Copa 2014: Fred considera punição a Suárez ‘severa demais’

Em entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, o atacante Fred, da seleção brasileira, considerou a punição da Fifa imposta a Suárez “severa demais”. Luisito foi suspenso por nove jogos por conta da mordida em Chiellini, da Itália.

– Não tem como negar que ele cometeu um erro. Mas eu, como jogador, como ser humano, compreendendo que lá dentro o jogador está à flor da pele, tem a tensão, a disputa. Acabo enxergando a punição como severa demais. Debati com algumas pessoas, e acharam que foi justa. Para mim, não, porque pode acabar com a vida do atleta. Quatro meses, nove jogos… Todo mundo criticando o erro. Tem que ser punido, sim, mas gostaria muito de ver o Suárez jogando essa Copa no Brasil – disse Fred.

Suárez já deixou a concentração da seleção uruguaia e não acompanhará a delegação no restante do Mundial.

Extra – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Olivia disse:

    Foi. Beijinho no ombro!!

  2. Edu disse:

    Rick vc foi SÁBIO, MARAVILHOSO, GÊNIO, MAGISTRAL, etc, etc…no seu comentário, eu mesmo vou usar esse vídeo de Soares Vampiro para me safar numa situação dessa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. rick disse:

    Também acho!
    Apesar de ter sido punido, Suares prestou um serviço a todos os homens do mundo. Provou para as mulheres que, existe sim a possibilidade de sair para jogar bola e voltar com uma mordida no ombro! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. francisco a costa disse:

    Fred cala a boca. O cara é reincidente. Mais vc tem razão as penas no Brasil são muito
    leve. Por isso tá essa bagunça.

Copa 2014: sete mil japoneses compraram ingressos para jogos em Natal

Recepcionar bem os sete mil japoneses estimados para assistir aos jogos da Copa do Mundo Fifa Brasil 2014 em Natal e transformar esse legado em ponte turística permanente entre o Rio Grande do Norte e o Japão. Foi esse o objetivo da reunião ocorrida nesta quarta-feira (28) entre a Associação Cultural Nipobrasileira do RN e o trade turístico, na sede da Secretária Municipal de Turismo e Desenvolvimento (Seturde), com presença da secretária de Estado do Turismo, Gina Robinson, e da cônsul do Japão em Recife, Hitomi Sekiguchi.

A presidente da Associação Nipobrasileira, Ana Muller, informou que o conhecimento dos costumes nordestinos pelo japonês inexiste. Segundo ela, quando muito, o japonês conhece algo do Rio de Janeiro. “Então é importante essa recepção, esse conforto proporcionado a esse grande número de japoneses, para que possam voltar e estabelecer essa ponte permanente. Natal já está sendo muito divulgada na imprensa japonesa como a Cidade do Sol. É um momento único que deve ser aproveitado”, frisou Muller.

Voluntárias da Associação Nipobrasileira expuseram costumes nipônicos, dicas gastronômicas e até gestos típicos de respeito e gentileza para proporcionar melhor recepção da comitiva nipônica, que inclui, além de jornalistas e turistas, a princesa da Casa Imperial. Curiosidades como o costume de jogar papel higiênico no sanitário, aparelhos eletrônicos plugados em tomadas de 100 voltz e desejo de conhecer a comida regional foram algumas das sugestões dadas a receptivos e hoteleiros presentes à reunião.

Com apoio do Governo do Estado, o Consulado do Japão terá uma base montada no Centro de Convenções de Natal. Cerca de 40 voluntários da Associação com domínio fluente da língua japonesa estarão disponíveis para recepcionar esses turistas e jornalistas em hotéis, viagens e outros pontos estratégicos de visitação e chegada. Também serão confeccionados cinco mil guias em japonês para distribuição nesses pontos. Apenas um dos receptivos presentes ao encontro informou que trará 800 japoneses a Natal, a maioria casais de idade mais avançada.

O encontro também serviu para representantes da Prefeitura e do Estado explicitarem a logística de locomoção disponibilizada para jornalistas conhecerem pontos turísticos de Natal e da Grande Natal, através de city tours com veículos fornecidos pela Seturde e dois micro-ônibus disponibilizados pela Empresa de Promoções Turísticas (Emprotur) para conhecer os roteiros turísticos pré-agendados nos municípios vizinhos.

FOTO: Reunião no Palácio Felipe Camarão discutiu o Plano Operacional de Mobilidade para a Copa

19049O Palácio Felipe Camarão recebeu nessa quinta-feira (15) o Secretário Nacional de Transporte, Júlio Eduardo, para uma reunião com representantes da Prefeitura do Natal para a apresentação dos projetos de acesso a Arena das Dunas e ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante e os principais pontos do plano de mobilidade para a Copa.

O encontro contou com a presença dos secretários de Obras Públicas, Tomaz Neto e de Mobilidade, Walter Pedro, o Secretário de Comunicação, Heverton de Freitas, o Diretor de Trânsito de São Gonçalo, Paulo Roberto Macedo e os representantes da PRF, PM e Construtora Queiroz Galvão.

Durante a reunião, foi discutido a mobilidade ao Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, que foi apresentado pelo diretor de trânsito da cidade, Paulo Roberto, que mostrou as rotas de acessos, linhas de ônibus e tempos de percurso e sinalização, que juntos com outros órgãos vão garantir o fluxo do trânsito para o novo Aeroporto.

“Nós fizemos uma trabalho de identificação de possíveis pontos de congestionamento dos acessos ao aeroporto e hoje nós só vamos ter apenas o acesso norte, interligando a BR-406 e um trecho que interliga a RN-160. Nossa preocupação maior é com relação ao corredor principal, que vai ser de aproximadamente 27km da Arena para o Aeroporto, então existe um estudo que junto com a PRF, DNIT e as prefeituras para fazer um trabalho conjunto para deixar o trânsito fluir nesses trechos”, explicou Paulo Roberto.

Um outro ponto importante que entrou em pauta foi com relação a interdição do viaduto da BR-101, que não ficará pronto até o início da Copa. Tomaz Neto, secretário de Obras Públicas, estava presente e explicou como será feito o isolamento do viaduto, “O Viaduto vai estar completamente envelopado, tapumes até a altura de 3 metros, esses tapumes vão estar não só na aérea do viaduto, vamos prolongar o que estão na BR-101, até onde finaliza a obra e também vamos colocar blocos de concreto encostado ao tapume”.

O Secretário Adjunto de Mobilidade, Walter Pedro, falou sobre as linhas especiais de ônibus que estarão disponíveis durante o mundial assim como as áreas oficias de estacionamento e a sinalização informando os caminhos para Arena das Dunas e Fifa Fan Fest.  O secretário explica que são seis de linhas especiais de ônibus, que vão desde a Rodoviárias-Arena das Dunas e Arena das Dunas-Via Costeira, onde funcionaram durante todo o evento ao preço de R$ 2,20. Além dessas, funcionara a linha circular que tem o trajeto definido dentro do Campus UFRN e Arena das Dunas, que será de graça para quem possuir os ingressos dos jogos.

Por fim foi discutido o Plano de Comunicação de Mobilidade, que foi apresentado pelo Secretário de Comunicação, Heverton de Freitas, que mostrou os principais pontos do plano.” Nós fizemos um plano para comunicar essas questões de mobilidade focado, basicamente, na mídia digital. Nós estamos produzindo uma folhetaria, onde vai ter um mapa de bolso da área do entorno do estádio com as informações básicas.  Teremos um Hotsite do Fifa Fan Fest que também terá mapas sobre a questão da mobilidade. Vamos convocar uma entrevista coletiva, que será organizada no Presspoint, na UFRN, onde serão colocados todos esses ponto de forma didática de como será feita a mobilidade em dias de jogos.

COPA DO MUNDO: Confira a lista dos 23 convocados por Felipão

BnCku8BCYAA7BxWO técnico Luiz Felipe Scolari divulgou nesta quarta-feira (7), em evento no Rio de Janeiro, os nomes dos 23 jogadores convocados para defender a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014.

O anúncio da lista oficial foi cercado de muita expectativa e contou com a presença de mais de 500 profissionais da imprensa brasileira e mundial.

O técnico Luiz Felipe Scolari concedeu uma rápida entrevista antes do anúncio e pediu o apoio do povo brasileiro.

— A partir da convocação, mesmo que discordem de A, B ou C, que os 23 convocados sejam muito bem recebidos, e que todos juntos, CBF, imprensa e torcedores, sigamos em direção ao que mais desejamos, que é conquistar o campeonato mundial aqui no Brasil.

A principal surpresa ficou por conta do zagueiro Henrique, do Napoli, com quem Luiz Felipe Scolari trabalhou nos tempos de Palmeiras. O jogador também pode atuar como volante.

Os jogadores convocados se apresentarão à comissão técnica no próximo dia 26 de maio, quando darão início aos treinamentos visando à estreia no Mundial, dia 12 de junho, diante da Croácia, no Itaquerão.

Antes da abertura da Copa o time de Felipão ainda fará mais dois amistosos preparatórios, dias 3 e 6 de junho, diante de Panamá e Sérvia, em Goiânia e São Paulo, respectivamente.

Confira abaixo todos os convocados do Brasil para a Copa do Mundo.

Goleiros: Julio César (Toronto-CAN), Jéfferson (Botafogo) e Victor (Atlético-MG)

Laterais: Daniel Alves (Barcelona-ESP), Maicon (Roma-ITA), Marcelo (Real Madrid-ESP) e Filipe Luís (Atlético de Madrid-ESP)

Zagueiros: Thiago Silva (Paris Saint-Germain-FRA), Dante (Bayern de Munique-ALE), David Luiz (Chelsea-ING) e Henrique (Napoli-ITA)

Meio-campistas: Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE), Ramires (Chelsea-ING), Paulinho (Tottenham-ING), Fernandinho (Manchester City-ING), Oscar (Chelsea-ING), Willian (Chelsea-ING), Hernanes (Inter de Milão-ITA)

Atacantes: Jô (Atlético-MG), Neymar (Barcelona-ESP), Hulk (Zenit-RUS), Fred (Fluminense) e Bernard (Shakthar Donetsk-UCR).

R7

Revista americana aponta Natal como uma das três cidades mais fascinantes da Copa do Mundo no Brasil

Natal-3Veja na íntegra a reportagem da revista americana Big Story, que aponta Natal e mais duas cidades com as mais fascinantes para visita durante a Copa do Mundo de 2014:

Graças aos soldados americanos , ” Natal foi o primeiro lugar no Brasil a usar jeans , mastigar chicletes e usar óculos Ray-Ban “, diz o prefeito Carlos Eduardo Nunes Alves. Que coincidência, então, que a equipe dos EUA vai jogar um dos seus jogos de grupo da Copa do Mundo na cidade costa atlântica.

A sua localização no bojo do nordeste do Brasil fez Natal estrategicamente importante na II Guerra Mundial, porque foi o ponto de partida mais próximo da América Latina à África, 1.800 milhas para o leste através do Atlântico.

Assistindo brasileiros transformar um dia na praia em arte, surfando as ondas quentes e brincando no sol , agora é difícil imaginar o quão importante era Natal para o esforço de guerra. Seu campo de Parnamirim se tornou a maior base aérea dos EUA fora dos Estados Unidos , um ” Trampolim da Vitória ” para as tropas e suprimentos de título para o combate na África, Europa ou Ásia.

A cidade tem uma ” Miami Beach “, um nome que os guias turísticos locais dizem que foi deixado para trás pelos soldados que costumavam tomar banho lá.

O prefeito era cético em relação a essa reivindicação. Mas ” um monte de americanos se casaram com mulheres a partir daqui “, disse ele .

Durante a Copa do Mundo , a sua Câmara Municipal pretende comemorar a conexão americano , fazendo cartões postais de uma foto tirada quando os presidentes Franklin D. Roosevelt e Getúlio Vargas do Brasil reuniram-se em Natal em janeiro de 1943 para cimentar a cooperação de guerra de suas nações .

A seleção americana enfrenta Gana na Arena das Dunas, definida como uma tigela de arejados naturalmente arrefecido pela brisa do mar , com arcos telhado branco que lembram dunas esculpidas pelo vento e 42.000 assentos nas claras e escuras azuis do Atlântico.

Texto original: http://bigstory.ap.org/article/3-fascinating-world-cup-cities-brazil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ana maria rosa rezende disse:

    escoli natal pra vever estou aqui a 3 anos sou goiana vivi em usa boston londres 10 anos mas natal linda NATAL I LOVE .

  2. Giovani Carvalho disse:

    Antes de postar meu comentário fiz questão de ler todos os outros e vejo que muitos que discordam da situação privilegiada de Natal com uma das capitais mais belas do Brasil assinalam questões importantes, que realmente precisam melhorar, afinal de contas a Capital potiguar é uma cidade turística. Porém, se compararmos com várias outras capitais brasileiras não estamos numa colocação ruim, podem apostar. Claro que queremos sempre melhorias, e a Copa veio impulsionar esses avanços, mesmo que algumas obras sejam concluídas pós copa. Diferentemente como cidades

    • Giovani Carvalho disse:

      Diferentemente de cidades como Cuiabá que tiveram que fazer muitas obras para se ter alguma condição para receber os turistas. Sem contar o caos do trânsito de algumas metrópoles, que Natal não chega nem perto. Portanto, nossa cidade é sim um dos melhores locais de se viver em nosso país, mesmo que alguns vejam de outro modo, mas a visão negativa ea cidade se dá nesse momento, em parte, pela visão negativa geral que se tem do Brasil, após as manifestações que ainda estão nas mentes e corações do povo brasileiro. Natal não merece ser vista de um ângulo negativo e sim as melhorias devem ser cobradas para que a cidade sempre possa avançar na qualidade de vida de sua gente.

  3. Anderson disse:

    Troquei a Freguesia do Ó – São Paulo por Ponta Negra – Natal – Foi uma das a melhores decisões que tomei na vida… Viva Natal!

  4. JOILCA BEZERRA disse:

    Eu amo Natal! Adotei e fui adotada por essa cidade maravilhosa há 30 anos! Não poderia ter feito escolha melhor. Valeu a pena!

  5. Joilca Bezerra disse:

    Amo Natal! Moro aqui há 30 anos.Já adotei como minha terra natal! Sempre fui muito bem acolhida por todos!

  6. Manoel disse:

    Quanto mais eu ando pelo Brasil mais me orgulho de ser potiguar. Natal é linda, povo hospitaleiro e muito boa de se morar e conviver, porém problemas existem em todas as cidades.

  7. Hugo Leonardo disse:

    Natal apesar de todos os problemas políticos e estruturais ou qualquer que seja, não me vejo morando em outro lugar..
    Problemas todas as cidades do Brasil tem, quer conhecer? É só viajar…

  8. Caroline Greene disse:

    Na terra do sol…beleza sem igual.. não a nada igual
    Natal como eu te amo…como te amo Natal

  9. TELMA RIBEIRO disse:

    FIQUEI COM MUITA VONTADE D CONHECER AGORA . N TINHA A MINIMA VONTADE DE CONHECER O NORTE MAS VENDO FOTOS E COMENTÁRIOS JÁ QUERO IR O PRÓXIMO ANO. DEUS ABENÇOE ESSA TERRA.

    • Geraldo Peregrino disse:

      Nordeste, minha senhora. NORDESTE!

    • aline disse:

      Só para avisar … Natal fica no nordeste e não no norte do país.

    • Fernanda disse:

      Moça, preciso lembrar que Natal é no NORDESTE brasileiro, e não no NORTE.
      Espero que goste muito da nossa cidade, lugar mais bonito não há.

    • Edvanilson disse:

      "Não tinha a mínima vontade de conhecer o norte" rs

      ¬¬

    • Natalense disse:

      Primeiramente, estude mais um pouco Geografia, pois Natal não pertence a maravilhosa região Norte, e sim, a do Nordeste!

    • Carla disse:

      Gente que só sabe criticar, afff, e nem olha para o seu nariz. Uma vez fiz um comentário com muito sotaque na folha de São Paulo sobre José Dirceu, (Olha que nem sou Potiguar, sou Sul Mato-grossense, Corumbaense, mas amo Natal de coração) e uma pessoa que nem tinha foto em seu perfil falou: Você sabe Carla Dalence o que o José Dirceu fez? Eu apenas postei um sotaque bem conhecido… Agora deu! rsrsrsrsrsrsrs O RN é lindo faço faculdade de Turismo e conheci lugares lindos no RN, Natal então, uma cidade show, onde muita gente vem passar as férias e onde moramos! Viva Natal!!!!

    • Gleyse disse:

      Não é norte, é Nordeste, pois existem muitas diferenças culturais, climáticas e geomorfológicas que diferenciam todas as regiões do Brasil 😉

    • É nordeste minha cara, NORDESTE 😉

  10. Sandemberg Oliveira disse:

    É preciso enxergar Natal não apenas como uma cidade comum, mas como uma cidade que vem se expandindo e é possível ver isso nos constantes investimentos empreendedores que, aos poucos, transformam a cidade de Natal num grande atrativo econômico e turístico.

  11. Juranilda Barbosa disse:

    Sou natalense e conheço quase todas as cidades do Brasil, e muitas delas serão sedes da Copa do Mundo, e posso dizer sem medo de errar que NATAL, realmente é uma das mais belas capitais que terão o privilégio de fazer parte do cenário da COPA DO MUNDO de 2014. Costumo dizer carinhosamente é claro, que Natal é uma cidade pequena, mais muito atrevida, metida a cidade grande. Dona de um clima maravilhoso, de belezas naturais invejáveis, Como toda cidade, tem seus problemas sim, suas dificuldades, mas qual a que não tem? Com tudo, e por tudo é que ela se destaca, a pequena princesinha do sol fará sempre bonito em qualquer evento. Viva Natal.

  12. Eduardo Jr disse:

    Pobre Natal. Cidade apenas pra turista ver.Cheia de problemas sociais e de interesse apenas de classes políticas que se perpetuam no poder há anos e se valem destes problemas para continuarem no poder com a ajudinha generosa de empresários. Não conseguem resolver o simples problema de transporte público. Pobre Natal…

    • Kariny Noronha disse:

      Caro Eduardo Jr,
      A uma semana atrás estive na cidade de Mossoró do nosso querido estado do RN numa viagem rápida, e pelo pouco que pude vivenciar lhe afirmo, nossa cidade além de dispor de várias belezas naturais, pela qual não há a necessidade de um "marco" na historia para que seja lembrada como referencia nas festas juninas e apenas, ela é habitada por pessoas educadas e hospitaleiras, não há ranking dessa para as cidades violentas do nosso pais, então amigo não existe cidade alguma que não tenha problemas econômicos, desorganização no transporte publico ou no trânsito, saúde, educação, dentre outros "calces" de uma sociedade. Concordo que temos uma declividade no gráfico informativo sobre a cidade de Natal, porém comparada a "outras" é o próprio paraíso!
      Existe cidade que nem para "palco turístico" serve! Mesmo

      Atenciosamente,
      Kariny Noronha

    • Alex disse:

      Pobre Natal? Que é isso cego Eduardo Jr!

    • Marcello Castro disse:

      Quem abre a boca pra elogiar Natal ou está tirando algum proveito do pobre turista que cai nas ciladas das agências de viagem, ou é um provinciano que não conhece o que viver numa cidade que cuida do seu lixo, de suas vias, de sua orla, de suas praças, de sua cultura, dos seus cidadãos. Natal já era, e com os políticos cínicos e corruptos que temos por aqui a cidade não se levanta nunca mais.

    • Pedro B. disse:

      Sou POTIGUAR e, infelizmente, tenho que concordar com você Eduardo Jr. Sinto pena da minha cidade pelas pessoas que a habitam. Somos hospitaleiros claro, mas somos mal educados, quando eu falo somos, não feliz, tenho que me incluir. Claro que os de fora e os cegos que vivem aqui só observam as belezas naturais e a rede hoteleira que aqui existe, mas os mesmos esquecem de ver, ou fecham os olhos, para os inúmeros papéis, plásticos, e outros tipos de lixos que estão jogados nos canteiros e calçadas da cidade. A falta de educação vai desde o humilde habitante até o chefão do poder. As pessoas aqui poderiam ao menos saber cumprimentar com um "bom dia". "boa tarde" ou "boa noite", quando chegam em um restaurante, em uma loja, ou ao pedir uma informação, mas elas não o fazem ou "esquecem". Enfim, não quero dizer que aqui é o pior lugar do mundo, mas também não é uma das mil maravilhas que todos acham que é. Precisamos melhorar, e muito para ai sim, sermos uma maravilha de verdade. Sei que esses defeitos existem em muitas outras cidades, mas não devemos tomá-las como referencial. Se as outras cidades não são dignas de fascinação, não são com elas que podemos comparar a nossa. Espero que até a Copa do Mundo Natal esteja limpa, com o trânsito fluindo, hospitais atendendo perfeitamente a população e as pessoas falando, pelo menos, o INGLÊS básico. Já vi muitos falarem que quem vem pra cá tem a obrigação de falar Português. Ai eu sinto mais pena ainda… Sem mais.

    • Salete disse:

      Concordo inteiramente!!!
      Natal é inegavelmente uma cidade de belezas naturais incomparáveis. Temos o privilégio de ter um mar morno, de cor linda e com uma temperatura fascinante para europeus, americanos e sulamericanos que sofrem com o invernos rigorosos e se maravilham com o sol quente. E é só!
      Somos hospitaleiros?! Até que ponto?! Há uma enorme falha dos gestores públicos que tem, em administrações contínuas, dilacerado essa cidade. Não há saúde, educação, segurança, limpeza e transporte público eficiente. Uma cidade praticamente sem árvores, sem praças cuidadas e bonitas. Ponta Negra é linda, mas a orla é um desastre. Não há banheiros públicos, não há calcadão, não há beleza ali construída pelo homem. Apenas a que Deus fez. Basta ir a Recife e Macéio para ver o que é uma orla com o cuidado mínimo. Sem falar na orla do Rio de Janeiro.
      E o que dizer de nós? Nosso trânsito está caótico sim, mas o potiguar simplesmente se acha o dono da rua e sobe em canteiros, faz contramão, inúmeras trancadas em outros veículos, como se isso fosse a coisa mais natural do mundo.
      Fila?! As pessoas aqui não sabem respeitar a fila do cinema, nem do elevador, o que dirá respeitar a fila para entrar no estádio de futebol?! Vá a Buenos Aires e Santiago e veja as pessoas fazendo fila para pegar o ônibus (sim, de transporte público). Jogamos lixo na rua, nos canteiros, queremos nos livrar de nossos problemas particulares, como se sujar as ruas não fosse um problema nosso.
      Realmente, concordo que quem elogia tanto Natal nunca saiu daqui. A cidade é linda de belezas naturais e só.
      O que um gringo vai fazer aqui depois de ir a praia? Vai ao shopping pq não há museu, praça, biblioteca ou qualquer monumento para visitar.

    • Nelson disse:

      Não adianta, sempre teremos chatos, como Eduardo Jr e vc…Fato!

    • Salete disse:

      Nelson parece que você não sabe contar. Há mais chatos nos comentários do que apenas o Eduardo e eu com a mesma opinião.
      Apenas tente manter o nível da civilidade e educação.

    • edpborges disse:

      Venha ao Sudeste que vocês iram conhecer pessoas mal educadas, essas
      sim não sabem o que é cordialidade é somente um venha nós.
      Moro no Sudeste e não vejo a hora de voltar ao meu Nordeste(RN).
      Não só no Nordeste que essa cambada de politico ladrões se perpetuam no
      poder culpa do povo que não sabe escolher e reconhecer que tem que renovar.

    • Marcello Castro disse:

      Concordo com você, e acrescento: Natal, hoje, é uma das piores cidades do Brasil para se viver, resultado das desastrosas administrações que se sucedem há décadas, tanto em nível estadual quanto municipal. É talvez a única cidade de praia que não tem uma orla decente para os seus moradores e turistas. Por sinal, a prefeitura até cancelou a queima de fogos do réveillon em razão das obras de Ponta Negra, um dos cartões portais da cidade e que hoje só é frequentado por prostitutas, gringos interessados em turismo sexual e turistas desavisados, que pagam caro pelos péssimos serviços oferecidos. Nossos políticos, e uma elite gananciosa e corrupta, e que não ama a sua cidade, acabaram com Natal. Turista aqui só vem uma vez.

    • Tony disse:

      Conheço o Brasil quase todo e moro aqui faz 22 anos . Natal a noiva do sol só perde em beleza natural somente pra o Rio de Janeiro é uma capital que cresceu bastante está evoluindo consideravelmente.Mas falta investimento ainda em educaçao,saúde,e infraestrutura e segurança convém salientar que aqui o índice de violencia em relaçao a outros estados é muito baixo..Aqui poderia ter um parque aquático ,tal como o beach park em fortaleza e uma vida noturna mais animada sem exploraçao ,evidentemente, e o povo ser educado .Temos o privilégio de termos o ar mais puro das américas.A qualidade de vida é muito boa,para a classe mais abastarda,infelizmente existem pessoas em favelas em condições sub-humana.Natal tem shoppings maravilhosos,uma rede hoteleira excepcional,prédios modernos,praias magníficas no litoral norte e sul e um frota de veiculos mais nova do brasil,digo os particulares,pois os onibus urbanos são verdadeiras carroças ambulante,fora os governantes corruptos ,mesmo assim ,Natal é uma das cidade melhores do mundo pra se viver.

    • Eugênio disse:

      Pelo que o Sr. Eduardo Jr. comentou, é até admissivel que ele não valorize a sua capital, afinal Natal é destaque em todo o mundo, que o Sr. queira ou não. A Sua opinião é totalmente dispensável e incoerente com as belezas Naturais que saltam aos bons olhos, da nossa cidade de Natal, que para complementar, apenas tem a felicidade de sua existência marcada pelo nascimento do Senhor. Desculpe aí.

    • Igor Ribeiro Dantas disse:

      Me permito incluir minha opinião pessoal como quem por duas década andou pelo Brasil e pelo mundo divulgando o turismo desta terra. Somente os críticos de plantão desconhecem que a realidade estrutural é um problema generalizado no Brasil (segurança, saúde, transporte, educação). Basta viajar pelo país e veremos problemas muito maiores do que os de Natal, apesar da reconhecida inoperância do poder público. Existem pesquisas que comprovam as afirmativas positivas que me antecederam não só sobre os atrativos turísticos em si, mas também pela simpatia do povo natalense, que supera em muito a falta de traquejo social. Por onde andei encontrei pessoas que visitaram Natal e agentes de viagens que deram depoimentos extraordinários dos seus clientes sobre nossa cidade. Com todos os problemas, os hotéis de Natal estão abarrotados de turistas neste verão, e isso é dinheiro e muito dividido em inúmeros segmentos econômicos, do motorista da van ao pipoqueiro. A Copa do Mundo vai efetivamente ampliar a divulgação do Natal, e a nossa vocação turística continuará ajudando a população da cidade a elevar o seu nível de vida. O Turismo dá emprego, renda e tributos e desses tributos os recursos para sanar os problemas da nossa população. Obrigado.

Copa: FNF reúne imprensa para falar sobre cronograma na reta final e destacar seleções visitantes

O presidente da Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), José Vanildo da Silva, participa nesta quinta-feira (12), a partir das 16h, da entrevista coletiva do Diretor-executivo do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo, Ricardo Trade, na Churrascaria Sal e Brasa, Capim Macio, na zona sul de Natal.

Na ocasião, a FNF fará o primeiro pronunciamento sobre a importância das oito seleções que jogarão em Natal no mundial de 2014, como também será a oportunidade para o CEO do COL falar sobre o cronograma nessa reta final de preparação para a Copa do Mundo no Brasil, e o legado do megaevento para o país.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo kasinsk disse:

    Sobre o "primeiro pronunciamento do presidente da FNF, como diria Zé Lezin: "Não perda!". Você pode ficar de fora de tudo o que viu e ouviu até agora.

Brasil estreia contra Croácia e pode pegar Espanha ou Holanda nas oitavas

 O Brasil conheceu nesta sexta-feira seus primeiros adversários na busca pelo sexto título mundial. Em sorteio realizado na Costa do Sauipe, Croácia, Camarões e México foram selecionados para enfrentar a seleção brasileira na fase de grupos da Copa do Mundo de 2014. Livre de um ‘grupo da morte’ no início da competição, os anfitriões podem encarar Espanha ou Holanda, integrantes do grupo B, logo nas oitavas de final.

Por ser país-sede do Mundial, o time comandado por Luiz Felipe Scolari era o único cabeça de chave que já tinha lugar definido antes do sorteio, integrando o grupo A, e fará o jogo de abertura da Copa contra os croatas no dia 12 de junho, às 17h (horário de Brasília), no Itaquerão, em São Paulo. Os demais confrontos da primeira fase serão em Fortaleza (17/06, às 16h), diante dos mexicanos, e em Brasília (23/06, às 17h), contra os camaroneses.

Os dois primeiros colocados deste grupo enfrentarão nas oitavas de final as equipes classificadas do grupo B, que conta com a Espanha como cabeça de chave, além de Holanda, Chile e Austrália. A estreia dos espanhóis será contra os holandeses, em reedição da última final da Copa do Mundo.

O tão temido ‘grupo da morte’ acabou formado na chave D. Cabeça de chave, o Uruguai ganhou a companhia de Itália e Inglaterra, além da Costa Rica. Em contrapartida, o grupo H, integrado por Bélgica, Rússia, Argélia e Coreia do Sul, foi considerado o mais fraco.

As 32 seleções que participaram do sorteio desta sexta-feira foram divididas em quatro potes. O recipiente 1 contava com os cabeças de chave Espanha, Alemanha, Argentina, Colômbia, Bélgica, Suíça e Uruguai, definidos pelo ranking da Fifa, além do país-sede Brasil.

No pote 2 estavam os cinco representantes africanos e dois representantes da Américas do Sul. O terceiro era integrado por quatro asiáticos e quatro países da América Central e do Norte. Por fim, o quarto pote era formado por nove representantes da Europa.

A cerimônia de sorteio dos grupos da Copa do Mundo foi comandada pelo casal de atores Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert e contou com a participação de ex-jogadores como o francês Zidane, o uruguaio Ghiggia, o italiano Cannavaro, o inglês Hurst, o alemão Matthaus, o argentino Kempes e o espanhol Hierro.

O evento ainda teve as apresentações dos artistas brasileiros Alcione, Emicida, Vanessa da Matta, Alexandre Pires e Olodum como atrações musicais e realizou homenagens ao falecido líder sul-africano Nelson Mandela, que morreu na última quinta-feira aos 95 anos.

UOL

México e Camarões abrem Copa no estádio Arena das Dunas e campeãs Itália e Uruguai fecham; veja jogos

Ba0ZfkMCYAE-yBR.jpg-large

Sexta-feira (13/06) — 13 horas

(A3) México   X   A4(Camarões)

Segunda-feira (16/06) — 19 horas

G3(Gana)   X   G4(Estados Unidos)

Quinta-feira (19/06) — 19 horas

C4(Japão)   X   C2(Grécia)

Terça-feira (24/06) — 13horas

D4(Itália)   X   D1 (Uruguai)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. beatriz porpino disse:

    dale México <3

  2. Jefferson disse:

    Exceto Itália x Uruguai, o resto e jogo mamão.

FOTO: Bola da Copa-2014, Brazuca é apresentada em evento no Rio

Brazuca-Foto-Divulgacao-Adidas_LANIMA20131203_0148_3Fim do mistério. A bola da Copa-2014 foi lançada e apresentada na noite desta terça-feira, no Rio. A Brazuca, como a redondinha foi batizada, foi revelada pela Adidas, fornecedora de material esportivo parceira da Fifa, em uma festa no Parque Lage, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

O ex-lateral-direito Cafu, o meia Seedorf e o atacante Hernane Brocador foram os astros do lançamento. O evento contou ainda com a presença de alguns jogadores, como Barcos, Josué, Leonardo Silva e Victor.

– Essa bola é 100% brasileira, é fantástica. É uma belezura. Realmente ela tem característica, cores do Brasil – disse Cafu.

O nome da bola foi escolhido em uma votação popular. A Brazuca teve 77,8% dos votos. Bossa Nova ficou em segundo, com 14,6% e Carnavalesca ficou em terceiro, com 7,6%. O total de votos foi 1.119.539. A bola foi testada durante dois anos e meio por 600 jogadores de 30 times, distribuídos por dez países no mundo.

A Brazuca será a sucessora da Jabulani, que foi tão criticada por goleiros na Copa da África do Sul. A bola rola pela primeira vez no pelo Mundial no dia 12 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo, com a Seleção Brasileira em campo. O adversário será conhecido na sexta-feira, quando a Fifa vai sortear os grupos.

Lance

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JR disse:

    "- Essa bola é 100% brasileira, é fantástica. É uma belezura. Realmente ela tem característica, cores do Brasil – disse Cafu." Cores do Brasil?? as cores da bandeira do Brasil são Verde, Amarela, Azul e Branca. Na foto da Bola vejo as cores: Verde, "Vermelha", Azul, "Preta" e Branca. Não esta faltando a cor Amarela e a retirada das cores "Vermelha e Preta"??? Para que realmente sejam as cores do Brasil?? Viva a ignorância !! Viva a Politica do Pão e Circo!!!

Copa do Mundo no Brasil pode ter até três "grupos da morte"; veja possibilidades

 A Copa do Mundo de 2014 pode ter a primeira fase mais eletrizante da história da competição, com até três “grupos da morte” e a possibilidade de uma superchave reunindo três campeões mundiais – é possível, entre várias combinações que empolgariam qualquer fã, que Brasil, Itália e França caiam no mesmo grupo, por exemplo.

A Fifa (Federação Internacional de Futebol) divulgará as regras do sorteio da Copa, com os respectivos integrantes de cada pote, apenas em 3 de dezembro, três dias antes do evento na Costa do Sauípe que definirá as chaves. Nesta semana, no entanto, a entidade adiantou que a composição dos potes obedecerá a critérios “geográficos e esportivos”. Com base nessa informação, o UOL Esporte fez um exercício de imaginação sobre quais podem ser os potes do sorteio e os “grupos da morte” da Copa no Brasil.

Três fatores mexeram significativamente com as possibilidades hierárquicas de configuração para o sorteio da Copa: a promoção de seleções médias como Bélgica e Suíça ao topo de grupos graças à posição delas no ranking de outubro da Fifa – o que colocou campeões como Itália e Inglaterra fora do pote dos cabeças de chave -, a situação da França, que deve ficar à parte do pote que reunirá as maiores potências europeias e por isso virou peça-chave na formação de um supergrupo da morte, e o fortalecimento da Conmebol (América do Sul), com seis participantes e quatro cabeças de chave – basta o Uruguai confirmar em casa a enorme vantagem contra a Jordânia. No caso de um improvável zebra em Montevidéu, a Holanda passaria a ser cabeça de chave.

Essas mudanças impediram a Fifa de manter o formato do sorteio para a Copa de 2010, quando a entidade máxima agrupou seleções baseada apenas em critérios regionais. Na África do Sul, havia um pote só com europeus (oito seleções), outro com africanos e sul-americanos (quatro seleções cada região) e o último com asiáticos e integrantes da América do Norte e Central (quatro seleções cada região).

Um efeito desse novo cenário é a necessidade de redistribuição dos europeus. Tirando as seleções do continente que serão cabeças de chave (Espanha, Alemanha, Bélgica e Suíça), sobram nove equipes, que obrigatoriamente terão de se dividir em mais de um pote – a tendência é que a França, pior do continente no ranking Fifa a vir ao Brasil, seja “exilada”. Ficou mantido que cada grupo receberá apenas uma seleção de cada pote.

Junto dessas mudanças, a presença de todos os campeões mundiais, o favoritismo de cabeças de chave como Brasil, Alemanha e Espanha, a chance de times como Inglaterra e França se enfrentarem na primeira fase, a presença de craques decisivos como Cristiano Ronaldo e Drogba em Portugal e Costa do Marfim, respectivamente, o bom retrospecto nas últimas Copas de Holanda e Gana e a ascensão de Estados Unidos e Chile, por exemplo, colaboram para a formação de um quadro de competitividade inédito numa primeira fase de Copa do Mundo.

POSSIBILIDADE 1: RANKING DA FIFA + QUESTÃO GEOGRÁFICA

pote-copa-1384919230827_615x551
Já se conhece os cabeças de chave da Copa, com o país sede (Brasil), mais as sete seleções melhores colocadas no ranking da Fifa em sua atualização de outubro. São elas Espanha, Alemanha, Argentina, Colômbia, Bélgica e Suíça – o Uruguai deve se juntar ao pelotão na noite desta quarta.

Por isso, é certo que o sorteio da Copa terá três campeões mundiais (Itália, Inglaterra e França) e a vice de 2010 (Holanda) fora do pote dos cabeças de chave, fato que por si só já sugere embates entre pesos pesados logo na primeira fase.

Espalhar seleções do mesmo continente por potes diferentes dificulta o trabalho da Fifa, levando em consideração a limitação por grupo. Equipes da mesma federação continental não podem se enfrentar na primeira fase, com exceção para os europeus, que podem coexistir, dois por chave, no máximo.

Para manter a proporção numérica de oito seleções por pote, o 2 ficou com os seis europeus mais fortes de acordo com o ranking da Fifa, além de Chile e Equador, integrantes da Conmebol que sobraram fora do pote 1, que reúne os cabeças de chave. O pote 3 conta com os europeus com pior status na lista da entidade máxima – Croácia, Rússia e França -, além dos cinco classificados da África. No último, os quatro representantes da Ásia (incluindo a Austrália, filiada a esta confederação), mais os quatro da Concacaf.

Por esta conjectura, por exemplo, o Brasil poderia ficar em um grupo com Itália, França e Estados Unidos. A campeã mundial Espanha, por sua vez, poderia estar ao lado de Inglaterra, Gana e México, enquanto a Alemanha, outra favoritíssima ao título, disputaria a primeira fase num grupo com Holanda e Nigéria.

POSSIBILIDADE 2: PIOR EUROPEU, FRANÇA É “EXILADA” DE POTE

22222222222222 Tirando os cabeças de chave, sobram nove seleções da Europa. Assim, não é possível enfiar todas num mesmo pote. O jornal espanhol “Marca” divulgou na noite da última terça-feira uma projeção de configuração que concentra as equipes do Velho Continente em um pelotão e “exila” a França dos seus vizinhos.

Na condição atual de pior europeu no ranking da Fifa, a França (21ª na relação) apareceria no pote 3, junto com dois representantes da Conmebol (Chile e Equador) e os cinco classificados da África.

No último destacamento, repete-se a teoria da primeira possibilidade, com a reunião de asiáticos com as seleções da Concacaf.

Neste contexto, além da França poder cair numa chave com dois campeões mundiais como Argentina e Inglaterra, o Chile também surge como complicador. Em bom momento, o time sul-americano poderia atrapalhar a vida de favoritos como Alemanha ou Espanha num grupo que também teria Holanda e EUA ou México, por exemplo. O Brasil também poderia repetir o difícil grupo da última Copa, quando enfrentou Portugal, de Cristiano Ronaldo, e Costa do Marfim, de Drogba.

POSSIBILIDADE 3: SOMENTE O RANKING DA FIFA

3333333333333333Nos últimos anos a Fifa vem forçando a barra para aplicar seu ranking de seleções de forma prática, em configurações de torneios oficiais, conferindo à lista maior relevância política e estratégica. Mas mesmo se a entidade levasse a ferro e fogo a lista de outubro, a Copa do Mundo do Brasil manteria sua possibilidade de “super grupos”.

Desta forma, o pelotão 2, o mais forte deles, contaria com Holanda, Itália, Inglaterra, Portugal e Chile, por exemplo. Ainda nesta projeção, o pote que reúne as seleções de “terceira força” poderia ter Rússia, França, Costa do Marfim e México.

Nesta conjectura, no entanto, os Estados Unidos aparecem no pote de “segunda força” e se tornariam adversários mais desejáveis. Seria mais fácil, em tese, enfrentar americanos do que italianos. Na primeira possibilidade, os EUA dividiriam pote 4 com Irã e Honduras. Assim, portanto, poderiam ser uma “quarta força” mais incômoda.

Por esta projeção, o Brasil poderia enfrentar na primeira fase as seleções de Holanda, Rússia e Nigéria. Em outra hipótese, um grupo com Alemanha, Itália, México e Camarões.

UOL Esporte

COL lança catálogo com 83 Centros de Treinamento para a Copa do Mundo; Natal fora

Com a divulgação da lista final do COL (Comitê Organizador Local), nesta terça-feira, São Paulo concentra mais de um terço do total Centros de Treinamento para receber seleções para a Copa-2014. São 30 locais do Estado na relação, de um total de 83. Assim, há uma forte tendência de times fincarem base em terras paulistanas, e passarem a maior parte do Mundial na região.

A escolha dos locais de treinamento é feito pelas próprias seleções, em processo de seleção controlado pela Fifa. Cada time determina três opções onde pretende ficar, com uma ordem de preferência. Por ordem de chegada, a Fifa designa um CT para cada uma das equipes.

A expectativa do Comitê de São Paulo é de receber pelo menos 10 equipes em dependências no Estado, número que pode ser um pouco maior ou menor. Baseia-se no número de visitas feitas até agora pelas delegações dos países. Mas não há como ter acesso à formalização dos pedidos feitos à Fifa.

Na lista final, estão incluídos os CTs de Cotia e da Barra Funda, do São Paulo, o do Desportivo Brasil (em Porto Feliz), o Estádio Municipal Walter Ribeiro (em Sorocaba), o Estádio Nabi Abi Chedid (Bragança Paulista).o do Corinthians, na Av. Ayrton Senna, e o CT Rei Pelé, do Santos, sendo esses dois últimos associados a hotéis. Já a Academia de Futebol, do Palmeiras, foi retirada da lista e será usada como COTs, centros para receber times nas vésperas de partidas. Os campos do São Paulo foram anunciados em cerimônia no CT da Barra Funda. Os são-paulinos têm expectativa de receber Portugal ou Espanha em Cotia, com os EUA já praticamente certos na Barra Funda.

Entre as equipes cotadas para vir a São Paulo, estão EUA, Suíça, Irã, Bélgica, Espanha e Portugal (ainda não classificada), entre outras.

“O catálogo de centros de treinamentos de seleções faz parte desse legado antes mesmo de começar. Temos o primeiro mapeamento técnico de infraestrutura do futebol brasileiro, que servirá para um país modernizar não só suas arenas esportivas”; afirmou o presidente do COL, José Maria Marin. “Temos não só 64, mas 83 centros de treinamento.” O número mínimo era de 64 locais.

Os CTs nos demais estados brasileiros que receberão as seleções durante a Copa são: Estádio Estadual Lourival Baptista (em Aracaju), Vila Olímpica Ronaldo Marinho (em João Pessoa), Vila Olímpica Cidade de João Pessoa (em João Pessoa ), Iguassu Resort (em Foz do Iguaçu), Flamengo Esporte Clubes (em Foz do Iguaçu), Estádio Joaquim Henrique Nogueira (a Arena do Jacaré, em Minas Gerais), a Cidade do Galo (CT do Atlético-MG, em Minas Gerais), Cachoeirinha Esporte Clube Cruzeiro (no Rio Grande do Sul), Gravataí Estádio Antônio Vieira Ramos (no Rio Grande do Sul), CT Almirante Heleno Nunes (a Granja Comary, no Rio de Janeiro) e o CT Claudio Coutinho (Centro de Capacitação Física do Exército, no Rio de Janeiro).

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo kasinsk disse:

    Venho dizendo faz tempo: o futebol daqui (times, estruturas e até a cabeça de muita gente) não existe, é pobre de marré-marré. Se querem saber o que são ABC e América, lá fora, é só chegar, por exemplo, na rodoviária em Recife e perguntar ao carregador de malas se ele conhece ou o que ele acha desses dois times. Você vai ver a cara de estranhamento que ele vai fazer. Essa crônica daqui é muito sem noção, vende um futebol que não existe, apenas para garantir os empregos; e os otários ainda ficam se matando. Os caras têm a cara de pau de dizer que América e Vitória é um clássico, e dizem a mesma coisa se o jogo for América e Alecrim. Pergunte a um baiano se ele acha isso um clássico. O mesmo também vale com o ABC, inclusive com os times de Pernambuco. Pobreza geral. O futebol daqui mal dá para um joguinho com Treze ou Campinense. Estamos na periferia do futebol faz tempo. Quando você viajar, faça um teste: procure saber o que pensam sobre os times daqui. Sabe aquela vitória surrupiada, do ABC sobre o Palmeiras? Pode ter certeza: um grande meteoro caiu em alguma parte do planeta. Só se engana quem quer.

Repescagem europeia terá duelo entre Portugal e Suécia; confira outros confrontos

Cristiano-Ronaldo-Zlatan-Ibrahimovic_LANIMA20131021_0008_46A Fifa realizou nesta segunda-feira o sorteio dos confrontos da repescagem europeia para definir as últimas quatro vagas do Velho Continente para a Copa do Mundo do ano que vem, no Brasil. O duelo mais equilibrado ficou por conta de Portugal e Suécia, que farão o primeiro duelo em território português.

A França, outra seleção forte no sorteio, enfrentará a Ucrânia. A partida de volta será no Stade de France, em Saint-Dennis.

As partidas serão disputadas em sistema de ida e volta, marcadas para os dias 15 e 19 de novembro.

Confira os duelos:

Portugal x Suécia
Ucrânia x França
Grécia x Romênia
Islândia x Croácia

Lance

Fifa define cabeças de chave da Copa

A Copa de 2014 promete começar quente. A Fifa definiu sete dos oito cabeças de chave da Copa de 2014 e a última vaga deve ficar para o Uruguai, caso vença a repescagem contra a fraca Jordânia.

Mas seleções como Inglaterra, Holanda, Itália, França ou Portugal, caso essas duas últimas se classifiquem, poderão acabar caindo em chaves com outros campeões mundiais. Pelo formato escolhido pela Fifa, tudo indica que mais de um “grupo da morte” será formado.

Hoje, a entidade emitiu seu novo ranking que acabou definindo quem lideraria cada uma das oito chaves da Copa.

Sendo assim, Espanha, Brasil, Alemanha, Suíça, Colômbia, Bélgica e Argentina já estão confirmadas como cabeças de chave. O último lugar ainda depende de uma eventual classificação do Uruguai. Se a seleção vencer sua repescagem irá não apenas carimbar seu passaporte para o Brasil, mas chega como um dos cabeças de grupo.

Isso porque, no ranking da Fifa, o Uruguai ocupa uma posição de destaque. Mesmo que, nas Eliminatórias sul-americanos, os uruguaios tenham ficado apenas na quinta posição. Para críticos do sistema de classificação da Fifa, o caso mostra as falhas do mecanismo e da pontuação.

Caso o Uruguai não se classifique para a Copa, a cabeça de chave ficaria para a Holanda, com uma pontuação superior em um décimo de pontos em relação à Itália.

Em resumo: na primeira fase, o sistema criado pela Fifa colocou seleções sem tradição como a Suíça, Colômbia e Bélgica na cabeça de grupos.

Mas, ao mesmo tempo, garantiu emoção desde o primeiro minuto. Afinal, o Brasil corre o risco de, já na primeira fase, ser confrontado com seleções fortes.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joao Marcelo disse:

    Corre o risco de termos Suíça, Colômbia ou Bélgica como o cabeça de chave (D1 x D4) que jogará no estádio Arena das Dunas. Mas também pode ser que tenhamos uma seleção campeã mundial, como Inglaterra, Holanda, Itália, França ou Portugal, em um outro jogo (C2 x C4) aqui em Natal.
    De resto, A3 x A4 e G3 x G4 serão somente seleções coadjuvantes e sem expressão a jogar no nosso Grande Elefante Branco.

    • Eduardo Bezerra disse:

      Caro Joao Marcelo,

      Caso a FIFA não tenha mudado para a Copa de 2014, tradicionalmente os potes com as seleções se dividem da seguinte forma: pote 1 para cabeças de chave; pote 2 para seleções da Asia e América do Norte/Central; pote 3 para seleções da África e América do Sul; e pote 4 para seleções da Europa. Anteriormente, os potes não forão organizados pelo ranking, exceto as seleções do pote 1, onde estão as cabeças de chave. Portanto, em Natal teremos 4 jogos com seleções europeias, e a última partida aqui será entre uma seleção cabeça de chave contra uma seleção europeia, caso a FIFA mantenha o padrão das copas passadas.

Sesap realiza reunião sobre a Copa 2014

2013-10-09-15.47.54Nesta quarta e quinta-feira (09 e 10), a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) realiza uma reunião sobre as ações de saúde a serem tomadas durante a Copa do Mundo de 2014. O evento ocorre no auditório do 12º andar da Sesap, com a presença do Secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Fonseca, do consultor técnico do Ministério da Saúde, Márcio Garcia, e do diretor geral da FIFA no RN, Erland Mota, entre outras autoridades. Nesta quinta-feira (10), a reunião ocorrerá das 8h30 às 12h30 e das 14h às 17h30.

O objetivo é traçar as ações de saúde durante a realização da Copa, de forma integrada com diversos setores do estado, de modo a oferecer um serviço de qualidade, de forma resolutiva. De acordo com o secretário Luiz Roberto, “vamos nos empenhar em promover melhorias que, no entanto, não devem ser pensadas como destinadas apenas à Copa, mas como um legado para a população, propiciando benefícios permanentes do ponto de vista assistencial e da prevenção”.

A fim de definir metas a serem atingidas, a reunião focaliza áreas que serão estratégicas durante o evento, como as de vigilâncias epidemiológica, ambiental, sanitária e em saúde do trabalhador, emergências de Saúde Pública, laboratórios e promoção e atenção à saúde.  “Vamos discutir as formas de reforçar as ações de vigilância, assistência e estruturação dos hospitais de referência”, explicou Juliana Araújo, subcoordenadora de Operações de Hospitais e Unidades de Referência da Sesap.

De acordo com Walquíria Gomes, coordenadora da Força Estadual de Saúde, durante a reunião de trabalho a Sesap irá apresentar, em forma de gráfico, o andamento das ações no estado nos diversos requisitos solicitados pelo Ministério da Saúde para as cidades participantes da Copa.

Estão presentes na reunião representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Secopa, Defesa Civil, Forças Armadas, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Samu 192 RN, Caern e a Secretaria de Saúde de Natal, totalizando em torno de 70 participantes.

Ministério da Justiça promove ações de proteção ao consumidor para a Copa de 2014

Começa hoje (27) uma série de reuniões que serão feitas nas cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 para discutir ações de proteção ao consumidor turista. Os encontros são coordenados pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, e o Comitê Técnico de Consumo e Turismo. A reunião desta sexta-feira começa às 10h em Belo Horizonte.

Nos encontros serão tratados temas como hospedagem, transporte urbano, terrestre e aéreo, serviços de bares e restaurantes. O objetivo é preparar ações com ênfase na prevenção de eventuais conflitos de consumo e estabelecer procedimentos de contingenciamento e solução de demandas.

Representantes dos governos federal, estadual e municipal estarão presentes. Além da secretária nacional do Consumidor, Juliana Pereira da Silva, estão confirmados o diretor do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento do Ministério do Turismo, Ítalo Oliveira Mendes, e o assessor da Embratur Walter Luiz de Carvalho Ferreira.

Agência Brasil