Religião

“Queria ver ele me prender. Tenho medo dessa cara não. Repito em alto bom som: ditador da toga”, diz Silas Malafaia, sobre Alexandre de Moraes

Foto: Isac Nóbrega/PR

O pastor Silas Malafaia foi gravado realizando uma série de ataques ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Em tom de ameaça, o líder religioso diz que “não tem medo” do “ditador de toga” e que “mexer com liderança religiosa é uma casa de marimbondo com ferrão grande”.

“Sabe qual a possibilidade dele tocar em um líder religioso? De zero a cem? É de um. Dele tocar em mim? De zero a cem é de uma distância. Ele sabe que mexer com liderança religiosa é uma casa de marimbondo com ferrão grande. Não que evangélico vá quebrar nada, não tem nada a ver com isso, mas a pressão sobre isso é gigante. Deputados e senadores, que são votos majoritários, levam a eleição com voto dos evangélicos. Não vai aguentar a pressão”, opina Silas.

“Queria ver ele me prender. Tenho medo dessa cara não. Mas não tenho medo mesmo. Repito em alto bom som: ditador da toga. Tem que ter impeachment, não é digno de está vestido de toga no Supremo Tribunal. Pode vir do jeito que ele quiser que eu não tenho medo”, finalizou o pastor.

Malafaia é uma das lideranças religiosas mais próximas do presidente. Durante as manifestações de 7 de setembro na Avenida Paulista, em São Paulo, o pastor permaneceu do lado de Jair Bolsonaro. O senador e filh do presidente, Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), também ressaltou, durante sessão da CPI da Covid no dia 20 de maio, que Silas “fala quase diariamente e influencia o presidente”.

Último Segundo – IG

Opinião dos leitores

  1. Camarada fala mal de um pastor, chama de ladrão mas vota ou morre defendendo Lula, kkkkkkkkkkkkk. Chora petezada, Bolsonaro tem 25 a 30 milhões de votos só dos evangélicos.

  2. P I C A R E T A

    Vive de E X P L O R A R o bolso da pobreza analfabeta e dos ricos-burros através da fé alheia. Bom de um XILINDRÓ.

  3. Esse caba safado já era para estar preso há muito tempo. Religioso “profissional”.

  4. Este pastor babaca ele não é besta, veja se ele ameaçou como os outros. Ele sabe se fizesse igual iria para a cadeia. Manipulador de gado

  5. Um vendedor da Palavra de Deus desse, falando bobagem. Qual é o lider religioso dessas igrejas grandes que não defende Bolsonaro? Foram agrciados com isenção de mais de 2 bilhões em impostos. FALSOS PASTORES.

  6. Numa simples quebra de sigilo bancário, esse não sais mais nunca da cadeia, quer dizer, saía sim, luladrão roubou trilhão de reais, e tá aí faceiro, como se tivesse roubado só um pedalinho e uns milhões de reais. País sem futuro e de idiotas pra idolatrar corruptos flagrados roubando.

  7. O governo da honestidade: Silas Malafaia, Edir Macedo, Roberto Jefferson, Ciro Nogueira, Valdemar da Costa Neto… e você aí achando que o governo de Bolsonaro so tem santo kkkk… governo corrupto e pronto, o choro é livre…

    1. Malandro, pilantra, indigno de ser chamado de Pastor.. faz anos que eu digo que esse cara é um apóstata da fé, um lobo, usando o nome do cordeiro de Deus em vão .
      Silas Maladaia é o que existe de Pior dentro da igreja De Cristo.

  8. Ditador da toga pode dizer numa boa. Só não vale dizer que vai mandar matar o ministro e estuprar suas filhas, aí pastor véio, vc vai fazer companhia ao Jeff lá em Bangú.

  9. Como falou o saudoso e um dos maiores jornalistas que já tivemos, Ricardo Boeacht: “Ôh malafaia, vai procurar uma rola, tomador de dinheiro de fiel”,

  10. Pilantra .Tudo falácia.Na hora faz cartinha também pedindo desculpa.Todo pé rapado agora quer se meter com o supremo.Deveria ser preso sim por usar o nome de Deus pra ganhar dinheiro.

  11. KKKKKKKK. Esse “líder religioso” estava também ao lado de Lulaladrão e DilmAnta da mesma forma que está ao lado do MINTOmaníaco das rachadinhas… Qual seria o interesse dele em estar ao lado do poder?

    1. Seria essa sua opinião se essa perseguição política fosse contra pessoas da esquerda? Quando o STF anulou as condenações do ex presidente, você aplaudiu, vibrou e nunca foi contra. Vá morar na Venezuela ou Cuba lá tem a democracia que você defende e entende como justa.

    2. Absurdo (vc não tem nem coragem de postar com seu nome né?!). Pra começar , lugar de bandido é na cadeia, seja Lulaladrão seja o MINTO das rachadinhas. Em segundo lugar, esse pastor de gado (não de ovelhas) sempre esteve ao lado do poder, inclusive nos governos do PT abestado! Que perseguição política vc se refere? Aos que querem derrubar a República e as instituições democráticas é? Omi, continua idolatrando o capitão corno arregão vai! Eu mesmo não idolatro político bandido nenhum muito menos sou gado de “líder” religioso ganancioso que só quer estar ao lado do poder…

  12. Cadeia neste galado, falso profeta. E ainda tem doido que acha que ouvindo as baboseiras deste doido estão ouvindo um mediador de Deus kkkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

PF prende bolsonarista que diz que empresário vai ‘pagar pela cabeça’ de Alexandre de Moraes

Foto: Reprodução

A Polícia Federal cumpriu mais um mandado de prisão no inquérito que investiga a realização de atos antidemocráticos no dia 7 de setembro. O alvo foi o bolsonarista Márcio Giovani Nique, conhecido nas redes como “professor Marcinho”. A prisão é preventiva, ou seja, sem data para terminar, e foi cumprida em Santa Catarina.

Em uma live feita em uma rede social há poucos dias, Márcio Nique afirmou que “um empresário grande está oferecendo uma grana federal que vai sair pela cabeça [do ministro do STF] Alexandre de Moraes, vivo ou morto”. Ele também afirmou que existe um agrupamento no Brasil e em outros países que irá caçar “ministro [do STF] onde quer que eles estejam”.

O pedido de prisão foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e determinado pelo ministro Alexandre de Moares, que está à frente do caso no Supremo.

Bela Megale – O Globo

Opinião dos leitores

  1. Bota pra torar, Xandão. Alguém tem botar ordem mesmo antes que isso aqui vire terra de ninguém.

  2. Que absurdo! Ninguém pode mais nem ameaçar matar ninguém na internet, não pode nem oferecer prêmio pela cabeça de um ministro do supremo. Cadê a liberdade? Gadomaniaco.

  3. ESSE CARA, “PROFESSOR MARCINHO” É UM COMUNISTA VELADO, ISSO É UMA ESTRATÉGIA DA ESQUERDA COM INTUITO DE JUSTIFICAR AS ABERRAÇÕES DE ALEXANDRE DE MORAES (STF) E TENTAR DESQUALIFICAR OS EVENTOS DE 7 DE SETEMBRO. ESSE PALHAÇO NÃO SABE O QUE ESTA FAZENDO! É UMA ARMADILHA CONTRA A DEMOCRACIA.

  4. Na hora em que tem que prestar contas das barbaridades que fazem e dizem todos eles estão enfermos e pegue atestado médico pra validar a safadeza.

  5. Quando o caos já está instalado , a PGR começa a mostrar serviço, deixaram a corda solta por muito tempo, quando ameaça o presidente TB acho errado. Já conheço o ditado , deve_se cortar o mal pela raiz. Agora todo pé rapado fala em derrubar o STF.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Operação da PF contra Sérgio Reis e Otoni de Paula foi autorizada por Alexandre de Moraes

Foto:  Divulgação Agência Câmara

A pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou uma operação contra envolvidos na mobilização de caminhoneiros prevista para 7 de setembro.

Mandados de busca e apreensão são cumpridos em 29 endereços do Rio e de São Paulo.

Um dos alvos dos mandados é o cantor Sérgio Reis, que gravou vídeos conclamando o movimento e dizendo que uma das pautas era forçar o impeachment de ministros do Supremo. Reis foi deputado federal na legislatura passada, de 2015 a 2019.

Também há buscas autorizadas em relação ao deputado Otoni de Paula (PSC-RJ). A Polícia Federal entrou na Câmara para cumprir este mandado às 7h30.

Jota

Opinião dos leitores

  1. Quem não consegue viver em um regime democrático e respeitá-lo que se mude para o Afeganistão.

  2. “Nós temos uma Suprema Corte totalmente acovardada.”(Lula)
    “ Vamos tomar o poder, que é diferente de ganhar a eleição.” (Dirceu)
    “ Sem derramamento de sangue, não haverá redenção.”(Benedita da Silva)

  3. A pedido do MPF. Grande dia! Ngm pode achacar a republica e achar que vai sair ileso. Muito bom!!!

  4. “Quando os nazistas vieram buscar os comunistas, eu fiquei em silêncio; eu não era comunista.

    Quando eles prenderam os sociais-democratas, eu fiquei em silêncio; eu não era um social-democrata.

    Quando eles vieram buscar os sindicalistas, eu não disse nada; eu não era um sindicalista.

    Quando eles buscaram os judeus, eu fiquei em silêncio; eu não era um judeu.

    Quando eles me vieram buscar, já não havia ninguém que pudesse protestar.” Martin Niemoller, pastor protestante,

  5. Os produtores de soja já declararam que não apoiam extremistas. Eles estão com medo do prejuízo financeiro resultante dessas insanidades defendidas pelo capitão tosco e seus seguidores.

    1. O jumento come capim e caga muita merda, vc só fala muita merda. O agronegócio vai muito bem, obg.

  6. Brasil interessante esse nosso, os ladrões soltos e os honestos presos, aí vai uma verdade interessante, só vão sobrar os jumentos.

  7. Se a democracia fosse verdadeira, nada disso estaria acontecendo! Mas mesmo sendo falha ainda impõe medo em muitos “neguinhos” Sérgio reis só tem tamanho! Otoni de Paula se diz pastor evangélico! Respeita a democracia corja de vagabundos!!

  8. Nessa toada de XANDAO vao prender o Brasil todinho, tomem cuidado nas estradas pois são vão sobrar os jumentos kkkkkkk.

  9. Ohhhh tocada de berrante errada essa que Sergio Reis deu… Depois de declarar apoio ao genocida é só ladeira abaixo!

    1. Vou concordar com você, ele cometeu o crime de falar, de omitir opinião. Deveria ter desviado recurso público, levado dinheiro na cueca, deixado dinheiro de corrupção em malas num apartamento, deveria ter financiado ditador. Foi burro, cometeu o crime de falar muitas verdades e está do lado político errado.

  10. É a gestapo amigos compatriotas, mesmo os de esquerda, acordem. A direita já votou na esquerda por dias melhores, a esquerda inteligente tem o dever de fazer o mesmo.

  11. Estou ansioso para ver o cabeça de ovo mandar prender um general. Mas como ele não tem peito para isso vou ficar só na ansiedade.

  12. Não tem boquinha com Moreas não…é caneta e PF no café da manhã..🤣🤣🤣
    Chora mais Bozominions…

    1. Calma Felipe, deixe a escalada dos opressores aumentar, tudo conforme esperado. Não cante vitória ainda. Aproveite seu entisuasmo e aconselhe mandar prender um coronel, um general, um ministro… O esperado é que continuem forçando para corda arrebentar. Vamos em frente dando demonstrações cada vez maior do autoritarismo que vem sendo exercido.

    1. Sua opinião e o que desce pelo esgoto não tem diferença. Vá aplaudindo o autoritarismo e não esqueça, ele vai entrar em sua casa.

    2. Joaquim P: já atendeu o chamado do berrante hoje? KKKKKKK. Omi, deixe de conversar besteira, eu sou honesto e não vivo defendendo crime nenhum… Já outros ameaçam instituições, a democracia, a República…

  13. Existe um novo tipo de democracia que alguns órgãos vem adotando, nos moldes do modelo opressor e autoritário do venezuelano, que além de ilegal, imoral é seletivo, uma vez que só atinge pessoas ligadas a direita, ou seja, declarada perseguição política. Tem TV e jornal que diariamente produzem fake news a nível nacional e nada, absolutamente nada é feito. Qual a razão? As fake news são feitas contra a direita, então pode!
    O rumo autoritário que o Brasil vem passando, reflete bem frases soltas por personalidades da esquerda, como: “Tomar o poder é diferente de ganhar no voto” ou “Eleição não se vence, se toma”. A cada dia fica mais evidenciado o rumo ditatorial que alguns estão adotando no Brasil.
    Para piorar, os que praticam, tomam ações, não respeitam os limites dos 03 poderes, tiram a liberdade de expressão, são as mesmas que dizem defender a democracia e acusam o Presidente de fazer tudo aquilo de errado que eles praticam diariamente. Até estudante formado em escola pública, com o péssimo nível do ensino capitaneado pela esquerda, consegue entender essa realidade.

  14. Sérgio Reis e Otoni de Paula cometeram o maior crime no Brasil atual, exerceram o direito a liberdade de expressão e se posicionaram ao lado do Presidente. Esses crimes estão previstos em que legislação?
    Se tivesse cometido corrupção e desviado, comprovadamente, bilhões dos cofres públicos, teria o perdão ou a sentença anulada. Os fatos são de conhecimento público

    1. Uma coisa é liberdade de opinião, outra coisa é pregar violência e vandalismo usando sua influência e capacidade de tanger uma boiada insana, ainda mais quando se trata de um exímio tocador de berrante.

  15. Deputado federal tem IMUNIDADE MATERIAL prevista na Constituição. Ele não está planejando um atentado terrorista, um assassinato ou um grande roubo a banco, está organizando uma MANIFESTAÇÃO POPULAR, a mais pura prática democrática. Estamos vivendo uma ditadura já faz tempo. Uma ditadura do STF, a pior de todas. Algo precisa ser feito para que voltemos a viver numa democracia.

    1. Será que o PGR petista Aras não analisou isso? Pq foi ele que solicitou a operação… E agora? o gado pira para explicar o porquê o MINTO das rachadinhas está reconduzindo um petista amigo de José Dirceu para a PGR… Seria pq ele é contra a LAVAJATO e qualquer coisa que seja para investigar corrupção?

    2. Aprenda a ler. O pedido foi da Procuradoria. Ou seja, de salgum procurador, cujo nome não consta no artigo. Ademais, sabemos que há indivíduos como vc em todas as instituições brasileiras. Infelizmente. E o próprio Aras também pode errar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Moraes mandou prender Jefferson sem consultar ministros do STF; Aras diz que PGR se manifestou no tempo oportuno e fala que decisão é “uma censura prévia à liberdade de expressão”

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A decisão tomada na quinta-feira (12) pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), de mandar prender o presidente do PTB, Roberto Jefferson, foi totalmente individual.

É comum que, antes de determinar a prisão de políticos, ministros do Supremo consultem os colegas previamente, até mesmo para saber se contam com o apoio do colegiado. Aconteceu isso quando foram presos o ex-senador Delcídio do Amaral e o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), que tinham mandato parlamentar.

No caso de Jefferson, Moraes não fez isso. A situação é diferente das anteriores, porque o presidente do PTB não tem mandato ou cargo público.

Moraes também não pretende levar ao plenário a ordem de prisão. A interlocutores, ele disse que, neste caso, a decisão do relator não depende do aval do colegiado.

Mesmo não tendo falado com ministros antes de ter tomado a decisão, Moraes sabe que tem o apoio dos colegas. Recentemente, o STF validou o inquérito no qual a prisão de Jefferson foi determinada, que investiga a atuação de milícias digitais para desestabilizar as instituições.

Nessa mesma investigação, foi ordenada a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), posteriormente avalizada pelo plenário.

Os ataques recentes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de seus aliados ao STF e ao sistema eleitoral fortaleceram os laços entre os ministros. Mais do que nunca, eles têm apoiado todas as atitudes de Alexandre de Moraes, que virou peça-chave na defesa do Judiciário.

Moraes também é relator do inquérito que apura fake news e ataques a ministros do Supremo. Recentemente, mandou incluir Bolsonaro na apuração, por conta da live que o presidente dedicou a atacar a idoneidade do sistema eleitoral brasileiro. O presidente é investigado também por ter vazado informações sigilosas da PF (Polícia Federal) sobre o ataque hacker sofrido pelo TSE em 2018.

Por fim, Moraes comanda um inquérito que investiga se Bolsonaro interferiu indevidamente nas atividades da PF. Dentro do STF, o ministro é visto como o guardião das instituições – e, pela forma como vem conduzindo os casos, tem feito jus ao título.

No ano que vem, o poder de Moraes será ainda mais ampliado: ele vai presidir o TSE. A julgar pelo clima político deste ano, as campanhas prometem bater recordes de fake news.

Prisão de Roberto Jefferson é censura prévia, diz PGR

A Procuradoria-Geral da República (PGR) afirmou que a prisão do ex-deputado federal e presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Roberto Jefferson, representa “uma censura prévia à liberdade de expressão”.

Augusto Aras, procurador-geral da República, publicou nota contestando a informação de que o órgão não teria se manifestado sobre a prisão de Roberto Jefferson. Após autorizar os mandados de prisão e de busca e apreensão, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), relatou, no despacho, que a PGR foi intimada no dia 5 de agosto, “mas deixou o prazo transcorrer in albis”.

“Ao contrário do que apontam essas matérias, houve, sim manifestação da PGR, no tempo oportuno, como ocorre em todos os procedimentos submetidos à unidade”, assinalou Aras, no comunicado.

“Em respeito ao sigilo legal, não serão disponibilizados detalhes do parecer, que foi contrário à medida cautelar, a qual atinge pessoa sem prerrogativa de foro junto aos tribunais superiores. O entendimento da PGR é que a prisão representaria uma censura prévia à liberdade de expressão, o que é vedado pela Constituição Federal”, prosseguiu.

O procurador-geral afirmou também que não contribuirá para “ampliar o clima de polarização que, atualmente, atinge o país, independentemente de onde partam e de quem gere os fatos ou narrativas que alimentam os conflitos”.

Com UOL e Poder 360

Opinião dos leitores

  1. Réu confesso de corrupçâo,consultar???
    Que enunciado….,PGR defendendo e se posicionando ao lado de criminoso….?
    Parebéns STF,imagina a fera solta?

    1. Interpretação chula, ridícula e própria de quem na sabe ler, interpretar seria um sonho, não gostaria de ver vc preso quando o órgão acusador não se manifestasse e tenha calma, isso pode ser feito com vc por qualquer policial. Tudo, absolutamente tudo está sendo atropelado pelos príncipes boquirrotos do supremo de frango, lamentável.

  2. Se a coisa tá ruim pra você, imagina pro gado que está tendo que defender o Roberto Jefferson 😂😂😂😂

  3. Corda esticando meu ovo bando de gado seboso, cadê o frouxo do Bpzo que não faz nada….só sabe latir.
    Cadê o tal exercito do Bozo???
    Um gado seboso ainda disse que vau ter corre corre no stf…..kkkkkkkkkkkkkk
    Só se forem correr do Tanque Maria Fumaça.
    Chora não boiada, teu mito é um frouxo.

    1. GADO SEBOSO são os ESQUERDOPATAS que desejam a volta do MENSALÃO, do PETROLÃO, e toda a corrupção e desvios de recursos públicos que esses governos de ESQUERDA praticam para se manter no poder.
      GADO SEBOSO são os ESQUERDOPATAS que desejam ver BILHÕES voltarem a ser enviados para sustentar países comunistas, que vão dá calote para o contribuinte brasileiro pagar a conta.
      GADO SEBOSO são os ESQUERDOPATAS que desejam que BILHÕES sejam gastos em COPA DO MUNDO, OLIMPÍADAS e outros eventos desnecessários enquanto os hospitais públicos continuavam super lotados e a saúde pública abandonada.
      GADO SEBOSO são os ESQUERDOPATAS que desejam ver outra vez 14 MILHÕES de desempregados que os governos de esquerda deixaram no país, quando muitos brasileiros passaram dificuldades.

  4. Tá feia a coisa.
    Segura peãoooooo…
    O ruim é que sobra pra quem não tem nada haver, com esse ex advogado do PCC.
    Roberto Jefferson, tá falando num mensalão Chinês.
    Vamos aguardar os próximos capítulos.
    Mas que está faltando só um empurrãozinho tá.

  5. O Brasil ainda vai ver o corre corre no STF, a corda está totalmente esticada e pode romper a qualquer momento!

  6. Tempo muito estranho. A corda está muito esticada. Mas não vai ser Bolsonaro que irá cortá-la. Ele é um falastrão. Vai ser o pessoal de coturno.

  7. A PGR deu parecer contrário a prisão de Roberto Jefferson, mesmo assim, o ministro mandou realizar a prisão. Mas o arbitrário e autoritário é Bolsonaro. Assim anda o Brasil, lamentável! Onde vamos parar?

    1. NENHUM juiz é OBRIGADO a seguir o parecer do Min.Púb…(seja PGR ou qq outro órgão)…eles apenas opinam…quem decide mesmo é o juiz.

    2. A PGR do capacho Aras teve tempo suficiente pra se manifestar, mais de uma semana. Engoliu mosca. Ainda bem. A investigacao de muitos crimes está sendo barrada por esse babão.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Roberto Jefferson sobre Alexandre de Moraes: “Está repetindo os mesmos atos do Supremo da Venezuela, prendendo os Conservadores para entronizar os comunistas”

Foto: Reprodução/Twitter/Roberto Jefferson

Através do microblog Twitter, o ex-deputado Roberto Jefferson(PTB-RJ) disse que o ministro do STF, Alexandre de Moraes está repetindo os mesmos atos do Supremo da Venezuela, “prendendo os Conservadores para entronizar os comunistas”.

“Xandão, maridão de dOna Vivi, Cachorro do STF, decretou minha prisão por crime de milícia digital. Ele está repetindo os mesmos atos do Supremo da Venezuela, prendendo os Conservadores para entronizar os comunistas. Deus. Pátria. Família. Vida. Liberdade”, disse.

O ex-deputado ainda completou:

“A Polícia Federal foi a cada de minha ex-mulher, mãe de meus filhos, com ordem de prisão contra mim e busca e apreensão. Vamos ver de onde parte essa canalhice”.

Opinião dos leitores

  1. O bom é desmascarar os bichos de chifres. Eles estão defendendo um corrupto confesso. O discurso cínico de família, Deus, pátria do Bob seria cômico não fosse trágico. Ele pousa com armas, ameaça pessoas, zomba dos que morreram e faz parte de um governo miliciano e tem um filha atolada em corrupção (comprovada). É esse cidadão de bem que os bichos de chifres estão defendendo.

  2. Bandido bom é bandido morto, não é esse lema da turma do capitão? não vi nenhum comentário sobre a prisão de Roberto Jeferson que hoje é adorado pela turma da cloroquina.

  3. Esse pelezão já era pra estar preso há muito tempo. Essa conversa é só mi mi mi mi …..

    1. Que isso! Ele tinha virado o novo conservador, patriota e honesto do governo do MINTOmaníaco das rachadinhas… Tudo que o presidente inepto toca e nomeia vira corrupto… Digo, vira honesto… Vou aumentar minha ração de capim cloroquinado pra não cometer mais esses atos falhos… Muuu

  4. Bob Jefferson e Daniel Silveira…tomara que compartilhem a mesma cela…kkkk
    Bote pá lascar, Xandão…kkkkkk
    Sextou, galera!!!

  5. Comuismooo, venezuellaaa…cuba…ZzZzZzZzzzzzzzzz…

    Leve esse discursinho manjado para a cadeia canalha!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Alexandre de Moraes derruba decisão que antecipava retorno de professores do RN para aulas presenciais

Foto: Jorge William/O Globo

O ministro do STF, Alexandre de Moraes, derrubou a decisão da primeira instância do judiciário potiguar que determinou o retorno imediato dos professores para aula presencial para que seja retomado o plano de retomada gradual.

O ministro deferiu o pedido impetrado pelos advogados do SINTE-RN contra decisão da 2ª Vara da Fazenda Pública que havia diminuído o período de avanço das fases de retorno de 14 dias, retornando o período anterior de maior tempo.

Matéria completa AQUI no Justiça Potiguar

Opinião dos leitores

  1. Me diz aí… pq tem professor que fica passeando nos shopping, praia, pegam filas em supermercado, vão pra cinema e até festas. Mas pra dar aula, não podem. Certeza, vão tomar a segunda vacina, mas não irão querer voltar, vão inventar outra desculpa, não querem nem ensino híbrido e com os devidos distanciamento, querem eh ficar em casa..

  2. Isso é uma vergonha,o interesse da governadora é economizar: luz,água, merenda,vale transporte,contrato com novos professores e etc.simplesmente agora que ela iniciou as reformas nas escolas quando já deveria tá tudo funcionando.

  3. ALGUEM assistiu a entrevista do CEO da Animã? ASSISTAM porque a aula da revolução industrial 4.0 é virtual. Chega de sermos uma vila no meio do mundo! Conservadorismo nessa hora não traz evolução. Aula presencial merece a falencia de vez. Não traz qualidade de vida p/ quem ensina e ainda aumenta os custos p/ pagar professores no presencial com instalações e etc. O Google é um bom espelho de como uma empresa e o governo deve tratar seus colaboradores. Vejam a qualidade de vida e vntade de trabalhar deles. A Animã tem o mesmo pensamento de futuro. Mas os conservdores ainda gostam do quadro de giz. A Animã salvo engano ia comprar ou comprou a UNP, Estácio, Mauricio de Nassau e etc, é a maior empresa de educação do pais, veja o quanto eles detestam as aulas presenciais

  4. Nós professores estamos trabalhando mais agora do que estávamos em sala de aula. Pois tivemos que aprender as novas tecnologias, temos que gravar aula,editar,e além do mais temos que corrigir e ir atrás dos alunos mesmo sendo por celular. Não somos vagabundos, somos vencedores, nos reiventamos todos os dias e sou da Paraíba, não é sol,praia e diversão, e sim,trabalho, trabalho .

    1. Tem professor que não sabe nem usar um computador, verdadeiros analfabetos digitais

  5. Vocês que serão chamando professor de vagabundo deveriam olhar pra si mesmo e respeitar a categoria. Vocês não sabem o que pisar numa sala de aula para estar com vários alunos que exigem proximidade ainda mais os bem pequenos. Respeitem minha profissão nós trabalhamos e muito mais que essa sociedade podre que nos julga e ainda compramos as coisas do nosso bolso porque governo nenhum da nada pra gente trabalhar não!! Vcs queriam estar trabalhando para um órgão ou empresa e ter que arcar tudo do bolso de vcs para o trabalho. Tou falando de coisas pessoais não. Tou falando de presentes, dinheiro, material para doar a crianças carentes e pobres que não tem e se a gente não comprar, não conseguimos trabalhar!!! Agora os professores deveriam dar uma lição nessa sociedade que os julga e se valorizar, deixar eles verem a educação parar, e os filhos e netos desses pais não terem gosto de ir pra escola porque lá não tem nada, brinquedo nada e achar um saco aprender. E a gente ficar lá dando aula só com a cara mesmo e deixar esse povo maldoso sentir na pele o que a gente passa! Acordem professores, se valorizem!

    1. Agente respeita a sua profissão.
      O que agente não entende porque vcs não querem trabalhar.
      Médicos, enfermeiros, permissionário dos Ceasas e o agro negócio não parou um único dia.
      Se parar quem peoduz alimentos no campo, você morre de fome.
      E aí??
      Vc tem essa consciência??
      Vá trabalhar, larga de mimimi e de preguiça.
      Voto limpo ja!

  6. Os professores já estão vacinados, uma boa parte com as duas doses…! seja por alguma comorbidade, ou por idade e os demais com pelo menos uma dose….
    Infelizmente há um descaso do governo da “professora Fátima” em não ter tomado providências na infraestrutura das escolas e dos mestres que sabem que a maioria dos alunos não tiveram nem tem acesso ao ensino remoto.
    Mas quem importa são os pobres que foram e serão os únicos prejudicados e morreu Maria Preá…

  7. Eu tenho um parente, primo, que já fez uns 15 concursos público e não passou em nenhum. É bolsonarista e vive metendo metendo o pau em servidor público. Mas o frustrado vive fazendo concurso. Ai em baixo tem alguns frustrados, que não passam nem em prova fundamental. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. Você tem como provar que os professores estão sem trabalhar? Sr Jacinto a sua expressão de julga-los de vagabundos é defamação gravíssima!!! Arquive as provas.. eles podem te processar por esse meio. A questão os professores estão trabalhando.. as escolas é que não abrem as portas devido a condições sub-humanas. Critério nas palavras!!!

  9. Isso não era pra nem STF ter jurisdição… Quem deveria decidir a esse
    respeito era a justiça local.

  10. Está do jeito que alguns professores vagabundos gostam, ficarem ganhando dinheiro sem trabalhar, mas também de quem vem a decisão não é pra menos

    1. Jacinto é frustrado pessoal! Ele já fez vários concursos públicos e não passou em nenhum. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  11. Ótima notícia. Chega de mortes. É preciso imunização completa para os professores. Quem sabe o Estado toma vergonha e compra logo a vacina da Johnson para os professores. Coisa que já deveria ter feito a muito tempo.

  12. Tá ou não tá precisando fazer uma FAXINA geral em cima dessa vagabundagem??
    Sei não!
    O cara ser contra a volta de aulas, é de lascar.
    O tempo que deu pra preparar as escolas e o desgoverno grelo duro não fez nada, pelas caridades.
    A coisa ta feia.
    Se o povo não botar quente a favor desse voto limpo, esse país junto com os brasileiros vai se fuder.
    Bolsonaro tem toda razão, TODA.
    estão usando a tal democracia pra lascar o país de cabo a rabo.
    Tá tudo aparelhado, combinado.
    Só o povo mesmo, pra botar quente pra cima desses caras, e mesmo assim tá difícil, estão ignorando as manifestações da maioria da população brasileira.
    Só não vê quem não quer.
    Mas já está em curso um plano macabro, diabólico pra cima de nós.
    O vagabundo do Ze Dirceu falou, vamos tomar o poder, e estão tomando.
    Prestem muita atenção no que esses caras estão fazendo tá??
    Muito preocupante.
    Muito!!!!

  13. Os professores não tem o ensino público, como prioridade.
    O governo do Estado da Sra Fátima Paraíba também não.
    Professores querem praia e Sol.

  14. O magistrado não tem compromisso com a educação dos brasileiros. Medo de ser engolido por eles.

    1. O compromisso do magistrado é com a LEI. Mas eu sou só um b*sta que aprendo tudo pelo whatsapp e acho que minha opinião é mais importante do que a daquele que foi escolhido para ser JUIZ.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Ministro Alexandre de Moraes, do STF, determina retomada de investigação sobre suposta interferência de Bolsonaro na PF

Foto: Adriano Machado/Reuters

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a retomada da investigação que apura possível interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima.

“Considerada a prorrogação de prazo para o término do presente inquérito, por mais 90 (noventa) dias, contados a partir do dia 27/7/2021 e a necessidade de realização de diligências pendentes para o prosseguimento das investigações, não se justifica a manutenção da suspensão da tramitação determinada pelo então relator em exercício, Min. MARCO AURÉLIO, em 17/9/2020”, escreve.

O inquérito foi aberto no ano passado, após Sergio Moro afirmar, na saída do cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, que o presidente Jair Bolsonaro agiu para interferir na Polícia Federal, com pressão para alterações na composição da corporação.

As investigações estavam suspensas até que o Supremo julgasse outro processo, que decide se o presidente da República pode ser obrigado a prestar depoimento e em que formato, presencial ou por escrito. A decisão da suspensão foi tomada em setembro do ano passado, pelo então ministro do STF Marco Aurélio Mello, aposentado no início do mês.

Segundo o despacho de Moraes, a possibilidade ou não do presidente ser ouvido “está previsto para data breve”, em 29 de setembro. O inquérito foi prorrogado por mais 90 dias a partir do dia 27 deste mês.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Essa turma está brincando com fogo. Estou torcendo para que ele alopre logo de vez. Ai talvez a gente veja logo a solução dessa m… Ou vira logo uma grande Venezuela ou o Brasil toma jeito de pais sério. Da forma que está, não dá.

  2. O eterno inocente: Bolsonaro. Todos que são contra o mito estão errados – diz o bolsominion cada vez mais encurralado pelos frequentes escândalos do seu malvado favorito!

    1. Falou o zumbi de Lula e Maduro.
      Noite e dia recebendo lavagem cerebral da seita madurenha, que quer tomar o poder.
      O fanático vê Cuba e Venezuela em desgraça e ainda defende o comunismo.
      Morar em Cuba não quer
      Não percebe que a América Latina está sob ataque do comunismo.
      Acha que comunismo é brincadeira.

  3. Xandão é o cara mesmo.
    Bota pra torar no capitão prega frouxa.
    Era pra expedir um mandado de prisão também contra esse facínora.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Alexandre de Moraes pede vista e julgamento dos decretos das armas é suspenso

Foto: Rosinei Coutinho

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes pediu vista do julgamento do plenário virtual que analisava a suspensão de trechos de quatro decretos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que regulamentam o Estatuto do Desarmamento, flexibilizando a compra, o registro e o porte de armas. Agora, o julgamento está suspenso.

A relatora do caso é a ministra Rosa Weber, que na segunda-feira (12) havia suspendido a eficácia de trechos dos decretos alegando que eles ferem o Estatuto do Desarmamento. O voto de Weber foi seguido pelo ministro Edson Fachin.[

Entre os trechos vetados pela ministra está o que permite o porte de até duas armas de fogo ao mesmo tempo por cidadãos autorizados a andar armados. A legislação anterior limitava o porte de armas a um instrumento. Os decretos também abrem a possibilidade de compra de até seis armas por pessoa.

Os partidos PSB, Rede, Psol e PSDB acionaram o STF por meio de cinco Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIs), questionando os decretos de Bolsonaro.

Os decretos entrarariam em validade na terça-feira (13). O STF tem até o dia 26 de abril para decidir se a decisão de Rosa Weber vale ou não.

Estatuto do Desarmamento

O Estatuto do Desarmamento foi sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2003, após ser aprovado no Congresso Nacional. Naquela época, pesquisas demonstravam que a facilidade de aquisição de armas no país implicava no alto número de homicídios. Enquanto isso, movimentos nacionais e internacionais para reduzir o número de armas em circulação já estavam em andamento desde a década de 1990.

Em 1997, foi criado no Brasil o Sistema Nacional de Armas (Sinearm), com o objetivo de regular a fabricação, o comércio, o porte e a posse de armas. Em âmbito mundial, cortes internacionais aprovavam medidas para combater o tráfico de armas e munições.

Bolsonaro foi eleito em 2018 tendo como parte importante de sua plataforma críticas ao Estatudo e com promessas de garantir que cidadãos tivessem mais facilidade para adquirir armas. O plano de governo de Bolsonaro apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tinha, entre os objetivos, “reformular o Estatuto do Desarmamento para garantir o direito do cidadão à legítima defesa sua, de seus familiares, de sua propriedade e a de terceiros”.

Flexibilização

Após assumir a presidência, Bolsonaro tentou ampliar diversas vezes o acesso a armas e outros regramentos ligados ao Estatuto do Desarmamento por meio de decretos, que não precisam passar pelo Congresso para entrar em vigor. Em 2019, por exemplo, o presidente editou dois decretos que ampliavam o acesso da população a armas de fogo.

Os decretos foram alvos de contestação no Congresso e no STF. O Senado chegou a aprovar um Decreto Legislativo para anular seus efeitos, mas Bolsonaro decidiu revogá-los para evitar uma derrota no Legislativo.

No dia 12 de fevereiro, sexta-feira antes do feriado de Carnaval, Bolsonaro editou os decretos alterando regras ligadas a Produtos Controlados pelo Exército Brasileiro (PCE) e de aquisição, registro, cadastro e posse de armas. Ao todo, foram alterados, incluídos ou revogados mais de 300 dispositivos relacionados ao tema no regramento brasileiro.

CNN Brasil

 

Opinião dos leitores

  1. Parabéns chegamos a ditadura , o STF está desmoralizado a Democracia e os outros poderes, isso é o cúmulo do absurdo e inaceitável, eu não lembro em ter votado nesse Ex. Advogado do PCC para presidente como também naquele outro ex advogado de terreorista , a constituição brasileira rasgada e queimada diante dos olhos de todos os Brasileiros. Trágico, ver o Brasil acabar assim numa ditadura da Toga

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Alexandre de Moraes suspende inquérito contra ex-marqueteiro de Aécio Neves

Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou a suspensão de inquérito policial em curso na Justiça do Estado de Minas Gerais contra o publicitário Paulo Vasconcelos do Rosário Neto, ex-marqueteiro das campanhas de Aécio Neves (PSDB-MG).

A investigação apura suposta prática de crimes licitatórios, de corrupção ativa e passiva e de lavagem de dinheiro na construção da Cidade Administrativa, em Belo Horizonte (MG), a partir de 2008.

De acordo com o processo, Aécio, então governador do Estado, teria proposto acordo para garantir a vitória das maiores construtoras do país na licitação para a construção da nova sede do governo. Em contrapartida, elas repassariam ao tucano 3% do valor recebido.

Delações premiadas apontam que Paulo Vasconcelos teria forjado contratos e repassado o valor para saldar débitos da campanha de Aécio.

A defesa do publicitário argumenta que as medidas de busca e apreensão foram decretadas apesar da narrativa dos delatores indicar suposta prática de crimes eleitorais. Moraes, do STF, por sua vez, fundamentou sua decisão no entendimento da própria Corte sobre a competência da Justiça Eleitoral para julgar os crimes eleitorais e os comuns que lhe forem conexos.

Diante dos indícios da prática de eventual crime eleitoral pelo publicitário, para o relator, ao menos liminarmente, “é pertinente suspender a tramitação do inquérito policial”.

A decisão determinou ainda a suspensão do cumprimento de eventuais medidas cautelares ainda pendentes, até o julgamento do mérito do recurso, “preservando-se a validade de todos os outros atos praticados e das decisões já proferidas”.

R7

Opinião dos leitores

  1. O 45 de Aécio e o 12 de Ciro vão sair das eleições de domingo fortalecidos com muitos vereadores e prefeitos eleitos em todo o Brasil.

  2. STF é o lado podre , deplorável da justiça brasileira. Alguém sabe me informar se rola muitos milhões nessas suspensões e solturas de bandidos e corruptos?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Alexandre de Moraes manda Twitter suspender contas de envolvidos no inquérito das fake news

A suspensão de contas de bolsonaristas no Twitter foi por ordem do ministro Alexandre de Moraes e atingiu todos os investigados no inquérito das fake news.

O ministro atendeu a pedido feito pelo Ministério Público na mesma ocasião em que pediu para que Alexandre autorizasse busca e apreensão de documentos e mídias dos investigados. A ordem de bloqueio também foi dada na mesma decisão que autorizou as diligências.

Segundo nota enviada a O Antagonista, o Twitter disse que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal”.

Até agora, foram suspensas as contas de Allan dos Santos, Bernardo Küster, Sara Winter, Edson Salomão, Edgard Corona, Luciano Hang e Roberto Jefferson. Todos são investigados no inquérito das fake news.

O Antagonista

Opinião dos leitores

  1. Não adianta suspender contas de fulanos e beutranos….os brasileiros acordaram……a ruína para os idiotas úteis….o povo já sabe que não precisa de esmolas nem promessas de coronéis e comunistas….um lixo que será removido nas próximas eleições…….o legado BOLSONARO só está começando……engulam o choro …..pois não vai fazer diferença…..

  2. Fakenews = Mentira
    Mentira é diferente de liberdade de expressão.
    Parabéns Twitter e Alexandre de morais, manda Roberto Jeferson, Sara Gerominha irem ruminar em outros pastos.
    Próximo são os filhos do presidente.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Alexandre de Moraes prorroga prisão do jornalista Oswaldo Eustáquio por até mais 5 dias

Foto: Reprodução/YouTube/Oswaldo Eustáquio

O ministro do STF Alexandre de Moraes autorizou a prorrogação da prisão temporária do jornalistta Oswaldo Eustáquio por até mais cinco dias após pedido do Ministério Público Federal.

Em sua decisão, Moraes também deferiu pedido para que Eustáquio fique em cela destinada a detentos que podem sofrer represálias ou na carceragem da Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal no Distrito Federal.

Moraes autorizou a prisão do jornalista conservador na sexta-feira (26), no âmbito do inquérito dos “atos antidemocráticos”. Ele estava em Campo Grande (MS). A PF argumentou, no pedido de prisão, que havia risco de fuga do investigado.

No inquérito, a Procuradoria-Geral da República disse ao Supremo que Eustáquio defendeu uma “ruptura institucional de maneira oblíqua”. Ele é sócio da Target Journal Comunicação.

Com informações do Diário de Pernambuco

Opinião dos leitores

  1. Negócio ta confuso!!!
    Prendem por imaginar que o jornalista poderia fugir ( de que???) E soltam outros já condenados, em segunda instância, a 12 anos de prisão. Até autorizam condenados viajar ao exterior e não imaginam que o cara vai lá so pra desqualificar o país!!!
    Vergonha, vergonha, vergonha.
    Tô desabafando aqui mas já me cagando de medo de me mandarem me prender.
    Sei lá ….

  2. É O FIM DO MUNDO!!!
    PRENDEM JORNALISTAS E MANDA SOLTAR DEZENAS E CENTENAS DE VAGABUNDOS, CRIMINOSOS, ASSALTANTES, ESTUPRADORES…
    Não é a toa que o mundo está doente, e virus pra tudo que é lado.
    Esses calhordas, tem que sairem do poder urgente, é muita gente no poder, atropelando o executivo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

“Harmonia também é tensão entre os poderes, porque cada um tem que cumprir suas competências constitucionais”, diz ministro do STF, Alexandre de Moraes

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

“Harmonia também é tensão entre os poderes, porque cada um tem que cumprir suas competências constitucionais”, disse hoje o ministro Alexandre de Moraes, sobre as disputas do Supremo com o Legislativo e o Executivo.

Segundo ele, “quando o Judiciário chega ao mesmo patamar dos outros poderes, alguns não aceitam e querem entender que harmonia é apatia”. Mas “harmonia também é tensão”, disse.

Na opinião de Moraes, o papel do Judiciário é garantir que os direitos das minorias sejam respeitados diante da vontade das maiorias.

“Por isso a comparação com a panela de pressão: a posição contramajoritária tira a pressão, afasta a possibilidade de explosão”, disse Moraes.

O ministro falou em “webinar” organizado pelo site Jota. Participaram do evento, além de Alexandre de Moraes, os professores Diego Werneck e Joaquim Falcão, da FGV.

O Antagonista, com Jota

Opinião dos leitores

  1. Tomara que os membros do STF que ainda pode se confiar que suas posições possa se sobrepor ao que tentar impor uma ditadura da toga, que o bom senso prevaleça.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Alexandre de Moraes prorroga a prisão de Sara Winter por 5 dias

Foto: Joédson Alves/EFE

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiu nesta sexta-feira (19) prorrogar por mais cinco dias a prisão da ativista Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, líder do grupo “300 pelo Brasil”, que está presa desde segunda-feira (15).

A ativista foi para a cadeia por decisão do ministro, relator de um inquérito que investiga a organização e o financiamento de atos antidemocráticos. Nesta quarta-feira (17), o Ministério Público Federal denunciou Sara Giromini por injúria e ameaça contra Alexandre de Moraes.

Nesta quinta-feira (18), a ministra Cármen Lúcia havia rejeitado o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa da ativista.]]Há algumas semanas, Sara atacou o ministro pelas redes sociais depois de ter sido alvo de mandado de busca e apreensão no inquérito das fake news. Como punição, o MPF sugere pagamento de “no mínimo” R$ 10 mil por danos morais.

Há algumas semanas, Sara atacou o ministro pelas redes sociais depois de ter sido alvo de mandado de busca e apreensão no inquérito das fake news. Como punição, o MPF sugere pagamento de “no mínimo” R$ 10 mil por danos morais.

“Eles não vão me calar, de maneira nenhuma. Pelo contrário, eu sou uma pessoa extremamente resiliente. Pois agora, meu… e não é que ele mora em São Paulo? Porque se estivesse aqui eu já estaria na porta da casa dele convidando ele para ‘trocar soco’ comigo. Juro por Deus, essa é a minha vontade. Eu queria trocar soco com esse ‘filha da puta’ desse ‘arrombado’! Infelizmente não posso, mas eu queria. Ele mora lá em São Paulo, né? Pois você me aguarde, Alexandre de Moraes. O senhor nunca mais vai ter paz na vida do senhor!”, esbravejou a ativista em um vídeo.

R7

Opinião dos leitores

  1. Não existe direito ilimitado, mas esse pessoal pensava que podia tudo. Agora que foi presa fica querendo se fazer de vítima. É bom saber quem vai pagar os advogados. E tem uma meia dúzia de pessoas que tentam defender. Jesus!

  2. Q apodreça na cadeia.
    P cima deles STF.
    Não quer ser preso? É só não cometer crime, pô! Pronto! Cabô!
    Ameaça, calúnia, injúria e difamação são crimes há muito tempo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“Respeito o STF, o Congresso Nacional, mas para esse respeito continuar sendo oferecido da minha parte tem que respeitar o Poder Executivo também”, diz Bolsonaro

Foto: Reprodução/CNN

Na saída do Palácio do Alvorada, na manhã desta quinta-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou o inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) e a ação da Polícia Federal de quarta (27), que investiga crimes de propagação de notícias falsas na internet.

O presidente afirmou que, devido aos cumprimentos de mandato da PF, ontem foi um “dia triste da nossa história”, mas que foi o “último”. “O povo tenha certeza, foi o último dia triste. Nós queremos a paz, harmonia, independência e respeito. E democracia acima de tudo”, afirmou o presidente a jornalistas.

“Nunca tive a intenção de controlar a PF. Pelo menos [para] isso serviu para mostrar ontem. Mas obviamente ordens absurdas não se cumpre e nós temos que botar um limite nessas questões”, continuou o presidente, criticando a decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes, de autorizar a ação.

“Com todo o respeito que eu tenho a todos integrantes do Legislativo, do Judiciário e do meu próprio poder, [mas] invadir casas de pessoas inocentes, submetendo a humilhações perante esposas e filhos, isso é inadmissível.”

O presidente disse ainda que em todas as instâncias existem pessoas que extrapolam suas funções, mas que elas devem ser contidas. “Comigo, quando acontece, eu tomo providência. Espero que o mesmo aconteça com os demais poderes”, afirmou.

“Quando alguém, repito, desvirtua no meu meio, eu demito. Quando do outro lado alguém se desvirtua já que é um ser humano como outro qualquer, já que não pode demitir que os outros o procurem e façam com que ele volte a ser humilde e [volte a] usar sua caneta ou seu voto para o bem do nosso país”, continuou o presidente.

Decisões monocráticas

Bolsonaro afirmou também que não é possível ter uma democracia no país sem um Judiciário e um Legislativo independentes. “Para que possam tomar decisões, não monocraticamente, por vezes, mas as questões que interessam ao povo como um todo, que tomem, mas de modo que seja ouvido o colegiado”, afirmou.

