Corpos de dois homens são encontrados em mala de carro no interior do RN

Os corpos de dois homens ainda não identificados, foram encontrados dentro da mala de um caro, na manhã desta quinta-feira, 17, na zona rural do município de Taipú, no interior do estado.

De acordo com informações da Polícia Militar, os corpos apresentavam marcas de disparos de arma de fogo. O veículo, modelo Vectra, de cor branca foi encontrado abandonado no meio de um matagal.

Segundo a PM, ainda não há pistas sobre suspeitos, nem qual pode ter sido a motivação do crime.

FOTO: Mulher tenta entrar nos EUA escondida dentro de uma mala

imagens-do-dia-best-pictures-of-day-20140108-011-size-598Autoridades americanas frustraram uma inusitada tentativa de entrada ilegal no país: uma mulher foi encontrada escondida dentro de uma mala na fronteira dos Estados Unidos com o México. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, mas a prisão ocorreu em 30 de dezembro.

A tailandesa Pornkamol Mongkolsermsak, de 48 anos, estava encolhida e coberta por roupas dentro uma mala, no bagageiro de um veículo de marca Honda. O carro, dirigido por um cidadão americano de 56 anos – que não teve sua identidade revelada – tentava entrar na cidade de Nogales, no Arizona, quando foi abordado por agentes do Serviço de Proteção da Fronteira dos EUA.

A mulher, nascida em Bancoc, foi detida, será processada e pode ser deportada. O porta-voz dos agentes de fronteira, Victor Brabble, confirmou à rede ABC News que, segundo registros, Pornkamol já tinha sido deportada uma vez e tentava entrar novamente nos EUA de maneira ilegal.

Veja

Casal gay processa companhia aérea por retirar vibrador da bagagem e deixar em cima da mala, na esteira

Uma casal gay está processando a companhia aérea United Continental. Segundo o site do jornal “Mirror”, Christopher Bridgeman e Martin Borger alegam que funcionários da empresa retiraram da bagagem deles um vibrador, depois colocaram em cima da bolsa e amarraram tudo com fita adesiva.

Os dois, da Virgínia, Estados Unidos, estavam retornando da Costa Rica. Eles dizem que foram humilhados pelos funcionários da empresa por causa da opção sexual. Eles pedem indenização por invasão de privacidade, negligência e imposição intencional de sofrimento.

O brinquedo erótico estava em cima da mala
O brinquedo erótico estava em cima da mala Foto: Reprodução / Mirror

 

Christopher e Martin contaram que pegaram uma conexão em Houston, para a cidade de Norfolk, onde vivem. Quando avistaram a mala na esteira, no desembarque, perceberam o vibrador em cima, amarrado com fita adesiva, e besuntado com um líquido gorduroso, com cheiro desagradável. Todos os outros passageiros do voo que estavam no local também viram o estado da mala.

– Eu fiquei chocado, humilhado, envergonhado, aterrorizado e confuso, porque eu não sabia o que fazer – contou Borger. – Ver todas as expressões e como as pessoas estavam olhando para nós, realmente nos deixou completamente impotentes.

A companhia aérea disse que realizou investigações sobre o incidente, e não encontrou nada que comprovasse a história do casal.

Fonte: Extra

Marido desconfiado passa 4 horas no porta-malas do carro da mulher e descobre a verdade

Um metalúrgico, que mora do bairro Sítio Cercado em Curitiba, tomou uma atitude desesperada por acreditar que era traído pela mulher. Os dois estão casados há sete anos e têm uma filha de seis. Por volta das 16h de ontem, ele entrou no porta-malas do carro da esposa, um Honda Civic, e aguardou em silêncio para investigá-la.

As 20h, depois de tomar um banho e perfumar-se, a mulher de 38 anos, entrou no carro e deu algumas voltas pelo bairro. Parou em uma determinada rua e fez uma ligação pelo celular. Instantes depois, um jovem de 21 anos entrou no veículo e o namoro começou.

O marido, ouvindo os sussurros, saiu do esconderijo armado com uma faca e foi para cima do “Ricardão”. Entretanto, o rapaz saiu correndo, tropeçou e caiu. Os dosi entraram em luta corporal, mas o garotão conseguiu fugir e se refugiou em um bar, onde havia alguns de seus amigos. O traído teve medo de apanhar e se escondeu em uma farmácia, onde foi preso pela Polícia Militar, logo em seguida.

Ele foi encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), no Portão. Foi autuado por tentativa de homicídio e encaminhado para a carceragem do 12.º Distrito Policial (Santa Felicidade). O rapaz disse à polícia que conheceu a mulher há cinco meses e durante este tempo ela nunca teria mencionado que era casada.

Fonte: Portal Banda B

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucnatal disse:

    Todo castigo pra corno é pouco… rsrsrsrs

Mala trocada em voo leva jovem inocente à prisão em São Paulo

Amiri Chaimaa viajou ao Brasil, em outubro de 2010, para passar 12 dias com um rapaz que havia conhecido pela internet. Marroquina, pouco mais de 22 anos de idade à época, Amiri acabou vítima de uma injustiça.

Quando embarcava de volta para Casablanca (Marrocos), ela foi acusada de tráfico internacional pela Polícia Federal quando tentava embarcar no aeroporto internacional de Guarulhos (Grande São Paulo). Ela acabou ficando 14 meses na prisão.

O calvário de Amiri no Brasil começou quando a sua mala de mão foi extraviada no trecho da viagem entre Casablanca e Rio de Janeiro.

Quando despachou a mala, Amiri recebeu um ticket no qual a companhia aérea atestou que ela pesava 7 kg.

Uma mala encontrada no aeroporto de Brasília foi encontrada e devolvida à marroquina, que, então, a despachou para São Paulo, de onde seguiria para o Marrocos.

Ao ser examinada, porém, por meio do equipamento de raio X do aeroporto de Guarulhos, a mala que os policiais federais disseram ser da marroquina pesava 12,5 kg.

Assim que foi detida pelos federais, Amiri entrou em desespero e passou a negar ser a dona da mala onde estavam escondidos cinco sacos plásticos com 4,7 kg de cocaína.

Além do ticket que comprovava os 7 kg na mala que entregou para ser despachada, Amiri também disse que a cor e a textura não correspondiam ao modelo da sua.

OUTRA MALA

Para o advogado de Amiri, Guilherme Ribeiro Faria, a mala dela foi trocada por uma quadrilha internacional de traficantes, que tentaria recuperá-la durante uma escala em Amsterdã, na Holanda.

Amiri pediu que os agentes federais buscassem as imagens dela despachando a mala em Brasília, mas isso não foi feito e ela acabou na Penitenciária de Santana, na zona norte paulistana.

Como um dos agentes federais que participaram da prisão de Amiri está há meses em licença médica, seu julgamento só aconteceu no mês passado, quando foi absolvida da acusação.

O Ministério Público Federal pediu à Justiça a absolvição da marroquina por falta de provas de que ela era a dona da mala com a cocaína apresentada pela PF no aeroporto de Guarulhos.

Procurada, a Polícia Federal não se manifestou sobre a prisão de Amiri.

Fonte: Folha

Traficante vacilão esquece mala com 13kg de Maconha dentro de ônibus

Uma mulher encontrou uma mala com 13 kg de maconha no Terminal Rodoviário de Salvador, na Bahia, na última sexta-feira (14).

A mala, de cor azul, havia sido abandonada no bagageiro de um ônibus intermunicipal com trajeto entre Juazeiro e a capital baiana.

Dentro dela, havia 13 pacotes com 1 kg da droga cada um.

O caso surgiu depois de uma passageira reclamar que sua mala tinha sumido. Ela trazia uma da cor esverdeada e que provavelmente foi confundida pelo transportador da droga.

As imagens das câmeras instaladas na rodoviária podem auxiliar a polícia a identificar o traficante.