Árbitro potiguar registra em súmula que foi chamado de “covarde” por diretores do Corinthians

Súmula registra xingamentos — Foto: Reprodução / CBF

O árbitro do empate por 0 a 0 entre Corinthians e Grêmio, neste domingo, na Neo Química Arena, relatou em súmula que foi ofendido por dois dirigentes do Timão.

Segundo Caio Max Augusto Vieira, os diretores adjuntos Eduardo Almgren Ferreira e Jorge Agle Kalil o chamaram de covarde no intervalo da partida. Diz a súmula (mantido o texto original do árbitro):

“Informo que no intervalo da partida enquanto a equipe de arbitragem se dirigia para o vestiário, dois diretores do s. c. corinthians paulista que se encontravam na zona mista, identificados como os senhores, eduardo almgren ferreira (…) e jorge agle kalil, gritavam insistentemente em nossa direção as seguintes palavras, ” vocês estão caindo na pressão deles, seus covardes”. informo que ambos foram identificados pelo delegado da partida sr: quintino maudonnet neto”

O Corinthians teve dois jogadores expulsos na partida: Marllon e Otero. O primeiro levou amarelo por entrada em Matheus Henrique, mas o árbitro mudou a decisão ao ver um corte na canela do jogador gremista – e trocou o cartão para vermelho. Ele depois reviu o lance no monitor do VAR e manteve a expulsão.

Com o empate, o Timão foi a 26 pontos, na 13ª colocação (perderá um posto esta noite, depois do jogo entre Sport e Atlético-GO). Está dois pontos à frente da zona de rebaixamento.

O próximo jogo é quarta-feira, às 21h30, contra o Coritiba, no Couto Pereira.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Conceição silva disse:

    Vc é o cara ,amo seu programa.

  2. Tom França disse:

    Todos os comentaristas da ESPN pegaram tão pesado com o Caio Max, que deu nojo e parei de assistir. O bairrismo falou mais alto! Até concordo que ele tava numa noite um pouco infeliz, mas não precisava ser um massacre daqueles. Tem jogador que tem dia infeliz, narrador, repórter…, pode acontecer com qualquer um. Talvez o erro dele tenha sido aplicar cartão amarelo tão cedo. Foi um daqueles jogos, que tudo conspirou pra atrapalhar a arbitragem. Ninguém é perfeito! Ninguém é máquina! Caio Max Augusto Vieira, é um dos melhores árbitros do Brasil, na atualidade. Merece crédito, pelas grandes atuações que já teve. Inclusive, já deveria ser um árbitro-FIFA

    • Erasmo disse:

      Disse tudo Tom França, Os jogos que eu assisti Caio Max apitar, ele saiu desapercebido, sinal que foi muito bem, time grande quando perde ou empata o choro é grande. Força Caio Max.

Militante bolsonarista chama Alexandre de Moraes de covarde e diz que ela não cala

Foto: Reprodução/Twitter

Através do twitter, a analista política, Sara Winter, conta nesta quarta-feira(27) que a Polícia Federal esteve às 6h da manhã a mando do Alexandre de Moraes.
“Levaram meu celular e notebook. Estou praticamente incomunicável! Moraes, seu covarde, você não vai me calar!!”, disse.
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. TATA disse:

    ISSO NAO VAI DAR EM NADA POIS A PF E BABA DO CLA BOLSONARO, NUNCA PENSEI EM ESCREVER P FANFARRONA KKKKK

  2. Mauro Melikonte disse:

    Sou Bolsonaro e a cada dia me convenço mais disso.
    Esses idiotas do STF e esses covardes do Congresso podem esperar, pois o poder das mãos de Deus irá descer sobre tudo que estão fazendo contra o povo, o nosso país
    Esses bestiais comunistas não conhecem o Poder de Deus, porque são ateus.

  3. Calixto Silva disse:

    Inquérito inconstitucional, criado as escondidas ,os advogados dos acusados não têm o direito de conhecer os autos do processo. Será que realmente existe a preocupação em buscar a verdade? Aonde é que está tão defendida liberdade de expressão pelo STF? Fazer filmes e chacotas com símbolos religiosos pode, agora fazer críticas aos ministros do STF não pode? O STF tem tomado decisões que agradam a população brasileira, né? Começou com o Lewandowski quando mandou prender aquele advogado que disse que tinha vergonha do STF naquele vôo aí agora o intocável Alexandre de Morais, está usando a polícia federal para investigar críticos do STF, vái ter que prender a maioria dos brasileiros.

  4. Antonio Turci disse:

    Se o Presidente apanha, é por causa da inabilidade política e pelas grosserias que comete diariamente. Ele precisa ser mais contido e cauteloso na forma de se expressar.

  5. Inês disse:

    Analista política?! Criminosa e baderneira mesmo. O xilindró lhe espera, senhora analista!

  6. Cidadão Indignado disse:

    Por que ficou tão preocupada essa criatura honesta e cidadã? Caterva!

  7. Lurdes disse:

    Fake news, o endereço certo é na folha de São Paulo e no grupo Marinho.
    Rapaz, o que esse presidente apanha é brincadeira.
    A sorte é que o cara é feito massa de bolo, quanto mais bate, mais cresce.
    Já fizeram o diabo com o cara, de responsável pelo morte de Mariele, de corno, etc etc, já o chamaram, mas vamos que vamos, lutar contra uma quadrilha de poderosos, não é fácil.

‘Quem faz delação é réu-confesso e frouxo’, afirma relator de processo contra Delcídio

delcidioO relator do processo contra Delcídio Amaral (PT-MS) no Conselho de Ética do Senado, Telmário Mota (PDT-RR), afirmou que a suposta delação do senador não será incluída na investigação até que seja homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Em contrapartida, ele acredita que o documento deve dificultar a situação de Delcídio. “O delator pra mim tem dois defeitos, primeiro ele é réu confesso, depois ele é frouxo”, disse.

A declaração de Telmário relembra fala da presidente Dilma Rousseff que, em junho do ano passado, rebateu delação do empreiteiro Ricardo Pessoa sobre doações da UTC à campanha da presidente. “Eu não respeito delator. Até porque eu estive presa na ditadura e sei o que é que é. Tentaram me transformar em uma delatora”, afirmou Dilma à época. A presidente também foi citada na delação de Delcídio.

Já existem requerimentos no Conselho de Ética que pedem a inclusão da delação de Delcídio ao processo, mas só poderão ser avaliados após o colegiado votar o parecer apresentado pelo relator. “O nosso relatório foi em cima do que foi apresentado, ainda não sabemos se a delação existe. Se ela não for homologada, não tem nenhuma validade. Ma se tiver uma delação, naturalmente ela vai incriminá-lo”, argumentou Telmário Mota.

No Senado, há grande expectativa quanto à homologação da suposta delação de Delcídio, que teria citado pelo menos cinco senadores, incluindo os já investigados Renan Calheiros (PMDB-AL), Valdir Raupp (PMDB-RO) e Romero Jucá (PMDB-RR), além do presidente do PSDB, Aécio Neves (MG).

A divulgação da delação mudou os rumos do processo contra o senador, que contava com a conivência de alguns membros do colegiado para atrasar o processo. Agora, o humor é outro no Senado e a maior parte dos parlamentares tende pela cassação de Delcídio.

Fonte: Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Verdade seja dita disse:

    E se este cara estivesse no lugar dele pronto para tomar 20 ou 30 anos de cadeia para defender quem não merece?

Radialista diz que ex-ministro Alfredo Nascimento é 'covarde'

Folha.com

Diretor-executivo de emissoras de rádio e de um canal de TV em Manaus, o radialista Ronaldo Tiradentes, 49, disse que o senador Alfredo Nascimento (PR-AM) “é um covarde”. Tiradentes rebateu a acusação do ex-ministro dos Transportes de que o radialista planta denúncias contra o empresário Gustavo de Morais Pereira, filho do político.

“Ele nunca refutou o que eu disse porque não tem como desmentir”, disse Tiradentes.

Nascimento acusa radialista de plantar denúncias contra filho

“Desafio ele [Nascimento] a explicar como o filho formou tantas empresas e juntou um patrimônio de R$ 70 milhões”, afirmou.

(mais…)