Aliados dizem que acusações contra Flávio são para tirar foco de Witzel

Aliados de Flávio Bolsonaro têm dito que as acusações feitas pelo empresário Paulo Marinho contra o senador têm o objetivo de tirar o foco das investigações sobre o governador do Rio, Wilson Witzel, informa Fabio Leite na Crusoé.

Marinho afirmou que um delegado da Polícia Federal alertou Flávio, em outubro de 2018, que uma investigação sigilosa havia descoberto as movimentações financeiras atípicas de Fabrício Queiroz, assessor dele na Assembleia Legislativa do Rio à época.

Flávio negou as acusações e disse que Marinho quer prejudicá-lo para ocupar seu lugar no Senado, já que o empresário, ex-aliado de Bolsonaro, é seu primeiro suplente.

“Isso é jogo casado, uma estratégia militar. Tem uma megaoperação em curso contra o governador o Witzel e, por isso, eles tentam agora requentar o caso Queiroz. Aqui no Brasil isso é popularmente chamado de ‘boi de piranha’”, disse um aliado de Flávio.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marieta disse:

    kkkkk Rindo! Witzel aprendeu a jogar o jogo dos Bolsonaro's. Quem viveu no ninho de cobras e se identifica aprende a usar as artimanhas… Muito bem!

  2. Paulo disse:

    Bandidos reconhecem as estratégias que usam….

  3. RICARDO LÚCIDO disse:

    Eu era aliado do mito . Lento de uma manifestação defronte ao shopping Midway . MITOCA , era o nome da minha cadelinha vira lata que adotei e levei para o encontro , Fou fantástico , encontrei meu médico todo fantasiado e vibrando com palavras de ordem contra a corrupção. Estava com minha camisa camuflada e minha buzina verde amarela . Pense numa decepção grande . Pense num voto amaldiçoado . Briguei na família quase me separo e ainda estou tento que chamar minha cadelinha de mitoca . O BIZO , votei nele e me arrependo me decepcionou muito . Acho que agora vai , o mito está se desfazendo em uma teia de safadeza que eu não imaginava . Quero doar a buzina e s camisa camuflada ou sugestões para me livrar delas . Por favor me ajudem , agora sem desaforos .

    • Direita-Honesta disse:

      Vc é "esquerdista raiz". Larga de mentira. Alguém como vc jamais votaria no Bolsonaro. Tente se preocupar com o RN e sua governadora pois em breve vai faltar dinheiro prá lhe pagar. Quanta sandices vc posta, rapaz. O dia todo. Tem que ser militante a soldo.

    • Chicó disse:

      Você já viu uma melancia ? Ela é verde por fora e vermelha por dentro.

    • RICARDO LÚCIDO disse:

      DIREITA HONESTA , acredite é verdade . Eu era Bozo dos pés a cabeça . Meu amigo , eu comprei uma rifa de uma panela de pressão para ajudar nas passeatas . Agora estou arrependido . Queria tirar o PT e foi pior , ou melhor está sendo pior . Sonhava com uma DIREITA HONESTA , cheia de pessoas do bem , todos imbuídos não salvação do Brasil 🇧🇷. Aí vem essa presepada . Estou tomando chá de camomila ( não confundir com CLORIQUINA ) , 3 vezes ao dia , deixei de comer minha bananinha pela manhã só para não me lembrar dos bananinhas filhos do Bozo . Mas para tudo tem jeito . Tamô junto em DIREITA HONESTA eu acredito .

  4. Anti-Político de Estimação disse:

    Quem for podre que seja investigado, e se for encontrada culpa , que se quebre !!!!

  5. Zanoni disse:

    Sei…Então, tudo é mentira? É o próximo Eduardo Cunha. Oh voto perdido nessa turma do "Minto".

Acusações de Sergio Moro sobre Jair Bolsonaro respaldadas em provas documentais

As acusações de Sergio Moro contra Jair Bolsonaro estão respaldadas em provas documentais, dizem Andreza Matais e Fausto Macedo no Estadão. O Antagonista confirma que há mensagens de WhatsApp do presidente ao então ministro da Justiça.

Interlocutores do ex-ministro da Justiça relataram que ele e o presidente tiveram inúmeras conversas, pessoais e de governo –especialmente pelo WhatsApp, canal usado por Bolsonaro para dar ordens aos subordinados.

Essas fontes observaram que Moro tem uma experiência de 22 anos como juiz criminal e sabe, como poucos, que não se acusa alguém sem provas concretas.

Pelo menos sete crimes que Bolsonaro teria cometido foram apontados pelo ex-ministro em seu pronunciamento desta sexta (24). Moro surpreendeu até sua equipe ao revelar com detalhes que o presidente manifestou interesse em interferir na autonomia da PF –ordens que ele nunca repassou.

O Antagonista, com Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Souza disse:

    Não adianta colocar Moro como presidente e deixar os mesmos senadores e deputados

  2. Terto Ramos disse:

    Tenho dito.
    Moro é cirúrgico no que fala.
    É difícil pegar lo sem provas.
    Basta lembrar como juiz da lava jato.
    Cirúrgico!!!
    Nosso futuro presidente!!!

VÍDEO: Flávio Bolsonaro rebate acusações do MP “ponto a ponto”

 

Ver essa foto no Instagram

 

A verdade ponto a ponto! Assista até o final…

Uma publicação compartilhada por Flávio Bolsonaro (@flaviobolsonaro) em

“Não tenho nada a ver com isso”, diz Flávio sobre dinheiro recebido por Queiroz

Na live pelo YouTube, Flávio Bolsonaro também negou ligação com R$ 2 milhões depositados na conta de Fabrício Queiroz por ex-assessores de seu gabinete na Alerj.

“Só que eles não explicam que isso era num período de 12 anos e que grande parte, a maioria esmagadora desses recursos, são oriundos dos próprios parentes dele, que trabalhavam lá também. Ele já falou isso publicamente, que geria os recursos da família. A família depositava o dinheiro na sua conta e ele fazia o que queria com o dinheiro. Eu não tenho nada a ver com isso. O que é que eu tenho a ver com que a pessoa faz com seus recursos? Todos trabalhavam”, disse.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jair disse:

    É a nova política da família tradicional e dos bons costumes!

  2. Rodrigo disse:

    O Senador Flávio Bolsonaro fala com firmeza e com convicção, mas suas ações, como a de paralização das investigações no supremo parece bem distante do discurso. Antes de espernear precisa comprovar o que diz. É aguardar que o tempo se encarregaram de mostrar a verdade

  3. Batista disse:

    Suspeito de matar Marielle recebia parte dos salários da rachadinha do clã Bolsonaro

  4. Marcelo disse:

    O senhor fala e não prova, nós falamos e mostramos as provas conforme pode ser visto nos autos processuais, não interessa se é filho de: A, B ou sem pai influente, nossa meta e fazer cumprir a Lei, independente de quem cometeu a ilegalidade.

    • Antonio disse:

      Faça um vídeo e mostre as provas!!! Mostre que você é diferente. Ao apenas fale…

Bolsonaro, sobre caso Marielle: “Outras acusações virão, armações, vocês sabem de quem”

Reprodução do YouTube/SBT

Jair Bolsonaro voltou a falar nesta sexta-feira sobre o caso Marielle Franco.

Dirigindo-se a apoiadores que o esperavam na porta do Palácio da Alvorada, ele disse: “No caso Marielle, outras acusações virão, armações, vocês sabem de quem”.

E completou: “Mas a gente tem um compromisso: mudar o destino do Brasil.”

No fim de outubro, Bolsonaro acusou o governador do Rio, Wilson Witzel, de manipular as investigações sobre o assassinato de Marielle para tentar vincular o presidente ao caso.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil e RN acima de tudo. disse:

    Presidente, quem não deve, não teme.

    • Baraúna disse:

      Exatamente, devido ao aparelhamento estatal essa investigação sofreu enorme maquiagem e os nomes dos mandantes ainda vão ser revelados, onde tudo indica que será gente graúda do Rio de Janeiro.

CEARÁ-MIRIM – (VÍDEOS): Marconi Barreto “chuta o pau da barraca” e desabafa sobre acusações de Ronaldo Venâncio

O ex-prefeito de Ceará-Mirim Marconi Barreto, em contato com o Blog do BG, enviou uma série de vídeos em que faz um desabafo sobre as acusações que sofreu por parte do candidato Ronaldo Venâncio. O ex-prefeito reafirma que não existe o rombo de R$ 23 milhões nas contas do município, dá a sua versão para o caso e ainda faz graves acusações contra o atual prefeito e também candidato na eleição suplementar, que ocorre no dia 01 de dezembro.

Novela Marcone x Ronaldo – Capítulo 1
MARCONI DESABAFA CONTRA RONALDO

Novela Marcone x Ronaldo – Capítulo 2
MARCONI ACUSA RONALDO

Novela Marcone x Ronaldo – Capítulo 3
MARCONI QUESTIONA RONALDO

Novela Marcone x Ronaldo – Capítulo 4
MARCONI CHAMA RONALDO DE MENTIROSO

Novela Marcone x Ronaldo – Capítulo 5
MARCONI ACUSA PEIXOTO

Novela Marcone x Ronaldo – Capítulo 6
MARCONI NÃO FOI PRESO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Damasceno disse:

    E porque não deixou tudo em dia…num sabia que iria sair! Quem estar horando os seus compromissos é o prefeito atual.

  2. Cesar disse:

    A polícia federal já esteve na prefeitura,…
    Cuidado p não ir na sua casa …

Desembargador Bento Herculano desqualifica acusações de mulher em processo no CNJ e diz que tomará providências jurídicas

O desembargador e presidente do TRT-RN, Bento Herculano encaminhou nota de esclarecimento sobre representação contra ele que tramita na Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça sobre possíveis irregularidades em decisão de processo trabalhista, conforme divulgado na última sexta-feira, pelo Justiça Potiguar. Confia nota abaixo:

NOTA DE ESCLARECIMENTO aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. #Vergonha nacional disse:

    Onde há muitas fumaças …há fogo , CNJ , MP e SOCIEDADE SOCORRO

Vou para o enfrentamento público, e crime de amizade não existe, diz Temer; ex-presidente afirma que é alvo de ‘núcleo punitivista’ do Ministério Público

O ex-presidente Michel Temer (MDB) durante entrevista exclusiva à Folha – Eduardo Knapp – 11.abr.2019/Folhapress

Depois de ficar quatro dias preso em março e de se tornar réu quatro vezes nas últimas semanas, o ex-presidente Michel Temer (MDB) diz à Folha que decidiu “ir para o enfrentamento, inclusive público” contra seus acusadores.

Fora do Planalto há pouco mais de três meses, afirma ser alvo de um “núcleo punitivista” do Ministério Público e que o considera um troféu da operação.

É irônico ao falar das acusações, como quando afirma que corre o risco de ser considerado dono de concessionárias, frigoríficos e construtoras por ter editado medidas a favor desses setores. Disse que só aceitou dar entrevista porque quer “preservar a honra após ser vilipendiado”.

Afirma ainda que querem imputar a ele um “crime de amizade”, em referência ao coronel reformado da PM paulista João Baptista Lima Filho, dono da empresa Argeplan, suspeita de receber repasses de propina a seu favor.

Também reserva seu estoque de críticas para a acusação de lavagem de dinheiro envolvendo a reforma da casa da filha Maristela. Segundo o Ministério Público Federal, eles usaram dinheiro de propina na obra do imóvel.

Sobre o seu sucessor, Jair Bolsonaro (PSL), é econômico nos comentários e evita fazer reparos, por exemplo, à relação conflituosa entre Executivo e Congresso atualmente.

Temer concedeu entrevista à Folha ao lado do advogado Eduardo Carnelós, que interrompeu a conversa em alguns momentos para rebater argumentos da acusação e reforçar pontos da defesa.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Contribuinte Eleitor da Silva disse:

    Cadeia nesse vampiro safado !!! cara de pau !!

ALOPROU – (‘A Fifa têm 2 ladrões): Blatter e Valcke; vão ficar bilionários com a Copa', desabafa Romário

Um dos principais opositores na Câmara em relação ao excesso de gastos realizados nas obras para a Copa do Mundo, o deputado federal Romário (PSB-RJ) não poupou críticas aos organizadores do torneio, que vai acontecer no Brasil a partir de junho. Em entrevista à ESPN Brasil nesta quarta-feira, o ex-jogador condenou as atitudes do presidente da Fifa, Joseph Blatter, e do secretário-geral, Jérôme Valcke.

Na entrevista, o deputado fez acusações à Valcke. “Ele mesmo acabou de dizer que a Copa no Brasil pode ser uma das piores da história da Fifa. Esse cara vem aqui no País, manda, desmanda, fala, desfala, e todo mundo bate palma. Esse cara é um dos maiores chantagistas do esporte mundial. Ele foi mandado embora, depois fez uma chantagem com o presidente da Fifa que é um ladrão corrupto, filho da p…”, acusou Romário, também mirando sua metralhadora verbal a Joseph Blatter.

Além das críticas aos mandatários da Fifa, Romário também questionou a idoneidade dos representantes públicos do País e da CBF. “A Fifa têm dois ladrões conhecidos pelos brasileiros, porque lá são muito mais de dois, tanto na CBF quanto na Fifa, que é o Blatter e o Jérôme Valcke. Os caras vão ficar bilionários com a Copa do Mundo e está tudo certo. E esse é o nosso governo, a nossa presidenta, os nossos secretários, que também estão se enriquecendo”, acusa.

Conhecido como um dos críticos aos altos gastos destinados à Copa, o ex-atacante da seleção também fez questão de comentar sobre as obras atrasadas da Arena da Baixada, em Curitiba. “A gente já gastou um absurdo para a Copa do Mundo, e daqui para frente vai ficar mais absurdo ainda. Muitas dessas obras, como por exemplo o Estádio do Atlético-PR, estão em fase emergencial. As licitações não devem ser mais daquelas formas burocráticas, para que o dinheiro entre. E uma coisa que custaria 20 vai custar 60”, denunciou Romário, lembrando que o estádio só foi reconfirmado para o Mundial no dia 18 de fevereiro.

SELEÇÃO

Mesmo decepcionado, Romário pede para que o povo brasileiro não deixe de apoiar a seleção na Copa do Mundo. “A gente têm de torcer para o Brasil ganhar a Copa dentro de campo, até porque para o futebol brasileiro é uma coisa perfeita. A Copa do Mundo fora de campo a gente já perdeu, não tem mais como reverter isso”, concluiu o ex-jogador, que foi tetracampeão vestindo a camisa 11 do Brasil em 1994, nos Estados Unidos.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Crystian Pontes disse:

    Meu amigo, gostaria de ter o "cunhão" grande igual ao de Romário pra poder falar algumas verdades para muita gente. HEHE

Deputado João Maia comenta acusações de Vivaldo Costa

Sobre as acusações do deputado estadual Vivaldo Costa em relação ao fechamento da sua rádio Caicó AM pelo ECAD, o deputado federal João Maia fez o seguinte comentário nas redes sociais:

“Tomei conhecimento das declarações do deputado Vivaldo Costa, nas emissoras de rádio de Caicó. Chamei o advogado, a contadora e um auditor para que a empresa Estação J.J, do qual sou sócio minoritário, informe de forma não leviana, os fatos acontecidos com a Rádio Caicó AM. O povo do Seridó, os ouvintes da Rádio Caicó, os profissionais da emissora merecem respeito. E em nome desse respeito, toda a verdade será conhecida”.

“Não podemos deixar de lamentar que, ao invés de buscar soluções para o pleno funcionamento da Rádio, que nunca deixou de lhe pertencer, e na qual o deputado Vivaldo Costa mantem programa diário, este fica procurando culpados, quando seria tão fácil apenas se olhar no espelho. Durante esta semana, emitiremos nota relatando toda a verdade sobre a Rádio Caicó AM”.

Raimundo Fernandes acusa prefeita de Mossoró de favorecer aliados na perfuração de poços

O deputado Raimundo Fernandes (PROS) denunciou que está havendo apadrinhamento político na perfuração de poços tubulares no Alto Oeste do Estado, só sendo beneficiados os correligionários do prefeito.

“No município de Venha Ver foram perfurados nove poços de pessoas que votaram no prefeito e o que é pior, em alguns não havia água. Não há um estudo para saber onde há a possibilidade de existir água.”, afirmou.

Diante dessa situação, o deputado levantou uma dúvida sobre o procedimento adotado de atender os aliados políticos do prefeito, deixando de lado as comunidades que estão sofrendo com a seca.

Segundo Raimundo Fernandes, a Associação dos Municípios do Alto e Médio Oeste, que é presidida pela prefeita de Mossoró, Cláudia Regina (DEM), que recebeu uma perfuratriz para fazer esse trabalho e está sendo conivente com essa ação dos prefeitos para onde a máquina é deslocada.

“Faço a denúncia, alertando para que a presidente da Associação procure outros mecanismos possibilitando que a perfuração chegue a outros municípios, sem procurar apadrinhamento político. O erro está sendo cometido pelo prefeito e acobertado pela Associação. Também questiono porque o governo do Estado não está mandando outras máquinas para o interior”, afirmou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ñatan disse:

    No dia da eleição, com esses candidatos eu não vou ter nem o trabalho de ir votar, prefiro pagar a multa de R$ 3,45. Quando não existem bons candidatos não precisamos votar no menos ruim e principalmente naqueles que já foram testados e reprovados. Burrice empobrece, adoece e até mata. Vamos despertar dessa ignorância RN.

  2. Rosaldo disse:

    Vai ser "cassada" pela décima primeira vez. "Um dia a casa cai…"

  3. George Humilde disse:

    a prefeita que foi cassada 10 vezes? aposto como é calúnia

'Cometi muitos erros, mas não esses de que me acusam', afirma José Dirceu

13248442O ex-ministro José Dirceu disse nesta terça-feira (10) que não considera a análise da possibilidade de embargos declaratórios no mensalão, que deve ser retomada amanhã, na última etapa do julgamento.

Ele deu uma entrevista nesta manhã a um programa da Fundação Perseu Abramo, centro de estudos vinculado ao PT, com transmissão ao vivo pela internet.

Dirceu afirmou que reconhece seus erros, mas refutou as acusações que o levaram a ser condenado a dez anos e dez meses de prisão pelo Supremo Tribunal Federal.

Após mais de uma hora em que Dirceu falou sobre a conjuntura do país e temas econômicos, o mensalão foi mencionado apenas no último bloco da entrevista, quando foram feitas perguntas enviadas por internautas. O entrevistador Marcio Pochmann, presidente da Fundação Perseu Abramo, disse que havia várias questões sobre como o ex-ministro encarava “esses últimos oito anos em que foi exposto à praça pública” –o mensalão veio a público em 2005– e “alvo de ataques sem direito a resposta”.

Dirceu classificou a denúncia do mensalão como “indébita e vazia” e voltou a mencionar a possibilidade de recorrer a cortes internacionais para questionar o julgamento do Supremo Tribunal Federal.

