.

Seus portais também.

E estaria à vontade para negociar com uma tevê aberta, que não a Globo.

A situação não está resolvida.

Pelo contrário até.

A Globo deve, não tem condições de cumprir o que se comprometeu, e ainda impediu a Fifa de receber do seu fiador.

A questão judicial parece simples.

E a lógica se mostra favorável à entidade.

Restam quatro parcelas para o acordo ser cumprido.

O valor da dívida é de R$ 1,8 bilhão.

A Fifa costuma ser inclemente com devedores.

Até para não estimular outras emissoras a fazer o mesmo.

A situação da Globo neste processo é muito difícil…

COSME RÍMOLI – R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elizeu disse:

    Finalmente o Galvão vai se aposentar ,não aguentava mas ele.

  2. José Macedo disse:

    Que satisfação em saber, e ver essa Globolixo afundando a cada dia passa.

  3. Eleandro disse:

    Notícia maravilhosa, ninguém aguenta mais a globolixo.

  4. Observador disse:

    A globo lixo vai acabar.
    Acabou a boquinha, o dinheiro do povo, agora tem outras serventias.
    Muito bem empregado.
    Poderia estar ajudando o país, tinham tudo pra isso, mas não querem é dinheiro e dinheiro público, papai Bolsonaro não da.
    Ponto final.

  5. Cajarana disse:

    Que maravilha poder assistir jogos do mundial sem ouvir as vozes repugnantes do Galvão, Luis Roberto e outros pulhas globaislixos.
    A teta secou!
    Avante Pátria Amada Brasil!

  6. RCMelo disse:

    Quem planta, colhe.

  7. Luciano disse:

    Deve mas num paga, a Globo virou caldeira mesmo só porque perdeu a boquinha em Brasília, coincidentemente o valor que ela recebia do governo federal era o mesmo dessa prestação…

  8. Francisco Lima disse:

    Grande dia!

  9. Azevedo disse:

    A Globo pagava todas as contas com o dinheiro volumoso que recebia do governo federal para ficar quietinha, agora a teta acabou, o governo Bolsonaro dividiu melhor entre os grupos de comunicação essa grana, pois anteriormente só a Globo levava mais de 60% desse montante, a teta secou.

  10. Paulo disse:

    BG
    Ótima noticia, quantas e quantas vezes eramos obrigados a assistir o mesmo jogo na lixo e na Band por imposição nefasta dela.

Band Natal monta estúdio na Festa do Boi para transmitir ao vivo atrações do evento e principais programas locais

Graças a uma parceria realizada com a Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc), a TV Bandeirantes Natal irá transmitir ao vivo os principais destaques e atrações da 57ª Exposição de Animais, Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Rio Grande do Norte (Festa do Boi 2019), será realizada entre os dias 12 e 19 de outubro no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. A informação foi confirmada na tarde desta terça-feira, dia 7, pelo diretor geral da BAND Natal, executivo Carlo Bastos, que anunciou ainda que a emissora também está montado na “Festa do Boi” um estúdio móvel de onde irá transmitir os seus programas locais.

Segundo Basto, a parceria entre a BAND e a Anorc foi firmada pelo segundo ano consecutivo e permitira que expressiva parcela da população do Rio Grande do Norte possa acompanhar da sala de casa os atrativos de uma dos maiores eventos agropecuário do País, inclusive no estado de Sergipe.

“Este ano vamos dar uma aumentada no que já fizemos no ano passado, por se tratar de uma parceria vitoriosa com a Anorc, e time que está ganhando não se mexe, e sim se amplia a parceria. No nosso estúdio montado na Festa do Boi faremos ao vivo nossos programas, como Band Mulher, Brasil Urgente, Band Cidade, RN Acontece, Donos da Bola, entre outros. Tudo isso, além de reportagens, matérias e links ao vivo, durante todo o evento”, explica Bastos.

FOCO EM EVENTOS

Carlo Bastos detalhou ainda que a BAND Natal tem investido fortemente na divulgação, promoção e realização de eventos variados, assegurando a cobertura televisiva para que eles obtenham o máximo de repercussão junto a sociedade.
“Até o final do ano, além do Carnatal, nos temos 11 projetos de eventos variados. Iniciamos em outubro e vamos até o carnaval 2020. Essa semana, por exemplo, vamos fazer o Dia das Crianças em parceria com a Prefeitura e entidades privadas de Macaíba, com a participação de cinco mil crianças”, explica.

Carlo Bastos revelou ainda que a Band Natal, através do programa local “Nossa Terra”, apresentado pelo jornalista Edivan Martins, gravou em Mossoró o evento “Auto da Liberdade”, que será exibido no próximo sábado, dia 12.

FONTE: Assessoria de imprensa da BAND Natal