Site transmitia ao vivo câmeras escondidas em quartos de hotel

Estima-se que o canal tenha mais de quatro mil membros pagantes com acesso a esse material

Quem nunca teve a sensação de estar sendo observado? No caso dessas pessoas, elas estavam sendo. Quatro pessoas foram presas por participar de um esquema envolvendo espionagem de 42 quartos de hotel na Coreia do Sul. Se já não bastasse serem observados, as pessoas tinham seus vídeos transmitidos ao vivo para até 1.600 pessoas através de um site. Estima-se que o site transmitiu esses vídeos para mais de 4.000 membros, esse é o número dos que pagavam pelo acesso.

Segundo o site Korean Herald, as câmeras utilizadas para essa prática tinham lentes de 1 milímetro e eram instaladas em TVs, interruptores de luz e outros dispositivos aparentemente inofensivos de um quarto de hotel. Ainda segundo o que foi apurado pela Agência de Polícia Metropolitana de Seul, o esquema chegou a 30 hotéis diferentes, em 10 cidades do país. Nota-se que não era um esquema amador, era algo bem grande e muito bem orquestrado.

Alguns detalhes não estão claros, como a maneira com que a polícia soube de tal esquema. Porém, alguns fatos divulgados são preocupantes. Diz-se que as filmagens secretas aconteceram entre 24 de novembro do ano passado e 2 de março deste ano, o que significa que isso acorria até poucas semanas atrás. O polícia ainda disse que o site responsável pela divulgação desse material está hospedado fora do país.

Está sendo apurado que supostamente noventa e sete pessoas compraram mais de 800 vídeos, gerando ao site um lucro de cerca de US$6.200. Os administradores do site, se forem considerados culpados, podem pegar até cinco anos de prisão.

Olhar Digital, via Mashable

FOTOS E VÍDEO: Ladrões transmitem assalto a loja de eletrodomésticos ao vivo pelo Facebook e são presos em MT

Ladrões negociaram soltura de reféns e se entregaram — Foto: PM/Divulgação. Assista em matéria na íntegra aqui 

Os três ladrões que foram presos, suspeitos de terem assalto uma loja de eletrodomésticos nessa quinta-feira (21) no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, fizeram uma transmissão ao vivo pelo Facebook da ação deles.

No vídeo é possível ver o gerente da loja refém de um dos assaltantes no depósito do estabelecimento. Os outros dois recolhem aparelhos celulares e demais produtos. Toda a ação foi registrada na transmissão. Algumas pessoas interagiram com eles e comentaram sobre o assalto.

De acordo com a Polícia Militar, foram presos Diego Henrique Ferreira dos Santos, de 19 anos, Allex Sandro Gomes dos Santos, de 22 anos, e Leonardo Luan Maciel Almeida, de 18. Dois deles tinham antecedentes criminais.

Eles invadiram uma loja na Avenida Ary Paes Barreto, no Bairro Cristo Rei. Diego foi flagrado com um revólver assim que a polícia chegou ao local.

O assaltante rendeu o gerente pelo pescoço e o levou para os fundos da loja no depósito. Allex e Leonardo correram também para os fundos.

Ladrões transmitiram assalto a loja de eletrodomésticos ao vivo pelo Facebook em Várzea Grande — Foto: Divulgação

Policiais da Força Tática foram chamados e isolaram o local. Foi necessário chamar também policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Por uma hora os policiais negociaram a liberação do gerente.

Os ladrões exigiram a presença da imprensa e dos familiares deles como condição, até que se entregaram.

Armas e celulares apreendidos com os assaltantes em Várzea Grande — Foto: Polícia Militar de Mato Grosso/Divulgação

Com eles, a polícia apreendeu um revólver e uma arma de brinquedo. Além das armas a polícia encontrou quase 100 aparelhos celulares que eles pretendiam levar da loja.

Na delegacia o gerente disse que a todo momento os suspeitos o ameaçavam de morte, apontando o revólver para a cabeça e peito, dizendo que atirariam.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Neto disse:

    Como chamar de SUSPEITOS?

VÍDEO: Ao vivo, polícia americana interrompe link e expulsa equipe da Globo

A polícia americana expulsou uma equipe da Globo, que estava em um local não permitido para fazer a cobertura do acidente de trem na Filadélfia, no qual matou ao menos seis pessoas na noite desta terça-feira (12).

O correspondente Alan Severiano falava ao vivo durante o “Jornal Hoje”, quando foi interrompido por um policial, que solicitava a equipe para sair imediatamente da região. Constrangido, Severiano atendeu o pedido do policial, saiu do local e, mesmo no ao vivo, continuou com as informações sobre o ocorrido.

“A gente veio de carro porque de trem é impossível. Essa linha está interditada desde ontem à noite”, dizia o repórter, ao ser interrompido pela sirene e pelo policial americano,. “Aqui, do nosso lado, tem um policial que está pedindo para se retirar nesse momento, que estamos ao lado da rodovia”, explicou Severiano.

A equipe da Globo foi até a Filadélfia para relatar o trágico acidente de um trem de passageiros da Amtrak, empresa federal norte-americana de transporte ferroviário. Segundo a agência Reuters, o acidente deixou 6 pessoas mortas e pelo menos 180 feridas, muitas delas em estado grave. Sobreviventes descreveram cenas de horror e caos, à medida que passageiros e bagagens foram jogados pelo trem.

ASSISTA ABAIXO:

13mai2015---alan-severiano-correspondente-da-globo-nos-estados-unidos-1431536942446_615x300AQUI

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. fred disse:

    Caso fosse no Brasil, a Globo cairia em cima da Polícia, diria que era um absurdo, que o policial era despreparado…

VÍDEO: Ao vivo, repórter da Globo toma banho de poça d’água

625_315_1427911162reporter_banho_chuvaASSISTA AQUI

Um repórter da TV Mirante, afiliada da Globo no Maranhão, tomou um banho de poça d’água na manhã desta quarta-feira (1°). Douglas Pinto cobria ao vivo uma enchente em uma avenida de São Luís para o Bom Dia Mirante, telejornal local das 6h. De repente, um homem passou acelerando o carro em um alagamento ao lado do repórter. Mesmo usando capa de chuva, ele ficou encharcado e reclamou da falta de educação do motorista.

“Olha aí o motorista desrespeitando a gente, sabendo que tem muita lama na pista e jogou essa água todinha na gente. Vê como pode acontecer uma coisa dessas. Ele, além de ter se arriscado em colocar o carro dele aqui, de propósito ainda jogou essa água, a gente está aqui trabalhando para mostrar a dificuldade que os motoristas estão tendo e o motorista jogou essa água na gente”, reclamou o repórter no ar.

O jornalista disse ainda que o condutor do veículo poderia ser multado pela grosseria: “Existe uma multa, os motoristas que procedem dessa maneira, existe no Código de Trânsito Brasileiro uma multa para o motorista que arremessa qualquer tipo de sujeira, lama, água no pedestre. A gente está aqui no canteiro central, trabalhando, e o motorista passou de propósito com rapidez arremessando essa água na gente”.

UOL

AO VIVO: Acompanhe o quarto dia de julgamento do mensalão no BG; defesas continuam

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] AO VIVO: Acompanhe o quarto dia de julgamento do mensalão no BG; defesas continuam Postado em: 07/08/2012 às 16:26 Deixe seu comentário Tweet stLight.options({ publisher:'wp.e5614253-674e-4af0-8262-7c08ebb4f316' }); /* […]

[Vídeo] Galvão Bueno perde a linha e discute ao vivo com comentarista no Conexão SporTV

O narrador Galvão Bueno perdeu a linha ao vivo nesta quarta-feira, durante apresentação do programa Conexão SporTV. Ao se irritar com uma brincadeira do comentarista Renato Maurício Prado, Galvão teve um destempero, pediu retratação do companheiro, bateu boca, recuou na discussão e tentou fazer as pazes, mas “ficou no vácuo” após tentativa de um cumprimento com as mãos.

No momento da discussão, os convidados do programa falavam sobre a Seleção Brasileira masculina de vôlei. Com os ex-jogadores Nalbert, Carlão e Marcus Vinicius Freire – este medalhista de prata na Olimpíada de 84 e atualmente superintendente executivo de esportes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) – na bancada, Renato Maurício Prado “provocou” Galvão ao dizer: “agora fala (para o Freire) o que você falou da medalha de prata, que só ganharam por causa do boicote”.

Surpreso pelo comentário, Galvão prontamente perdeu a compostura. “Não falei isso! Não falei isso! Milhões de pessoas estão assistindo ao programa. Jamais disse isso! Você foi deselegante no seu tom!”, bradou o apresentador, nitidamente transtornado pela colocação. Curiosamente, Nalbert também havia dito, do outro lado, pouco antes: “é, agora fala”.

Ao ver a reação de Galvão, Renato Maurício Prado se manteve firme, mas cauteloso. “Não fui deselegante”, disse, para ser rapidamente rebatido: “extremamente deselegante! Diga por favor que não falei isso”.

O comentarista, atônito, retrucou dizendo que era apenas uma brincadeira, mas novamente foi “engolido” pela fúria de Galvão: “Nananananão. Tem que ter responsabilidade no que você fala. O que eu disse foi que em 84 tinham times fortes, que teriam sido duros de ganhar”, afirmou Galvão.

Foi então que, em meio ao ímpeto irritado de Galvão, o comentarista Renato Maurício Prado também perdeu a linha. Contrariado, se ajeitou na cadeira, desencostou do banco e disparou: “ah, nós ficamos o programa todo em tom de brincadeira. Aí, eu faço uma brincadeira e você vem com essa indignação? Pelo amor de Deus”, bradou, “amansando” Galvão, que disse: “faça brincadeiras, mas não diga que eu disse isso”.

A partir daí, o narrador recuou e começou a “tentar a paz” com o companheiro, que já havia se ofendido. “Poderia ter entrado na brincadeira, não justifica a indignação!”, declarou, observando enquanto o apresentador lhe esticava as mãos para um cumprimento. “Tá bom”, ainda afirmou em tom de voz baixa Galvão Bueno, milésimos de segundos antes de estender as mãos e “ficar no vácuo” ao ser totalmente ignorado por Renato Maurício Prado.

Em 1984, os Jogos Olímpicos de Los Angeles sofreram boicote dos países do antigo bloco socialista, em retaliação ao que fizeram os americanos quatro anos antes, em Moscou.

Dos países do antigo bloco socialista apenas a Romênia, República Popular da China e Iugoslávia (as duas últimas ainda neutras) decidiram competir. Com isso, equipes fortes no vôlei e em outros esportes ficaram de fora. O Brasil foi prata no vôlei masculino, ao perder o ouro para os EUA por 3 sets a 0.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] Maurício Prado, que discutiu ao vivo com Galvão Bueno durante a Olimpíada de Londres, não terá o contrato renovado com canal a cabo SporTV, conforme revelou a coluna Radar On-line, […]

  2. […] Maurício Prado, que discutiu ao vivo com Galvão Bueno durante a Olimpíada de Londres, não terá o contrato renovado com canal a cabo SporTV, conforme revelou a coluna Radar On-line, […]

  3. Wesley Boliva disse:

    A verdade é que o gavão se acha o banbaba da globo, só ele se acha no direito de fazer brincadeiras isso é abulso de poder…sai fora galvão sua vez já passou