NEGÓCIO ESQUENTOU: Grupo de 16 clubes da Série A faz manifesto de apoio à MP de direitos de TV

Foto: Reprodução/Twitter

Quase todos os times da Série A do Campeonato Brasileiro 2020 publicaram, na tarde de hoje, um comunicado se manifestando favoravelmente à medida provisória sobre direitos de transmissão, assinada no mês passado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e encabeçada pelo Flamengo.

A iniciativa responsabiliza os clubes mandantes de cada partida sobre toda a exibição do evento, com “prerrogativa exclusiva de negociar, autorizar ou proibir a captação, fixação, a emissão ou transmissão, a retransmissão ou a reprodução dos direitos de imagem, por meio ou processo, do espetáculo desportivo”.

Além do Flamengo, o manifesto é assinado por outros 15 clubes da Série A — só Botafogo, Fluminense, Grêmio e São Paulo não fazem parte.

Os clubes dão quatro motivos para concordarem com a medida, entre eles o fim dos “apagões” – ou seja, jogos sem transmissão devido a negociações individuais, fato recorrente no ano passado. Veja abaixo:

“Por que os Clubes apoiam a MP 984 e a criação da Lei de Democratização das Transmissões de Futebol

1. Porque o torcedor é diretamente beneficiado. A MP acaba com os “apagões”, isto é, os jogos sem nenhuma transmissão, que ocorriam quando um canal tem o direito de um time e outro canal tinha o direito do outro. A situação anterior impedia, por exemplo, que mais da metade dos jogos do Campeonato Brasileiro fossem exibidos na TV fechada. Com mais partidas sendo exibidas, teremos um futebol mais democrático, mais acessível e mais barato.

2. Porque ela empodera os clubes a negociar seus direitos e incentiva a união entre as equipes. Esse formato prevalece nos principais mercados de futebol do mundo. O Brasil está pronto para esse passo libertador, que certamente será o ponto de partida para outros aprimoramentos. Com a MP, quanto mais os clubes estiverem unidos, mais vão ganhar.

3. Porque a concorrência vai aumentar. O modelo que vigorava no Brasil gerou concentração do futebol nas mãos de poucos investidores. Consequentemente, não alcançou todo o seu potencial e ainda gerou distorções no seu modelo de distribuição. A MP viabiliza a entrada de novos investidores no mercado, sem afastar os atuais, aumentando a disputa. E isso é bom para os clubes e melhor ainda para o torcedor.

4. Porque devemos seguir o exemplo de quem fez e deu certo. A legislação anterior tinha mais de 50 anos e não refletia uma forma moderna de negociação dos direitos esportivos. A ampliação de investimentos gera aumento de receitas para os clubes, viabilizando a manutenção dos nossos craques por mais tempo no país, além do investimento em estrelas internacionais.

EM RESUMO

Os torcedores ganham com o fim dos apagões de jogos, com mais craques em campo e com um melhor espetáculo no Brasil. Os clubes ganham com mais liberdade e receitas. E o país ganha com os clubes mais sólidos financeiramente, maior geração de empregos e crescimento de impostos pagos aos governos.

Por todas estas razões, APOIAMOS a MP 984/2020 e pedimos a sua CONVERSÃO imediata em Lei!”.

O manifesto ainda pede que a medida provisória vire lei para que a concorrência aumente e viabilize, consequentemente, a entrada de novos investidores.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Azevedo disse:

    Essa MP fudeu com a toda ex poderosa Rede Globo, que comprava tudo e não exibia quase nada.

  2. Josias disse:

    Da lhe Mito!!
    Esse é meu presidente.
    Ôôô véi arrochado.
    Acabou a ditadura da Globo LIXO.
    Va continuar com as suas novelas que nós desportistas vamos assistir o jogo do time do nosso coração.
    De preferência cêdo, no máximo no horário da novela.
    Kkkkkkkkk
    CHUPA ex poderosa.
    Chupa Carlos Henrique Sheraide.
    Chupa Bonner.
    Kkkkkkkk

  3. realista disse:

    L I B E R D A D E , chupa Globo, acabou o monopólio, pelo que estou vendo todo torcedor vai poder ver jogos do seu time , isso é democracia Globo, aceita que dói menos.

    • sps disse:

      Também concordo. Mas', não posso negar que a qualidade da Globo… é muito superior. Imagem, comentaristas, radialistas, produção.. sempre melhor

Grupo começa a receber água sanitária para abrigos de idosos

Começaram a chegar poucas horas depois de solicitadas as doações de água sanitária e outros materiais de limpeza que fazem muita falta aos principais abrigos de idosos da Grande Natal.

Em plena noite desta quinta-feira, 09, ontem, foram entregues na residência que acolhe bens a serem repassadas em ações de caridade vinte litros de água sanitária, acondicionados em quatro garrafões de cinco litros. Se Deus quiser, está é apenas uma amostra do que tende a vir em benefício dos anciãos.

Na mesma noite, alguns potenciais doadores, através de telefonemas e de mensagens via watzap, anunciaram o propósito de patrocinarem aquisições de ítens de higiene demandados pelas instituições.

O pedido de doações foi veiculado em meados da tarde desta quinta-feira, por mim, depois que os voluntários de nosso grupo de caridade constataram a grande necessidade de materiais de limpeza em geral e de higiene pessoal que se impõe nos abrigos.

Esta carência se evidenciou quando os voluntários entregaram centenas de pacotes de fraldas geriátricas ao Abrigo Juvino Barreto, Lar da Vovozinha e Lar do Ancião Evangélico, em Natal, e Lar Espírita Alvorada Nova (Lean), em Parnamirim.

Os voluntários esperam receber mais dessas doações hoje e nos próximos dias, prontificando-se a repassar os materiais imediatamente.

Esta divulgação é uma prestação de contas e um pedido de ajuda.

Interessados em doar materiais de limpeza aos abrigos de idosos, por nosso intermédio, devem nos contatar através do meu watzap.

Fraternalmente,
Roberto Guedes 084 999821698.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flávio Martinez disse:

    É disso que o Brasil precisa nesse momento: muita solidariedade! Parabéns pelo belo trabalho.

Grupo de homens que têm fetiche em pagar boletos promove trocas de fotos e vídeos sensuais por dinheiro

Formulário que deve ser preenchido para ser aceito no grupo do Facebook. Foto: Reprodução/Facebook

O meme é real. Existe um grupo no Facebook onde homens pagam boletos para mulheres e eu entrei para ver como funciona. A prática, que pode ser considerada um fetiche, é conhecida como “money slave” (escravo do dinheiro, por português). “São homens que se submetem financeiramente a uma mulher”, diz a criadora do grupo Beatriz, que prefere não ter o sobrenome revelado, 20 anos, estudante de engenharia, de Belém (PA).

Logo que eu encontrei o grupo, já percebi que as coisas não funcionavam como eu imaginava. Na verdade, o nome é “Homens que pegam boletos & Garotas que dão algo em troca”. Mesmo assim, fui ver o que rolava lá. Para ser aceita, precisei preencher um formulário que, entre algumas perguntas, dizia: “Muitos homens querem algo em troca para pagar boletos, você estaria disposta?”.

No grupo, encontrei muitas mulheres oferecendo fotos e dizendo que precisavam pagar contas ou comprar livros. E vi poucos homens de fato oferecendo pagar boletos.

Beatriz explica o que acontece: “Observei que são raríssimos os money slave do meio e o propósito não tava dando certo, pois um verdadeiro money slave nunca pode exigir nada em troca por pagamentos. Ele simplesmente faz por prazer. A maioria dos homens queria pagar boletos em troca de algo. Conversas, fotos íntimas e por aí vai”. Por isso, ela incluiu o “garotas que dão algo em troca” no nome do grupo.

Como funciona

Beatriz diz que analisa o perfil de todos que preenchem o formulário antes de aceitar no grupo para tentar minimizar contas falsas e golpes. Depois de aceito, a publicação está liberada.

“Geralmente, as garotas postam fotos dizem o que precisam/ para o que precisam. É como se fosse uma espécie de propaganda. Elas também falam o que estão procurando e o que estão dispostas a vender ou trocar por dinheiro”, detalha. Os homens também entram na “propaganda” e compartilham o quanto vão pagar e o que querem em troca. “Também deixamos aberto aos verdadeiros money slaves”.

O grupo tem algumas regras, que são apresentadas com o formulário para a entrada. O texto ressalta a importância da confiança entre os participantes, respeito e, principalmente, proíbe qualquer tipo de assédio ou desrespeito contra as mulheres. Além disso, incentiva a conversa entre os membros e orienta a denúncia daqueles que desrespeitam as regras.

“Sempre oriento os membros a denunciarem para ajudar na filtragem de pessoas mal intencionadas, fakes e golpistas. Sempre falo para terem cuidado com os acordos, não enviarem suas fotos de primeira ou até que uma parte do pagamento seja feita”, explica Beatriz.

Quem participa

O grupo tem 1664 membros e, de acordo com a administradora, a maioria é de São Paulo, capital, sendo 80,9% mulheres e 19,1% homens, com idade média entre 18 e 24 anos. Beatriz explica que como a oferta é maior do que a procura, a concorrência entre as mulheres é grande.

Apesar disso, ela já consegue lucrar com o grupo. Beatriz diz que a pandemia afetou sua renda, mas a troca de imagens por dinheiro é uma ajuda no fim do mês. Para Júlia*, 26 anos, de Santa Catarina, o grupo também é uma forma de ajudar os pais a pagar o aluguel e os livros para fazer o TCC (trabalho de conclusão de curso). Ela explica que não está no grupo por fetiche, apenas por interesse financeiro.

“Entrei no grupo porque, com essa crise em meio à pandemia, eu precisava complementar meu salário de estagiária”, comenta a estudante de direito. Júlia conta que oferece fotos, vídeos e até chamada de vídeo, e o valor varia conforme a quantidade e o conteúdo.

“Gosto de conversar bastante antes para saber o que eles querem e tudo é acordado antes”, fala. Ela explica que primeiro recebe o comprovante de depósito/ transferência e depois envia as fotos ou vídeos. “Com alguns, a conversa se estende e continuam pedindo, outros já são mais diretos, pedem o que querem e paramos por ali”, conta.

Em relação ao “público” Júlia diz que é variado. “A maioria dos caras são casados ou namoram e fazem escondido. Já mandei para dois que têm esposa. Às vezes são tantos anos junto com uma pessoa que eles querem ver uma coisa diferente”.

Também conversei com Raul, que prefere não revelar o sobrenome, 33 anos, de São Paulo (capital), praticante de BDSM há cinco anos e membro do grupo. “Entrei pois queria encontrar alguém para mimar assim como fizeram nossos antepassados”, fala.

“A sociedade nos oprime em nossa sexualidade tanto no dias atuais que essa foi forma de me libertar de todo o conservadorismo e me ligar a liberdade dos nossos antepassados que viviam o BDSM de forma livre, independentemente de classe ou cor”, completa.

Diferente da ideia do “money slave”, ele não está no grupo apenas para pagar boletos. Segundo ele, isso seria “anti-ético” com as práticas BDSM. Segundo Raul é preciso uma troca, por isso, paga as mulheres e recebe fotos ou vídeos em troca.

Sobre a relação com as mulheres do grupo, ele comenta que percebe que, muitas vezes, a ideia inicial do fetiche é deixada de lado por necessidades financeiras. “Você não acreditaria se te falasse o número de mulheres comprometidas que mandaram e ofereceram fotos e vídeos, muitas vezes é em troca de um hambúrguer. Não me sinto muito bem em relação a esse tipo de coisa”, comenta.

“Tem também as meninas que vêm com histórias tristes, contando sobre os problemas que a pandemia vem fazendo dentro de casa, desemprego, falta de dinheiro pra se alimentar, algumas pedindo fraldas, outras pedindo leite pros filhos. Às vezes eu acho que isso passou de um fetiche e virou uma lupa para alguns problemas sociais” , conclui.

*Nome alterado a pedido entrevistada para preservar sua identidade

IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio disse:

    Volta Jesus!!!!!!

  2. Papa Jerry Moon disse:

    Raparigagem virtual.

  3. Aluísio Valença disse:

    Vou enviar minhas fotos. Vamos ver quantos boletos dá pra pagar com fotos de um velho pelado.

‘Crime por encomenda custava até R$ 1,5 milhão’, diz delegado da Homicídios no RJ sobre grupo de matadores

Mad, suspeito por integrar o grupo, foi levado para a Delegacia de Homicídios Foto: Hermes de Paula / Agência O Globo

Quanto custa uma morte por encomenda? Segundo o titular da Delegacia de Homicídios (DH), Daniel Rosa, o grupo de matadores cobrava até R$ 1,5 milhão por cada assassinato que praticavam. Os principais clientes seriam contraventores em disputas por pontos de exploração de jogo. Na manhã desta terça-feira, a Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) deflagraram uma operação tendo integrantes do bando como alvos.

— Foram prisões relevantes, não só para esclarecer os casos em andamento na DH, como para proteger a população do Rio, uma vez que eles matavam por dinheiro. Eles cobravam de R$1 milhão a R$ 1,5 milhão — afirmou o delegado.

Segundo Daniel Rosa, o grupo era contratado para executar friamente. O valor da morte por encomenda dependia da dificuldade do “serviço”, de acordo com o delegado.

— O nível de sofisticação chegou a nos impressionar durante as investigações. Em alguns casos, os criminosos usaram drones. Para fazer a vigilância de suas vítimas, ficavam seis, sete, nove meses até conseguirem seu objetivo: executar friamente com diversos tiros de fuzil — detalhou Rosa.

Um dos mandados de busca e apreensão foi contra o contraventor Fernando Ignacio, genro do famoso bicheiro dos anos 80 e 90, Castor de Andrade, já falecido. De acordo com o delegado da DH, ele é suspeito de pagar o grupo pela morte de um rival conhecido como Andinho.

— As vítimas do Escritório do Crime são, geralmente, decorrentes de desentendimento de grupos criminosos que disputam o território no Rio — disse Rosa. — A morte de Diotti, por exemplo, foi por ordem do ex-capitão Adriano em disputa por área — concluiu.

O bando de Mad foi investigado até outubro de 2018 pela morte de Marielle, quando uma denúncia anônima chegou à DH informando que Ronnie Lessa havia executado a parlamentar. Mad e Tonhão, inclusive, haviam sido ouvidos pela DH sobre o Caso Marielle, assim como o ex-capitão do Bope Adriano da Nóbrega, em agosto de 2018. No entanto, o titular da DH Capital, delegado Daniel Rosa, descartou a participação do bando na morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

O Globo

Temer e Sarney desistem de live organizada por grupo contra Bolsonaro; entre confirmados, FHC, Haddad, Boulos, Flávio Dino, Ciro Gomes e Luciano Huck

Convidados a participar de uma live promovida pelo grupo “Direitos Já”, que se opõe a Jair Bolsonaro, os ex-presidentes Michel Temer e José Sarney desistiram do evento, diz a Folha.

Anunciado pelos organizadores como presença certa na videoconferência, o presidente do STF, Dias Toffoli, também não participará.

O ato está agendado para sexta-feira, dia 26. Por enquanto, estão confirmados FHC, Fernando Haddad, Luciano Huck, Guilherme Boulos, Flávio Dino, Ciro Gomes, Marina Silva e o presidente do PSDB, Bruno Araújo.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MORO e MANDETTA 2022 disse:

    Em 2022 vou votar em Moro para presidente. É inacreditável, mas ainda se encontra eleitores do amigo de Queiroz e do Anjo.

  2. Acorda Brasil disse:

    Pela volta da corrupção institucional!!! Já!!!

  3. Lucas disse:

    Os idiotas esquerdopatas não se tocam , quanto mais batem em Bolsonaro mais ele se fortifica e ganha eleitores!
    Obrigado conspiradores !!!!!! Acho que aprenderam com o 9dedos "come capim".

  4. Azevedo disse:

    É brincadeira, essa live está mais para um picadeiro de circo chinfrim do que para uma coisa séria. Esse Boulos é um pilantra de primeira linha, Haddad outro safado do PT, Flávio Dino comunista,,Ciro Gomes um bebado destrambelhado, os outros são oportunistas de primeira linhagem. Ainda bem que o coronel do Maranhão e o enrolado da justiça Temer desistiram, só faltou convida-te o presidiário, acho que ainda dá tempo.

  5. Pedro disse:

    Temer e Sarney dois rapazes bons, faltam ainda Jader Barbalho, Cid Gomes, Renan Calheiros, Dilma, WITZEL, Doria, Rui Falcão, Maria boa, Aninha, Gleisi, Joesley Batista e seu irmão, aí tava fechado o cabaré.

  6. Ivan disse:

    DIREITOS JÁ????? Qual direito foi cassado por Bolsonaro???? Ah, já sei…o direito deles continuarem ROUBANDO bilhões da nação…O direto do Mensalão, do Petrolão…é desses "DIREITOS" que esses imundos gostam!

  7. Francisco disse:

    Tudo que for feito contra o miliciano psicopatas e válido e fará bem ao povo e que vá fazer companhia a Queiroz!

  8. Alexandre disse:

    Faltou BOZO faltou porrxa

  9. RMelo disse:

    Só a nata!
    Só a junta!

  10. Sergio disse:

    Bom mesmo é Bolsonaro, então.
    Ķķkkkk.

  11. Logan disse:

    Só dos bons viu kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  12. Muda Brasil disse:

    Marcola e Beira-mar, participação por vídeo conferência.

  13. Petistamaravilhoso disse:

    Data e horário para o deslike???

  14. Petistamaravilhoso disse:

    Se gritar pega ladrão (…)!!!

  15. nasto disse:

    Faltou Lula, Cid, Dilma , Gleisi, Humberto Costa, Lindenberg Faria. entre outros, Ou povinho para procurar confusão. São todos oportunistas, sem futuro. Essa gente já teve seu tempo, não trazem nada de positivo na situação atual. Deixem de colocar lenha na fogueira e procurem ajudar ao Brasil que tanto precisa nesse momento critico. Vamos ver se a situação acalma, melhora e o povo tem novos sonhos. Com esse mais , mais , mais não vamos chegar a lugar nenhum. Já é hora de uma retomada. Não adianta torcer para o quanto pior melhor.

  16. Severino disse:

    O dedo no botão no deslike chega a tremer.

  17. Nordestino disse:

    Eita..mais uma de Bolsonaro. Mito 2022

  18. Santos disse:

    Pense em um bocado de crapulas sem futura, nem tem moral para tá falando de ninguém.

  19. paulo disse:

    BG
    Cafajestada parcialmente junta.

Temor sob Bolsonaro faz surgir grupo de WhatsApp com Kim Kataguiri, Joice Hasselmann, Marcelo Freixo, Alessandro Molon e Tabata Amaral

Foto: Montagem

Quem imaginaria, há algum tempo, um grupo que unisse o conservador MBL (Movimento Brasil Livre) ao esquerdista PSOL? O ex-líder da oposição ao ex-líder do governo? Pois Jair Bolsonaro conseguiu esse feito.

Em meio à escalada da retórica autoritária por parte do Palácio do Planalto, o deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), um dos líderes do MBL, criou um grupo de WhatsApp com colegas congressistas denominado “Democráticos”.

Ele conta hoje com algumas dezenas de deputados, entre eles Joice Hasselmann (PSL-SP), ex-líder do governo no Congresso, Marcelo Freixo (RJ), um dos principais nomes do esquerdista PSOL, Alessandro Molon (PSB-RJ), ex-líder da oposição, e Tabata Amaral (PDT-SP), uma das expoentes da nova esquerda.

Assim como os bolsonaristas, o PT não foi convidado. E o que vem sendo discutido por essa união de rivais? De acordo com congressistas ouvidos pela Folha, a necessidade de se contrapor à ameaça de que seja instalada novamente uma ditadura no país.

“Esse grupo é importante porque reúne pessoas que realmente estão preocupadas com a manutenção do Estado democrático de direito, com a manutenção das instituições e da própria democracia no Brasil, que é justamente o que vem sendo fortemente atacada pelo presidente Jair Bolsonaro”, afirma Joice, que foi uma das principais aliadas do presidente, sendo sua líder no Congresso. Hoje ela está rompida.

“As declarações são muito claras, a intenção do presidente da República é, de fato, partir para uma ruptura da democracia, uma ruptura institucional. Esse grupo reúne parlamentares das mais diversas frentes, que realmente estão preocupados com o momento que o Brasil está passando e que entendem que é preciso uma união de todos”, acrescenta a deputada, afirmando que Bolsonaro “sonha dia e noite com um golpe”. “Não é um desejo que vem de agora, é um desejo que vem de muito tempo, e ele flerta com essa possibilidade desde o início do mandato.”

Líder da bancada do PSB, o esquerdista Molon manifesta pensamento similar.

“Há um sentimento de urgência, de evitar que um regime autoritário seja implantado no Brasil. Independentemente das divergências ideológicas, que muitas vezes são numerosas e profundas, o risco da implantação de um regime autoritário no Brasil impõe a necessidade de evitar isso a todo custo, até para proteger que essas divergências possam ser manifestadas livremente.”

De acordo com outros integrantes do grupo, que preferiram falar sob condição de anonimato, o objetivo também é se contrapor também ao centrão, não só a bolsonaristas e a petistas –que sob a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem relutado em participar de movimentos suprapartidários de oposição.

O grupo de siglas médias da Câmara, com cerca de 200 das 513 cadeiras, se aliou a Bolsonaro, em sua maioria, após receber do presidente cargos de comando na estrutura federal e verbas para suas emendas parlamentares –tudo aquilo que Bolsonaro negou, na campanha, que faria.

Segundo integrantes do grupo de WhatsApp, alguns congressistas do PT querem aderir, mas o partido não foi convidado porque, além de estar com “o filme queimado”, há a própria resistência de Lula de embarcar em um movimento que não seja encabeçado pelo partido.

Em reunião do PT na segunda-feira (1º), o ex-presidente criticou os manifestos suprapartidários em defesa da democracia surgidos nos últimos dias sob o argumento de que os documentos articulados pela sociedade civil desconsideram os direitos dos trabalhadores.

Para ele, o PT não pode embarcar no primeiro ônibus que passa nem ser “Maria vai com as outras”. A Folha não conseguiu falar na noite desta terça-feira (2) com Kim Kataguiri. O MBL se distanciou de Bolsonaro e hoje é um dos alvos dos apoiadores do presidente. Tabata não quis se manifestar.

Folha de São Paulo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. TATA disse:

    SE EU NAO ME ENGANO ESSES AI APOIAVAM O SR MILICIA, EI NAO TEM JEITO NAO TA FICANDO SO OS ROBOS COM O MITO DE MERDA. KKKKKKK

  2. Jairo disse:

    Quem desse grupo é referência pra merda alguma?
    Um monte de lixo. Quanto mais tentam, mais viram ibope pra Bolsonaro.

  3. Isaac Mendes disse:

    Unir forças pelo Brasil!! Parabéns aos deputados #MBL

  4. Manoel disse:

    Quando eu vejo uma notícia dessa aí eu vejo que Bolsonaro está correto.

  5. ForaCanalhas disse:

    Veja o caráter dessas pessoas, que junção de porqueiras. Isso mostra que Bolsonaro mesmo com o jeitão dele está correto e os CANALHAS se unem pelo seu mau-caratismo.

  6. Andinho disse:

    Se estão juntos a Joyce Haselmann, o Kim Kataguri, o Marcelo Freixo, o Molon isso só mostra que Bolsonaro está certo, apesar de falar demais e não ter papa na língua, ele tem coerência e palavra, o Bolsonaro da campanha é o mesmo do governo, isso que falta aos políticos brasileiros.
    Parabéns ao nosso Bozo, continue assim Presidente que serás sempre o nosso Mito, agora fale menos e pense mais antes de falar.

  7. Paulo Roberto disse:

    Grupo pá com vassouras?! Juntou um bom lixo! Rsrs..

  8. Cidadão pagador de impostos disse:

    Bolsonaro é o maior vagabundo que já passou pelo palácio do planalto

  9. Priziaka disse:

    Só melacrias…

  10. Felipe disse:

    Parabéns aos parlamentares!
    Direita e esquerda unida pelo Brasil. As diferenças são postas de lado para defender o país.

  11. Santos disse:

    Ora, se pra tirar a Dilma, até o presidente tirou foto ao lado do Eduardo Cunha, pq liberais e progressistas não podem estar juntos para defender a democracia?
    O impeachmant se aproxima!

  12. Brasileiro disse:

    Não consigo entender como um político que já é presidente vai dar um golpe pra derrubar ele mesmo. Se os militares tomarem o poder, jamais permitirão serem comandados por um capitão, claro que o novo presidente será um general.

  13. Ricardo disse:

    Se esse pessoal tá contra, Bolso só pode estar certo.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Claro que está certo , rsrsrsrsrs, e inclusive, O MUNDO INTEIRO também concorda com esse pensamento . Não é a toa que a popularidade dele só faz crescer, rsrsrsrs.
      Às vezes é interessante sair um pouco da "caverna de Platão" (bolhas sociais) e dar uma olhada no que rola de verdade no resto do planeta.

    • Ricardo disse:

      Eu sei o que vc chama de "mundo inteiro". Pinça uma meia dúzia de pitaqueiros nutela de jornalzinho esquerda-caviar nas gringas e vira expressão do 'consenso mundial', englobando desde um taxista em Madrid, até um camelô em Lagos, passando por um fazendeiro 'bogan' australiano. Quem tá bolha/caverna mesmo?

    • Ricardo disse:

      Em tempo: essa frescurite de preocuapção com que os outros pensam nada mais é do que uma reedição do complexo de vira-latas.

  14. silva disse:

    simplificando a matéria:
    o "piçou" de esquerda se uniu com "piçou" de direita.

  15. Observando. disse:

    Ei. Oi. Hello. Psiu. Alô. Coloque Moro.

  16. Fora bolsotralhas disse:

    Parabens ao GRUPO..O BRASIL PRECISA SE LIVRAR DESSE PANDEMONIO…ESSA DESGRACA. FORA BOLSOTRALHA

    • Dinho disse:

      Chama a NASA, pq pousou um ET aqui no Planeta Azul. Vc tá aplaudindo um bando de vagabundos que até hoje só saqueou o País, e quando um Presudebte Honesto vem pra varrer, você aplaude? Vc é bizarro. Vá ler um pouco

Grupo emite nota de repúdio contra humoristas após citação sobre banda com autistas

 

Ver essa foto no Instagram

 

E SE FOSSE SEU FILHO?? #Repost @danielamendoncaoficial with @make_repost ・・・ #Repost @juntos_grupo (@get_repost) ・・・ ❌NOTA DE REPÚDIO . . O JUNTOS GRUPO vem a público REPUDIAR os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes ( @odihhlopes ) Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla, que vem sendo compartilhados nas redes sociais. Os dois comediantes citados acima zombam de pessoas com deficiência, de forma capacitista, discriminatória e humilhante. Tão desprezível quanto a dupla de comediantes é a plateia, que ainda acha graça. É lamentável que em pleno séc XXI ainda tenhamos que enfrentar tamanho desrespeito e falta de empatia. :: :: Contamos com o apoio dos nossos parceiros, colaboradores e seguidores para denunciar essa dupla e o desserviço que eles prestam às pessoas com deficiência e nossa luta contra o capacitismo. #juntosgrupo #esefosseseufilho @pepozylber @correndopeloautismo @papointerior @_especialidades

Uma publicação compartilhada por Papo Interior (@papointerior) em

O JUNTOS GRUPO, através da rede social Instagram, repudia os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes, com os vídeos que vem sendo compartilhados nas redes sociais que fazem piadas de pessoas com deficiência, “de forma capacitista, discriminatória e humilhante”. Em trechos que circulam na Web, banda com autistas é citada. “Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla”, diz nota.

Veja íntegra:

O JUNTOS GRUPO vem a público REPUDIAR os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes ( @odihhlopes ) Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla, que vem sendo compartilhados nas redes sociais. Os dois comediantes citados acima zombam de pessoas com deficiência, de forma capacitista, discriminatória e humilhante. Tão desprezível quanto a dupla de comediantes é a plateia, que ainda acha graça. É lamentável que em pleno séc XXI ainda tenhamos que enfrentar tamanho desrespeito e falta de empatia. :: :: Contamos com o apoio dos nossos parceiros, colaboradores e seguidores para denunciar essa dupla e o desserviço que eles prestam às pessoas com deficiência e nossa luta contra o capacitismo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O JUNTOS GRUPO, através da rede social Instagram, repudia os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes, com os vídeos que vem sendo compartilhados nas redes sociais que fazem piadas de pessoas com deficiência, “de forma capacitista, discriminatória e humilhante”. Em trechos que circulam na Web, banda com autistas é citada. “Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla”, diz nota. Veja íntegra: O JUNTOS GRUPO vem a público REPUDIAR os comediantes Abner Henrique e Dihh Lopes ( @odihhlopes ) Nós, enquanto grupo de pais, mães e amigos das pessoas com deficiência, estamos estarrecidos com os vídeos da dupla, que vem sendo compartilhados nas redes sociais. Os dois comediantes citados acima zombam de pessoas com deficiência, de forma capacitista, discriminatória e humilhante. Tão desprezível quanto a dupla de comediantes é a plateia, que ainda acha graça. É lamentável que em pleno séc XXI ainda tenhamos que enfrentar tamanho desrespeito e falta de empatia. :: :: Contamos com o apoio dos nossos parceiros, colaboradores e seguidores para denunciar essa dupla e o desserviço que eles prestam às pessoas com deficiência e nossa luta contra o capacitismo. [Arrasta para o lado e veja vídeo.]

Uma publicação compartilhada por Blog do BG (@blogdobg) em

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Leh Oliveira disse:

    Lamentavel a postura desses aí (Porque não da p chamar de ser humano) p ser humorista precisa ter inteligência, coisa que falta p ESSES , vê se os verdadeiros humoristas fazem piadas c pessoas portadora de transtorno ou em tratamento de uma doença seria, todos lutando por dias melhores e vem ESSES M…. defecarem. Pela boca, volta p o útero de quem botou vcs p fora e se tornem gente ou tenta saber da luta diária de uma pessoa c deficiência, ou c um problema de saúde sério, revertem o caso , porque não haverá um dia se quer que vcs tentaram fazer suas piadas lixo que não vao lembrar da tristeza e decepção que causaram.

  2. Roberto disse:

    E o grupo porta dos fundos que zomba do cristianismo e ninguém diz nada?

  3. Marcos Henrique disse:

    Triste, muito triste meu Deus, sinto nojo as vezes de pertencer a essa tal raça dita humana.

Bolsonaro diz que troca de mensagens em grupo é de cunho pessoal: “qualquer ilação fora desse contexto são tentativas rasteiras de tumultuar a República”

Foto: Reprodução

Em sua primeira manifestação após a divulgação de que compartilhou vídeo convocando suas tropas para o protesto contra o Congresso Nacional e o STF, Jair Bolsonaro afirmou que a troca mensagens foi de cunho pessoal no aplicativo de mensagens.

Segundo o presidente, “qualquer ilação fora desse contexto são tentativas rasteiras de tumultuar a República”.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chicó disse:

    Depois dessa notícia meteórica, vou digitar 17 no microondas e "Jair" treinando para 2022. A eleição acabou e o choro é livre !!!

  2. Gustavo disse:

    Conselheiro do Human Rights diz que Bolsonaro confessou crime de responsabilidade.
    Advogado criminalista e conselheiro do Human Rights, Augusto de Arruda Botelho, afirmou que Jair Bolsonaro assumiu “que encaminhou o vídeo convocando para uma manifestação que tem como uma das pautas o fechamento do Congresso”. "Ele mandou e assumiu que fez isso. Gravíssimo”, disse o Conselheiro.
    Vão voltar atrás e pedir desculpas?

  3. Aparecida disse:

    Essa convocação e muito seria. Vivemos numa DEMOCRACIA, e como tal, o Presidente deve ouvir, dialogar e buscar harmonia com os 3 poderes. Convidar o povo para ir as ruas contra poder A e/ou B é atitude de DITADOR.

  4. Pedro disse:

    Sinceramente Lénio, já votei em nove dedos, vais prefiro chocalho do que algemas e celas putridas, o seu mentor com sua turma de ali babas, cachaçeiros, Fetidos e ladrões sabem o que é isso.

  5. Franco disse:

    JÁ QUER VOLTAR ATRÁS COM MEDINHO DO IMPECHEMENT?
    SE COLAR, COLOU, NÉ NÃO PRÉ FAKE?
    O ATENTADO JÁ ACONTECEU E FOI DEVIDAMENTE CONFIGURADO.
    NÃO EXISTE ESPAÇO PRIVADO DE PESSOAS PÚBLICAS, QUE PODEM RESPONDER POR SEUS CRIMES COMETIDOS EM QUALQUER ESFERA OU AMBIENTE.
    COMETEU CRIME DE RESPONSABILIDADE SIM. ELE E SEUS MINISTROS.
    FIZERAM ISSO DELIBERADAMENTE E AGORA NÃO ADIANTA DIZER QUE FOI SÓ MAIS UMA BRINCADEIRINHA E PEDIR DESCULPAS COMO TEM FEITO DESDE O PRIMEIRO DIA DE SEU MANDATO CONCEDIDO POR UMA FACADA FAKE.
    VÃO SER EXONERADOS OS MINISTROS QUE ASSUMIRAM O GOLPE PUBLICAMENTE?

    • Hugo disse:

      Vai cholar até rasgar as pregas… é o Mito presidente até 2027. Cholaaaaaaaa carniça!!!

  6. Lenio disse:

    E é através desse canal de comunicação que os anúncios e convocações são feitas diariamente.
    E O GADO SEGUE FELIZ COM OS CHOCALHOS NA CABEÇA…
    MMMMMMmmmmuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

MPF reforça denúncias contra grupo que desviou mais de R$ 5 milhões no RN

Foto: Reprodução

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou as alegações finais da denúncia decorrente da chamada Operação Êpa!, deflagrada em 2011. Um grupo de oito pessoas estava envolvido no desvio e apropriação de verbas públicas relacionadas a 16 convênios firmados entre os ministérios do Trabalho e Emprego (MTE) e do Desenvolvimento Agrário (MDA) com o Instituto Espaço de Produção ao Desenvolvimento Sustentável (Instituto Êpa!) e a Cooperativa dos Trabalhadores Autônomos (CTA).

As irregularidades ocorreram entre setembro de 2006 até aproximadamente outubro de 2011 e os desvios totalizaram R$ 5.429.454,73, fruto de convênios que previam qualificação profissional da população mais carente, desenvolvimento da agricultura familiar e dos territórios rurais, entre outros serviços, tanto no Rio Grande do Norte, quanto na Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Leia texto completo aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Curiosidade, apenas: essa cambada de institutos, ONGs, Oscips, cooperativas… terceiro setor, enfim, são todos originários da era petralha?

  2. Lourdes Siqueira disse:

    As alegações finais do MPF, de autoria do procurador da República Fernando Rocha, pedem a condenação de Aurenísia Celestino Figueiredo Brandão, Cid Celestino Figueiredo Sousa, Ângelo Márcio Fernandes de Sousa, Valter de Carvalho, José César da Costa Calado Filho, Wagner de Lima Costa, Jairo Duarte Pinheiro e Flávio de Aquino Carvalho.

  3. Chico disse:

    Calma analfabeto,leia a mátria toda

  4. Ferreira disse:

    Interessante como em algumas matérias saem nomes, fotos, profissão, movimento que a pessoa pertence ou milita, etc, etc, etc. E outros nada, nada, nada…
    Quem são os processados?

Grupo de evangélicos fica sobre mira de armas e é vítima de arrastão em acampamento na Lagoa do Bonfim

Foto: Ilustrativa

A Polícia Militar registrou uma ação criminosa na noite dessa quinta-feira(09) contra um grupo de evangélicos na Lagoa do Bonfim, em Nísia Floresta, na Grande Natal. Na ocasião, cerca de 100 pessoas estavam no acampamento, e parte delas ficou sob mira de armas de fogo durante um arrastão.

Informações dão conta que uma associação de igrejas recebia várias famílias que dormiam lá desde quarta-feira(08). Pelo menos três homens encapuzados participaram da ação criminosa, e renderam o grupo que estava em dormitórios de uma parte mais alta do acampamento, próximo a uma mata.

Durante o arrastão, os marginais prenderam pessoas nos quartos, roubaram tudo, atiraram pra cima e fugiram por uma mata localizada dentro do terreno do acampamento.

Após o assalto, a segurança no local foi reforçada.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sergio disse:

    Se tivessem armados, a história era outra. Eles teriam levado as armas também…

  2. joaozinho da escola disse:

    Solta pombinha da paz que resolve…. ou entao faz apologia ao desarmamento que o bandido entrega a arma dele em nome da justiça e do povo. Lula é honesto…. o homem nunca foi a lua… e ninguem precisa trabalhar pq se vive da luz do sol. E os ladroes de celular sao todos inocentes pq a culpa é da sociedade.

  3. Flavio disse:

    A dois anos mais ou menos, houve outro assalto aí na lagoa, o final dos bandidos foi buraco, parece que não aprenderam, tá dado a dica quando pegarem esses.

  4. aof disse:

    Não é o primeiro assalto que ocorre ali. O primeiro item a ser observado em qualquer evento é segurança.

  5. Neco disse:

    Começar a bater mais em cima de quem recepta. Endurecer leis, botar mais inteligência (quem não sabe aqui dentro de Natal onde há muitos pontos de receptação de roubos?). Chega nos mercados e passa um pente-fino em quem vende produtos mais visados por bandidos, como celulares e eletros. Institui recompensas aos anônimos que denuciarem quem tem muitos celulares e eletros roubados. Não sei se ajuda muito, mas campanahas de publicitárias sobre receptação poderiam ajudar.

  6. Esdras disse:

    Quem tem granja, sítio, Fazenda, não pode mais frequentar esses locais , a bandidagem venceu. Reunir muita gente num só local e não levar seguranças é excelente para esses bandidos economizarem esforços.

    • Neco disse:

      Tá fácil e de pouco risco roubar. A economia não comporta pagar salários de 5 mil reais para todo o mundo. Mesmo que pudesse, ainda continuaria a ser mais "vantajoso" botar uma arma na cabeça das pessoas e tirar bens. Fazer um "apurado" de dois mil por semana. Vai ter quem compre os produtos do crime mesmo. Quem não tiver freios de consciência rouba e recepta mesmo.

Governo cria grupo para atuação imediata em grandes desastres

Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

O Ministério da Justiça e da Segurança Pública criou uma estrutura especializada para atuar em grandes tragédias, informa Helena Mader na Crusoé.

O Grupo para Resposta a Desastres (GRD) será ligado à Força Nacional de Segurança e vai trabalhar em situações de calamidade causadas por ventanias, alagamentos, inundações ou enchentes, incêndios florestais, rompimento de barragens e em outros desastres que ultrapassem a capacidade de resposta das autoridades locais.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bento disse:

    Presidente com ações digno de "OSCAR".
    Sempre atuante e preocupado com a população brasileira.
    E isto sem roubar como fazia ps comunas anteriores se dizendo que fazia isto para acabar com a fome.
    Obrigado Presidente Jair Messias bolsonaro.

Operação Calvário: Grupo liderado por ex-governador Ricardo Coutinho desviou R$ 120 milhões da saúde para campanhas políticas; confira alvos

Foto: Reprodução

Novos dados da Operação Calvário foram revelados. Do valor total desviado pelo grupo investigado (R$ 134 milhões), mais de R$ 120 milhões teriam sido destinados a políticos e às campanhas eleitorais de 2010, 2014 e 2018, diz a PF. A quadrilha teria ainda fraudado licitações e concursos públicos, além de ter superfaturado equipamentos, serviços e medicamentos.

“A medida cautelar ajuizada pelo Ministério Público da Paraíba colaciona um extenso material probatório, todo ele apontando o investigado Ricardo Vieira Coutinho como principal líder da Organização Criminosa e responsável direto, tanto pela tomada de decisões dentro do organismos delituoso, quanto aos métodos de arrecadação de propina, sua divisão e aplicação. Segundo as investigações, ele é o chefe do agrupamento que teria se estabelecido no Estado Paraibano”, diz um trecho da decisão judicial.

Segundo a Polícia Federal, foi organizada uma rede de prestadores de serviços terceirizados e de fornecedores que fechavam contratos com sobre-preço na gestão dos Hospitais de Trauma de Mamanguape e do Metropolitano, em Santa Rita.

Para se blindar de fiscalização do Tribunal de Contas do Estado, a quadrilha teria pagado propinas e utilizado contratos de ‘advocacia preventiva’ ou de ‘advocacia por êxito’ para ocultar a movimentação dos valores, diz a corporação.

Confira em matéria na íntegra no Justiça Potiguar quem são os alvos da Operação com mandado de prisão decretado aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. L al ma disse:

    E aqui no rgn quando a Pf chegará!

Grupo de advogados arrecada itens de ajuda para o GAAC e Juvino Barreto

Advogados estão se organizando para obtenção de doações para o Grupo de Apoio à Criança com Câncer e o Juvino Barreto.

Os itens a serem doados devem ser entregues na Rua Seridó, 555, Petrópolis, Natal, na sede do André Elali Advogados.

Justiça Potiguar

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juca disse:

    Manda pedir aos juízes de Pernambuco. Receberam 10 férias atrasas de uma vez só. Teve uma doidinha q recebeu mais de um milhão. Há se eu pego uma coroa dessa.

  2. Idiota potiguar disse:

    Vc confia???
    Kkkkk
    Dia desses a polícia federal amanheceu lá…

Representante da direita, Lacalle Pou é eleito novo presidente do Uruguai e tira grupo de Mujica do poder após 15 anos

Foto: Mariana Greif/Reuters

O senador do Partido Nacional, de centro-direita, Luis Lacalle Pou será o próximo presidente do Uruguai, depois que números apresentados pela contagem secundária realizada pela Corte Eleitoral do país indicaram sua vitória no segundo turno realizado no domingo (24). A posse será em 1º de março de 2020.

O vice-presidente da Corte Eleitoral, Wilfredo Penco, disse à agência Efe que o órgão “não faz cálculos” e que não proclamará o presidente “até que a última urna seja aberta”. Porém, como a diferença entre Lacalle Pou e o candidato da Frente Ampla, de esquerda, Daniel Martínez, vinha aumentando, ficou claro que este já não conseguiria reverter a derrota.

Após uma divulgação de novos dados da contagem de votos, Martínez reconheceu que, pelo andar da apuração, não tem chances de alcançar o oposicionista, parabenizando-o como presidente eleito do país vizinho.

Havia 35.229 votos ainda não contabilizados. Para que Lacalle Pou vencesse as eleições, era preciso obter 3.170 deles.

Seis dos departamentos (estados) enviaram seus números e, só nesses locais, ele já recebeu quase 5.000 votos.

Com a vitória de Lacalle Pou, pela primeira vez em 15 anos, a coalizão Frente Ampla, formada pelo ex-presidente José “Pepe” Mujica e pelo atual presidente Tabaré Vázquez, fica fora do poder.

“Meu reconhecimento e obrigado a todos os homens e mulheres que estão defendendo os votos e a democracia em cada mesa nos dias de hoje. Meu pensamento está com vocês”, escreveu o vencedor no Twitter pouco depois das 13h.

Advogado da elite uruguaia

Luis Lacalle Pou nasceu em Montevidéu em 11 de agosto de 1973 — mesmo ano do golpe militar que mergulhou o Uruguai em uma ditadura que durou 12 anos. Estudou em uma das melhores escolas da capital uruguaia e se formou advogado no fim da década de 1990.

Ainda estudante, Lacalle Pou tinha 16 anos quando viu o pai, Luis Alberto Lacalle, tornar-se presidente do Uruguai com o mesmo Partido Nacional para um mandato entre 1990 e 1995. Inclusive, aquela foi a última vez em que a agremiação elegeu um candidato para a Presidência.

O fim do mandato do pai, cercado de denúncias de corrupção, poderia ter colocado um fim nas pretensões políticas da família. Porém, o jovem advogado conseguiu se eleger deputado em 1999 e se descolar, aos poucos, da imagem de Luis Alberto Lacalle.

Doze anos mais tarde, Lacalle Pou ocupou a Presidência da Câmara dos Deputados e se tornou uma das vozes mais proeminentes da oposição ao governo de José “Pepe” Mujica, eleito senador neste ano.

Em 2014, Lacalle Pou se candidatou pela primeira vez à Presidência do Uruguai e conseguiu chegar ao segundo turno. Porém, perdeu para Tabaré Vázquez por uma diferença superior a 10% dos votos.

Como Lacalle Pou venceu?

Para vencer as eleições deste ano, Lacalle Pou apostou em um discurso de enxugamento de gastos — ele acusa os governos da Frente Ampla de perder o controle dos gastos públicos. Além disso, ele prometeu fortalecer as forças de segurança em um momento em que o Uruguai passa por aumento nos índices de criminalidade.

Lacalle Pou ficou atrás de Daniel Martínez no primeiro turno, mas costurou uma aliança com outros partidos e com os candidatos derrotados mais bem posicionados: o liberal Ernesto Talvi, do Partido Colorado, e o nacionalista Guido Manini Ríos, do Cabildo Abierto.

Assim, mesmo antes do primeiro turno, o presidente eleito já figurava à frente do candidato governista nas pesquisas de intenção de voto para a segunda volta das eleições.

Com informações do G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. gilberto ivan disse:

    A única lembrança que tenho do Mujica é a liberação da maconha porta de entrada de outras drogas, o que fez com que muitos idiotizados achassem o máximo, a esquerda entrou nas nuvens da mesma e enlouqueceu de vez, vivem de cultuar nas suas mentes doentes e perversas ditadores e terroristas como Che Guevara, Fidel, Chaves, Maduro, etc. A nuvem negra pairou sobre o nosso país e os idiotizados aqui morrem de amor por um bandido condenado e ainda com vários processos a serem julgados e que será fruto de novas condenações.

  2. Ems disse:

    Por onde a esquerda passa a desgraça impera !!!

  3. Pedro disse:

    É mesmo Carlos Bastos? Mujica, amigo do pingunço, ladrão bi condenado, mentiroso, encantador de otarios, deveria continuar a mandar no Uruguai como fazia nove dedos no Brasil? Tenha paciência jumento, vc acha que todos são burros iguais aos petistas? Vai fazer o que disse o cidadão, chupa que é de uva.

  4. Carlos Bastos disse:

    Quando os uruguaios e brasileiros perceberem a merda que fizeram vai ser tarde demais.

    • Cidadão disse:

      #chupaqueédeuva 😂

    • Neco disse:

      Bom mesmo é botar um governo que estatize a rodo, aumente salários na canetada, congele preços, tabele o cãmbio, faça um monte de graça com o dinheiro dos outros, encha a administração de partidários.

  5. Luis disse:

    Acabou a farra do dinheiro roubado do sofrido povo brasileiro para eleger essa esquerdalha da América central e do sul, melhor é saber que o comandante desses atos criminosos contra a nação brasileira vai voltar pra cadeia.

  6. paulo disse:

    BG
    A America do Sul está se libertando deses encatadores de burro que só sabem roubar

    • Ricardo disse:

      O Chile tá arrumando sarna pra se coçar. A Argentina já arrumou.

Grupo de amigos composto por integrantes de diferentes profissões promove ‘A Corrente do Bem’ para moradores na Grande Natal

Evento terá ações gratuitas de saúde e cidadania no dia 1º de dezembro, no Instituto Pio XII, em São José de Mipibu. Foto: Divulgação

Um grupo de amigos, composto por mais de 20 integrantes de diferentes profissões, preparam ‘A Corrente do Bem’. A iniciativa está na 1ª edição e levará ações gratuitas de saúde e cidadania em São José do Mipibu, na Grande Natal. O evento será realizado no dia 1º de dezembro no Instituto Pio XII, Centro da cidade, das 9h às 12h30, e tem o apoio da Paróquia de Sant’Ana e São Joaquim.

As atividades são diversificadas e voltadas para todas as idades. Para participar, basta se inscrever na secretaria paroquial informando nome completo, endereço e telefone. O atendimento para as inscrições é das 8h às 11h e das 14h às 17h, até o dia 31 de novembro. As vagas são limitadas e cada atividade possui lista de suplência.

A programação contará com orientações profissionais para pessoas em busca do primeiro emprego; palestras motivacionais e de autoimagem; jogo voltado para o autoconhecimento; roda de conversa; terapia infantil; avaliação nutricional; orientação e aplicação de flúor; atividades físicas para idosos; recreação infantil, exercício laboral e de relaxamento; aferição da pressão arterial; teste rápido de glicose; repasse de informações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs); atendimento pediátrico, fonoaudiológico e fisioterapêutico.

Também estarão disponíveis um espaço jurídico para orientar a população sobre assuntos diversos como direitos da família, registros de paternidade, questões imobiliárias e sucessões hereditárias; espaço contábil para tirar dúvidas de empreendedores acerca de questões financeiras, e espaço da beleza para asseio da barba e cortes de cabelo masculino e feminino.

Idealização

‘A Corrente do Bem’ é idealizada pela graduanda de psicologia Paulla Azevedo, de 44 anos, e já conta com a mobilização de cerca de 50 pessoas, entre profissionais e demais voluntários de São José de Mipibu. Para realizar a iniciativa, ela se inspira no filme norte-americano que dá nome ao projeto, lançado no ano 2000. Na obra, um professor de estudos sociais incentiva os alunos a colocarem em prática uma ideia que transformasse o mundo para melhor. Até que um jovem consegue criar um plano de ação que se transforma em uma onda de bondade nacional.

“Nossa meta é provar para as pessoas que quando desejamos realizar verdadeiramente uma ação do bem, unindo forças, podemos impactar positivamente a vida de milhares de outras pessoas. Juntos somos mais”, lembra a idealizadora.

Excluiu o chato do grupo de WhatsApp? Você pode responder na Justiça por isso

Reprodução/Estado de Minas

O administrador de um grupo de WhastApp pode excluir integrantes livremente, simplesmente de acordo com sua vontade? Quais são as responsabilidades de quem participa e gerencia essas comunidades virtuais? Em que situações pode haver penalidade? As perguntas são muitas e se multiplicam a partir de casos como o que foi parar recentemente no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG): uma servidora pública excluiu uma moradora de Ressaquinha, na Região Central do estado, de um grupo da equipe de saúde da família no aplicativo de mensagens. Agora, vai precisar se explicar à Promotoria de Justiça.

O episódio diz respeito ao que é considerado um “espaço público”, mas especialistas alertam que quem administra e participa de grupos privados também precisa ficar atento ao que diz e como age na internet, sob risco de ser processado.

Matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Diogo disse:

    Nem adicione e seja feliz. Ou crime outro grupo, sem o José Ruela.