Depoimentos revelam superpoderes da ex-secretária adjunta Adriana Trindade

Quem tiver um olhar mais crítico pode notar que alguns depoimentos, na CEI dos Contratos da Câmara Municipal de Natal, são contraditórios. Umas pessoas contradizem outras. Pra saber quem está falando a verdade fica até difícil diante de alguns detalhes apresentados. Mas um ponto é fato: todos os depoimentos mostram que a ex-secretária adjunta de Educação Adriana Trindade era detentora de superpoderes.

O empresário Ronado Souza, proprietário do prédio Ducal, onde funcionava a Secretaria de Saúde (SMS), garantiu que a responsabilidade pelo engavetamento do processo de renovação de contrato partiu de Adriana. Ele mostrou um documento assinado por Adriana desautorizando a renovação por mais cinco meses com o Ducal. De acordo com ele, o valor cobrado para ocupação do Ducal era de R$ 38 mil. O valor vencedor foi o do Novotal: R$ 85 mil.

O próprio vereador Adenúbio Melo, da base da prefeita, ficou espantado com os superpoderes que Adriana aparentemente detinha. “Não consigo entender como uma adjunta é mais forte que secretário”, disse o parlamentar.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Epocaantiguidadesrn disse:

    Engraçado isso!
    O vereador Adenubio melo "  “Não consigo entender como uma adjunta é mais forte que secretário”, disse o parlamentar.
    Veja eunao participo do meio politico nem sou maigo d enigume ,vejo que essa historia é especulaçao politica , devido a campnha do proximo ano. Todos os vereadores qurendo se elegerem. Quanto ao fato dessa senhora Adriana Trinadade nao te renovado esse contrato isso dois fatos: Um que realmnete o ducal eh o predio ja velho sem manuteçao alguma e obivo aque a pessoa aluguel imobel e vai vendo as condicçoes dele quando esta la dentro eh igual quando vc compra um carro velho.
    E a nosso vereado Adenubio Melo,  é claro meu querido nao existe os poderes como vc ta mencionado ai , pq tem uam hieranquia e vc sabe bem disso . Se Essa senhora resolveu a fazer issoobviamnete teria entrado em aocrdo com secreatrio. AGORA O DONO DO DUCAL QUERENDO FATURA MAIS , COM UM PREDIO VELHO SEM MANUTENÇAO.
    ME POUPE.
    Abraços
    Juninho

  2. Eduardo disse:

    Brunão, você acha que não existe motivo para se pedir o afastamento da prefeita?

  3. Larissapedagoga disse:

    Adriana era tida como uma pessoa forte da Prefeita dentro da SME… Usavam um termo chulas (é da cozinha da Prefeita)… Tinha acesso direto com a Prefeita e seus secretários (kalazans e cia). Virou "bode expeiatório" agora, depois da ruptura com a sra Prefeita. Dissabor este, causado pelo então sr. secretário de eduação, Edivan Martins, que sequer dava expediente na SME… Fatos estes, facilmente confirmado dentro da SME.

Depoimento de Ana Tânia na CEI dos Contratos coloca secretários de Micarla em posição delicada

A mudança das secretarias de saúde de educação do prédio do Ducal para o prédio do Novotel foi o assunto que dominou a sessão da CEI dos Contratos dessa segunda-feira (19).

O depoimento da ex-secretária da SMS Ana Tânia Sampaio mostrou que o real motivo da sua exoneração, em abril do ano passado, foi o posicionamento da ex-gestora em manter a secretaria funcionando no prédio da cidade alta.

Mesmo pressionada pela alta cúpula da gestão de Micarla, Ana Tânia enviou um ofício para empresa que administra o DUCAL comunicando a intenção de permanecer no prédio por mais cinco meses.

Segundo a ex-secretária, o prédio do Novotel, localizado em Areia Preta, não apresentava condições para o funcionamento da secretaria. Precisava de ajustes.

O posicionamento desagradou vários integrantes da gestão verde,  que encurralada pela imprensa, convocou um chamamento público para cotação de preço.

O Ducal fez a proposta mais barata, mas perdeu a concorrência.

Ana Tânia foi exonerada, e a mudança aconteceu para o Novo Hotel, autorizada pelo gabinete civil.

Os fatos colocam em situação delicada dois interlocutores de Micarla. A ex-secretária de educação Adriana Trindade, que afirmou em depoimento a CEI, que  a mudança para Areia Preta tinha embasamento técnico. E o chefe do gabinete da prefeita Kalazans Bezerra, que disse, com todas as letras, que cada secretaria cuidava dos seus contratos. A ordem final para mudança veio do gabinete.

A oposição vai cair em cima. Pode esperar!

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Edna Dantas disse:

    Conhecendo Ana Tânia como conheco, tenho certeza que fala a verdade, pois é uma pessoa idônea que não precisa de falcatruas para se promover. Deus te proteja Ana ,sei que tudo vai dar certo pois a verdade sempre vence. 

Cei dos Contratos: Proprietário do Novotel e ex-secretários prestam depoimento hoje

A Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal de Natal que investiga os contratos da Prefeitura de Natal terá hoje um dos depoimentos mais aguardados. O empresário Haroldo Azevedo, diretor da A Azevedo, empresa que locou para as Secretarias de Educação e Saúde o antigo prédio do Novotel, será interrogado pelos vereadores. Além dele, também irão depor o empresário Luís Amorim, representante do grupo Inpele, proprietário do prédio Ducal, onde estavam as duas secretarias antes de se mudarem para o Novotel. A ex-secretária de Educação, Adriana Trindade, e o atual secretário de Tributação, André Macedo, também estão na lista de depoentes de hoje da CEI.

O principal debate será mesmo sobre o contrato da Prefeitura com a empresa de Haroldo Azevedo, o que traz um gasto de R$ 126 mil por mês para o Município. Contrato, inclusive, que já é alvo de ação judicial de improbidade administrativa impetrada pelo Ministério Público Estadual.
Embora o recesso dos vereadores comece no dia 15 de dezembro, o trabalho da CEI dos Contratos continuará até o dia 23 de dezembro. A expectativa da vereadora Júlia Arruda, presidente da Comissão, é poder com a paralisação das atividades legislativas, inclusive, marcar depoimentos em outras datas, além da segunda e sexta-feira, como ocorre hoje.

Alguns secretários da Prefeitura ainda estão na lista de depoentes que serão convocados pela CEI dos Contratos. O secretário de Comunicação Jean Valério e o secretário chefe do Gabinete da Prefeita Kalazans Bezerra deverão ser notificados pelos vereadores da Comissão.

Em recente entrevista o relator da CEI, vereador Júlio Protásio (PSB), afirmou que deverá fazer a leitura do relatório no plenário da Câmara no início dos trabalhos legislativos no mês de fevereiro.

Tribuna do Norte

Micarla será convocada à CEI dos Contratos

Através de seu Twitter, a vereadora Sargento Regina comentou que já encaminhou requerimento à CEI dos Contratos pedido convocação da Prefeita Micarla de Sousa (PV).

A ida da prefeita, embora a CEI tenha instrumentos legítimos para fazê-la depor, não está certa. Micarla pode apelar ás vias legais para prorrogar seu depoimento, ou até mesmo não ir, do mesmo jeitinho que Carlos Eduardo fez na CEI dos Medicamentos.

Para os vereadores, já existem elementos suficientes que justificam a presença de Micarla de Sousa na CEI.

Esperemos.

Rodrigo Cintra cai em contradição e rebate parecer da própria Prefeitura em depoimento à CEI dos Contratos

O depoimento do secretário municipal de Esportes, Rodrigo Cintra, à CEI dos Contratos foi marcado pela contradição – vexativa em dado ponto.

O ponto alto foi o contrato de R$ 1 milhão com a ONG “De Peito Aberto”. Cintra disse que o contrato era regular. O que ele não esperava era que a vereadora Júlia Arruda sacaria um parecer da PGM no qual era afirmado que o convênio estava eivado de vícios, tais como  falta de uma planilha de trabalho, a ausência de constitucionalidade na escolhas e as atividades sobreposta (indicação de que a organização faria o mesmo serviço dos técnicos da secretaria).

Cintra, que ficou constrangido, ainda se propôs a refutar o parecer, rebatendo cada ponto dado como irregular pela própria PGM. Acabou dizendo que o contrato não foi pago.

Semurb e Semsur são as próximas a serem ouvidas na CEI dos Contratos

Na próxima sexta-feira (11), a CEI dos Contratos promoverá uma nova rodada de oitivas na Câmara de Vereadores para colher os depoimentos de gestores e ex ligados às pastas da Semurb (Meio Ambiente) e Semsur (Serviços Urbanos).

Ontem, assessores ligados às pastas de Turismo e Desenvolvimento Econômico foram inquiridos pela comissão especial de inquérito. A rodada de sexta-feira  será o terceira de depoimentos e a primeira com a participação do bispo Francisco de Assis (PSB).

"Esquecimento" marca depoimento de Rosy de Sousa à CEI dos Contratos

O depoimento da ex-secretária da Semtas, Rosy de Sousa, à CEI dos Contratos está sendo marcado pelo “esquecimento”.

Rosy está depondo nesse momento e foi indagada sobre diversas irregularidades apontadas durante sua passagem pela Semtas, de onde ela saiu em março de 2010.

Rosy não se lembrou de termos aditivos que ela assinou, nem de imóveis locados à Prefeitura do Natal e encontrados em situação de abandono pela própria CEI dos Contratos.

Estranhamente, Rosy se lembrou da situação de imóveis da gestão anterior, ao justificar porque precisou locar imóveis para o funciomento de programas assistenciais da Semtas.

Atualmente Rosy é titular da Secretaria da Mulher.

Pagamento a terceirizados era feito através de conta de motorista da Funcarte, revela ex-presidente

O artista plástico César Revorêdo revelou hoje pela manhã, na CEI dos Contratos, que durante sua gestão à frente da Funcarte o pagamento a terceirizados era feito através de uma conta em nome do motorista da fundação.

“Estava emperrado e era o único jeito de fazer. Pode não ter sido a forma mais correta, mas não houve desvios. Só foi pago o que era devido”, disse.

Matéria da Tribuna do Norte relata ainda que a contratação de empresas e associações como intermediadores do pagamento a artistas foi outro ponto levantado.

Prefeitura do Natal tem pago aluguel de imóvel duplamento, denuncia vereadora

A vereadora Júlia Arruda anunciou em seu Twitter um flagrante: a Prefeitura do Natal paga por dois imóveis destinados ao mesmo fim.

O caso é em Soledade I. Dois prédios foram locados para servir de abrigo ao posto de saúde do bairro. O primeiro foi alugado por R$ 2 mil. O segundo por R$ 492,00

E onde funciona o posto? No prédio mais barato. O outro está fechado.

É mole? O negócio é locar à Prefeitura do Natal.

Vereadores membros da CEI dos contratos fazem visita ao CRECI

Os vereadores que compõe a CEI que investiga os contratos municipais da gestão Micarla de Sousa, começaram a realizar visitas técnicas. No final da manhã de hoje estiveram no CRECI, o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, confrontando dados a respeitos dos alugueis da prefeitura. Os vereadores querem uma avaliação dos imóveis locados pela gestão.

Foto-twitter divulgada pela equipe da vereadora Júlia Arruda: