Cearense é preso drogas em Lajes

Policiais militares do município de Lajes prenderam nesta segunda-feira (7), na BR 304, Francisco Wagner Ferreira Silva, 28 anos, natural de Pacatuba/CE. Com ele, a PM apreendeu seis tabletes de crack dando um total de mais de 5kg.

A ação ocorreu durante um patrulhamento de rotina, quando foi avistado um veículo, do tipo táxi, de placas do Ceará, em atitude suspeita na rodovia. Ao abordar o veiculo, notou-se que o condutor estava muito nervoso e ao revistar o automóvel foi encontrado o entorpecente.

O condutor recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil onde permanece à disposição da Justiça.

Explosivos de quadrilha são encontrados em Lajes

As polícias Civil e Militar seguem na busca pela quadrilha que aterrorizou o município de Lajes, situado a 125 km de Natal, na madrugada desse domingo (5). Informações dão conta que os bandidos planejavam explodir um caixa eletrônico no Centro, mas se encontraram com policiais da Divisão de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor),onde houve troca de tiros e os criminosos conseguiram escapar por um lixão da cidade.

BJi7yjvCEAIbQQq.jpg large
Crédito: Polícia Civil

Na ocasião, os bandidos ainda incendiaram o carro usado na perseguição e explosivos foram encontrados abandonados. Desde então a polícia segue vasculhando as fazendas da região e ainda conta com apoio aéreo.

Governadora assina protocolo para instalação de mineradora em Lajes

A governadora Rosalba Ciarlini assina na segunda-feira (24) o Protocolo de Intenções com a Mineradora Nosso Senhor do Bonfim, que vai instalar a Mina Bonfim em Lajes.

O investimento projetado é de R$ 80 milhões, sendo que R$ 50 milhões já foram investidos e R$ 30 milhões serão aplicados na segunda etapa. O trabalho conjunto do Governo e da empresa visa o desenvolvimento de estudos de viabilidade para implantar um Pólo Metalúrgico em Lajes.

O empreendimento tem 130 colaboradores diretos, que já estão trabalhando no local, e mais 100 que serão iniciados na segunda etapa. Com relação aos empregos indiretos, a empresa propicia a geração de 600 vagas.

Quanto à capacidade anual de produção, até junho de 2013 serão produzidas 250 toneladas/ano de concentrado de scheelita na Mina Bonfim. Ao final da implantação da segunda etapa, a produção atingirá 700 toneladas/ano de concentrado de scheelita e 2 mil toneladas/ano de ferro tungstênio.

Já o faturamento anual estimado é de aproximadamente R$ 100 milhões por ano quando estabilizada a produção. Isso corresponde à primeira etapa do empreendimento que está sendo inaugurado e foi iniciada em novembro de 2011. A segunda etapa será concluída em dezembro de 2013.

MP recomenda ao prefeito de Lajes nulidade de contratação temporária de pessoal

O Ministério Público Estadual, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Lajes, encaminhou ao Prefeito do Município, Luís Benes Leocádio de Araújo, Recomendação para que reconheça a nulidade e torne sem efeito os atos de contratação de pessoal decorrentes da Lei Municipal n° 551/2012, do último dia 01 de junho, que tenta regularizar retroativamente a situação de mais de 60 pessoas que ingressaram no município sem concurso público.

A representante do MPRN abriu prazo de cinco dias para que o Prefeito Benes Leocádio informe a Promotoria as medidas adotadas, apresentando documentos que comprovem se acatou ou não a Recomendação.

Na Recomendação n° 012 encaminhada ao Prefeito de Lajes, a representante do Ministério Público alerta que mesmo com a Lei Municipal n° 551/2012 autorizando ao chefe do Executivo a contratação de pessoal temporário, tal previsão não merece guarida na jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), pois acaba por consolidar situações ilegais e inconstitucionais, devendo-se primar pela garantia da irretroatividade das disposições legais.

Em outras palavras, a representante do Ministério Público Estadual espera que o prefeito reveja seus atos e acate a Recomendação do MP tornando nula a contratação de mais de 60 pessoas, não se valendo de uma lei deste mês de junho como tentativa de regularizar uma situação retroativamente.

A Promotora de Justiça Juliana Alcoforado de Lucena lembra na Recomendação ao Prefeito que a Constituição Federal dispõe que a administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados e do Distrito Federal e dos Municípios obedeça aos princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. E que a administração pública também pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornem ilegais, porque deles não se originam direitos.

A representante do MP lembra ainda que a contratação de servidores públicos pode ter reflexos de ordem política, disciplinar, criminal e no âmbito da improbidade. E adverte que o não cumprimento quanto ao recomendado poderá ensejar contra o gestor as medidas judiciais cabíveis.

Carro capota perto de Lajes por causa de abelhas

Na manhã desta segunda-feira (11), por volta das 09h30, um carro capotou na BR-304, próximo a cidade de Lajes. De acordo com informações, o que motivou o capotamento do pálio de placas DWG 4660, foi um enxame de abelhas. Três pessoas estavam dentro do veículo, Donato Dantas de Araújo, Elanice Silva de Araújo e Matheus Rodrigues da Silva, que se dirigiam no sentido Natal/Mossoró.

Uma das vítimas ficou presa às ferragens, sendo necessário a intervenção do corpo de bombeiros. As vítimas foram levadas para o hospital regional da cidade de Lajes e um dos passageiros foi transferido para o hospital Tarcisio Maia, em Mossoró.

Informações e foto do RN 24 horas