Nesse momento, o presidente usou um palavrão para mostrar sua indignação com a situação. “Acabou, porra! Me desculpe o desabafo, acabou. Não dá para admitir mais atitudes de certas pessoas individuais, tomando quase de forma pessoal certas ações. Nós somos um país livre e vamos continuar livres, mesmo com o sacrifício da própria vida.”

Ele afirmou que não pode ser admitido, nem no Executivo, nem no Legislativo e nem no Judiciário que decisões individuais sejam tomadas em nome de todo o Poder.

“Por favor, não pensem em corporativismo, pensem na instituição que é sagrada, respeito o STF, respeito o Congresso Nacional, mas para esse respeito continuar sendo oferecido da minha parte tem que respeitar o Poder Executivo também.”

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Esse capiroto não respeita ninguém. É um grande falastrão, falador de palavrões, isso sim!

  2. incrível! , eram vcs mesmo que diziam que quando esse presidente quando assumisse ia dar de chicote no povo , que ia sumir gente, que ele ia mandar dar choque no povo ? , ele não está fazendo nada disso , vcs que são doentes , tem politicos de estimação, apoiam um ladrão, aliás… ,o maior ladrão que deu nesse país, , e só uma observação: não votei nele pra presidente, nem por isso vou torcer pra que o mandato dele dê errado, mas tb tendo coisas erradas não sou obrigado a concordar, e se tiver coisas certas irei aplaudir, ao fim do mandado se não goatar de gestão dele simplesmente continuo sem.votar nele , caso eu goste , voterei nele , é assim que se faz uma democracia, e não torcendo contra e fechando os olhos pra qualquer coisa boa que se faça .

  3. Sr. Presidente a DPF que bate em Chico, também bate em Francisco, e acorde cedo, de preferência antes das 06:00 AM, e olhe pra fora de casa, para ver se tem algunha VTR, pois o Carlos é o próximo.

  4. Engraçado, quando é para Bolsonaro quebrar decoro, agredir pessoas e instituições, não respeitar regras e decretos, tá tudo okay. Quando a PF faz busca contra o governador do RJ tá de parabéns. Agora quando se usa os mesmos comportamentos contra ele ou os dele, é afronta. Assim fica difícil.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO – Alvo da PF em inquérito das Fake News, humorista se revolta com Alexandre de Moraes, fala em tentativa de coagi-lo, e diz que “não foi advogado do PCC”

“A Polícia Federal esteve agora na minha casa! Por ordem do ministro do STF, Alexandre de Moraes! Querem me calar? Não sou o Lula e não tenho medo de policiais, sou homem honesto e Íntegro. Espalhem esse vídeo para todos!”. Essas foram as palavras do humorista Reynaldo Bianchi, um dos alvos da operação da Polícia Federal desta quarta-feira (27) no inquérito das fake news do Supremo Tribunal Federal (STF).

Em vídeo, o apoiador do governo dirigiu as suas palavras ao ministro Alexandre de Moraes:

“Não sou vítima de nada. Pagador de impostos, não fui indicado por ninguém. Agora o STF vem investigar a minha vida. Qual vida que deveria ser investigada? Eu não fui advogado do PCC”, disse.

Em outra mensagem publicada na mesma rede, ele afirmou que a operação era uma tentativa de coagi-lo.“Sou honrado, íntegro e a Verdade está ao meu lado”, escreveu no Twitter.

https://www.youtube.com/watch?v=mpJY_j2uaEA&feature=youtu.be

Opinião dos leitores

  1. Parabéns Alexandre de Moraes. Rapidinho tornaram-se inocentes. STF, como deve fazer, agindo como ultima trincheira do povo. Minha solidariedade ao STF.

  2. Alguns ministros do STF estão abusando da autoridade, estão judicializando em causa própria, está na hora das forças armadas mandarem um recado mais eloquente, pois a justiça tem ser feita com critérios e sem perseguição seja lá de quem ou para quem.

  3. Tem a q aparecer um salvador da pátria, exterminar essa classe. Matar mesmo, porque a injustiça q essa justiça brasileira vem fazendo está acabando com a ótica da coerência. Como dizem por aí, essa cabeça de p*** nunca parou pra ver o que ele já fez antes de estar dando canetada agora.

  4. Como acreditar em uma corte que tem um advogado que defendeu o PCC?? Esse corpo do supre o de hje e uma vergonha estamos vivendo uma ditadura do judiciário pois eles não prestam contas a ninguém!!

  5. Esse Alexandre de Moraes está sapateando sobre o povo e a constituição Brasileira. Herança maldita!!!!

  6. Esse palhaço ainda se acha na razão , está certo o STF, tem que tomar algumas medidas contra esses bandido.

  7. É só nao cometer crime, não caluniar, não difamar, que a PF não vai pô! Acabou! E daí? Tem mais é que se fuder, pô!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Militante bolsonarista chama Alexandre de Moraes de covarde e diz que ela não cala

Foto: Reprodução/Twitter

Através do twitter, a analista política, Sara Winter, conta nesta quarta-feira(27) que a Polícia Federal esteve às 6h da manhã a mando do Alexandre de Moraes.
“Levaram meu celular e notebook. Estou praticamente incomunicável! Moraes, seu covarde, você não vai me calar!!”, disse.

Opinião dos leitores

  1. ISSO NAO VAI DAR EM NADA POIS A PF E BABA DO CLA BOLSONARO, NUNCA PENSEI EM ESCREVER P FANFARRONA KKKKK

  2. Sou Bolsonaro e a cada dia me convenço mais disso.
    Esses idiotas do STF e esses covardes do Congresso podem esperar, pois o poder das mãos de Deus irá descer sobre tudo que estão fazendo contra o povo, o nosso país
    Esses bestiais comunistas não conhecem o Poder de Deus, porque são ateus.

  3. Inquérito inconstitucional, criado as escondidas ,os advogados dos acusados não têm o direito de conhecer os autos do processo. Será que realmente existe a preocupação em buscar a verdade? Aonde é que está tão defendida liberdade de expressão pelo STF? Fazer filmes e chacotas com símbolos religiosos pode, agora fazer críticas aos ministros do STF não pode? O STF tem tomado decisões que agradam a população brasileira, né? Começou com o Lewandowski quando mandou prender aquele advogado que disse que tinha vergonha do STF naquele vôo aí agora o intocável Alexandre de Morais, está usando a polícia federal para investigar críticos do STF, vái ter que prender a maioria dos brasileiros.

  4. Se o Presidente apanha, é por causa da inabilidade política e pelas grosserias que comete diariamente. Ele precisa ser mais contido e cauteloso na forma de se expressar.

  5. Fake news, o endereço certo é na folha de São Paulo e no grupo Marinho.
    Rapaz, o que esse presidente apanha é brincadeira.
    A sorte é que o cara é feito massa de bolo, quanto mais bate, mais cresce.
    Já fizeram o diabo com o cara, de responsável pelo morte de Mariele, de corno, etc etc, já o chamaram, mas vamos que vamos, lutar contra uma quadrilha de poderosos, não é fácil.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *