Manutenção em poço suspende abastecimento de bairros da Zona Norte de Natal

Foto: CAERN/ASSECOM

A equipe de manutenção da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está trabalhando no conserto da bomba do poço 56, que atende os bairros Alvorada, Algimar, Santa Inês e adjacências, na Zona Norte de Natal.

A previsão da Caern é concluir a manutenção corretiva nesta quinta-feira (31) à noite, já o prazo de normalização é de 48h após a conclusão do serviço.

Problema na rede elétrica afeta abastecimento de 30 cidades no interior do RN

FOTO: CAERN/ADM

A falta de energia elétrica, ocorrida entre as 22h30 dessa terça-feira (22) e a manhã desta quarta-feira (23), interrompeu durante nove horas o funcionamento da Estação de Bombeamento 2 da Adutora Monsenhor Expedito. Com isso, o abastecimento de água de 30 cidades da região ficou prejudicado, o que pode ser sentido pela população nas próximas 48 horas.

Apesar do sistema já ter voltado a funcionar, o tempo que a EB-2 ficou parada fez a rede de abastecimento perder pressão, sendo necessário um prazo de até dois dias para a situação estar totalmente normalizada.

As cidades afetadas são Rui Barbosa, São Pedro, São Tomé, São Paulo do Potengi, Japi, Coronel Ezequiel, Jaçanã, São Bento do Trairi, Lajes Pintadas, São José de Campestre, Serrinha, Sítio Novo, Boa Saúde, Serra Caiada, Lagoa de Velhos, Barcelona, Bom Jesus, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Tangará, Santa Cruz, Monte das Gameleiras, Serra de São Bento, Passa e Fica, Lagoa D`anta, Monte Alegre, Ielmo Marinho, Santa Maria, Senador Eloi de Souza e Campo Redondo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José disse:

    Monsenhor Expedito fez parte dele… Lutou para levar água ao semi árido Potiguar. Agora os governantes só têm que garantir a continuidade…

Caern suspende abastecimento em Macau, Guamaré e Pendências

FOTO: CAERN/ASSECOM

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realiza uma parada no abastecimento da Adutora Macau/Guamaré, nesta quinta-feira (24) para realizar melhorias na adutora. No mesmo dia, também será realizada uma melhoria na estação de bombeamento da Alacanorte, localizada na cidade de Pendências.

A suspensão destes sistemas se dará a partir das 5h da manhã, com previsão de retomada do abastecimento no dia seguinte, sexta-feira (25) , às 18 horas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Expedito Junior disse:

    Uma pergunta: Como pode se suspender aquilo que não existe? É difícil de explicar mais a cidade mais rica do RN não tem abastecimento d'água.

Com baixa no nível da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, Caern terá que fazer realocação do ponto de captação de água em cidade no interior

Foto: Divulgação/Caern

A cidade de São Rafael, na região do Vale do Açu, terá uma parada no abastecimento a partir desta sexta-feira (18), às 7h30. Com a baixa no nível da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) terá que fazer a realocação do ponto de captação de água, para melhorar o funcionamento do sistema.

A previsão de retorno do abastecimento é para o sábado (19), até o meio dia. A normalização total do fornecimento, no entanto, se dará em um prazo de até 48 horas.

A Caern orienta os usuários para que utilizem a água de forma racional, para minimizar os transtornos nesses período.

Pilões volta a ter abastecimento pela Caern e governadora anuncia construção de adutoras

Foto: Demis Roussos

Havia sete anos ou mais, exatamente o período da seca, que a dona de casa aposentada Francisca Rita de Lima, 67, passava a maior dificuldade para cumprir as essenciais tarefas do lar, como fazer a comida, lavar louça e roupas. Hoje, ela e toda a população de Pilões, município situado no Alto Oeste potiguar,
comemora a volta do abastecimento regular realizado pela CAERN (Companhia de Água e Esgoto do RN). “Era um sufoco lavar tudo com bacias. Quando a água que a gente recebia acabava, era preciso comprar, e essa despesa pesava no orçamento”, disse. Cada pipa de mil litros era reposta em média a cada 15 dias, à base de muita economia, ao custo de R$ 20 a 25.

Nesta sexta-feira (06), a governadora Fátima Bezerra e o presidente da CAERN Roberto Linhares estiveram na cidade de Pilões para registrar oficialmente a volta do abastecimento de água ao município, após longo período de estiagem. Enquanto o abastecimento não havia sido regularizado, a população era abastecida por caminhões-pipas, em operações realizadas pelas Defesa Civil, estadual e municipal, e também através de ações do Exército Brasileiro.

Para a água finalmente chegar ao município, foi realizada uma ação integrada entre gestões municipais e estadual, para a qual foram investidos cerca de R$ 2 milhões para transpor a água da adutora mais próxima, situada no município de Marcelino Vieira. Na solenidade desta manhã, foi reforçado o anúncio do programa Águas do RN que, entre outras regiões a serem beneficiadas, vai universalizar o abastecimento de água para os 34 municípios do Alto Oeste, incluindo as cidades de São Miguel e Paraná, que ainda estão em colapso.

O programa contempla a construção de duas novas adutoras, que totalizarão 150 km de extensão, interligando as cidades de Apodi a Venha Ver. O investimento será de R$ 143 milhões de reais, viabilizado através de parcerias público privadas. “Nosso governo tem o compromisso com a defesa dos interesses da população. Nós viemos aqui para trazer vida e dignidade ao povo de Pilões, porque água é sinônimo de dignidade. Depois de anos de sofrimento, Pilões hoje está de parabéns”, discursou. Ela acrescentou que o investimento de pouco mais de R$ 2 milhões de reais não foi nenhum favor, mas se trata de um direito que a população tem. “O prefeito e a população estão de parabéns por pressionar o governo”, disse.

O professor Bernardino Francisco, da rede municipal de ensino, representou a comunidade e demonstrou sua gratidão por participar do evento e falar em nome do povo. “A gente agradece a transposição das águas para Pilões, a população está muito satisfeita”, declarou. O prefeito Sabino Neto relatou as inúmeras vezes, sem obter sucesso, em que foi à CAERN e à governadoria para solicitar a regularização do abastecimento, até que nesta gestão o pleito de sua comunidade foi atendido. “Eu tenho a liberdade de tratar o presidente da Caern, Roberto, como meu amigo, porque desde o primeiro contato que eu fiz ele me assegurou que iria resolver a falta de água do nosso município e hoje estamos aqui para registrar esse momento tão importante para todos nós”, afirmou.

Roberto Linhares ressaltou que não podia deixar de reconhecer o trabalho da companhia junto ao município de Pilões. “Tínhamos seis municípios em colapso e ainda temos duas cidades, que são Paraná e São Miguel. Mas, com a construção das novas adutoras, o programa Águas do RN vai possibilitar a universalização nos 34 municípios do Alto Oeste potiguar, que é a região mais castigada do Rio Grande do Norte”, explicou.

O ex-prefeito de Pilões, Chagas Oliveira, destacou que além da falta de água, o município também estava sem a presença governamental. “Aqui faltava também algum governante para vir trazer o olhar para nossa população e fazer algo para mudar a triste realidade que sofremos com a seca”, disparou.

A solenidade contou com a presença do senador Jean Paul Prates, do deputado estadual Raimundo Fernandes, do secretário de estado Aldemir Freire (Planejamento e Finanças), do presidente da Fapern, Gilton Sampaio, dos servidores da Defesa Civil Alexandre Ribeiro e Dalchen Viana (estadual) e Hélio Paiva Damasceno (municipal), do servidor da CAERN, Francisco Dias, do Escritório de Marcelino Vieira, e do servidor público estadual Freitas Júnior, que representou as lideranças políticas de Pilões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. helio servollo disse:

    gostaria de saber onde foi parar a agua da torneira da minha casa porque aqui ela não chegou

  2. helio servollo disse:

    se tem agua em pilões eu gotaria de saber onde esta porque na toneira da minha casa ainda não chegou á tão esperada agua

Ceasa de Natal não vai funcionar a partir desta quarta-feira, 17 de julho

Foto: Divulgação

A Unidade das Centrais de Abastecimento (Ceasa) de Natal ficará de portas fechadas a partir desta quarta-feira, 17 de julho. Os permissionários da Ceasa esgotaram as possibilidades de negociações com a diretoria do órgão e agora só aceitam ser recebidos pela governadora Fátima Bezerra para discutir a pauta de reivindicações.

De acordo com o permissionário Vivaldo Medeiros, o governo do Estado aumentou a taxa de condomínio e também o Termo de Permissão Remunerada de Uso da Ceasa (TPRU). Os dois aumentos somam 46% de gastos a mais no bolso de cada permissionário. “O governo aplica um aumento desses e a Ceasa continua sem estrutura: não tem banheiro, não tem segurança, mas tem rato e agora tudo fica 46% mais caro. Se não negociar, vamos fechar mesmo”, informou Vivaldo Medeiros.

O presidente da Assucern – Associação dos Usuários da Ceasa  -, Samuel Medeiros, explicou que o governo tem “seus motivos” para promover os reajustes, mas também deixou claro que é preciso diálogo. “Sabemos que o governo tem um projeto para a Ceasa. Apoiamos este projeto, mas não dar para receber um aumento desses e ficar calado. Vamos para uma reunião agora e se nada mudar, vamos parar.  Não queremos tomar essa posição porque são mais de três mil trabalhadores que ficarão parados”, detalhou Samuel Medeiros.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    A "gove do góipi" quer mais que os tais permissionários da Ceasa se explodam!
    Mesmo porque, caso o plano dela de vencê-los no cansaço tenha êxito, ela os substituirá por agricultores familiares do MST.

  2. Gilvan Cavalcante Da Fonseca disse:

    Começo de uma hora da manhã, trabalho muito dou emprego 28 funcionários, chega um cara desde sem saber de nada falando mau da ceasa. Não ganhamos fácil.

  3. joaozinho disse:

    Petista acham que um pobre de um produtor rural pode ser explorado a exaustao… enquanto isso, os petistas procuram fazer diversos convenios pra facilitar a vida do MST. Ora.. melhor vender a producao pra o Estado vizinho ou abrirem uma cooperativa fora da cidade de Natal e fechar a ceasa.

    • Andinho disse:

      Joãozinho infelizmente a CEASA foi tomada dos produtores rurais faz tempo, ali hoje é território de comerciantes e atravessadores, perdeu a razão de existir pois hoje não ajuda em nada ao Produtor Rural potiguar, só serve para ajudar a engordar os lucros dos atravessadores que ganham com o subsídio de aluguel e funcionamento dos seus comércios.

  4. Andinho disse:

    Governadora tem uma solução fácil para este impasse, privatize a CEASA, o que danado tem governo que ficar subsidiando aluguel para comerciante, a atuação do governo naquele mercado só serve para criar cabide de emprego para políticos e para subsidiar custos de comerciantes e atravessadores. Ora em todo lugar do mundo as despesas do condomínio são rateadas entre os condôminos, porque na CEASA do RN tem que se diferente, outra coisa já passou da hora dela ser transferida de lugar, a única cidade do mundo que tem uma CEASA dentro da área central do seu perímetro urbano é Natal, as demais todas as centrais de abastecimento são no entorno pois isso facilita o acesso de caminhões e não atrapalha o trânsito urbano.
    Procurem um aluguel comercial naquela região e vejam se acham algum ponto comercial cujo o valor seja pelo menos o dobro do valor cobrado pela CEASA, duvido acharem, por isso essa grita daqueles comerciantes que não querem perder a boquinha, sem falar na alta inadimplência que o Estado sempre acumulou ali naquele espaço.

Alto Oeste: Defesa Civil do RN realizará abastecimento com carros-pipa

FOTO: ASSECOM

As cidades de Paraná, Pilões e São Miguel, que estão em situação de colapso no abastecimento de água, serão atendidas por carros-pipa através da Operação Vertente 3, coordenada pela Defesa Civil do RN.  Os recursos para o suprimento de água potável, que são na ordem de R$ 1.980 milhão, foram encaminhados por meio da Secretaria Nacional da Defesa Civil e garantirão o abastecimento de 80 cisternas de 5 mil litros cada, por um período mínimo de seis meses.

Os referidos municípios, que juntos têm cerca de 35 mil habitantes, são os únicos que estão inseridos no decreto de situação de emergência devido à seca e por resolução da empresa que distribui água na região, neste caso, a Caern (Companhia de Água e Esgotos do RN). Segundo o coordenador da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Marcos de Carvalho, o próximo passo é publicar em diário oficial um edital para cadastramento dos beneficiários e credenciamento para contratação das empresas que farão o abastecimento.

O sistema de abastecimento será geomonitorado, de modo que a Defesa Civil do RN e os próprios beneficiários acompanharão o serviço de forma transparente, facilitando a prestação de contas por parte do órgão estadual. A portaria de número 1.381, que autoriza o empenho e transferência dos recursos, foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (13), no Diário Oficial da União. O órgão responsável pelo empenho é o Ministério do Desenvolvimento Regional, através da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Manutenção elétrica suspende abastecimento de água em município na Grande Natal

FOTO: PAULO FREIRE – ACS CAERN

Três poços da cidade de Goianinha estão inoperantes, nesta quarta-feira (22), em razão de problemas na rede elétrica, operada pela concessionária de distribuição de energia. A Companhia elétrica já está trabalhando para regularizar o fornecimento. Assim, a previsão da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) é que os poços sejam religados até o fim do dia, com o fornecimento de água normalizado ao longo da noite.

Os bairros afetados são: Anequim, Boa Vista, COHAB, Conjunto Vida Nova, Estação, Itaperubu, Matadouro novo, Monte santo, Novo Paraíso e Pitombeira. A recomendação da Companhia é que a população utilize a água disponível de forma racional.

Quatro cidades da região Agreste potiguar terão parada no abastecimento nesta terça

A Caern informa que quatro cidades da região Agreste do Estado terão uma interrupção no abastecimento de água durante o dia desta terça-feira (30): Lajes Pintadas, Coronel Ezequiel, Jaçanã e Campo Redondo. A parada também vai atingir a cidade de Santa Cruz, que é atendida por um sistema próprio de abastecimento, a cargo da prefeitura. A água distribuída é adquirida da Caern.

A interrupção será necessária para que a companhia faça a substituição de um registro e parte da tubulação, além da instalação de um medidor de vazão para a cidade de Santa Cruz.

O sistema será desligado logo cedo, às 6h, com retorno previsto para as 17h30 do mesmo dia. Após a religação do sistema, o abastecimento será totalmente normalizado em até 48 horas.

BOA NOTÍCIA: Cidades de Cruzeta e João Dias saem da situação de colapso no abastecimento

Foto: CAERN

O quadro de abastecimento nos municípios do Rio Grande do Norte registrou duas boas notícias nos últimos dias. Do total de cinco cidades que ainda estavam em situação de colapso no fornecimento de água, duas deixaram essa condição.

Na região Seridó, desde o último dia 25, a cidade de Cruzeta não está mais nessa lista. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) retomou o fornecimento, com o atendimento à população agora em sistema de rodízio, sendo quatro dias com abastecimento e três dias com o sistema paralisado.

No Alto Oeste, foi o município de João Dias que teve o abastecimento retomado. Com o novo quadro, apenas três cidades da região do Alto Oeste potiguar permanecem em situação de colapso: Paraná, Pilões e São Miguel.

Apesar da boa notícia, a Caern recomenda que a população use a água de forma racional, a fim de preservar os mananciais por mais tempo.

 

Chuvas ocasionam parada no abastecimento de Afonso Bezerra

FOTO: via CAERN/ADM

A forte chuva registrada neste final de semana ocasionou oscilações de energia elétrica e, consequentemente, a queima de uma bomba do sistema que abastece a cidade de Afonso Bezerra.

Uma equipe da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) trabalha no local para restabelecer o abastecimento. A previsão é de que o sistema seja restabelecido até a quarta-feira (24). A Caern orienta que a população utilize a água disponível em reservatório com cuidados redobrado. Após retomado o abastecimento, o fornecimento deve ser normalizado em até 48 horas.

Abastecimento em cinco bairros de Natal terá parada nesta quinta-feira

FOTO: CAERN/ADM

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) informa que o abastecimento de água na capital passará por um período de suspensão nesta quinta-feira (25), afetando os bairros das Quintas, Bairro Nordeste, Dix Sept Rosado e parte de Lagoa Nova e Alecrim. A parada acontece a partir das 8h e vai até as 15h.

A suspensão será necessária para que equipes da Caern realizem o trabalho de manutenção preventiva em um equipamento do sistema, evitando interrupções futuras. Depois de retomado o abastecimento, a rede estará normalizada em um prazo de até 48 horas.

Abastecimento de água de Natal está temporariamente reduzido

Foto: CAERN/ASSECOM

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está trabalhando em duas situações operacionais imprevisíveis em Natal. Devido aos serviços o abastecimento de água na cidade está reduzido, podendo em alguns bairros haver um desabastecimento no decorrer do dia.

Nas zonas Sul, Leste e Oeste da capital a Companhia trabalha no conserto de um equipamento da Adutora 1 do Jiqui, que contribui com o fornecimento de água das regiões mencionadas. A previsão da empresa é que o serviço seja concluído nesta quarta-feira (12), com previsão de normalização da distribuição em até 48h.

Já na zona Norte, a adutora que atende os bairros Amarante, Igapó, Panatis, Nossa Senhora da Apresentação, Potengi, Jardim Lola, Vale Dourado, Nova Zelândia e Alvorada apresentou problemas mecânicos, a previsão de reparo é também esta quarta-feira com previsão de 72h para normalização.

A companhia recomenda que a população utilize a água disponível de forma racional.

Obras na BR-304 provocam interrupção do abastecimento no trecho da reta Tabajara

A população que mora às margens da BR 304, no trecho da reta Tabajara, está com o abastecimento de água suspenso devido às obras de duplicação da estrada. Durante um período de 21 dias está sendo implantado um dispositivo de drenagem, no mesmo local que passa a adutora. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) reimplantará o equipamento neste período, se adequando à obra de duplicação.

Os consumidores, durante esta interrupção, serão abastecidos por carro pipa, para isso é preciso que seja realizada a solicitação do serviço através do telefone 115 ou na Central do Cidadão de Macaíba/RN. A Adutora da Reta Tabajara atende a 700 famílias. O faturamento está suspenso, só será reiniciado quando os serviços da obra não oferecem descontinuidade na operação.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jose nogueira disse:

    A previsão era de 21 dias, já se passaram 60 e nem uma posição.

Abastecimento de água em Carnaúba dos Dantas está suspenso

CAERN/ASSECOM

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) informa que o município de Carnaúba dos Dantas, na região Seridó do Estado, está com o abastecimento de água suspenso. Problemas elétricos registrados nesta quarta-feira (26) motivaram a interrupção.

Ainda não há previsão de retomada do funcionamento do sistema, o que ocorrerá logo que o serviço de reparo for concluído.

Cidade de Cruzeta entra em colapso de abastecimento

FOTO: CAERN/ADM

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) informa que o abastecimento de Cruzeta, região Seridó, está suspenso desde sábado (22). O Açude Público Municipal que atende o município está com nível muito baixo, não havendo condições de captação e tratamento da água. Atualmente, outras três cidades estão em colapso de abastecimento, todas na região Alto Oeste, são elas: Paraná, Pilões e São Miguel.