Bolsonaro e Lula são “salafrários”, diz cantor Lobão em entrevista

Foto: Divulgação

João Luiz Woerdenbag Filho é o que se pode chamar de metamorfose ambulante. Conhecido pelo grande público como Lobão, o músico carioca apoiou o ex-presidente Lula em 1989. Sofreu represália da Globo por gritado e exibido o nome do petista, durante participação no Domingão do Faustão, no dia da eleição contra Fernando Collor. Posou para fotos com a camiseta do Movimento dos Sem-Terra (MST). Converteu-se em crítico contumaz dos governos petistas de Lula e Dilma. Assumiu protagonismo na cena política conservadora, seja em entrevistas, seja na publicação de livros, seja no papel de influenciador nas redes sociais. Em 2018, apoiou explicitamente a eleição de Jair Bolsonaro.

Menos de um ano após a posse de Bolsonaro, quem acompanha o Twitter e o canal de Lobão no YouTube já sabe que a posição do cantor em relação ao presidente já mudou radicalmente. Geralmente escritas em caixa-alta, as publicações do cantor e compositor contra o governo têm assumido cada vez mais tom ácido, como costumam ser suas opiniões. Para ele, Lula e Bolsonaro são dois “salafrários”.

É esse o tom da entrevista que você verá a seguir, concedida por Lobão ao Congresso em Foco no último sábado, horas antes de um show em Brasília.

A mudança de opinião sobre Bolsonaro lhe rendeu a pecha de “traíra” por parte dos apoiadores do presidente. Resultou na inclusão da inusitada de seu nome na “lista de comunistas” que circula na internet, junto com a ex-líder do governo Joice Hasselmann (PSL-SP), a apresentadora de TV Rachel Sheherazade e a revista The Economist, um dos símbolos do liberalismo econômico mundial.

Lobão afirma que não se arrepende de ter votado no militar, já que a permanência do PT na Presidência por mais quatro anos, sem alternância de poder, seria ainda pior, na sua opinião. “Eu lutei 13 anos contra o PT, eu acho que o principal mal seria uma eleição do PT sem alternância de poder desde 2002, 2003, então, você ter o [Fernando] Haddad depois de tudo que passou é absolutamente inviável”, explica.

Apesar disso, o músico é pura crítica ao atual governo. Para ele, o ministro da Economia, Paulo Guedes, a quem já teceu elogios, é um “aventureiro” e faz uma gestão “desastrosa”. O ministro da Justiça, Sergio Moro, virou uma “marionete”. Os militares, que seriam mais esclarecidos, estão submissos ao presidente.

Lobão é ainda mais incisivo na crítica a Bolsonaro. Na conversa que teve com o Congresso em Foco, o cantor defendeu que o militar é “tosco”, representa um “mal explícito” e seu governo tem como único ponto positivo causar um “asco imediato a um segmento mais esclarecido da sociedade que pode ser justamente o gatilho para que não haja uma tolerância para esse mal explícito”.

Para ele, não há justificativa para manter o presidente no poder, e ele deve ser removido por vias democráticas o quanto antes. “É um cancro para a nação ter essa família do Bolsonaro, que é um salafrário, é uma pessoa que prega moralidade sendo uma pessoa obscena, que de honestidade não tem nada, e o Brasil precisa se livrar dessas pessoas o quanto antes, dentro das vias democráticas”, afirma.

Mesmo com esse pensamento, Lobão acredita que a mudança de presidente traria novos complicadores para o Brasil, já que o problema maior, na avaliação dele, está na cultura brasileira. “Os representantes são legítimos, são exatamente o que nós somos. Tem que se enxergar e dizer ‘olha, isso somos nós’. Assim como uma pessoa que tá gorda e precisa emagrecer, o brasileiro precisa dizer: ‘olha, eu sou uma merda, preciso deixar de ser uma merda'”, comenta.

A aproximação que os brasileiros tiveram com a política nos últimos anos não os tornou mais esclarecidos sobre o tema, acredita Lobão. “O brasileiro não está mais amadurecido porque fala sobre política, o brasileiro tem agora uma maneira de tratar política como se tratava do futebol e da telenovela, então não é uma mudança de qualidade de caráter, você tá adicionando novos hábitos de novas fofocas”, explica.

Confira a entrevista completa AQUI EM TEXTO NA ÍNTEGRA, na qual o cantor fala ainda sobre a gestão cultural do governo Bolsonaro, a volta de Lula para o xadrez político, a candidatura de um político de centro e da “saudade” do ex-presidente Michel Temer, classificado por ele como, ao menos, um político discreto.

Congresso em Foco

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Legítimo iconoclasta da politicalha tupiniquim, Lobão está absolutamente certo. Contrariando o populismo barato (perdão, caro até demais para o pobre estado silvícola de Poti) de Câmara Cascudo, ele reconhece afinal o óbvio ululante, aquele que ninguém quer ver: que o pior do Brasil é o brasileiro, esse eterno e irresponsável eleitor-freguês. Quanto mais louco, mais lúcido Lobão se revela.

  2. Ilcio disse:

    E lobão maconheiro, sem futuro!

  3. Flávio Barboza disse:

    Esse dai cheirou um cu de um bode

  4. Barba disse:

    Lobão é um doidinho. Choram as viúvas do mito! Esse boy de 18 anos metaleiro, e conservador! Ta errado isso aí! Estranho! Não se fazem mais metaleiros como antigamente

  5. Hospital Colonia disse:

    Pelo jeito, deve ter fumado maconha estragada pois comparar o Presidente Jair Bolsonaro com um presidiário, corrupto, ladrão é brincadeira.

  6. Alaca disse:

    Lobão tá certo! Lula e Bolsonaro são dois monte de BOSTAS. Lula, a meu ver, seria Bosta de Gato, pois é mutio fétida e cria microrganismos na pele de quem encosta nela e, Bolsonaro, Bosta de Gente, a pior Bosta que existe kkkkkkkkk.

  7. max willamy disse:

    -sou metaleiro,curto metal,sou nacionalista e conservador,apesar de eu ser jovem tenho 18 anos, estou terminando o ensino médio,VOTEI CABO A RABO NA DIREITA ( DEP.FED GIRÃO,DEP. EST CAPITÃO GODIN,SEN.MAGNÓLIA E BISPO LEVI,GOVERNADOR BRENNO E BOLSONARO PRESIDENTE),não me arrependi um tíl,proximo ano aqui em natal voto na direita novamente,não sou um dos jovens maria vai com as outras,não vou na onda de professores comunistas, jamais vou ser um jovem que pensa o que a mídia coloca na cabeça da maioria que vai um pelo outro!
    – a tv deveria expor mais músicas de qualidade,no brasil não so existe o FUNK PUTARIA, no brasil a muitas bandas novas de rock,pagode,samba mais so coloca funk e sertanejo xorôrô, aqui mesmo no brasil o funk hoje as letras é pedofília pura,hoje muitos jovens estão perdendo a juventude para a prática da pedofilia e da cultura pornografica de rua,SE A TV PASSAR A EXIBIR MPB/ROCK/SAMBA E MÚSICA CLÁSSICA,teriamos um jovem mais voltado a família a cultura o desenvolvimento da leitura e da religião.
    -mais cultura menos putaria eu penso nisso! ,eu torço que bolsonaro fizesse uma lei para a programação na tv voltasse mais para a cultura e a família não o qye vemos hoje apenas putaria a anti família!

    • Alaca disse:

      Garoto, continue estudando e releia o que você escreveu, tá bem mal-arranjado.

  8. heim? cuma? disse:

    Esse DÉBIL MENTAL muda de postura como o vento, no ostracismo, holofotes, palanque, é a sua ânsia, ok é um direito dele, agora querer influenciar com a sua múltipla personalidade e declarações repletas de paranoia e desrespeito já não lhe é… lobão estagnou no anos 80 numa "viagem" da qual não retornou! Lamentável.

    • Fernando disse:

      Mudar de postura quem muda são o candidatos, eles se apresentam com uma postura, e quando são eleitos e assumem o mandatos, traem os que votaram neles. Logo, quem tem o mínimo de inteligência e percebe essa falta de caráter do então escolhido, jamais aprova seus deslizes. Idiotas são os que vivem de paixão por a ou b, paixão só pelos pais, porquê ser massacrado e ainda apoiar os que promovem esse massacre, é não ter discernimento, ou seja, um tolo desnaturado.

    • heim? cuma? disse:

      Nobre "Fernando", pelo que li, me pareceu que vosmecê entendeu que tomei partido, se me mostrar a linha onde defendo "A" ou "B" te dou um confeito xaxá… apenas comentei sobre a postura desse IDIOTA. Um efusivo abraço.

  9. Alaca disse:

    Ele está certo, duas bostas surrupiadoras.

  10. PAULO disse:

    QUEM É LOBÃO?????

  11. Tertu disse:

    Racionalidade, o que falta a muitos idiotas que se autoproclamam intelectuais e são aclamados pela massa e crítica. Defender um louco ladrão e um ladrão descarado e recorrente é não ter um mínimo perspicácia, um acéfalo!

    • M.D.R. disse:

      É verdade, é um tremendo canalha e fez uma proposta a respeito do IMPOSTO DE RENDA que aumentaria para 5 (cinco)salários mínimos e agora está mudando o discurso, veja que representante esse país tem. Desde do segundo mandato do EX-PRESIDENTE Lula, ñ é reajustado a ALÍQUOTA do imposto de renda, que hoje , talvez chegaria uns R$ 6.000 00 e agora vem com papo de R$ 2.000,00 se hoje paga quase esse valor. O que melhor seria para nosso país é renúncia mais breve possível.

Lobão se irrita com CQC, xinga repórter e ameaça processar a Band

625_315_1394185697Lobao_estressa_com_CQCO músico Lobão não gostou nem um pouco de um novo quadro do CQC, que volta ao ar no próximo dia 17. Abordado de surpresa por Ronald Rios e um grupo de 30 “torcedores”, Lobão não gostou do que ouviu da “torcida”, xingou o repórter, tentou tomar-lhe o microfone e está ameaçando processar a Band caso a emissora exiba o material.

A cena aconteceu na saída da Band, em São Paulo, na semana passada, após gravação do Agora É Tarde exibido ontem à noite.

No novo quadro, chamado de Torcida VIP, um grupo de “torcedores” canta um hino de torcida de futebol adaptado para a celebridade. No caso de Lobão, os “torcedores” cantaram “Pó, pó, pó, pó, pó, pó, pó, pó / Simpatizava com Lula-la / Agora caga pra geral / Tem a língua afiadaaa/ Mas afinou pro Mano Brown”.

O cantor não se incomodou com o “pó” nem com a referência implícita à guinada ideológica, mas com o “afinou pro Mano Brown”. “Mano Brown é o caralho”, respondeu, tentando tomar o microfone de Ronald Rios.

Em maio do ano passado, o rapper Mano Brown desafiou Lobão pelo Twitter a “um encontro” para resolver “como homem” uma polêmica. Em entrevista à Folha de S.Paulo por ocasião do lançamento do livro Manifesto do Nada na Terra do Nunca, Lobão afirmou que os Racionais MC’s, de Brown, “são o braço armado do governo, são os anseios dos intelectuais petistas, propaganda de um comportamento seminal do PT”.

Brown, além de chamar Lobão para a briga, disse que o músico agia como “uma puta para vender livro”.

A Band tende a exibir o material no retorno do CQC em 2014. Se for processada por Lobão por causa disso, será no mínimo uma contradição do músico, que vive alertando para o risco de o PT censurar a imprensa.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio disse:

    Censurar fatos que afetam negativamente toda ou grande parte da população é muito diferente de censurar uma tentativa caluniosa caluniosa de diminuir alguém publicamente. O povo tem que saber das decisões que afetam diretamente seu dia-a-dia mas não tem a necessidade de saber se Lobão entraria numa briga com Mano Brown. Clara tentativa da redação da UOL de manipular a opinião pública.

  2. paulo kasinsk disse:

    só corrigindo e com as devidas desculpas. Leia-se Flipipa. em vez de Flip. Coisas do subconsciente e da contaminação que se gera com os nomes. É isso.

  3. paulo kasinsk disse:

    Leia-se "demais."

  4. paulo kasinsk disse:

    Lobão se reinventou, mas a cópia saiu horrorosa. Como cantor, tem vendido mais livros; embora seja um puta-compositor, não há como negar. Tem vendido mais livros não pelo seu estilo ou algo novo e profundo, e sim pelas suas aloprações. E a galera gosta, claro. De certa forma, acompanhei sua "reinvenção" quando da sua estreia na MTV. Ali, já dava sinais que havia um projeto a ser perseguido e concluído. A chegada à Veja me prova isso. Não sei o que ele anda dizendo por lá, porque já algum tempo deixei de ler a revista. Mas, conhecendo a peça, dá para imaginar.Tirando os malhos que ele mete no PT, esse Judas que todos malham mas ele se nega a se espatifar, é para ler, ouvir e se divertir. Lobão é um grande provocador e sempre esteve na contramão, brigando com gravadoras e empresários. Na sua passagem pela Flip, a feira de livros lá da famosa praia, deu uma esnobada legal nos presentes. Provocou, levou no deboche e os "intelectuais" da terra ficaram meio jururus. Bem-feito. Estavam lá se dando importância de mais, com elocubrações demais, e tal qual o Chapeuzinho Vermelho, provaram da acidez do Lobão.

Caicó: vereador Lobão poderá romper com o ex-deputado Álvaro Dias

Aliados há vários anos, o vereador Lobão Filho (PMDB) está praticamente rompido com o ex-deputado Álvaro Dias (PMDB), responsável por sua entrada na vida pública. Segundo informaçãos da imprensa caicoense, Lobão teria se posicionado contrário a Álvaro, no que se diz respeito a uma possível aliança com o deputado Vivaldo Costa (PR).

Semana passada, Vivaldo sinalizou que aceitaria indicar o vereador Nildson Dantas (DEM) para vice de Roberto Germano. Álvaro sinalizou que o apoio de Vivaldo é bem vindo, mas Lobão, que preside o diretório do PMDB de Caicó, afirmou que “O modo de fazer política de Vivaldo é completamente diferente do PMDB”.

Fonte: Panorama Político