Vereadores membros da CEI dos contratos fazem visita ao CRECI

Os vereadores que compõe a CEI que investiga os contratos municipais da gestão Micarla de Sousa, começaram a realizar visitas técnicas. No final da manhã de hoje estiveram no CRECI, o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, confrontando dados a respeitos dos alugueis da prefeitura. Os vereadores querem uma avaliação dos imóveis locados pela gestão.

Foto-twitter divulgada pela equipe da vereadora Júlia Arruda:

CEI dos Contratos será instalada hoje

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) que deverá investigar os contratos da Prefeitura de Natal será oficialmente instalada hoje, após a leitura do requerimento com as assinaturas de oito dos vereadores. A partir de agora o presidente da Câmara Municipal de Natal (CMN), vereador Edivan Martins (PV), terá 72 horas (dias uteis) para indicar os nomes dos cinco membros que comporão a CEI. Já se sabe, de acordo com os termos do acordo celebrado entre a CMN e os manifestantes do coletivo #ForaMicarla, que três vagas pertencerão à bancada governista e duas ao grupo oponente à prefeita Micarla de Sousa (PV). Os cargos de chefia – de presidente e relator – devem ser preenchidos, respectivamente, pela oposição e pela situação. O prazo para que Edivan Martins nomeie os membros da comissão termina na próxima quarta-feira (29). Ele já avisou que o anúncio será feito necessariamente na próxima semana, não especificando data para tal.

A autora do requerimento que solicita a instalação da CEI, Sargento Regina, protocolou o documento ontem. A leitura da matéria não pôde ser feita porque a pauta de votação da casa estava trancada desde a semana retrasada quando o vereador Raniere Barbosa (PRB), numa manobra regimental, pediu adiamento da votação do programa “Farmácia da Gente”, de autoria do executivo. A partir de então os vereadores da oposição passaram a obstruir as sessões em protesto pela forma como a CEI anterior, a dos alugueis, vinha sendo conduzida. Na semana passada, com os manifestantes do coletivo #ForaMicarla instalados nas dependências do legislativo municipal, foi a vez do presidente da casa suspender as sessões.

(mais…)

Editorial BlogdoBG – #ForaMicarla

Há quem não concorde com os frutos do movimento #foramicarla. É defender o indefensável. Negar o inegável. O coletivo de estudantes e organizações sociais, mais aqueles do que essas, escreveram história ao contrariar a lógica de que a sociedade fica avessa aos desmandos administrativos.
Vale ponderar muitos pontos. Por hora a incerteza se a rodada de negociações promovida pela OAB se concretiza. Se sim, o #foramicarla terá conquistado a maior parte das reivindicações do protesto. Terá conseguido reconduzir e ampliar uma CEI – a dos contratos da Prefeitura – e ser ouvida em audiência pública. Uma vitória que denota muito mais acerto do que erros. Sim, esses também houve. Pelas particularidades, trataremos deles mais adiante.
Lembremos ainda que Edivan Martins (PV) sinalizou que não atenderá às reivindicações dos manifestantes até que deixem a Casa. Eles se negam. Não confiam em Martins – têm motivos para isso, mais na frente detalho – e temem que, ao sair, se antecipe o recesso da CMN, previsto para amanhã e adeus CEI e audiência pública. E pensar que essa briga toda surgiu quando alguém tuitou o primeiro #foramicarla.
A receita foi a seguinte: junte uma eclosão de greves na esfera estadual e que atinge diretamente o funcionamento da capital do estado; some com abusos praticados nos aluguéis e adicione a reprovação latente de uma administração perdida entre trocas de secretários e ações positivas esporádicas. Acrescente o fermento da avidez dos ânimos e crie uma hashtag no Twitter. Nasceu o #foramicarla.

Chama o Síndico!

Depois de extinguir a Comissão Especial de Inquérito (CEI) proposta pela Oposição para investigar os contratos de alugueis de imóveis pela Prefeitura de Natal, o vereador Edivan Martins, presidente da Câmara, já tem outros planos: promover a retirada dos jovens acampados no pátio do Palácio Frei Miguelinho, sede do Legislativo Municipal.

Os jovens serão – como é se pode dizer? – convidados gentilmente a se retirar. A alegação é de que os integrantes do Movimento #Foramicarla estão atrapalhando os bons trabalhos da Câmara e até perturbando os vizinhos com suas músicas, palavras de ordem, jogo de peteca e até mês a formação de quadrilha…junina, diga-se de passagem. E animada, ontem, pelo vereador e professor Luiz Carlos.

Entre sangês e anarriês, o BlogdoBG quer saber o que o nobre presidente da Câmara, o comunicador Edivan Martins, vai fazer se os jovens – que prometeram só encerrar o acampamento quando a prefeita Micarla de Sousa sofrer o impeachment – se recusarem a deixar a Casa do Povo? Vai chamar o Bope?

Manifestantes tem até hoje para deixarem a Câmara Municipal

Blog reproduz entrevista do Presidente da Câmara, vereador Edivan Martins ao Blog de Anna Ruth Dantas.

O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Edivan Martins, justificou a extinção da CEI dos Aluguéis por ter encerrado todos os prazos dados a bancada de oposição para indicar um membro para Comissão.

Veja a entrevista que ele concedeu há poucos minutos ao PANORAMA POLÍTICO:

Por que o senhor extinguiu a CEI dos Aluguéis?

Extingui a CEI porque já tinha dado o prazo até a semana passada para os vereadores de oposição indicarem um membro para Comissão. A pauta está trancada há quatro sessões, a Câmara estava parada aguardando essa indicação. Projetos importantes deixaram de ser votados, mais de 500 requerimentos deixaram de ser apresentados nesse período em que a Câmara está parada. Depois que Sargento Regina saiu da CEI eu dei um prazo para oposição se manifestar e indicar um novo membro, a oposição se reuniu e disse que só indicaria substituto caso fosse para relator ou presidência. Oficializei o bispo Francisco de Assis (presidente) e Albert Dickson (relator) para saber se eles abdicavam, a resposta foi negativa. Até aí já dava para extinguir a CEI. Ontem (quinta-feira) veio uma última alternativa com a reunião do PSB (que tentaria convencer o bispo a deixar a presidência, o que não ocorreu). Mas também não houve consenso. Surgiu o movimento dos estudantes acampados na Câmara também reivindicando sobre a CEI. Então agora extingui a CEI e a Câmara vai voltar a normalidade.

Mas o senhor não acredita que com a extinção da CEI a Câmara poderá continuar parada com a obstrução dos vereadores de oposição e os manifestantes acampados?

Não. Eles reivindicavam um espaço na CEI, mas agora já não existe mais CEI. Então é o momento da Câmara voltar a sua normalidade. Com a extinção da CEI a obstrução acaba.

E os manifestantes acampados na Câmara, o que o senhor fará com eles?

Será dado um prazo até hoje para eles deixarem a Câmara. Eles têm atrapalhado o serviço da Câmara. Jogam peteca, dançam quadrilha, jogam futebol. O som já incomoda os vizinhos da Câmara. Eles estão lá há vários dias. Esse movimento não precisa ser localizado na Câmara. Hoje (sexta-feira) eles deverão sair e nós vamos arrumar a Câmara para na segunda-feira começarmos tudo na normalidade.

Do Blog: Por acaso se os manifestantes não sairem, quais as medidas que serão tomadas vereador Edivan Martins?

Edivan Martins EXTERMINA a CEI dos Aluguéis

Acredito que esse gesto cauculado do Presidente ira trazer alguns dissabores para ele dentro da casa, e consequentemente para a Prefeita Micarla de Sousa.

Na edição de hoje do Diario Oficial  veio a surpresa da publicação da extinção da CEI dos Alugueis. Até onde sabíamos, as negociações vinham acontecendo entre a oposição e a situação.

O próprio PSB pressionou o vereador Bispo Francisco de Assis para que renunciasse presidência para ceder o lugar para a Oposição.

O relator, vereador Alberto Dickson, vinha sendo questionado eticamente se podia ser o relator devido a sua ligação com clinica contratada com a Prefeitura. O Próprio vereador Albert Dickson disse na 96Fm hoje que não tinha conhecimento que o Presidente Edivan Martins acabaria com a CEI, e que ficou supreso.

A verdade é que o vereador Edivan Martins aproveitou o melhor momento para sepultar a CEI. Por que só publicou no Diário Oficial hoje? Porque não tem sessão? Para matar a repercussão no fim de semana? Para desmotivar os jovens que se encontram na casa nos dias que não tem movimento nenhum na casa? Acredito que esse gesto calculado do Presidente irá trazer alguns dissabores para ele dentro da casa, e consequentemente, para a Prefeita Micarla de Sousa.

Não foi o próprio Edivan que sentou com o jovens para negociar ontem e ontem, foi só figuração? Edivan tirou a Pizza da mão da Vereadora Sargento Regina e fez questão de assar pessoalmente.

ATO Nº 008/2011
O PRESIDENTE DA MESA DIRETORA DA CÂMARA MUNICIPAL DE NATAL, no uso de suas
atribuições legais, amparado pelo art. 72, §1º do Regimento Interno da Câmara Municipal de Natal;
RESOLVE:
I – Extinguir a Comissão Especial de Inquérito criada através do Ato nº 007/2011, com o
objetivo de apurar “os investimentos imobiliários de aluguéis para a Prefeitura do Natal”,
pelas razões apresentadas no despacho proferido no processo administrativo nº 027/2011;
II – Publique-se e cumpra-se.
Gabinete da Presidência da Câmara Municipal do Natal, 09 de junho de 2011.
Edivan Martins – Presidente

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Adalberto disse:

    Com essa atitude a revolta da população aumenta cada vez mais. Até o momento eu apoiava o movimento apenas pelo twitter. A partir dessa malandragem da Câmara e da própria Prefeita irei às ruas também, juntar-me aos demais, para declarar F O R A M I C A R L A J Á!!!!!!!!!!!!!!

Complica-se a situação do Vereador Albert Dickson como relator da CEI dos Aluguéis

Albert Dickson ocupa a função de relator da CEI dos AluguéisFoto Rodrigo Sena

Tribuna do Norte:

Designado relator da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que poderá investigar os contratos de aluguéis firmados pelo Município, o vereador Albert Dickson (PP) é um dos beneficiados, como prestador de serviços da Oftalmodonto Center Ltda, de três contratos com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), assinados nos últimos dois anos. Os certames renderam à empresa, até hoje, cerca de R$ 743 mil.

Os valores referem-se à execução de serviços ambulatoriais especializados na área de oftalmologia. Os serviços são prestados numa clínica que leva o nome do vereador. Ainda em 2009, Albert Dickson solicitou a republicação de um contrato firmado com o Município afirmando que não era mais o proprietário da clínica que levava seu nome. A nova razão social do estabelecimento passou a ser Oftalmodonto Center Ltda

Os valores referem-se à execução de serviços ambulatoriais especializados na área de oftalmologia. Os serviços são prestados numa clínica que leva o nome do vereador. Ainda em 2009, Albert Dickson solicitou a republicação de um contrato firmado com o Município afirmando que não era mais o proprietário da clínica que levava seu nome. A nova razão social do estabelecimento passou a ser Oftalmodonto Center Ltda.

Numa consulta realizada ontem ao portal do Ministério da Fazenda, o empreendimento aparece descrito como uma sociedade empresária limitada. A atividade econômica principal é atendimento ambulatorial restrito a consultas. O endereço permanece o mesmo da clínica e instituto que tinha o nome do vereador. A composição societária da empresa atual não é discriminada no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

(mais…)

Júlio Protásio sugere aos manifestantes pressionarem o Bispo e Albert Dickson a desocuparem a CEI dos Aluguéis

Manifestantes e dois vereadores conversam sobre as reivindicações para substituição do relator ou presidente da CEIReportagem da Tribuna do Norte com foto de Júnior Santos.
Alvo de discórdia, as vagas de presidente e relator da  Comissão Especial de Inquérito (CEI), que investigará os algueis da Prefeitura de Natal, serão postas em mesa, mais uma vez, hoje. Após descer ao pátio ocupado por manifestantes na Câmara Municipal de Natal (CMN), o presidente da casa, Edivan Martins, e o vereador Júlio Protásio (PSB), abriram um canal de diálogo com o grupo presente e sinalizaram com a possibilidade de discussão acerca da recomposição da CEI. Nada de definitivo, mas o parlamentar do PSB, que é líder da legenda na CMN, se comprometeu em reunir a bancada na manhã de hoje no intuito de “sensibilizar” o vereador Bispo Fraqncisco de Assis (PSB) a deixar a presidência da comissão e entregá-la a um dos membros da bancada de oposição. O grupo que entoa palavras de ordem contrárias à gestão da prefeita Micarla de Sousa (PV) teve a intermediação da presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat), Soraya Godeiro.

Há dois dias ocupando o pátio interno da CMN, os manifestantes chegaram condicionar a saída do local a realização de uma audiência pública que deverá discutir os aluguéis da Prefeitura de Natal (pleito atendido) e também a entrega da relatoria ou da presidência da CEI a um dos vereadores da oposição. Os vereadores Edivan Martins e Júlio Protásio desceram ao pátio da CMN acompanhados de três seguranças. Se aproximaram, sentaram, conversaram e debateram. Réus da Operação Impacto, ambos ouviram parte dos manifestantes lembrarem da boa aparência na qual se encontram as instalações do legislativo e, por outro lado, lembraram que os gabinetes precisam também da leveza das paredes e estrutura do local. “Estamos aqui para dizer que más lembranças como a da Operação Impacto não deveriam ser repetidas”.

Quando Edivan Martins exclamou que não tem legitimidade para “atropelar” o regimento interno da Casa e determinar quem será o relator e o presidente da CEI ouviu dos manifestantes que é o líder da casa e que, inegavelmente, tem um substancial poder de articulação e convencimento perante os demais. “Não dá para dizer que o senhor não tem nada a ver com essa formação. O senhor lidera essa casa e sabe muito bem que pode articular no sentido de dar maior isonomia e moralidade a esse processo”, destacou um dos presentes.

Durante todo o diálogo os vereadores utilizaram o regimento interno da casa como argumento para as decisões tomadas até agora na CEI dos alugueis. Em certo momento, Júlio Protásio chegou a sugerir aos manifestantes que pressionassem os vereadores Bispo Francisco de Assis e Albert Dickson (PP) a desocuparem uma das vagas – de presidente e relator – porque a Mesa Diretora não detinha mais de legitimidade para fazê-lo. Albert, aliás, foi alvo de agudas críticas da mobilização e é tratado como um representante “suspeito” da CEI dos alugueis. “Queremos que pessoas da confiança da população façam parte desse processo e dêem a transparência necessária”, destacaram. No pátio da CMN pode-se encontrar uma verdadeira diversidade partidária, social e cultural. Do PT ao DEM, do artista ao advogado. “Um movimento plural, horizontal e sem líderes”, definiu o estudante Marcos Aurélio.

CEI dos Aluguéis encerrada – PIZZA fria

Informaçõs da TN On Line.

O presidente da Câmara Municipal do Natal, vereador Edivan Martins (PV), foi comunicado oficialmente sobre a posição dos vereadores de oposição, que declinaram do direito de indicar um substituto para a vereadora Sargento Regina (PDT) na CEI dos Aluguéis. Ontem, Edivan Martins decidiu que fará consulta à Procuradoria Legislativa para embasar posicionamento que irá tomar já na segunda-feira (6) e confirmou que a tendência é que a CEI seja extinta.

Edivan Martins argumentou que a Mesa Diretora da Câmara buscou contemporizar o problema na CEI, uma vez que Sargento Regina decidiu deixar o grupo por não ter a condição de participar da investigação como presidente ou relatora da CEI. O presidente deu à oposição a chance de que indicasse um novo integrante para a Comissão, mantendo o grupo minoritário representado na investigação. Contudo, disse que considera o posicionamento dos outros dois parlamentares Albert Dickson (PP) e Bispo Francisco de Assis (PSB), que negaram à Regina a possibilidade de relatar ou presidir a comissão, natural.

“Reservei até a última instância a vaga para a oposição para que haja um equilíbrio das forças da Casa. Apesar de considerar legítima a postura da vereadora (Regina) e da oposição em cobrar o posicionamento de relator ou presidente da CEI, também é legítima a postura dos vereadores. Houve uma eleição democrática dentro da CEI”, disse Edivan Martins.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. …e eu que cheguei a acreditar na lisura, na força, nos argumentos e na sua independência para prosseguir com a CEI DOS ALUGUEIS…..mas ela se rendeu a um argumento forte……..É muito estranho esse seu afastamento de uma coisa criada por ela mesma……..O que terá acontecido????????

Pizza, acusações, desabafos e sexualidade na seção da Câmara do Natal ontem

Termina hoje o prazo dado pelo presidente Edivan Martins para que a dita bancada de oposição na Câmara Municipal de Natal indique o seu representante na CEI dos Aluguéis. Pelo andar da carruagem, a oposição não vai indicar ninguém por não concordar com a distribuição dos cargos na CEI. A bancada micarlista tomou conta da Presidência e da Relatoria, restando a bancada de oposição o papel de coadjuvante. Ontem, numa tarde agitada na casa teve de tudo na sessão da Câmara.

DESABAFO
O vereador Heráclito Noe subiu a tribuna para fazer um desabafo contra uma injustiça, segundo ele, que o Jornalista Tulio Lemos cometeu a respeito da lei do edil que proíbe paredões de som na cidade do Natal.
Segundo o jornalista, um parente de Heráclito Noe desfilou pelas ruas da capital no domingo com um paredão de som ligado nas alturas. Heráclito num desabafo emocionado informou que não pode responder por familiares, ainda mais esse familiar sendo dependente químico há muitos anos, e que durante sua vida seja como delegado e parlamentar não tem quem aponte um gesto dele que o reprove como cidadão e ser humano.

APARTE
Ainda no pronunciamento do parlamentar, ele cedeu um aparte ao vereador Raniere Barbosa que bateu sem pena no Jornalista Tulio Lemos. insinuou, inclusive, que o jornalista esconde suas opiniões por trás de  “cartas de leitores”, que tem telhado de vidro e ainda disse que o pai do jornalista responde a processos na justiça por desvio de dinheiro publico quando foi prefeito de Macau. Ainda na mesma sessão, a vereadora Sargento Regina entrou na sua vida pessoal e confirmou que é lésbica e que tem orgulho de sua opção sexual. Disse também que o que Fakes (perfis falsos) vem fazendo com ela nas redes sociais é desumano e muito baixo.
Como podemos ver, a sessão da Camara foi recheada de coisas que, sinceramente, a população não tem tanto interesse, o que importa e a CEI dos Aluguéis, e essa está muito claro que não vai sair do canto.
A CEI dos Aluguéis virou mais um pizzaria com pizza sem sabor.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nossos vereadores já acham pouco e agora usam o espaço da câmara para fazerem a famosa futrica. Ô povinho sem futuro. Quanto ao paredões de som, isso é coisa de papangu, maracatu, mal eduacados e de gosto musical no minimo duvidoso. Não entendo como uma pessoa GASTA com o som mais que o valor do própio carro.

  2. Caro Bruno ,
    A respeito desta lei dos paradões, quero manifestar minha opnião que deve existir lei que controle e punições mais a proibição isso seria muito grave mais cada um que tinha sua opnião .
    So que deixa uam pergunta sobre esta lei, proximo ano tem campanha municipal , Como vai ficar a situação das " Baratinhas " os carros de som que os politicos usam para divulgar sua marca e seus pensamentos aos eleitores ?

    Gostaria de uma opnião de todos

    Muito obrigado pelo espaço Bruno Geovani

Sargento Regina faz acusação séria contra Albert Dickson

A vereadora Sargento Regina foi enfática hoje em entrevistas nos jornais, ao afirmar que o colega vereador Albert Dickson não teria isenção para ser relator da CEI dos alugueis porque uma clínica de oftalmologia  que pertence a ele ou familiares tem contrato de prestação de serviço com a Prefeitura do Natal. A clínica tem, inclusive, o nome do vereador. Ainda segundo a vereadora e policial militar, o vereador tem interesses maiores do que apurar a verdade sobre os alugueis pagos pela Prefeitura do Natal. O que a vereadora Sargento Regina afirma, com todas as letras, é muito sério. Com a palavra o vereador Albert Dickson.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elves Alves disse:

    A vereadora sargento Regina pode ter todos os defeitos deste mundo, mas está corretíssima no que afirma em relação a seu colega Albert Dickson. Conheci-o cerca de um ano antes das convenções em que postulou a sua candidatura, numa feira de artesanato realizada no centro de convivência da UFRN. Ele já estava à solta catando eleitores e simpatizantes quando lhe indaguei por qual partido sairia candidato. "Muito provavelmente o PMN", disse-me, alegando que a chapa proporcional do PV deveria ficar muito congestionada atém as convenções. E fez questão de ressaltar que era amigo particular de Micarla de Sousa, além de ser seu oftalmologista e de familiares.

Charge do DIA – Sargento Regina abandona CEI dos Aluguéis

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. CAMPEÃO BRASILEIRO disse:

    Era o mequinha de Natal… já foi mequinha de Parnamirim… hoje é mequinha de goianinha… e no futuro poderá ser mequinha de Pitangi…
    Veja senhores e senhoras, que time sem futuro, sem simpatizantes, sem casa própria.
    Vamos apoiar essa idéia, o mequinha poderá jogar bem pertinho!!
    o torcidinha sofrida essa!!!

Em protesto, Sargento Regina abandona CEI dos aluguéis

Por Ana Ruth Dantas:

A vereadora Sargento Regina pediu dispensa da Comissão Especial de Inquérito que investigará os alugues pagos pela Prefeitura de Natal.

A decisão é em represália ao fato de vereadores da bancada governista ter ficado com a presidência e relatoria. “Quando cheguei para reunião hoje pela manhã o bispo Francisco de Assis disse que seria presidente e o vereador Albert afirmou que seria relator. Saiu da CEI porque não sou palhaça”, destacou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Romeiro disse:

    Essa mulher também parace menina mimada. Quer tudo pra ela! Querendo dar uma de boazinha numa CEI que já sabemos que não vai dar em nada. Tudo farinha do mesmo saco!

CEI dos aluguéis tem os nomes definidos

O presidente da Câmara Municipal, Edivan Martins, confirmou os nomes dos vereadores Albert Dickson (PP), Sargento Regina (PDT) e Bispo Francisco de Assis (PSB) para integrar a Comissão Parlamentar de Inquérito dos Aluguéis. A famosa CEI dos Aluguéis que tem como autora a Vereadora Sargento Regina.

Os vereadores indicados vão marcar a primeira reunião da CEI para definir a estratégia de investigação sobre os contratos de locação de imóveis pela prefeitura de Natal. A CEi ficou com Sargento Regina da oposição  e os  vereadores Albert Dickson e Bisbo Francisco de Assis da base de apoio da prefeita.

O Presidente da CEI e o relator será escolhidos entre os próprios componentes da comissão.

A CEI poderá até não ter resultados práticos, mas que vai sangrar politicamente a Prefeita não tenham a menor dúvida. Fora os dissabores pessoais de alguns que serão convocados como deve ser o caso do empresário Haroldo Azevedo, que vem a ser o proprietário do prédio do Novotel Ladeira do Sol aonde funciona as Secretárias de Saúde e Educação. Só o aluguel desse prédio ultrapassa os R$ 120.000,00 mês.

CEI dos Aluguéis anda

Hoje a tarde a Vereadora Sargento Regina deu entrada no pedido da CEI dos aluguéis na Câmara Municipal. Essa CEI é a que será responsável de investigar os contratos dos alugueis feitos pela Prefeitura do Natal.

O documento, proposto pela vereadora Sargento Regina, tem oito assinaturas: dos vereadores Júlia Arruda, Adão Eridan, Ranieri Barbosa, Luiz Carlos, Assis Oliveira, Fernando Lucena e George Câmara, além da própria autora.

O presidente da Câmara, vereador Edivan Martins, tem três dias para instalar a CEI dos Aluguéis e indicar os cinco membros. Os vereadores que assinaram esta CEI, através de Sargento Regina reivindicaram em plenário a relatoria.