VÍDEO: Luis Ernesto Lacombe expressa constrangimento com falhas no jornalismo e dá “aula” com sugestão de como se produz uma matéria

O jornalista e escritor Luis Ernesto Lacombe classificou como absurda a exibição da matéria do Jornal Nacional que levantou suspeitas de uma suposta conexão entre Bolsonaro e o assassinato da ex-vereadora Marielle Franco. Em um vídeo menos de 3 minutos, o profissional explicou como funciona o processo de escolha de uma pauta e ainda descreveu o básico do jornalismo ausente na reportagem.

O comunicador ainda citou outros exemplos e expressou constrangimento com determinados meios de comunicação que estão cometendo erros graves na reprodução de fatos mal apurados.

Link no Instagram pode ser conferido clicando AQUI.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. pedro disse:

    Luis Ernesto Lacombe que defendeu bolsonaro em seu programa na band mais de uma vez. a falha estar ai. jornalista serio, não pode ter partido nem defender ninguém, apenas dar a noticia. e os fatos. o ataque dele a jornalistas e apenas uma defesa ao bolsonaro.

  2. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    BG
    Importante lembrar que no dia seguinte a publicação da matéria no JN vc e sua equipe do meio dia na 98 estavam metendo o pau no Bolsonaro e aplaudindo a Rede Globo.

  3. Atalaya Júnior disse:

    Apenas "dor de cabocla" …hahahaha fala importante….SQN

  4. Ems disse:

    Não precisa ser jornalista para perceber que existe algo de errado com as matérias da Globo, Folha de São Paulo, Estadão… O desespero é grande !!!

Presidência abre procedimento por desvio ético contra Mercadante

mercadante-777x437A Comissão de Ética Pública da Presidência da República determinou nesta segunda-feira (28) abertura de procedimento de investigação por desvio ético contra o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

A iniciativa foi tomada diante de denúncia apresentada pela bancada do PSDB no Senado Federal ao órgão federal. O partido de oposição acusa o ministro de ter incorrido em conduta incompatível com o cargo em diálogo com o assessor do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), Eduardo Marzagão.

Em gravação entregue à Procuradoria-Geral da República, para tentar evitar uma delação premiada, o ministro sinaliza ao assessor que poderia ajudar Delcídio financeiramente e lobby junto aos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) para a sua saída da prisão.

Em entrevista a jornalistas logo após a revelação da conversa, Mercadante explicou que estava prestando “solidariedade” ao senador preso e que não tinha intenção de impedir sua delação, influenciando na Operação Lava Jato.

No pedido, o líder do PSDB no Senado Federal, Cássio Cunha Lima (PB), pede que se apliquem sanções contra o ministro, que podem variar desde uma advertência escrita até uma sugestão para que ele deixe o cargo.

A pedido da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) do Distrito Federal, o órgão federal também abriu procedimento de investigação por desvio ético contra o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo.

No pedido, a OAB-DF acusa o ministro de confundir suas atribuições no cargo com a de fazer uma “defesa partidária” do governo federal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Na bandeira do meu país não existe a cor vermelha disse:

    Essas são as "estrelas" do PT.

  2. paulo disse:

    BG
    Esses ptRALHAS são CÍNICOS e sem-vergonhas.

Comitê da Fifa pede suspensão Blatter por 90 dias

blatterO Comitê de Ética da Fifa vai suspender Joseph Blatter, presidente da entidade, por 90 dias. Mas ele ainda poderia voltar para concluir seu mandato, que termina em fevereiro de 2016. A decisão final ainda precisa ser chancelada pelo juiz independente da Fifa, Hans Eckert, o que deve ocorrer até sexta-feira. Mas o próprio cartola já foi informado nesta tarde de qual será seu destino e a entidade deve ficar com um presidente interino até o final do ano.

A suspensão ao reinado de 17 anos de Blatter é um fim melancólico a um cartola que, até poucas horas, insistia que não deixaria o cargo. A decisão, porém, aprofunda ainda mais a crise.

A Fifa já viu seu secretário-geral, Jerome Valcke, afastado, está diante de uma debandada de patrocinadores e ainda tem diversos de seus dirigentes presos na Suíça e nos EUA. O afastamento de Blatter é o ponto final de um terremoto que começou em maio, quando o FBI pediu a prisão de cartolas, entre eles José Maria Marin.

Fonte: IstoÉ

Cassação de Demóstenes volta à pauta nesta 2a no Conselho de Ética

O Conselho de Ética do Senado votará nesta segunda-feira (25) o relatório que pede a cassação de Demóstenes Torres por quebra de decoro. De autoria do senador Humberto Costa (PT-PE), o texto deveria ter sido analisado na semana passada. Um despacho do ministro Dias Toffoli, do STF, adiou o desfecho.

A votação de hoje será aberta e nominal. Se todo mundo der as caras, estarão em jogo 15 votos. A luminosidade faz com que a tendência seja de aprovação do relatório pró-cassação. Algo que, se confirmado, mandará o processo para a Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Ali, não haverá debates sobre o mérito da encrenca. Cabe à comissão apenas analisar se a tramitação respeitou o regimento da Casa e a Constituição. O prazo para a deliberação é de cinco sessões.

Vencida essa fase, o pedido de guilhotina segue para o plenário do Senado. Nesse colegiado, dono da palavra final, a votação será secreta. Para que prevaleça a cassação são necessários 41 dos 81 votos. A sombra desautoriza os prognósticos. No escurinho, potencializam-se as chances de salvação do amigo de Carlinhos Cachoeira.

A turma do barulho gostaria que o cadafalso fosse armado no plenário antes do recesso parlamentar do meio do ano, que começa em 17 de julho. A banda muda do Senado opera para adiar o patíbulo para depois das férias, no segundo semestre.

De resto, há o risco de a defesa de Demóstenes requerer no STF a anulação do processo. Por quê? O advogado Antonio Carlos de Almeida ‘Kakay’ Castro alega que o Conselho de Ética cometeu uma falha processual.

Deu-se no dia 12 de junho, no instante em que o Conselho negou o pedido da defesa para a realização de perícias técnicas nos grampos que captaram diálogos vadios de Demóstenes com Cachoeira e membros do seu bando.

Entendidas como protelatórias, as perícias foram refugadas por maioria apertada –3 votos a 2. O problema, alega Kakay, é que o Conselho atropelou o regimento interno do Senado. O quórum mínimo para qualquer deliberação seria de nove senadores.

Kakay rebela-se contra a atmosfera de mata-e-escola em que se vê envolto o seu cliente. O advogado repete um raciocínio que adotou como seu mantra: “O voto dos senadores é político, mas o processo é jurídico.”

Conselho de Ética do Senado vota amanhã processo disciplinar contra Demóstenes Torres

 

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado votará nesta segunda-feira (25) o relatório do processo disciplinar contra o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO). O parlamentar está sendo processado com base em denúncia do PSOL de que ele trabalhou em conjunto com a organização criminosa que segundo a Polícia Federal é comandada por Carlinhos Cachoeira, que está preso no presídio da Papuda, em Brasília.

A votação estava marcada para a última segunda-feira (18), mas o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli determinou o adiamento da deliberação após mandado de segurança impetrado pela defesa do senador. Por esse motivo, a reunião serviu apenas para a leitura da parte expositiva do relatório do senador Humberto Costa (PT-PE). O voto do relator só será conhecido nesta segunda-feira.

Caso o relator recomende a cassação de Demóstenes Torres, o parecer do Conselho de Ética será encaminhado à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) para exame dos aspectos constitucional, legal e jurídico, o que deverá ser feito no prazo de cinco sessões ordinárias. A partir daí, o documento precisa ser votado pelo Plenário, em processo secreto de votação.

A expectativa do relator é de que a votação em plenário se dê antes do início do recesso parlamentar, previsto para o dia 17 de julho.

Votação

O quórum mínimo para a votação do relatório no Conselho de Ética é de nove senadores, segundo o Regimento Interno do Senado. O número representa a maioria absoluta, já que o conselho é formado por 15 membros mais o corregedor do Senado, que tem direito a voz e voto no colegiado. O voto é nominal e aberto.

Antes da votação, Demóstenes terá um prazo de 20 minutos, prorrogável por mais 10, para se defender. A defesa poderá ser feita por ele ou pelo advogado.

Fonte: Agência Senado

Assembleia do Sindicato das Agências de Propaganda promete pegar fogo hoje

Todas as Agências de Propaganda do Rio Grande do Norte foram convocadas para uma Assembleia Geral Extraordinária hoje. E a informação é de que uma das empresas filiadas pode ser expulsa do sindicato, como punição por desrespeito à ética.

O assunto já foi discutido em outra reunião anterior. O nome da empresa não será revelado, por enquanto, mas o fato é que a reunião pode resultar em uma decisão inédita no RN.

A reunião será realizada a partir do meio-dia, no Resturante Dolce Vita, na Rua Mossoró.

Demóstenes Torres deu o ar de sua graça na reunião do Conselho de Ética

Demóstenes Torres deu o ar de sua graça na reunião do Conselho de Ética do Senado. Ocupou o microfone por 13m14s. Em meio a uma enfadonha digressão sobre os pedaços do regimento que normatizam a escolha do presidente do conselho, disse:

“O que tem que ser feito judicialmente vai ser feito. Agora, aqui, eu quero me defender no mérito, quero provar minha inocência no mérito. Provarei que sou inocente. Até agora não tive a oportunidade de me defender. O foro competente é esse. E eu farei, farei e provarei que sou inocente.”

Bom saber que o senador quer se defender. Alega que não teve a oportunidade de fazê-lo. Engano. Oportunidades teve. E continua tendo. Falta-lhe, por ora, disposição.

Ao Senado, Demóstenes ofereceu, por ora, um discurso desmentido pelos grampos e o silêncio. À Justiça, seu advogado entregou uma petição na qual pede a anulação das provas sem contestá-las.

O senador sustenta que provará sua inocência. Confrontado com o drama, o velho Demóstenes, aquele de um mês e meio atrás, diria que o ex-Demóstenes lembra muito as virgens de Sodoma e Gomorra.

Fonte: Josias de Souza

A multiplicação dos Fatores na terra de Poti. Mas seu Barãoooo!!!

Acompanho a blogosfera local há muitos anos. Durante esse período fui separando o joio do trigo. Aqueles que me informavam – e que eu acreditava – e aqueles que claramente tinham conteúdos tendenciosos. Entre os que eu acreditava e confiava na informação estava o blog do ilustre professor da UFRN, Ricardo Rosado, publicitário bem sucedido, com uma história de sucesso no ramo da propaganda e professor queridíssimo pelos companheiros e alunos da UFRN.

Sempre dizia pra mim mesmo: “Esse cara é punk”. Professor, publicitário, jornalista, profundo conhecedor… É para poucos. Tudo o que ele colocava no Fator RRH eu acreditava. Juro!

Após colocar o Blog do BG no ar, passei a entender um pouco desse mundo jornalístico, mesmo sem entender muito do assunto e ser ruim de português. Aí, já por dentro das coisas, comecei a pensar: “Como pode um blog cobrar tanta probidade? Cobrar tanto moralismo dos servidores públicos e de quem exerce papeis no Legislativo e até no Judiciário se ele tem anúncios públicos?”. Mas, tudo bem, o que importava era a credibilidade do dito cujo.

Na minha função de blogueiro, fui acompanhar os depoimentos da CEI dos Contratos, da Câmara Municipal de Natal. Para minha surpresa, está lá o nome da pessoa que eu achava o máximo, dizendo que ele tinha um contrato pelo qual recebia R$ 5 mil mensais para manter um anúncio da Prefeitura do Natal no Fator RRH.

Documentos que comprovam que o blog FatorRRH recebeu R$ 5 mil da PMN (Para vê-los maior copie a URL e cole no seu navegador)

Realmente, foi uma surpresa desagradável. Como posso fazer uma crítica à gestão da prefeita se recebo verbas publicitária da Prefeitura? De repente passei a entender tantas críticas iradas à CEI dos Contratos.

Como sou um homem de boa fé, achei que isso era normal. De repente uma pessoa pode ter um blog e mesmo recebendo recursos públicos pode ter uma opinião independente.

Não quero com isso dizer que quem recebe verba publicitária de órgãos públicos não tenha ética. Nada disso. Não estou fazendo mau juízo do rapaz. Nem de ninguém. Estou apenas infomando.

Resolvi pesquisar mais e vejam só o que eu encontrei:

Ricardo Rosado, além de comentarista da TV Ponta Negra e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, também é consultor de Comunicação e Publicidade da Fiern. Mais uma surpresa: como pode ele ser consultor de comunicação e publicidade e o blog ter vários anúncios da Fiern e outras entidades do Sistema S (Sebrae/Sesi/Senai)?

Expediente do Site da FIERN comprovando a consultoria em Comunicação e Marketing de Ricardo Rosado
Post no Blog FatoRRh com os anúncios da Fiern, Sesi, Senai, IEL e Sebrae

Quer dizer que ele mesmo autoriza os anúncios para o blog dele? Por intermédio da agência dele? Qual o critério? Acessos? Visibilidade? Estou curioso.

Mas, minha surpresa aumentou ainda mais. Conferindo o site da agência de propaganda dele, a FazPro (antiga Faz Propaganda, aliás deve estar em moda a mudança de nome) constato, de queixo caído, que a agência dele também atende a conta da Fiern.

Espelho no site da Agência FAZ mostrando os clientes Fiern, Sesi, Senai e IEL

Gente, quer dizer que ele é o consultor em comunicação e publicidade, autoriza o anúncio para o blog e a agência dele ainda atende a Fiern? Houve licitação? Quantos concorreram? Macacos me mordam! É dinheiro demais. Será que ele é sócio da Fiern?

Vamos recapitular: o blog, que não sei por qual critério, recebe verba publicitária de todo o Sistema S e da Fiern. A agência  do publicitário, blogueiro, consultor e professor de Jornalismo (será que ele ensina ética aos alunos do curso de Jornalismo da UFRN?) toma conta da verba publicitária da Fiern. Alguém pode me explicar essa situação? É ético, imoral ou engorda?

Com a palavra o presidente da Fiern, Amaro Sales.

Só para encerrar, fazendo uma pesquisa ainda mais minuciosa, eu descobri que o blogueiro e professor que também é ao mesmo tempo cliente, consultor e agência da Fiern , também é assessor do deputado Henrique Eduardo Alves. Com tanta isenção e depois de tantos fatores, eu encerro por aqui.

Será que é por isso que dizem que a ordem dos fatores não altera o produto. Tudo multiplicado, rende uma grana boa por mês. E a ética? A ética que vá às favas.

Mas, seu Barãoooooooooo?

 

 

 

 

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elves Alves disse:

    Antes que meu silêncio me agrida: e quando a Assembleia Legislativa e a Câmara Municipal de Natal vão deixar de se configurar os maiores 'cabides de emprego' de jornalistas por metro quadrado do Rio Grande do Norte? E quando estas mesmas CMN e AL vão, afinal, promover o primeiro concurso público para preencher as vagas de jornalistas em suas respectivas TVs públicas? E quando o inoperante Sindjorn vai parir uma inédita e improvável "nota à opinião pública" assumindo sua máxima consciência culpada em silenciar ante tais absurdos?

  2. Elves Alves disse:

    Antes que eu me esqueça, sempre tive para mim que jornalismo é a profissão dos que não têm profissão. E qual seria, então, a profissão de talentos como Drummond, Millôr, Joel Silveira, Davi Nasser, Nelson Rodrigues, Armando Nogueira, Dorian Jorge Freire, Franklin Jorge, Edgar Barbosa…? Es-cri-to-res, num continente tropical que se exubera por seu analfabetismo, funcional ou absoluto. Gente culta e humanista, capaz de distinguir oxo de oxum, não se deixa derramar na vala putrefata das manjadas redações de imprensa. Eles têm, no mínimo, uma realidade paralela, muito mais digna de seus esforços.

  3. Nilson Moura Messias disse:

    Caro Bruno, descobri seu blog, por sugestão de um amigo. 
    Se você fizer esta pesquisa na mídia do Rio Grande do Norte, 98% dos blog, portais, fms, jornais, enfim, todos eles são financiados, subservientes, domesticados, sem ética, sem independência e sem imparcialidade.
    A mídia potiguar é um escândalo. 
    Bruno, sem blog ganhou mais um leitor/internauta.
    Feliz Natal.

  4. Convidado disse:

    Bruno, o mais curioso é que até agora estamos esperando o nobre blogueiro e colunista da Tv Ponta Negra, de propriedade da prefeita Micarla e por acaso, o maior crítico da CEI que investiga a gestao da mesma, se pronunciar sobre essa singular relação com a Fiern.
    Até agora nada.Ao invés disso, prefere atacar os que estão apenas cumprindo o seu papel. Parabéns, vc não precisa de diploma. Tem coragem e caráter, coisas que não se aprendem em sala de aula.

  5. JUSTIÇA CEGA, SURDA E MUDA!!! disse:

    Espantado!!!  Qtos 'justos e honestos' fecharam os olhos e abriram os bolsos pra se formar esse circo? 

  6. Karl Leite disse:

    Fato bastante lamentavel esse do Blog FATOR RRH. Jamais esperei que o RH recebesse $$$ da PMN. Lembrando o líder politico Dinarte Mariz, "todo politico tem seu preço"… nesse caso basta trocar politico por jornalista. Não é ´so o RH que recebe $$$ de órgãos publicos outras "raposas" seguem o mesmo caminho. E dificil ter uma mídia sem comprometimento.

  7. Marcos disse:

    É bom saber que você é só mais um canalha envergonhado trabalhano para interesses escusos. Você sabe que a canalhice quando é burra tem vida curta. Seja feliz lambendo o saco dos outros. Um pobre coitado como você não dura muito.

    • Anônimo disse:

      Calma Marcos(foi o nome que vc colocou), olhe a pressão, cuidado com o coração. Sua indignação não deveria está voltada para esse blogueiro. Mas como disse antes, se acalme, estamos apenas no 1º capitulo. UM FELIZ NATAL para vc.
      Sobre trabalhar para interesses escusos, vc deve entender bem mais do que eu. hehehe
      Sobre não dura muito é ameaça de morte?
      Vamos ter que rastrear seu IP né?

    • Marcos disse:

      Minha indignação (você sabe muito bem disso, mas os leitores engandos do seu blog não sabem) está voltada à sua manipulação da informação, escondendo o comentário onde eu pedia que você esclarecesse 4 pontos que tornariam a sua postagem jornalística. Como você preferiu ocultar o assunto, eu entendi qual é a sua função "jornalística". Quanto ao "durar pouco", não é ameaça de morte: é constatação de sua curta carreira "jornalística". Quando o seu patrão perder o poder, você vai sumir na lama da história junto com ele. Só isso. Feliz Natal pra você também.

    • Anônimo disse:

      Patrão? Meu patrão é o leitor, diferentemente de vc e dos seus. Vamos da tempo ao tempo e veremos que vai sumir e quem vai ficar. Afinal, o tempo se encarrega de tudo. Abraços marcos, ricardo, joão ou quem quer que seja. Entendeu né?

  8. Carlos-alencar disse:

    Caríssimo, a herança maldita da ditadura botou os meios de comunicação no colo dos políticos e tudo na mídia gira em torno de seus interesses. Nesta esteira, o mal se alastrou para blogosfera, que, não toda, está sendo paga dessa forma denunciada. Veja o assédio dos políticos nas redes sociais, quando não diretamente, o faz através do famoso (A). Quando a notícia lhe é favorável, aparece o político; sendo desfavorável, suge sua fantasia na máscara do (A).

  9. Luiz Carlos disse:

    BRINCADEIRA!!!
    Tem que ser investigado!!!
    Cadê o MP nessa hora???
    Quero ver a imparcialidade deste órgão. 
    Isso é uma denuncia pública, a qual obriga o MP a se manisfestar.
    Parabéns pelo blog tão responsável. Vc caminha para ser o mais acessado blog. O Fator RRH, esse mal olhava, agora então…

  10. Convidado disse:

    BG, tem como ver nessa lista quanto Jean Valério paga pelos anúncios na revista RN Econômico, que é dele mesmo? Assim, ele pede pra Prefeitura anunciar, ele autoriza a publicação, ele paga a revista e ele recebe, entendeu? Fácil, né?

    • Anônimo disse:

      O Secretário Jean Valerio informou na CEI que não tem nenhum trabalho dele que receba recursos da Prefeitura

    • Anonimo disse:

      Mas ele tem sim. O nome da revista é RN Negócios (e não RN Econômico, como informei antes) e ele passou para o nome da sua irmã.