Saúde

Prefeitura de Macaíba acusa Governo do Estado de irresponsabilidade na abertura de leitos

Em referência à entrevista concedida nesta quarta-feira, 8 de julho, ao programa Bom Dia RN, da InterTV Cabugi, pelo vice-governador do estado do Rio Grande do Norte, Senhor Antenor Roberto de Medeiros, a respeito da não abertura das 10 Unidades de Terapia Intensiva, no Hospital Regional Dr. Alfredo Mesquita Filho, a Prefeitura de Macaíba esclarece:

1. O Hospital Regional de Macaíba pertence ao Estado sendo, portanto, de responsabilidade do Governo do Estado.

2. Ao contrário do que afirmou o Vice-governador, as 10 UTIs não foram abertas por irresponsabilidade do Governo do Estado, nunca por causa da Prefeitura, conforme tentou insinuar na entrevista.

3. Em 2018, quando o Governo do Estado, na época sob a administração do governador Robinson Faria, resolveu construir 130 novos leitos de UTI no Estado, a administração da Prefeitura de Macaíba sensibilizou o Governo a construir 10 leitos no Hospital Regional, em função da cidade ser porta de entrada da capital, ser a sede do SAMU estadual e uma das cinco cidades que possuem Unidade de Pronto Atendimento – UPA, no Rio Grande do Norte, atendendo todos os municípios circunvizinhos.

4. Desde o início da gestão da governadora Fátima Bezerra, que a Prefeitura de Macaíba vem solicitando a abertura dos leitos de UTI, no Hospital Regional, o que facilitaria a regulação de pacientes graves; entretanto, no dia 28 de março deste ano, o Governo retirou diversos equipamentos das UTIs para o município de Mossoró.

5. Em nota, o Governo alegou que se tratava de alinhamento para o combate ao coronavírus, mas que os equipamentos estariam sendo repostos em uma semana, o que não aconteceu.

6. No dia 7 de maio, o Governo de Estado afirmou que as UTIs seriam abertas em 30 dias. No mesmo mês, contratou a Organização Social Avante que, sob a alegação de falta de recursos, não conseguiu abrir os leitos prometidos.

7. O Governo do Estado adiantou R$ 1,75 milhão para a Avante Social, que se comprometeu a abrir as UTIs – 20 no Hospital João Machado, em Natal, e 10 no Hospital Alfredo Mesquita, em Macaíba – até o dia 30 de junho, o que não ocorreu até agora.

8. Aproveitando as palavras do Vice-governador é importante ressaltar que o mesmo afirmou, na mesma entrevista, que o Estado está brindo leitos pela metade. Pelo visto, o que faltou ao Governo do Estado não foi recurso financeiro, mas competência na gestão da Saúde.

“Portanto, querer responsabilizar a Prefeitura de Macaíba pela não abertura das Unidades de Terapia Intensiva, transferindo a inoperância do Governo do Estado pelas diversas falhas ocorridas nesses tempos de pandemia é, no mínimo, uma atitude inoportuna e leviana por parte do Vice-governador, que não deveria faltar com a verdade”, encerra a nota.

Opinião dos leitores

  1. Vcs todos queriam o que? Eficiência? Compromisso? Responsabilidade? Visão? O PT é um partido em vias de extinção, seus quadros são ridículos, basta dizer que são seus maiores expoentes, nove dedos, a anta, Rui colibri, Narizinho e seu amante, o vampiro, Geraldoooo, Fatao Bokus GD, é muita coisa incompetente junta, o velho RN, depois de ter tido dois dos piores gestores de todos os tempos, vem agora com essa mal arrumada, é muito azar.

  2. Não é de se estranhar. É uma mentira em cima da outra. O PT é assim mesmo. Elegeram Fátima, agora aguentem. Infelizmente, quem não votou nela paga o pato junto.

  3. COMPLETOU 100 DIAS QUE LEVARAM OS LEITOS EXISTENTES PARA OURO LOCAL SEGUNDO AS NOTICIAS E PROMETRAM IMPLANTAR 10 LEITOS E ATÉ AGORA É SÓ PROMESSA. NOA PRÓXIMO 15 DIAS, NOS PRÓXIMOS 15 DIAS E NADA. QUNADO FOREM IMPLANTAR O COVID 19 JÁ TEM SE ACABADO. OU GORVININHO SEM RUMO!

    1. BG
      IMPEACHMENT já desta incompetente e seus secretários. Deu foi um "goipe" no RN, não sabe fazer nada só pelegagem e fazer turismo as nossas costas. Ainda bem que a justiça barrou o envio de dinheiro para o consorcio Nordeste, mais precisa que elles devolvam os R$ 5.000.000,00 surrupiados.

  4. O Hospital estadual esta jogado as traças em Macaíba, falta remedios essencias, equipamentos de segurança, e um caos, digo isso por expereência própria, se não fosse os profissionais que estão lá, estaria pior, esse desgoverno e o pior governo da saúde. Só maquiagem!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Em tom de campanha, Rogério Marinho culpa Micarla e Carlos Eduardo por atraso no Mercado das Rocas

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB) criticou as últimas administrações pela situação de abandono das feiras livres de Natal. O parlamentar ainda lembrou o caso do Mercado das Rocas, que está paralisado para reforma desde 2008, ainda durante a gestão do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT).

“O Mercado das Rocas é mais um exemplo de obra inacabada e irresponsabilidade administrativa da gestão anterior e de incapacidade gerencial da atual administração [da prefeita Micarla de Sousa (PV)]”, disse Rogério Marinho durante o programa “Pensar Natal” exibido nesta quarta-feira (26) na 96 FM.

O tucano destacou a importância cultural das 22 feiras livres da cidade e lamentou o descaso da Prefeitura.

“As feiras reúnem a nossa tradição cultural e gastronômica. Infelizmente as últimas administrações têm sido absolutamente omissas e isso tem se refletido na degradação que as feiras livres estão submetidas na cidade”, concluiu Rogério.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *