Judiciário

TSE firma parceria com WhatsApp para identificar disparos em massa, robôs e banir contas

Foto: Reprodução internet

O Tribunal Superior Eleitoral anunciou, nesta quarta-feira, uma parceria com WhatsApp, Facebook e Instagram para combater a disseminação de fake news, de disparos em massa, e para divulgar medidas de segurança para o combate ao Covid-19 durante as eleições municipais de novembro.

No evento virtual, que contou com a participação do presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, e de representantes das três redes sociais, foi comunicado que o WhatsApp disponibilizará um canal de comunicação para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa, o que é proibido.

— O TSE será a primeira autoridade eleitoral do mundo a ter um chart bot dentro do aplicativo, que permitirá aos eleitores interagirem com o Tribunal Superior Eleitoral no Whatsapp. Haverá um canal específico para que a Justiça Eleitoral e cidadãos possam denunciar contas suspeitas de fazerem disparos em massa. Recebida a denúncia, o Whatsapp conduzirá uma apuração interna para verificar se as contas indicadas violaram as políticas do aplicativo. E, se for o caso, irá bani-las — explicou Aline Osorio, secretária-geral do TSE.

Foi anunciada ainda parceria com Facebook e Instagram para ajudar a divulgar iniciativas para o combate às fake news e medidas de segurança para o enfrentamento ao Covid-19 na eleição municipal deste ano.

— Buscamos enfrentar o que tem sido chamado de comportamentos inautênticos coordenados: uso de robôs, perfis falsos, circulação em larga escala de notícias deliberadamente falsas. E enfrentar sem criar um novo mal que, seria a censura. A revolução tecnológica digital resultou nessa difusão dos computadores e no surgimento da internet. É importante impedir que as redes sociais, que têm um papel agregador, sejam utilizadas muitas vezes com maus propósitos, seja para vantagem ilícita, difamar pessoas e destruir componentes essenciais à democracia — disse Barroso.

O Globo

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Disparos de tiros são ouvidos nas imediações de Mãe Luíza no fim da manhã desta sexta

Final da manhã desta sexta-feira(24) registrou barulho intenso de tiros nas imediações do bairro de Mãe Luíza, na Zona Leste de Natal. Moradores do bairro do Tirol e Petrópolis também confirmaram que ouviram. Não se tem informação até a publicação deste post da eventual ocorrência.

Opinião dos leitores

    1. Foi Fátima fazendo uma manifestação a favor da reforma da previdência.

    2. Para os institutos de pesquisas apontar essa margem é pq ela é muito maior

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

WhatsApp suspende contas do PT por disparos em massa

Foto: Getty Images

Depois de ter nove contas no WhatsApp suspensas por disparos de mensagens em massa, o PT pediu que o aplicativo reconsiderasse a decisão. Conseguiu de volta quatro contas. Todas foram suspensas dias depois: tinham voltado a fazer disparos em massa.

O PT reclama que teve as contas suspensas por ter votado a favor do projeto de lei das fake news no Senado. Só que toda a discussão sobre a legitimidade dos números aconteceu até o dia 27 de junho – e a votação do PL aconteceu no dia 30.

Portanto, o PT teve as contas suspensas por usá-las para disparo em massa mesmo. Nada a ver com seu posicionamento político, conforme apurou O Antagonista.

O esquema de disparos do PT foi descoberto, aliás, por análises automáticas de dados: milhares de mensagens disparadas ao mesmo tempo por poucos números de celular, deixando claro que não se trata de atividade humana.

Procurado por O Antagonista, o WhatsApp disse não poder falar sobre casos concretos. Só esclareceu que seus serviços não foram feitos para enviar mensagens em massa e automatizadas.

Segundo nota do aplicativo, cerca de dois milhões de contas no mundo são banidas todo mês. Não foram informados dados sobre o Brasil.

Leia a nota do WhatsApp:

“Nossos produtos não foram projetados para enviar mensagens em massa ou automatizadas, que violam nossos termos de serviço. Por meio de nossos avançados sistemas de aprendizado de máquina somos capazes de detectar essas práticas. Constantemente, banimos contas por comportamentos abusivos: todo mês, mais de 2 milhões de contas são banidas globalmente. Estamos comprometidos em reforçar a natureza privada do serviço e manter os usuários protegidos contra abusos. Continuaremos a banir contas usadas para enviar mensagens em massa ou automatizadas e avaliaremos mais profundamente as nossas opções legais contra empresas que oferecem esses serviços, como fizemos no passado no Brasil”.

Com informações de O Antagonista e UOL

Opinião dos leitores

  1. Isso pessoal, babaca como esse Lucas, acham que todos são defeituosos como eles, asnos de nascença e adultos que defendem um ladrão já condenado em várias instâncias, respondendo a vários processos, denunciado por vários ex comparsas íntimos.

    1. Até hoje, ninguém comprovou a autoria de Lênin sobre o Decálogo. Impressionante como uma mentira propagada vira verdade. Em tempo, não sou comunista.

  2. BG, pelas caridade, faça um post ensinando aos seus assíduos porém ignorantes leitores que nós vivemos em uma FEDERAÇÃO, não em uma CONFEDERAÇÃO! É recorrente a ignorante alegação de que não se pode imputar culpa ao presidente, pois o STF decidiu pela autonomia de estados e municípios. Mostre que, até o mês anterior, o Gov. Federal só tinha empenhado por volta de 30% do orçamento aprovado pelo Congresso para o combate da pandemia! Esses caras se alimentam de memes e acham que possuem informação! É inacreditável!

    1. A governadora já prestou conta dos recursos recebidos do governo federal ???

    2. A ignorância da esquerda em achar que dinheiro público é saco sem fundo e que gastar mais é parâmetro de avaliação de gestão. Orçado é diferente do realizado! A meta é sempre gastar menos que o orçado, isso deveria ser mérito do gestor público, assim como é mérito na iniciativa privada. "Ahh mais o PT foi quem mais gastou em educação" Qual o resultado? não subimos sequer uma posição significativa no PISA…. Inclusive na época da "pátria educadora", caímos! Ou seja, gastou-se muito e gastou-se mal!!!!! O nobre Lucas, que pelo discurso fácil, me lembra mais um piá de prédio, que acha que sabe como é a vida e como todo mundo deveria agir.

    3. Dá pra o senhor explicar melhor?
      Onde o presidente entra nesta história?

    4. Sr. Lucas, desenhe aí, por gentileza, não entendi sua mensagem!

    5. Você participou dos disparos? Eram contra o governo federal ou contra quem?

    6. Energúmeno, quem acha que é pra chamar outros de ignorantes? E o que vc conhece sobre empenho? Melhor se recolher, tá ok?

    7. Falou o defensor de Maduro, Lula e Ciro Gomes.
      Cobre de sua governadora Fatinha…
      Dizem que 250 óbitos podem ter sido decorrentes de falta de leitos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

ATUALIZADO: Confusão entre vizinhos em condomínio acaba com tiros disparados

Foto: Cedida

O Condomínio de casas Bosque dos Poetas, na Grande Natal, registrou na tarde desta terça-feira(30) um ataque de um morador ao veículo de outro, que acabou resultando em tiros, após ameaças e desobediência.

Segundo relato de um morador e confirmado por um dos envolvidos ao Blog, a confusão teve início quando pela manhã um morador chamado Roberto começou a quebrar vidros da fachada de um vizinho. No início da tarde, fez ameaças ao mesmo vizinho e começou a quebrar o carro deste com um martelo.

Na sequência, um sobrinho do morador que teve o carro quebrado e que é tenente-coronel da PM fez disparos, cinco deles atingiram o veículo Ford Ranger que também teve o para brisa quebrado pelo Roberto, morador que iniciou a confusão.

Fotos: cedidas

Opinião dos leitores

  1. Se fosse na zona oeste de Natal ou na zona norte os nomes e as fotos dos envolvidos estariam estampados na capa da matéria.

    1. Isso seu é só inveja querido! Louco pra morar no condomínio de luxo!

  2. Estamos voltando nos tempos primitivos, Ninquem respeita Ninquem mais. Que tristeza.

  3. É complicada essa situação…Que todos se entendam e que a paz reine..Os custos e os prejuízos que as arengas acarretam não compensam…Que todos se acertem daqui pra frente pois essas coisas quantos mais mexe mais fede…

  4. Então o único tirinete que o brabão levou, foi um tirinete de merda nas calças…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Menos mal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

“Surto” em condomínio da Zona Sul de Natal quase acaba em tragédia apor morador disparar seis vezes

Um caso com disparos de arma de fogo tem tirado o sono de moradores de um condomínio de luxo no bairro de Candelária, na Zona Sul de Natal. O Blog apurou com pessoas que acompanham o caso que na noite de domingo(31 de maio), o morador, que teria “surtado”, identificado como Anderson Tostes de Lucena, resolveu sair atirando em outro condômino, Felipe Fonseca, sem esboço de reação ou provocação.

Ainda segundo relatos, o acusado ainda teria chutado o cachorro de Felipe e depois desacatou os policiais que foram chamados para a ocorrência. Na sequência, foi preso em flagrante por porte ilegal de armas, munição e ameaça.

O condomínio da ocorrência são 4 casas – local conhecido por moradia de amigos – e de, até então, convivência pacífica. Após o episódio, os outros condôminos estão assustados.

Contactado pelo Blog, o empresário Felipe Fonseca disse que não gostaria de se manifestar sobre o assunto, que está entregue à polícia e a justiça.

Opinião dos leitores

  1. Se foi preso por porte ilegal, é mais um desequilibrado que não pode nem ter posse, nem muito menos porte. Vamos parar de lacração.

  2. Só vai ficar legal quando cada um tiver uma pistola na cintura. Cadê os projetos ARMA PARA TODOS, MINHA ARMA MINHA VIDA e BOLSA PISTOLA????

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: Sobrou até para o SAMU; bandidos atiram em ambulância na Grande Natal

É o fim da picada. Durante um socorro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em uma tentativa de homicídio na cidade de Macaíba, na Grande Natal, a ambulância foi alvo cerca de três disparos de arma de fogo na noite desta quara-feira (9).

Por sorte, nenhum dos profissionais foi atingido por uma das balas que, inclusive, atravessou o veículo. Diligências estão sendo realizadas na área em busca de suspeitos.

85ebf3fd618eea7504671463202fe31c

Opinião dos leitores

  1. A violência não escolhe cara para atacar. Quando o alvo for da classe média ou a vítima for da Elite…

  2. So o governo que acredita estar tudo bem. Nem ambulancia respeitam mais, quem dirá o restante. Vivemos em ambiente de guerra e estamos nos acostumando com isso com naturalidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Quatro integrantes de uma mesma família são baleados em Mossoró

Quatro pessoas de uma mesma família foram baleadas na noite desse sábado (04), no bairro de Quixabeirinha, em Mossoró. A polícia recebeu informações que na casa onde ocorreu o fato funciona um ponto de venda de drogas. Dentre os feridos estava uma crianã de 9 anos e um adolescente de 16 anos. Os disparos ocorreram em frente a residência das vítimas localizada na rua Benedita da Silva Saldanha.

Além do menino e do jovem, uma senhora que não quis se identificar para os policiais foi atingida na calçada de sua residência, com um disparo de arma de fogo. A quarta vítima foi Válber Luan Tavares Soares de 21 anos de idade, sobrinho da dona da casa, que foi alvejado e sofreu fratura exposta na região do joelho da perna direita.

Os policiais militares da Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam), que atenderam a ocorrência, receberam informações que o local funciona como ponto de venda de droga. Eles encontraram droga na calçada da casa.

A equipe de PMs comandada pelo Cabo.Almeida não soube informar qual a ligação das vitimas com os acusados de efetuarem os disparos e nem se o alvo dos atiradores seriam elas. Os militares não descartam a possibilidade das vitimas terem sido atingidas por balas perdida.

O Medico Intervencionista da equipe de Suporte Avançado “Alfa” do Samu, Dr. Gilliano, disse que o caso de Válber é grave. O disparo, que possivelmente foi de uma arma de grosso calibre, esfacelou o osso da perna, pouco a cima do Joelho. As outras pessoas foram socorridas por populares para o Hospital Regional Tarcisio Maia.

Com informações de O Câmera

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *