Polícia

Ao Conselho de Ética, Flordelis chora e se diz inocente: ‘Me ajudem’

Foto: Reprodução

Em meio a lágrimas e declarações de inocência, a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) apresentou sua defesa, nesta terça-feira (16), ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. A parlamentar participou virtualmente da reunião em que foi apresentado o plano de trabalho do relator do processo contra ela, deputado Alexandre Leite (DEM-SP). “Tenho sofrido uma perseguição pública e implacável, uma descontrução moral. Queria que vocês me olhassem como ser humano”, disse.

Investigada como possível mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, Flordelis é acusada de quebra de decoro parlamentar. “Eu sou inocente. Não mandei matar meu marido e nem participei de uma conspiração contra o meu companheiro por mais de 20 anos”, afirmou.

Flordelis declarou que está se submetendo à Justiça e ao devido processo legal. “Em nenhum momento tentei usar qualquer prerrogativa parlamentar”, disse. Mesmo assim, segundo ela, o princípio da presunção da inocência não está sendo levado em consideração. “Eu não fui julgada ainda. Existem provas robustas e suficientes para desmontar esse processo. Sairei inocentada.”

A parlamentar alegou não saber que a filha estava envolvida na morte de Anderson do Carmo. “Eu não sabia o que estava acontecendo dentro da minha casa. Não sabia que meu marido estava assediando minha filha. Eu não sabia”, disse, chorando. “Quero pedir a todos dessa comissão que me ajudem. Que não cometam nenhuma injustiça comigo.”

R7

Opinião dos leitores

  1. Esse tipo de "gente" é a nova política, conservadora , patriota e "família" tal qual o é a família da"rachadinha" do MINTO!

    1. É não zumbi, essa é a velha política em uma de suas variantes.
      Tem aqueles que deixaram R$ 72 milhões de herança para os filhinhos sem nunca ter trabalhado.
      Tem aqueles que respondem a 10 processos criminais por corrupção e formação de quadrilha.
      Tem aqueles cujos ex ministros da casa civil, todos, foram condenados por corrupção.
      Ela é da turma da velha política que é praticada por aqueles que distribuem recursos públicos para comprar apoio político e da mídia. Entendeu? Sei que é difícil, mas tente, talvez consiga

    2. Entendi perfeitamente CARA PÁLIDA , você prefere o verme ladrao condenado Lula ??aquele que preferiu construir estádios ao contrário de hospitais, o rato que fez o maior roubo da história da humanidade

    3. Paulo: Pq vc acha que sou zumbi? Pq não tenho corrupto de estimação é isso? Pq vc acha que eu defendo bandido corrupto de esquerda ou de centro? Mas estou gostando da narrativa nova dos minions: fulano roubou MAIS…

      Brasil: Pq vc acha que prefiro Lulaladrão? Só pq falo o óbvio: o MINTO tem a família toda envolvida (inclusive ele) em rachadinha?

      Eu não tenho que ficar falando de Lulaladrão, ele não é mais presidente! Por mim ele estava preso na cadeia , mas infelizmente o MINTO não cumpriu a promessa de campanha dele de apoiar a PEC da prisão após condenação em segunda instância. Logo, os corruptos condenados em segunda instância como Lula, Lira, etc, etc ainda estão soltos por aí!
      Se vcs ficam defendendo político corrupto de estimação, seja ele de centro, esquerda, direita, alto, baixo, magro, é problema de vocês!

    4. Segue abaixo os terrapalhistas desorientados tentando balbuciar algo q faça sentido…rs

    5. Certas antas, como Paulo Rocha, acreditam que, se vc criticar o Bozonaro, automaticamente vc é a favor de Lula ou do Comunismo. É um pensamento muito simplista viu (pra não dizer coisa pior)! Só digo uma coisa: Votei nesse traste que tá lá na presidência, nunca mais o farei. Errar é humano, persistir no erro, já é burrice demais…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Conselho de Ética da Câmara notifica deputados Daniel Silveira e Flordelis; parlamentares têm dez dias úteis para apresentar defesa

Foto: © Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Os deputados federais Daniel Silveira (PSL-RJ) e Flordelis (PSD-RJ) foram notificados pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados dos processos instaurados no órgão para apurar se quebraram o decoro parlamentar. A informação foi oficializada na reunião do colegiado nesta terça-feira (2). Com a notificação, os deputados terão agora dez dias úteis para apresentar defesa por escrito.

Para se defenderem, Silveira e Flordelis poderão arrolar até oito testemunhas. Após esse prazo, as relatorias têm 40 dias úteis para coletar provas e depoimentos de testemunhas, e mais dez dias para apresentar um relatório e votá-lo.

No caso de Silveira, o relator do parecer será o deputado Fernando Rodolfo (PL-PE). Já no caso de Flordelis, será Alexandre Leite (DEM-SP). Em ambos os casos, os processos podem resultar na perda do mandato.

Ontem (1°), à noite, o presidente do colegiado, deputado Juscelino Filho (DEM-MA), já havia informado sobre a notificação dos parlamentares. Tanto Silveira, quanto Flordelis foram representados no conselho pela Mesa Diretora da Câmara. O primeiro, na semana passada, em razão da conduta registrada em um vídeo onde o deputado faz agressões verbais e incita a violência contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Entenda

A deputada Flordelis, representada em outubro do ano passado, é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, morto a tiros no dia 16 de junho de 2019 na casa da família, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro.

Além do processo instaurado na semana passada contra Silveira, o Conselho de Ética abriu hoje mais sete representações contra o deputado. Seis delas, apresentadas pelos partidos PSol, PT, PDT, PSB, PCdoB e Rede, receberam pedido de requerimento para ser apensadas em um único processo, por apresentarem o mesmo teor. A decisão caberá à Mesa Diretos da Câmara.

A outra representação vai apurar a conduta de Silveira durante manifestações antifascistas, em maio do ano passado. Na ocasião, Silveira, gravou um vídeo em que disse torcer para um manifestante passar em sua frente em um “dia muito ruim” para que “eu descarregue minha arma”.

Para esta representação foram sorteados três possíveis relatores: Professora Rosa Neide (PT-MT), Dulce Miranda (MDB-TO), Carlos Sampaio (PSDB-SP). Caberá ao presidente do conselho escolher um nome para a relatoria.

A reunião do conselho analisa ainda outra representação contra Silveira, de 2019, protocolada pelo partido do deputado, o PSL. O partido entrou com um processo contra Silveira por ele ter gravado e divulgado um vídeo, em 16 de outubro de 2019, com detalhes de uma reunião do partido, que não era pública, sobre a disputa em torno da liderança do partido na Câmara.

O relator do processo, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), apresentou um requerimento pelo prosseguimento do processo. O debate e votação do parecer foi adiado em razão de um pedido de vista da deputada Major Fabiana (PSL-RJ).

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Justiça do Rio decide afastar Flordelis do cargo de deputada federal

Foto: FABIANO ROCHA / Agência O Globo

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio decidiu, por unanimidade, afastar Flordelis dos Santos de Souza (PSD) do cargo de deputada federal. O julgamento por videoconferência ocorreu na tarde desta terça-feira. A decisão é para que a parlamentar fique afastada de qualquer função pública até seu julgamento em processo no qual é acusada de ser mandante morte do marido, o pastor Anderon do Carmo.

A decisão dos desembargadores será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para que os parlamentares decidam se mantém o afastamento, conforme determina a Constituição Federal. O relator do processo na 2ª Câmara Criminal, desembargador Celso Ferreira Filho, determinou que a decisão seja encaminhada à Câmara dos Deputados em 24 horas. Além do relator, votaram a favor do afastamento os desembargadores Antônio José Ferreira Carvalho e Kátia Jangutta.

Para Celso Filho, há situações concretas que demonstram atos de Flordelis para atrapalhar a “busca pela verdade” no processo.

– (Nesse processo) Há situações que me causaram perplexidade. São 50 anos que convivo nessa casa de conflitos e há muito tempo não vejo uma situação tão complexa, estranha e que causa tanta surpresa. Lidamos com homicídio, improbidade administrativa, vários desvios, mas nesse processo há uma gama de circunstâncias estranhas, sobre as quais não vou tecer comentários – afirmou Celso Ferreira Filho ao iniciar seu voto.

A procuradora de Justiça Maria Christina Pasquinelli Bacha de Almeida deu parecer a favor do afastamento de Flordelis. Durante sua sustentação oral na sessão desta terça-feira, a procuradora afirmou que Flordelis usa o cargo para intimidar e para “cooptar benesses para sua pessoa e seu clã criminoso”. O advogado Ângelo Máximo, que representa a família do pastor, também defendeu o afastamento, sob alegação de que Flordelis atrapalhou as investigações do caso, além de fazer menção aos nomes de testemunhas em redes sociais.

– Fica claro o uso do cargo, o uso da maquina, da função pública para se esquivar da responsabilidade de ser mandante do crime – afirmou Ângelo Máximo durante sua sustentação oral.

O pedido de afastamento foi feito pelo promotor Carlos Gustavo Coelho de Andrade, que recorreu ao Tribunal de Justiça após a juiza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, ter negado seu pedido para afastar Flordelis de suas funções. A solicitação foi feita pelo promotor no processo criminal respondido pela deputada. Na ação, já foram ouvidas todas as testemunhas de defesa e acusação, além dos réus. O processo está em fase de alegações finais, na qual Ministério Público, assistente de acusação e defesa dos réus fazem suas considerações finais.

Após a manifestação de todos em alegações finais, a juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce vai decidir se Flordelis e os outros acusados vão a júri popular.

Extra – O Globo

Opinião dos leitores

  1. Ops! George e Gustavo, convidem essa figura pra passar umas férias com vocês! Mas não podem usar dinheiro público! Viu? Com certeza tem orgia garantida!

    1. Oi??!! Estão fazendo JUSTIÇA em desfavor de uma homicida, entendeu? Não tem nada a ver com ela ser branca , preta, azul, mulher, homem, trans…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Não procede que Flordelis será titular da Secretaria da Mulher; ato protocolar da Câmara ocorreu no perfil de todas as 79 parlamentares

Foto: Reprodução/Instagram

Um dia após celebrar a vitória de Arthur Lira como novo presidente da Câmara dos Deputados, a deputada federal Flordelis dos Santos da Silva (PSD), que enfrenta processo disciplinar e pode perder o mandato , viu seu nome ser envolvido em uma polêmica nesta quarta-feira (3): em seu perfil no site da casa, consta que ela foi nomeada como nova titular da Secretaria da Mulher.

Entretanto, a informação, inserida na página nesta terça-feira (2), foi desmentida por integrantes da Bancada Feminina. “Ela ( Flordelis ) nunca se colocou e nem é candidata quando formos realizar a eleição que deve ocorrer no final de março”, explicou a deputada Professora Dorinha, coordenadora da bancada feminina e atual secretária, em entrevista à CNN.

Ainda de acordo com a reportagem, o que ocorreu de fato foi a inclusão da informação no perfil de todas as 79 parlamentares. Criada em 2013, a Secretaria da Mulher uniu a Procuradoria da Mulher, criada em 2009, e a Coordenadoria dos Direitos da Mulher, que representa a Bancada Feminina, agrupamento suprapartidário integrado por todas as deputadas.

Caso passasse a integrar a secretaria, a pastora aumentaria seu rol de participações dentro da Câmara. Atualmente, ela é titular da Bancada do Rio de Janeiro e da Subcomissão de combate à pedofilia, adoção e família, algumas de suas principais bandeiras na carreira política, além de integrar a Frente Parlamentar Mista Pelo Fortalecimento do SUS.

Último Segundo – IG

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *