Gestão da crise do coronavírus: Bolsonaro tem aprovação de 33%, consideram regular 25% e 39% reprovam, diz Datafolha

Pesquisa Datafolha publicada nesta sexta-feira (3) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mediu a avaliação do desempenho do presidente Jair Bolsonaro, dos governadores e do Ministério da Saúde na condução da crise do coronavírus.

A pesquisa foi realizada por telefone com 1511 pessoas entre quarta-feira (1º) e sexta-feira (3) em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja abaixo os resultados:

Avaliação do desempenho de Bolsonaro em relação ao surto de coronavírus

Ótimo/bom: 33%
Regular: 25%
Ruim/péssimo: 39%
Não sabe/não respondeu: 2%

No levantamento anterior, divulgado no dia 23 de março, a aprovação de Bolsonaro era de 35% e a reprovação era de 33%.

Avaliação do desempenho do Ministério da Saúde

Ótimo/bom: 76%
Regular: 18%
Ruim/péssimo: 5%
Não sabe/não respondeu: 1 %

No levantamento anterior, a aprovação do Ministério da Saúde era de 55% e a reprovação era de 12%.

Avaliação do desempenho dos governadores

O Datafolha pesquisou também a avaliação sobre as ações dos governadores na crise. Os resultados foram:

Ótimo/bom: 58%
Regular: 23%
Ruim/péssimo: 16%
Não sabe/não respondeu: 2%

Na pesquisa anterior os governadores tinham aprovação de 54% e reprovação de 16%.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. proterald disse:

    Datafolha está sem moral na mídia….Da licença….

  2. Airton disse:

    Databosta inconsistente.

  3. Leomar Luft disse:

    Bolsonaro 2022. Avante mito.

  4. Tarcísio Eimar disse:

    Apesar de ter sido pelo DataFolha, mas creio q os números sejam reais

  5. Bel disse:

    Data folha e a mesma coisa de nada.

  6. Mito disse:

    Pesquisa da data folha e comentário de petista não servem para nada. Bolsonaro continua firme, forte e com o apoio da população. Vão se preparando que em 2022 a surra será ainda maior.

  7. Edilson disse:

    A folha fez essa pesquisa aonde?
    Qual foi o público pesquisado nesse periodo de epidemia?

  8. Paulo disse:

    Mandetta 2022!

    • M.D.R. disse:

      Esse aí sim…..
      Mostrando capacidade, responsabilidade, atuante e voltado para os problemas da saúde "PANDEMIA" entrou firme na situação doença.

  9. raimundo fernandes disse:

    voces são aquela parcela da sociedade que podem ser descatada! não tem cerebro! taokei.

  10. Eduardo Neto disse:

    33% acham esse insano bom e 25% regular… 58% da população so pode ta comendo merda com sucrilho!!!

  11. Ricardo lúcido disse:

    Derrete do feito picolé no sol , o presidente , votei nele e me arrependo , está cada dia mais desprestigiado . Pode ligar o cronômetro . É renúncia ou impedimento . Façam suas apostas .

    • Lobinha disse:

      Essa pesquisa não mostra isso, ruminante adorador de ladrões condenados. Apenas 39% reprovam o mito, logo ele até cresceu no apoio popular com relação a eleição, nas eleições 43% não votaram nele, nessa pesquisa, apenas 39% não o aprovam. Tá no caminho certo mito

    • Zé Mané disse:

      Lobinha não, Bobinha.

Gestão do Conselho Regional de Medicina Veterinária do RN é colocada em xeque; coisas estranhas acontecendo

Em tempos aonde a PEC 108 questiona a real necessidade e efetividade dos conselhos de classe, chega ao blog informações que coisas bastantes estranhas acontecem no âmbito do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio Grande do Norte.

Coisas do tipo, valores estratosféricos de diárias, aonde o valor gasto com diárias consomem parcela expressiva do orçamento do CRMV/RN, segundo consta no portal da transparência.

Ocorrendo, ainda, o pagamento de diárias sem que o beneficiário tenha de fato se deslocado a localidade nos dias especificados. Tem um caso que um membro da Diretoria recebeu diárias para trabalhar na sexta e sábado na sede em Natal, porém, no comprovante anexado ao processo, ele abasteceu o carro as 19:54 da sexta-feira. Detalhe: em um posto de combustível de Mossoró.

Recentemente, ocorreu que carteiras de identificação profissional foram entregues em uma solenidade, sem a devida assinatura do Presidente, apesar de constar o pagamento de mais de uma diária para o mesmo no período do evento.

E mais:

Contratação de colaboradores que conforme Auditoria Federal se quer assinaram qualquer documento inerente a função para a qual foi contratado e, segundo a fonte do blog, nunca pisou nas dependências do CRMV/RN.

Outra coisa. Apesar de ser definida por resolução do Conselho Federal e atrelada ao capital social da empresa, o valor das anuidades de empresas são manipuladas a critério da afinidade com membros da atual diretoria. Ocorre ainda que alguns autos de infração lavrados pelo setor de fiscalização são rasgados e não são levados a termo, de acordo com a conveniência da Diretoria.

O Ministério Público Federal e o Tribunal de Contas da União precisam averiguar o que de fato vem ocorrendo no CRMV/RN. A sociedade precisa de uma resposta rápida e convincente.

DATAFOLHA: 35% aprovam Bolsonaro, 26% consideram regular e 33% reprovam gestão da crise do coronavírus

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira (23) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mediu a avaliação do desempenho do presidente Jair Bolsonaro, dos governadores e do Ministério da Saúde na condução da crise do coronavírus.

A pesquisa foi realizada por telefone ouviu 1.558 pessoas entre quarta-feira (18) e sexta-feira (20) em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja abaixo os resultados:

Avaliação do desempenho de Bolsonaro em relação ao surto de coronavírus

Ótimo/bom: 35%
Regular: 26%
Ruim/péssimo: 33%
Não sabe: 5%

Avaliação do desempenho do Ministério da Saúde

Ótimo/bom: 55%
Regular: 31%
Ruim/péssimo: 12%
Não sabe: 2%

Avaliação do desempenho dos governadores

O Datafolha apontou o percentual de entrevistados aprovam o desempenho do governador do seu estado:

Média dos entrevistados: 54%
Nordeste: 51%
Sudeste: 52%
Centro-Oeste/Norte: 56%
Sul: 61%

Declarações sobre a pandemia

A pesquisa também questionou os entrevistados sobre o que achavam das declarações de Bolsonaro de que havia uma “histeria” em torno do coronavírus. As respostas foram:

Discordam: 54%
Concordam: 34%
Não têm opinião: 8%
Não concordam nem discordam: 3%

Cumprimentos a manifestantes

Outro tópico da pesquisa foi o gesto de Bolsonaro de cumprimentar manifestantes em um ato pró-governo, mesmo quando já havia a determinação de autoridades de saúde para se evitar o contato próximo com outras pessoas, para evitar a disseminação do vírus.

Reprovaram o gesto: 68%
Aprovaram o gesto: 27%
Não opinaram: 4%

G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Adejair Barbalho disse:

    Agora é momento para pesquisa?
    Só para fazer politicagem?
    .
    Essa é a hora de todos focarem esforços nos resultados…
    A mídia é a principal responsável para centralizar esse conteúdo o foco e compartilhar.
    .
    Exemplo disso é o que estão fazendo com Dr Dráuzio Varella que todo domingo está sendo "obrigado" a divulgar vídeos se explicando

  2. Abel disse:

    Data folha é uma m… Não tem credibilidade.
    Bolsonaro no mínimo tem o dobro, com folga.
    O Mandeta já é o melhor ministro da saúde de todos os tempos.
    Um show!!
    Por tanto.
    Pesquisa como sempre fake.

  3. Daniel disse:

    Essa pesquisa dessa datafolha não tem credibilifade de nada, eles poderiam arranjar o que fazer, como por exemplo uma lavagem de roupa, vai rachar uma lenha, pior ainda é quem publica uma porcaria dessa em tempos de guerra contra um mal que está destruindo a humanidade!!!

  4. PAULO disse:

    O desempenho de Bolsonaro é péssimo, continua subestimando a pandemia e estimulando às pessoas a serem irresponsáveis. JÁ O DESEMPENHO DO MIN. MANDETA É EXCELENTE, SENSATO, EQUILIBRADO E TÉCNICO EM SUAS FALAS. SEM DÚVIDA, UM DOS MELHORES MINISTROS DO GOVERNO BOLSONARO, NÃO FICA PERDENDO TEMPO COM DISCURSOS IDEOLÓGICOS IDIOTAS…

  5. Paulo disse:

    IBOPE tem alguma credibilidade?

  6. Carlos disse:

    Data folha é uma piada kkkkkkk

  7. Ceará-Mundão disse:

    A maior parte das pessoas contaminadas serão assintomáticas, outras apresentarão sintomas leves e a letalidade dessa doença será baixíssima, muito aquém de outras doenças do passado ou que estão por aí, grassando vidas todo dia. Mas, os efeitos na economia e nas vidas das pessoas dessas medidas exageradas que certos governadores estão tomando, essas sim, vão ceifar muitas vidas. E o povo vai enxergar isso em breve. Da pior maneira.

  8. Antony disse:

    Quem porra acredita no datafoice?

  9. Cidadão disse:

    Me poupe !

  10. Joaquim disse:

    Nesse momento de tanta dificuldade, às empresas ficam fazendo pesquisa para politicagem rasteira. O brasileiro precisa de união. A disputa pelo voto deixa para o momento das eleições.

  11. Ceará-Mundão disse:

    Continua a guerra contra o presidente. Num momento em que se deveria buscar a união contra essa doença. O PR está certo em pensar na economia do país, na subsistência das pessoas. Passada essa pandemia, se as mortes advindas do caos na economia forem em maior número que as provocadas pelo vírus, essas medidas exageradas não terão servido. E as pessoas vão entender isso da pior forma.

    • Brasil e RN acima de tudo disse:

      Mas se nem o presidente busca essa união, ele vai contra tudo o que o mundo ta fazendo, todo o mundo preocupado com essa pandemia e ele achando que é um resfriado, que os governadores estão exagerando, que a imprensa está mentindo e por aí vai. Se fosse uma crise apenas no Brasil, eu ficaria calado e concordaria com o presidente, mas o mundo todo está em alerta, acorda cara, desça desse palanque e ajude quem precisa.

Em Tibau do Sul, Gestão de Modesto Macedo é marcada por recuperar 16 obras paradas

A Gestão do prefeito Modesto Macedo no município de Tibau do Sul tem chamado atenção na região litoral sul e agreste potiguar pela decisão do chefe do executivo de fazer um sacrifício para corrigir os erros do passado. Antes de Modesto assumir o Governo Municipal, existiam 16 projetos paralisados com erros de execução ou apresentando irregularidades no contrato.

Segundo engenheiros consultados pela prefeitura, essa paralisação aumenta o custo das obras e seria mais cômodo para o prefeito realizar novos projetos do que terminar os que estavam parados. Foram analisados 16 projetos que estavam travados por descaso ou negligência das administrações municipal anteriores. O prefeito Modesto Macedo decidiu concluir as obras pensando no futuro do município.

“Os problemas encontrados eram de uma incompetência inacreditável”, destaca Modesto, indicando que desde 2017 a gestão atual realizou como prioridade uma ação rápida, eficiente e satisfatória para salvar os recursos e boa parte das obras travadas. “A nossa intensão, principalmente, era que fossem detectados os problemas em cada projeto e buscar a solução por parte da equipe da prefeitura com o objetivo de retomar as obras, os contratos e as operações de financiamento”, disse o prefeito.

E o resultado foi bastante positivo. Das 16 obras paradas, a Gestão do prefeito Modesto Macedo já entregou 15. Além de obras novas da própria atual Gestão. Destacando o Ginásio de Bela Vista, o Deck de Pipa (símbolo chave da união entre o poder público e privado), Vila Olímpica I, Quadra de esportes de Cabeceira entre outras.

Duas outras características importante da Gestão Modesto Macedo é que o município de Tibau do Sul, sob o seu comando, está completamente adimplente. Isso significa que tem prioridades em novos projetos liberados por Brasília. A outra, é que a gestão Modesto tem prova de lisura. Tem conseguido dobrar as realizações das obras com as sobras dos valores da licitação.

Do início do mandato até agora, Modesto já realizou mais de 40 obras. E anunciou a realização de mais 13 novas obras a serem concluídas em 2020, como o tão aguardados Ginásio de Tibau e a Descida do Pescador. Além da UBS na praia da Pipa, Construção da escola de Umari em parceria com a iniciativa privada, Urbanização lado esquerdo da lagoa ligando a descida do pescador ao bar da ostra, Paradas dos alternativos, ligando de Umari à Sibaúma, entre outras.

FOTOS: Assembleia Legislativa do RN recebe prêmio de 1º lugar em gestão conferido pela Unale

Fotos: João Gilberto

“Tão importante quanto o prêmio é poder compartilhar os avanços com outras casas legislativas”. Com essas palavras, o presidente da Assembleia Legislativa do RN, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), destacou o recebimento do troféu da 1ª edição do Prêmio União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) à Casa, em sessão solene na manhã desta terça-feira (18). Entregue pela presidência atual e anterior da entidade, a premiação nacional contempla os projetos exitosos que humanizam os serviços prestados pelo Poder Legislativo. Eleita pelos participantes da 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), a Casa Legislativa do RN venceu em 1º lugar a categoria Gestão, com o projeto Legis RH.

“Para falar em gestão é necessário voltar no tempo. Para 2015 quando assumimos a presidência da Assembleia pela primeira vez e fizemos um planejamento estratégico, também pela primeira vez. Além de economicidade e transparência, precisávamos investir na autoestima dos servidores. Esses foram os nossos pilares. Fizemos um time de excelência e esse time começa a colher os louros dessa dedicação e profissionalismo. Divido esse prêmio com os deputados e com todos os servidores desta Casa”, afirmou Ezequiel Ferreira.

O comprometimento e envolvimento com a gestão pública dos gestores da Assembleia do RN chama a atenção do ex-presidente da Unale e deputado estadual, Kennedy Nunes (PSD-SC). “Assim como a transparência e preocupação com o cidadão”, completou. O parlamentar recordou a parceria da Assembleia Legislativa do RN com o Grupo Reviver no mutirão de exames gratuitos de mamografia em 2019. “Vim até aqui e presenciei a Casa aberta para o povo e com a vida comum do cidadão. Fiquei impressionado também com uma feira de artesanato que estava acontecendo. Tudo isso só reforçou a nossa ideia de um prêmio para reconhecer e estimular as ações da Assembleia Legislativa”, disse.

Em sua fala, a atual presidente da Unale, deputada estadual Ivana Bastos (PSD-BA), destacou a importância da mulher na política, a necessidade de ampliar essa representatividade e da premiação. “Essa é a minha primeira visita como presidente da Unale e essa emoção de hoje vai marcar minha vida. A nossa intenção com a criação do prêmio foi para compartilhar as coisas boas. E vocês (Assembleia Legislativa do RN) fizeram a diferença no evento”, disse.

Também participaram da solenidade o procurador-geral do estado, Luiz Antônio Marinho, o conselheiro geral de Natal, Genildo Pereira, o secretário geral da Unale, Gustavo Carvalho, o diretor geral da Assembleia Legislativa do RN, Augusto Viveiros, o diretor geral da Unale, Germano Stevens, e os deputados Tomba Farias (PSDB), George Soares (PL), Getúlio Rego (DEM), Isolda Dantas (PT), Francisco do PT, Albert Dickson (PROS) e Hermano Morais (PSB).

Legis RH

A premiação contempla os destaques nas categorias Gestão, Atendimento ao Cidadão e Projetos Especiais com o objetivo de incentivar as boas práticas de gestão. A ferramenta Legis RH conquistou o 1º lugar nacional na categoria Gestão.

Para participar do prêmio ainda na etapa das inscrições houve avaliação da qualidade do trabalho da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. E, num segundo momento foi a análise pela banca julgadora, formada por representantes da ouvidoria do Tribunal de Contas da União (TCU), Ouvidora-Geral da União (OGU), Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Defensoria Pública do Estado da Bahia (DP/BA) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que deram notas para os itens: eficiência, criatividade, inovação, resultados e replicabilidade.

O Legis RH é utilizado no setor de Recursos Humanos e Folha de Pagamento da Casa, e gerou uma economia de mais de 75% com sistemas utilizados antes deste período, possibilitando o investimento em insumos e infraestrutura.

A ferramenta premiada despertou o interesse de outros legislativos, como foi o caso da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), que enviou para a sede Potiguar, no início de dezembro de 2019, três técnicos em informática, com o objetivo de conhecer os programas desenvolvidos pela Diretoria de Gestão Tecnológica da Casa.

Na semana passada, servidores da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte apresentaram em São Paulo detalhes do sistema Legis RH para implantação na Alesp.

As Casas Legislativas da Bahia, Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso também demonstraram interesse em conhecer o sistema desenvolvido pelos servidores potiguares e, em breve, estimam visitar a sede do Rio Grande do Norte.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    Isso é um faz de conta 5e combinamos da P. Um estabelecimento público onde em sua folha de pagamento tem mais gente que 3 vezez da sua capacidade. Bem a Dama de Espada fala por se. Não esqueça, Dama de Espada

  2. Gilvanir disse:

    Meu Deus, imagino à situação das demais. Esse pessoal que dei o título nunca ouviu falar na cama de espada!

Assepsia: TRF-5 adia julgamento de recurso contra condenações por desvios na saúde na gestão de Micarla de Sousa

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região adiou o julgamento do recurso no âmbito da Operação Assepsia que apontou fraudes em processos licitatórios durante a gestão da então prefeita Micarla de Sousa da capital potiguar. O recurso que entraria na pauta desta quinta-feira, 30, foi adiado para o dia 06 de fevereiro pelo desembargador federal Manuel Maia de Vasconcelos Neto, relator do caso, atendendo pedido do advogado e réu no caso Alexandre Magno.

Leia todos os detalhes aqui no Justiça Potiguar.

Tomba critica 11 meses da gestão Fátima e diz que governo “só está gerindo as suas próprias contas”

Foto: Divulgação/ALRN

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) avaliou, nesta quarta-feira (13), durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa, os 11 primeiros meses de gestão da governadora do Estado Fátima Bezerra (PT). Segundo ele, os serviços são mal prestados e nem mesmo o pagamento das emendas parlamentares está sendo respeitado.

“O Governo precisa cumprir com as suas obrigações e respeitar, pelo menos, as obras e as ações oriundas de emendas nossas. Queremos um calendário, queremos saber quando elas serão empenhadas e posteriormente pagas”, pronunciou-se, pedindo uma intervenção do secretário de Gestão de Projetos e Articulação Institucional (Segai), Fernando Mineiro, que relatou o Orçamento 2019.

Além do não pagamento das emendas, Tomba Farias comentou os atrasos de fornecedores e cooperativas, lembrando que os salários atrasados também não têm sido honrados pelo Governo. “Os serviços estão mal prestados e atrasos acontecendo, mas a atual gestão não paga nada anterior, só está gerindo as suas próprias contas”, finalizou o deputado.

ALRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gato Mestre disse:

    Deputado falastrão, ao longo de sua carreira política fez campanha pra os cretinos que nos atolaram nesse buraco, parceiro de Henrique Eduardo Alves. Cretino.

  2. Edson disse:

    fazendo mais que robinho que nao geriu as dele!!!

  3. Anti-Político de Estimação disse:

    E quais as sugestões que o nobre Deputado tem a oferecer ? é disso que o Estado e o País precisam, e não de blá-blá-blá inútil e politicagem barata de um lado e de outro.

Moro defende setor privado na gestão do sistema prisional

Foto: Arquivo/Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, defendeu nesta sexta-feira (11), a participação do setor privado no sistema prisional brasileiro, afirmando que os investimentos no sistema oferecem uma oportunidade de lucro aos empresários. Segundo o ministro, há a expectativa de atrair o setor privado para algumas das áreas ligadas à segurança pública, para contornar a falta de recursos do governo.

“Nós precisamos do investimento privado para várias iniciativas e passamos a identificar aqueles setores em que o investimento privado possa agregar. Para que isso seja possível é preciso conciliar o interesse do governo com o interesse do empresariado. O empresário não vai realizar o investimento se ele não tiver o retorno, se não tiver o lucro. Nós analisamos que isso é bastante possível”, disse no Fórum de Investimentos Brasil.

Como exemplo, Moro citou o Complexo Prisional de Chapecó, onde, segundo ele, empresas instalaram infraestrutura industrial para aproveitar a mão de obra dos detentos. “Eu tive em visita há algum tempo atrás no Complexo Penitenciário de Chapecó, onde boa parte dos presos trabalham. Falei com vários desses empresários e eles foram muito francos e sinceros: ‘olha, nos sentimos orgulhosos de poder ajudar aqui os presos porque isso favorece a reabilitação, mas nós estamos também lucrando’”, disse o ministro.

Modelo

Para o ministro, também é interessante a forma como é dividida a remuneração recebida pelo preso por seu trabalho, que não é entregue integralmente a ele e à sua família. “Parte vai para ressarcimento da vítima, dos danos do crime, e parte vai para o próprio estado [de Santa Catarina], que criou um fundo que recebe esses valores que só podem ser usados para investimentos no próprio sistema carcerário”, explicou.

Na avaliação de Moro, a construção de presídios é um terreno “promissor” para parcerias público-privadas. Segundo o ministro, ainda está sendo construído um modelo, que definirá até que ponto as empresas poderão atuar na administração das unidades prisionais. “Apesar do controle das unidades pelo setor privado ser possível, alguma presença do Estado ainda é reclamável. Então, ter agentes penitenciários treinados para que possam lá exercer o papel de polícia, ainda que em um papel menor nesses presídios, mas para evitar maiores problemas”, ponderou.

Tortura

Ao comentar as denúncias de que integrantes da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária no Pará (Ftip) torturaram presos no Complexo Penitenciário de Americano, no município de Santa Izabel (PA) ministro disse que não existem indícios de tortura ou maus tratos feitos pelos membros da força tarefa. “No que foi até o momento verificado, não se constatou consistência desses relatos”, disse.

A intervenção foi realizada no complexo prisional, segundo Moro, para tirar a cadeia do controle de uma facção criminosa. “O que havia ali, era que aquele complexo penitenciário, de Santa Isabel, era controlado pelo Comando Vermelho”.

De acordo com Moro, o envio da Força Tarefa foi à pedido do governo estadual, para evitar novos episódios de violência como o massacre ocorrido em julho, em Altamira, no Pará, quando 57 pessoas foram mortas, sendo 16 com as cabeças cortadas. “Após haver aquele massacre de presos em Altamira, que agora algumas pessoas esqueceram – mais de 50 presos foram [mortos], inclusive parte decapitados – nós enviamos a Força de Intervenção Penitenciária do Depen – composta por agentes penitenciários federais e estaduais – para retomar o controle daqueles presídios. Impor lei e disciplina dentro das regras legais. Isso foi efetuado”.

Na quarta-feira (9), o juiz federal Jorge Ferraz de Oliveira Júnior, da 5ª Vara da Seção Judiciária do Pará, determinou o afastamento preventivo do coordenador institucional da Ftip, Maycon Cesar Rottava.

Agência Brasil

VÍDEO: Prefeito é amarrado em veículo e arrastado por moradores irados com gestão

Foto: Reprodução/Twitter 

Fazendeiros irritados no México sequestraram o prefeito de sua cidade e o amarraram em uma caminhonete por estarem insatisfeitos com a atual gestão, que não cumpriu o que prometeu na campanha eleitoral.

Protestantes armados com pedras e tacos arrastaram Jorge Luis Escandón Hernández com o veículo pelas ruas da cidade. O vídeo mostra ainda uma multidão de moradores revoltados correndo atrás do prefeito amarrado.

O caso aconteceu na cidade de Las Margaritas, a mais de 1.000 quilômetros de distância da capital Cidade do México. A polícia conseguiu libertar o político, que não sofreu ferimentos graves.

Este foi o segundo ataque feito por fazendeiros que reivindicam a Hernández mudanças em seu governo. Na outra ocasião, invadiram seu gabinete, mas não encontraram o político.

Ele tinha prometido reparar uma estrada local, facilitar o acesso a água potável e ainda trazer eletricidade para a comunidade de 500 pessoas — e por enquanto não fez nada.

Oito horas após ser arrastado, o prefeito apareceu na praça central de Las Margaritas para dizer que não se sentirá intimidado com as ameaças. Hernández afirmou ainda que vai prestar queixa para a polícia e apoiar as investigações.

Prefeitos e políticos mexicanos são alvos constantes de gangues de drogas locais quando se recusam a cooperar ou aceitar seus subornos, salientou o site Independent.

UOL

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pòmpeu disse:

    Traz alguns destes artistas para o Brasil… vai resolver um milhaozinho de coisas e bandidos….

  2. Marlete disse:

    Se a moda pega, ia faltar camioneta no Brasil!

  3. Mandacaru disse:

    Esses assistiram Bacurau

  4. Marcos disse:

    Já no Brasil…

  5. Rivanaldo disse:

    Se a moda pega!

MPF cumpre mandados de busca e apreensão para apurar irregularidades na gestão do ex-prefeito Klaus Rêgo em Extremoz

O Ministério Público Federal realiza na manhã desta segunda-feira, 7, uma operação no município de Extremoz para apurar irregularidades na gestão do ex-prefeito de Extremos, Klauss Rêgo. A operação ainda teve apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) está cumprindo mandados de busca e apreensão.

Segundo as primeiras informações obtidas pelo Justiça Potiguar, estão sendo apuradas irregularidades no período de 2010 a 2016 envolvendo recursos de programas ligados à educação, como contratos e convênios relacionados ao transporte escolar e execução de obras.

Mais detalhes aqui no Justiça Potiguar.

Nova Direção do Detran faz reunião gerencial para definir estratégias de gestão

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) inicia uma nova fase na sua gestão pública com a nomeação da nova Direção-Geral, que iniciou na manhã desta terça-feira (22), suas primeiras medidas administrativas tomadas em encontro gerencial, que reuniu todos os coordenadores e subcoordenadores do Órgão de trânsito estadual.

A reunião convocada pelo diretor do Detran, Octávio Santiago Filho, teve o objetivo de organizar as principais demandas do órgão de modo agilizar os processos com a tomada de decisões por parte da nova gestão. Nesse sentido, foi solicitado que cada coordenadoria apresente, com urgência, um relatório sucinto, especificando os pontos primordiais para o melhor funcionamento de cada setor. “Com essas informações já tomaremos as decisões mais urgentes no sentido de atender a função social do Detran”, comentou o diretor.

Na ocasião, o novo gestor traçou um perfil de como pretende gerenciar o órgão de trânsito estadual do RN. Apontou para a valorização dos profissionais da instituição e se definiu como um gestor aberto ao diálogo e a sugestões que venham tornar o Detran uma instituição mais próxima da população, prestando serviço público ao encontro das necessidades dos usuários. “Minha forma de tomar decisões é ouvindo, dialogando e buscando o melhor para a instituição”, explicou.

Além da nova Direção-Geral que passou a gerenciar o Detran, nesta terça-feira (22) assumiram a Chefia de Gabinete do Órgão, Jonielson Pereira de Oliveira, e a Chefia da Procuradoria Jurídica, Pedro Marques Homem de Siqueira.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. fabiano instrutor de transito disse:

    quando vai ter concurso do detran

  2. Gustavo disse:

    Tem que mudar toda essa equipe !!
    Tirar os vícios e os esquema da gestão interior como essas placas Mercosul

  3. Biu da Fonte disse:

    Reunião gerencial tudo muito bonito, tendo sentado as mesmas pessoas e apadrinhados políticos da gestão anterior, ou seja, vai ficar tudo como antes os mesmos vícios e os velhos problemas.
    Será se um subcoordenadora toda poderosa e as vezes com grande poço de arrogância e prepotência vai continuar no posto.
    Tem um deputado que na gestão anterior era o todo poderoso e as principais nomeações para de sua indicação, será se vai permanecer ainda como mandatário.
    Já tem outro que só chegou no segundo turno com seu apoio a governadora, que a bem da verdade em nada somou, sendo que o mesmo era o campeão em indicações em outros escalões do Detran, sendo muitos por aí, era coisa de mais 200 cargos não havia uma só unidade e/ou um setor que não tivesse pelo menos uma indicação dele, será se vai continuar com este mesmo poderio.
    É interessante observar que na gestão anterior a Rádio Peão anunciava que ele tenha no governo de Robinson mais de 1.000 cargos em todos as áreas, inclusive junto as terceirizadas, só perdia para o presidente da ALERN.

  4. Lúcio disse:

    A gestão é arranjar mais uma forma de tomar dinheiro dos motoristas. Sim, essa esperteza de taxa de bombeiro vai cair viu diretor, arranje outra fórmula de meter a mão no nosso bolso que essa não colou não.

  5. FRASQUEIRINO TRI CAMPEAO disse:

    Uma grande escolha para o DETRAN. O Advogado e gente boa Pedrinho Siqueira.

  6. Luciana Morais Gama disse:

    E a nova placa padrão Mercosul vai continuar com 2 fornecedores???

Órgãos de segurança definem plano de operações para manifestação desta quinta-feira em Natal

Reunião GGI 2O Gabinete de Gestão Integrado Estadual (GGI-E), composto por órgãos da segurança pública das esferas municipal, estadual e federal, além de outras instituições, definiu em reuniu na tarde desta quarta-feira (30), na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), o plano de operações a ser executado para garantir que a manifestação social desta sexta-feira (31), em Natal, transcorra mais uma vez de forma pacífica e ordeira, semelhante a ocorrida no dia 18 deste mês.

Desta vez, a concentração dos participantes está marcada para às 16h, e ocorrerá novamente no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira. A partir das 16h30 os manifestantes seguirão a pé, em deslocamento no contra fluxo da Avenida Salgado Filho e ocuparão a marginal e a via principal da BR 101 (sentido Parnamirim/Natal) até a praça do Bairro Mirassol. No primeiro protesto apenas a marginal foi ocupada. O encerramento está previsto para às 19h.

Cerca de 550 profissionais, entre agentes de segurança pública (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Itep, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Guarda Municipal), trânsito, entre outros órgãos, está sendo disponibilizado pelos governos Federal, Estadual e Municipal especialmente para o evento em Natal. A previsão inicial dos organizadores é de que 15 mil pessoas participem da manifestação.
A recomendação do GGI-E é para que condutores de veículos evitem trafegar no trecho da manifestação a partir das 15h, quando uma das vias, sentido Parnamirim/Natal será interditada.

A Polícia Rodoviária Federal orienta os condutores que necessitarem deslocar neste sentido que busquem recorrerem a vias paralelas, como o prolongamento da Prudente de Morais (entrado pelo Conjunto Cidade Satélite), Avenida Integração (retornando pelo viaduto de Ponta Negra) ou pelas rotas do Campus Universitário (entrado pela Avenida Eng. Roberto Freire). Por uma questão de segurança não será permitida o acúmulo de pessoas nas passarelas sobre o trecho do percurso.

A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito Urbano (STTU) reforça a recomendação da PRF, já que uma das vias da Avenida Salgado Filho estará interditada, orientando os condutores a seguirem pelas avenidas São José, Jaguarari, Rui Barbosa e Prudente de Morais e também a Via Costeira.

A Polícia Civil atuará com uma Delegacia Móvel, que permanecerá nas proximidades do posto de gasolina existente no bairro do Mirassol, completa com delegados, agentes e escrivães. Além disso, equipes extras da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) e profissionais velados do serviço de inteligência estarão circulando no evento. O funcionamento das delegacias de plantão Zona Norte e Sul ocorrerá normalmente. Ao todo, a Polícia Civil contará com 30 policiais envolvidos na operação.

A Polícia Militar e os Bombeiros contarão com diversas unidades operacionais distribuídas em pontos estratégicos do percurso. Somente a PM estará com um efetivo de 450 policiais, sendo deste total, 80 do Comando de Policia Rodoviária Estadual (CPRE) e os demais do Comando de Policiamento Metropolitano. Barreiras policiais serão montadas em todo o perímetro do evento, onde ocorrerão abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita.

Policiais também serão distribuídos a pé e veículos durante todo o percurso para garantir a segurança dos participantes, bem como do público que circulará pelo trajeto. Já os bombeiros atuarão com cerca de 20 militares especializados no atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio que caminharão junto com os participantes oferecendo o atendimento necessário. Além disso, a tropa se manterá de sobreaviso para qualquer necessidade de acionamento imediato.

O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) irá disponibilizar uma Plataforma de Observação Elevada (POE) que estará transmitindo imagens em tempo real para o Centro de Comando e Controle Móvel onde estarão os comandantes das unidades operacionais.
O Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E) será ativado a partir das 14 horas, na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) visando facilitar a comunicação entre os órgãos envolvidos na operação e a imprensa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nice disse:

    Interessante que se monta todo um aparato pra ficar resguardando esses sem futuro no meio da rua, e enquanto isso, a MAIORIA DA POPULAÇÃO fica a mercê dos bandidos….É um absurdo, que a população não mereça diariamente um PLANO DE SEGURANÇA para podermos ter a certeza de que não seremos, assaltados, ou até mesmo não ter nosso retorno para nossas casas!!!! Q GOVERNO É ESSE!!!!

  2. Paulo disse:

    Essa turma da mortadela e 30 reais só da trabalho ao poder publico, e a população faz no dia de semana para causar transito e transtorno a população.

  3. caio fabio disse:

    Esses pelegos defensores dos PTralhas deviam arranjar uma lavagem de roupa ao invés de perturbar o direito de ir e vir dos que trabalham

Censo Previdenciário: 40% dos servidores da primeira etapa se recadastraram

Iniciado há menos de um mês, o Censo Cadastral Previdenciário do Rio Grande do Norte recadastrou aproximadamente 40% dos servidores ativos lotados em Natal e São Gonçalo do Amarante previstos para a primeira etapa. Esses servidores devem se recadastrar até o próximo dia 11 de dezembro de 2015. A atualização dos dados é obrigatória e realizada de forma presencial. Os recenseadores estão atendendo, em média, 750 servidores diariamente e a tendência é aumentar nos próximos dias.

O Censo Cadastral Previdenciário é uma iniciativa integrante do Programa de Apoio à Modernização da Gestão do Sistema de Previdência Social (Proprev) – segunda fase – do Ministério da Previdência Social, destinado a estados e municípios. A iniciativa é uma do Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria da Administração e dos Recursos Humanos (Searh) e do Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais (Ipern), em parceria com o MPS e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O Governo convocou aproximadamente 99 mil servidores para o recadastramento. No RN, o censo está sendo executado pela Webtech Softwares e Serviços.

Para realizar a atualização dos dados, o servidor deve comparecer na data, horário e local definidos na sua página de convocação, disponível em www.melhorparavoce.rn.gov.br, munido da documentação necessária (original ou cópia autenticada), sem esquecer os documentos dos dependentes. No caso de dependentes menores que não possuam CPF, a emissão do documento pode ser efetuada nos locais de atendimento da capital e São Gonçalo do Amarante. Toda a documentação necessária para o recadastramento pode ser acessada em http://www.melhorparavoce.rn.gov.br/docs/documentacao-necessaria-censo-2015.pdf.

Caso o servidor não possa comparecer no dia estabelecido, é possível remarcar no site outra data ou tentar um encaixe no atendimento, que acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Searh e na Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Sales (EGRN), no Centro Administrativo.

A partir do dia 14 de dezembro até 5 de fevereiro de 2016, acontece o recadastramento dos servidores aposentados e pensionistas residentes em Natal e São Gonçalo do Amarante. Quem não atualizar os dados dentro do prazo terá o pagamento de sua remuneração ou provento bloqueado no mês seguinte ao fim da ação, ficando a liberação condicionada à realização do censo.

Servidores ativos, aposentados e pensionistas, lotados e residentes no interior do Estado devem realizar o realizar o recadastramento entre 15 de fevereiro e 11 de março de 2016.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. FRASQUEIRINO disse:

    ATE AGORA NAO FOI DIVULGADO COMO FARÃO O CENSO PREVUDENCIARIO OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS QUE NAO RESIDEM NO RIO GRANDE DO NORTE.
    TAMBEM NAO FOI ESCLARECIDA A
    SITUAÇÃO DOS FUNCIONARIOS CEDIDOS A OUTROS ORGAOS DE GOVERNO QUE TRABALHAM FORA DO RIO GRANDE DO NORTE.
    NAO ME DIGAM QUE VAO EXIGIR QUE ESSAS PESSOAS TERAO QUE VIR A NATAL PARA REALIZAR ESSE CENSO!

  2. Val Lima disse:

    Esse censo vai encontrar alguns esqueletos
    …pode aguardar…..

  3. Luciana Morais Gama disse:

    Quando é que vai ter o RECADASTRAMENTO DE CONTRIBUINTES?? NUNCA! Pois o Estado sabe de tudo da vida dos contribuintes, agora a dele, como funcionários, veículos, quanto gasta de telefones, aluguel de carros, imóveis, etc, não sabe nada.

Sesap assume gestão e garante pagamento de servidores do Hospital de Currais Novos

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) já assumiu de forma plena, irrestrita e intransferível, a administração do Hospital Regional Mariano Coelho, em Currais Novos, antes vinculada à Fundação Padre João Maria, que está sob investigação do Ministério Público, devido a indícios de irregularidades na aplicação de verbas públicas. No último dia 02, uma equipe da COHUR esteve no hospital para iniciar o processo de transição, ocasião em que se reuniu com o corpo clínico, tanto com médicos concursados quanto aqueles contratados.

A equipe anunciou aos médicos que, para não haver prejuízo do atendimento ao público, manterá o pagamento dos profissionais através de contrato com pessoa física ou por meio de uma cooperativa. Na reunião, ficou acordado o cumprimento da escala dos servidores e complementação por plantões. Na próxima quinta-feira, a Sesap estará recebendo a documentação de todos os profissionais para assinatura do contrato.

A partir de agora, também, os recursos repassados pelo Fundo Nacional de Saúde e pelo Fundo Municipal de Saúde de Currais Novos serão transferidos, diretamente, ao Fundo Estadual de Saúde, cabendo à Sesap a prestação de contas, referente à produção hospitalar, bem como toda a transparência exigida pela administração pública. Com relação ao atendimento, o município se negou em assumir parte da porta de entrada da unidade, restando ao Estado referenciar a porta que agora só recebe pacientes graves, não fazendo mais atendimento de baixa complexidade.

Apesar do hospital ser considerado pela Sesap como uma das melhores unidades da Rede Estadual, no se refere à estrutura física e conservação, vinha descumprindo a legislação que garante assistência à saúde gratuita para a população, funcionando com dupla porta de entrada. Administrado pela Fundação Padre João Maria, entidade da Diocese de Caicó, o hospital recebia pacientes do SUS e de convênios (iniciativa privada), sendo objeto de auditoria realizada pela atual gestão da Sesap que motivou o início das investigações do Ministério Público e Judiciário.

Estado assume a gestão do Hospital da Mulher em Mossoró

O Hospital da Mulher Parteira Maria Correia, em Mossoró, passa a ser oficialmente da gestão do governo estadual nesta terça-feira (29). Após um período de intervenção judicial, que começou em 8 de abril deste ano e se encerrou na última segunda-feira (28), a unidade hospitalar, que agora será administrada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), mantém a continuidade dos serviços prestados sem prejuízos à comunidade.

Para isso, a Sesap tomou uma série de medidas como a convocação, em agosto, de 221 aprovados no concurso público de 2010 para trabalhar na unidade hospitalar, além da renovação dos contratos de especialidades médicas não contempladas no concurso, bem como de serviços terceirizados responsáveis pela higienização, manutenção, segurança, entre outros. Os demais profissionais necessários para os serviços administrativos estão sendo remanejados de outras unidades.

“Os serviços de pediatria, anestesiologia e intensivistas para atuar na UTI adulto e em parte da obstetrícia serão terceirizados porque não há, nos quadros do Estado, médicos para preencherem esses plantões. Também estamos comprando todo o equipamento de cozinha, de laboratório e também um carro para os serviços administrativos”, explicou Inavan Silveira, diretor geral do Hospital da Mulher.

Inaugurado em março de 2012, o hospital é referência no atendimento materno-infantil nas regiões Oeste e Vale do Açu, com uma média de 400 procedimentos por mês, entre eles, quase 300 partos. Segundo Inavan Silveira, que também administrou o hospital durante a intervenção, foram inúmeros os benefícios conquistados neste período. “Houve uma economia de R$ 7 milhões de reais para os cofres públicos, além da revitalização da estrutura física e de equipamentos da unidade materno-infantil”, disse.

Atualmente o hospital dispõe de 09 leitos de UTI Adulto, 10 leitos de UTI neonatal, além de 33 leitos de internamento e duas salas de cirurgias.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. sos saude disse:

    Os pré-históricos da psiquiatria fazem da casa de saúde natal o seu quartel general.

Empresa divulga índice de gestão dos clubes brasileiros em 2012

A PLURI Consultoria criou, em 2011, um índice para medir a eficiência dos clubes na gestão do futebol, o IPEG – Índice PLURI de eficiência na Gestão. O índice consiste na medição dos resultados esportivos das equipes, em relação ao tamanho do investimento feito com o futebol.

A primeira edição do IPEG foi publicada em 2011, e apontou o Vasco como o campeão. O clube carioca, apesar de um orçamento relativamente modesto (R$ 79 milhões), o 11º do país se comparado com os dos demais clubes brasileiros, foi Campeão da Copa do Brasil, vice do Brasileiro e 3º colocado na Copa Sul Americana.

Em 2012, diante das conquistas importantes (Libertadores; Mundial Interclubes e 6º no Brasileiro), o Corinthians foi o campeão. Com um orçamento milonário (R$ 233 milhões), o Timão obteve o índice de 1,74. A grande surpresa ficou por conta do Coritiba, que ocupou a segunda colocação. No ano passado, O clube paranaense destinou ao seu departamento de futebol um orçamento bem abaixo dos padrões dos principais clubes brasileiros. Com um orçamento de R$ 59 milhões, o Coxa obteve um índice PLURI de 1,44.

O clube carioca melhor colocado na medição feita pela PLURI em 2012 foi o Vasco da Gama, que aparece na lista ocupando a 13ª posição. Quinto colocado na classificação geral do Campeonato Brasileiro do ano passado, o clube cruz-maltino revelou um orçamento de R$ 92 milhões, registrando um índice  de 0,27. Atrás do Vasco, surge o Botafogo, com um índice de 0,25, e que o fez ocupar a 14ª colocação, com um investimento de R$ 98 milhões.

A julgar pelos recentes resultados, o Cruzerio deste ano é bem diferente do time do ano passado. Líder do Brasileirão com 59 pontos – a dez rodadas do término da competição -, o time comandado pelo técnico Marcelo Oliveira teve um desempenho bem mais modesto em 2012. Nono colocado no Brasileirão de 2012, a Raposa registrou um orçamento de R$ 99 milhões. Número que, de acordo com o estudo da PLURI, deixou o clube mineiro em 18º lugar no ranking, com um índice de 0,05.

Lance