“Amanhã ou quinta teremos mais um capítulo, talvez o último… não o último, porque depois temos revisão criminal, as cortes internacionais. Vou continuar defendendo o PT e o governo”, afirmou.

Ao falar sobre o julgamento, Dirceu apresentava abatimento. Ele agradeceu as manifestações de solidariedade de petistas e militantes de esquerda e chegou a interromper brevemente a resposta ao declarar sua inocência. “Evidentemente que cometi muitos erros e sou responsável por muitos desses erros. Mas nos dos que me acusam agora. Desses que me acusam, jamais.”

Dizendo-se tranquilo e sereno, Dirceu se definiu como vítima de preconceito da elite contra seu partido. “Fui transformado no principal alvo do ódio, da inveja de setores da elite do país que não se conformam com a eleição do Lula, do PT com o papel que o presidente Lula tem no mundo, com a eleição da Dilma. Acabei escolhido para ser o símbolo desse ressentimento que eles procuram disseminar”, declarou.

O ex-ministro afirmou que a cassação de seu mandato como deputado federal em 2005, quando retornou à Câmara ao deixar a Casa Civil devido ao mensalão, como “uma nódoa, uma mancha na história do Congresso Nacional”. Ele disse ter sido perseguido também ao começar a atuar como consultor após perder os direitos políticos. “Fizeram de tudo para eu não poder trabalhar, para que eu virasse um exilado dentro do Brasil ou saísse do país. Mas me obrigaram a trabalhar como advogado e consultor, porque cassaram meu mandato sem provas”, disse.

Dirceu disse ainda que fica “indignado” com especulações de que possa deixar o país, pedindo asilo político no exterior, para evitar o cumprimento da sentença de prisão. Ele afirmou que sua maior paixão é o Brasil, apesar de banido pelos militares, e evocou seu retorno ao país na clandestinidade, durante o regime militar, para dizer que não pretende “fugir”.

“Eu corria o risco de ser morto se me pegassem. Por isso que fico indignado quando dizem que eu vou sair do Brasil, que eu vou fugir. Minha luta sempre foi o Brasil”, declarou.

“Não se iluda”, disse, em close e olhando diretamente para a câmera, ao encerrar a entrevista. “Minha natureza é política. Vou continuar sendo sempre o Zé Dirceu, militante do PT”.

Folha

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ismael disse:

    Ah! Tá.

  2. Maurício Giovani disse:

    O pobrezinho injustiçado com essa ladainha jereba, sempre colocando a culpa nas elites. Igualzinho ao guru dele, o chefe da quadrilha, Lulinha da Silva. Discurseira de esqueropata imbecil e mau caráter. Cadeia nesse safado e Justiça aos ladrões de galinha!

  3. paulo kasinsk disse:

    Esse é de altíssima periculosidade.
    Sinceramente: você compraria um carro usado desse cidadão?

Acusações contra Thiago Trindade e Procurador do Município são graves

Segundo as investigações da Operação Assepsia, as entidades contratadas pelo Município teriam sido previamente escolhidas pelo então Secretário THIAGO BARBOSA TRINDADE e pelo Procurador do Município ALEXANDRE MAGNO ALVES DE SOUZA, que teriam manipulado os processos de qualificação e de seleção das entidades para viabilizar a celebração de contratos de gestão com o Município de Natal.

A investigação também demonstrou que as entidades contratadas pelo Município inseriram despesas fictícias nas prestações de contas apresentadas à Secretaria Municipal de Saúde, como forma de desviar recursos públicos. E que essas prestações de contas jamais foram glosadas ou conferidas pelas autoridades contratantes.

Não custa lembrar que Alexandre Magno é Procurador do Município lotado na Secretária de Saúde.

Corregedor exonerado faz acusações gravíssimas contra o Secretário de Segurança

Reportagem de Paulo Nascimento hoje no Diário de Natal traz a tona acusações muito graves do corregedor exonerado do Estado, o advogado Francisco Sales. Com certeza terá repercussão essas declarações. Segue:

Exonerado por “não corresponder às expectativas”, como afirmou o secretário estadual de segurança Aldair da Rocha, o advogado e ex-corregedor de segurança pública Francisco de Sales Felipe retornou de Brasília após uma semana de viagem e, em entrevista ao Diário de Natal, resolveu comentar as razões pela qual teria sido retirado do cargo que ocupou entre setembro de 2011 e o início de junho deste ano.

“Notei que minha missão foi cumprida com esta exoneração. Estou honrado por isto ter acontecido. Por isso afirmo que a motivação foi desprovida de de qualquer fundamento”, afirmou o advogado. Durante a entrevista, Sales apontou falhas e omissões da secretaria de segurança do RN, em especial do seu titular. O ex-corregedor ainda pontuou sobre a justificativa dada pela Secretaria de Segurança sobre a sua saída. “Sou um homem que posso pecar pela ação, mas não pela omissão. E enquanto cidadão, tenho o maior respeito pela coisa pública. Minha história pode comprovar.Então devolvo aos meus algozes: quais são essas expectativas afinal?”, questionou ele.

O ex-corregedor recebeu a notícia da exoneração quando chegou à capital federal. Ele foi até Brasília para protocolar pessoalmente na Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República a denúncia anônima que foi enviada ao Governo do Estado contra delegados da Polícia Civil pela própria secretaria. “Não sou ingênuo de pensar que isto não iria influenciar na minha saída, ainda mais após todos os episódios deste ano. Mas vale registrar que fui muito bem recebido na secretaria”, disse Francisco.

Na SDH, reuniu-se por duas vezes com o Ouvidor Nacional de Direitos Humanos, Bruno Renato Teixeira, para relatar o conteúdo da denúncia. O ex-corregedor ainda foi à sede da Polícia Federal para pedir que o órgão auxilie nas investigações. “Levei o requerimento até a PF para que eles entrem nas investigações. Este pedido foi feito também pelos delegados que conduzem os trabalhos no Estado”, revelou ele.

Comissão

Desde aprimeira semana de abril, uma comissão formada pelos delegados Laerte Jardim, Marcus Dayan e João Bosco de Almeida, que foi designada pelo delegado-geral Fábio Rogério da Silva, é responsável pela condução do inquérito baseado na denúncia anônima. Informações extra-oficiais apontam para a participação de no mínimo mais dois delegados na investigação, que segue em sigilo.

E é especialmente ao trabalho dedicado a este caso, que Francisco de Sales credita o afastamento do cargo de corregedor. O advogado relatou todos os passos tomados, as retaliações sofridas e o desejo de acompanhar de perto, enquanto cidadão, o prosseguimento das investigações, inclusive as que tem ele como investigado por conta dos supostos vazamentos à imprensa sobre o caso.

Para isso, Sales recusou os pedidos para uma “estadia forçada” de alguns meses fora do RN. “Assim que assumi a secretaria tomei conhecimento de que a denúncia vinda da SDH estaria na secretaria de segurança, após ter passado da ouvidoria para o Gabinete Civil e só entãochegado à mesa de Aldair da Rocha. Fui até o secretário por três vezes para dizer que o lugar daquela denúncia era na corregedoria. Nas duas primeiras ele tergiversou, foi evasivo.

Apenas na terceira vez, em novembro de 2011, ele me encaminhou a documentação. Fui, por conta própria em meu carro, procurar delegados de minha confiança para saber se aquela denúncia, mesmo anônima, teria fundamentação. Eles me asseguraram que havia indícios suficientes. Enquanto alguns comandados do secretário queriam saber onde eu estava, fazia meu trabalho.

Então encaminhei para a Degepol o pedido de abertura de inquérito, que foi atendido”, contou ele. O ex-corregedor ainda apontou uma falta de vontade do secretário Aldair da Rocha em investigar o caso.

O trabalho atuante do corregedor teria incomodado certos setores da segurança pública. O próprio Francisco de Sales aponta o secretário que lhe exonerou como um dos incomodados. “Firmei uma parceria forte com o Ministério Público durante minha gestão. Parece que isto irritou, de alguma forma, o secretário Aldair. Mas, prefiro errar com o MP do que errar distante dele. Também mexi de alguma forma com interesses estranhos de alguns poucos”, justifica Sales.

Ex-corregedor teria sofrido retaliações

Desde o pedido de abertura do inquérito para investigação dos delegados listados na denúncia anônima, o ex-corregedor conta que as retaliações a seu trabalho foram inúmeras. “A partir do momento em que tomei medidas para tornar a corregedoria forte começaram a cortar diárias e tentaram levar os pneus dos carros, por exemplo. A retaliação completa configurou-se com a minha saída. Também estou sendo investigado em dois inquéritos, um deles por vazamento de informações à imprensa.

Ele ainda contou que o momento agora é de voltar-se para sua grande paixão: a literatura. “Agora na condição de cidadão voltei a escrever. Vou cumprir a promessa feita para eu mesmo de que vou escrever um romance. As promessas que faço sempre cumpro, sou um homem que não sabe ficar parado”, disse Francisco de Sales.

A reportagem tentou contato com o titular da Secretaria de Segurança através de sua assessoria de imprensa para que pudesse comentar os casos relatados pelo ex-corregedor, mas não obteve retorno. A assessoria do Governo do Estado tfoi contactada e afirmou que Aldair da Rocha encontrava-se fazendo exames médicos e estaria impossibilitado de prestar mais esclarecimentos.

Ministros do STF trocam farpas e baixam o nível

Reportagem de Carolina Brígido no, O Globo de hoje mostra que até na corte suprema tem baixaria. Ministro Joaquim Barbosa deu com força no ex-presidente Cezar Peluso

Dois dias depois de ser chamado de inseguro e dono de “temperamento difícil” pelo ministro Cezar Peluso, o ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa respondeu em tom duro.

Em entrevista ao GLOBO, Barbosa chamou o agora ex-presidente do STF de “ridículo”, “brega”, “caipira”, “corporativo”, “desleal”, “tirano” e “pequeno”. Acusou Peluso de manipular resultados de julgamentos de acordo com seus interesses, e de praticar “supreme bullying” contra ele por conta dos problemas de saúde que o levaram a se afastar para tratamento.

Barbosa é relator do mensalão e assumirá em sete meses a presidência do STF, sucedendo a Ayres Britto, empossado ontem. Para Barbosa, Peluso não deixa legado ao STF: “As pessoas guardarão a imagem de um presidente conservador e tirânico, que não hesitava em violar as normas quando se tratava de impor à força a sua vontade.”

Qual a opinião do senhor sobre a entrevista dada por Cezar Peluso?

Eis que no penúltimo dia da sua desastrosa presidência, o senhor Peluso, numa demonstração de “désinvolture” brega, caipira, volta a expor a jornalistas detalhes constrangedores do meu problema de saúde, ainda por cima envolvendo o nome de médico de largo reconhecimento no campo da neurocirurgia que, infelizmente, não faz parte da equipe de médicos que me assistem. Meu Deus! Isto lá é postura de um presidente do Supremo Tribunal Federal?

O ministro Peluso disse na entrevista que o tribunal se apaziguou na gestão dele. O senhor concorda com essa avaliação?

Peluso está equivocado. Ele não apaziguou o tribunal. Ao contrário, ele incendiou o Judiciário inteiro com a sua obsessão corporativista.

Na visão do senhor, qual o legado que o ministro Peluso deixa para o STF?

Nenhum legado positivo. As pessoas guardarão na lembrança a imagem de um presidente do STF conservador, imperial, tirânico, que não hesitava em violar as normas quando se tratava de impor à força a sua vontade.

Dou exemplos: Peluso inúmeras vezes manipulou ou tentou manipular resultados de julgamentos, criando falsas questões processuais simplesmente para tumultuar e não proclamar o resultado que era contrário ao seu pensamento.

Lembre-se do impasse nos primeiros julgamentos da Ficha Limpa, que levou o tribunal a horas de discussões inúteis; não hesitou em votar duas vezes num mesmo caso, o que é absolutamente inconstitucional, ilegal, inaceitável (o ministro se refere ao julgamento que livrou Jader Barbalho da Lei da Ficha Limpa e garantiu a volta dele ao Senado, no qual o duplo voto de Peluso, garantido no Regimento Interno do STF, foi decisivo. Joaquim discorda desse instrumento); cometeu a barbaridade e a deslealdade de, numa curta viagem que fiz aos Estados Unidos para consulta médica, “invadir” a minha seara (eu era relator do caso), surrupiar-me o processo para poder ceder facilmente a pressões…

O senhor tem medo de ser qualificado como arrogante, como o ministro Peluso disse? Tem receio de ser qualificado como alguém que foi para o STF não por méritos, mas pela cor, também conforme a declaração do ministro?

Ao chegar ao STF, eu tinha uma escolaridade jurídica que pouquíssimos na história do tribunal tiveram o privilégio de ter. As pessoas racistas, em geral, fazem questão de esquecer esse detalhezinho do meu currículo. Insistem a todo momento na cor da minha pele.

Peluso não seria uma exceção, não é mesmo? Aliás, permita-me relatar um episódio recente, que é bem ilustrativo da pequenez do Peluso: uma universidade francesa me convidou a participar de uma banca de doutorado em que se defenderia uma excelente tese sobre o Supremo Tribunal Federal e o seu papel na democracia brasileira.

Peluso vetou que me fossem pagas diárias durante os três dias de afastamento, ao passo que me parecia evidente o interesse da Corte em se projetar internacionalmente, pois, afinal, era a sua obra que estava em discussão. Inseguro, eu?

Presidente do Sinpol nega denúncia contra delegados

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol), Djair Oliveira, negou esta manhã (9) as denúncias contra delegados da Polícia Civil, agente da Polícia Federal e um servidor aposentado da Assembléia Legislativa, atribuídas ao sindicato.

Ainda que anônima, a denúncia, segundo a matéria publicada na edição da Tribuna do Norte desse domingo (8), partiu do Sinpol, e nela, os delegados Ronaldo Gomes, Márcio Delgado, Gustavo Santana, Sílvio Fernando, Delmontiê Evaristo Falcão e Sheila Freitas, o servidor aposentado da AL Admilson Fernandes, e o agente da PF Sílvio Marcelino Júnior, são citados por envolvimentos em diversos crimes, ocorridos desde 2005.

“Essas denúncias são levianas e citam pessoas que estão trabalhando honestamente. Assim que ficamos sabendo do ofício da Secretaria Nacional pedimos uma retração pelo o uso indevido do nome do sindicato. Não temos atribuições investigativas e não fizemos esta denúncia”.

Ainda na quarta-feira (4), o delegado geral da Polícia Civil, Fábio Rogério, designou uma comissão formada pelos delegados João Bosco Vasconcelos de Almeida, Laerte Jardim Brasil e Marcus Dayan Pereira Teixeira de Vasconcelos para apurar os crimes denunciados. As investigações correm em sigilo.

Fonte: Nominuto.com

Desembargador Oswaldo Cruz emite nota de esclarecimento repudiando atuação do MP e negando qualquer envolvimento no escândalo dos Precatórios

O Desembargador Oswaldo Cruz, envia para o Blog do BG nota de esclarecimento repudiando todas as acusações feitas a sua pessoas e criticando a atuação do Ministério Público no caso dos precatórios. Segue nota:

Através dessa nota de esclarecimento e repúdio, estando absolutamente SURPRESO, venho dizer que sou MAGISTRADO, JUIZ DE DIREITO, há mais de 35 anos e NUNCA me envolvi em atos da natureza dos imputados a minha pessoa pelo Ministério Publico Estadual na noite de hoje, 30 de março corrente.

O Ministério Público, atuando no seu mister de órgão investigador, no seu papel de parte nessa contenda judicial, portanto, deliberadamente parcial em suas ilações, fez referências ao meu nome como co-autor de supostas infrações perpetradas no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, do qual tenho a honra de pertencer como membro da magistratura de carreira, lá empossado por merecimento, há quase duas décadas.

Pois bem, utilizando-me do mesmo instrumento com o qual insistem em denegrir minha imagem, esclareço que nomeei a servidora de carreira Carla Ubarana, concursada e efetiva, para exercer cargo de direção na Secretaria de Precatórios daquela Entidade, aclarando que à época da minha assunção à Presidência dessa Corte, a mesma  já ocupava cargo em comissão junto a Secretaria de Recursos Humanos.

Até o inicio de janeiro último, o que EU sabia sobre a servidora era que desempenhava a contento suas funções, tendo inclusive sido elogiada pelos membros do Conselho Nacional de Justiça quando da intensa fiscalização ocorrida perante o Judiciário Estadual nos anos que se sucederam a minha gestão.

Tenho enorme apreço por sua família, sem, no entanto, ser íntimo de sua pessoa a ponto de tomar conhecimento sobre atos de sua vida ou saber dos eventuais bens que lhe pertenciam.

De modo que É ABSOLUTAMENTE IMPOSSÍVEL A MINHA PARTICIPAÇÃO NA INTITULADA FRAUDE!!!!

À frente da Magistratura Estadual somente trabalhei em prol dos jurisdicionados, servidores e magistrados, como convém a um desembargador presidente. INJUSTAS, portanto, quaisquer ilações realizadas no afã de macular a minha honra.

Lamento profundamente ter sido envolvido, seja pelos então acusados, como dispôs o Ministério Público, seja pelo próprio Parquet.

Com todo o respeito que tenho pela Justiça, evidentemente que ME DEFENDEREI SE ACUSADO FORMALMENTE FOR, o que até o presente momento, não ocorreu, nem na seara administrativa nem em qualquer outra.

Não me envolvi, não cometi nenhum ilícito funcional ou administrativo em conjunto com quem quer que seja.

E, confiante nessa mesma Justiça, aguardo que os fatos verdadeiros sejam esclarecidos, DEMONSTRANDO QUE NÃO COMETI NEM PARTICIPEI DE NENHUM SUPOSTO ILÍCITO COM NINGUÉM!

Desde já, COLOCO À DISPOSIÇÃO DAS AUTORIDADES COMPETENTES TODOS OS MEUS DADOS FINANCEIROS, FISCAIS, DOCUMENTAIS, TELEMÁTICOS E TELEFONICOS.

Desembargador Osvaldo Cruz

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos Michel disse:

    Esperamos que a investigação siga até o final e que os culpados sejam responsabilizados como qualquer cidadão… Acredito nesta nova geração de promotores, que conquistarão respeito, sem politicagem e com o suor de seus estudos…
    Parabéns

    Carlos Michel

  2. Fabio Uchoa disse:

    Quem conhece o Des. Osvaldo sabe da sua conduta ilibada sempre pautado pela
    lisura, imparcialidade e honestidade. Penso, com toda vênia, que se trata de uma
    tese dos acusados com o fito de tentar obter mais vantagens indevidas, bem como
    tentar se safar com algum dinheiro fora a quantia que devolveram em juízo,
    desvirtuando o foco do processo. É muito fácil alegar que repassaram algum, para
    depois que pagarem a pena, irem resgatar onde esconderam. Fica aqui a minha
    solidariedade a família do Des. Osvaldo Cruz.
    Fábio Uchoa.