Trinta e nove corpos encontrados em caminhão no Reino Unido pertencem a cidadãos chineses

Foto: BEN STANSALL / AFP

Todas as 39 pessoas encontradas mortas em um caminhão frigorífico em Essex, a cerca de 50 quilômetros ao leste de Londres, eram cidadãs da China. Segundo os detetives responsáveis pelo caso, oito das vítimas eram homens e 31, mulheres.

A nacionalidade das vítimas foi confirmada pela Chancelaria chinesa ao jornal Global Times, que afirmou não poder divulgar maiores detalhes sobre os óbitos. Acreditava-se anteriormente que um dos corpos pertencia a uma adolescente, mas a polícia disse que trata-se, na verdade, de uma jovem adulta.

“Nós recebemos com muita tristeza as notícias das mortes de 39 pessoas em Essex, no Reino Unido”, disse um comunicado emitido pela embaixada chinesa no Reino Unido. “Nós estamos em contato próximo com a polícia britânica para buscar esclarecimentos e confirmações de relatos relevantes.”

Os corpos foram encontrados quando o caminhão fez uma parada em um complexo industrial em Essex, na madrugada de quarta-feira. Segundo os investigadores, o motorista do caminhão, um norte-irlandês de 25 anos, está preso sob suspeita de assassinato. Apesar de especulações da imprensa britânica, sua identidade não foi confirmada pelas autoridades.

Operações de busca e apreensão, no entanto, foram realizadas em ao menos três propriedades na Irlanda do Norte, supostamente em endereços associados ao motorista.

Segundo a polícia, a carreta, ou baú, do caminhão veio de Zeebrugge, na Bélgica. Já o cavalo-de-aço, a parte com o motor e a cabine do conjunto, embora originalmente registrado na Bulgária em 2017 em nome de uma mulher irlandesa, acredita-se ter entrado no Reino Unido da Irlanda devido ao nome do país e à frase “O maior sonho” escritos no para-brisa.

Ainda de acordo com as autoridades policiais, o baú do caminhão, onde estavam os corpos, viajou da Bélgica para Purfleet, às margens do Canal da Mancha, onde aportou pouco depois de 0h30 de quarta-feira.

De acordo com a Procuradoria belga, a caçamba apenas esteve no país de passagem. É comum que contâneires refrigerados passem rapidamente por portos no Mar do Norte, onde são submetidos apenas a uma checagem visual antes de entrar em território britânico.

Contrabando de pessoas

Detetives investigam a probabilidade das mortes terem sido causadas pelo crime organizado. O medo, no entanto, é que este se torne um dos piores casos de contrabando de pessoas da história do Reino Unido.

Recentemente, a Agência Nacional Contra o Crime britânica alertou para um aumento no número de pessoas que entram irregularmente no Reino Unido em caminhões no último ano. Segundo o órgão, as redes criminais costumam a preferir portos mais tranquilos nas costas leste e sul do Reino Unido, como Purfleet.

A descoberta do caminhão remete a um caso similar no ano 2000, quando 58 cidadãos chineses foram encontrados em uma caçamba selada à vácuo no Reino Unido.

Horas após os 39 corpos serem descobertos, a polícia na cidade de Kent encontrou nove pessoas vivas dentro de um caminhão. Posteriormente, mais seis pessoas foram encontradas em um segundo carro.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria disse:

    Dizem que a china é um país tão rico quanto os EUA, mas jamais veremos cidadãos americanos tentando entrarem noutros países clandestinamente. O que leva pessoas de um pais com maior pib mundial arricarem suas vidas pra entrarem em outros paises de pib menor. Só a esquerdalha tem a resposta, pois são parceiros e aliados nas políticas públicas.

Idema orienta sobre retirada de resíduos encontrados no litoral do RN

FOTO: IDEMA/ASSECOM/RN

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – Idema, acerca dos fatos ocorridos recentemente pela deposição de resíduos betuminosos (aparentemente piche) encontrados nas praias do litoral do RN, com origem ainda desconhecida, vem esclarecer e informar o seguinte:

1. Considerando que compete ao município a limpeza das praias e nesta situação a retirada de tais resíduos, informamos que este resíduo é classificado, pelas Resoluções Conama 307 e 313/2002 e pela NBR 10004/2004, como resíduo Classe D (Conama) e Classe I (NBR), necessitando, portanto, de cuidados com a coleta, manuseio e descarte seguro, logo, não podendo ser depositado em qualquer lugar. Em função disso, é importante que a coleta seja feita utilizando-se ferramentas como rastelos e pás, acondicionando provisoriamente o material em recipientes plásticos, enquanto o produto não for retirado do local, procurando proteger-se do contato direto com o resíduo, não podendo ser retirado por tratores;

2. É importante que a coleta seja realizada para se tirar ao máximo do contato do resíduo com a natureza, procurando não retirar a areia junto com piche. De forma emergencial, as Prefeituras, através da empresa contratada para coleta de resíduos do município, poderão coletar e acondicionar os resíduos betuminosos em bombonas plásticas, devendo ficar em local coberto e seguro até a coleta pela empresa especialmente habilitada e licenciada pelo Órgão Ambiental competente, para essa finalidade;

3. Também destacamos que sejam evitados o contato direto com esse produto e, caso ocorra, tentar retirar primeiro com gelo ou com óleos de cozinha, devendo logo após, lavar a pele com água e sabonete neutro. Como medida preventiva contra irritações e processos alérgicos, nunca levar as mãos sujas aos olhos e boca;

4. O Idema disponibiliza a listagem das empresas habilitadas e prestadores de serviços para este tipo de coleta, transporte e tratamento de resíduos perigosos licenciadas pelo órgão;

Via Limpa RN

Natal Reciclagem LTDA ME

Recicla – Indústria e Comércio de Metais LTDA

Aliança Petróleo LTDA

Brasóleo Transporte e Tratamento Resíduos LTDA

Master Locações LTDA

Cril Empreendimento Ambiental LTDA

M.Y.Pordeus Transporte De Cargas LTDA

Manloc Logística Sociedade LTDA

Klin Engenharia e Gestão Ambiental LTDA

LH Locações e Transportes LTDA EPP

Paulo S. de Oliveira

João Paulo Panificação Eireli ME

O Idema está disponível para orientar as gestões municipais e agradece a atenção e compreensão de todos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    Engraçado.
    Ninguém fazendo coro contra esses resíduos.
    Caiu de algum navio, sem dúvida.

    • Fabio Cardoso disse:

      Os "ambientalistas" de plantão só se preocupam com as queimadas que ocorrem a milhares de quilômetros de distância. Deve ser porque o máximo que irão fazer são textões nas redes sociais e poses de amantes da natureza. Mas, limpar o próprio quintal e o lixo por eles produzidos é humilhante demais para sair nas fotos. Fé sem obras não é só morta, como também é hipócrita.

Diamantes encontrados no Brasil revelarão informações sobre origem da Terra

(FOTO: GRAHAM PEARSON/DIVULGAÇÃO)

Pesquisadores encontraram uma amostra inédita de diamantes “super-profundos” de centenas de quilômetros abaixo da superfície da Terra. Localizados em terras brasileiras, os diamantes forneceram novas pistas sobre a composição material de nosso planeta.

Essas pedras preciosas provavelmente vieram de uma profundidade de 410 a 660 quilômetros (conhecida como “zona de transição”), de acordo com a pesquisadora Suzette Timmerman, que também conta que eles analisaram, pela primeira vez, os isótopos de hélio contidos em bolhas microscópicas no interior dos diamantes super-profundos.

Publicado na revista Science, o estudo afirma que os gases encontrados em observações microscópicas de inclusões de diamantes vêm de um reservatório subterrâneo estável, pelo menos tão antigo quanto a Lua.

Timmerman e o co-autor do estudo Lynton Jaques dizem que os diamantes oferecem um vislumbre único do interior da Terra. “Há apenas alguns lugares no mundo onde esses diamantes super-profundos são encontrados, mas eles fornecem muitas informações sobre as partes mais profundas do manto da Terra que nós nunca veríamos”, diz Jaques em um comunicado.

O cientista explica que os diamantes formam cápsulas perfeitas para reter a química exata e a composição isotópica do material da parte da Terra onde se formaram. “Esses diamantes, em particular, são algumas das nossas amostras diretas mais profundas da Terra. Eles nos permitem ver algum material original da formação da Terra, que parece não ter mudado muito nos últimos 4 bilhões de anos.”

Galileu

 

Nus, amarrados e com marcas de tiros, corpos de três jovens são encontrados em matagal na Zona Norte de Natal

A Polícia confirmou o encontro dos corpos de três jovens, nu e amarrados, na tarde dessa terça-feira (11) em meio a um matagal no conjunto Nordelância, na Zona Norte de Natal,  às margens da BR-101, próximo da rotatória que dá acesso ao município de Extremoz. Até o início da manhã desta quarta (12), as vítimas ainda não haviam sido identificadas.

Segundo a Polícia Militar, um morador da região que fazia uma trilha encontrou os corpos. Por causa da mata extensa, as equipes da Polícia Civil e do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) demoraram quase duas horas para chegarem ao local.

Ainda segundo a PM, um outro morador da região disse à polícia que ouviu disparos de arma de fogo durante a madrugada. Nos corpos, a perícia encontrou várias marcas de tiros.

Ainda não há pistas dos assassinos nem da motivação do crime. O caso será investigado pela Polícia Civil.

VÍDEO: Artefatos tipo malas ou pacotes são encontrados por banhistas em praia no litoral norte potiguar

Banhistas registraram pacotes desconhecidos vindos do mar, espalhados no litoral norte do Rio Grande do Norte neste fim de semana. De acordo com vídeo cedido abaixo, artefatos do formato de malas foram encontrados no fim da tarde de sábado(08), na praia de Santa Rita, no município de Extremoz, na Grande Natal.

O material

Pacotes semelhantes foram também achados no litoral nordestino e começaram a surgir desde o fim de outubro. Há registros publicados na imprensa em praias da Paraíba, Ceará, Alagoas e Pernambuco. O material elástico e pesando até 100 kg tem sido recolhido pelas Prefeituras e autoridades para investigação. Não é recomendado que banhistas ou demais curiosos toquem o material.

Dois corpos em decomposição são encontrados em São José de Mipibú

Dois homens ainda não identificados foram encontrados, com sinais de execução, na manhã desta terça-feira (26), em uma estrada carroçável, na comunidade Pau-brasil, no município de São José do Mipibu, região Metropolitana de Natal. De acordo com a Polícia Militar, devido ao alto estado de decomposição, nenhuma das vítimas foi identificada prontamente no local.

Um deles usava uma camisa com o número 9 de cor escura e uma bermuda de cor lilas estilo surfista, enquanto o outro trajava uma bermuda laranja. Os cadáveres foram encontrados por moradores da comunidade que informaram aos policiais através do telefone de emergência 190.

Os peritos do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) foram acionados para as primeiras análises e recolhimento dos restos mortas, para a sede do instituto em Natal. A polícia espera que familiares que tenham pessoas desaparecidas na família compareçam ao órgão para o reconhecimento através de teste de DNA ou arcada dentária.

Com informações do 190 RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juca Chaves disse:

    Voltamos à barbárie, à Idade Média, e esta constatação não se restringe à forma como matamos e morremos. A cidade está cada vez mais guetificada, voluntaria e involuntariamente.