VÍDEO: PRF prende na Grande Natal passageira de ônibus interestadual com cocaína

Foto: Divulgação/PRF

Durante fiscalização na BR 101, em São José de Mipibu/RN, na tarde desta quinta-feira (19), policiais rodoviários federais abordaram um ônibus que fazia a linha de Natal/RN para São Luiz do Maranhão. Na revista aos passageiros, foi encontrado na bolsa de uma mulher de 40 anos, um tablete de cocaína pesando aproximadamente 1kg.

Em conversa com a PRF, a mulher informou que já tem passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas e que receberiam a quantia de R$ 500,00 pelo transporte do entorpecente.

Ressalta-se que apenas neste ano, a Polícia Rodoviária Federal já apreendeu mais de meia tonelada de droga nas rodovias federais do estado do Rio Grande do Norte.

Após o flagrante a passageira e a droga foram levadas para a Central de Flagrantes em Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    Mulheres também estão aderindo a criminalidade.

FOTO: PRF recupera veículo roubado e prende três homens em São José de Mipibu

Foto: Divulgação/PRF

Durante fiscalização de rotina na BR 101, em São José de Mipibu/RN, no final da manhã desta segunda-feira (3), uma equipe da Polícia Rodoviária Federal visualizou um veículo do tipo Ford Ka, de cor branca, com quatro ocupantes, ingressando na rodovia.

Ao dar sinal de parada para o veículo, o condutor desobedeceu, empreendendo fuga na rodovia. A equipe então realizou acompanhamento tático até conseguir alcançar o veículo. Os ocupantes tentaram fugir, mas o condutor e os dois passageiros do banco de trás foram alcançados.

O passageiro do banco da frente fugiu para a mata, às margens da rodovia, e ainda fazendo disparos de arma de fogo de forma descontrolada e desesperada. A equipe efetuou alguns disparos para coibir a iniciativa da agressão.

Foram realizadas buscas no local, mas o fugitivo não foi localizado. Ao realizar consultas aos sistemas informatizados, foi constatada a ocorrência de roubo/furto do veículo.

Os três homens, dois de 18 anos e um de 20, foram presos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil competente para as medidas judiciárias legais.

VÍDEO: PRF apreende cocaína e prende casal na Grande Natal

Foto: Divulgação/PRF

Na madrugada desta sexta-feira (31), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu um quilo de cocaína, durante fiscalização no Km 118 da BR 101, em São José de Mipibu/RN.

A droga estava no interior de um veículo do tipo Voyage de cor branca, encontrada durante a revista.

Com o condutor, um homem de 23 anos, estava uma mulher de 19.

O homem informou que havia saído de Recife para Natal na noite anterior e logo em seguida retornaria para Recife, com a droga que havia adquirido em Parnamirim/RN, de uma pessoa conhecido por TH e que a cocaína tinha sido encomendada por um amigo chamado Augusto, que lhe daria uma quantia no valor de R$ 400,00 pelo serviço.

O casal foi preso em flagrante e a ocorrência encaminhada à Polícia Civil na Central de Flagrantes Zona Sul.

Carreta com cervejas é roubada em Parnamirim e recuperada em São José de Mipibu

A Polícia Rodoviária Federal recuperou na tarde dessa quarta-feira (20), no distrito de Laranjeiras do Cosme, em São José do Mipibu/RN, uma carreta Volvo que havia sido roubada no início da manhã, em um posto de combustível, na cidade de Parnamirim, região metropolitana de Natal.

Por volta de meio-dia, uma equipe da PRF foi informada pelo condutor do caminhão, que teria sido vítima de um assalto, no pátio de um posto de gasolina na BR 101, em Parnamirim. Ele informou que três homens chegaram em um Pálio de cor escura, se aproximaram do veículo e anunciaram o assalto. Nesse momento ele foi rendido e colocado dentro do automóvel com o ajudante. Um dos assaltantes assumiu a direção do caminhão, enquanto ele e o “chapa”, foram encapuzados e obrigados a seguir com os bandidos.

Passado algum tempo, os homens estacionaram a carreta e fizeram o transbordo da carga para outro caminhão, em um local distante da rodovia federal. Após a transferência da carga, eles foram abandonados na rodovia estadual que dar acesso à cidade de Monte Alegre. Segundo o motorista, a carreta estava transportando 6.680 caixas de cerveja, avaliadas em R$ 139.392,46 e que seriam entregues em um atacadista na cidade de Parnamirim.

A partir das informações repassadas pelo condutor e do contato com a empresa rastreadora do veículo, os policiais iniciaram as diligências no intuito de localizar a carreta. Com as informações obtidas pelo rastreamento, a equipe conseguiu localizar o veículo abandonado e já sem a carga, no distrito de Laranjeira do Cosme, município de São José de Mipibu. Foram realizadas buscas nas proximidades, mas ninguém foi encontrado. Em seguida, foi feito contato com a vítima, para que ela comparecesse ao local e conduzisse o caminhão à delegacia especializada em roubo de veículos e cargas – Deprov – em Natal, onde foi registrada à ocorrência.

Polícia Civil prende na Grande Natal mais um foragido da Operação Clowns

Policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia de Parnamirim deram cumprimento, nesta quinta-feira (24), a um mandado de prisão em desfavor de Felipe Souza do Nascimento, 20 anos. Ele estava foragido e é investigado dentro da Operação Clowns, deflagrada em Setembro de 2018.

De acordo com as investigações da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Felipe Souza aparece nas imagens que flagraram o homicídio de Ranieri Pablo, conhecido como “Pequeno”, em agosto de 2018, no bairro Neópolis. A morte de Ranieri ocorreu em vingança após um outro homicídio ocorrido.

De acordo com os agentes que realizaram a prisão, Felipe Souza foi encontrado em uma residência no Bosque das Colinas, em São José de Mipibu. Ele foi o sétimo preso na Operação Clowns, um suspeito foi morto e outros dois seguem foragidos.

A Polícia solicita apoio da população para localizar Joalisson, conhecido como “Pepeu da Portelinha”, e Jefferson Cleiton Fernandes, conhecido como “Bomba”. As denúncias podem ser repassadas de forma anônima, por meio do disque-denúncia 181, ou pelo número da DHPP, no (84) 98108-5970.

FOTOS: PRF prende casal com maconha na BR 101, em São José de Mipibu, na manhã desta segunda

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na manhã desta segunda-feira (9), em São José de Mipibu, um casal que trafegava em um Honda Civic pela BR 101, portando 60g de maconha.

O entorpecente estava acondicionado em um pote de vidro, escondido em uma bolsa no porta malas do veículo.

Durante a fiscalização, os ocupantes informaram que residem em Olinda/PE, e estariam se deslocando para a praia de Jericoacoara, no Estado do Ceará.

Diante do flagrante, os dois foram detidos e submetidos a Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. diogo disse:

    PARABENS PELA GRANDE OPERAÇÃO DA CORPORAÇÃO DE POLÍCIA FEDERAL DO BRASIL EM PROL DO REPARO DA SOCIEDADE, QUEBRANDO O TRÁFICO COM EFICÁCIA, EFICIÊNCIA E EFETIVIDADE. DE MODO A CONSERTAR OS DITAMES SOCIAIS, FAMÍLIAS ESCRAVIZADAS DO TRÁFICO…

    60g?

  2. Heineken disse:

    Nossa, super apreensao, rendeu até matéria.
    Fala serio né gente?!

FOTOS: Governo do RN inaugura o Restaurante Popular de São José de Mipibu

O Governo do RN inaugura, nesta quarta-feira (12), o Restaurante Popular de São José de Mipibu. A unidade, que já está em funcionamento no centro da cidade, oferece 500 refeições por dia, de segunda a sexta-feira, ao preço de R$ 1 real. A inauguração oficial será realizada a partir do meio-dia e contará com a participação do governador Robinson Faria e da secretária da Sethas-RN, Julianne Faria.

“Desde dezembro já inauguramos seis restaurantes, dois em Natal, outro em Mossoró, um em Jucurutu, um em Jardim de Piranhas e um em São Miguel. Com essa unidade chegamos a 32 Restaurantes Populares no Rio Grande do Norte e pretendemos abrir mais 18 unidades”, explicou a secretária Julianne Faria.

Semanalmente são servidas mais de 110 mil refeições nas 32 unidades instaladas no RN. O programa está nos municípios de Natal (Centro Administrativo, Alecrim e Igapó), Mossoró (Centro, Alto de São Manoel, Santo Antônio e UERN), Assú (Centro e Frutilândia), Caicó, Currais Novos, Macaíba, Pau dos Ferros, Parelhas, Areia Branca, Extremoz, Ceará-Mirim, Macau, Santa Cruz, São Paulo do Potengi, Nova Cruz, João Câmara, Parnamirim, Canguaretama, Jucurutu, Jardim de Piranhas, Santo Antônio, Apodi e São José de Mipibu.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo martins disse:

    Pelo visto, o governador está pensando que o eleitor potiguar continua sendo presa fácil: é só "pegar" o bichim pelo bucho…

  2. André Oliveira disse:

    Patética essa cena, ja não se faz uma aberração destas desde da época de jája e o tamborete e Aluisio Alves.
    Me dá náuseas ao ver que ainda existem políticos com essa natureza.

  3. Jorge disse:

    Pão e circo !!!!

Polícia Civil apreende 20 quilos de maconha em São José de Mipibú

20150828062156 20150828062155Em São José de Mipibú, na noite dessa quinta-feira (27), policiais civis apreenderam 16 tabletes de maconha, com aproximadamente 20 quilos da droga. O material estava no carro de Wellington Viana do Nascimento, de 38 anos, que iria transportá-la para João Pessoa (PB).

A apreensão se deu após uma denúncia anônima relatar que em um carro, com pneu furado, parado em um posto de gasolina em São José de Mipibú haveria maconha. Em diligência ao local os policiais confirmaram a veracidade da denúncia.

Wellington foi conduzido à delegacia de plantão da Zona Sul, onde afirmou trabalhar fazendo fretes, desconhecer que estaria transportando a droga e que uma mulher havia o contratado em Natal para ele levar uma caixa à Paraíba. O acusado foi autuado por tráfico de drogas.

PM fecha mais um ponto de venda de drogas e prende três pessoas em São José de Mipibu

Policiais Militares da Força Tática de São José de Mipibu realizaram na noite desta quinta-feira (02), a prisão de duas pessoas e desbarataram mais um ponto de venda de drogas no município de São José de Mipibu, na Região Metropolitana de Natal.

Ação se deu após denúncias anônimas relatando o comércio de entorpecentes em uma residência na localidade do KM 38. Os policiais militares agiram rápido, identificando e efetuando a prisão de Joao Batista de Oliveira Lima, vulgo zinho, de 35 anos, assim como a prisão de Josenildo de Oliveira Lima, 32 anos. Na mesma residência, também foi detido um usuário que confirmou que já comprava drogas naquele local há dias.

Na mesma ocorrência, foram apreendidas diversas pedras de crack, sacos para acondicionamento das drogas, e dinheiro fracionado.

“A Polícia Militar agradece mais uma vez pela confiança depositada, pois foi exatamente através das informações repassadas ao Disque Denúncia do município que foi possível a realização dessa ação, deixando a cidade de São Jose de Mipibu ainda mais tranquila”, disse o tenente Isaac Leão, comandante de São José de Mipibu.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Edson Barros disse:

    Competente o Tenente Leão e faz um excelente trabalho na região.

Dois corpos em decomposição são encontrados em São José de Mipibú

Dois homens ainda não identificados foram encontrados, com sinais de execução, na manhã desta terça-feira (26), em uma estrada carroçável, na comunidade Pau-brasil, no município de São José do Mipibu, região Metropolitana de Natal. De acordo com a Polícia Militar, devido ao alto estado de decomposição, nenhuma das vítimas foi identificada prontamente no local.

Um deles usava uma camisa com o número 9 de cor escura e uma bermuda de cor lilas estilo surfista, enquanto o outro trajava uma bermuda laranja. Os cadáveres foram encontrados por moradores da comunidade que informaram aos policiais através do telefone de emergência 190.

Os peritos do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) foram acionados para as primeiras análises e recolhimento dos restos mortas, para a sede do instituto em Natal. A polícia espera que familiares que tenham pessoas desaparecidas na família compareçam ao órgão para o reconhecimento através de teste de DNA ou arcada dentária.

Com informações do 190 RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juca Chaves disse:

    Voltamos à barbárie, à Idade Média, e esta constatação não se restringe à forma como matamos e morremos. A cidade está cada vez mais guetificada, voluntaria e involuntariamente.

Operação Mipibu Mais Segura intensifica policiamento em São José de Mipibu; suspeitos de pistolagem e tráfico de drogas na mira

O 3º Batalhão de Polícia Militar do Rio Grande do Norte (3º BPM), por meio da 2ª Companhia de Polícia Militar da cidade de São José de Mipibu, município localizado na Região Metropolitana de Natal, tem intensificado o policiamento ostensivo na região no sentido de prender suspeitos de tráficos de drogas e crimes de pistolagem na Operação Mipibu Mais Segura. Até o mês de março deste ano, a PM tinha conseguido reduzir em aproximadamente 70% os índices de criminalidade se comparado ao mesmo período do ano passado.

A Operação Mipibu Mais Segura começou desde o dia 14 de abril e já conseguiu prender três pessoas e apreender uma adolescente, todos suspeitos de estarem envolvidos em crimes de tráficos de drogas e pistolagem no município de São José de Mipibu.

O comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar de São José de Mipibu, tenente Isaac Leão, disse que a Operação Mipibu Mais Segura deve permanecer pelos próximos dias com a realização de mais prisões. O tenente pediu que a população continue apoiando a Polícia Militar por meio das denúncias, anônimas ou não, pelos telefones do Disque Denúncia 180, pelo 190 ou pelo telefone do Disque Denúncia da PM em São José de Mipibu, que é o 9468-6860.

Greve dos professores do Município de São José de Mipibu é considerada ilegal

Os professores da rede pública do Município de São José de Mipibu devem retornar imediatamente às suas atividades, sob pena de multa diária no valor de R$ 20 mil em desfavor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Rio Grande do Norte (Sinte) – Núcleo de São José de Mipibu, em caso de descumprimento da ordem judicial.

Foi o que decidiu liminarmente o desembargador Expedito Ferreira de Souza, na sessão desta quinta-feira (9) da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, quando reconheceu a ilegalidade da greve deflagrada por aquele Sindicato. Com isso, o magistrado determinou o imediato retorno dos professores da rede pública municipal às suas atividades.

Alegações do Município

A ação declaratória de ilegalidade de greve foi proposta pelo Município de São José de Mipibu contra o Sinte – Núcleo de São José de Mipibu, alegando que, em assembleia realizada em 16 de março de 2015, o ente sindical deflagrou greve geral dos educadores da rede pública municipal de ensino a partir do dia 19 de março de 2015.

De acordo com o Município, a greve se dá em função da vigência da Lei Complementar nº 040/2015, que criou uma vantagem remuneratória com o intuito de preservar os valores anteriormente pagos na forma de quinquênios previstos no Regime Jurídico Único e extinguindo este último, porquanto que os servidores da educação possuíam Plano de Cargos, Carreira e Salários próprios, com progressões verticais, fato este que produz duplicidade de progressões com o mesmo fundamento fático jurídico, o que se mostrava impróprio.

Destacou que o Sindicato exige a revogação de referida Lei Complementar e informa que ela veio corrigir uma irregularidade que existia no Município, a saber, a acumulação de progressões, que é ilegal. Ponderou que, dada a ilegalidade da acumulação, o Município poderia ter abolido o pagamento em duplicidade, porém optou em manter a remuneração e o direito adquirido para que não houvesse redução salarial.

Discorreu sobre a essencialidade da educação e, por conseguinte, a impossibilidade do direito de greve pelos professores da rede pública. Inferiu como necessário o reconhecimento da abusividade do movimento, tendo em vista que o calendário escolar já se encontra prejudicado, em virtude da paralisação que já atinge 21 dias.

Lei de Greve

Segundo o desembargador Expedito Ferreira, relator do processo, a edição da referida lei veio para corrigir a duplicidade de progressão que vinha sendo auferida pelos profissionais assistidos por aquele Sindicato. Por outro lado, ele observou que o ente sindical, quanto aos procedimentos para a instauração do movimento grevista observou as formalidades exigidas para tanto.

Isto porque houve a deliberação em assembleia geral da categoria, deu-se a definição da reivindicação e, por fim, a notificação prévia da greve preencheu o intervalo mínimo de 72 horas, por se tratar de serviço essencial. “Todavia, ao que parece, o movimento paredista ensejou a paralisação plena da prestação de serviço essencial, em desrespeito ao disposto no art. 11 da Lei nº nº 7.783/89”, percebeu o magistrado.

Para o desembargador, concretamente, se observa efetivo prejuízo ao calendário escolar, posto que a greve já tem duração de 21 dias. “Além disso, examinando a única reivindicação em que se pauta o referido movimento grevista em confronto com os direitos fundamentais que restam atingidos e a necessidade de manutenção de serviços essenciais e indispensáveis, e verificando que este já traz real prejuízo à formação dos estudantes da municipalidade, é forçoso reconhecer, mesmo liminarmente, o abuso ao direito de greve no caso concreto”, decidiu Expedito Ferreira, frisando que há no caso afronta a continuidade do serviço público.

(Ação Cível Originária n° 2015.004499-8)
TJRN

Wilma recebe apoios de Upanema, São José de Mipibu e de lideranças ligadas a João Maia

Após receber apoios de vereadores mossoroenses, Wilma foi ao escritório do PR, do candidato a vice-governador João Maia, para encontro de mais lideranças, que também passam a defender o projeto dela ao Senado e o de Henrique Alves ao Governo.

De Boa Saúde, a ex-governadora e o presidente da Câmara Federal terão os apoios do prefeito Paulinho (PROS) e de seu pai, o ex-prefeito Paulo de Sousa (PP). “Wilma foi uma governadora que tem realizações em todos os municípios do estado e espero que ela venha a continuar esse trabalho e honrar o RN”, disse.

Já de Serrinha dos Pintos, veio o apoio de lideranças da oposição da cidade. O candidato a prefeito Ledimar Fernandes (PSC), a vice Gilcilene (PSB) e o ex-prefeito Luizão (DEM). Também estão apoiando a candidatura de Wilma os vereadores  Cici (PSC), Luana (DEM), Clóvis (PRB) e Verinha (PSB) e as ex-vereadoras Adalmaria (PPS) e Nilzinha (PMN).

De Jandaíra, o apoio a Wilma e Henrique é do vice-prefeito Marcone (PSDB). “Esperamos que desenvolvam bom trabalho no estado, que está acabado, e resgatem a credibilidade no governo. Desejo boa sorte, porque pegar o estado do jeito que está não será fácil”, afirmou.

De Pedra Preta, apoiará a candidata ao Senado o vereador Pedro Henrique (PR), que garantiu que colegas seguem mesmo posicionamento: Lúcia (PPS) e Carlos Henrique (PMDB) além dos suplentes Dr. Junior (PV), Marcelo (PSB) e Aroldo (PSB).

Ainda nesta segunda-feira (4), lideranças de São José de Mipibu e Upanema, oficializaram apoio a candidatura da ex-governadora nas suas cidades.

O presidente da Câmara de São José de Mipibu, José Figueiredo (PMDB), disse que vota em Wilma desde quando foi vice-prefeito em 2000. Acompanhado dele, também garantiram trabalhar a candidatura de Wilma na cidade, os vereadores Veronica Senra (PMDB), Jota Veras (PROS), Jean Nerino (PSB), além do presidente do PSB local, Clidenor Ferreira.

O prefeito Upanema, Luiz Jairo (PR), disse que apoiará Wilma, com quem já esteve em campanhas passadas, mas também Henrique Alves para o governo. “Pela experiência política que os dois têm. Eles têm muito o que contribuir para resgatar o desenvolvimento do estado”.

O gestor acredita que, com ele, seu grupo também apoiará esse projeto. Cinco dos nove vereadores devem pedir votos para a chapa na cidade: Carlinhos Garcia (PMN), Carlinhos Professor (PR), Ibamar (PR), Montalgan (PROS), Ferrari (DEM), além da vereadora licenciada, a secretária municipal Rivanda (PSD).

serrinha dos pintos (3) (640x425)04.08.14-são josé de mipibu (1) (Small)

CREMERN cumpre decisão da Justiça Federal e Pronto Socorro Adulto de São José de Mipibu volta a atender como antes

O Conselho Regional de Medicina (CREMERN) cumpriu a decisão da Justiça Federal e suspendeu na manhã desta quinta-feira (27) a interdição ética do exercício profissional médico no Pronto Socorro Adulto de Clínica Médica no Hospital Regional Monsenhor Antônio Barros (HRMAB), localizado na Cidade de São José de Mipibú.

Diante disso, o Pronto Socorro Adulto do HRMAB voltou a funcionar, como antes, com escalas médicas incompletas e sem a contrapartida do município, contrariando os princípios que norteiam o Sistema Único de Saúde (SUS), que estabelece que os serviços de Urgência, de média e baixa complexidade, devem ser atendidos pelo município que, possui gestão plena de Saúde, e recebe recursos do Fundo Nacional de Saúde para este fim.

Já o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MP/RN) ingressou com uma ação civil pública, na última segunda-feira (24), conflitando a decisão da Justiça Federal. Na ação civil pública, o MP solicita a justiça que obrigue o município de São José de Mipibu a cumprir com a sua responsabilidade na prestação de serviços de Saúde, conforme preconizado pela legislação que rege o Sistema Único de Saúde (SUS), proporcionando o pleno atendimento ambulatorial e de urgência à população. O MP/RN enfatizou a omissão municipal na garantia da prestação desse serviço em sua rede própria, bem como na contratação e pagamento da escala de profissionais do Pronto Atendimento do HRMAB, o que vem prejudicando a assistência prestada nessa unidade hospitalar

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) por sua vez, continuará acompanhando o processo do Ministério Público Estadual, porém já está tomando as providências cabíveis no sentido de atender a decisão da Justiça Federal para que, no menor prazo possível, proceda a nomeação dos candidatos aprovados no concurso público de 2010, em número suficiente para que a escala de plantão da clínica médica funcione totalmente completa.

A Sesap esclarece ainda que, todas as providências tomadas, serão para assegurar, exclusivamente, os serviços de responsabilidade do estado, ou seja, o atendimento das internações clínicas, cirúrgicas e obstétricas e, no Pronto Socorro Adulto de Clínica Médica do HRMAB, somente os casos graves de urgência e emergência. Desta maneira, o PS de São José de Mipibú irá trabalhar como porta regulada, adotando o conceito de acolhimento com classificação de risco, de acordo com o protocolo de Manchester e em consonância com o perfil estabelecido no hospital. Com isso, os atendimentos ambulatoriais de atenção básica, que são de responsabilidade municipal, e as urgências de média e baixa complexidade, deverão ser garantidos em postos de saúde ou unidades de pronto atendimento (UPA) do município, conforme preconiza o SUS e defendido pelo Ministério Público Estadual.

Atualmente, cerca de 70% dos atendimentos realizados no Pronto Socorro do HRMAB são de baixa complexidade e mais de 75% dos munícipes atendidos pela unidade são de São José de Mipibu.

Para a Sesap, o HRMAB tem uma importância estratégica dentro da Rede Estadual de Saúde, tanto que a Unidade foi incluída no processo de reformas e ampliação do Governo do Estado e é objeto de um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG), assinado no mês passado, com o Tribunal de Contas e Ministério Público, para dar continuidade à obra. A Sesap ainda remanejou médicos do Estado que estavam lotados erroneamente na Associação de Proteção Materno Infantil (APAMI) para a realização de partos no hospital, o que fez saltar de 30 procedimentos realizados por mês para 190.

Outras providências realizadas pela Sesap no HRMAB foram a complementação das escalas de obstetrícia, retomada da realização de partos de média complexidade e cesáreas; reforma dos centros cirúrgicos, pediatras para garantir a assistência da porta de entrada, que também não é responsabilidade do Estado e sim do município, mas o estado vem conseguindo assegurar, inclusive a Sesap conta com esses mesmos pediatras para dar assistência à maternidade. Além disso, o Estado continua as obras de finalização de duas alas da enfermaria que viabilizarão a abertura de mais 15 leitos tanto para a Rede de Urgência e Emergência, quanto para a Rede de Assistência Psicossocial (RAPS). O hospital se encontra num processo de fortalecimento a fim de cumprir seu papel enquanto hospital regional.

Prefeitura descumpre acordo e prejudica atendimentos em São José de Mipibu, denuncia Sesap

O descumprimento, por parte da Secretaria Municipal de Saúde de São José de Mipibu, da recomendação feita pelo Ministério Público vem prejudicando os atendimentos no Hospital Regional Dr. Antônio Barros.

No acordo firmado ficou determinado que a Sesap garantiria o funcionamento da maternidade e a Prefeitura ficaria responsável por garantir o atendimento no pronto-socorro da clínica médica, já que o município não vem oferecendo o atendimento de urgência e emergência em baixa e média complexidade, que é de sua responsabilidade.

Assim, o Ministério Público recomendou, em 06 de novembro de 2013, que a Prefeitura completasse imediatamente as escalas do Pronto-Socorro do hospital, que realiza uma média de 3.700 atendimentos em clínica médica por mês, sendo que 76% desses pacientes são oriundos de São José de Mipibu, que possui gestão plena da saúde, com responsabilidade pactuada com os municípios da sua região, como Arez, Monte Alegre, Canguaretama, Goianinha, Nísia Floresta, Georgino Avelino e Brejinho.

“É difícil ver essa situação na clínica médica quando temos uma maternidade funcionando a contento, com uma equipe de 26 profissionais, entre obstetras, neonatologistas e anestesiologistas, que realizam uma média de 170 partos por mês, além dos cinco pediatras no pronto-socorro infantil”, desabafa a diretora da unidade, Isabelle Grilo.

A carência de profissionais obrigou a direção do hospital a elaborar uma escala com plantões em dias alternados. “A falta de clínicos no pronto-socorro está gerando problemas tanto com os médicos, quanto com a comunidade, que não se conforma com a falta de assistência”, explica.

São José de Mipibu: Policial ferido em emboscada faleceu no início da manhã

O segundo policial ferido ontem em confronto com bandidos em São José de Mipibu também veio a óbito. O agente civil Antônio Neto, 48, não resistiu ao ferimento e morreu às 7h45 desta terça.

O policial chegou a ser levado para o Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim. De lá, ele foi removido para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal, onde foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um projétil que atingiu o crânio e uma segunda no tórax.

A emboscada aconteceu na comunidade de Taborda, às margens da BR 101. O outro policial, Jovanês Borges, 39,  morreu antes mesmo de receber o atendimento.

Informações oficiais dão conta que os dois policias civis se deslocaram à comunidade em busca de uma caminhonete L 200 que havia sido roubada. Ao localizarem o veículo (rastreado por GPS), abandonado na beira de uma estrada carroçável, a Polícia Militar foi chamada para dar apoio. Após a confirmação de que se tratava mesmo do carro que eles procuravam e constatarem que o local estava seguro, os militares foram dispensados.

Logo após a partida da PM, no entanto, uma segunda caminhonete se aproximou em alta velocidade da viatura onde estavam os agentes e pelo menos quatro homens fortemente armados abriram fogo. Houve confronto e os dois policiais civis foram alvejados.