Dia D da campanha de vacinação contra o sarampo acontece em Natal neste sábado

FOTO: ISTOCK

Neste sábado (15) setenta salas de vacinação no município do Natal vão estar disponíveis para o dia D de mobilização da primeira fase da campanha nacional contra o Sarampo. Localizadas nos postos de saúde da cidade, elas vão estar recebendo das 8h às 13h desse sábado, pessoas com idade entre 5 e 19 anos que ainda não tenham tomado a primeira dose da vacina ou que estejam com o cartão vacinal incompleto.

“O objetivo é fazer com que as pessoas adquiram imunidade contra a doença, e para isso convidamos a toda a população interessada a comparecer às unidades de saúde para tomarem a primeira dose da vacina ou darem continuidade ao tratamento já iniciado, levando um documento de identificação e cartão de vacina”, como explica a chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI), Vaneska Gadelha.

A primeira fase da campanha começou no último dia 10 de fevereiro e se estende até o dia 13 de março com a intenção de imunizar cerca de 12 mil pessoas na capital.

SOBRE O SARAMPO:

Em 2016, o Brasil recebeu o selo emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de “País livre da circulação de sarampo”. Por um ano, nenhum caso foi registrado. Porém, esse quadro mudou e com isso as campanhas do Sarampo são novamente necessárias para que a população não deixe de se vacinar.

O Sarampo é uma doença infectocontagiosa causada pelo vírus Measles morbillivirus e pode ser letal se não tratada adequadamente. Sua transmissão ocorre pelo contato com secreção expelida pelas vias respiratórias dos pacientes que possuem a doença, como espirro ou tosse. Entre os seus sintomas os pacientes podem apresentar febre, tosse e aparecimento de manchas avermelhadas pelo corpo e rosto. A única forma de evitar a doença é pela vacinação, que já se encontra disponível nas unidades de saúde do município.

A única forma de evitar a doença é pela vacinação, que deve ser aplicada em duas doses para pessoas com idade entre 12 meses e 29 anos de idade, sendo a segunda dose aplicada com intervalo de 30 dias. Para a população entre 30 a 49 anos é necessária apenas uma dose da vacina.

Dia D da campanha de vacinação contra sarampo acontece sábado em Natal

Neste sábado (15), acontece o Dia D de mobilização da primeira fase da campanha nacional contra o Sarampo. Cerca de 70 salas de vacinação de Natal estarão disponíveis, das 7h às 13h, para receber e imunizar pessoas com idade entre 5 e 19 anos que ainda não tenham tomado a primeira dose da vacina ou que estejam com o cartão vacinal incompleto. A abertura do Dia D será às 8h, na Unidade Básica de Saúde de Candelária.

A intenção da mobilização é disponibilizar um dia a mais para que a população possa se imunizar contra a doença, e para isso as pessoas com a faixa etária indicada devem comparecer às unidades de saúde do município portando documento de identificação e o cartão de vacina que comprova a sua identidade vacinal.

“O objetivo é fazer com que as pessoas adquiram imunidade contra a doença, e para isso o público alvo deve ir as unidades básicas de saúde para tomarem a primeira dose da vacina ou deem continuidade ao tratamento já iniciado”, como explica a chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI), Vaneska Gadelha, sobre a política do sistema vacinal do Ministério da Saúde, que estabelece que duas doses da vacina devem ser aplicadas para mulheres e homens com idade entre 12 meses e 29 anos de idade, sendo a segunda dose aplicada com intervalo de 30 dias.

A primeira fase da campanha começou no último dia 10 de fevereiro e se estende até o dia 13 de março e têm a intenção de imunizar cerca de 12 mil pessoas na capital. O Sarampo é uma doença infectocontagiosa causada pelo vírus Measles morbillivirus e pode ser letal se não tratada adequadamente. Sua transmissão ocorre pelo contato com secreção expelida pelas vias respiratórias dos pacientes que possuem a doença, como espirro ou tosse. Entre os seus sintomas os pacientes podem apresentar febre, tosse e aparecimento de manchas avermelhadas pelo corpo e rosto. A única forma de evitar a doença é pela vacinação, que já se encontra disponível nas unidades de saúde do município.

SMS em Natal realiza sábado Dia D de Vacinação contra Sarampo para adultos

A Secretaria Municipal de Saúde realiza neste sábado (30/11), o Dia “D” de Vacinação contra o Sarampo para adultos de 20 a 29 anos de idade. Estarão funcionando 63 Unidades Básicas de Saúde das 7h às 13h,encerrando a campanha que iniciou para esse público na segunda-feira (18/11). Os interessados devem levar o cartão de vacinas e o CPF.

Segundo a chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI) Vaneska Gadelha, a ideia da campanha visa vacinar contra o sarampo e atualizar o cartão vacinal do adulto.

A ideia do Ministério da Saúde é proteger 13,6 milhões de adultos contra a doença. o Ministério da Saúde informou que há 5.404 casos confirmados de sarampo em território nacional. Mais de 95% estão concentrados em São Paulo, mas 18 estados já registraram infecções pelo vírus.

Este é o segundo momento da campanha que iniciou dia 7 de outubro tendo como público-alvo as crianças com idade entre seis meses e quatro anos e 29 dias

UTILIDADE PÚBLICA: Natal terá 60 locais de vacinação no Dia D contra o Sarampo neste sábado

Foto: Divulgação

O Dia D de Vacinação contra o Sarampo, marcado para este sábado (19/10) em todo o Brasil, contará com 60 salas de vacinas abertas em Natal. A data é uma mobilização para estimular pessoas a se imunizarem contra a doença, cujos casos vêm crescendo no país nos últimos meses. O dia “D” acontece das 8h às 17h. Os pais e/ou responsáveis devem levar o cartão de vacinação das crianças.

Todas as unidades de saúde de Natal estarão abertas, além das salas de vacinação localizadas na Clínica do Shopping (Midway Mall) e na Clínica Saúde da Família (cruzamento das avenidas Prudente de Morais com a Bernardo Vieira). A abertura do Dia D será realizada na Unidade de Saúde de Nordelândia, no Distrito Sanitário Norte I, localizada na Rua José França da Silva S/N, Loteamento Nordelândia, Lagoa Azul.

A vacina trivalente ainda protege contra caxumba e rubéola. Devem ser vacinados os bebês de seis meses a 1 ano, que tomarão a chamada “dose 0”. As crianças de 1 a 5 anos devem receber duas doses, uma aos 12 meses e outra aos 15 meses. Em caso de aplicação de apenas uma das doses, é preciso se dirigir aos postos para realizar o complemento da segunda. Quem já tomou as duas doses da vacina não precisa se imunizar novamente.

Na segunda etapa, programada para o período entre 18 e 30 de novembro, o foco será em pessoas de 20 a 29 anos.

O sarampo é uma doença viral, altamente transmissível. Os principais sintomas são febre, tosse, coriza, conjuntivite e exantema (manchas avermelhadas pelo corpo). Passa de pessoa para pessoa através de secreções expelidas pelo doente ao tossir, respirar e falar.

Sábado será realizado em todo o país o “Dia D” de vacinação contra o sarampo

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Neste sábado (19), será realizado em todo o país o “Dia D de Vacinação contra o Sarampo”. A data é uma mobilização para estimular pessoas a se imunizarem contra a doença, cujos casos vêm crescendo no país nos últimos meses. Postos de saúde estarão abertos para receber os interessados em se proteger contra o sarampo ou que não tenham tomado todas as doses.

O “Dia D” faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, lançada no dia 7 de outubro pelo Ministério da Saúde, em parceria com secretarias estaduais e municipais.

A mobilização nacional de amanhã integra a primeira fase da campanha, até 25 de outubro, voltada a crianças com idade entre seis meses e 4 anos. Os bebês de até um ano apresentam coeficiente de incidência da doença de 92,3 a cada 100 mil habitantes, 12 vezes maior do que as demais faixas.

Na segunda etapa, programada para o período entre 18 e 30 de novembro, o foco será em pessoas de 20 a 29 anos. Essa faixa inclui a maioria do número de casos confirmados da doença, com 1.694, embora com coeficiente menor (13,2 casos a cada 100 mil habitantes) devido ao número de brasileiros nessa faixa de idade.

Devem ser vacinados os bebês de seis meses a 1 ano, que tomarão a chamada “dose 0”. As crianças de 1 a 5 anos devem receber duas doses, uma aos 12 meses e outra aos 15 meses. Em caso de aplicação de apenas uma das doses, é preciso se dirigir aos postos para realizar o complemento da segunda.

O objetivo é vacinar 39 milhões de pessoas ao longo da campanha, cerca de 20% dos brasileiros. Foram disponibilizadas neste ano 60,2 milhões de doses da tríplice viral, que imuniza contra sarampo, caxumba e rubéola. Para o próximo ano, o ministério anunciou a aquisição de mais 65,2 milhões de doses. O público-alvo será ampliado, abrangendo também as faixas de 50 a 59 anos.

Casos

Segundo o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde sobre Sarampo, de janeiro até outubro deste ano já haviam sido confirmados 6.640 casos e seis mortes. No período de 7 de julho a 29 de setembro, foram registrados 5.404 casos confirmados, enquanto 22.564 ainda estão em investigação. Outras 7.554 suspeitas foram descartadas. O período concentrou 81% dos casos confirmados neste ano.

Esses episódios ocorreram em 19 unidades da Federação, sendo a quase totalidade em São Paulo, com 5.228 casos (96,74%), em 173 cidades, principalmente na região metropolitana da capital paulista. Em seguida vêm o Paraná (39 casos, em 10 cidades), o Rio de Janeiro (28, em 9 municípios), Minas Gerais (25, em 8 localidades) e Pernambuco (24, em 8 cidades).

Como os registros estão em municípios específicos, quem quiser mais informações deve buscar a Secretaria de Saúde do estado para saber se a sua cidade está entre os locais de ocorrência da doença. Entre as mortes, cinco foram em São Paulo e uma em Pernambuco.

Sarampo

Causado por vírus, o sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. A transmissão ocorre por via aérea, ou seja, quando a pessoa infectada tosse, fala ou respira próximo de outras pessoas.

Mesmo quando o paciente não morre, há possibilidade de a infecção ocasionar sequelas irreversíveis. Quando a doença ocorre na infância, o doente pode desenvolver pneumonia, encefalite aguda e otite média aguda, que pode gerar perda auditiva permanente.

Os sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, coriza (nariz escorrendo ou entupido) e mal-estar intenso. Quando o quadro completa de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas.

A prevenção ao sarampo, feita por meio da vacinação, é fundamental, já que não há tratamento para a doença. O tipo de vacina varia conforme a idade da pessoa e a situação epidemiológica da região onde vive, ou seja, é necessário levar em conta a incidência da doença no local. Quando há um surto, por exemplo, a dose aplicada pode ser do tipo dupla viral, que protege contra sarampo e rubéola.

Existem ainda as variedades tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela, mais conhecida como catapora). As vacinas estão disponíveis em unidades públicas e privadas de vacinação. Segundo o Ministério da Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece doses gratuitamente em mais de 36 mil salas de vacinação, localizadas em postos de saúde de todo o Brasil.

O governo brasileiro recomenda que pessoas na faixa de 12 meses a 29 anos de idade recebam duas doses da vacina. Para a população com idade entre 30 a 49 anos, a indicação é de uma dose.

Recentemente, o Brasil perdeu o certificado de eliminação da doença. Na semana passada, passaram a apresentar semelhante condição quatro países da Europa: o Reino Unido, a Grécia, República Tcheca e Albânia. De acordo com o ministério, no primeiro semestre deste ano, o Cazaquistão, a Geórgia, Rússia e Ucrânia concentraram 78% dos casos registrados na Europa.

Agência Brasil

 

Dia D de vacinação antirrábica acontece neste sábado em São Gonçalo, com 21 locais de imunização

Acontece neste sábado (28), em todo o município de São Gonçalo do Amarante a campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos, promovido pela Secretaria de Saúde (SMS), através da Vigilância em Saúde. Serão 21 locais de imunização em toda a cidade, das 8h às 17h.

De acordo com o coordenador de Vigilância e Saúde Vicente Mauricio, os animais precisam ser vacinados anualmente. “É extramente necessário que os tutores dos animais participem da campanha. Além de atingir os animais, a doença pode ser transmitida para seres humanos; podendo ser extremamente agressiva e fatal”, afirma Vicente.

O proprietário deve levar o cartão de imunização do animal, mas aqueles que não tiverem o cartão também receberão o comprovante de vacinação. Caso seja a primeira vez em o que o animal será vacinado, o proprietário deve ficar em alerta para a segunda dose, que deve ser realizada após 30 dias.

A meta da campanha é imunizar 88% dos 29 mil animais, o que corresponde a aproximadamente 25.500 cães e gatos. Já foram imunizados 19.500. Ou seja, cerca de 70% dos animais já receberam a dose da vacina. Com o Dia D, a SMS espera alcançar a meta estipulada.

CONFIRA OS LOCAIS DE VACINAÇÃO:

•Centro l (Vigilância em saúde)

•Centro ll (SMS – Prefeitura)

•Garagem Prefeitura (31 de Março)

•Centro lll (Santa Terezinha)

•UBS de Frente do Galo (Kaçuá)

•Santo Antônio (Posto de Saúde)

•Golandim (Escola Poti Cavalcanti)

•Golandim (Bar do Gato)

•Regomolero (Posto de saúde)

•Novo Amarante (Entrada da Estrada do Golandim)

•Amarante (Posto de Saúde)

•Serrada (Posto de Saúde)

•Gancho (Casa de Ração de Frente da Ceami Pet Shop)

•Jardim Lola (Posto de Saúde)

•Jardim Lola (Mangueirão)

•Jardim Lola (Humaitá)

•Golandim (Terminal de Ônibus)

•Cidade das Rosas (Casa de ração MR Rações)

•Casa de ração Vale Ração

•Casa de Ração Amigão pet Igapó (Tomaz Landim)

•Jardim Petrópolis

•Casa de rações e cia (30 de setembro)

RAIVA ANIMAL

Segundo a SMS, a raiva animal é uma doença causada por um vírus. Ela ataca diversos animais, e também pode atingir o homem. O cão, o gato e o morcego são os principais transmissores da raiva em áreas urbanas.

 

Dia “D” da campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos acontece neste sábado; veja lista de postos em Natal e região

Foto: Secretaria de Saúde/Divulgação

Neste sábado (28) o Rio Grande do Norte realiza o “Dia D” da campanha de vacinação antirrábica em cães e gatos. A estimativa para a campanha 2019 é vacinar 469.591 animais, sendo 337.702 cães e 131.889 gatos. A campanha, que iniciou em 19 de agosto, segue até 18 de outubro.

Na Grande Natal, postos de vacinação estarão funcionando no horário das 8h às 17h. Para os municípios do interior, a população pode obter informações sobre os locais de vacinação que estarão abertos diretamente nas secretarias de saúde de cada cidade.

Em agosto, o Ministério da Saúde comunicou à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) que o número de doses da vacina antirrábica (VARC), solicitadas pelo Programa Estadual de Controle da Raiva, foi reduzido de 800 mil para 500 mil. Em todo o país, o número de estados que receberam a vacina foi reduzido para nove.

As doses enviadas ao RN atenderão apenas 59 municípios prioritários selecionados pela Sesap a partir de critérios orientados pela Coordenação Nacional do Programa de Controle da Raiva do MS, ou seja, municípios com registro de raiva animal nos últimos três anos em ao menos um dos seguintes animais: cão, raposa ou morcego. Outro critério são municípios com percentual de cobertura vacinal canina e/ou felina menor ou igual a 65% na última campanha. Em razão de feriado municipal o município de Mossoró será o único que não irá realizar o dia “D” em 28/09 e sim em 19 de outubro.

Em 2019 o Rio Grande do Norte já registrou casos positivos de raiva em 69 animais, sendo 61 morcegos, 4 raposas, 2 bois, 1 égua e 1 cão.

Lista dos 59 municípios selecionados para campanha de vacinação antirrábica no RN em 2019

Listas de Postos de Vacinação abertos no DIA D (28 de setembro) na Grande Natal:

Natal – Região Norte

Natal – Região Sul

Natal – Região Leste

Natal – Região Oeste

Macaíba

Extremoz

Parnamirim

São Gonçalo do Amarante

Dia D de vacinação contra a gripe será neste sábado em todo o país

Foto: Erasmo Salomao/Ministério da Saúde

O Dia D de mobilização contra a gripe ocorre neste sábado (4) em todo o país. A previsão, de acordo com o Ministério da Saúde, é que mais de 41 mil postos de saúde permaneçam abertos em todos os estados ao longo do dia. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou no último dia 10 e prossegue até 31 de maio. A meta é imunizar pelo menos 90% de cerca de 59,5 milhões de pessoas.

Devem receber a dose crianças com idade entre 6 meses e menores de 6 anos; grávidas em qualquer período gestacional; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas; idosos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Profissionais das forças de segurança e salvamento também passaram a fazer parte do público-alvo da campanha neste ano. Por meio de nota, o ministério informou que o grupo inclui policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas, totalizando cerca de 900 mil pessoas.

Cobertura

De acordo com o Ministério da Saúde, até o dia 30 de abril, 12,2 milhões de pessoas haviam sido imunizadas. O número representa 21% do total de grupos que devem receber a dose. O público com maior cobertura, até o momento, é o de puérperas, com 38,8%, seguido pelas gestantes (33,4%); indígenas (27,6%); crianças (26,4%); idosos (21,5%); trabalhadores de saúde (17,1%) e professores (14,2%).

Agência Brasil

 

Dia D da Campanha Antirrábica terá mais de 100 postos de vacinação em Natal neste sábado; veja lista com locais disponíveis por distritos

No próximo sábado (29) mais de 100 postos de vacina serão abertos em toda Natal para o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica, que tem como objetivo a imunização de 130.838 animais (entre cães e gatos) até 5 de outubro.

Para otimizar o atendimento para a população, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) distribuiu os pontos de vacinação nas quatro regiões da capital potiguar, sendo que a zona Norte concentra a maior parte, com 40, seguida pela zona Sul (26), Oeste (24) e Leste (20). As listas com todos os locais estão disponibilizadas ao final do texto.

A vacinação segue porta a porta por agentes de combate às endemias, agendamentos de condomínios e pessoas que criem a partir de 5 animais. Os agendamentos são feitos pelos Distritos Sanitários, ligando para os números, Norte I (3232 8181); Norte II (3232 3871); Sul, cuja lista não foi divulgada até a publicação deste post (3232 8007); Oeste (3232 8304); e, Leste (3232 8235).

Através desses contatos, a população também pode buscar informações de postos itinerantes que estão sendo montados todas as semanas em pontos estratégicos da cidade.

 

Dia “D” da vacinação antirrábica é neste sábado

Neste sábado (7) acontece em todo o Rio Grande do Norte o Dia “D” da vacinação antirrábica para cães e gatos. A campanha, que começou no dia 15 de agosto, prossegue até o dia 18 de outubro.

A população estimada de cães e gatos para serem vacinados no RN é de 746.435 animais, sendo 532.789 cães e 213.646 gatos. Para alcançar a meta de vacinação recomendada pelo Ministério da Saúde, que é de 80% dos cães, deverão ser vacinados 426.231 caninos.

Pelos dados registrados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SIPNI), foram vacinados, até o último dia 02, um total de 273.814 animais no RN, o que representa 36,6% da população animal estimada.

A recomendação é vacinar animais a partir de 2 meses de idade. Deve-se repetir após 30 dias a dose nos primovacinados, ou seja, animais que tomaram a vacina pela primeira vez na campanha, independente da idade. A vacina pode ser utilizada em fêmeas prenhes ou que estejam amamentando. A única restrição são os animais doentes ou que estejam fazendo uso de antiinflamatórios ou antibióticos. Os animais só devem ser vacinados quando estiverem saudáveis (se alimentando normalmente, ativos, sem vômito ou diarréia).

Esse ano, de janeiro a outubro, 15 animais já foram diagnosticados com raiva no RN em dez municípios, sendo 08 morcegos, 03 raposas, 02 bovinos e 02 equinos. “Esta situação nos preocupa, pois demonstra a circulação viral no ciclo silvestre. Sendo assim, chamamos a atenção para a vacinação, principalmente dos felinos domésticos, pois esses animais são excelentes predadores. Ainda hoje em todo o mundo, especialmente na Ásia e África, a raiva humana transmitida por cão mata em torno de 55.000 pessoas todos os anos. Por isso vacinar é uma medida de extrema importância para a proteção da saúde animal e sobretudo da saúde humana”, afirmou Iraci Nestor, coordenadora de promoção à saúde da Secretaria de Estado da Saúde Pública.

CARNATAL 2015: Dia D acontece neste domingo com as vendas dos últimos abadás

Ah0EF3UgKRYg8HysFIQ2vFwincVNN7fghthLtRFOEVocPara quem ainda não garantiu o seu abadá, o dia D acontece neste domingo (29), com as vendas dos últimos abadás, na Central do Carnatal (Natal Shopping). Além de sorteios de prêmios e abadás, ainda haverá um show da banda SamVibe, uma das atrações do Camarote Skol By RCHLO.

A Central do Carnatal está localizada no Natal Shopping, um dos patrocinadores oficiais do Carnatal 25 anos.

Horário de funcionamento: Segunda a sábado – 10h às 22h

Domingos e feriados – A partir das 14h.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil sem corruptos disse:

    Últimos abadás, tem gente que pensa que o povo é idiota, tem gente chorando pelo tamanho do prejuízo que vão tomar.

  2. FRASQUEIRINO disse:

    ULTIMOS ABADAS???? ISSO É UMA PIADA??

  3. Sergio disse:

    Ou mentira que são os últimos abadás ! Propaganda enganosa desses pelezoes dá destaque

  4. Bismarck P. Sátiro disse:

    Dia "D" não vender nada. Essa festa já acabou faz anos e a Destaque insiste em querer enganar o povo. Nem os jovens aguentam mais as repetições e o espaço que é uma porcaria. Não venderam nem um quarto dos abadas, e nem vão vender, pois a crise tá grande. A imprensa tá sofrendo prá vender o evento e não decola mais.kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Dia D para a greve do judiciário federal nesta terça: passeata em Natal e mobilização em Brasília

Está prevista a votação nesta terça-feira, 30, do PLC 28/2015 no Senado. O projeto de lei prevê a reposição salarial dos servidores do judiciário federal que estão em greve desde o dia 15. Em Natal, a programação começa às 7h em frente ao TRT de onde os servidores saem para uma pequena passeata pela avenida Mor Gouveia. A ideia é pressionar para que o projeto seja aprovado na íntegra, uma vez que o Governo vem trabalhando contra e chegou a propor um reajuste de 21,3% para que os servidores abrissem mão do projeto.

Proposta do governo

Os servidores do poder judiciário federal no RN decidiram durante assembleia na sexta-feira, 26, por rejeitar a proposta imoral apresentada pelo governo na noite de quinta. Com isso, a greve continua por tempo indeterminado. Os servidores se sentiram ultrajados com a piada de mau gosto do governo que, além de prever uma inflação irreal para os próximos quatro anos, enterrou a defasagem salarial dos últimos 10 anos ao som de um sonoro “o que passou, passou…”.

Além da rejeição à proposta eles definiram que irão defender a aprovação do PLC 28/2015 conforme prometido pelo presidente do Senado, Renan Calheiros; um grupo ainda irá à Brasília acompanhar a votação e pressionar pela aprovação.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Acho muito justa as reivindicações desses servidores!!
    Dez anos sem aumento salarial é terrível!!
    O governo petista está massacrando esses servidores devido a Operação Lava Jato!

Sábado é o “Dia D” da Campanha de Vacinação Antirrábica

A Subcoordenadoria de Vigilância Ambiental (SUVAM) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) promove neste sábado, dia 18, das 8h às 17h, o “Dia D” da campanha de vacinação contra a raiva. É o único sábado da campanha em que são disponibilizados, em grande número, postos fixos para vacinar cães e gatos. O período total da campanha no Estado compreende de 15 de setembro a 14 de novembro.

Esse ano a população a ser vacinada no Rio Grande do Norte é de 714.015 animais, sendo 508.743 cães e 205.272 gatos. Para alcançar a meta de vacinação de 80% deverão ser vacinados 406.994 cães. Até a manhã desta terça-feira, 14 de outubro, já foram vacinados 82.234 cães no RN, que representam 16% da população estimada, segundo o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI).

A escolha dos locais dos postos leva em consideração o acesso de grande número de pessoas, como praças, escolas e unidades de saúde. Nesse dia espera-se vacinar o maior número de animais de todo o período da campanha, principalmente nos maiores centros urbanos.

No Rio Grande do Norte ocorreram no período de 2005 a setembro de 2014 oito casos de raiva em cão. Desde 2005 foram registrados três casos de raiva em felinos.

O RN apresenta circulação do vírus rábico em todas as regiões do estado nas diferentes espécies. Desde 2005 já foram registrados casos em 132 morcegos, 59 bovinos, 26 raposas, 8 cães, 8 equinos, 3 felinos, 2 ovinos, 1 asinino, 1 suíno e 1 humano. A alta positividade da raiva em morcegos e raposa é uma grande preocupação em função do contato que estes animais podem vir a ter com cães e gatos não imunizados, daí mais uma vez a importância de vaciná-los durante a campanha. Em 2014 chama a atenção os casos de raiva em herbívoros na região do Potengi, especialmente no município de São Paulo do Potengi, com 12 herbívoros positivos possivelmente infectados por morcegos hematófagos, revelando a alta circulação viral naquela região.

“A Vacinação Antirrábica Canina e Felina é ponto chave para a prevenção da raiva. Vacinar é uma medida de extrema importância para a proteção da saúde animal e, sobretudo da saúde humana”, explica a subcoordenadora de vigilância ambiental da Sesap, Iracy Nestor. Ela explica que, para caracterizar a campanha de vacinação em massa, com intuito de interromper a circulação viral, é necessário vacinar o maior número de animais em menor tempo possível. “Para alcançar a meta de vacinar 80% dos cães a recomendação do estado é começar a campanha na área rural, vacinando os animais casa a casa. Na área urbana dos maiores municípios a vacinação é concentrada principalmente no dia “D”. Porém cada município é autônomo para montar a estratégia que se adeque mais a sua realidade”.

A raiva é uma doença grave e letal em quase 100% dos casos e que se manifesta por sintomas neurológicos. É transmitida por mamíferos através de contato com a saliva do animal doente por meio de mordedura, arranhadura ou lambedura. Os sinais indicativos de raiva variam conforme a espécie. Geralmente nos animais carnívoros (cães, raposas, gatos) é observada agressividade (raiva furiosa), nos herbívoros é apresentada paralisia (raiva paralítica). Porém em todos os animais costumam ocorrer os seguintes sintomas: dificuldade para engolir; salivação abundante; mudança de comportamento; mudança de hábitos alimentares; mudanças de hábitos; paralisia das patas traseiras; nos cães o latido torna-se diferente do normal, parecendo rouco.

Contatos dos Centros de Controle de Zoonoses:

Natal – 3232-8235

Parnamirim – 3644-8185

Caicó – 3417-6551/1927

Mossoró – 3315-1628

Serra Negra – 3426-2141/2228

Sábado é o DIA D de cadastramento do CPF de alunos do Estado

A Secretaria de Estado da Educação promove neste sábado (4), das 8h às 15h, o DIA D de cadastramento do CPF para os estudantes que já estudam nas escolas estaduais e precisam renovar sua matrícula. Em todo o Estado, os interessados devem procurar as Diretorias Regionais de Educação – DIREDS, que estarão preparadas para emitir o documento na hora. Um minuto é o tempo médio que se leva para emissão do CPF, desde que o interessado esteja com a certidão de nascimento e o comprovante de residência em mãos.

São dezesseis diretorias regionais instaladas nos municípios de Natal, Parnamirim, Nova Cruz, São Paulo do Potengi, Ceará-Mirim, Macau, Santa Cruz, Currais Novos, Caicó, Assú, Mossoró, Apodi, Umarizal, Pau dos Ferros e João Câmara. Suas equipes foram treinadas pela Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, em parceria com a Secretaria da Educação.

Para os estudantes da capital e região, a 1ª DIRED organizou 12 polos de atendimento. Eles estarão funcionando nas escolas estaduais Edgar Barbosa (Zona Sul), CENEP e Monsenhor Alfredo Pegado (Zona Leste), Raimundo Soares e Matias Moreira (Zona Oeste), Antonio Fagundes, Crisan Simineia, Peregrino Junior e Leonor Lima (Zona Norte), Almirante Tamandaré (Extremoz), Doutor Otaviano (São Gonçalo do Amarante) e Doutor Severiano (Macaíba).

Segundo a secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho, o objetivo do mutirão é permitir o acesso ao documento para todos os alunos que pertencem à rede e ainda não tiveram sua matrícula renovada. “O documento é indispensável para a renovação da matrícula, por isso o nosso esforço para que nenhum estudante permaneça sem o Cadastro da Pessoa Física”, reforçou.

As escolas estaduais têm até o dia 10 de janeiro para concluir a renovação dos estudantes que já são da rede e ainda não tem o CPF. A renovação é feita pela própria equipe da escola, através do www.sigeduc.rn.gov.br. O estudante veterano apenas precisa se dirigir à secretaria da escola, com o número do CPF, para dizer se pretende permanecer na unidade ou ser transferido para outra escola da rede.

Os alunos que estão sendo transferidos dos municípios para as escolas estaduais também podem comparecem aos pontos de cadastramento para retirar o seu CPF.

PONTOS DE CADASTRAMENTO EM NATAL E REGIÃO:

E.E. Edgar Barbosa – Lagoa Nova, Zona Sul
CENEP – Petrópolis, Zona Leste
E.E. Monsenhor Alfredo Pegado – Mãe Luiza, Zona Leste
E.E. Raimundo Soares – Cidade da Esperança, Zona Oeste
E.E. Matias Moreira – Dix-Sept Rosado, Zona Oeste
E.E. Antonio Fagundes – Santarém, Zona Norte
E.E. Crisan Simineia – Lagoa Azul, Zona Norte
E.E. Peregrino Junior – Potengi, Zona Norte
E.E. Leonor Lima – Redinha, Zona Norte
E.E. Almirante Tamandaré – Extremoz
E.E. Doutor Otaviano – São Gonçalo do Amarante
E.E. Doutor Severiano – Macaíba

Sábado é o dia D da vacinação antirrábica em Natal

 17577O Centro de controle de Zoonoses (CCZ) Natal da Secretaria Municipal de Saúde realiza neste sábado14, das 8h às17h, o Dia “D”de maior mobilização da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica 2013. A abertura será às 8h, na sede do CCZ com a participação de representantes da SMS. A vacina é indicada para animais a partir dos três meses de idade, não tem contra indicação e é gratuita.

Para esta campanha, a meta é vacinar 93. 668 animais, sendo 79.921 cães, e 13.228 gatos, nos cinco Distritos Sanitários, que estarão distribuídos nos 185 postos de vacinação, espalhado pela cidade.

Visando aumentar a cobertura vacinal de cães e gatos, a SMS disponibilizará de 95 mil doses de vacina e 900 profissionais envolvidos no Dia “D”, entre vacinadores, motoristas, técnicos de enfermagem (socorrista), médicos veterinários, biólogos e outros técnicos, contando com a colaboração da Polícia Militar, Marinha, Exército e os Desbravadores da Igreja Adventista do 7º Dia.

Segundo o chefe do CCZ, Alessandre Tavares, é importante que a população leve seus cães ou gatos para vacinar, como forma de manter os animais saudáveis e evitar a contaminação das pessoas. Adiantou Alessandre, que mesmo após o encerramento da campanha, a vacinação continua com postos volantes, visitando os Distritos Sanitários e um posto fixo no CCZ, na zona norte.

O CCZ iniciou a campanha em 14 de agosto e segue até 14 de outubro. Com os postos volantes, foram vacinados, 5.256 animais, sendo 4.378 cães e 878 gatos nos últimos três meses.

O Centro de Controle de Zoonoses fica situado na Avenida das Fronteiras (vizinho a Hospital Municipal da Mulher e Maternidade Dr. Leide Morais).

Combate à raiva

Nesta quarta-feira 11 de setembro, a partir das 13h30min, o CCZ realiza no auditório do IFRN Cidade Alta, o Fórum da Raiva. “O objetivo do Fórum é divulgar e discutir questões relacionadas ao combate à raiva”, explicou Alessandre.

O encontro reunirá profissionais do Hospital Giselda Trigueiro (de doenças infectocontagiosas) e demais profissionais ligados à temática.

Postos de vacinação disponíveis no sábado

Zona Norte

Zona Sul

Zona Oeste

Zona Leste

Sábado é o “DIA D” de vacinação contra a raiva animal

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) do Rio Grande do Norte estará promovendo neste sábado (14), o “Dia D” da campanha anual de vacinação contra a raiva animal. Iniciada no dia 14 de agosto, a expectativa da Subcoordenadoria de Vigilância Ambiental da Sesap é vacinar 695 mil animais, sendo 487 mil cães e 208 mil gatos durante toda a ação. Para alcançar a meta, a Sesap vem desenvolvendo em no estado ações educativas e de imunização.

Durante as primeiras semanas da ação, os 167 municípios desenvolveram suas ações para imunização destes animais, através de postos volantes onde técnicos percorreram áreas rurais e as mais distantes dos Centros de Controle de Zoonozes (CCZs), a fim de realizar ações preventivas e de vacinação. Neste sábado, a Campanha será intensificada nos centros urbanos, com atendimentos das 8 às 17 horas, em postos fixos definidos pelas Secretarias Municipais de Saúde (SMS). A expectativa é de que pelo menos 70% das vacinações sejam realizadas neste fim de semana.

De acordo com a Subcoordenadora de Vigilância Ambiental, Iraci Nestor, o “Dia D” foi criado para estimular a adesão da população para a campanha. “A população precisa aderir à campanha para que nenhum animal fique sem atendimento e corra o risco de contrair a raiva. A raiva é uma doença causada pelo vírus Lyssavírus, que ocorre nos mamíferos e pode ser transmitida ao homem pelo animal infectado. Apesar de ser, quase sempre letal tanto para humanos como para os animais é 100% evitável, através da aplicação de soro e da vacina anti-rábica”, enfatizou.

De acordo com a técnica do Programa de Controle da Raiva da Sesap, Jeane Suassuna, no Rio Grande do Norte existem os Centros de Controle de Zoonozes em Natal, Parnamirim, Mossoró, Currais Novos, Serra Negra do Norte e Caicó.  Os CCZs são os órgãos responsáveis pelo controle e enfrentamento da raiva animal. Nos municípios que não possuem os Centros, a população deve procurar as Secretarias Municipais de Saúde. “É importante que a pessoa que sofreu alguma agressão proveniente de animal, ao procurar a unidade de saúde leve consigo o agressor, vivo ou morto, para que o serviço de saúde possa encaminhar a amostra ao Laboratório Central do Estado (Lacen). Com esta medida, a Sesap poderá fazer o monitoramento da circulação do vírus, e desenvolver ações de prevenção contra a doença”, destacou.

Para vacinar os animais é necessário apresentar a carteirinha de vacinação. O documento também poderá ser feito no local.