Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Quilombo dos Palmares) realiza “Curso Antifa”

Foto: Reprodução/Instagram/dceufal

O Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Quilombo dos Palmares) destacou, através da rede social Instagram, o convite para o Curso Antifa, com data de início nessa quinta-feira(11).

Conforme destaque, o curso está dividido em três partes, com o primeiro tema “O que é ser Antifascista?” – com a Gaia, militante do Coletivo Antítese e da UJC. “Traremos nessa primeira parte do curso, sobre a dimensão e importância do tema para o momento que estamos vivendo com o atual governo neoliberal de Bolsonaro e sua escalada autoritária em nosso País, numa onda de agressões que atacam toda a classe trabalhadora, composta majoritariamente por homens e mulheres, negros, indígenas e LGBTs”, diz.

Ainda no texto, o post fala que “nesse período de pandemia, onde visualizamos os inúmeros ataques de Bolsonaro à nossa classe, periférica, negra e trabalhadora, ao invés da proteção e garantia de seus direitos, nós entendemos que o fascismo e a extrema-direita têm causas contra às quais o povo e a juventude devem lutar”.

Por fim, o post reforça a necessidade de debruçar sobre o tema: “para que possamos compreender os interesses econômicos que perpassam o fascismo, para que possamos revelar e combater o fascismo e o sistema que o cria, tão escancarado hoje nas políticas neoliberais de Jair Bolsonaro”, disponibilizando agendamento, para “vamos estudar e lutar juntos/as”.

Íntegra de posta abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

CURSO ANTIFA DO DCE UFAL | PARTE I – O que é ser Antifascista? 🚩🏴 . O DCE Quilombo dos Palmares convida você para o nosso Curso Antifa. Dividido em três partes, a primeira acontecerá no dia 11 de junho, às 19hrs, com o tema “O que é ser Antifascista?”, com a Gaia, militante do Coletivo Antítese e da UJC. Traremos nessa primeira parte do curso, sobre a dimensão e importância do tema para o momento que estamos vivendo com o atual governo neoliberal de Bolsonaro e sua escalada autoritária em nosso País, numa onda de agressões que atacam toda a classe trabalhadora, composta majoritariamente por homens e mulheres, negros, indígenas e LGBTs. . Nesse período de pandemia, onde visualizamos os inúmeros ataques de Bolsonaro à nossa classe, periférica, negra e trabalhadora, ao invés da proteção e garantia de seus direitos, nós entendemos que o fascismo e a extrema-direita têm causas contra às quais o povo e a juventude devem lutar. . Para tanto, precisamos nos debruçar sobre o tema, para que possamos compreender os interesses econômicos que perpassam o fascismo, para que possamos revelar e combater o fascismo e o sistema que o cria, tão escancarado hoje nas políticas neoliberais de Jair Bolsonaro! Marque na sua agenda e vamos estudar e lutar juntos/as!

Uma publicação compartilhada por DCE – Quilombo dos Palmares (@dceufal) em

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. cesar disse:

    Onde esta o ministerio público federal que não toma providências? Curso de ideologia comunista contra o governo. Medidas devem ser tomadas.
    Afronta a democracia e ao Estado.

  2. Arildo disse:

    DINHEIRO DO CONTRIBUINTE INDO PARA O RALO…

  3. Tetê disse:

    Não estuda. Vai trabalhar, vai. Povo sem noção, sem conhecimento, vazio mesmo.

  4. Maria disse:

    Acho que essa pandemia com isolamento social deixou muita gente doida.Antifas??? Contra o Presidente???coitado do presidente quando emitiu algumas orientações ninguém segui preferindo seguir os governadores que emitiram ordens a serem seguidas Por parte da população e sem reclamações.E o presidente que é fascista?Me poupem certos comentários…,,,

  5. Denise Carrari disse:

    E ainda tem que pagar para ser adestrado nessa cartilha de horror???? É evidente que essa esquerda maldita pior que câncer tem que acabar.

  6. Nelson disse:

    Que lixo de tema, não tem pé nem cabeça, pessoa burra sem nenhuma educação formal e intelectual , parece que leu tudo em para choque de caminhão kkkkkk

  7. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Lixooooooo

  8. mauricio disse:

    SE FOSSE ALGUEM DA DIREITA, O STF DIAS TOFOLI ALEXANDRE DE MORAES JA ESTARIAM INVESTIGANDO

  9. Observador RN disse:

    Querido Brasil! peço que ultimo a sair apague a luz e feche a porta. Só lembrando que Universidade não é terra de ninguém…

  10. Raimundo disse:

    Não pode fazer dentro da universidade é inconcebível!! Caso aconteça o reitor deve cair!! Fora do equipamento público pode fazer curso do que quiser

  11. Armando S. Pinto disse:

    Bem…
    Classificaram o governo Bolsonaro de Fascista, autoritário e neoliberal…
    Bem… devo ter perdido alguma aula na Faculdade…na verdade deve ter sido muitas!
    Assim que as aulas recomeçarem, novamente, vou me matricular na Universidade Federal de Alagoas, para ter aula com os mesmos Filósofos Organicistas Comunistas desses estudantes; desejo me atualizar com esses novos conceitos sócio-político-filosóficos do início do século 20.
    Armando
    PS.: Século 20 mesmo… parece que esses professores da UFAL vão ser candidatos ao 1º Nobel para o Brasil, pelo desenvolvimento dessa teoria maravilhosa!

  12. Chicó disse:

    Devem seguir o manual do guerrilha de Mariguella !

  13. Soraro disse:

    Não é à toa que a briga pra eleger reitores é tão ferrenha!!

  14. Zanoni disse:

    Certo. Estuda-se o que se quer estudar. Agora, QUANDO FARÃO UM CURSO CONTRA O COMUNISMO?

FOTO: Torcedor do América é condenado a mais de 29 anos por morte de alagoano

126150_ext_arquivoO primeiro julgamento de violência em estádios de futebol em Alagoas ocorreu na noite dessa terça-feira (25) no Fórum Desembargador Jairon Maia Fernandes, na capital. Al Unser Ayslan Silva do Nascimento, de 22 anos de idade, torcedor do América de Natal (RN) e um dos diretores da torcida organizada Máfia Vermelha, acusado de matar o alagoano regatiano Jonathan Daniel dos Santos após clássico com o Clube de Regatas Brasil (CRB) em frente ao Estádio Rei Pelé, em 2012, foi a júri popular. O Tribunal do Júri decidiu condenar o torcedor do América de Natal, Al Unser Ayslan Silva do Nascimento, a 20 anos e 9 meses de prisão.

Sete jurados analisaram os discursos de defesa e promotoria, que tinha pedido 30 anos de prisão.

DEFESA

A defesa de Nascimento, que agora é pai de um recém nascido, alegou que um boato incitou as investigações da Polícia Civil ao erro. “Até agora não se provou de qual arma foi efetuado o disparo e a história de que teria sido um homem com uma tatuagem surgiu numa lanchonete, quando um policial escutou essa história. Eles querem um culpado, não importa quem seja. O que existem são acusações que não podem ser provadas”, disse o advogado Hugo Felipe Carvalho Trauzola. Também acrescentou que o cliente havia sido torturado para confessar um crime que não cometeu.

ACUSAÇÃO

Já o promotor de Justiça Flávio Gomes da Costa garantiu que há subsídios suficientes para provar a culpa de Al Unser. “Todas as denúncias, inclusive a de tortura, foram apuradas e investigadas por promotores do Ministério Público. Temos documen-tos da liberação do corpo e o próprio cadáver como provas”, disse o promotor.

“São bandidos, os torcedo-res da Máfia Vermelha! E eu estou falando o que a família queria falar. Essas torcidas organizadas são travestidas de bandidos, maloqueiros, assassinos e mentirosos cínicos e frios, que não respeitam nem os pais”, acusou Costa.

ABALO

A mãe de Al Unser, com o neto no colo, veio de Natal e preferiu não ser identificada, mas reiterou que não há provas concretas. “Sinto uma tristeza muito grande. Mais pelo abalo da família, mas quero que o caso seja esclarecido, que os devidos exames sejam feitos porque tem muitas falhas nesse processo”, disse.

Este foi o primeiro julgamento envolvendo violência nos estados de Alagoas, segundo o promotor Flávio Costa.

Tribuna Hoje

VÍDEO: Deputado afirma que compra voto e o Irmão de Renan Calheiros desfere um soco contra repórter do CQC em AL

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=oxVxJgoOzvI

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. anonimus disse:

    eh pau! uma coisa é agredir o outro…outra coisa é pedir pra apanhar! ele fico chamando o irmao do cara de ladrão…se fosse eu faria pior

Homem invade missa, toma microfone e chama padre de "boneca"

Tudonahora.com.br

A comunidade de pescadores de Barra Nova, no litoral sul de Alagoas, está inconformada. Há dois meses, a Igreja de São Pedro está fechada e não há previsão de retomada das missas.

A paróquia ficou órfã de padre após uma confusão ocorrida durante uma missa às vésperas do padroeiro da comunidade, São Pedro, no final de junho. Estavam todos assistindo a celebração do padre Raul, que visitava a igreja, quando um homem invadiu o local, tomou o microfone das mãos do religioso durante o sermão e desferiu todo o tipo de acusação e ofensas sem se dar conta de que falava com o padre errado.

(mais…)